Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Alberich de Mreg'rez

    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Qua Abr 19, 2023 11:25 am

    Heséd, A Pacificadora do dia 10 do mês de Águia, 1429 jar-Piro (ano-Piro), faltam 5 dias para começar o inverno.

    Lá fora um vento assobia anunciando que o outono está acabando. Apesar de já serem 10 horas da manhã, Hélius Flava tinha nascido a pouco tempo. No equinócio, que foi 30 do mês da Borboleta (portanto 40 dias atrás) Hélius Flava nasce as 6:00, exatamente no mesmo momento que que Hélius Blua se põe, e se põe doze horas depois, exatamente quando Hélius Blua nasce, mas à medida em que o inverno vai chegando, Hélius Flava nasce cada vez mais tarde e se põe mais cedo.

    Kleótio, o mossari ajrense (pronuncia ai-ren-ce), recebe com um sorriso este vento. Ele estava com a bata típica dos mossari, mas sem o tradicional cinto e assessórios.

    - Ah! Obrigado Deusa-Mãe! O inverno está chegando!

    Ele estava acompanhado de Alberich de Mreg'rez e Mirtius Enxofrer, tinham acabado de sair de uma reunião no mossar. Mirtius massageava a testa com uma cara de desagrado pois, como era alto, tinha a pouco batido na trave de uma porta.

    - Mm, para vocês isto não significa muito, não é, amigos? - Ele respira profundamente - Sinto falta do frio de minha querida Ajros! Vocês nunca verão neve por aqui!

    - Já vi a neve, e não achei grande coisa. - Diz Mirtius.

    - Seu amigo não parece muito humorado, não é, amigo Mreg'rez? - Kleótio respira profundamente - Devíamos ficar mais alegres! Sintam como o ar está puro hoje!

    - Ele está chateado pela porta não ter saído da frente, amigo Kleótio Arbo. (pausa) Será que ainda podemos nos tratar de amigos aqui na rua? Não seria melhor algo como parceiros?

    Kleótio pensa alguns segundos.

    - É... Mas acho que aqui podemos realmente nos chamar de amigos, nas reuniões formais que seria inconveniente...

    Apesar do que possa parecer, as palavras de Alberich não foram depreciativas (não necessariamente, pelo menos). Acontece que há menos de um ano o exército de Gaja (pronuncia Gáia), que já invadira Heséd há muito tempo, recebeu ajuda de um grupo chamado "La Amikoj" (pronuncia la amícoi, "os amigos" em Esperanto).

    La Amikoj eram um grupo de ajrenses revoltados contra o deus Piro (entre eles muitos anjos) e de gajano revoltados contra Piro e contra Fajr-Regno. Eles não tinham muito em comum além de suas mágoas e ódios, sendo até irônico se chamarem de La Amikoj. Foi contra este grupo que Alberich lutou há alguns meses, na libertação do porto. Foi meio assustador lutar contra anjos, embora também tenha sido assombroso ter uma delas lutando a seu lado, a bela Azriel.

    Kleótio nunca fez parte dos La Amikoj, mas como ajrense entendeu a referência do que Alberich realmente quis dizer, e por isto não viu maldade em suas palavras.

    - Bem, amigos, infelizmente ainda tenho trabalho burocrático a fazer, talvez mais tarde possamos beber uma cidra*. Espero que vocês e os outros se resolvam rápido.

    * Cidra é a bebida típica de Heséd, tem pelo menos umas dez marcas mais conhecidas. Depois da cidra costuma-se beber um fermentado chamado bol. Apesar de ninguém ter algo contra cerveja, é uma bebida muito pouco popular aqui, é mais fácil beber vinho de beterraba do que cerveja.

    Os ajrenses normalmente não bebem nada alcoólico, nem comem carne, mas Kleótio é um pouco mais "adaptado" a Fajr-Regno, bebe muito pouco e também come algumas aves, embora não coma porco, carne que os fajrenses adoram, mas considerada nojenta por todos os outros três continentes (Akvlando só dá porco para os escravos, Gaja nem para os escravos).

    Os três tinham vindo de uma reunião com outras autoridades de Fajr-Regno (ou talvez fosse melhor chamar apenas de outras filiações, pois saber o que é uma "autoridade" ali era complicado) que queriam debater o futuro de Heséd.

    Algumas pessoas achavam que Heséd já deveria ter escolhido um prefeito, assim que retomaram o porto, outros achavam que agora que era o melhor tempo para isto, outros achavam melhor esperar o fim do inverno (quando a liberdade da cidade já teria feito um ano) para COMEÇAR pensar nisto, e ainda outros que não viam necessidade da cidade ter um prefeito, já que tinham mossares, os mais anarquistas queriam acabar até com os mossares.

    Alberich, Mirtius e Kleótio tinham ouvido sugestões da pessoas das guildas, das confrarias, do exército, da Corte dos Milagres, da Corte Superior e até da Igreja Cisne-Branco (que Mirtius ainda não entendeu o que foram fazer lá). Muitos pontos de vista, pouca solução até o momento.

    Quando Kleótio se afasta, Mirtius para de ostentar um sorriso treinado.

    - RUUŜ!!! Ruŝ! Pensei que ele não ia embora! Que maldição dos deuses! Que perda de tempo monumental! Aahr! Se continuarmos tendo reuniões improdutivas assim, melhor chamarmos Gaja de volta, entregar a cidade pra eles e pedir desculpas!

    Alberich levanta a sobrancelha olhando o amigo Alberich de Mreg'rez Face-with-one-eyebrow-raised-large-size-of-yellow-emoji-smile-free-vector

    - Ah, acho que preciso beber algo. E você, o que vai fazer? - Pergunta Mirtius
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Qui Abr 20, 2023 12:39 pm

    Alberich saiu de mais uma reunião que buscava fazer para ver a viabilidade de sua candidatura a prefeito, mas algumas dificuldades e prioridades diferenciadas complicavam um pouo. Ele saia de mais uma reunião e conversava com seus aliados.

    - Já vi a neve, e não achei grande coisa.

    Alberich maneia a cabeça positivamente:

    -Também já vi. Na primeira vez que vi e senti achei bem interessante, mas realmente, depois que você acostuma não tem mais porque surpreender, de toda forma prefiro o calor.

    - É... Mas acho que aqui podemos realmente nos chamar de amigos, nas reuniões formais que seria inconveniente...

    Alberich sorri:

    -Se eu não vi você nas frontes inimigas, não vou considerá-lo inimigo, as vezes as pessoas confundem as coisas e misturam o que não se deve misturar.

    Kleótio então se despede e segue seu caminho, logo Alberich faz uma leve massagem em seu pescoço, coça os olhos e ajusta seu cabelo perfeitamente penteado.


    - RUUŜ!!! Ruŝ! Pensei que ele não ia embora! Que maldição dos deuses! Que perda de tempo monumental! Aahr! Se continuarmos tendo reuniões improdutivas assim, melhor chamarmos Gaja de volta, entregar a cidade pra eles e pedir desculpas!

    -Ele é util, é nosso elo com um perfil diferente e pode ajudar a diminuir essa rixa regional. Melhor mante-lo por perto. Além disso, todos querem algo e muitas vezes uma ideia se choca com outra e nada anda. Temos que dar um jeito de preparar uma proposta para que alcance um meio termo. Infelizmente não podemos nos unir a tudo e todos, devemos escolher alguns grupos específicos para defender e angariar o apoio deles. Devemos estudar o cada um, pensar e ver a viabilidade das ideias deles tanto do ponto de vista de eficiẽncia como do ponto de vista de quantidade de votos e claro, aporte financeiro. -O Bruxo para um pouco olhando para o vazio como se pensasse no que acabou de dizer, mas logo volta-se para Mirtius baixando o tom de voz.- Aliás...seus clientes "especiais" já estão sabendo de nossa movimentação, seria importante ter o apoio deles, podemos até chantagear alguns, já que você sabe quem lhe deve e o segredo deles. Sugiro que estude a viabilidade dessa opção, não podemos também prejudicar seus negócios.


    - Ah, acho que preciso beber algo. E você, o que vai fazer?

    Irei com você, tomamos uma e eu devo ir para casa, preciso preparar essa proposta ou pelo menos algumas ideias levando em consideração as possibilidades de apoio que poderemos ter. Depois conversamos sobre ela para fazer ajustes e escolher. Já temos um indício de apoio do Tenente Simons. A dançarina Kerantah parece que poderia estar disposta, bem como a artesã Dunĵim. São duas pessoas mais ligadas ao público, que possuem informações importantes. Deveríamos tentar traze-las para nós. temos ainda o soldado Eĥxeres  e o Monje Nessiper. Ambos reclamaram muito sobre os perigos da estrada, poderíamos usa-los para unir as pessoas que pensam dessa forma e criar grupos de aventureiros para aos poucos irem limpando os arredores. Talvez esta seja a prioridade. O que me diz?

    Encerrava Alberich, aguardando a opinião do amigo.
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Sáb Abr 22, 2023 1:08 am



       
       


           

           
    A Pacificadora, dia 10 do mês da Águia, 1429 jP (faltam 5 dias para A Iniciadora e começo do inverno)

    Informações

    • MOSSAR - construção tipicamente ajrense, que reúne vários tipos de "administrações básicas". Como o bairro sul de Heséd é um bairro com muitos ajrenses e também imigrantes ou exilados de outros lugares, a cidade possui dois mossares. Os mossares não tem guarda própria no continente, mas tem algumas celas onde o exército de Fajr-Regno pode jogar arruaceiros menores para esperarem ser julgados. Os mossares podem julgar pequenas causas ou ajuizamentos de paz (mas não crimes graves como assassinato), sua maior função na cidade é orientar estrangeiros, providenciar cidadanias ou avisar ao exército sobre irregularidades nas cidadanias. Além disto os mossares reúnem informações sobre a cidade, principalmente sobre tarefas que precisam ser feitas (riscos de criaturas se aproximando da cidade, controle de caravanas, etc.). Fazem também trabalho de câmbio, penhores e, eventualmente, até leilões.

    • ŜËT - raça com aparência felina, vivem em florestas em Gaja, ou seja, do outro lado do mundo, por isto não são muito vistos em Fajr-Regno, mas apesar disto um deles entrou para a missão de salvar o porto.

    • **OFF - alguns jogadores que tive eram tarados por rolagens, outros só rolam se mandar, mas sinta-se livre para fazer rolagens se achar pertinente, por exemplo, se quiser intuição, investigação, percepção ou qualquer outra coisa que indique porque Alberich se sentiria incomodado com aquela parte da cidade. Mas é só sugestão, se não quiser rolar não precisa e nem precisa justificar este incômodo (o lugar pode simplesmente não fazer o gosto dele), ou ainda pode acrescentar um motivo qualquer que eu não tenha narrado para justificar este incômodo. Isto é meio óbvio para jogadores experientes, mas destaco aqui só porque ainda não sei sei grau de paixão por rolagens.

       

           


    Alberich sorri:

    -Se eu não vi você nas frontes inimigas, não vou considerá-lo inimigo, as vezes as pessoas confundem as coisas e misturam o que não se deve misturar.

    Kleótio faz um sinal, mostrando que já tinha entendido as intenções das palavras, e que não ficara ofendido. Era relativamente fácil lidar com Kleótio, sujeito racional, tradicionalista à moda dos mossaris, mas de hábitos comuns. Depois disto eles seguem rumos diferentes.

    Mirtius desfaz o sorriso teatral que usava e começa reclamar, mas Alberich é mais pragmático.

    -Ele é útil, é nosso elo com um perfil diferente e pode ajudar a diminuir essa rixa regional. Melhor mantê-lo por perto. Além disso, todos querem algo e muitas vezes uma ideia se choca com outra e nada anda. Temos que dar um jeito de preparar uma proposta para que alcance um meio termo. Infelizmente não podemos nos unir a tudo e todos, devemos escolher alguns grupos específicos para defender e angariar o apoio deles. Devemos estudar o cada um, pensar e ver a viabilidade das ideias deles tanto do ponto de vista de eficiência como do ponto de vista de quantidade de votos e claro, aporte financeiro.

    Kleótio tinha se comprometido a votar em Alberich, se ele realmente se candidatasse (às vezes parecia mais difícil convencer os fajrenses que eles precisavam de um prefeito do que convence-los a votar nele), mas como era um mossari, Kleótio dizia que não poderia ajudar diretamente na campanha nem de Alberich nem de nenhum outro. Ele tinha cidadania de Fajr-Regno, embora fosse ajrense, e tinha servido ao exército, portanto poderia votar, mas a maioria do trabalho dos mossaris era justamente com pessoas que não tinham uma destas duas coisas, ou ambas.

    Heséd tinha algumas confrarias, mas não uma guilda real de aventureiros, como tinha as guildas de comércio. Assim alguns aventureiros usavam os mossares quase como uma guilda alternativa, já que eles tinham quadros de "trampos e bicos" unindo quem precisava de alguma coisa a quem estava disposto a fazer. Em Fajr-Regno os mossaris buscavam não interferir na política local (como fazem em Ajros), se dizendo meros administradores. Mas, como tinham certo respeito de algumas autoridades, podiam fazer reuniões com grupos diversos em suas dependências buscando soluções comuns, como a que acabaram de realizar.

    Mirtius ouve, mas não faz nenhum comentário a mais, então Alberich prossegue:

    - Aliás...seus clientes "especiais" já estão sabendo de nossa movimentação, seria importante ter o apoio deles, podemos até chantagear alguns, já que você sabe quem lhe deve e o segredo deles. Sugiro que estude a viabilidade dessa opção, não podemos também prejudicar seus negócios.

    - Com estes não precisa se preocupar, tenho tudo sobre meu controle. Só convença a porcaria da cidade fazer esta eleição. - ele massageia a têmpora - Quando você falou que queria ser prefeito, até pensei em competir com você, mas isto não é para mim! Acho que, se eu fosse prefeito e você vice, e tivessemos que fazer mais reuniões como estas, eu renunciava só pra você assumir. Números são melhores que pessoas! Porque as pessoas não podem agir como números?

    Mirtius leva Alberich para uma taverna que ficava numa rua atrás da área das minas, embora a taverna não fosse das piores, o lugar entorno era relativamente pobre e cheio de prostíbulos. Era a segunda vez que iam ali. Alberich não tinha necessariamente algo contra lugares relativamente pobres ou próximos de prostíbulos, mas por algum motivo** não tinha gostado DAQUELE lugar a primeira vez que foram ali, e não gostava DAQUELE lugar agora. Mas parece que o amigo gostava.

    Eles pedem uma cidra cada, e Mirtius pede uma porção de ovos de codorna. Da outra vez ele fez questão de colocar tudo na sua conta, agora provavelmente fará o mesmo, então Alberich não precisa se preocupar (mesmo que não precisasse mesmo se preocupar com dinheiro).

    Spoiler:

    Mirtius pede uma Savrema, Alberich comenta:

    - Não vai de Beijo da Súcubo hoje?

    - Mais tarde, provarei um beijo de súcubo real, vai querer me acompanhar? Não contarei para a Irina.

    Obviamente era sobre os prostíbulos locais, Alberich acha melhor conversar enquanto o amigo ainda está sóbrio, depois pensaria sobre questões menos importantes.

    - Já temos um indício de apoio do Tenente Simons...

    - É Simös.

    - Heim?

    - Simös, o "Ö" é destacado, abrindo bem a boca ou como se estivesse falando para dentro. Não é rápido como em Tareno. Até o idioma de Ajros é chato.

    - Você não simpatiza mesmo com ajrenses!

    - Não tenho motivos para simpatizar.

    - Mas o que acha do tenente?

    - Pragmático, pelo menos! Tem conversas tolas como todo ajrense, mas quando se trata de estratégia ou diplomacia é no mínimo eficiente. E ele é amigo de seu pai, o que é bom. Mas se alcance é limitado, assim como dos mossaris. É bom para mostrá-los aos outros para mostrar que somos capazes de negociar bem até com estrangeiros, mas isto não contará muito para o povão, povão. Para o bairro sul é bom, mostraria que sabemos diferenciar gajanos de ajrenses, mesmo alguns deles tento lutado juntos contra nós.

    Alberich sorri: - Como um número?

    - Como um número.

    - A dançarina Kerantah parece que poderia estar disposta, bem como a artesã Dunĵim. São duas pessoas mais ligadas ao público, que possuem informações importantes.

    - Esta dançarina é uma demônio ligada à Corte dos Milagres? A outra nunca ouvi falar.

    (R.Oc.)

    - Dizem que é ligada, ou pelo menos quer se ligar à esta Corte dos Milagres, embora eu não tenha certeza, não sou tão íntimo. A outra é só meio-demônio, é uma civil, mas praticamente uma fofoqueira profissional.

    - Taverneiro, mas uma pra mim, me vê uma Sague dos Valleh, e uma porção de torresmo que acabou de fritar! ... Demônios, meio-demônios, anjos e até ŝëts! Não dá pra negar que sua ajuda na libertação do porto te colocou ao lado de pessoas inusitadas! Os mais ortodoxos não vão gostar desta salada, mas para o povão você vai parecer alguém capaz de lidar com todos. Poderíamos até fazer algum tipo de bordão com isto. Pode ser útil manter contato com aquele seu grupo do porto. Apoio da Corte dos Milagres também não seria ruim, embora como comerciante eu não simpatizo nem um pouco com eles.

    - Temos ainda o soldado Eĥxeres  e o Monje Nessiper. Ambos reclamaram muito sobre os perigos da estrada, poderíamos usa-los para unir as pessoas que pensam dessa forma e criar grupos de aventureiros para aos poucos irem limpando os arredores. Talvez esta seja a prioridade. O que me diz?

    - Não faço ideia de quem é este pessoal ai. Priorizar as estradas, ou priorizar o porto? Não sei se daria pra fazer as duas coisas. Claro, promessas podemos fazer, mas as vezes acho que tens pretensões muito grandes. Gosto de pessoas ambiciosas como você, mas só não esqueça que cada um de nós só tem duas mãos. De fato as estradas estão perigosas. Alguns "passarinhos" já andam me contando de criaturas estranhas que nunca tinham passado por estas bandas antes. Mas se focarmos nelas, podemos perder um pouco do foco em Burnabad, pois para a capital dá pra ir de navio agora. Mas se focarmos na rota para a capital... As rotas pelas estradas continuarão dando problema. Faca de dois gumes! O mais fácil pode não ser o mais produtivo.


       
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Qui Abr 27, 2023 11:58 am

    - Com estes não precisa se preocupar, tenho tudo sobre meu controle. Só convença a porcaria da cidade fazer esta eleição. - ele massageia a têmpora - Quando você falou que queria ser prefeito, até pensei em competir com você, mas isto não é para mim! Acho que, se eu fosse prefeito e você vice, e tivessemos que fazer mais reuniões como estas, eu renunciava só pra você assumir. Números são melhores que pessoas! Porque as pessoas não podem agir como números?

    Alberich sorri:

    -Convencer os grandes nomes para a eleição vai ser trabalhoso, mas creio que conseguiremos. No entanto me impressiona você o comerciante sem paciência com as pessoas. Pense como se estivesse numa negociação de produtos, isso pode ajuda-lo.

    Já na Taverna o bruxo pede uma cidra Virgem Verde e uma poção de torresmos de porco bem assados.

    - Mais tarde, provarei um beijo de súcubo real, vai querer me acompanhar? Não contarei para a Irina.

    Alberich quase gargalha, mas se contém para manter a compostura, ele abaixa-se um pouco e sussurra para Mirtus:

    -As Sucubus exigem muito de nossa energia...não tenho mais aquela idade e nem o pique, de toda forma, deixarei esse convite para quando ganharmos a eleição, teremos uma festinha com algumas Succubus... Encerrava le com um sorriso malicioso.

    - Taverneiro, mas uma pra mim, me vê uma Sague dos Valleh, e uma porção de torresmo que acabou de fritar! ... Demônios, meio-demônios, anjos e até ŝëts! Não dá pra negar que sua ajuda na libertação do porto te colocou ao lado de pessoas inusitadas! Os mais ortodoxos não vão gostar desta salada, mas para o povão você vai parecer alguém capaz de lidar com todos. Poderíamos até fazer algum tipo de bordão com isto. Pode ser útil manter contato com aquele seu grupo do porto. Apoio da Corte dos Milagres também não seria ruim, embora como comerciante eu não simpatizo nem um pouco com eles.

    -Não se preocupe, isso será ajustado e pensado! Ah, decidiu pedir torresmos também? São quase irresistíveis! A corte também não me agrada, mas seria bom ter apoio de parte dela pelo menos. Os mais ortodoxos são os que estão em minoria, Mirtus, o povão, povão são de longe a maioria, os ortodoxos sempre temeram uma revolta do povão, mas eles não sabem a força que tem, os ortodoxos sabem mais do que eles.

    - Não faço ideia de quem é este pessoal ai. Priorizar as estradas, ou priorizar o porto? Não sei se daria pra fazer as duas coisas. Claro, promessas podemos fazer, mas as vezes acho que tens pretensões muito grandes. Gosto de pessoas ambiciosas como você, mas só não esqueça que cada um de nós só tem duas mãos. De fato as estradas estão perigosas. Alguns "passarinhos" já andam me contando de criaturas estranhas que nunca tinham passado por estas bandas antes. Mas se focarmos nelas, podemos perder um pouco do foco em Burnabad, pois para a capital dá pra ir de navio agora. Mas se focarmos na rota para a capital... As rotas pelas estradas continuarão dando problema. Faca de dois gumes! O mais fácil pode não ser o mais produtivo.

    Alberich acena positivamente concordando e logo complementa:

    -É por isso que você será o meu vice, podemos ter uma equipe para distribuirmos essas responsabilidades, apoiar aventureiros com o dinheiro da prefeitura, enviando-os para missões de extermínio de monstros em troca de moedas. Nem precisaremos de tanto esforço para isso, basta convencer as pessoa da necessidade de aumento de impostos para garantir mais segurança e proteger melhor suas vidas. Não será fácil, mas creio que conseguiremos.

    A cada frase dita ele tomava um gole da sua sidra e comia alguns torresmos, suas explicações eram sempre um tom abaixo para manter a conversa entre ele e Mirtus
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Qui Abr 27, 2023 6:15 pm

    Sandinus escreveu:-Convencer os grandes nomes para a eleição vai ser trabalhoso, mas creio que conseguiremos. No entanto me impressiona você o comerciante sem paciência com as pessoas. Pense como se estivesse numa negociação de produtos, isso pode ajuda-lo.

    - Não preciso ter paciência, pois os meus produtos as pessoas gostam de comprar. - Responde irônico.

    - As Súcubos exigem muito de nossa energia...não tenho mais aquela idade e nem o pique, de toda forma, deixarei esse convite para quando ganharmos a eleição, teremos uma festinha com algumas Súcubos... Encerrava le com um sorriso malicioso.

    - Elas só tomam o que deixamos tomar. (Vira copo) Pelo menos as que se importam em não perder suas cidadanias.

    Não é segredo para ninguém (ou pelo menos para nenhum adulto com noção de vida) que íncubos e súcubos possuem poderes vampíricos (a maioria, pelo menos) e que podem matar um "civil médio" com um beijo. Matar um inocente usando magia negra é um crime que pode levar a perder a cidadania, além de outras medidas.

    A cidadania é muito importante para demônios que queiram viver em sociedade. Embora não seja difícil de obtê-la, não tê-la priva os demônios de vários direitos. Já perder a cidadania, é igual colocar um alvo no demônio, pois caça-lo basicamente deixe de ser crime. E o que não falta no mundo são pessoas que gostam de caçar demônios.

    Sendo assim, esta perda da cidadania pode ser usada até como forma de chantagem contra alguns demônios. Chantagear um íncubo ou súcubo não é algo que pessoas inteligentes façam frequentemente, mas não falta sem-noções em Akaŝa...

    Por outro lado, nenhum íncubo ou súcubo pode ser incriminado quando procurados de livre e espontânea vontade por suas "vítimas", desde que estas "vítimas" não morram.

    -Não se preocupe, isso será ajustado e pensado! Ah, decidiu pedir torresmos também? São quase irresistíveis! A corte também não me agrada, mas seria bom ter apoio de parte dela pelo menos. Os mais ortodoxos são os que estão em minoria, Mirtius, o povão, povão são de longe a maioria, os ortodoxos sempre temeram uma revolta do povão, mas eles não sabem a força que tem, os ortodoxos sabem mais do que eles.

    - Ortodoxos?

    Mirtius tem um momento de divagação. Olha para o copo por um tempo, olha para o nada por um tempo, como se tivesse com o pensamento longe. Alberich espera para ver o amigo concluir o pensamento.

    (pausa)

    - Quem seria os ortodoxos?

    Será que o amigo divagou demais? Pois a pergunta sai num tom de pergunta retórica, Alberich acaba ficando com cara de Question sem saber se o outro terminou seu raciocínio ou está filosofando algo maior.

    Mais pausa, mas olhar para o nada. Então ele se vira para Alberich, parecendo voltar ao Plano Material.

    - E então? Ainda TEM contato com seus amigos do tempo de guerra?

    Talvez Mirtius tenha pensado que transmitiu todo seu pensamento, ou que fosse algo dedutível, ou talvez só não tenha se dado conta mesmo que ficou divagando.

    -É por isso que você será o meu vice, podemos ter uma equipe para distribuirmos essas responsabilidades, apoiar aventureiros com o dinheiro da prefeitura, enviando-os para missões de extermínio de monstros em troca de moedas. Nem precisaremos de tanto esforço para isso, basta convencer as pessoa da necessidade de aumento de impostos para garantir mais segurança e proteger melhor suas vidas. Não será fácil, mas creio que conseguiremos.

    - Sim, sim... Trabalhar em duas frentes é prudente quando se tem recursos. É algo que um bom prefeito provavelmente faria. Mas sempre existe um "mas", não é, amigo? E o nosso "mas" é que Heséd já não é uma cidade tão rica como nos tempos de nossos avós! A guerra dilapidou muito a cidade. Claro, temos muitas vantagens ainda, e muita perspectiva para longo prazo. Mas a curto prazo prevejo que teremos muito investimento e pouco lucro, e claro que você é inteligente demais para saber que não é questão apenas de dinheiro.

    Alberich discretamente olha para os lados, a taverna não era nem das mais, nem das menos movimentadas, e ninguém em volta parecia observar a dupla. Mirtius era sincero e pragmático (algumas poucas vezes, até demais) e não era o tipo fraco com bebida. Mas Alberich nota que o amigo já estava confortável demais ali. Não chegava falar alto, mas também não estava guardando a prudência de falar baixo. Um dia ruim e um pouco de álcool a mais poderia por a perder até um bom homem.

    - De fato, aproveitar a vontade dos aventureiros de se aventuras com a necessidade de dar-lhes missões é algo fácil de administrar. Aliás seria o mais fácil para nós, pois quem está fazendo isto são os mossares, e um mossar não é como uma guilda, e como estamos sem guilda de aventureiros e sem prefeito, é um buraco enorme só esperando alguém para preencher. Aliás os aventureiros poderiam se organizar sozinhos se ninguém ocupar este espaço.

    - É o que não podemos deixar que percebam, Dayne nos incomoda justamente por isto.

    * Dayne era um filósofo da doutrina Sen, basicamente um anarquista no sentido próprio da palavra, não era muito influente, assim como a filosofia Sen não era muito influente na cidade, mas era um dos que pregava que ninguém precisava de prefeitos, nobres, reis, políticos... Alberich provavelmente não conhece muito da filosofia Sen (e menos que queira tentar sorte nos dados) mas pelo menos não era uma seita muito barulhenta, nem todos eram anarquistas como Dayne, a maioria era pacifista, alguns tinham fama de loucos outros de desocupados.

    - Isto o que?

    - Convencer os outros que, se podem se organizar sozinhos, não precisam de políticos para ajudá-los.

    - Deveras!
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Ter maio 09, 2023 11:08 am

    - Quem seria os ortodoxos?


    Após a expressão confusa, Alberich sorri talvez o álcool esteja começando a tomar seu amigo. Mas ele entiendo como ortodoxos aqueles que apesar dos pesares gostam de manter as coisas como estão, geralmente os que estão confortáveis com sua situação, na cabeça de Alberich, as pessoas que sofrem devido a sua situação são a maioria que desejam mmudanças.

    -De toda forma, os não ortodoxos são os que anseiam por mudanças devido a circunstância que se encontram. Mas depois falamos disso. Toma mais um gole e come um punhado de torresmos.

    fcc00]]- E então? Ainda TEM contato com seus amigos do tempo de guerra?
    [/quote]

    O bruxo pensa um pouco e logo retoma seu raciocínio:

    -Bom, de certa forma sim, irei ter com eles. Seria importante.

    - Sim, sim... Trabalhar em duas frentes é prudente quando se tem recursos. É algo que um bom prefeito provavelmente faria. Mas sempre existe um "mas", não é, amigo? E o nosso "mas" é que Heséd já não é uma cidade tão rica como nos tempos de nossos avós! A guerra dilapidou muito a cidade. Claro, temos muitas vantagens ainda, e muita perspectiva para longo prazo. Mas a curto prazo prevejo que teremos muito investimento e pouco lucro, e claro que você é inteligente demais para saber que não é questão apenas de dinheiro.

    A empolgação de Alberich arrefece e ele cai mais em si, ele sabia disso, mas estava empolgado de mais.

    -Verdade, foi bom você ter lembrado disso, já estava empolgado de mais. De toda forma aos poucos iremos resolver

    Após a conversa Alberich termina seus torresmos, sua bebida, vai até o balcão e indaga o taverneiro:

    -Quanto está a conta de todo mundo até o momento de hoje, nobre amigo taverneiro?
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Qua maio 10, 2023 3:17 pm



       
       


           

           
    A Pacificadora, dia 10 do mês da Águia, 1429 jP (faltam 5 dias para A Iniciadora e começo do inverno)

    Informações

      @Dycleal fiz um R.Oc. para os pontinhos azuis e caiu 1 DUAS VEZES, portanto mesmo se fosse vantagem, já era, você não conseguiu alcançá-los ou descobrir nada sobre eles, e também não voltarão a aparecer mais.

      A taverna onde estão fica numa rua suspeita, que passa ao lado das minas da cidade. Não é o pior lugar da cidade, mas é um lugar onde pessoas prudentes e cautelosas normalmente não vão. Apesar disto é uma taverna até animada, tem um pouco de música, boa variedade de bebidas, só não tem muitas fêmeas (além das que servem as mesas, mas de cliente mesmo talvez só uma ou outra demônio e das mais feinhas, aliás quase todos os clientes ali são do tipo mau encarado).

      A taverna tem vários tira-gosto como ovo de codorna, torresmo ou bolinho de morê, bem como várias cidras, que é a bebida mais típica da cidade. Caso não goste de cidra eles têm também conhaque que sei que o Nadhull gosta (tem o escuro, que é mais fraco, o claro que é mais forte, mas ambos são de boa qualidade, e tem uma marca barata), tem vinho de beterraba (que também não é ruim, pelo menos para quem nunca conheceu o vinho de uva) e tem bol, que é uma bebida fermentada popular.

      Antes da invasão de Gaja, Heséd era uma cidade com muitas macieiras, que foram cortadas pelos inimigos. As maçãs de Heséd tem um gosto ácido, e não são tão boas para comer (embora é claro que ainda serviam para matar a fome dos miseráveis, mais um dos motivos dos gajanos terem derrubado as árvores) mas são boas para fazer cidra, que é a bebida mais típica de Heséd.

      Algumas marcas mais conhecidas são:

      SÍGARA
      Preço $$$$$ - acidez @@@@ - doçura @@@ - teor alcóolico @@@@ - cor e notas: escura, encorpada, muito aromática.
      É uma das cidras mais caras, preferidas dos mais ricos, como é mais ácida é preferida para se tomar durante banquetes.

      SAMANTAH
      Preço $$$$$ - acidez @@@ - doçura @@@@ - teor alcóolico @@@@ - cor e notas: média, licorosa, muito aromática.
      É uma das cidras mais caras, preferidas dos mais ricos, como é mais doce é melhor para se bebericar depois das refeições, entre uma palestra e outra.

      CIDRA LIVRO-DOS-DIAS
      Preço $$$$ - acidez @@@ - doçura @@@ - teor alcóolico @@@ - cor e notas: clara, esverdeada, toques leves de outras frutas.
      Também uma cidra de qualidade, considerada uma das com sabor mais balanceado.

      VIRGEM VERDE
      Preço $$$/$ - acidez @@@@@ - doçura @@ - teor alcóolico @@@@@ - cor e notas: verde, muito aromática, forte.
      É feita com maçãs bem verdes, muito ácida e forte, portanto apreciada por quem gosta de gostos fortes.

      BEIJO DA SÚCUBO
      Preço $$/$ - acidez @@@@ - doçura @@@@@ - teor alcóolico @@@@ - cor e notas: alaranjada, licorosa, notas de castanhas e amadeirados.
      Não é de qualidade superior, mas tem um gosto marcante, uma das mais vendidas na cidade. Dizem que é feita por uma súcubo de verdade.

      SANGUE DOS VALLEH
      Preço $$$ - acidez @@ - doçura @@@@@ - teor alcóolico @@ - cor e notas: bem vermelha.
      Valleh é o sobrenome de uma família tradicional, que primeiro se instalou no vale da cidade. A cidra é feita com maçãs bem maduras, usando inclusive as cascas, boa para quem quer sentir o gosto da fruta mais do que do álcool.

      SEMENTE DE COELHO
      Preço $$ - acidez @@ - doçura @@ - teor alcóolico @@ - cor e notas: clara, fraca, notas de ameixa.
      Ninguém entende o porquê do nome, é fraca, mas ainda bem vendida.

      GF YO
      Preço $$$ - acidez ? - doçura @ - teor alcóolico @@@ - cor e notas: escura, amadeirada.
      Esta cidra é mais amarga do que azeda, ironicamente mais apreciada por quem não gosta de cidra e prefere cerveja.

      CANÇÃO DO MAR
      Preço $ - acidez @@@ - doçura @@@@ - teor alcóolico @ - cor e notas: clara, notas de abacaxi
      Uma cidra de pobre.

      TÔ LÁ INDO
      Preço $ - acidez @@@@ - doçura @ - teor alcóolico @@@@@ - cor e notas: média, cheira álcool
      Uma cidra de pobre, forte e com ressaca garantida.

      VENTANIA
      Preço $/$ - acidez @@ - doçura @@@ - teor alcóolico @@@ - cor e notas: média, notas cítricas, aroma suave.
      Barata, sabor suave, levemente doce, mais apreciada por mulheres.

      SAVREMA
      Preço $$/$ - acidez @@@@@ - doçura @@@@@ - teor alcóolico @@@@ - cor e notas: escura, de tom marrom, amadeirada.
      É forte tanto no álcool como no sabor, boa parte das cidras são vendidas em garrafas, mas esta é em barril, o que lhe dá as notas amadeiradas, muitos não gostam do gosto forte, então é considerada uma cidra pra quem saber beber.

      LICOR ANEL DOS DEUSES
      Preço $$$ - acidez @@@ - doçura @@@@ - teor alcóolico @@@ - cor e notas: média, meio alaranjada, licorosa, grossa.
      Esta não é produzida em Heséd, mas numa fazenda em Burnabad, a referência do nome porém é um lugar de Akvlando, esta cidra, apesar de também ter maçã, possui mais sabor de pêssego.


       

           


    -Quanto está a conta de todo mundo até o momento de hoje, nobre amigo taverneiro?

    O taverneiro olha Alberich meio incrédulo:

    - No mínimo vinte de ouro!

    Apesar da taverna ser meio suspeita, estar num lugar suspeito e ser frequentada por pessoas cuja prudência é suspeita, não era uma taverna muito "caidinha", pelo contrário, tinha até um movimento relativamente bom, e pela cara do taverneiro ninguém ali nunca cometeu a extravagância de pagar conta de todo mundo.

    Neste momento, coincidentemente, Nadhull tinha acabado de entrar e se dirige à Alberich. O íncubo tinha escondido magicamente seus traços demoníacos (algo que, pelo menos até onde Alberich saiba, só é possível para demônios com bastante capacidade mágica), mas Alberich já conhecia as duas aparências do demônio:

    - Meu amigo, agora que o velho Nadhull está chegando, você vai embora? Fique um pouco e vamos conversar sobre suas ideias de melhorar a vida dos habitantes da nossa comunidade... Você sabe que tenho fortes esperanças que você talvez não seja apenas mais um político que joga palavras ao vento... Venha sente-se comigo e explique como fará suas ideias ganharem corpo, faço questão...


    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Qua maio 17, 2023 2:20 pm

    - Meu amigo, agora que o velho Nadhull está chegando, você vai embora? Fique um pouco e vamos conversar sobre suas ideias de melhorar a vida dos habitantes da nossa comunidade... Você sabe que tenho fortes esperanças que você talvez não seja apenas mais um político que joga palavras ao vento... Venha sente-se comigo e explique como fará suas ideias ganharem corpo, faço questão...

    Alberich se surpreende com a chegada do Incubo, estava distraído analisando se pagaria aquela conta e faria um breve discurso sobre  pagamento, quando Nadhul chega e diriige-se a ele.

    -Ah... Nadhul, quanto tempo! Como andam as coisas? Eu já estava de saída, você quer me acompanhar até em casa? No caminho vou explicando o que já em sendo cogitado e discutido.
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Sex maio 19, 2023 2:37 pm

    Mirtius conversa baixo com o taverneiro, brevemente eles se entendem, então Mirtius chega até o colega, põe a mão no ombro de Alberich e comenta:

    - Não gaste seu dinheiro em um lugar como este. A cidade tem muitos dedos, e se quer eles para si, não invista nos anéis. Quem se apega aos anéis...

    Logo depois comenta com Nadhull e Alberich:

    - Bons amigos, infelizmente agora serei covardemente assaltado por uma súcubo que pretende roubar-me as forças! Ah, que cidade mais insegura! Devo então apreçar-me para o encontro ou ela terá que encontrar uma vítima mais fraca que eu.

    Ele irá se dirigir a um ponto da rua onde anjos e pessoas sensatas não frequentam. Caso ainda queiram tomar uma saideira, não precisarão preocupar com a conta, a menos que queiram mesmo fazer extravagâncias. Se forem sair para outro rumo, vocês estão nas noites azuis, ou seja: Hélius Blua ainda está iluminando a cidade, mesmo já sendo mais de 22:00h e boa parte das pessoas já estar nas suas casas, só irá escurecer mesmo lá pelas 3:00h. A luz azulada de Hélius Blua pode ser apenas um pouco irritante para Alberich, que como humano prefere a luz de Hélius Flava (você fez a ficha como humano mesmo né?), mas o nível de luminosidade é suficiente para enxergar bem as ruas. Para Nadhull isto é ainda mais simples, ainda que ele também prefira a luz de Hélius Flava. Faz uns 17-18°C portanto o tempo não está muito frio, embora deve cair uns 4-5°C nas próximas horas.
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Dycleal Dom maio 21, 2023 4:32 pm

    Nadhull ouve o Alberich dizer que está de saída e diz: - Bem, vamos pelo menos uma saideira, para aquecer este pobre recém chegado e saímos até sua casa e você vai me explicando como pretende executar as suas ideias e ajudar a dar nova vida para o nosso combalido comércio, que tem tantas possibilidades e nunca sai do lugar por falta de apoio político... E coloca o braço sobre seu ombro e o puxa para uma mesa, enquanto gesticula pedindo bebida para ambos.
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Dom maio 28, 2023 6:49 pm

    Alberich se despede de seu amigo e na mesma mesa ele senta-se com Nadhul empolgado:

    -Sua aparição aqui foi primordial meu amigo, ja me poupou tempo. Claro que iria tratar com você entre outros dos nossos. Estamos angariando apoio e quanto mais se juntarem a nossa causa, mais o sonho de fazer essa cidade crescer floresce! -Ele dá uma olhada pela janela para ver como está o dia- Bem, vou explanar para você o que penso de modo geral e especificamente para o comércio.

    Alberich repete tudo que falhou para seu amigo comerciante, mas dando ênfase nas ideias que teve para o comércio. Ao mesmo tempo pediu mais torresmos e a mesma bebida que tomou antes.

    -...então é isso, o que me diz? Alguma critica ou suigestão?
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Dom maio 28, 2023 7:15 pm

    Ele dá uma olhada pela janela para ver como está o dia.

    Na verdade já eram mais de 22:00h, então era noite e não dia, mas devido a natureza de Akaŝa, que era iluminada por duas estrelas principais, Hélius Flava (amarela) e Hélius Blua (azul), havia períodos em que o planeta era iluminado 24:00h/dia.

    Aliás, vocês acabaram de sair deste período, há cerca de 15-20 dias, no alto outono, uma estrela se punha no céu no mesmo momento que a outra nascia. Agora que estava quase no inverno, Hélius Blua ficava mais tempo no céu, portanto a noite está bem azulada, mas ainda bem clara.

    A luz azul de Hélius Blua é menos agradável aos olhos de vocês que a luz de Hélius Flava, por isto muitas pessoas ficam mais irritadiças no inverno, mas não é algo que uma pessoa normal não se adapte, portanto, mesmo que boa parte da cidade já esteja dormindo, hoje ainda terá algum movimento nas ruas, ainda que pouco, mesmo à meia-noite. Só ficará muito escuro das 3:00h às 6:00h, quando Hélius Flava nasce e o dia fica bem mais claro.

    Fora isto, o ar de outono está bem agradável, com umidade muito boa. Aliás este ano o ar de outono está mais agradável do que a maioria dos que você se lembra, até o cheiro das árvores parece melhor. A temperatura também está por volta dos 20°C, bem fresco para uma noite de Heséd, pois a cidade de tarde é bem quente. O tempo está tão bom que, se repararem bem, tem até mais casais nas ruas aproveitando o ótimo clima pra ficar de namorico à luz das luas.
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Dycleal Seg Jun 05, 2023 9:42 am

    Nadhull bebe devagar enquanto pensa. A bebida é suave e saborosa e ajuda a sua mente desenvolver as ideias e coloca-las em uma certa ordem. Dá um pigarro e diz: - Se você quer ser político e isto é necessário para a nossa comunidade, você precisa decidir quais as ações que enfrentará. Não é possível atacar todas, mas identificar as principais e mais primárias que darão subsídios aos próximos passos da sua gestão. Isto dará transparência e veracidade para as suas propostas. Eu vi, nas nossas movimentações durante a guerra, que você é um cara muito estratégico e que tem ambição. Não acredito em pessoas que não tenham ambição, pois o que a movem, não é constante e seguro e coloco meu nome a sua disposição para ser um nome conhecido que lhe sirva de referência, pode ser como seu vice ou algum cargo executivo no seu projeto, isto trará simpatia e apoio a sua causa, as pessoas saberão que o incubo amigo dos anjos lhe apoia.

    Nadhull, bebe mais um pouco e continua: - O que eu espero em troca de você é que o comercio seja valorizado, as estradas sejam equipadas e se tornem mais seguras, isso trará prosperidade e fundos para o crescimento necessário e também que sustente a cidadania de todas as raças para que com essa diversidade sendo cidadã e dentro do império das leis, a paz reinará com essa equidade entre os homens e crenças. Com paz e verbas advindas de um comércio próspero, você terá todas as ferramentas para fazer todas as outras reformas e melhorias. O que você acha destas minhas colocações. E volta a beber devagar e atento ao colega de mesa.
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Sex Jun 09, 2023 12:38 pm

    Dycleal escreveu:Nadhull bebe devagar enquanto pensa. A bebida é suave e saborosa e ajuda a sua mente desenvolver as ideias e coloca-las em uma certa ordem. Dá um pigarro e diz: - Se você quer ser político e isto é necessário para a nossa comunidade, você precisa decidir quais as ações que enfrentará. Não é possível atacar todas, mas identificar as principais e mais primárias que darão subsídios aos próximos passos da sua gestão. Isto dará transparência e veracidade para as suas propostas. Eu vi, nas nossas movimentações durante a guerra, que você é um cara muito estratégico e que tem ambição. Não acredito em pessoas que não tenham ambição, pois o que a movem, não é constante e seguro e coloco meu nome a sua disposição para ser um nome conhecido que lhe sirva de referência, pode ser como seu vice ou algum cargo executivo no seu projeto, isto trará simpatia e apoio a sua causa, as pessoas saberão que o incubo amigo dos anjos lhe apoia.

    Nadhull, bebe mais um pouco e continua: - O que eu espero em troca de você é que o comercio seja valorizado, as estradas sejam equipadas e se tornem mais seguras, isso trará prosperidade e fundos para o crescimento necessário e também que sustente a cidadania de todas as raças para que com essa diversidade sendo cidadã e dentro do império das leis, a paz reinará com essa equidade entre os homens e crenças. Com paz e verbas advindas de um comércio próspero, você terá todas as ferramentas para fazer todas as outras reformas e melhorias. O que você acha destas minhas colocações. E volta a beber devagar e atento ao colega de mesa.

    Alberich ouvia atentamente o íncubo e maneava a cabeça concordando com suas colocações e complementou:

    -De fato, tenho planos grandes para o desenvolvimento de nossa cidade, inclusive para confrontar cada um dos problemas, porém, como você bem pontuou, temos que ir um passo de cada vez. Recursos são primordiais, logo um bom investimento no comércio ajudaria, por outro lado as estradas são muito inseguras, logo isso prejudicaria consideravelmente o comércio. Portanto, creio que esses dois problemas deve ser atacados de imediato. O fomento do comércio e o aumento da segurança, talvez com eventos que possam atrair mercenários e aventureiros pelas recompensas fornecidas pelas cabeças dos bandidos.

    Aumentar o corpo de soldados e dividi-los em aspectos, epecializando-os. Tudo isso custa recurso. Como sabemos é um ciclo, um depende do outro, por isso gostaria de contar com você para convocarmos aqueles que lutaram na guerra ao nosso lado e começarmos nós mesmos a limpar as estradas, seremos ainda mais reconhecidos pela popuilação e meu nome crescerá como candidato a prefeito.


    Alberich para pensativo quanto ao pedido de algum cargo na administração por parte de Nadhul, ele ainda não tinha uma equipe e começar a monta-la seria primordial. O bruxo analisa o amigo e indaga-o

    -No caso, já tenho um Vice, é o Comerciane Mirtus, que saiu ainda pouco, você deve conhece-lo, claro que poderia te oferecer um cargo na minha equipe. Me diga Nadhul, o que vc sabe fazer de melhor? pense num corpo de funcionários de uma prefeitura e tudo que será necessário para desenvolver a cidade, onde você se encaixaria?

    Alberich estava com alguns pergaminhos em mãos enquanto anotava as ideia de Mirtius e agora de Nadhul.
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Dycleal Sex Jun 09, 2023 2:00 pm

    Nadhull ouve o companheiro de papo e pensa um pouco e depois de uma reflexão ponderada diz: - Bem, te aconselho a esperar um pouco, antes de distribuir esses cargos, pois você se comprometeu com um vice, antes de falar com mais pessoas. Um vice deve ser um cara que lhe agregue votos e isso você avalia depois de algumas rodadas de conversação política, entende? Eu sou bom em conversações, em popularidade, traçar estratégias e organizar a Logística de projetos e empreendimentos e conselhos sexuais. E sorrir ao falar este último, pois estava sendo jocoso, visto a sua fama de conquistar e ter relacionamentos íntimos com seres angelicais femininos...

    Bebe mais um gole e conclui: - Quanto a lutar e limpar pessoalmente as estradas, acho que podemos montar um bom grupo e angariar nome para este grupo e associar essa fama ao seu nome, isso será muito interessante. E fica aguardando a resposta do seu interlocutor.
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12520
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Sandinus Sex Jun 09, 2023 2:34 pm

    Dycleal escreveu:Nadhull ouve o companheiro de papo e pensa um pouco e depois de uma reflexão ponderada diz: - Bem, te aconselho a esperar um pouco, antes de distribuir esses cargos, pois você se comprometeu com um vice, antes de falar com mais pessoas. Um vice deve ser um cara que lhe agregue votos e isso você avalia depois de algumas rodadas de conversação política, entende? Eu sou bom em conversações, em popularidade, traçar estratégias e organizar a Logística de projetos e empreendimentos e conselhos sexuais. E sorrir ao falar este último, pois estava sendo jocoso, visto a sua fama de conquistar e ter relacionamentos íntimos com seres angelicais femininos...

    Bebe mais um gole e conclui: - Quanto a lutar e limpar pessoalmente as estradas, acho que podemos montar um bom grupo e angariar nome para este grupo e associar essa fama ao seu nome, isso será muito interessante. E fica aguardando a resposta do seu interlocutor.

    Alberich, sorri mas seu acordo com Mirtius já é antigo.

    -Mirtius foi a primeira pessoa que pensei, ele é o comerciante respeitável e para seguir com essa campanha preisaremos de recurso, ele é um amigo antigo e de confiança, não que você não seja, mas a familia dele e a minha temos amizade e acordos mercantis a muito tempo. O trato dele com os comerciantes é bem desenvolvido. Não se preocupe com isso uma prefeitura exige cargos focados e pessoas de confiança, mas não poderei abiri mão de Mirtius como vice, as coisas já estão alinhadas. Mas veja pelo lado bom, ele cuida das finanças e você do amor! -Alberich sorri com a brincadeira- Sua fama pode ser muito bem utilizada para nosso benefício, você se diverte ao mesmo tempo que trabalha para o sucesso da cidade e pra um cargo na prefeitura, caso eu seja eleito. O amor também angaria votos, muito mais do que palavras de apoio apenas.

    Quanto a escolher aleatoriamente, eu não estou escolhendo, inclusive a sugestão de procurar os que lutaram ao meu lado foi uma ideia de Mirtius, você é um dos mais próximos desse grupo, claro que eu o procuraria, mais cedo ou mais tarde. Para nossa sorte, você veio, o que facilitou as coisas.




    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Leomar Sex Jun 09, 2023 4:37 pm

    Embora Nadhull não fosse expert em política, tinha boa malícia para comércio, então a conversa de ambos flui com facilidade. Apesar disto eles não estendem muito: Alberich conta seus planos de ação, Nadhull oferece apoio, mas por enquanto não podiam fazer mais do que isto.

    O outono estava sendo bem agradável com clima ameno, mas a Meditativa (quarto dia da semana) amanhece com a temperatura bem mais frias que nos outros dias. Algo já esperado, pois em 4 dias começará o inverno. Nos próximos dias as pessoas tirarão as roupas mais pesadas do cabide e trocarão a cidra por conhaque quente, mas a rotina de Heséd não será afetada, pois mesmo no inverno é extremamente difícil a temperatura ficar abaixo de 15°C (isto na cidade, pois no deserto a temperatura pode mudar drasticamente. Tem também eventuais tempestades de areia podem causar eventos chamados de "bafo" onde a temperatura sobe ou cai uns 20°C de um segundo pro outro, ferrando com a vida de todo mundo).

    Como a Meditativa é bem no meio da semana, o movimento geral na cidade é típico. Os templos estão quase vazios porque não tem nenhuma comemoração especial. O comércio "tá de boas", só no porto que as pessoas estão mais de mau humor por causa do frio, se bem que para quem carrega e descarrega os barcos, o leve frio é até agradável para facilitar o esforço, ruim é só para quem tem que ficar esperando, manobrando, observando...




    OFF: Se eu não tivesse ido almoçar, íamos postar ao mesmo tempo pois já estava escrevendo a resposta.

    A conversa de vocês está bem detalhada, o que é legal, mas vou por o relógio para correr, pois conversas assim em pbf podem demorar muito. Caso você ou o Dycleal achem que ainda podem acrescentar algo relevante, podem postar com tempos separados, como se a conversa não tivesse terminado mas os eventos posteriores também tivessem acontecendo, em fórum às vezes temos que fazer isto.

    Estou com poucas ideias para estes dias antes de eu forçar o grupo se reunir para uma aventura conjunta, coisa que não vai demorar, mas enquanto isto, vou dar um leque de eventos aleatórios para os personagens de vocês (a menos que você já esteja disposto a ir em busca de juntar os outros, o que não seria nada ruim para mim). Para o Darius deixei ele rolar pois os encontros dele não fariam muita diferença, já você pode escolher livremente um dos seis eventos abaixo que achar mais interessante, qualquer um deles levará à uma missão rápida, mas potencialmente perigosa a bastante para fazer sozinho. Se preferir rolar para escolher aleatoriamente, pode também. Se preferir ir ajudar algum dos outros personagens é só dizer qual e ignore os eventos abaixo.

    1 - Grifo na praça
    Em uma das praças de Heséd um grafe grifo pousa, chamando atenção de absolutamente todos que estavam ali. O enorme animal estava selado, mas sem cavaleiro (ou grifeiro, não sei se tem termo técnico). Grifos são animais muito raros, grifos domesticados são ainda mais raros, grifos domesticados que se permitem ser montados são mais raros ainda, portanto por todos os motivos possíveis a cidade parou para vê-lo.
    Apenas pessoas muito ricas teriam uma montaria tão maravilhosa como aquela. Alberich nunca viu um grifo em Heséd (e é pouco provável que tenha visto mesmo em outros lugares, a não ser que tenha sido em alguma aventura muito louca no seu passado). Além de impressionante, o animal também costuma ser muito perigoso, sem eufemismo no "muito", e todas as pessoas com o mínimo de bom senso estão evitando aproximar-se do animal. Mesmo um pequeno grupo de soldados estão olhando, mas sem saber se tomam ou não alguma atitude (obs. apesar de ser tecnicamente uma besta, muitos acreditam que o grifo é inteligente, ou relativamente inteligente, se bem que qualquer coisa que você pensar que sabe sobre eles pode ser verdade ou não).
    Outra coisa extremamente impressionante é que, apesar de tudo isto, o grifo NÃO está demonstrando comportamento agressivo, pelo contrário: anda de um lado para o outro observando as pessoas, quase parecendo querer que alguma delas se aproxime.

    2 - Problemas no mercado negro
    Mirtus procura Alberich de manhã. Tinha sido informado que um de seus colaboradores nos comércios "alternativos ou altamente especializados" teve problemas com a Corte Suprema. Este colaborador está detido, mas faz parte de um grupo de quatro pessoas, e as outras três estão desaparecidas. O fulano demonstra menos preocupação com a Corte do que com o destino de seus amigos (embora não seja nada agradável ou tão pouco seguro esperar um julgamento da Corte Suprema).
    A Corte Suprema tem muito mais importância em Ĵevurá do que em Heséd, e aqui Alberich cairia em outra faca de dois gumes, pois em Heséd há tanto pessoas querendo dar mais autoridade à Corte, como pessoas querendo que ela nunca tenha autoridade na cidade. Ficar a favor ou contra a Corte Suprema poderá desagradar grupos diferentes.
    E, mesmo ignorando o cara que foi preso, ainda tem os desaparecidos. Pelo que Mirtus ficou sabendo, eles desapareceram perto do Desfiladeiro Selvagem, uma região cheia de perigos naturais, seja com Raças Selvagens (orcs, goblinóides e semelhantes), seja com raças demoníacas, seja com monstros diversos.
    Se "perder" no Desfiladeiro Selvagem não é algo difícil de acontecer, mas, para piorar, Mirtus recebeu a informação que eles sumiram em "circunstâncias suspeitas" sem dar muitos detalhes do que poderia ser "suspeito" no Desfiladeiro Selvagem.

    3 - Encomenda suspeita para mercado alternativo
    No mossar, um sujeito busca aventureiros para conseguir um certo tipo específico de gema, prometendo uma recompensa relativamente grande para o grupo que aceitasse e conseguisse.
    Até aí tudo normal. A gema estaria próxima ao Desfiladeiro Selvagem, que é uma área perigosa, mas se não houvesse perigo, o pagamento não seria bom.
    Como comentei antes, os mossares têm feito serviço de intermediários entre aventureiros e pessoas que precisam de aventureiros MAS Heséd não tem uma guilda oficial e forte para aventureiros, e, POSSIVELMENTE esta possa ser uma ocasião onde a existência de uma guilda poderia fazer alguma diferença.
    O contratante oferece um valor fixo para a tarefa bem cumprida, sendo assim, um grupo grande, cada membro receberia proporcionalmente menos que num grupo pequeno. Até aí também não é anormal, "combinado não sai caro", como muitos dizem. Porém o contratante não parece oferecer qualquer clausula para quem tentar e falhar, o que também não é ilegal e nem necessariamente incomum, mas já deixa algumas pessoas menos impulsivas com algumas questões em aberto.
    Alberich pode se sentir interessado (ou não) na missão seja pelo objetivo em si, seja pelo mecanismo que parece estar por lado desta solicitação.

    4 - Confusão no Mossar
    Kleótio, o mossari, estava com um potencial problema diplomático em frente ao mossar: uma mulher, aparentemente humana (digo aparentemente pois Akaŝa é complicada, a mulher tinha estatura bem baixa, usava roupas pesadas e protegia a si mesma com uma aura mágica luminosa de tons azuis que impediam de observar todas suas características físicas) gritava e demonstrava comportamento agressivo; Tinha aceitado ir até a frente do mossar, mas não mostrava muita boa-fé para conversar com os diplomatas. A mulher portava um artefato mágico (um tipo de varinha ou pequeno cetro) que parecia ter grande poder (não dá para saber se o grande poder é apenas do artefato ou também dela, o que é bem possível, mas nem sempre é preciso ter muito poder para manusear artefatos poderosos), ela não falava Esperanto, e seu tareno também parecia muito ruim, misturava com palavras que ninguém ali entendia.
    (obs. na ficha Alberich fala Abyssal, Celestial, Common, no nosso cenário então ele fala Esperanto (Common), Yrdok (Celestial) e Moloke (Abyssal). Em Fajr-Regno os idiomas oficiais são o Tareno, Trans-Tareno e Esperanto, sendo este último mais novo, mas que tem se popularizado muito.
    Ela falava constantemente em Erfir-Sizo, em moloke Erfir pode se traduzir por ladrão ou vampiro e Sizo por pálido ou branco, mas não adiantará Alberich tentar falar com ela em moloke, pois este ainda não era o idioma dela (talvez outro idioma demoníaco, mas tá difícil saber). Ela também usa muito a palavra tareno para "guerra", mas aparentemente acusa alguém da cidade de estar "provocando uma guerra, por roubar alguma coisa de alguém". Por fim, o pouco que entendem do que ela fala é sobre ela supostamente estar representando alguém dos Planos Espirituais, e não do Reinos Temporais (provavelmente Reinos Temporais quer dizer qualquer coisa do Plano Material, embora a tradução pode não ser precisa.
    Duas pessoas que tentaram contê-la foram arremessadas longe com magia de água. As duas não sofreram danos graves, então ela ainda não é considerada uma ameaça grave, mas magos azuis ofensivos podem sim causar grandes danos e até matar com certa facilidade, se estiverem mesmo afim disto.

    5 - Amigo da onça
    Um conhecido de Alberich e Mirtus (que pode ser um amigo ou não, também pode escolher o quão "confiável" ele seria na visão de Alberich, mas independente de Alberich considera-lo confiável ou não, ele tem fama de se envolver em problemas, não por falta de caráter ou escrúpulos, mas por ser imprudente) pede um encontro pessoal e discreto.
    Quando juntos, ele diz a Alberich que aparentemente (sic) encontrou um "potencial grande achado".
    Depois de enrolar de leve, ele diz a Alberich que um grupo de sua confiança encontrou um anel mágico, e que este anel basicamente "suga toda a felicidade das pessoas em volta e transmite tudo para o portador".
    Um artefato que muitos procurariam por diversos motivos diferentes, e que poderia ser vendido por qualquer preço. Inclusive este amigo oferece a peça à Alberich por um preço exorbitante.
    Mas ainda havia alguns "pequenos problemas", e o amigo fala para Alberich (talvez querendo ser sincero ou é só sem noção mesmo) que ainda precisavam de "testes adicionais" para se entender totalmente como usar o anel, pois embora ele pareça funcionar bem, algumas "pequenas mortes sem importância" aconteceram ao redor das pessoas que o usaram. O amigo ainda pede a Alberich que indique especialistas em artefatos lendários confiáveis para saber como lidar com este achado, independente de Alberich querer ou não ficar com ele.

    6 - Ataque de Harpias
    Alberich é discretamente informado que na noite anterior, um grupo de harpias invadiu Heséd e seis delas foram mortas.
    Heséd está distante o bastante do Desfiladeiro Selvagem para que ataques de harpias sejam algo muito raro na cidade, embora não seja o primeiro tipo de ataque assim que a cidade recebe.
    O problema maior é que, se a notícia se espalhar, pode criar caos na cidade. Harpias não são os demônios mais fortes do mundo, sendo até um bom "esporte" caça-las no Desfiladeiro Selvagem, mas quando elas chegam até a cidade de "livre vontade", de duas uma: ou demônios mais fortes estão bem próximos de invadir a cidade também, ou alguma merda grande está acontecendo não muito longe da cidade.
    Conteúdo patrocinado


    Alberich de Mreg'rez Empty Re: Alberich de Mreg'rez

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sáb maio 25, 2024 4:54 am