Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Garona Hightower

    DariusNovadek
    Mestre Jedi
    DariusNovadek
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1136
    Reputação : 20

    Garona Hightower Empty Garona Hightower

    Mensagem por DariusNovadek Dom Jan 15, 2023 2:44 am

    Storøgge







    Storøgge:

    Viver em Storøgge, pelo menos para humanos, era uma paz. Quem ousaria atacar uma cidade dragão? Até mesmo animais irracionais sabem do perigo que isso envolve. A comunidade humana se desenvolveu ao entorno do mosteiro humano. Por isso, normalmente o único som que se ouve é das batidas de asas dos dragões que chegam até a cidade adjacente ao mosteiro, e eventuais rugidos das enormes feras. Mas pode ser a paz que for, Garona nunca esquecerá dos fatídicos dias que vivenciou em Befolk.

    Quando Garona chegou com sua mãe e seus irmãos, se refugiando de sua antiga cidade, sua tia os acolheu, tornando aquela cidade magnífica seu novo lar. Sua tia trabalhava como cozinheira no mosteiro, e sua casa ficava bem perto dele.

    Mosteiro:


    Basicamente toda a comunidade humana em volta do mosteiro depende dele direta ou indiretamente. Ao se instalarem na nova cidade, cada um de sua família foi procurar alguma ocupação. Alguns de seus irmãos começaram a trabalhar na cozinha com sua tia, outros viraram comerciantes da comunidade. Sua mãe ofereceu os serviços dela para defender o monastério, mas o monastério nunca foi atacado, e como a proposta do monastério é não usar de violência, foi designado a ela um cargo mais como uma zeladora do que defensora de fato. Isso permitiu que Garona arrumasse um serviço quase igual ao da mãe, cuidando da organização do monastério, e até ajudando alguns monges a realizarem suas tarefas.

    Aquilo era bom, com isso Garona conseguia absorver um pouco as filosofias dos monges em se conectar espiritualmente com os dragões, e ainda tinha um tempo livre para treinar seu combate a distância. Além disso, não tinha que ficar conversando com muitas pessoas, o que era um ponto positivo, depois de tudo o que passara.

    O dia tinha amanhecido nublado, como quase todo dia naquelas terras de altas altitudes, mas o clima não era tão frio, apesar do forte vento. A Garona foi designado naquele dia que fosse levar ao alfaiate da comunidade robes rasgados dos monges para que ele os remendassem. E assim o fez, pré-disposta como sempre. Estava do lado de fora do alfaiate, esperando ele terminar seu serviço, quando ouviu barulhos de asas de dragão movendo o ar. Até ai tudo bem, mas os barulhos foram aumentando, e quando Garona percebeu, um dragão sobrevoava bem de perto a comunidade. Ele rapidamente atravessou toda ela e Garona conseguiu ver que ele aterrissou dentro do mosteiro.

    Garona conhecia aquele dragão roxo com listras pretas. Era o velho Qarsanth, um dragão que estava na beira dos seus 400 anos, seu Rider tinha morrido a muito tempo atrás, e ele tinha escolhido Storøgge para viver seus anos de glória. Porém, a comunicação entre a capital e a cidade Dragão se via muito devagar por causa das grandes escadarias que humanos tinham que subir para chegar até a cidade dragão. Então a capital pediu para que um dragão se disponibilizasse para suprir essa necessidade. Qarsanth se ofereceu, e desde então se tornou um tipo de mensageiro da Capital. Um dia ele foi um dos dragões mais rápidos de Nilfhein, hoje estava bem longe disso, com cicatrizes por todo o corpo, e um olhar já bem carregado.

    Garona não tirou os olhos do mosteiro, queria ir correndo pra lá descobrir o que era, mas o alfaiate ainda estava longe de terminar o serviço. Mas sua espera não demorou muito. Logo os sinos do mosteiro começaram a badalar. E toda a população da comunidade se aglomerou em frente. Alguns humanos que estavam na cidade dragão começaram a descer para a comunidade também.

    Os sinos badalaram por uns 10 minutos sem parar, até que o Monge Zamann abriu as postas de madeira do mosteiro e saiu para fora. Qarsanth, com um pequeno voo, pulou a pequena muralha e se pôs ao lado do monge, sem dizer nada. Com sua voz calma e pacífica, o Monge começou a falar:

    - Caros irmãos da comunidade do mosteiro de Storøgge. Hoje venho trazer uma ótima notícia da Rainha dragão Sheea e da Rainha Astrid II, trazida pelo nosso grande amigo Qarsanth. Hoje venho informa-los que uma nova ninhada de ovos, muitos deles proveniente da própria Rainha Dragão, estão prontos para serem chocados. E para isto, a Capital convoca todos os jovens de 14 a 20 anos de todo o reino para que compareçam no Solstício de verão, onde poderão tentar a sorte para encontrar o ovo certo. Uma nova geração de Riders está por vir! Fortaleceremos nossos laços espirituais com os dragões mais uma vez!

    Monge Zamann:
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 9348
    Reputação : 164
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Garona Hightower Empty Re: Garona Hightower

    Mensagem por Dycleal Ter Jan 17, 2023 1:46 pm

    Há pouco mais de dois anos, Garona vivia uma vida feliz, com seus pais, Gabadoel e Varianth e seus irmãos, Geboel, Safira, Gobbert, Gilbert, todos mais velhos do que ela e sua irmã caçula, a Verbena. Até que em discussão que virou confronto, uma turba assassinou seu pai. Toda a confusão começou por pessoas maldosas provocarem adoradores dos dragões e com ofensas parirem para as agressões físicas. Aquilo traumatizou toda família e após as cerimonias fúnebres, a mãe decide, para proteção dos filhos, sair de Befolk para a cidade da sua irmã Veneranda, Storogge, a cidade dos dragões.

    Dos filhos mais impactados, Garona foi a que reagiu mais negativamente. Se tornou calada e focada em cumprir tarefas de forma exagerada. E ao chegarem na cidade dos dragões, cada um tratou de se ocupar em alguma função ligada ao mosteiro que deu origem a comunidade humana. Geboel e Gobbert se estabeleceram como comerciantes e prosperam nessa atividade, Safira se casou com o filho do Líder do povoado, após um ano de relacionamento. Gilbert foi trabalhar na marcenaria do mosteiro, Verbena trabalha na lavandaria e Varianth com Garona ficaram designadas na defesa e zeladoria do templo.

    Essa ocupação foi benéfica para Garona, que se aproximou dos monges e aprendeu muito sobre dragões e a doutrina, fazendo-a se conectar ainda mais de forma espiritual com os dragões. Seu tempo livre e a temperatura amena favorecia a se dedicar aos treinos do Arco e melhorar sua destreza com exercícios ao ar livre e na escarpada montanha. Amadurece sobre as ideias do seu pai e a sua paixão pelos dragões e começa a entender que direcionar a sua revolta para o foco de dar orgulho ao seu pai, como uma valorização da sua memória. E se dedica ao estudo da doutrina e a vida dos dragões, seus hábitos e passa a ter amizade com aqueles mais amigáveis.

    Naquela manhã nublada, sua tarefa era simples, pegar robes rasgados para levar ao alfaiate. Se dirigiu para o artesão com alegria e ficou do lado de fora esperando, e após algum tempo, ouve barulho de asas de dragão batendo, até que avista o velho dragão responsável pelas comunicações com a capital, o Velho Qarsanth. Garona agora fica ansiosa com a demora e não tira os olhos do mosteiro, com extrema curiosidade.

    Mas logo os sinos do mosteiro começam a badalar e logo uma pequena multidão se aglomera a frente dos portões e logo humanos que estavam em Storogge, descem para os muros do mosteiro também. Depois de 10 minutos de badalação dos sinos, Os portões se abrem e o Monge Zamann se dirige para o lado de fora e logo o velho dragão Qarsanth pousa ao seu lado em silêncio.

    O Velho monge anuncia o surgimento de uma nova ninhada de ovos de dragões, muitos da própria Rainha dragão Sheea. E comunicou que a capital convoca todos os jovens de 14 a 20 anos de todo o reino para comparecerem no solstício de verão, onde poderão tentar a sorte para encontrar o ovo certo. Aquilo significava muito, uma nova geração de Riders estava para ser chamada e ela tina a idade certa para isso e dois dos seus irmãos poderiam ir com ela também e isto era maravilhoso.

    Garona assim que pega os robes e se controlando no seu limite, entrega os robes recuperados na rouparia e sai correndo para conversar com a mãe e os irmãos e repassar as boas novas e tentar receber a benção da sua mãe para se dirigir para a capital e iniciar os preparativos junto com seus irmãos. Ela mal pode esperar para ver a sua mãe e ao vê-la, a abraça e com um sorriso comunica a fala do velho monge e a convocação da capital e aguarda a sua manifestação.


    DariusNovadek
    Mestre Jedi
    DariusNovadek
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1136
    Reputação : 20

    Garona Hightower Empty Re: Garona Hightower

    Mensagem por DariusNovadek Sab Jan 21, 2023 4:24 pm

    Assim que foi dado a notícia, a comemoração do povoado é imediata. Garona consegue ver, fora da alfaiataria, jovens abraçando seus pais, comemorando a nova oportunidade que receberam. Não demorou muito para que o alfaiate terminasse seus afazeres, mas para Garona, pareceu uma eternidade. Cruzou o povoado, indo em direção ao mosteiro, o mais rápido que pôde.

    Por onde passava, via o quão a notícia boa tinha afetado o lugar, dando um ar de alegria e esperança a todos, até mesmo os mais velhos que não poderiam tentar a sorte com um ovo de dragão. Logo devolveu os robes na rouparia, e correu para casa de sua tia Veneranda, onde provavelmente encontraria sua mãe.

    Ao chegar lá, encontrou na cozinha sua tia e sua mãe de um lado da mesa de jantar, seus irmãos Geboel e Gobbert do outro, e Gilbert e Verbena no centro. Todos (com exceção a Gobbert, que estava meio contido) estavam muito felizes e comemorando, com a atenção em Gilbert e Verbena, provavelmente por ser os únicos ali que teriam a oportunidade. Mas assim que Garona entrou na cozinha a atenção foi voltada a ela.

    Sua mãe, com lágrimas nos olhos, abraçou sua filha, dizendo:

    - Chegou quem faltava! Minha filha Garona! Que felicidade!

    Um por um, todos vieram abraçar Garona, como se aquele dia fosse seu aniversário, inclusive seus irmãos mais novos. Após isso, a colocaram do lado de seus irmãos mais novos. E ao Garona pedir a benção de sua mãe para ir até a Capital, todos riram, apreciando a educação da filha.

    - Mas é claro minha filha! Você tem toda a minha benção! Você, Gilbert e Verbena estão livres para ir! E mesmo se não quisessem, capaz de eu colocar vocês em uma carroça de algum comerciante e mandar vocês a força! Hahahaha

    Se irmão Geboel então se pôs a falar:

    - Assim que ouvimos o anúncio feito pelo monge, viemos aqui para ajudar vocês a programarem a ida até a Capital. O que não parece ser uma missão difícil, mas ainda assim queremos dar nosso apoio.

    Gobbert, com uma cara um pouco mais fechada, completou:

    - Não parece ser uma missão difícil em tese. Quando viemos pra cá, as subidas da montanha, apesar de íngremes, não apresentavam tanto perigo. Mas estamos aqui a dois anos já, e alguns fornecedores nossos já disseram que a subida já não é mais a mesma.

    Foi a vez de sua tia entrar na conversa, com seu ar mais descontraído e leve, quebrando a aura pesada de Gobbert.

    - De qualquer forma, o solstício de verão, se eu não me engano é em três semanas mais ou menos.. E pelo que sei, uma viagem daqui até a Capital, a pé, dá uma semana e meia, se tudo ocorrer bem.. *Neste momento ela é interrompida por Gobbert*

    - Se tudo correr bem..

    - Isso! De qualquer forma, não precisam correr para sair imediatamente pra fora das asas da mãe de vocês. Inclusive tenho que voltar logo logo ao mosteiro, pois já me avisaram que hoje a noite os monges farão uma grande celebração de envio aos novos viajantes, para abençoar a todos. Vamos fazer um grande banquete! Vocês todos deviam ir, já que toda a população será convidada.

    Varianth então pega na mão de Garona, e com um olhar acolhedor, diz:

    - Seu irmão Gilbert disse que está terminando alguns móveis na marcenaria do mosteiro, e pretende sair daqui cinco dias.. O que você acha disso, minha filha?
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 9348
    Reputação : 164
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Garona Hightower Empty Re: Garona Hightower

    Mensagem por Dycleal Ter Jan 24, 2023 9:54 pm

    Garona chega em casa e vê todos sentados e logo as atenções se voltam para ela, estão todos felizes e sua mãe é a primeira a lhe dar um abraço caloroso. Logo todos a abraçam, uns com mais ímpeto e outros mais formalmente. Garona pede a sua mãe que abençõe a sua ida, pois só irá com sua permissão e enquanto todos riem de tamanha educação e obediencia, sua mãe diz que abençoa a viagem dela e dos seus dois irmãos e que se eles não fossem, ela mesma os enfiaria em um carroção e os enviaria para a capital e todos riem com alegria.

    E Logo se seguem as falas. Primeiro fala o seu irmão Geboel, comerciante próspero e bem ativo, se pronuncia com a declaração que estava ali para ajudar na programação da viagem para a capital e diz que não lhe parece uma missão difícil, falando com o olhar de quem administra e participa de caravanas neste trajeto. Porém seu irmão Gobbert, também comerciante, que inicia carreira comercial solo, que a pouco trabalhava com seu irmão mais velho. Ele se coloca pessimista, evidenciando algumas dificuldades, referindo-se a notícias dadas pelos fornecedores.

    Logo a tia Veneranda fala tentando amenizar o clima tenso da fala de Gobbert, ela lembra que o solstício de verão acontecerá em torno de três semanas e o trajeto para a capital deve levar por volta de uma semana e meia de viagem, se forem a pé. e o sobrinho pessimista interrompe dizendo: -Se tudo correr bem, não é, minha tia?  A tia o interrompe e diz: -Sim, mas isso significa que não precisam sair correndo para nos deixar, dá para planejar com calma e ficar um pouquinho mais com a tia de vocês. Acrescenta que precisará voltar logo para o mosteiro, pois os monges avisaram que a noite farão uma grande celebração em homenagem ao envio dos novos viajantes. Ela reafirma que será um grande banquete e vocês todos devem ir, pois toda a população será convidada e vocês não podem faltar.

    A dona Varianth pega Garona pela mão e com voz meiga diz: - Seu irmão Gilbert disse que em cinco dias terminará um trabalho com moveis na marcenaria do mosteiro e só poderá sair depois desse prazo. O que você acha disso, minha amada filha? Garona olha para a mãe e depois para o irmão e diz: - Bem, eu acho que o dever em primeiro lugar, podemos usar esse tempo para ir agilizando os preparativos e quem sabe, meu irmão, não dá para com as sobras de madeira, você fazer umas flechas especiais para sua irmã e nesse período o Geboel pode procurar alguma caravana para a capital e podermos nos engajar nela e viajarmos com mais segurança, o que acha minha mãe e meus irmãos? E pega no queixo de Verbena e pergunta: - Está animada para a viagem, maninha?
    DariusNovadek
    Mestre Jedi
    DariusNovadek
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1136
    Reputação : 20

    Garona Hightower Empty Re: Garona Hightower

    Mensagem por DariusNovadek Dom Jan 29, 2023 5:59 pm

    - Bem, eu acho que o dever em primeiro lugar, podemos usar esse tempo para ir agilizando os preparativos e quem sabe, meu irmão, não dá para com as sobras de madeira, você fazer umas flechas especiais para sua irmã e nesse período o Geboel pode procurar alguma caravana para a capital e podermos nos engajar nela e viajarmos com mais segurança, o que acha minha mãe e meus irmãos?

    Gilbert se pôs a falar prontamente.

    - Vou tentar, minha irmã, mas não prometo que ficarão boas, nunca fiz uma flecha em minha vida, e sou carpinteiro a menos de dois anos, ainda sou um aprendiz.

    Depois, Geboel comentou:

    - Vou tentar ver com os comerciantes, mas não acho de grande valia, os comerciantes sobem as escadarias apé, carregando as mercadorias nos cestos.. Eles provavelmente vão cobrar pela companhia, mas com certeza os jovens daqui da vila vão se organizar para ir, podem tentar achar um grupo maior.

    - Está animada para a viagem, maninha?

    Timidamente, Verbena respondeu

    - Estou sim, irmã. Um pouco receosa pela viagem, não quero mais perigos para nossa família, mas mesmo assim estou animada.

    ...

    O dia se estendeu rápido com a animação de todos, e logo a noite chegou e com isso, o jantar no mosteiro. Todos da família se dirigiram para o mosteiro, com suas melhores vestes, que não eram das melhores, mas também não eram das piores. Dentro do pátio do mosteiro, seis mesas enormes foram colocadas, de modo que cabiam mais de cem pessoas em cada mesa, tranquilo. Além disso, algumas mesas pequenas eram distribuídas ao longo do pátio, destinada aos monges e pessoas convidadas.

    Os monges também tinham decorado todo o pátio com velas, dando uma iluminação muito bonita ao evento. Todos se sentaram juntos, com exceção de Safira, que chegou depois com seu marido, sentando em uma das mesas para convidados, na mesma mesa estava o monge Zamann. O tempo passou e o pátio foi lotando, e quando parecia que mais ninguém iria chegar, o Monge Zamann se levantou e falou a todos:

    - Boa noite cidadãos da comunidade, hoje, nós do mosteiro, decidimos fazer um jantar comemorativo a nova ninhada de ovos. Vamos hoje entregar os jovens a sua nova Jornada, e que os laços espirituais entre humanos e dragões se fundem cada vez mais, tornando nossa vida mútua mais elevada!

    O Marido de Safira se levantou, e continuou o cumprimento.

    - Agradeço a todos pela presença, e agradeço ao Monge Zamann pelas orações e pela oportunidade. Por favor monge, pode dar início ao Ritual!

    Com isso, vários monges se colocaram em volta de todo o pátio, e com uma voz gutural e afinada, começaram a cantar um cântico oracional, em uma língua antiga.



    "Jeg leverer disse unge menneskene på deres nye reise!"



    Só o cântico já estava muito lindo de ouvir, mas aos poucos, as velas foram se apagando, até que a única fonte de luz era a grande lua e estrelas no céu. De repente, muitos dragões começaram a voar nas grandes altitudes, fazendo lindas acrobacias, soltando seus sopros no ar.

    Garona observava o céu impressionada, a cor do céu mudava a cada sopro, brilhando de vermelho quando dragões de fogo sopravam, de azul quando dragões de gelo e de água sopravam, de verde quando os de esmeralda e ácido faziam sua vez, enfim, de todas as cores possíveis. A apresentação foi finalizada quando um último dragão, cujo sopro era de trovão, soltou várias trovoadas no céu, iluminando tudo. A apresentação foi finalizada aos aplausos, as velas foram reacendidas, e um grande banquete foi servido.

    Garona se serviu bem, comendo até sua exaustão como nunca tinha feito antes. Muitos bebiam e festejavam, conversando entre si. Passou um tempo e Garona sentiu uma mão em seu ombro, era Safira. Ela a abraçou e abençoou sua viagem.

    - Minhã irmã, fico tão feliz por essa notícia chegar a tempo de você ter idade para ir. Uma nova leva de Riders sempre é uma ótima esperança para todos nós, e para a nova geração que há de vir. *ela diz a última frase com a mão na barriga*
    Dycleal
    Wyrm
    Dycleal
    Wyrm

    Mensagens : 9348
    Reputação : 164
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Garona Hightower Empty Re: Garona Hightower

    Mensagem por Dycleal Seg Jan 30, 2023 7:07 pm

    Garona ouve a resposta carregada de humildade do seu talentoso irmão e diz: - Eu sei que vindo das suas mãos, sairá perfeito. Logo Seu irmão Geboel comenta sobre as possibilidades de se agruparem aos comerciantes e ele recomenda que seria melhor investir em participar de algum agrupamento dos jovens que partirão da cidade com eles e ela concorda com um gesto de cabeça e diz: - Pode usar seus conhecimentos e amizades para então nos engajar em um bom grupo que estejam formando? Após isso ouve atentamente a resposta de sua irmã a sua pergunta e diz: - Minha querida, também tenho um pouco de receio, é normal, mas a animação e curiosidade superam qualquer medo que aparece e lembre-se que estaremos todos juntos.

    A noite foi tudo maravilhoso, muita comida, muitas bebidas. Sentaram todos juntos e depois sua irmã Safira chegou com o marido, que sentaram na mesa das autoridades, junto ao monge Zamann. O monge abriu as atividades como anfitrião e logo depois o seu cunhado fez os agradecimentos formais e pediu que o monge desse inicio as orações e a cerimonia. Os monges iniciaram um belo cântico, as luzes das velas foram se apagando aos poucos até só reinar as luzes do céu estrelado. Vários dragões voaram de forma acrobática pelo espaço e com seus sopros diversos coloriram os céus em sua diversas matizes, era um espetáculo inesquecível.

    E o banquete foi servido e Garona comeu até não aguentar e bebendo sucos não alcoólicos e Garona cantava e se divertia com os irmão e amigos, quando uma mão suave tocou o seu ombro. Era sua Irmã Safira. A bela jovem a abraçou e proferiu palavras de benção para a viagem, parabenizou por Garona ter a sorte de tão evento acontecer enquanto ela tinha a idade de eleição para o chamado e colocando a mão na barriga, falou que aquela oportunidade era uma grande esperança para todos e para a nova geração. Foi uma maneira simpática de comunicar que Garona seria tia e a Jovem animada pulou no pescoço da irmã e depois de lembrar que ela estava grávida se conteve um pouco, pediu desculpas pelo arroubo e disse: - Duas grandes notícias no mesmo dia, acho que é o melhor dia da minha vida! Logo se entristece um pouco e continua: - Pena que o papai não está aqui. Enxuga uma lágrima que começa a cair, beija a barriga da irmã, se empertiga e diz: - Mas onde ele está, está feliz e quer que eu seja forte! E abraça a irmã.
    Conteúdo patrocinado


    Garona Hightower Empty Re: Garona Hightower

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Fev 03, 2023 4:47 am