Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Bangalô

    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Bangalô Empty Bangalô

    Mensagem por Xafic Zahi Ter Jul 05, 2022 9:47 pm

    Tópico para interação dos Tecelões

    Spoiler:

    Spoiler:

    Spoiler:

    Spoiler:

    Spoiler:

    Alexyus
    Sacerdote de Cthulhu
    Alexyus
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2877
    Reputação : 138

    Bangalô Empty Re: Bangalô

    Mensagem por Alexyus Sab Jul 09, 2022 2:41 pm

    Assim que tivesse um tempo livre, Aisha ia abordar Thea em particular.

    - Thea, se importa de explicar por que escolheu esse nome para a nossa matilha? Qual o significado dele? O que ele deveria dizer sobre nós para os outros garous da seita?
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu
    Pikapool
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2508
    Reputação : 71

    Bangalô Empty Re: Bangalô

    Mensagem por Pikapool Sab Jul 09, 2022 4:42 pm


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: Faça o que desejar, sem a ninguém prejudicar!

    • Itens Carregados: Smartphone, Vírus de Hardware, bolsa, óculos, kit de maquiagem (primer, pó facial, blush, delineador, mascara de cílios, batom e gloss), caderno de anotações, caneta, notebook, máquina fotográfica, pendrives, HDs externos, cartões de memória, cabos USB, mochila, algumas mudas de roupas.

    • Vestimentas: Top cropped manga curta cinza, short fitness cinza com estampa branca, meias ⅞ cinzas com listras brancas, acessórios.


         

             

                 

    Estava espreguiçando na cadeira quando fui abordada pela japa. E ri sem jeito diante de seus questionamentos.



    - Na verdade fui pega de surpresa naquela hora. Mas, confesso que não foi minha primeira escolha. Eu queria Patinhas Carinhosas. Só que achei que não nos levariam a serio. Então tive que pensar rápido. - Recosto na cadeira suspirando. - Nattens Vævere. - Olho para Aisha. - Em dinamarquês soa mais legal.



    Levanto-me da cadeira e pego minha caneca e sigo em direção a pia.



    - Por ora não é para dizer nada aos outros garous. - Digo enquanto lavo a caneca. - Mas como o nome sugere e como Rudá deixou bem claro. somos aqueles que na calada da noite tecerão o futuro do Japi. - Volto-me para Aisha secando a caneca. - Você vai ver, japinha. Quando salvarmos a porra toda, seremos a próxima matilha a ir para Amazônia.



    Guardo a caneca no armário e sigo até Aisha enlaçando-a com meu braço.



    - Que tal a senhorita me treinar? Não sou muito boa em corridas. - Sorrio gentilmente para Aisha. - Sei que seu lance é o espiritual e talz. Mas, quem sabe uma dica ou duas? Já praticou yoga? Yoga tem tudo a ver com você. O que acha?


             

         
    Alexyus
    Sacerdote de Cthulhu
    Alexyus
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2877
    Reputação : 138

    Bangalô Empty Re: Bangalô

    Mensagem por Alexyus Dom Jul 10, 2022 10:14 am

    Aisha ouvia as explicações de Thea com uma face humilde e impassível.

    O abraço dela pegou a theurge de surpresa, e Aisha tentou retribuir desajeitadamente, já que era bem mais baixa que a dinamarquesa.

    Recuperando sua postura, Aisha respondeu:

    - Sim, eu pratico muito yoga, e também meditação, duas coisas que aprendi na Índia para manter a mente serena. Posso te ensinar sobre isso. Mas corrida é apenas treino físico, que você mesma pode fazer sozinha; correr na forma de lobo não é um hábito muito comum entre a sua tribo, mas um andarilho do asfalto que reforce sua ligação com seu lado lupino ganharia uma grande vantagem...

    Aisha também gostava de chá, e no Japão tinha até feito várias vezes a Cerimônia do Chá, mas naquele momento queria manter sua mente concentrada.

    - Sobre o nome da nossa matilha, espero que sua inspiraçãao se prove verdadeira. Embora seja nosso dever proteger Gaia, talvez seja mais difícil salvaguardar o Castelo das Águas, e nossa ida para a Amazônia pode demorar mais do que você imagina... ou talvez a gente nunca vá para lá. Há muito a fazer em todos os lugares. 
    Alexyus
    Sacerdote de Cthulhu
    Alexyus
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2877
    Reputação : 138

    Bangalô Empty Re: Bangalô

    Mensagem por Alexyus Sab Ago 06, 2022 6:25 pm



    AISHA 
    明美水の书兰张



    Num momento indefinido no tempo e espaço

    Aisha sabia que estava na Umbra, em algum ponto da Penumbra sob o bangalô da divisa do caer Castelo das Águas, mas não se lembrava de como chegara ali.

    Com sua vivência no Oriente, ela aprendera a unir sensação e racionalização, pois as percepções dos sentidos eram apenas mais informações que deviam ser corretamente analisadas para indicar o Caminho correto.

    Estrela Fantasma observava as paisagens umbrais, tentando determinar porque chegara àquele lugar, pois todas as coisas tinham propósito, mesmo as que ocorriam aleatoriamente. A natureza preservada da divisa era espelhada na Penumbra, e ela conseguia trilhar sendas para vários pontos do caern.

    Inserida na jornada umbral ou onírica, pois ela mesma ainda não determinara a verdadeira natureza da vivência que experimentava, a theurge seguiu instintivamente para o centro do caern, onde se dera a reunião com os outros membros da seita. Ela tinha uma boa noção de navegação espacial, e localizar-se naquele ambiente selvagem, fosse selvagem ou sonhático, não era um desafio além das capacidades da portadora da luz interior.

    Num ponto específico não-definido no tempo e espaço, Aisha Akemi Shü-Lán Mizuno Zhang avistou um unicórnio. Ao primeiro movimento e som produzidos pelo cavalo mágico de um chifre só, Estrela Fantasma sabia que ele era um espírito, então soube que estava na Umbra.

    - Saudações, honorável espírito-Unicórnio! A Mãe Gaia guiou-me até você com um propósito. Sabe qual é?

    A voz espiritual do equino espiritual soou em resposta à ela, com palavras na língua dos espíritos na qual ela era fluente:

    - Você não é uma theurge com as qualificações que a missão que você assumiu exige. Sabe quais são?

    Aisha adotou uma postura meditativa diante do Unicórnio, ponderando sobre o enigma proposto pelo Unicórnio. O espírito ficou diante dela aguardando que ela encontrasse a resposta da questão.

    Finalmente, ela abriu seus olhos e disse:

    - Eu devo ser capaz de identificar os sinais da Corruptora para poder combatê-la. O dom Sentir a Wyrm seria um presente de Gaia que eu muito estimaria.

    A resposta do Unicórnio veio numa nova pergunta:

    - Os lobos que correm solitários conseguem alguma vitória?

    Aisha foi pega de surpresa e respondeu rapidamente:

    - Não...

    Ela se pôs a pensar novamente, meditando na solução do enigma proposto pelo Unicórnio.

    Finalmente, ela falou lentamente:

    - Eu agora tenho uma matilha. Não os conheço bem, nem sei do que são capazes... mas preciso pensar em formas de ajudá-los como me for possível... Eles parecem guerreiros poderosos e aguerridos, mas mesmo que lutem melhor do que eu... tem de haver algo que eu possa fazer para ajudá-los...

    O raciocínio dela se desenvolvia enquanto o Unicórnio a observava. Aisha continuou rumo à iluminação:

    - Um guerreiro pode vencer se mantiver sua vida por mais tempo do que a de seu inimigo... Para garantir que eles consigam, eu preciso ser capaz de manter a vida deles durante as batalhas... É por isso que Gaia me guiou até um Unicórnio, não é? Só os espíritos Unicórnio podem ensinar o dom Toque da Mãe, capaz de curar qualquer ferimento que eles sofram.

    O Unicórnio relinchou no que pareceu um sorriso de aprovação. Aisha curvou-se com os joelhos e mãos no chão, numa postura de súplica, e então disse:

    - Por favor, honorável Unicórnio, me ensine o que necessito saber!

    O espírito equino curvou sua cabeça e Aisha entendeu instintivamente o que ele queria. 

    Com um movimento fluído, ela montou no dorso do animal, que empinou-se com ela abraçada em seu pescoço e disparou numa cavalgada rápida e suave, como se deslizasse sobre o chão. Naqueles momentos, Aisha estava unida ao espírito do Unicórnio, e os conhecimentos místicos dele eram compartilhados com ela, transmitindo-lhe as diretrizes necessárias para dominar o uso dos dons que ela desejava aprender.

    Quando ele chegou ao bangalô, Aisha desmontou e fez uma saudação saikeirei para o espírito, agradecendo-lhe sem palavras.

    Em despedida, o Unicórnio disse:

    - Logo chegará a hora em que você deverá decidir sua aliança com um totem, theurge. Escolha sabiamente.

    Enquanto o Unicórnio sumia na distância, Aisha deslizava involuntariamente para fora do sonho umbral, deitada babando sobre o peito da andarilha do asfalto, acordando com o movimento de Thea na cama do bangalô.   
     
    Conteúdo patrocinado


    Bangalô Empty Re: Bangalô

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Ago 18, 2022 2:28 pm