Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Ato lll.l: Diário de Guerra

    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Sex Jul 07, 2023 10:55 am

    Lobisomens e vampiros talvez eram apenas a ponta do iceberg, e Caleb sabia que o mundo sombrio escondia muito mais do que ele já havia encontrado. A ideia de demônios verdadeiros e as implicações que isso poderia trazer para sua caçada o intrigavam. Ele tinha visto o mal em suas várias formas, mas enfrentar um verdadeiro demônio seria um desafio de proporções assustadoras.

    Enquanto contemplava a natureza dessas criaturas e o nível de perigo que representavam, Caleb percebeu que sua atenção estava dividida entre seus pensamentos e a conversa de Jean. Decidido a descobrir mais sobre o que estava sendo discutido, ele decidiu seguir os dois discretamente, mantendo uma distância segura para não levantar suspeitas.

    Caleb estava disposto a arriscar-se para obter informações sobre o demônio mencionado. Ele sabia que o conhecimento era sua arma mais valiosa nesse mundo sombrio e perigoso. Observando Jean e seu interlocutor, ele se manteve nas sombras, buscando pistas, gestos ou qualquer outra informação que pudesse ajudá-lo a desvendar os segredos que pairavam sobre eles.

    Com a determinação de um verdadeiro caçador, Caleb seguiu os passos dos dois, pronto para enfrentar o desconhecido e desvendar os segredos ocultos nas sombras do mundo em que viviam. Sabia que essa jornada poderia levá-lo a lugares perigosos e colocá-lo cara a cara com o mal mais profundo, mas estava disposto a arriscar tudo para proteger aqueles que eram vulneráveis ​​a essas forças malignas.

    O rapaz se levantou, saiu do bar depois de se indignar com alguma coisa que o homem disse a ele, sendo seguido pelo rapaz que se indignou e Caleb viu quando os dois se dirigiram ao galpão que ele ouviu que seria o próximo local de luta de vale-tudo clandetina.
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Sex Jul 07, 2023 12:07 pm

    Caleb analisa os dois homens a uma certa distancia e assim que os dois se levantam e partem, Caleb os segue discretamente. Ele ouviu algo sobre irem ao galpão aonde acontecem as lutas clandestinas e isso chama ainda mais a atenção de Caleb, que fica mais curioso sobre os dois. Uma vez no seu carro, Caleb segue o carro aonde os dois seguem e pega o seu telefone para ligar para o seu contato e parceiro de finanças.

    Caleb: - Adivinha quem é? Hehehe. Acho que tirei a sorte grande hoje. Acho que descobri outro lugar aonde estão acontecendo lutas clandestinas. Quer fazer mais uma graninha? Vou retornar o contato assim que eu tiver mais detalhes. De qualquer forma, avise os seus amigos do desmanche. Em breve teremos mais um prato cheio.

    Caleb continua seguindo o carro de Jean e seu amigo a uma distancia segura e sem muito alarde. Enquanto o faz procura se lembrar dos acontecimentos pelos quais passou. A chacina na sinagoga, o vampiro em plena luz do dia, os pesadelos com seu antigo senhor vampiro, sua antiga tribo e o escorpião em meio às cruzes. O padre falando sobre a cruz que Caleb usa ser abençoada e como isso pode tê-lo ajudado contra os vampiros e como pode ajudar ainda mais contra os possíveis demônios. Ele sabe que está se enfiando cada vez mais em uma situação de perigo mas o medo é sobrepujado pelo ódio, pela satisfação na carnificina e pela falta de preocupação com a morte. Claro que Caleb não deseja morrer mas se isso ocorrer, Caleb sabe que vai só cai depois de eliminar muitos destes desgraçados e que um mundo sem Caleb também é um mundo com um monstro a menos.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Seg Ago 21, 2023 12:01 pm

    Não é dificil conseguir esse lucrativo acordo com o ex-policial, literalmente são dois caçadores e os motivos mais sombrios e sobrenaturais as vezes pareciam soar distantes da realidade para Jeff tanto quanto a própria ideia de meramente lucrar com toda carnificina era para o próprio Caleb...

    Ele estava ali por vingança... E isso dinheiro algum poderia pagar.

    Muitas coisas lhe atingiam como um tipo de turbilhão, especialmente com relação aos dois misteriosos falando sobre demônios, todo tipo de coisas estranhas que Caleb já presenciou pareciam piorar... Mas talvez os dois homens que curiosamente se dirigiram para porta a fora e eram seguidos para um estranho local de uma Loja da Maçonaria faziam pensar majoritariamente em que forças estavam por trás de tudo que ele via.

    Se havia uma fé no mundo em uma entidade superior, se a cruz realmente o estava protegendo e se essa força o ajudaria.

    Caleb permaneceu na sombra, observando os dois caçadores de demônios enquanto eles se dirigiam para a Loja da Maçonaria. A noite estava escura e uma sensação de inquietação pairava no ar. Ele ajustou a aba de seu chapéu, escondendo parte de seu rosto na escuridão, enquanto tentava compreender o que estava acontecendo naquela construção aparentemente assombrada.

    O estranho local onde os tais caçadores entraram parecia envolto em mistério e história antiga. As sombras dançavam ao redor da fachada da loja, e Caleb pôde sentir uma energia estranha no ar. Ele tinha ouvido histórias sobre sociedades secretas e cultos sombrios que operavam nas sombras, mas nada o preparou para a sensação arrepiante que agora o dominava... E seu medo sempre foi mesclado com uma adrenalina cuja visceralidade não era pacífica ou paralisante, mas agressiva de tal maneira que se perdia em seu deleite pelo homicídeo.

    Caleb sabia que não podia mais esperar. Ele decidiu seguir os caçadores e entrar na loja. Com um movimento decidido, se esgueirou pela fresta da porta pesada e adentrou o ambiente. A sala estava decorada com símbolos maçônicos, velas acesas e tapeçarias enigmáticas. Os caçadores estavam parados diante de um altar, onde um homem idoso com vestes cerimoniais os aguardava.

    "Vocês chegaram, meus irmãos", disse o homem com uma voz profunda e enigmática. "Estamos prestes a desvendar segredos antigos e enfrentar as forças das trevas que ameaçam nossa cidade."

    Caleb permaneceu nas sombras, observando a cena com cautela. Ele estava ciente de que sua presença poderia ser detectada a qualquer momento, mas ele estava determinado a descobrir o que estava acontecendo ali. Ele franziu o cenho quando o homem idoso mencionou as "forças das trevas", e isso só aumentou sua suspeita de que algo sobrenatural estava em jogo.
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Seg Ago 21, 2023 7:00 pm

    Caleb seguiu os dois caçadores de demônios pela cidade. Seu carro devorava o asfalto à sua frente da mesma forma que sua mente turbilhava pensamentos mil sobre as criaturas das quais ele teve contato e aquelas às quais pareciam também ser reais. Por um lado a presença de demônios parecia algo assustador, mas por outro, não era nada de tão estranho assim para quem já lidou com vampiros e lobisomens.

    "Não é possível que esses demônios sejam mais feios do que um nosferatu apodrecido, mais ardilosos que um setita ou lasombras, tão destruidores quanto um Crinos ou tão sanguinolentos como eu" pensa Caleb.

    Mas de fato Caleb estava preocupado. Mais um tipo de inimigo para aprender e depois lidar. Isso aumenta também a gama de inimigos e Caleb não tem previsão de aumentar a quantidade de aliados. Isso faz Caleb lembrar da ultima carnificina e do "vampiro" que fugiu em plena luz do dia. Isso junto ao fato de que esses dois estão caçando demônios em outro local de lutas clandestino faz com que Caleb pense o pior. De qualquer forma, Caleb pensa da mesma forma que um dos seus personagens preferidos de quadrinhos, Conan. "Se sangra, então posso matar."

    Pouco tempo depois o carro dos caçadores estaciona em frente a uma loja maçonica. Caleb os observa atento na escuridão de uma noite pouco convencional. Há alguma coisa nas sombras, algo sutil que Caleb não consegue identificar, mas lhe traz uma sensação de perigo e medo. Essas sensações fizeram com que Caleb lambesse os lábios e se adiantasse para poder espiá-los mais de perto. Sorrateiro, Caleb consegue se aproximar e adentrar na porta da maçonaria enquanto a grande porta se fechava, instantes antes desta se fechar. Caleb não perdeu tempo e se escondeu nas sombras, atento ao que acontecia à sua frente.

    O local era bem espaçoso e os caçadores estavam na frente de um grande altar, aguardados por outra pessoa. Caleb os tinha mirado com seus olhos e ouvidos enquanto buscava um melhor local para se esconder, uma vez que poderia ser descoberto a qualquer momento. À frente, o idoso dizia algo sobre segredos antigos e forças das trevas, para o deleite de Caleb. Em meio ao seu sarcasmo, Caleb ironiza em sussurro para si mesmo ao saborear a noticia que ouvira. "Parece que me descobriram, força das trevas parece um bom apelido. Só não sabia que guardava segredos a tanto tempo, hehehehehehehe".

    Caleb busca se manter oculto enquanto espia os demais. Ele também fica de prontidão para não ser surpreendido caso algo alheio aos seus sentidos possa tentar pegá-lo desprevenido. Sua espada novinha ainda não viu sangue nas mãos dele e ele está ansioso para testar aquela cruz novamente.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Qui Dez 21, 2023 5:57 pm

    O sacerdote levantou a mão e apontou sem ver na direção de Caleb enquanto falava.

    —Ali, Jean...Eu sinto uma força poderosa, que pode ajudar contra os demônios que estão promovendo essa violência contra a cidade. Não consigo entende-la, mas creio que é um sinal do Grande Arquiteto do Universo...

    Jean olhou ao redor , sem saber o que estava para acontecer.

    Ele sentiu então a parede atrás dele tremer e bem próximo dele, uma criatura saída aparentemente da escuridão passeou como uma sombra viva.

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 760aaa5a10a4e0b0f90e70a7e75b0cf5

    Ela aparentemente ignorou Caleb, mas Jean, próximo ao homem idoso que falava sobre trevas sacou uma arma e mirou para criatura.
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Ter Dez 26, 2023 3:05 pm

    Caleb estava bem escondido. Havia seguido os supostos caçadores até uma loja maçônica nada convencional. Enquanto Jean e seu companheiro entravam na loja, o caçador os seguiu, notando a tenebrosidade que marcava o lugar, quase que de uma forma sobrenatural. Mas eis que este já deixou de temer as sombras a muito tempo, entrando no lugar sem pestanejar e espiando o que faziam. Um velho falando com o tal Jean sobre segredos antigos e forças das trevas. Um papo bem manjado se for parar para pensar. Qualquer um que tem seguidores fervorosos de teor religioso vão falar de segredos e forças das trevas. Mas então o velho falou sobre uma força presente que iria ajudá-lo. "Ali" disse o velho, para confusão do tal Jean que buscou com o olhar e nada viu.

    Caleb também ficou curioso. De quem o velho estaria falando? Será que esse idoso tem alguma percepção extra-sensorial e sentiu a presença dele?

    "Há, velho estúpido" pensa Caleb por um instante.

    Mas parando para pensar, o velho falou de força poderosa e ajuda contra os que promovem violência na cidade. Quem sabe? Talvez? Caleb não conseguiria ver aqueles dois lado a lado com ele, mas se eles tem inimigos em comum, talvez fossem úteis.

    "Desde que não atrapalhem o esquema dos carros, hehehe" pensa novamente Caleb.

    Caleb também acha graça da possibilidade do velho relacionar a possível presença de Caleb com a vontade do "grande arquiteto do universo".

    "Hehehe, arquiteto do universo é o cu do caralho", pensa Caleb ao lembrar sobre tudo o que passou e tudo o que sabe sobre esse mundo vil e de pouca esperança.

    Foi aí então que algo diferente aconteceu. Das sombras da loja, uma figura começou a tomar forma, negra como a própria noite chamou a atenção de todos ali presentes. Jean rapidamente sacou uma arma e mirou para a criatura, que aparentemente ignorou a presença de Caleb.

    "Ora ora ora, o que temos aqui. Parece que eles estavam certos. Isso daí não se parece com nada do que eu já vi por aqui, de fato." pensa Caleb sem revelar sua presença.

    De qualquer forma Caleb leva as suas mãos até os dois coldres com as espingardas cano-cerrado em sua cintura. Poucas coisas conseguem resistir a dois tiros duplos à queima roupa dessas belezinhas e Caleb está pronto para descarregar todo o chumbo delas na cara de um demoniozinho se ele se meter a besta.

    Em sequência, Caleb vai ficar atento às ações que seguirem. Não é intenção dele que os caça-capetas se deem mal, uma vez que eles parecem ter informações que são úteis para ele. Então se a situação pedir, Caleb entra em cena cuspindo fogo e chumbo no sombroso.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Sex Jan 19, 2024 6:38 pm

    O ser avança sobre os dois...

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 1434-10

    O jovem se prepara como se fosse iniciar uma batalha, enquanto o sacerdote para calmamente para receber a criatura como se diante de alguma sagrada...
    ...a criatura começa a entrar em uma luta corporal com o jovem.

    E então surgindo de seu esconderijo Caleb se aproxima dando dois disparos no rosto sem expressão da criatura que rompem o silêncio da noite, os gritos esguiçantes do ser esguio e sombrio se ouvem depois dos tiros e ele voa em alta velocidade depois disso porta a fora.

    Jean babulcia um obrigado meio perdido enquanto o sacerdote começa a gritar e amaldiçoar Caleb em alguma lingua que ele não entende.
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Ter Jan 23, 2024 6:08 pm

    Caleb nota a posição que o rapaz Jean toma pouco antes da criatura se lançar até ele, entrando em luta corporal os dois. O velho se prostrou como se estivesse em frente a algo sagrado.

    "Bem que eu imaginei que esse velho não estava bem da cabeça". Pensa Caleb.

    Sem perder muito tempo e ansioso para poder causar um pouco mais de carnificina, Caleb salta de seu esconderijo sacando suas duas espingardas cano-cerrado e rapidamente despeja chumbo quente no que seria a face da criatura sombria, que em meio a um grito aterrorizante, foge do lugar o quanto antes.

    Caleb se vê parado com os braços esticados, em suas mãos as espingardas transpiram fumaça de pólvora queimada pelos canos e o jovem surpreso balbucia um "obrigado" em meio a tudo aquilo. O padre por sua vez parece excomungar Caleb em uma língua desconhecida, o que faz Caleb abrir um leve sorriso entre os lábios. Lentamente ele se vira para o velho e fala em meio ao sorriso.

    Caleb: - Pelo jeito voltou a si velho, essa é a primeira coisa sensata que você disse depois da visita desses dois aqui, hehehehehehehe.

    Caleb então guarda as armas e olha para Jean. Incrível como alguém tão jovem não hesita em peitar o que for, e parece bom nisso. Já o outro caçador permaneceu sem falar e agir o tempo todo, o que traz dificuldade para Caleb estudá-lo. Por isso Caleb foca no jovem Jean.

    Caleb: - Você tem coragem garoto. Esse é o tipo de coisa que pode matar alguém, hahahahahahaha. Pelo visto vocês estão lidando com coisa pesada. Doidos varridos brincando de pega pega com seres das sombras. Gosto disso! Posso brincar com vocês? Eu ajudo vocês e vocês me ajudam.

    Caleb lança uma proposta de aliança ao vento, esperando para ver qual vai ser a reação deles. Nem de longe Caleb tem motivos nobres ou convicções valorosas para justificar o que faz. Caleb está nessa porque gosta e não tem medo de expor para os caçadores o motivo, caso lhe perguntem.

    motivo:

    Caleb vai ficar com eles pelo tempo necessário. Se toparem juntar forças, Caleb irá pegar o máximo de informações que conseguir e fornecer as que lhe forem solicitadas. Assim que terminarem de conversar, Caleb pegará o contato deles e irá partir. Caso eles não tenham interesse na aliança, Caleb vai sair sem olhar para trás, entrar no seu carro e partir. Mas não sem antes pegar a placa do carro deles e fornecer para o seu contato ex-policial. Caleb quer poder ter mais informações sobre eles e saber aonde e como encontrar eles. Afinal, eles podem levá-lo a encontrar mais destes seres e Caleb adora brincar.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Dom Mar 10, 2024 2:13 pm

    Jean se surpreende com a presença de Caleb e apenas concorda com a cabeça enquanto ambos notam que a criatura gira pelo ar depois do disparo fazendo a volta por meio da escuridão para preparar um rasante contra o sacerdote...

    Mas curiosamente o jovem Jean tira o que parece ser um punhao de sal da jaqueta e arremeça no caminho para que a criatura não se aproxime...

    ...o ser se afasta, se contorcendo e foge pela porta da frente com o sacerdote amaldiçoando Caleb e o Esgio noturno que se afastava...

    Porém seu ruído de farfalhar de asas ainda se fazia ouvir.
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Ter Mar 12, 2024 5:54 pm

    Caleb apenas sorri ao ver a cena com o jovem que arremessa sal contra a criatura, em seguida zomba da mesma quando ela foge gritando.

    Caleb: - Ninguém quer brincar comigo...

    A criatura ainda se faz ouvir do lado de fora e Caleb começa a recarregar suas espingardas. A voz do padre continua alta e religiosa. Caleb acha tudo aquilo divertido, imaginando se é possível ter uma vida mais amaldiçoada do que a que ele já tem.

    Caleb: - Belo truque moleque, mas será que esse salzinho vai dar conta daquilo? Talvez eu tivesse arranjado munição de sal também, hehehehehe.

    Caleb escuta atentamente os sons que a figura sombria deixa no ar e se prepara para um possível novo ataque. Ele gosta dessa sensação de dor alucinante que os seres vivos vociferam com tanta energia ao serem feridos. Aquela sombra não é diferente quanto a isso. Caleb se virou para o outro homem, que estava em silêncio e não havia se prontificado a reagir até o momento.

    Caleb: - E você? Só fica olhando? Não me fala que você é do tipo que só faz anotações e fica enfurnado em livros a noite toda.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 20, 2024 2:10 pm

    Jean Dasnoy riu junto de Caleb quando esse falou de que também deveria ter uma arma de sal.

    —Valeu, parça...Ainda bem que você estava aqui e tinha uma arma.

    O sacerdote diz algumas frases em latim e o som das asas lá fora somem e em seguida resmungando diante dos dois comenta:

    —O que fizeram? O que realmente fizeram? Apenas irritaram a criatura...Precisavamos dele para ajudar no campeonato!

    Jean respondeu:
    —Relaxa, Grã Mestre... Ficou claro que não temos como controlar essa coisa...E que se foda também...O Angelo é um lutador pik@, talvez o mais foda de nós quatro...Certamente não vai precisar de nenhum desses artifícios de corpo infectado com qualquer caído... especialmente um Terreste meia bomba igual esse e pelo que vi esse forasteiro esta pronto para nos ajudar... Me diga, estranho...Qual seu nome e se puder... Me diga o que te trás à Sede da Rosacruz de Arkham?
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Qua Mar 27, 2024 7:09 pm

    Caleb sorri enquanto escuta a conversa. Terminando de carregar suas armas, ele as coloca no coldre e olha para o padre com um sorriso sarcástico.

    Caleb: - Ora ora padreco, pedindo ajuda do cão? Que coisa feia hein. Jesus não ta dando conta da demanda? hehehehehehehe.

    Caleb então se vira para Jean, ele avia falado das lutas e agora quer saber mais sobre o porque Caleb está ali.

    Caleb: - Estou aqui porque vocês tem como me ajudar com os meus objetivos. E talvez eu consiga ajudar com os seus. Ouvi a conversa de vocês no bar e fiquei curioso. Lutas clandestinas, seres sobrenaturais, tudo isso me interessa. Mas quero saber se vão me ajudar com o que preciso também. Vocês parecem ter boas intenções e isso é muito bom. O trabalho de Deus certo?

    Caleb abre as mãos com as palmas viradas pra cima ao falar a ultima frase. Ele não conseguia impedir o seu lado ácido de se expressar enquanto falava.

    Caleb: - Acontece que eu estou atrás de gente envolvida nessas lutas também. Gente pic@. Ajudo vocês com os seus demônios e vocês me ajudam com os meus. Que tal?

    Caleb não mentia quando dizia que queria fazer uma parceria, mas ele não está pensando em algo vitalício. O dinheiro dos carros e dos pertences ainda estão em sua mira e ele precisa do sangue dos vampiros para prolongar sua própria existência. Além disso, se ele perceber que a aliança o atrasará demais ou se não tiver mais o que ganhar com ela, ele zarpa fora rapidinho.

    Caleb: - E então, o que acham? Podemos selar essa aliança com vocês me contando os detalhes dos seus negócios, e eu em seguida conto os meus.

    Caleb estava atento a todos ali. Ele não os conhece e podem estar mentindo ou podem forçá-lo a algo. Também há o ser sombrio, que pode voltar a qualquer momento.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Sex Mar 29, 2024 10:56 am

    —Certamente podemos...

    Jean Dasnoy apertou a mão de Caleb.
    Ele conta que ele e seu mestre Otavio estão há algum tempo caçando um grupo de seres chamados Rapinantes, ele comenta que são algum tipo de demônios, Caleb acha que na verdade os dois estão confundindo os seres com lobisomens e vampiros, o que também não facilitaria em nada para uma pessoa comum que estivesse ouvindo a conversa.

    Ele conta que possue a importante míssão de proteger o segredo de Atiliel, um anjo divino responsável pela salvação de um segredo que pode causa o mal ao mundo e que a Rosa Cruz lhe tem dado o treinamento necessário para controlar uma habilidade que ele despertou quando presenciou coisas sobrenaturais... E ele fala que tem uma luva com grandes poderes contra seus novos inimigos demonios.

    O plano é infiltrar-se no torneio, onde um empresário apelidado de Escorpião, esta tentando usar o evento como canalizador para um ritual demoníaco.
    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Qui Abr 04, 2024 5:34 pm

    Caleb escuta as palavras de Jean com atenção. Aparentemente eles são um grupo que caça seres sobrenaturais. Demônios para ser mais exato. E um grupo específico de demônios, os rapinantes. Caleb não deixa de pensar que esses loucos religiosos podem muito bem ver vampiros e lobisomens e confundi-los por demônios, criando seu próprio banco de dados e dividindo-os em sabe-se lá quais padrões, sejam eles corretos ou não.

    Em seguida ele fala de uma tal rosacruz e um anjo que eles precisam proteger, e isso faz Caleb sorrir. Foda-se a tal rosacruz, mas um anjo precisar de proteções contra demônios é hilário. Talvez seja a melhor piada que Caleb tenha ouvido a muito tempo. Primeiro tem um anjo por aí, depois ele precisa de humanos protegendo ele. HÁ!

    Mas então as coisas ficam interessantes quando Jean comenta sobre uma luva especial que ele tem para lutar contra esses... demônios. Caleb fica muito interessado nessa luva, mesmo sendo bem difícil ele precisar usá-la, mas nunca se sabe, certo? E em seguida ele fala um nome, "escorpião", e Caleb sorri novamente. Caleb quer pegar esse filho da puta e drenar ele todinho pra juntar à sua coleção na adega.

    Caleb: - Escorpião você diz? Tá certo muleke, o que vocês estão pensando em fazer? Entrar nas lutas e pegar ele no braço? Já sabem aonde vai ser o tal evento? Eu até topo ajudar vocês com isso dae, mas eu preciso dar uma olhada no local antes. Tenho o meu jeito de fazer as coisas e tenho certeza de que conseguiremos travar os seus "demônios".
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Sex Abr 05, 2024 9:49 am

    Jean responde.

    —Nosso plano é inflitrar lutadores, porque desconfiamos que o Escorpião vai usar o lugar para um ritual de sacrifícios e matar todos ali para alimentar deles... Sabemos que ele fez isso em uma sinagoga...Que todos foram queimados.

    Nessa hora Caleb se toca que foi de certa forma manipulado... O Escorpião estava seguindo se alimentando do que sobrava de suas caçadas...Enquanto ele deixava corpos para atrás , o sujeito ia e tomava não só o lugar dos que caiam, como também suas existências.

    O plano aparentemente simples era colocar lutadores para ter uma desculpa para todos se aproximar e então depois eliminar o Escorpião, com isso Caleb e Jean poderiam chegar armados e cuidar dos sujeitos

    bahamut
    Mutante
    bahamut
    Mutante

    Mensagens : 736
    Reputação : 107

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por bahamut Sex Abr 12, 2024 5:33 pm

    Caleb fica em silencio diante da fala do garoto. Quem fez a chacina foi ele, todos ali eram servos do escorpião ou estavam ligados a ele de alguma forma... Ainda assim ele se alimentou deles. Caleb não se sentia culpado pelo que fez, mas ainda assim a sensação de ter sido usado era presente. Este desgraçado sacrifica os seus para ganho próprio mas deixa o ônus da culpa para outros. Isso faz com que Caleb se pergunte quantos ainda toparão trabalhar e morrer até que ele não consiga mais montar eventos como esse. Em sua mente caleb ri pensando em quantos conseguiria matar e na quantidade de recursos que conseguiria angariar até que esse limiar seja alcançado... Por outro lado, depois da chacina que só ele consegue prover, Caleb pode esperar escondido no local até o retorno do escorpião para pegá-lo desprevenido. Isso poderia ser crucial para pará-lo de vez ou enfraquecê-lo. Para tal, Rugall precisa verificar primeiro como os "caçadores" querem agir para saber se vão querer eliminar a ameaça de uma vez só ou se querem se aprofundar em mais eventos. Nesse caso, Caleb poderia se certificar que os corpos estejam em tal estado que seja impossível para que o escorpião conseguisse se alimentar deles... Talvez se Caleb incendiasse o local pouco antes de sair já seja o suficiente

    Caleb: - Deixa ver se eu entendi. Vocês querem aproveitar o próximo evento para se infiltrar e peitar o escorpião de frente. Enquanto isso eu e o garoto vamos chegar e limpar o lugar... Correto? Simples e efetivo. Uma única noite de peleja e chacina.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5861
    Reputação : 85
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Claude Speedy Qua Abr 17, 2024 8:14 pm

    O sacerdote respondeu.
    —Exatamente! Ele vai estar com um lutador lá, o "Ferroada"...Vamos colocar o amigo de Jean entre os lutadores, você e Jean vão tentar pegar o Escorpião desprevinido, não será fácil! Estejam preparados porque os poderes dele são de um demônio saqueador complicado...

    Jean sorriu e esperou que Caleb concordasse... E esse já estava mais do que pronto.

    Off: Você agora irá posta em "dias de Paz, dias de Luta"
    Conteúdo patrocinado


    Ato lll.l: Diário de Guerra - Página 4 Empty Re: Ato lll.l: Diário de Guerra

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Abr 21, 2024 9:37 am