Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Skye Jenkins

    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Qua Fev 24, 2021 4:20 pm

    Clara não abre a janela. Ela enfia a cara no vidro. Ela era "engraçada" assim. Os olhinhos perdidos procurando. "OOOOIIIII!!" Ela grita antes mesmo de descolar a cara do vidro para abrir a janela. Ela faz um movimento com a mão para chamar ela para perto. "Vem! Vem!" Ela fala tão baixo que não da para ouvir. Wally a obedece imediatamente correndo pesadamente para ela. A cabeça dos irmãos logo aparece na janela também. A menina fala alguma coisa olhando para Clara e o irmão a acerta com uma folha enrolada. Eles logo saem da janela brigando.

    Wally começa a fazer festa para Clara que tenta imitar o animal entre cada chamada para Skye. "Tem bolinho de chuva!" Ela faz uma mistura de gritos com sussurros. O cachorro lambe a cara dela e a menina gargalha. Uma risada de porquinho já familiar para Skye.
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Qui Fev 25, 2021 12:09 am


    Permaneceu no seu esconderijo, mesmo que Wally claramente a entregava ali, quando viu Clara com a cara toda na janela, ainda não foi o suficiente pra sair. E o grito a fez olhar para todos os lados e abaixar ainda mais atrás da casinha. Ela não facilitava. Logo já tinha uma plateia na janela e a ideia de passar despercebida ia por água abaixo. Passou algum tempo parada, não tanto, já que ela continuar gritando ia fazer ainda mais barulho.

    Se aproximou da janela, e não fez menção de mandar ela falar baixo, sabia que não adiantava nada. Saber que tinha comida fez o estômago roncar de leve, cruzou os braços, tentando abafar o ruído, olhou os arredores outra vez. – Sua mãe tá em casa? – Perguntou, tinha rancor na voz. Não que odiasse todos os adultos, mas alguns era fácil dela não gostar. Especialmente os que ajudavam a sua própria mãe.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Sex Fev 26, 2021 2:28 pm

    "A tia tá no trabalho, ela não sabe fazer bolinho." A voz do menino tinha uma alegria zombeteira. "E você é um idiota." A irmã puxa ele por cima de um ursão de pelúcia e o garoto cai. Clara ri dos dois. Ela não percebe a hostilidade, é como assistir os trabalhões para ela. "Mamãe deixou a gente com a Lina." Ela diz com um sorriso enorme. "Entra, a janela tá aberta. Vem." Ela oferece a mão para ajudar, mas a verdade é que ia ser mais fácil entrar sem a ajuda dela. "A gente pode ir lá fora e correr com o Wally. Skye sabe correr." Ele diz ainda levantando com a irmã o empurrando para baixo como se fosse um jogo. Clara dá de ombros focada em Skye. "Cê vem?"
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Sex Fev 26, 2021 4:31 pm


    Ela não estava em casa, Skye podia relaxar, ao menos por enquanto. Olhou os irmãos brigando com indiferença, talvez um pouco de confusão, ela não entendia como eles sempre continuavam fazendo a mesma coisa todas as vezes, e como não se machucavam, talvez ter um irmão fosse só brigas o tempo inteiro, seria legal ter alguém que aguentasse o mesmo que ela. Saiu dos devaneios quando notou a mão de Clara. A menção da brincadeira a fez pensar, até poderia correr, depois que se empanturrasse de comida. – Eu consigo. – Dispensou a mão da amiga, era bem mais fácil Skye conseguir puxá-la do que o contrário. Se aproximou da janela, apoiando as duas mãos no parapeito e então pulou com o impulso dos pés. Uma janela já não era um obstáculo tão grande.

    – Tenho que comer primeiro. – Respondia Lucas. Só podia ignorar sua barriga roncando até certo ponto e com comida à vontade, ela não tina como deixar pra lá. – Eu vou depois. – A casa de Clara era muito mais fácil o que o mercado. Dentro do quarto, ela olhou em volta a decoração novamente, nunca se cansava. Tentava se lembrar se Lina conhecia a sua mãe, a janela seria a rota de fuga mais rápida para fugir caso a mãe aparecesse para lhe procurar ali também. Mas esperava que Clara a desse comida, se a casa estivesse vazia certamente exploraria por si mesma, não era o caso.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Ter Mar 02, 2021 4:44 pm

    Mal Skye entrou no quarto a porta se abre e ela quase pula para fora. "Mais bolinho!" Diz uma menina não muito mais velha do que ela. Talvez quinze ou dezesseis era impossível dizer com esses grandes. Ela coloca uma bandeja que cheira a açúcar e canela na mesa baixa e ao perceber Skye ela pisca. "Eu não te vi chegar. Vocês querem leite?" Ela anda até a janela e se encosta nela relaxada. Cobrindo a melhor rota de fuga. Wally começa a lamber a mão dela e depois a puxa com mordidas leves. "Quem é o babão? Quem é o babão mais lindo?" Ela fala com o cachorro usando uma voz idiota e boba. Lucas morde um dos bolinhos e Skye vê escorrer o recheio. Clara pega um e coloca tudo na boca de uma vez. Ela ia dar um outro pra Skye, mas começa a pular se abanando de boca aberta.

    Lina ri, mas mesmo rindo segura Clara pelos ombros e assopra o seu rosto. "Cospe aqui." Ela estende a mão na frente da boca da menina antes de assoprar de novo. Mas clara não cuspia comida. Não, não, de forma alguma. Ela abre bem a boca e assopra junto com a outra, mas de uma forma babada e desesperada. Lucas está olhando hipnotizado o sofrimento de Clara e sua luta contra o bolinho. O próprio bolinho esquecido pinga na camisa, os dedinhos da mão se movendo nervosos. Sua irmã tinha acabado de sair do quarto correndo.

    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Ter Mar 02, 2021 11:05 pm


    Foi mais rápido do que ela colocar as mãos no parapeito e ameaçar saltar novamente quando a porta se abriu e a garota entrou, mas não pulou de volta, talvez o cheiro da comida a tivesse mantido ali, talvez a ideia de inventar uma boa mentira de que deveria estar ali, no final das contas, acabava por dizer nada e apenas encarar Lina. O que continuou quando a mais velha se aproximou da janela. Skye não se mexeu, quase interpretou como uma emboscada, o sorriso diminuiu um pouco seu desconforto mas não a desconfiança. Dois passos para dentro do quarto, sentou-se no chão e pegou um bolinho. Timidamente, levantou a mão quando ouviu a pergunta sobre o leite, mas não disse uma palavra.

    E quando Clara começou a pular, Skye levantou no mesmo segundo. O olhar cravado na amiga, Lina riu e se aproximou, e lutou contra a pequena faísca que a mandava afastar a outra garota, mas ela estava tentando ajudar, conseguia ver isso. Ela deu a volta na dupla, buscando o rosto de Clara para entender como agir. Seu olhar desviava entre Lina e Clara, com extrema atenção, até se focar somente na que pulava. Ela sabia muito bem como os outros se machucavam fácil, não era o seu caso dela e a ideia a deixava apreensiva, mesmo que não aparentasse ser "nada demais", Skye sentia o incomodo muito maior do que deveria, quase como uma pressão sobre si, só de observar a cena, e sequer fingia que não estava sentindo. Nem reparou na outra correndo, seu olhar estava cravado em Clara.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Sex Mar 05, 2021 8:05 pm

    Clara olha de Skye para Lina e de Lina para Skye. Ela tem baba escorrendo pelo canto da boca enquanto tenta assoprar. Ela tenta sorrir para tranquilizar as duas, mas não consegue e acaba fazendo uma careta muito estranha. Claro que Lina não tinha corrido para pegar o leite de Skye. Talvez agora não fosse mais buscar leite para ninguém. Clara segura a mão estendida de Lina e olhando para Skye cospe o bolinho nela. "Tá quente. Aí..." Ela diz limpando a boca, mas sem largar a mão de Lina. Skye sabe que ela ainda quer aquele bolinho. A outra garota volta com as duas mãos juntas como uma concha cheia de água. Provavelmente da pia. "Aqui oh! Água!" Clara enfia o rosto na água e todo Skye ouve as risadas explodindo a sua volta. Clara suspira de alívio. Ela era engraçada. Claro que ela não largou a mão de Lina, essa continuava em um aperto de ferro. Nessa hora ela pega o bolinho babado e meio mastigado e morde com muita delicadeza. "Delicia." Mastigando e falando, tudo ao mesmo tempo.

    Lina limpa o rosto da menina com a própria camisa. "Eu vou pegar o leite pra vocês. Cuidado pra comer Clarinha. Vocês também. Quem engasgar não ganha chocolate." Ela parece feliz. Parece também que machucou a mão. Ela fica com a mão esticada para longe do corpo com os dedos bem abertos. Ela deve estar tentando ignorar a dor porque nem olha para as mãos. "Tem que comer uma mordida de cada vez. Pra não passar mal e vomitar. Também pra não levar tapa na boca." O menino diz com ar de sabedoria. Ele sorri para Clara e dá um tapinha de leve em suas costas com muito cuidado como se ela pudesse engasgar por causa disso. "Gostaram dos bolinhos? Comeu o seu?" Ela pergunta para Skye procurando as mãos da menina para checar.

    --

    O leite chega em uma bandeja com copos coloridos e uma maçã picada em pedacinhos. Lina não diz uma palavra, mas ela está com outra camisa. Um moletom agora. Ela dá um beijo estalado na cabeça de Clara e faz um afago nas costas da outra menina. Ela pisca quando Skye olha. Pisca com um olho só como se aquilo significasse alguma coisa. Skye nem tinha percebido que estava olhando.
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Qui Mar 11, 2021 12:25 am


    Era quase como se fosse uma estranha naquela cena toda. Deslocada. O rosto congelado numa expressão que ela também não conhecia direito, o desconforto aumentando a cada segundo que aquilo se estendia e que só terminou quando o bolinho foi cuspido. O alivio veio nela também, uma pedra sendo tirada de cima de si. Não achou engraçado, e também não riu para ficar menos avulsa ali, sua atenção tinha ido para o bolinho, Clara e Lina de mãos dadas. Ela parecia se importar. O suficiente para se machucar...

    Skye olhou a mão dela de longe, ainda meio dispersa, ela estava machucada e ainda pedia cuidado. – ...Quer.. Ajuda? – Disse olhando Lina, mas não sabia se estava perguntando pela mão machucada, ou para ajudar a trazer leite aos outros. Seja o que fosse, Lina tinha ajudado Clara e Skye queria retribuir. Apenas prestando atenção no grupinho quando Clara falava com ela. Skye olhava para as mãos vazias, até tinha esquecido que estava com fome. – Ainda não. Eu vou se... Não precisar de nada. – Olhava Lina novamente, mas desviava para Clara. – Você tá bem, né? – Agora ela parecia mais séria, do seu modo, preocupada que ela se machucasse por algo bobo. Não seria a primeira vez.

    [...]

    De volta no quarto, Skye se sentava no chão com os outros novamente. Comendo os bolinhos, mas sua atenção estava em outro lugar. Às vezes para ter certeza que Clara não estava sufocando outra vez, outras pelos gestos de Lina. Ela achava muito estranho, talvez não achasse tanto com as outras crianças, ou Clara, afinal, ela era mesmo alguém que recebia atenção o tempo todo. Agora Skye? Ela não entendia o motivo para receber o mesmo. Se perguntava se a atitude dela se manteria quando a mãe aparecesse.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Seg Mar 15, 2021 4:20 pm

    Clara faz que sim com a cabeça e enfia outro pedaço de bolinho babado na boca como se isso fosse provar que estava bem e mastiga e sorri ao mesmo tempo, o que parece mais estranho que engraçado. Lina pensa um instante antes de aceitar ajuda, mas faz um sinal com a mão para ser seguida.

    Lina aceita a ajuda de Skye com o leite. Na cozinha ela fala bem pouco e coloca o leite de uma garrafa de vidro sem marca nos copos. A casa de Clara era toda menos interessante que seu quarto, moveis sem graça e quase nenhum enfeite. A cozinha era só o essencial, mas era cheia de biscoitos e refrescos e frutas. Muita comida colorida. O tempo todo Lina fica ronronando uma música e os pés dela ficam batendo e arrastando no mesmo ritmo. Tem uma hora em que ela até estala os dedos junto. "Clarinha não tem nenhuma paciência." Ela fala balançando a cabeça. "Se ela fizer besteira grita, ok?" Então ela pisca e sai com a bandeja deixando dois copos para Skye levar.

    No quarto eles desenham e depois brincam com jogos de tabuleiro de clara, eles são todos de perguntas e respostas ou envolvem desenhos. Exceto um que tem massinha onde as pessoas tem que advinhar o que as pessoas esculpiram. Lina vem e volta sempre ficando um pouco na porta observando e oferecendo alguma coisa. As vezes ela entra no quarto e pergunta dos jogos e arruma alguma coisa. Sempre que ela passa por Clara ela dá um beijo no cabelo da garota.

    Assim que Lina sai pela ultima vez o garoto vai até a janela. "Aposto que eu corro mais que o Wally. Vocês querem ver?" Ele sorri com desafio em cada linha do seu rosto. A camisa azul dele manchada de bolinhos.
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Dom Mar 21, 2021 3:36 am


    Skye ainda tinha o rosto neutro, um pouco menos preocupada com o estado de Clara por hora. Já que com ela, nunca dava para saber quando seria a próxima. Acompanhou Lina até a cozinha e o fez sem dizer nada. Se ela falava pouco, Skye era praticamente muda e nem balançava a cabeça para concordar ou discordar com os comentários. A casa de Clara era um dos poucos lugares que não explorava pensando no que poderia enfiar nos bolsos para levar. Era sua única amiga, e talvez a única pessoa que Skye respeitava e gostava para a ideia nem passar na sua cabeça. Ficou fora do caminho de Lina, esperando que ela lhe desse algo para levar quando ouviu o estalo dos dedos, já estava a encarando. – Se ela fizer eu conserto. – Respondeu, num tom baixo. Quase como uma afirmação para si do que para Lina, enquanto pegava os copos e voltava para o quarto.

    Aquele tempo no quarto era bom para Skye. Era só quando estava com Clara que conseguia ser apenas ela e continuar uma criança brincando e se divertindo. Não tinha estranheza, não tinha hostilidade e adorava. Estava concentrada nos jogos, embora quando eram perguntas e desenhos definitivamente não era seu forte, e não a impedia de tentar também. Foco que ia embora quando Lina entrava e beijava Clara. – Ela vem bastante... – Comentou numa das vezes que ela tinha entrado e saído, vigiou a porta por um segundo e comeu outro bolinho. Estava incomodada, mas não sabia exatamente com o quê.

    Comentário que se perdia com o desafio lançado pelo outro, Skye ainda estava mastigando, cerrou os olhos e o encarou de volta. Ele estava desafiando apenas o cachorro ou mais alguém? Tinha certeza que corria mais do que ele e Wally juntos. Mas já tinha passado tempo demais ali dentro e não queria fazer Clara chorar outra vez se a mãe viesse lhe buscar. – Eu acho que vou embora. – Hesitou. – Tenho que ir pra casa. Podemos brincar amanhã? – A pergunta era claramente direcionada, ela não se importava com os irmãos. Olhou para a janela e o quão claro ainda estava o céu antes de voltar a fitar Clara esperando uma resposta. Queria ficar, mas não era idiota, sabia que aquele seria o primeiro procurar que a procurariam.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Dom Mar 21, 2021 4:50 am

    Skye escreveu:Se ela fizer eu conserto.

    Ela balança a cabeça em afirmativo, satisfeita.

    Quando Skye fala sobre as vindas de Lina os três respondem um por cima do outro. "É porque pagam ela." "Ela é fofa." "Ela é boazinha, parece a mamãe." Talvez nenhuma das crianças tivesse respondido o que Skye queria, mas nenhum deles ia saber.

    Quando Skye diz que vai embora..."Pede pra Lina ligar pra sua mãe te buscar." Clara fica triste, mas ela sempre fica. "Mas você ficou tano tempo sem vir. Posso ir na sua casa?" O garoto ia até a janela e pulava para fora o que distraiu sua irmã que já foi brigar com ele e Wally começou a latir e pular. "Eu posso te esconder debaixo da cama, mamãe nem vai saber." Ela fala com toda seriedade e convicção de alguém que tem um plano infalível.

    --

    Quando Skye está quase em casa com os pensamentos rodando ela vê uma figura diferente no portão. A mãe conversava com uma mulher estranha com vestido brega. "Desculpa aparecer assim do nada é que você não respondeu meus e-mails e não tenho seu telefone." A voz era alta, mas a roupa era estranha demais. Ela tava de tenis e vestido amarelo com um casaco rosa com capus de orelhas. A mãe de Skye estava como sempre, sóbria e cinza. Não rea verdade, mas era assim que parecia. Ela tina um cachecol preto enrolado no pescoço e a camisa branca que destava bem a cruz de madeira escura. "Eu sei que tem muita gente que se dá bem estudando em casa, mas eu consegui uma bolsa completa esse ano e meu irmão leva as crianças pro colégio e pode passar aqui pra buscar ela." A moça estranha balança um pouco nos pés e se estica. Ela mais baixa que a mãe de Skye.

    A menina se esconde, mas a melhor entrada pelo muro está ocupada. Ela não consegue ouvir as respostas da mãe. Mas a moça continua insistindo alto. "Eu sei. Eu sei. Mas socializar é muito importante pras crianças. Eu sei que é o que você quer e tudo, mas não quer deixar ela tentar nem um pouco? Se ela não gostar é só voltar ao normal, né?" A resposta ainda é baixa demais para Skye ouvir. Mas ela ouve a porta fechando e vê a estranha se afastando da porta. A melhor hora para invadir de volta. Ela olha e um lado para o outro e com a barra limpa ele corre até o muro. Ela fez isso um milhão de vezes. As mãos e pés já sabem exatamente o caminho.

    Ela sente alguma coisa pesada prendendo ela. Como se tivesse presa em um galho ou espeto ou qualquer dessas coisas que agarram quando você escala. "Shh, macaquinha. Ela tá na porta ainda... vai te ver." Skye começa a sentir raiva e medo subindo debaixo da pele, mas a mulher não está segurando mais ela e lá do outro lado, por entre as frestas, ela pode ver a mãe olhando o portão como se pudesse vê-la. A moça balança a cabeça olhando para ela como se Skye fosse algo muito incomodo. "Te vejo por aí." Ela fala antes de andar de novo para onde tinha ido. Onde ela tinha se escondido vestida daquele jeito? Porque era impossível não ver ela. A porta se fecha com um estalo e Skye está no meio do caminho. Quase em casa.
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Dom Mar 28, 2021 3:46 am


    Ela comia enquanto ouvia as respostas do trio, não era exatamente o que ela estava procurando, porém a fez pensar melhor no assunto. Ela também não sabia exatamente qual era seu incomodo e o deixou de lado. – Eu vou sozinha. – Rebateu na mesma hora. Até um pouco ríspida, não precisava e não queria a mãe ali. Se aproximou da janela, e apoiou as mãos no parapeito, checando se a barra estava limpa. Ouviu o comentário de Clara, dando espaço para a briga dos irmãos na janela. – Não. – Ela não podia mentir, e era uma má ideia. E por algum motivo, até que viver embaixo da cama da amiga não pareceu tão ruim assim. Só que Lina poderia muito bem contar que ela não tinha ido embora, não confiava nela.

    Skye olhou para a janela, para Clara, para o espaço empoeirado debaixo da cama. Pensava em alguma coisa, não gostava de vê-la triste. – Eu volto mais tarde. E fico escondida. Tá? – Não tinha certeza de que conseguiria, mas poderia muito bem tentar. E além do mais, ela sempre precisava de uma desculpa para sair de casa. Mais cedo do que tarde. – Só deixa a janela aberta. – Dizia em um tom baixo, quase confiando um segredo a Clara.

    [...]


    No retorno para casa, começava a bolar um plano para a nova fuga. Isso considerando que a mãe não tivesse percebido que ela tinha sumido todo esse tempo e a obrigasse traçar uma nova saída. Os devaneios se dispersavam quando notou a conversa da estranha e a mãe de longe. No mesmo momento, freou, olhou para os lados com pressa e se escondeu atrás da primeira coisa que encontrou para sair do campo de visão. Observando tudo de soslaio.

    A mulher foi o que mais chamou atenção pelas roupas, não entendia. Ela tinha o mesmo papo das assistentes sociais e não parecia com nenhuma delas. Se pudesse chutar, provavelmente não teria o mesmo cheiro de gente velha com perfume. Skye ouviu a conversa com seriedade. A mãe não iria tentar a mandar para longe novamente? Não é? Ela não deveria fazer isso! A escola já era um trauma que a garota gostava de evitar, não conseguia se dar bem com ninguém. Apesar de odiar ficar trancada num cômodo, podia sair e dependia dela. A escola era ruim, e nunca era só ela que se machucava. Clara tinha sido a única coisa boa que saiu de lá.

    Não ouvir as respostas da mãe a deixava inquieta, precisava chegar mais perto. A ideia que veio tarde quando ouviu a batida da porta. Tinha que sair das ruas. A corrida veio automática, os pés dando impulso e as mãos preparadas para agarrar a borda do muro e veio o obstáculo que ela não esperava lhe segurando. Se debateu por um instante. Tinha se prendido em algo? Segundos que teve de se virar e sentir o sangue esquentando quando era solta. Vigiou a estranha sumindo entre as frestas. Ela tinha a tocado, então a postura mudava e desafiava. Usando a raiva para cobrir o medo e a confusão do que acontecia. Não era o primeiro estranho aparecendo e não sabia bem como reagir. Em uma situação normal, de uma criança normal, ela procuraria os pais, mas não era. E do que adiantaria? Talvez ela devesse mesmo comprar a ideia de Clara e simplesmente mudar para baixo da cama dela. Continuou o caminho de casa, preparando-se para a escalada. Ao menos lá dentro, eles não poderiam pegá-la.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Qui Abr 01, 2021 3:40 pm

    Clara confirma com a cabeça, mas Skye sabe que ela não vai lembrar de nada. Do outro lado da janela Wally atrapalha sua saida silenciosa, mas uma olhada para trás mostra Clara separando um lençol e um travesseiro.

    --

    Não é difícil voltar para sua nova prisão. Ela encontra um bandeja com comida no meio do lugar. Ela sente o cheiro da mãe. Aquele perfume de morango que ela usa.

    --

    Antes que ela pudesse sair de novo a porta se abre. Um homem baixo, mas corpulento entra. Uma marreta na mão. A mãe entra logo atrás. Skye vê as madeiras na mão dela. A porta fechada. O homem trabalha bem. Rápido e preciso. Os braços adultos mais fortes do que ela poderia ficar martelam até a ultima fresta de luz desaparecer dali. Ele estava pronto para parar, mas a mãe insiste e ele continua. "O telhado é perigoso para uma garotinha." Ela fala sem hesitar. O homem parece desconfortável, mas faz o serviço e vai embora.

    Mais tarde Skye encontraria uma manta extra e um saco de doces na sua cama improvisada. Isso e uma cruz muito bem entalhada em uma madeira muito vermelha.

    --

    Pela janela pequena ela vê a mulher falar com a mãe mais algumas vezes nos dias seguintes. Três? Quatro? Algo assim. Ninguém tava contando. Mas a mãe dela subiu imediatamente. "Pro banho." A voz séria diz abrindo a porta. Ela acompanha Skye e tranca a porta quando ela entra. Skye vê uma maçã no banheiro com um copo de suco e biscoitos. Uma muda de roupa macia e fofa, o tipo de coisa que Clara usaria no frio. Só que azul bebe e não rosa. A mãe canta na porta baixinho, não para Skye, para si mesma.

    Quando Skye diz que terminou ela entra e encara o resultado no espelho nada satisfeita. Pega um banquinho e senta Skye de frente para o espelho. Ela puxa o cabelo de um lado para o outro antes de decidir lavar de novo com condicionador e então, só então Skye vê a tesoura e o pente. Não é o que ela queria. Mas o toque carinho e quente das mãos da mãe era tão estranho, incomum. Ela não dizia nada. Era o único jeito de não brigar com Skye. Então começam os cortes metalicos. Um depois do outro. O som de aço afiado raspando. A atenção total da mãe sobre ela. Era bom de um jeito que fazia Skye sentir culpa. Como se estivesse traindo a si mesma ali. Quando sentia os dedos separando os cabelos na nuca. Quando sentia a ponta fria da tesoura raspando levemente o couro cabeludo. A delicadeza lenta com que a mãe mudava a posição do seu rosto. As unhas dela passando entre os fios até chegar na pele.

    Os olhos da mãe finalmente parecem satisfeitos. Ela respira bem perto da cabeça de Skye e a menina lembra imediatamente de Lina beijando o cabelo de Clara com uma pontada de compreensão e então, só então, inveja. A mãe chama da porta. "Hoje você tem livros e deveres." Skye vê a porta do seu antigo quarto aberta e não lembra quando fo ia ultima vez que entrou lá. Impecável. Casto. Estéril. Os livros chatos e os divertidos empilhados numa mesa. Cadernos e canetinahs coloridas. A janela ainda tinha as grades de ferro do lado de fora, mas a cortina estava aberta para o sol da manhã.
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Qui Abr 01, 2021 4:56 pm


    De volta no quarto, Skye viu a bandeja e o cheiro pelo cômodo, já sabia que não iria conseguir cumprir o que tinha dito para Clara. Cogitou pular para fora outra vez, o único jeito de seguir com o plano, mas não o fez. Sentou no chão e foi quando o homem apareceu com a mãe, não ficou no caminho deles e observou o trabalho das madeiras sendo presas no telhado com muita atenção, a fala da mãe redobrou o foco, buscando por uma falha no trabalho. Não sabia porquê mas gostava quando ela tentava dificultar a fuga.

    Naquela noite, enrolada na manta e olhando para o telhado pregado, ela não dormiu pensando na sua próxima escapada, mas em Clara. Poderia estar frustrada, não sabia ao certo. Ela queria que um dia ela pudesse vir na sua casa também, por mais que soubesse que não aconteceria.

    [...]

    A preocupação de ser mandada embora começava a se tornar real a cada retorno da estranha vista pela janela. Não era o que queria, mas parecia que estava muito perto de acontecer e o que reforçava a busca de um lugar novo, mas onde? Foi quando ouviu a porta se abrindo e a mãe a chamando para tomar banho. Olhou para as próprias roupas, descendo da janela e indo até o banheiro. A comida foi o seu primeiro foco antes de fato ir se limpar no chuveiro. As roupas eram estranhas, e não de um jeito ruim, mas continuava desconfortável dentro delas. Se puxou de um lado para o outro, tentando se acostumar, não adiantou. A toalha molhada ficava sobre a cabeça, ela terminava de comer e observava o banheiro, ouvindo a voz da mãe abafada pela porta. Não entendia e por isso não sabia como reagir ainda.

    Bateu na porta. – Acabei. – Quando a mãe entrou ela já estava pronta para voltar a ficar presa, e também não aconteceu. O pente a deixava agitada, segurou na cadeira para não se mexer, indo para o chuveiro outra vez e então a tesoura. Confusão outra vez. Ela não conseguia entender o que estava acontecendo, era estranho, mas não era ruim. Os olhos da menina sempre observando a mãe pelo reflexo do espelho. Nunca a tinha visto assim... Na verdade, tinha, mas só quando a vó ainda estava viva. O pensamento aumentou a culpa e a falta de reação, deixou acontecer esperando que tudo acabasse logo.

    Passou a mão pelo cabelo, quase sem comprimento, estranhamento ainda maior. Agora vendo a si mesma no espelho com aquelas roupas. Parecia como uma criança normal, mas não era. Já tinha ouvido o contrário o suficiente para ter aquele pensamento. Era o que queria, e agora que tinha, não gostava, não gostava nem um pouco. Levantou e foi atrás da mãe, a mão ainda mexendo no cabelo quase como um tique nervoso. Viu a porta do quarto aberta e parou nela, quase com medo de entrar. Olhou para mãe. – Eu... Eu fiz alguma coisa errada? – Perguntou, com receio, talvez medo também. Era aquele o jeito dela de dizer que estava a mandando embora?
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Sab Abr 03, 2021 5:36 pm

    Ela se abaixa para poder te olhar nos olhos. "Eu sei que a minha filha tá em algum lugar ai dentro e eu amo muito ela. Mas você vai sentar ali e estudar." Os olhos dela estavam cheios de uma emoção que Skye não sabia dar nome. Brilhavam molhados. A mãe se levanta. "Anda logo, não tenho o dia todo." Ela empurra Skye para dentro com toque nas costas, a porta logo acompanha o gesto. O barulho da fechadura vem logo depois.

    --

    O quarto estava limpo e cheiroso, uma cruz grandona em cima da cama. Trancada ali Skye não se sentia sozinha e isso era ruim porque ela não via ninguém. As horas passam até que a porta se abre para deixar passar a mão com um prato fundo de sopa cremosa. Não um, dois. Ela se senta ao lado da filha e começa a comer. O cheiro era de batata e Bacon. A mulher empurra o prato com uma colher de ferro escuro para Skye. Não diz uma palavra. Come lenta e silenciosamente. Assoprando cada colherada antes de por na boca. Assim que ela termina a mulher vai até a janela e olha para fora por um tempo, pensativa. Subitamente ela recolhe tudo e sai.

    --

    Quando a porta se Abre Skye não esperava ver estranhos, mas lá estavam eles. Sua mãe estava com eles e com uma bandeja de biscoitos salgados e uma jarra de suco de laranja com gelinhos boiando. "Skye, esses dois trabalham pro governo e vieram ajudar a mamãe." A doçura da voz dela. Tão natural. "A gente vai conversar um pouco e você vai responder as perguntas da moça, ok? Não precisa ter medo. Ninguém fez nada errado." Ela sorri colocando a bandeja na mesa onde os livros de estudos estavam e os arruma em seguida. Os estranhos? Uma mulher alta e sorridente com pernas bem longas e um rosto bonito e claro como o sol. O outro estranho era um homem com pouco cabelo que parecia mais velho e tinha óculos grandes e redondos. Os dois sorriam para Skye. Os dois se vestiam engraçado como gente dá tv. Os dentes dele eram amarelos e tortos e os dela eram brancos e lisos e alinhados como se fossem feitos de bala.

    "Oi Skye." Eles dizem juntos como se estivessem animados de conhecê-la. Mas logo a mãe começa a falar e eles prestam atenção nela. Vão andando com ela pelo quarto e olham o que ela mostra. Parecem aprovar as histórias que ela conta. Mas Skye não entende nada. A mãe está falando de coisas que nunca aconteceram. Elas não estudavam juntas. Elas não brincavam juntas. Elas não viam tv ou iam ao parque e a mãe não contava histórias para ela dormir. Skye era grande demais para histórias de qualquer jeito. "É muita sorte ter uma mãe tão carinhosa." A voz dá estranha era satisfeita e era gostoso ouvir ela assim. Era impossível não se pegar tentando agradá-la. "Agora eu posso fazer umas perguntas a Skye?" A mãe faz que sim com a cabeça e segue o homem para fora do quarto. Mas não sem antes lançar um olhar sério a filha.

    A porta não se fecha totalmente, fica uma fresta. "Meu nome é Agatha e eu gosto muito de crianças e meu trabalho é garantir que elas estejam bem e não sejam maltratadas." Ela fala sentando na cama sem se aproximar de Skye. "Se quiser, pode sentar aqui." Ela se estica com o braço comprido e pega um biscoito e dá uma mordida. Ela mastiga fazendo uma cara feliz. "Você estuda bastante? Seu quarto é tão arrumadinho, nem parece que mora alguém aqui." Ela lambe um dos dedos para tirar migalhas e pisca como se aquilo fosse um segredo. "Você se diverte muito brincando com a mamãe? Onde ficam seus brinquedos?" Ela começa a procurar com os olhos pelo quarto.
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Qua Abr 07, 2021 3:58 am


    Quando a porta se fechava nas costas, Skye ficava quieta. Imóvel. O medo era encoberto por raiva. Raiva, porque estava machucada. Aquelas palavras machucavam, mais do que quando se cortava para fugir de casa. Ficar irritada era o único jeito de fingir que não ligava, e a revolta veio em nem mexer nos livros sobre a mesa. Ela não ia deixar a mãe a controlar daquele jeito. E a sua tarde se resumiu a tentar arrancar as grades da janela, mais do que isso, ela tentava forçar o outro lado a sair. Sempre tentava, nunca dava certo. As barras nem se mexiam, frustração aumentava e ela não tinha nada além de cansaço e uma falha. Ela queria bater em alguma coisa, arrebentar o quarto inteiro do avesso. E não fez nenhuma dessas coisas. Ou não teve tempo, quando ouviu os passos se aproximando.

    [...]

    O estômago roncou de leve com o cheiro da comida, porém não moveu um músculo para acalmá-lo. Seus olhos estavam grudados na figura silenciosa da mãe. Raiva. Magoa. Uma mistura de sentimentos que carregava constantemente, mas dessa vez, mais palpáveis. Trazidos por palavras que cutucavam uma ferida bem maior. – Eu odeio você. – Ela dizia de uma vez. Os olhos não se moviam dela por um momento que fosse. Era um ataque tardio para o que estava sentindo.

    [...]

    A porta abriu outra vez, Skye estava sentada na cama. Mas era estranho e não confortável. Aquele quarto todo era errado para ela. Os estranhos a fizeram levantar no mesmo momento, foi automático olhar a janela ainda com as grades. Inconscientemente planejando sua fuga. Era agora que a mãe a entregaria só para manda-la para longe? E não ia conseguir pedir desculpas porque aquilo só a deixava ainda mais irritada com a situação toda. E então notava a delicadeza que a mãe falava com aqueles estranhos... Os sorrisos... Ela entendeu. Eram os que a mãe fugia. Se questionava se eles eram mesmo tão ruins assim. Ouviu o cumprimento, percebeu a animação e não reagiu a nenhum deles. Ela olhava a mãe. E a pontada da ira voltava com as mentiras que ela contava. Não ficou no caminho deles também, se sentou na mesinha de estudos e ficou quieta. Tinha muitas coisas que queria fazer, e tinha medo até onde os impulsos a levariam. Um conflito interno que sabotava uma atitude.

    Seu nome aparecia na conversa de novo e ela olhou a estranha, ainda indiferente. A mãe saindo e o vislumbre daquele ato todo indo pelo ralo. Ela bem que gostaria de fazer o contrário. Só para ver a mãe zangada. Só que temia o que aconteceria com ela depois disso. E se não pudesse mais encontrar Clara? Não queria pensar  naquilo. Quando só era ela e Agatha no quarto, sua atenção caia sobre ela. Estava realmente preocupada que no final acabaria do mesmo jeito. Levada. O convite de se aproximar passou despercebido por Skye, que num relance observava a porta. Somente balançava os ombros com a primeira pergunta. – Eu prefiro brincar com a minha amiga. – Ela olhava para a mulher, ao mesmo tempo que mexia no cabelo. Virava um toque o estranhamento com o novo comprimento. – Sótão. – Dava a localização dos brinquedos, estavam encaixotados desde que a avó tinha morrido, ela não brincava mais com eles. Há muito tempo. Aquelas perguntas a incomodavam, mas era um desconforto antigo. Aquele que a comparava com as crianças da escola, ela sabia que não era como elas. – Eu não sou criança. – Cruzava os braços, como se não fosse tão minúscula comparada as outras. Ela era mais velha em números, era o que importava.
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade
    Wordspinner
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1674
    Reputação : 80

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Wordspinner Qui Abr 08, 2021 6:27 pm

    Skye escreveu:Eu odeio você.

    A mãe não pareceu se importar. Nem respondeu. Ela comeu e saiu.

    --

    "Você pediu pra ela levar seus brinquedos pro sotão? Pra você não ver mais eles?" A mulher parece relaxar com as respostar de Skye como se ela estivesse fazendo algo certo. "Sua amiga vem muito aqui? Eu gosto de desenhar com as minhas amigas." Ela levanta a manga comprida e mostra um desenho sinuoso, as cores e linhas um pouco separadas umas das outras de um jeito bonito. Como aquarela em papel, só que na pele. "O que você faz com suas amigas?" Skye não sabia dizer o que era aquele desenho. Mas era bonito e quando ela movia o braço o desenho parecia se atrasar um pouco. "Eu te incomodo, não é? Não precisa ter raiva de mim. Não vim roubar nada de vocês."
    Malk
    Investigador
    Malk
    Investigador

    Mensagens : 56
    Reputação : 9

    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Malk Sab Abr 10, 2021 3:50 am


    – Ela colocou eles lá quando eu parei de usar com eles. – Respondeu, colocando as mãos em cima da mesa, ela observava a bandeja de salgados que a mãe tinha trazido, sem tocar em nada. Era como se estivesse brigando contra si mesma para não ceder. Talvez só estava procurando algo para sentir raiva naquele momento. Ouviu a pergunta sobre Clara e por um instante quase a verdade veio primeiro, pensou melhor. – Não. Brincamos no parque. – A olhava quando puxava a manga da camisa, observando aquele desenho com curiosidade. Não via muitos daquele tipo. Não era a primeira vez que estava vendo uma tatuagem, nem por isso achava menos interessante. – Tem mais cores. – Pensava em voz alta. Levantando da cadeira, se aproximava da mulher para ver o desenho mais de perto. Na sua cabeça vários comentários começavam a surgir. Como ela queria ter uma. Como ela deixava para a cor ficar tanto tempo na pele. Que desenho era aquele. E não dizia nenhuma dessas coisas.

    – Amiga. Ela tem ideias... Diferentes. – Dava de ombros, mas deixava claro que não eram várias pessoas. Continuando na sua tentativa de explicar como era seu dia com Clara. – Jogamos uns jogos de tabuleiro a última vez. Eu não gosto, mas ela sim. – Se afastava novamente, era como se quisesse manter uma distância segura de Agatha. Não era ela seu incomodo, específico. Porém Skye não tinha boas memórias com adultos e todos. Sempre. Acabavam voltando à uma única coisa. Sua mãe. E dela sim, tinha raiva. E também não fez aquele sentimento expressado em palavras. Já sabia que nunca funcionava. E naquele momento só iria a colocar em problemas. Balançou os ombros, escolhendo não fazer mais do que a encarar.
    Conteúdo patrocinado


    Skye Jenkins - Página 2 Empty Re: Skye Jenkins

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Abr 14, 2021 5:45 am