Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A missão da Corte dos Milagres

    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Leomar Dom Set 03, 2023 9:59 pm

    Kate, Nashull, Azriel e mais Braeno e Caoilain se encontram no endereço dado pela Corte apenas uma hora depois. Por sorte os amigos de Kate eram bem razoáveis e atenderam de pronto.

    Em uma sala de reuniões, preparada magicamente para acumular e reter mana, mas numa casa discreta o bastante para não chamar atenção de curiosos, um círculo de luz de aproximadamente dois metros, meio branco, meio amarelado, cujas bordas pareciam rodar lentamente no sentido horário, pairava a pouca distância da parede. Cristais de energia estavam ao lado, estabilizando a mana do portal. Símbolos místicos foram escritos em várias partes da sala.

    O portal tinha sido aberto a pouco tempo, no máximo duas ou três horas antes. Kaneh acha bom não terem se atrasado:

    - Bom ver que pelo menos seu grupo é pontual. Talvez a honra dos anjos não seja apenas boato. Espero que sua indicação tenha valido a pena, Siriema!

    Vocês seriam pagos apenas ao final da missão, provisões para viagem e para as montarias seriam dadas do outro lado do portal. Kate esqueceu de pedir montarias extra, mas provavelmente quem tivesse do outro lado providenciaria pelo menos uma. De qualquer forma, Braeno tinha seu cavalo, Kate tinha o Vent'Kapo que era veloz para um lagarto (embora não tanto quanto um cavalo), Azriel voava e Nadhull, apesar de permanecer ocultando sua verdadeira forma a maior parte do tempo, também. Faltou um pônei para a Caoilain, mas na pior hipótese ela iria junto de Braeno, já que Calin não gostava muito de andar de semëk.

    - Isto é mesmo seguro? - Pergunta Braeno, e, demonstrando curiosidade, pois devia ser a primeira vez que usaria um portal, ia esticando a mão para tocar o portal, quando Kate avisa.

    - Melhor não fazer isto, os portais acelaram entre um e outro, e, assim que tocá-lo, ele vai te puxar. Se estiver parado, o tranco no braço e ombro será forte, portanto o melhor é entrar no portal correndo, de preferência pulando, quanto maior a velocidade que entrar, menos tranco sofrerá ao chegar do outro lado.

    - Bom que sabe pelo menos o básico!

    Kate não resiste à oportunidade de se gabar:

    - Claro, já passei por um portal que me levou aos Infernos!

    - Aos Infernos? - Kaneh fica curioso, um portal deste era mais difícil que um portal ligando dois pontos do mesmo plano, e que já tinha demorado demais para ser feito. Mas ele não tem tempo de ficar de bate-papo. - Bom, então, é basicamente o que sua amiga disse. Quando passarem, serão levados para o norte, o mais próximo que conseguimos do destino, há pessoas esperando do outro lado. Se não tiverem mais dúvidas, eu os espero na volta, que Piro permita que não demorem!

    Kate ia na frente, montada no Vent'Kapo, mas quando o lagarto se aproxima do portal, ele para, quase derrubando Kate da sela.

    - Ruŝ! O que foi seu lagarto burro? Não para assim que você quebra a gente, seu druzu!

    - Aruuuuukkk!

    - Você tem que entrar correndo, semëk teimoso! Por que parou?

    - Aruuuuuuuuuuukkkkkkk!

    - Quer que eu vá na frente? - Azriel também via um portal de transporte pela primeira vez - É só ir rápido?

    A visão de ir correndo para um circulo de luz que está só pouco a frente da parede não era mesmo agradável, mas Azriel não era mole, e levanta voo. Assim que toca a área de luz ela some, e um barulho como uma explosão elétrica (tipo de uma bobina de Tesla se quiserem ter a ideia exata) é ouvida, assustando vocês e os animais.

    - Aruuuuukkk! Aruuuuukkk!

    Braeno olhava, como se fosse tentar ver se a anjo deixou rastro no caminho, mas era como se ela tivesse apenas desaparecido.

    - Mm, tem certeza que isto é de boa, ruivinha?

    - Já estive em lugares pires, acredite!

    Braeno tem que acalmar sua montaria, mas depois de convencer seu cavalo, ele passa pelo portal, Kate fica falando para Vent'Kapo não a envergonhar, agora que Braeno já tinha passado com o cavalo dele.

    Todos vocês acabam atravessando o portal. Sentem um tranco logo que encostam na luz e são empurrados pra frente, quando passam pelo segundo portal, coisa que para vocês é como que instantâneo, são arremessados. O "puxão" pode ser sentido em várias articulações, o que causa um pouco (ou muita) de dor.

    Rolem 1d12

    1,2,3
    Spoiler:
    4,5,6
    Spoiler:
    7,8,9
    Spoiler:
    10,11,12
    Spoiler:


    Nota: o portal obrigará Nadhull chegar do outro lado em sua aparência real, mesmo que do lado anterior ele estivesse usando sua aparência humana.

    Vocês serão levados para o norte, não sabem precisamente onde ainda, mas deve ser muitos quilômetros além de Heséd. Ainda estão em Fajr-Regno, mas o lugar é bem diferente. É o primeiro dia de inverno, mas em Heséd estava um clima de 17°C, neste novo lugar deve estar três ou quatro graus abaixo, o que não chega a ser insuportável pra um humano, mas para quem é de Fajr-Regno já dá um friozinho. Azriel como é anjo deve estar gostando.

    Depois que recobrarem os sentidos, verão que não estão longe da Grande Rochosa, que é uma montanha enorme que "veste" quase todo litoral tanto oeste como norte de Fajr-Regno.
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Dycleal Dom Set 03, 2023 11:36 pm

    Nadhull vai pensar consigo mesmo: - "Devia ter passado voando, virei demônio mesmo do outro lado, nem valeu o sacrifício, droga...
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1540
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh24.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por DariusNovadek Seg Set 04, 2023 12:34 am

    Kate agiliza com todos e consegue fazer seu grupo chegar pontualmente no local combinado.

    - Bom ver que pelo menos seu grupo é pontual. Talvez a honra dos anjos não seja apenas boato. Espero que sua indicação tenha valido a pena, Siriema!

    Kate responde com seu jeito debochado

    - Isso, da crédito pra anjinha, dá

    Ao dividir as montarias, Kate diz para Caoilain ir com Braeno em seu cavalo, assim, todos teriam meios de locomoção. Se Nadhull não quisesse ir voando, poderia solicitar uma montaria extra do outro lado do portal.

    - Aos Infernos?

    Kate não poderia deixar de se gabar, mas sabia que ali não era o momento para histórias, com um sorrisinho no rosto, apenas diz:

    - É uma história que se eu quiser eu te conto quando você for me fazer o pagamento.

    Na hora de passar pelo portal, Vent'Kapo começou a dar trabalho, quase que Kate considerou deixar ele pra trás, mas finalmente, vendo outros passarem, ele passou. A passagem é mais dolorida do que esperava, deixando Kate com um pouco de tontura.. Esperava que por ja ter passado em um portal, iria se virar melhor. Deixa ser colocada em uma cama, e após uma hora, já está de pé, com uma ressaca, mas sentir a ressaca ja era comum para Kate.

    Ela vai até Braeno após a três horas de descanso dele, e rindo, diz:

    - Hehe, não vai me xingar não, você que passou mal pelo portal, olha só a Caoilain, ta de boa faz tempo. Vamos, não da mais pra te esperar.

    Kate vê que está mais frio ainda no local que foram, por estar mais ao norte, Ela estava com um sobretudo sem mangas, já que com frequência queimava suas mangas, e apenas um top por baixo, deixando sua barriga de fora, estava de calça, mas vê que se tivesse só um pouco mais frio, teria se arrependido de não trazer mais roupas, qualquer coisa usaria sua mana vermelha para se aquecer. Após iniciar a jornada, Kate se coloca no seu local de lider confiado pela corte, e diz a todos:

    - Azriel, gracinha, voe pelo nosso lado esquerdo e vigie essa área, Nadhull, faça a mesma coisa, porém do lado direito. Eu e Braeno seguiremos lado a lado. Caoilain, você vai com Braeno, já que não gosta muito de andar no Vent'Kapo. Braeno, durante a viagem, você é o responsavel por defende-la.

    - Desculpem meu jeito militar de lidar com isso, eu sei que não é uma missão de combate, mas fui criada entre monstros, e não políticos. E ja levei surra demais pra não desconfiar de qualquer coisa. Vamos, não podemos perder tempo.
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Leomar Sex Set 08, 2023 10:12 am

    O portal tinha sido aberto a pouco tempo, portanto quem estava do outro lado pouco sabia o que estava acontecendo em Heséd. Azriel passa pelo portal sem problemas, e é a primeira a fazer contato com as pessoas do outro lado. Ela logo é cercada de curiosos pois todos ali viam um anjo ao vivo pela primeira vez. As crianças (principalmente) ficam alvoroçadas, Azriel acaba tendo que deixar os pequenos alisar suas penas.

    - Ei, devagar, é só para tocar, não vão arrancar, pois eu preciso delas tá? Sejam bonzinhos. - Ainda assim duas ou três penas nunca escaparão ilesas.

    Kate tem problemas com o semëk e Bræno tem problemas com seu cavalo, mas aos poucos cada um vai passando pelo portal. Caoilain, curacista mais experiente, é a que tem menos dificuldade (depois de Azriel, que deve ter sido beneficiada pela raça), os demais acabam precisando de um tempo maior ou menor para se recuperar.

    Quando Nadhull é jogado para o outro lado, as pessoas se assustam. Sua transfiguração só se mantém enquanto ele não usa magias, e os portais são puro suco concentrado de mana.

    Demônios são (relativamente) comuns em todo o continente, mas ver um demônio sair de um portal não costumar ser um bom presságio (os demônios que contam com cidadania são normalmente encarnados, os que invadem o Plano Material, e portanto não têm direito à cidadania automática normalmente o fazem por Portais Planares, ou pela transmutação que é mais nojenta), mas o maior problema era um demônio passar pelo Portal depois que uma anjo tinha passado, as pessoas ali já deduzem que aquilo seria uma perseguição que levaria a uma guerra espiritual, e alguns já vão procurando suas armas.

    - Não temais, ó povo de Fajr-Regno, este íncubo está conosco, e é nosso amigo!

    - Mas! É um demônio!

    - Um demônio com cidadania plena, conforme as leis do Rei. Somos todos iguais aos olhos de Piro.

    - Si-sim, um cidadão só pode ser julgado pelos seus atos. Maaaas, a senhora é um anjo...

    - Sou uma anjo devota de nosso Rei, portanto falo em nome de Piro e também de sua mãe, Anĝelina! Não temais!

    - Certamente senhora! Mas pelo menos manteremos ele longe da senhora!

    - Não! Vocês ainda não entenderam! Ele não é apenas um aliado, ele é noss... é MEU amigo.

    - Amigo? De um anjo?

    - Não estou eu abaixo da Lei?

    As pessoas abaixam as cabeças, ainda sem entender aquilo, Azriel ajuda Nadhull se deitar, Caoilain o examina, acreditando que ele não demoraria a se recuperar, por enquanto ela ainda não gastará mana desnecessário, se for preciso, depois preparará um chá para os membros do grupo que foram mais afetados pelo portal.

    Bræno tem que ser acordado depois de três horas, pois a missão não poderia desperdiçar tempo, mas nenhum de vocês sofreu dano real ao passar pelo portal, só desconforto mesmo. Caoilain ajudava o amigo não ficar de muito mau humor. Kate sempre observou que os dois tinham boa ligação, não entendendo por que não partiam pra algo mais.

    Mais da metade das pessoas daquele lugar tinham pele escura, muitos com traços típicos de Jod e outros meio mestiços. Jod era a última cidade ao norte que poderia ser chamada de cidade, e quando vocês observarem a Grande Rochosa, verão que estão mais a norte do que Jod. Vocês atravessaram o continente praticamente todo, não foi uma viagem apenas de dias, mas de meses! Portanto tem motivos para o Nadhull ficar meio desorientado no começo.

    HESÉD É 3, JOD É 6:

    As pessoas do lugar não sabiam que a caravana mandada por Durze tinha atrasado, afinal ninguém ali tinha atravessado o portal, que estava aberto apenas há poucas horas, ninguém sabia falar se Durze também teve algum problema, já que ele fica semanas com os seus na torre da montanha, sendo assim, como ninguém tinha motivos para achar que existia algum problema, ninguém tinha ido ver se estava tudo bem.

    As pessoas indicam o caminho para a torre, era uma estrada simples, mas não tinha erro, ainda mais com dois alados no grupo, veriam a torre de longe. Da base até a torre seria umas três ou quatro horas de cavalgada (seria três se Braeno e o cavalo dele não tivessem com enjoo do portal, mas todos acreditam que vocês não devem perder mais do que uma hora por isto).

    Hoje é dia 15 do Mês da Águia, primeiro dia de inverno, e a primeira coisa que sentem é que o tempo está mais frio que em Heséd. Azriel se sente bem com isto, para os humanos, apesar de estar um pouco frio, não é nada que os faça tremer ou bater queixo (por enquanto), Braeno em especial já viu lugares muito mais frios e também Kate já sofreu frios muito piores na Cidade Prisão, Nadhull que, como demônio, gostava menos deste tempinho. Parece que, desde que ele foi afetado pela mana branca, o frio vira-e-meche o perseguia. Mas apesar disto o clima (ainda) não lhe causara dano de verdade.

    Nadhull e Azriel notam que o ar no local é menos denso, nada anormal, embora isto torna voar alto mais difícil, eles facilmente notam que a concentração de mana branco é um pouco maior e a negra menor que em Heséd, mas novamente, nada disto é anormal. Como alquimista, Nadhull nota que o lugar é bem propício para preparar e estudar muitos tipos de reações, deve ser especialmente favorável para fazer poções de cura. Um bom alquimista com um laboratório razoável poderia (teoricamente) fazer qualquer coisa em qualquer lugar, independente de fatores externos, mesmo assim uma influência do local é uma influência.

    A vegetação ali é um pouco mais rica também. Não era nenhuma floresta (longe disto), mas levando em conta que a maior parte de Fajr-Regno é deserto, até que tinha um verde bem agradável no caminho. Seu destino é uma fortaleza circular aparentemente sólida, encarrapitada em uma pedra coberta por líquen não muito longe do topo de uma encosta íngreme.

    Um agitado rio montanhoso flui ao noroeste, passando perto da torre e então caindo na ravina abaixo com um rugido trovejante. Uma névoa constantemente levanta do desfiladeiro, orgulhosamente mostrando um arco-íris no sol brilhante.

    (R.Oc.)

    A jornada até o destino não lhes trás maiores problemas, vocês estão um pouco mais lentos do que o ideal, mas não encontram obstáculos maiores. Olhos mais atentos podem ver um ou outro animal por perto, eles se mantem a distância segura de vocês. Tudo parecia tranquilo até demais (a menos que algum de vocês resolvesse cair da encosta, ou pior: cair no rio que os arrastaria desfiladeiro abaixo. Aquela cascata tinha grandes chances de morte certa e ficava bem perto da torre, embora vocês chegarão à torre pelo outro lado, que é seguro.)

    A medida que vocês se aproximam, vocês veem que a então chamada “torre” é uma construção sólida. Ela é (para padrões normais) meio baixa para ser chamada de torre, embora possua mais do que 9 metros de altura e cerca de 18 metros de base. O topo da torre é coberto por um telhado de pedra armado com espinhos, e limitado pelo que parece ser um posto de observação. Pequenas seteiras estão dispostas pela periferia, e uma escada leva até a entrada, que é virada para o sudoeste. Bem fácil notar que não é o tipo de lugar que "convida" a entrar voando. Sendo assim, a menos que Nadhull QUEIRA fazer um teste de sabedoria caso tenha pensado em fazer algo imprudente, ele e Azriel pousarão assim que ver que o resto do caminho é seguro para o grupo.

    Pouco antes disto, verão que do lado de fora, próximo à entrada, há um grupo (de quatro a seis indivíduos, talvez sete, um teste de percepção poderia garantir com mais segurança, embora aumente a possibilidade de vocês serem notados voando, mesmo com a visão boa de um anjo e um demônio, no ar vocês estão bem mais expostos). Não há muitos lugares ali nem para vocês se manterem escondidos, nem para outro grupo se esconder de vocês (não é impossível, e talvez não seja nem mesmo difícil, já que, como dito, tem boa vegetação na montanha, porém não há muitos pontos propícios e os lugares abertos são muitos).




    Caso Nadhull não queira fazer um teste de observação (Azriel não fará se ninguém pedir, mas se qualquer um pedir ela faz sem problemas), o máximo que ele nota a distância segura é que é um grupo pequeno (de qualquer forma o grupo será pequeno, pois mesmo a distância não tem como ele ser enganado por muito) porém eles parecem estar carregando corpos para a área de fora, e isto pode ser um mau sinal.

    Tanto Nadhull como Azriel podem fazer testes de observação normal OU podem fazer com vantagem (rola 2d20 e ignora o menor) mas se fizerem com vantagem, têm que voar mais tempo e mais perto, o que poderá denunciar o grupo mais fácil. Podem até fazer com desvantagem também (rola 2d20 e ignora o maior), embora provavelmente não conseguirão mais informações do que estas já dadas aqui, mas vai que alguém tira 20,20...

    Obviamente os dois alados são os que podem ter mais informações, mas isto não impede Kate de fazer o teste do chão mesmo, tentando aproximar-se discretamente. Ela também pode mandar Bræno fazer o teste no lugar dela. Caolain não pode porque não leva o menor jeito pra isto.

    Lembrando: vocês tem as insígnias dadas por Kaneh para mostrar que não são inimigos (duas insígnias, uma tá com Kate, a outra provavelmente com Nadhull), mas antes de se apresentarem devidamente, ninguém da torre tem qualquer motivo para suspeitar que qualquer um de vocês seja amigo ou inimigo, assim como vocês também não tem nenhum motivo para isto.

    Lembrando: Azriel recebeu um colar com um talismã que emana uma área em volta dela que protege o grupo de vocês contra eventual exposição a miasmas que eventualmente poderiam causar a morte melancólica. Este talismã provavelmente age na canalização de mana branca dela, e é um dos motivos que o pessoal da Corte achou melhor chamar um grupo que tinha uma anjo. Independente disto, acredita-se que é mera precaução, pois é possível que não haja na torre estes miasmas causadores da doença, pois Durze produz apenas os remédios. São muitos "provável e eventualmente", mas...

    A missão da Corte dos Milagres Torre10
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Dycleal Ter Set 12, 2023 2:51 pm

    Nadhull sofre as dificuldades de atravessar o portal, e o mesmo suga a sua magia de transformação e se apresenta as pessoas do outro lado na sua forma de incubo e recebe uma certa rejeição dos presentes no local, mas ouve com satisfação a defesa da sua amiga Azriel, que se mostra eficiente. As pessoas por fim, indicam a direção da torre e o grupo segue na direção indicada. Nadhull nota que o ar é um pouco menos denso que o normal, o que dificulta um pouco o voo, mas nada significativo e a mana branca é um pouco mais abundante aqui neste pedaço de lugar e a mana negra é um pouco mais rara, comparado com a quantidade existente em Hésed.

    Ao chegarmos em um linha de visão da torre, apesar de estarmos ainda longe da visão de quem está na torre e Nadhull aproveita para observar da sua posição privilegiada, embora a distância ainda não faça essa condição ideal ainda e vejo o povo pequeno da torre, um grupo pequeno de seis ou sete indivíduos, estão começando a transportar quatro corpos, um deles já completamente coberto e três semi-cobertos, mas a distância segura em que estou não dar para ver maiores detalhes, exceto que o resto do caminho é seguro para o grupo e começo a manobra de pouco e informo que o resto do caminho é seguro, mas informo também sobre a condução dos quatro corpos e peço para Azriel observar melhor e como anjo, talvez, se ela sentir-se segura, se arriscar nesta observação e se for vista, seguir se aproximando e aproveitar a sua condição visível de anjo para ao se apresentar apresentar as insígnias dadas por Kaneh e aponta a insígnia que porta para que ela pegue e proceda na sua investigação.
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Leomar Sex Set 15, 2023 10:10 am

    O rio perene caia pela montanha, enchendo o penhasco de névoa, mas o tempo frio fazia a névoa atingir até a parte alta onde vocês estavam. Por isto os pedestres estavam sendo meio inúteis para avaliar o terreno.

    Nadhull e Azriel guiam o grupo, e os corpos já trazem preocupação, querendo ser prudente, Nadhull manda Azriel ver se consegue mais informação do que ele, provavelmente quatro olhos são melhor do que dois. Lhe dá também a insígnia que estava com ele, pois vai que o povo recebe uma anjo melhor do que receberia um demônio, isto era meio que praxe, mesmo em Fajr-Regno.

    - Claro, podem contar comigo!

    Porém Azriel vacila feio na hora de sobrevoar a área, um mergulho brusco escancara sua presença, e os edanos começam a se mover, analisando a ameaça.

    Nadhull não tinha identificado nenhuma armadilha natural ou mágica no ar. O frio não era suficiente para congelar as asas de um demônio como ele, então para uma anjo, teoricamente mais resistente ao frio, não seria problema. Fadiga? Ela pegou alguma corrente inesperada? O que teria acontecido para Azriel cometer um erro tão primário?

    Segundo algumas literaturas, escritas por quem adorava os anjos e potencialmente tendenciosas, as capacidades de voo dos anjos superaria em muito dos demônios, e por isto os covardes demônios só disputariam com anjos se estivessem em maioria de 3:1, pois seriam facilmente massacrados no 1:1.

    Outras literaturas, escritas por quem não adorava os anjos e potencialmente tendenciosas, dizem que as asas membranosas dos demônios com sua musculatura poderosa oferece vantagem clara em relação às asas emplumadas e ossos leves dos anjos, dizendo que nos céus os anjos não venceriam os demônios, a menos que usassem muito os fatores mágicos.

    Nadhull e Azriel não tinham disputado nenhuma corrida aérea para compararem suas habilidades, então Nadhull apenas supunha, até então, que as habilidades dela não deveriam ser muito diferentes das suas, mas teoricamente mesmo alguém com pouca experiência de voo não deveria cometer erros tão básicos num ambiente "normal" como aquele, a menos que a raça dela tivesse alguma característica que ele desconhecia. Entre a raça dele tinha a Keela, cuja capacidade de voo era muito melhor, mas esta não serve de exemplo, pois em toda Akaŝa era o segundo ser com voo mais rápido.

    Quando os edanos veem a presença da Azriel no ar, param o que estavam fazendo e já se preparam para um possível confronto e ficam mais alertas ao redor também. Antes mesmo de ter tempo de se apresentar, alguém dispara uma besta contra Azriel, mas a acerta apenas apenas de raspão (erro de quem atirou ou foi proposital, apenas para "aviso"?)

    Leomar efetuou 1 lançamento(s) de dados A missão da Corte dos Milagres D4_32x32 (d4.) :
    3

    Azriel grita:

    - NI VENAS PACE

    Gritos ininteligíveis como resposta.

    Ela pousa, levantando as mãos em sinal de que não queria lutar, muda o idioma pra Tareno, parece ter mais resultado.

    - EI! NÃO ATIREM! EU MIM EM NOME DE CLIENTES DE VOCÊS, EM BUSCA DE MEDICAMENTOS.

    Azriel fala alto pois obviamente queria ser ouvida por todos ali, mas as respostas deles não é audível para vocês. Vocês conseguem ver os gestos dela, provavelmente entregando a insígnia que estava com ela e/ou procurando se explicar. Dois edanos miram ameaçadoramente suas bestas para o corpo dela. Um outro edano fala alguma coisa, um dos que estava com a besta se afasta, ela ainda fica sobre a mira do outro e vigiada pelo segundo, que estava agora com machado na mão.

    Os outros (provavelmente 3) começam "varrer" o local, então há pelo menos um com uma besta e outro com um machado procurando pessoas como vocês ao redor. Eles podem ser hostis ou só estão se precavendo, seja como for não gostaram de ser surpreendidos pela anjo.




    A proficiência da Kate também conta na iniciativa? Se for tem que tirar pelo menos 16 para agir antes dos nanicos.

    (R.Oc.)
    (R.Oc.)
    (R.Oc.)

    Caoilain fica escondida com vocês, pensando no que fazer, mas de longe ela não pode ajudar em muita coisa, mas comenta:

    - Não consigo sentir traços de magia densa, mas sinto traços de magia negra.

    Isto não chega a ser uma notícia boa ou ruim, se ela estiver certa, os homens não devem ser grandes dominantes (magos, feiticeiros, bruxos, etc.) mas é possível que tenham algum dom ou estejam sobre ação de algum estado mágico. Mas como ela está longe, isto é muito impreciso, poderia ser traços de uma ou mais pessoas ou mesmo de área.

    Não vou colocar um grid POR ENQUANTO pois vocês AINDA não estão tecnicamente em combate. O grupo ainda não decidiu se as ações dos edanos são hostis ou meramente reativas, se vocês decidirem que são hostis, preparo um grid. As distâncias entre vocês variam de 20 a 40 metros.
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1540
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh24.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por DariusNovadek Seg Out 02, 2023 8:29 pm

    Kate observa tudo de longe, com um descuido, Azriel chega perto demais dos edanos e é obrigada a se apresentar. Caoilain fica escondida com ela, e consegue sentir traços de magia negra. Ainda escondida, Kate diz:

    - Venha comigo, vamos tentar chegar mais perto sem sermos descobertas, Braeno, flanqueie eles pelo lado oposto, em caso de um combate, vamos atacar cada um de um lado. Mas Piro queira que não cheguemos nesse patamar.

    Devia ter falado Jara, mas ja tinha falado
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Dycleal Ter Out 03, 2023 1:32 pm

    Nadhull observa enquanto Azriel é interpelada pelos pequenos edanos e tenta ficar mais furtivo e escondido para não complicar as coisas, faz um truque para disfarçar novamente a sua aparência, de forma a ficar com um visual mais aceitável e prepara-se para um possível embate ou diálogo, tendo preferência pela última opção...
    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Leomar Qui Out 19, 2023 5:35 pm

    Testando aqui se funciona videos

    video 1
    https://drive.google.com/file/d/1tlIokTH7imm0mPqjQJ75RJTL7i5Ksq8y/view?usp=share_link

    video 2
    https://drive.google.com/file/d/1lmXhtGP6lenbKLoIqJzjDiuiYtzZRddm/view?usp=share_link

    Leomar
    Garou de Posto Cinco
    Leomar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2434
    Reputação : 31
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Leomar Dom Out 22, 2023 7:32 am

    bom, se ninguém disse que deu erro, é pq deve ter funcionado. Primeira vez que gravo algo no tablet e ponho no drive.




    - Venha comigo, vamos tentar chegar mais perto sem sermos descobertas, Braeno, flanqueie eles pelo lado oposto, em caso de um combate, vamos atacar cada um de um lado. Mas Piro queira que não cheguemos nesse patamar.

    - Devemos nos apresentar, ou pelo menos eu, que não terei mesmo onde me esconder. Já você, Calin, permaneça segura, pois você não é uma combatente.

    Dizendo isto, ele avalia se há alguma pista de intenção boa ou ruim da parte dos edanos, mas não encontra nada (off: 4 na rolagem) até então não passa de um grupo enterrando outros que possivelmente eram companheiros. Bræno avança alguns metros na direção deles, como Azriel parece não ter tido muito sucesso falando em Esperanto, Bræno fala em Trans-Tareno:

    - Haey! Porque estão atacando? - Ele mostra as mãos na altura dos ombros, pra verem que não está de arma em punho. Claro que como dominador, se precisar, Bræno pode atacar com magia mais rápido do que sacar as armas, mas eles não sabem disto, e as roupas de Bræno, apesar de poder dar a dica de que ele não é um pé-rapado, são discretas o bastante para não se deduzir que se trata de um dominador - Estamos aqui numa missão de compra, enviados por Kaneh.

    O cara que está com Azriel, ouvindo, faz um gesto para o que estava mais atrás, e este outro, como a mostrar boa vontade, abaixa a besta que segurava:

    - Haey! Não deveriam chegar se esgueirando! - Ele fala e coça o nariz. - Nós fomos atacados recentemente, e como podemos saber que não são nossos inimigos? Quem é o seu grupo?

    Bræno continua avançando:

    - É sério que chama de "esgueirar" uma anjo vir pelo céu? - O (líder?) edano faz uma careta tipo "este argumento me pegou", coça o nariz pensando no que responder, Bræno prossegue - Melhor começarmos baixando as armas, não é? Quem ou o que atacou vocês?

    (R.Oc.)

    O cara que está do lado de Azriel prende a besta na cintura, o outro, que estava atrás, já tinha baixado a besta, embora ainda continue segurando. Vocês não conseguem enxergar todos os outros que estão dispersos, mas, pela situação, era improvável que algum deles chegasse atacando, a menos que fosse muito sem-noção.

    - Um tipo de monstro atacou nossa torre.

    - Monstro?

    - É... Algum tipo de humanóide, do tamanho de humanos, mas com... é... uma boca deformada, cheia de dentes, muitos pelos e garras. - Ele fica observando Bræno aproximar - Você ainda não falou quem é o seu grupo.

    - Somos dois casais, e somos amigos. Podemos ajudar com estes "monstros"?

    - Eles mataram nossos companheiros, mas não foram capazes de tomar nossa torre.
    Conteúdo patrocinado


    A missão da Corte dos Milagres Empty Re: A missão da Corte dos Milagres

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jun 17, 2024 6:42 am