Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Levi - O Martelo Divino

    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 721
    Reputação : 23

    Levi - O Martelo Divino Empty Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Dovahkiin Dom Jul 03, 2022 7:07 pm

    Trilha Sonora:



    Levi - O Martelo Divino 9a23885e-a45d-4656-9071-01ce2185105a-large16x9_Providencerallycaptioned


            Levi encontrava-se em meio a um protesto em frente ao St. Vincent Medical Center, no bairro Westlake. Este poderia parecer apenas um hospital falido qualquer, mas ele era muito mais do que isso: Fundado pelas Filhas da Caridade em 1856, com o objetivo de iniciar um orfanato e uma escola para a comunidade pobre local, este terminou por ser o primeiro hospital de Los Angeles.
            Muito mais do que apenas um prédio de concreto, ele fazia parte da identidade da cidade, um local onde a caridade pode tocar qualquer indivíduo, e principalmente, era uma das únicas Amarras angelicais em uma cidade dominada por demônios. Não era difícil de imaginar que a elite demoníaca da cidade investisse todo o seu poder em destruir a Amarra de uma vez por todas, por isso, ao longo das últimas décadas, o Centro Médico foi sufocado por diversas leis criadas apenas com o único fim de atolá-lo de dívidas, processos e entraves.

            Recentemente, o misterioso assassinato de duas pessoas na localidade chocou a comunidade local. Um dos mortos foi um policial (que muitos dizem estar espancando moradores de rua e pressionando as autoridades locais a fecharem o hospital) e o outro, um mendigo que muitos conheciam como “Tancred”.
            Tancred foi encontrado morto por disparos à queima-roupa e o tira teve o crânio esmagado por algo aparentemente muito pesado. O ocorrido foi o estopim para os demônios de colarinho branco de L.A apressarem seus esforços para desapropriar o terreno.
            O Centro Médico foi obrigado a declarar falência, mas liderados pela enfermeira Karen Temple (em segredo, uma Rafaelita que toma conta da Amarra), um grupo de pessoas se reuniram em protesto pela preservação do Centro Médico.


    Levi - O Martelo Divino B8f760e7cd5f6d238af32daa6ddecc025239567a


            Além das enfermeiras e simpatizantes, também estão presentes diversos moradores de rua, que utilizam as dependências como lares improvisados, juntando-se ao protesto por saberem que se o hospital fechar, serão evadidos.


    Levi - O Martelo Divino Thor-1653380224.jpg?crop=1.00xw:0


    Levi - O Martelo Divino Depositphotos_101484254-stock-photo-young-girl-in-old-dirty


    Levi - O Martelo Divino 1


            Karen suspeita que a HPD esteja servindo aos interesses de Mammon, promovendo seus planos de gentrificação na área. Até o momento, as batalhas haviam ocorrido principalmente nos campos político e judicial, mas os recentes assassinatos estavam prestes a mudarem tudo. O agiota, Patrick Weinberg, conseguiu usar seus contatos para conseguir uma ordem imediata de despejo contra o St. Vincent Medical Center, e estava disposto a colocar seus cães da Cérberus (uma espécie de milícia privada muito utilizada por agentes da Legião) para ajudarem a expulsarem à força os protestantes e fecharem imediatamente o local.


    Levi - O Martelo Divino 6379cc776de53ff666c2b2403a7f97e0


            Ambos os grupos estão em um impasse. Helicópteros dos abutres da mídia sobrevoam o local, filmando tudo como um espetáculo. O chefe da polícia gritava em um megafone para todos os presentes levantarem as mãos e deixarem o local, e que se obedecessem, ninguém sairia ferido.
            Karen olhava para Levi, os olhos brilhando como se estivessem prestes a marejarem de lágrimas, pedindo silenciosamente um conselho. Ambos não eram os únicos celestiais presentes. A possível destruição de uma das últimas Amarras celestiais da cidade chamou a atenção de outros Superiores, que enviaram um pequeno reforço, na forma de dois Celestiais:


    Levi - O Martelo Divino B47794a2-3d9c-42f0-997d-16c4b650454d-large1x1_030121newpezzolaproudboysTshirtCapture

    Malleus (centro), um dedicado servo de Gabriel, que mais parece uma espécie de militante de extrema-direita, ansioso para mandar alguns demônios (e seus servos) direto para o Inferno. Bastante útil quando se tem um bando de demônios em seu encalço, mas uma bomba relógio em uma situação delicada como essa. Felizmente, ele respeita a autoridade de Invictus, embora haja uma tensão entre ambos desde que Gabriel foi Banido e seus servos colocados sob o comando de Michael (ver o conto: Gabriel – Coração de Guerreiro).


    Levi - O Martelo Divino Coollist_chow

    Invictus está em uma posição nada invejável. Ele está aqui pelas ordens de Michael, Arcanjo da Honra e Comandante dos Exércitos de Deus. Mas Michael não quer que ele lute, a não ser em último caso.
    A missão da Invictus é tentar suavizar as coisas e evitar que um conflito completo estoure. Ele sente muita raiva pelo que os demônios estão tentando fazer, mas não a deixa dominá-lo.


    OFF: Desculpe começar o jogo colocando em seus ombros uma situação tão difícil. Pode tirar qualquer dúvida que tiver no tópico OFF.
    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Xafic Zahi Seg Jul 04, 2022 3:15 pm

    Quando Levi ficou sabendo sobre as reiteradas tentativas de desapropriação do St. Vincent Medical Center, informou à enfermeira Karen Temple que estava à disposição para ajudar no que fosse necessário. Dessa forma, quando Karen o avisou sobre o protesto que estava sendo organizado, com o objetivo de preservar o Centro Médico, o anjo foi um dos primeiros a chegar no local. Caso tenha tido a oportunidade, o Rafaelita teria ligado para seus contatos humanos, conhecidos da ONG que trabalhava, e os comunicado sobre o que estava ocorrendo, pedindo para que também se fizessem presentes.

    Uma vez em frente ao St. Vincent Medical Center, Levi inicialmente ficou preocupado com um possível confronto físico com as forças policiais ou com os capangas do Patrick Weinberg. Ter tido contato com Malleus não diminuiu nem um pouco esse receio. Pelo contrário, apenas o aumentou. O extremista, embora com boa vontade, era uma bomba relógio diante daquela situação e, para Levi, talvez nem mesmo Invictus conseguiria controlar. O que deixou o Rafaelita um pouco mais confortável, foram os helicópteros. Com a mídia em cima, talvez as pessoas pensassem duas vezes antes de fazer qualquer besteira.

    Diante de todo aquele caos, Levi retribuiu o olhar de Karen e compreendeu o pedido. Aproximou-se da enfermeira:

    - A polícia não deve atirar por causa das câmeras. O que acha de aproveitarmos essa visibilidade e pedir uma reunião presencial com o prefeito ou um deputado local?
    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 721
    Reputação : 23

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Dovahkiin Ter Jul 05, 2022 3:41 pm

    Haviam pessoas de ambos os lados que pareciam querer que um confronto se iniciasse, seja para terminar de uma vez com o problema, seja para cumprir ordens de cima, ou mesmo para rachar alguns crânios pura e simplesmente. Os milicianos da Cérberus pareciam prestas a abrirem fogo à primeira ordem, mas ao que tudo indicava, não o fariam sem o consentimento do chefe de polícia, que por sua vez, parecia receoso com os helicópteros rodeando o local.
           Como Levi havia imaginado, apesar de muitas vezes agir como um bando de animais necrófagos, ao menos desta vez a mídia poderia ajudá-los, mesmo que indiretamente. O Rafaelita dizia isso para a companheira de Coro, e ele podia ver nos olhos da colega que ela havia entendido seu raciocínio.
            Karen seguia em frente aos protestantes e pedia uma audiência. Mesmo a contragosto, o chefe de polícia repassava a notícia aos seus homens, e eles não cruzavam a linha, apesar de permanecerem firmes como sentinelas à espera de um combate.

            Malleus tentava se aproximar de Karen (com a desculpa de defendê-la de possíveis disparos ou ataques), mas era impedido por Invictus, que o segurava e dizia que ele mesmo iria acompanhar Karen. Levi não sabia se isso era algo bom ou ruim, pois agora a liderança do protesto ficaria praticamente sob sua liderança e a de Malleus.
            Do lado dos protestante, existiam também aqueles que gritavam e jogavam objetos contra a polícia. O mais notório deles era um estranho mendigo conhecido apenas como "Don", que arremessava pedras contra a polícia com surpreendente força e precisão, enquanto gritava coisas como: "Se eu tivesse um martelo aqui..."

    Levi - O Martelo Divino Thor-1653380224.jpg?crop=1.00xw:0


    OFF: pode considerar que aqui há um intervalo de aproximadamente uma hora onde você pode interagir com o cenário como desejar.


            Os minutos se passavam, Karen e Invictus reuniam-se com alguns repórteres oportunistas (mas que novamente, podiam ajudar a causa, mesmo que não intencionalmente) e pediam uma reunião com o prefeito. O chefe de polícia também era entrevistado e com certeza daria sua própria versão dos fatos.
            Levi era informado que o prefeito não estaria presente, mas um deputado havia concordado em conceder uma audiência aos líderes do protesto para buscar uma solução pacífica. Karen concordava em ser levada, Invictus selecionava um pequeno grupo de enfermeiras para acompanharem-na, mas preferia ficar, pois assim como Levi, temia que Malleus acabasse estragando tudo.
           A situação piorava quando um novo grupo surgia descendo a rua, ignorando a polícia e aproximando-se do local com tacos, soqueiras, ostentando tatuagens de runas nórdicas e bandeiras neo nazistas.




    Levi - O Martelo Divino Vinlanders


           Levi ouvia alguém gritar o nome: "Filhos de Fenrir", certamente o nome de algum grupo ou gangue. Agora a situação estava prestes a piorar, a polícia podia se conter em frente às câmeras, mas os skinheads não pareciam se importar muito com isso. A gangue vinha caminhando rapidamente em direção ao protesto gritando ofensas como: "LUGAR DE VAGABUNDO É NA SARGETA, FORA MENDIGOS ASSASSINOS DE POLICIAL!", "JESUS JUD3U FALSO DEUS!" e "SOMOS OS PRECURSORES QUE DESTRUIRÃO A RELIGIÃO DO DESERTO PARA RECONSTRUIR O LEGADO DE NOSSA RAÇA!".

           Malleus estalava as juntas e sacava uma tonfa de sua mochila, sorrindo como se estivesse ansioso para descontar sua raiva contida nos skinheads.
    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Xafic Zahi Sex Jul 08, 2022 4:38 pm

    O Rafaelita ficou satisfeito quando a voz da sua colega foi ouvida pelo chefe de polícia e um limite territorial, ainda que imaginário e temporário, foi respeitado.

    No entanto, um morador de rua chamou a atenção de Levi. O anjo parou durante alguns segundos para analisar aquele homem, cuja aparência lhe parecia familiar, e ouvi-lo falar sobre martelo causou uma sensação de déjà vu.

    "Ainda bem que ele tá sem o martelo", pensou consigo mesmo, sem saber exatamente o motivo para ter essa opinião.

    Enquanto Karen e Invictus falavam com jornalistas, Levi tomou a iniciativa de tentar controlar a multidão. Primeiro tentou falar com cada um individualmente, pedindo calma para o momento e reforçando que um confronto físico somente os prejudicaria.

    Depois, quando ficou sabendo que um deputado concordou em falar com Karen, entendeu que estavam em um momento decisivo. Pediu para que Invictus tomasse voz e solicitasse a calma de todos, em especial a do morador de rua e de Malleus

    Por fim, foi com surpresa que viu o grupo neonazista se aproximando. As armas brancas que portavam deixava claro o objetivo de estarem ali. Olhou de canto de olho para Malleus com a tonfa na mão e entendeu que teria que agir.

    Foi para frente do grupo, como que se quisesse recepcionar o grupo recém chegado, e abriu um sorriso.

    Spoiler:
    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 721
    Reputação : 23

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Dovahkiin Dom Jul 10, 2022 1:22 pm

    Enquanto Karen e Invictus se distanciavam, cabia a Levi controlar a multidão. O indivíduo que mais lhe chamava a atenção era um estranho morador de rua corpulento que jogava pedras contra a polícia. Tanto a fala com os trejeitos do homem lhe pareciam familiares, mas os óculos escuros velhos e a juba de cabelos e barba sujos e desgrenhados dificultava sua identificação. Em todo caso, Levi o pedia para parar e ele o fazia por hora. Seria melhor manter os olhos neste homem, embora sua maior preocupação fosse Malleus.
           
           Porém, o que mais o surpreendeu foi o grupo neonazi se aproximando. Esses aí seriam mais difíceis de lidar. Levi seguia em frente ao grupo sorrindo, e a cor de sua pele imediatamente chamou a atenção do bando que seguiu correndo em sua direção, proferindo ofensas raciais. Bem aonde Levi queria.

           Levi abria os braços, e uma onda praticamente imperceptível aos mortais emanava de seu corpo, atingindo todos os carecas presentes, que imediatamente começavam a cambalear, tropeçando uns sobre os outros como bêbados, caindo a poucos metros de onde os manifestantes estavam. Alguns tentavam (inutilmente) se levantar, outros até tentavam lançar outra ofensa aos manifestantes, mas parece que a violência não seria mais necessária, tamanho o sucesso da estratégia e habilidade de Levi com a Sinfonia.

           Porém, um deles parecia ter sido menos afetado pela Canção.

    Levi - O Martelo Divino 2Q==


           O último Skinhead de pé olhava para Levi, em seguida para Malleus que vinha com sua tonfa na mão, pronto para dar-lhe uma lição, e por fim, olhava para o mendigo barbudo que vinha logo atrás, e ao vê-lo, o skinhead se assustava, virava-se e corria à toda velocidade na direção oposta.

    - Covarde! - Gritava Malleus.

    - Hey, espere aí, eu conheço você! - Dizia o mendigo, preparando-se para correr ao encalço do careca tatuado. Porém, a falta de forma do mendigo o impedia de alcançar o skinhead e ele acabava tropeçando e caindo na grama como um enorme saco de batatas. A cena era um tanto cômica, mas Levi podia ver que por baixo da camada adiposa e da barriga de chopp do mendigo, pareciam haver músculos há muito escondidos e ombros largos que de alguma forma, lhe lembravam algum antigo companheiro há muito esquecido...
    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Xafic Zahi Sab Jul 16, 2022 8:48 am

    Levi.


    Levi permaneceu tranquilo diante das ofensas dos neonazistas. As encarou da mesma forma que um adulto encara palavras de afronta ditas por crianças nervosas.

    "O insensato revela de imediato o seu aborrecimento, mas o homem prudente ignora o insulto"

    Quando eles começaram a cair, o Rafaelita sorriu novamente, pois Deus estava com ele, até que ouviu os gritos de Mellus. Gentilmente, dirigiu-se a ele:

    - Não retribua mal com mal, tampouco ofensa com ofensa; ao contrário, abençoai; porquanto, foi justamente para esse propósito que fostes convocados.

    E antes que pudesse explicar suas palavras, o mendigo saiu em disparada, ou ao menos tentou, e assim que caiu no chão, Levi deixou Mellius e foi em sua direção.

    - Espero que não tenha se machucado. - Disse, enquanto ofereceu ambas as mãos para que o homem se levantasse - Desculpe, mas nós já nos conhecemos? Tenho a impressão que sim.

    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 721
    Reputação : 23

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Dovahkiin Sab Jul 16, 2022 3:51 pm

    Os carecas poderiam assustar muitos manifestantes, mas para Levi, eram como crianças birrentas e indisciplinadas, e a melhor forma de lidar com tais indivíduos era tirando seus "brinquedos" (no caso, a capacidade de agirem agressivamente). Sem isso, eles eram agora como bebês colocados de castigo, tentando inutilmente se levantarem e agirem (qual desculpa a mídia usaria para racionalizar o ocorrido?! "Skinheads sob efeito de drogas atacam manifestantes?!").

            Infelizmente, um deles conseguia fugir, mas o que mais chamava a atenção de Levi era o mendigo caído no chão. Havia algo nele que despertava seu interesse. Levi caminhava até o mendigo e oferecia as mãos para ajudá-lo a se levantar.

    - Espero que não tenha se machucado. Desculpe, mas nós já nos conhecemos? Tenho a impressão que sim.

            Quando as grandes mãos seguravam as de Levi nas suas (elas eram realmente grandes e calejadas), Levi tinha novamente a impressão de conhecer o indivíduo, porém, o morador de rua havia perdido os óculos ao cair, e quando seus olhos azuis olhavam dentro dos de Levi, o Rafaelita se lembrava de um antigo companheiro. Urakin.





            Levi se lembrava da última vez que havia visto o Punho de Deus. Ambos, juntamente com Denyel e sua comandante, Kaira, estavam em uma missão nos Ermos. A chamada Cruzada da Purificação, quando demônios decidiram tomar conta das Terras Oníricas, causando uma verdadeira guerra entre anjos, demônios e Etéreos (criaturas de sonhos). O quarteto esteve junto pela última vez quando combateram Jormungand, quando os quatro quase foram destruídos e Urakin ficou para trás, se sacrificando para salvar o restante do grupo. Depois disso, nem o Punho de Deus, nem a serpente gigante foram vistos novamente.

            As lembranças de Levi eram interrompidas pelo bafo de álcool do mendigo quando este se dirigia a ele:

    - Eu não poderia discordar menos de você. Não preciso de ajuda para me levantar, mas se quer mesmo me ajudar, tem algum dinheirinho sobrando? Minha garganta está tão seca...- Então procurava por seus óculos na grama, até encontrá-los. Eles estavam quebrados, mas mesmo assim ele os colocava, parecendo ainda mais desajustado.
    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Xafic Zahi Sab Ago 13, 2022 9:58 am


    Rafaelita

    Levi

    Rever Urakin despertou memórias antigas e profundas no rafaelita. Punho de Deus, além de não se recordar de Levi, também aparentava desconhecer sua verdadeira natureza.

    - Sim, claro - Levi percorreu os bolsos, procurando por eventual dinheiro que tivesse consigo - Temos sorte de tê-lo por aqui, senhor... - Fez uma pausa, para que o Urakin dissesse o nome que acreditava ter. - Foi a enfermeira Karen que o chamou? - Tentava iniciar uma conversa com o antigo companheiro e saber mais sobre sua atual condição, mas sempre atento ao protesto.


    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 721
    Reputação : 23

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Dovahkiin Sab Ago 13, 2022 3:17 pm

    Por um lado, reencontrar seu antigo amigo e aliado poderia ser fantástico, porém, Urakin parecia não ter qualquer conhecimento sobre si mesmo ou memórias do passado. Ele poderia ter "sobrevivido" ao combate com Jörmundgander, sabe-se lá como, mas não havia saído ileso.

           Levi revirava seus bolsos em busca de algumas moedas e as dava ao mendigo.

    - Temos sorte de tê-lo por aqui, senhor...

    - Ah, pode me chamar de Donar, ou Don, se preferir. Ah, isso mal deve dar uma garrafa, vou ter de pedir a mais alguém...

    - Foi a enfermeira Karen que o chamou?

    - Quem é Karen? Será que ela pode me conseguir mais uma grana?


           As suspeitas de Levi pareciam se tornarem certezas quando outro dos mendigos se aproximava para ver como Don estava.


    Levi - O Martelo Divino 1

    - Tudo certo, Don?! Pena não ter pego aquele último careca, não ia sobrar nem a casca do desgraçado, hehehe.

    - Hey, papai noel, consegue tirar uma garrafa de pinga do seu saco de brinquedos?! Meus óculos quebraram, mas tenho certeza que ainda valem alguma coisa. Trocaria por umas moedinhas?

    - Hunf, a Elaina roubou minhas últimas moedas para comprar mais uma dose de cocaína. Pobre coitada, tá que é só osso! Ah, parece que arranjou um novo amigo, eh?!- Dizia o velho, estendendo a mão suja a Levi.

    - Sou Benny, mas meu corpulento amigo parece achar que sou uma espécie de Santa Clauss das ruas. Não ligue para ele, Don tem um bom coração, e já nos salvou de inúmeras enrascadas, embora pareça ter uma memória mais curta que a minha.
    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Xafic Zahi Sab Ago 13, 2022 6:35 pm


    Rafaelita

    Levi

    - Don - Levi repetiu o nome do amigo, esforçando-se para registrar na memória - Claro, imagino que ela pode intermediar alguma ajuda financeira. Você está nos ajudando bastante aqui, então é considerável que uma mão lave a outra.

    Levi olhou ao redor, para verificar como estava o protesto, quando percebeu a aproximação do velho. Achou engraçado o apelido de papai noel, bem como foi tomado por tristeza ao ver Don tentar trocar os óculos por moedas para beber. Mas, nas duas situações, manteve a expressão serena.

    - Oi, Benny - Levi estendeu a mão e apertou a do velho, sem se importar dela estar suja - Sou Levi - O rafaelita encarou o idoso por alguns segundos e seus olhos expressavam empatia e conforto. Depois, maneou com a cabeça em sinal positivo, concordando sobre as habilidades do Don.

    - Venham, vamos nos aproximar do prédio do hospital. Tenho certeza que eu ou a enfermeira Karen poderemos dar uma mãozinha a vocês dois quando toda essa confusão acabar. - Mais uma vez Levi olhou ao redor, para medir o nível de tensão do protesto.

    Era verdade que queria manter os dois próximos para oferecer ajuda. Tinha interesse de saber a história do Benny, os motivos que o levaram a ficar na rua e, quem sabe, proporcionar um novo começo a ele. Quanto a Urakin, Don agora, pretendia conversar com outros anjos no local para saber como proceder.


    Dovahkiin
    Mutante
    Dovahkiin
    Mutante

    Mensagens : 721
    Reputação : 23

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Dovahkiin Dom Ago 14, 2022 6:12 pm

    Ambos os grupos (a polícia e os manifestantes) continuavam em seu impasse, mas parece que após o problema dos skinheads ser resolvido, a tensão era menor. Alguns policiais vinham "recolher" os skinheads caídos ("drogados de m3rd@") e Malleus parecia desapontado.

           Não muito longe, Levi apertava a mão de Benny e ambos se apresentavam. Por fim, Levi tentava levar a ambos para próximo dos protestantes, tanto para ajudá-los, como para manter os olhos neles.

    - Quem é o grandalhão?! - Perguntava Malleus quando Levi se aproximava com ambos.

    OFF: Caso revele a Malleus (seja privadamente ou não) a identidade de Don, segue-se a cena:



    Possível cena:
    Xafic Zahi
    Mutante
    Xafic Zahi
    Mutante

    Mensagens : 585
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Xafic Zahi Ter Ago 16, 2022 4:48 pm


    Rafaelita

    Levi

    Levi ficou satisfeito quando ambos concordaram em acompanhá-lo. Quando perto de Mellus, o rafaelita tomou cuidado para contar e explicar a situação, para que somente ele ouvisse, e se divertiu com a surpresa e admiração do Gabrielita.

    - A ausência do martelo realmente é um fato que deve nos preocupar tanto quanto a ausência de memória de Urakin. - Levi pontuou, mas sua expressão e tom de voz não demonstravam inquietude.

    - Você poderia conversar com os possíveis amigos do "Don"? - O pedido era feito de forma amigável, mas também se tratava de uma estratégia para ocupar e desviar a atenção do Gabrielita durante o resto do protesto.


    Conteúdo patrocinado


    Levi - O Martelo Divino Empty Re: Levi - O Martelo Divino

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Ago 18, 2022 2:31 pm