Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Boku no Hero World - Cenas Aleatorias

    Larissa Aprill
    Troubleshooter
    Larissa Aprill
    Troubleshooter

    Mensagens : 856
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Cenas Aleatorias - Página 2 Empty Re: Boku no Hero World - Cenas Aleatorias

    Mensagem por Larissa Aprill em Dom Maio 31, 2020 9:23 pm





    Nome do Personagem: Nana Higashi

    Idade: 18 anos

    Personalidade: Gentil, alegre, prestativa e acolhedora

    Hobby: Sair com os amigos, fazer trabalho voluntário no hospital e pintar quadros


    As irmãs sempre foram opostas, isso Nana conseguiu entender desde pequena. Quando ela tinha 4 anos e manifestou seu poder pela primeira vez, Keiko tinha 8 anos e manipulava a energia negativa como um prodígio. Então ela estava acostumada a viver na sombra da irmã. E tudo que ela fazia, nunca seria inédito ou incrível para os pais, pois existia Keiko.

    Demorou muito tempo para a menina de cabelos rosas entender a origem dos seus poderes, que a princípio achou que era apenas um poder de cura comum. Ao entrar no colegial começou a entender que sua fonte de poder era energia positiva, então precisava treinar mentalmente para não deixar que os conflitos na sua casa não a deixasse infeliz. Ela começou a ignorar o descaso do pai ou a suportar melhor as explosões de raiva da mãe e enquanto a irmã… foi mais simples evitarem de se encontrar. Assim Nana aprendeu a lidar com sua individualidade e seu efeito negativo.

    Mas agora estando frente a frente com a Keiko e entendendo todos os sentimentos negativos que ela carregava dentro de si, fazia a menina ter pena da irmã. Algo que nunca pensou sentir antes.

    - Keiko...eu nem consigo imaginar o que você passou. Mas uma coisa eu sei, não é sua culpa. Durante anos também tentei fazer o papai e a mamãe melhorarem, mas entendi que não dependia de mim - Ela conseguia sentir que a medida que falava a energia emanava pela parede. - E você tem que entender que nada que você fizesse iria mudar algo, pois sempre foi uma escolha deles de serem felizes ou não.

    Nana queria que aquela briga acabasse e tentou tocar na irmã novamente. E percebeu que o calor que sentia pelo corpo agora brilhava intensamente. O brilho fez Keiko se proteger com os braços. Porém sua fala não foi bem recebida pela irmã que ficou mais agressiva e rancoroso do que antes.

    A morena começa a formar lâminas com a energia maléfica e avança sobre a caçula.

    - Keiko!!! - Fechou os olhos com medo.

    Nana se protege com as mãos espalmadas na frente do corpo. E já antecipava a dor do golpe, mas isso não aconteceu. Aos poucos ela vai abrindo os olhos e para sua surpresa vê uma parede brilhando a sua frente. E demorou alguns segundos pra associar que essa energia do escudo vinha das suas próprias mãos.



    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2999
    Reputação : 220
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Boku no Hero World - Cenas Aleatorias - Página 2 Empty Re: Boku no Hero World - Cenas Aleatorias

    Mensagem por Hellkite em Seg Jun 08, 2020 9:56 am

    @Larissa Aprill escreveu:




    Nome do Personagem: Nana Higashi

    Idade: 18 anos

    Personalidade: Gentil, alegre, prestativa e acolhedora

    Hobby: Sair com os amigos, fazer trabalho voluntário no hospital e pintar quadros

    FAMILIA

    Keiko sente uma mistura de emoções ao lançar o seu ataque contra a irmã. Embora tenha se livrado do peso por cima de seus ombros e ansiedade com o envio de suas energias negativas, imediatamente ela se dá conta de que tinha exagerado e fica aflita pelo que fez. Era se como ao soltar a mão de alguém em um precipício, voce tivesse se dado conta da besteira cometida.

    Porem para a sua surpresa, sua irmã estava ilesa! Com as mãos espalmadas a frente do corpo, o rosto virado para o lado, tinha criado uma espécie de parede protetora, que brilhava numa intensa luminosidade, e que agora estava se desvanecendo aos poucos.

    Keiko leva ambas as mãos a boca, os olhos começando a lacrimejar. Percebe o quanto tinha sido mesquinha e que isto quase causou uma tragédia. E ao mesmo tempo, reconhecia as capacidades da irma, que agora controlava a energia positiva. Ela em passos hesitantes começa a caminhar em direção da irmã. “Nana...”, diz baixinho.

    Neste momento, chegam os pais das duas. Ao ver o estado em que ficou a casa, a mãe se enraivece e começa a berrar, enquanto o pai levava as mãos a cabeça, vendo a que situação chegou o conflito entre as irmãs.

    Se havia um momento para a reconciliação, este instante se perdeu. Keiko fecha o seu coração, e sem falar mais nada, corre para seu quarto, batendo a porta forte.

    Foi depois deste incidente que a decisão de Nana mudar para os alojamentos na UA foi decidida pela família.

    Off: Fim de cena.

      Data/hora atual: Qua Ago 12, 2020 9:01 pm