Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mun
    Investigador
    Mun
    Investigador

    Mensagens : 57
    Reputação : 26

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Mun Sáb Jun 29, 2024 7:02 pm

    a unwanted new me

    [Durante a trilha]

    — Ah! — eu expresso surpresa com a resposta de Sentinel sobre não ficar conosco naquela nova localização — Eu pensei que você fosse parte direta da equipe, mas entendi agora. — completei. O que eu entendi? Não deixei claro e talvez eu nem tivesse entendido as coisas da forma certa, mas não precisei ir muito longe para inventar um motivo para o motivo daquele cara ali: ele devia ser um dos Hyper. É, seu nome era Sentinel e não Hypersentinel, mas se tem uma coisa que eu percebi que Alex e sua família se orgulha é de terem contatos. Aiden devia ser algum tipo de sobrinho distante que também foi tocado pela nem sempre gentil proteção do Hyperman. Brincadeiras à parte, ver que Hana estava acordada e já tinha até mesmo forças para andar por conta própria foi um alívio. Não sou nenhum tipo de feiticeiro como ela ou Taylor, então admito não saber muito sobre o que aquele ritual deveria fazer, mas coisa boa não deveria ser.

    Hana falava sobre seu destino de maneira poética, mas eu entendia que era apenas uma forma de esconder seu medo e frustração por estar envolvida naquilo tudo; ao menos, era como eu lidaria com a situação também. Até aquele momento, tentei me afastar de discutir meu próprio problema e embora tenha sido mais vulnerável em dois momentos, eu não me expus para além do que achei necessário para conseguir a confiança dos outros. Ao ver a marca brilhante na condenada e entender seu significado, senti minhas mãos tremerem por um segundo. Ouvi-la falar sobre aquilo era uma coisa, mas perceber que era real e estava até mesmo a marcando como um aviso era terrível.

    — Eles não vão te alcançar de novo, não se preocupe. Não vamos deixar. Né não, Aiden?

    Minhas vozes múltiplas eram poucas naquele momento e todas soavam esperançosas. Tentei animá-la puxando Sentinel para o coro. Eles pareciam próximos, então talvez fosse mais reconfortante ouvir algo do tipo vindo dele que de mim. De qualquer maneira, não estava nos meus planos deixar a Tríade triunfar... nem que eu mesmo precisasse ir até esse tal demônio dar uns gritos na cara dele.

    [Na base alienígena]

    Minha postura durante o tal teste da mentira era despreocupada, afinal de contas eu não tinha nada para esconder. O questionário era simples e me questionei se aquelas duas perguntas eram o bastante para salvá-los de infiltrados. Bem, eles pareciam estar funcionando há um bom tempo, então talvez tivessem mesmo tudo sob controle.

    — Meu nome é Matthew Callaghan. Minhas intenções com Mila... ah, ela é de boa. Tem esse sentimento de culpa pela Tríade ter conseguido usar a tecnologia do planeta dela, digo, do planeta de vocês nos experimentos que fizeram em mim e tem sido gentil tentando me fazer aceitar essa nova condição, e fora essa coisa de telepatia que ainda estou me acostumando, eu diria que nos damos bem agora. — respondi. Percebi que eu estava falando demais da nossa relação, o que poderia soar suspeito, mas eu apenas estava confortável falando sobre aquele assunto. De pernas cruzadas de maneira confortável, eu ouvi a próxima pergunta e imediatamente dei uma risada debochada involuntária — Se sou da Tríade? Por favor, traga-os aqui e eu mostro como somos melhores amigos para sempre. — falei com um tom que esbanjava raiva e desdém. A voz triplicada não deixava que se enganassem: a cada palavra, mais e mais vozes se uniam ao coro até eu enfim declarar como uma legião — Não, eu não sou da Tríade.

    [Na sala de treinamento]

    Quando os venusianos mencionaram ter uma sala especial para minhas necessidades, eu esperava no máximo um quarto com um vaso de planta ou dois para eu brincar de fazê-los crescer com meus poderes. Quando me guiaram até aquele espaço que parecia ter seu próprio ecossistema, com plantas dos mais diversos tipos e até mesmo uma cachoeira, meu queixo caiu. Como filho de um doutor em botânica, eu tinha aprendido uma coisa ou outra (até porque, eu mesmo também queria me tornar um botânico) sobre espécies raras, e eu consegui ver várias delas ali. Não só isso, mas as paredes pareciam ser reforçadas o suficiente para suportarem o crescimento das raízes daquelas árvores grandes e fortes, então parecia um convite óbvio para que eu deixasse toda a minha força sair sem segurar uma gotinha sequer.

    — Era exatamente isso que eu estava precisando. — sussurrei uma vez sozinho. O sorrisinho no meu rosto não deixava eu esconder a empolgação e eu não perdi tempo. Ansioso para testar aquele espaço por um inteiro, tinha um acontecimento recente que tinha me preocupado: a expansão de sentidos causando danos ao meu próprio corpo. O sangue que escorreu indicava um limite de até onde eu poderia seguir e eu precisava saber qual era esse limite até para que não ficasse extrapolando-o o tempo todo e me ferindo de graça. Agachado, afundei minhas mãos na terra e fechei os olhos por um segundo. Ao abri-los, eles estavam tingidos de verde e brilhavam com um poder próprio. Respirar apenas pelo nariz se tornou um peso, então minha boca se abriu devagar até a troca de gases entre meu corpo e atmosfera acontecessem por ali. Concentrado, tentei ir o mais longe possível como antes tentando localizar Mila. Se eu tivesse sorte, conseguiria repetir o feito e encontrar onde exatamente as coisas deram errado.



    @Nazamura Fiz um rolamento de "Liberar poderes" para tentar repetir o feito de antes na casa dos Harper. Esse movimento em especial tem duas finalidades: uma ON e uma OFF. Em ON, Matt está apenas tentando expandir seus sentidos ao máximo pelos arredores, mas em OFF, eu gostaria de "esbarrar sem querer" pela safadeza vão orar ler um livro biblioteca pra pegar Mila e Jhon no pulo. O rolamento pode ser encontrado clicando aqui
    vontheevil
    Elder God
    vontheevil
    Elder God

    Mensagens : 5289
    Reputação : 162
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh35.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por vontheevil Sáb Jun 29, 2024 10:45 pm

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 6620ac10

    Ela não me obedeceu quando eu disse que não precisava de mais beijos hoje, ainda bem. Ela tava me beijando!
    — Hmmm...
    Senti os lábios dela tremerem e esse tremor seguir tanto pelo corpo dela quanto pelo meu corpo, a voz dela era linda finalmente materializada de verdade. E a vibração desse som seguiu pelos meus lábios até a boca do meu estômago e depois para baixo e para baixo onde eu estava cada vez mais tenso

    As mãos dela que puxavam a minha camiseta passaram para o outro lado do tecido, mais frias que a minha pele me provocavam um arrepio contínuo, minhas pernas tensas começaram a me empurrar em direção a ela, mas ela está do lado aberto do sofá, com medo de a derrubar eu fico rígido.


    "Me toca...?"

    Minhas mãos desajeitadas tentam ultrapassar o tecido da roupa de Mila, a pele fria e arrepiada me da a sensação de choques no dedo e eu a seguro forte pela cintura, meus polegares apertados conta o macio de sua pele e vou deslizando as mãos pela lateral do corpo sentindo as costelas movendo-se com a respiração ofegante dela até sentir o tecido mais firme do sutiã. Continuo a beijar sem saber se eu teria a permissão de continuar.

    "Quiero comerte a besos."

    Com uma força tremenda ela me reposiciona no sofá, montando por cima de mim, encaixada, minha área mais sensível apertada contra o meio das pernas dela, dolorida e pulsando em direção ao tecido jeans, firmo o calcanhar no sofá e elevo meu quadril como se pudesse fazer força o suficiente para destruir todo o tecido que nos impedia de um contato ainda maior. Minhas mãos descem novamente para a cintura dela. Arrisco abrir o olho e a ver acima de mim, uma cascada de cores roxas e púrpuras. Fecho o olho e a ajudo a se mover, guiando-a pela cintura para que ela fizesse o movimento certo para me estimular. Apertada contra mim.

    Ela volta a me beijar, espalmo a mão na curva de suas costas, meus dedos percorrendo o delicado relevo da curva de sua lombar e explorando abaixo do tecido de sua saia, no começo da curva de sua bunda.

    "Você é mais gostoso que caramelo."
    Emito uma risada cheia de tesão com meus pensamentos, a imagino nua acima de mim e transmito a deliciosa dor que estou sentindo do tecido me apertando.
    Com a outra mão percorro a linha da coluna dela até a nuca abaixo dos cabelos onde a seguro para que ela continue me beijando
    Nazamura
    Mutante
    Nazamura
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 99
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Nazamura Dom Jun 30, 2024 10:04 am

    Ly'ra, a androide venusiana encarregada da base Prometheus, olhou para Matthew (@mun) com uma expressão serena, embora seus olhos cintilassem com uma luz avaliativa.

    "Matthew Callaghan, sua sinceridade é notável e seu desdém pela Tríade é evidente. Entendo a complexidade de suas emoções e a carga de sua transformação. A base Providência é um lugar de proteção e aprendizado, e sua presença aqui será avaliada continuamente. Siga-me" E ela a conduz para a sala especial feita para ele.




    Matthew se concentra tentando repetir o feito da casa dos harpers, seus dedos entram em contato com o solo alienigena, as plantas eram completamente diferentes, havia um sistema de raizes interligadas que parecia uma rede neural e estava ao redor da base inteira, mas essa fronteira respeitava a fronteira "terraquea" das raizes e plantas nativas (pense em um domo no subsolo da base até o sopé da montanha onde está a entrada da base e faça um perimetro) os sentidos de Matt não demoraram muito pra aprender a biologia venusiana e seguir pela trilha de bioluminescencia que clareia a base (não são lampadas eletricas que provem a luz na providencia, e sim um tipo de planta alienigena que está na base inteira) essa rede neural tambem serve como olhos e ouvidos de Ly'ra, a androide venusiana que percebe o Scaneamento de Matt e Matt percebe quando ela detem o movimento e faz um sorriso, retomando a caminhada de forma vigorosa para a biblioteca. Matt continua seguindo o fio de bioluminescencia e sente a presença de Mi'la e Jhon Pablo, sabe que eles estão na biblioteca, mas fica limitado pela estrutura metalica humana que limitou as bioplantas em uma calha atras de um vidro para produzir luz. De qq forma, Matt agora sabe que Ly'ra não precisa de cameras, embora tenha cameras dentro da base, ela simplesmente sabe de tudo o que acontece dentro do perimetro
    Nazamura
    Mutante
    Nazamura
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 99
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Nazamura Dom Jun 30, 2024 10:20 am

    Ly'ra intercepta Jhon Pablo (@vontheevil) e Mi'larhys (@Mellorienna) nos amassos dentro da biblioteca. Ela se mantém séria e compassiva, sua expressão inalterada enquanto ela fala:

    — A TV está prestes a mostrar a entrevista de Alex Harper no bairro residencial. Por favor, venham comigo.

    A androide, intencionalmente, bloqueia a passagem de Jhon Pablo, forçando-o a ficar atrás de Mi'larhys enquanto diminui o passo.

    — Fantasma, por favor, venha comigo em consideração a Mi'larhys-dena — diz Ly'ra com firmeza.

    Matthew (@mun) pode optar por seguir a conversa através da eletrocalha de plantas bioluminescentes, escutando cada detalhe. De tempos em tempos, Ly'ra lança olhares discretos na direção da calha, ciente da presença de Matthew e de sua conexão com a rede neural vegetal.




    Na sala da diretoria, Ly'ra se vira para Jhon Pablo, mantendo seu tom gentil, mas firme:

    — Senhor Fantasma, gostaria de falar com você sobre algo importante. — Ela faz uma pausa. — No passado, minha predecessora Ty'la e um membro da equipe chamado Clint tiveram um relacionamento similar. Ty'la estava na Terra apenas de passagem e precisou retornar após dois anos. O senhor deve entender que Mi'larhys-dena, embora esteja aqui agora, tem um destino que pode não permitir que ela fique permanentemente.

    Ly'ra mantém sua postura rígida, mas sua voz carrega uma nota de preocupação genuína:

    — Embora eu tenha sido construída na Terra nos anos 30, herdo todos os protocolos e sangue lynish. Não sou um simples robô; sou uma androide encarregada de proteger esta instalação e, mais importante, os sentimentos de minhas compatriotas, especialmente de Mi'larhys-dena. — Ela faz uma pausa, permitindo que suas palavras sejam absorvidas. — Peço que tenha cuidado com os sentimentos dela. Não a magoe ou faça-a sofrer. Seu bem-estar é uma prioridade para mim.

    A androide, mantendo sua expressão séria, aguarda a resposta de Jhon Pablo,


    Por jogar a realidade na cara de Jhon Pablo, Aumente Salvador e diminua um rótulo a escolha, ou rejeite a influência se quiser negar a sugestão dela
    Matthew acompanhará toda a conversa através da rede neural vegetal venusiana (se optar por ouvir)
    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3214
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por thendara_selune Dom Jun 30, 2024 12:45 pm

    "Obrigada..." Respondo, meus olhos fixando-se nos dela por um breve momento.
    Quando chego a um dos quartos indicados, entro ainda me sentindo culpada. Aquela máquina era orgânica também? Não tinha como saber, mas as palavras dela apaziguaram minha irritação e frustração, embora não apaguem a culpa. Minha mente está esgotada demais, sinto meu corpo pesado e me deito. Preciso de algumas horas de paz e silêncio mental. Ainda vejo um pequeno flash, pensando no Sentinel e sem entender a recusa dele em responder o questionário da base. Talvez ele não quisesse permitir que, de algum modo, acabasse sendo rastreado pelos poderes da Mila, ou fosse outra coisa.
    vontheevil
    Elder God
    vontheevil
    Elder God

    Mensagens : 5289
    Reputação : 162
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh35.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por vontheevil Dom Jun 30, 2024 11:31 pm

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 6620ac10


    — A TV está prestes a mostrar a entrevista de Alex Harper no bairro residencial. Por favor, venham comigo.

    Uma voz nos bloqueou no escuro. Não temos como negar o que estava acontecendo.
    Encaro Mi'larhys e seus olhos tão lindos e diferentes com um sorriso no rosto antes de fingir que estou arrependido e envergonhado de algo

    Com agilidade, Mila pula de sua posição no sofá e começa a seguir em direção a sei lá - alguma sala de televisão
    Encaro o gingado dela antes de perceber que estou sendo julgado por Ly'ra

    — Fantasma, por favor, venha comigo em consideração a Mi'larhys-dena
    Novamente o termo para princesa. Ou hierarquia superior, será que essa androide trataria assim qualquer Lynnish?
    Ainda antes de levantar do sofá eu tento me ajeitar dentro da calça sem parecer tão evidente. Frustrado e com raiva de ser interrompido eu somente aguardo o interrogatório ainda sentado. Apenas puxo uma almofada para cobrir meu.... colo

    Ela me pede para segui-la, alguns passos atrás dela me aproveito para "me organizar" e poder andar normalmente.
    Na sala de diretoria eu me sinto mais tenso e preocupado, o ambiente formal me deixa desconfortável

    — Senhor Fantasma, gostaria de falar com você sobre algo importante. No passado, minha predecessora Ty'la e um membro da equipe chamado Clint tiveram um relacionamento similar. Ty'la estava na Terra apenas de passagem e precisou retornar após dois anos. O senhor deve entender que Mi'larhys-dena, embora esteja aqui agora, tem um destino que pode não permitir que ela fique permanentemente.


    — Eu conheço pouco da história de Mila, confesso isso. Estes dois anos que ela vai ficar na terra começaram quando?
    (fico feliz quando - ou se a androide me responde que ela recém chegou a terra, faço as contas 730 dias, pouco demais... fecho os punhos com força)
    — E qual destino é esse? nosso destino é estar junto, não somente em nome disso que você provavelmente só reparou nas manifestações externas. Mi'larhys me descobriu um herói Ly'ra-dana (quero reparar como a androide reage quando eu uso o tratamento formal com ela). O destino de Mila é destruir a Tríade, acabar com os experimentos que estão transformando um poder que emana dela e do sangue Lynnish em armas como o Matt, trazendo sofrimento para nós Miwanish
    (novamente, como na minha interação com Sentinel a raiva me deixa mais eloquente, coisa que o John Pablo não teria coragem de fazer, mas essa androide mesma me chamou de Fantasma)

    — Embora eu tenha sido construída na Terra nos anos 30, herdo todos os protocolos e sangue lynish. Não sou um simples robô; sou uma androide encarregada de proteger esta instalação e, mais importante, os sentimentos de minhas compatriotas, especialmente de Mi'larhys-dena. Peço que tenha cuidado com os sentimentos dela. Não a magoe ou faça-a sofrer. Seu bem-estar é uma prioridade para mim.
    — Eu já a fiz sofrer, e vou acabar fazendo isso novamente Ly'ra! Sou apenas um Miwanish, um garoto novo e sem poderes, sem conhecimento do mundo, enquanto Mi'la conheceu mais de um planeta eu saí raramente de meu bairro, nunca conheci além das fronteiras de Nova Aeternia. Estou vivendo uma vida nova e fazendo o melhor que eu posso. Mi'la é melhor que eu em tudo. Mas mesmo ela já me fez sofrer. Mas todo sofrimento do mundo valeria a pena se eu puder comungar meus pensamentos com Mi'larhys-dena ou comer churros com ela. Fui um menino tímido e me transformei num herói ou melhor estou me transformando em um herói por causa dela. Acha que eu não merecia estar aqui? Quer me punir pelo que você viu? Fique a vontade, eu aceito. Eu não me envergonho de nada.

    Após a resposta de Lyra eu viro as costas e saio procurando Mi'la ou o som da TV e da entrevista de Hyperboy


    ___________________________
    Vou aceitar a influência da Androide
    Perigoso -1
    Aberração -1
    Salvador +2 +1 (+3)
    Superior 0 -1 (-1)
    Mundano +3 (aqui usei o +1)

    Vou aproveitar e jogar meu movimento

    • Quando compartilhar uma vulnerabilidade ou fraqueza com alguém, pergunte à personagem se ela acha que você deveria mesmo estar aqui. Se a resposta for afirmativa, marque potencial, e a personagem recebe Influência sobre você. Se for negativa, marque Irritado e mova um Rótulo para cima e um Rótulo para baixo, à escolha.


    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3214
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por thendara_selune Seg Jul 01, 2024 3:39 pm



    Novaria

    Participantes | Fecha | Lugar



    Eu devo ter cochilado por um tempo. Acordei de súbito com um formigamento que percorria meu corpo. Minhas mãos tremiam levemente, e meu hálito parecia tão quente quando abri a boca. Então, me sentei na cama com esforço, sentindo o formigamento diminuir. Havia uma luminosidade fraca em meu corpo que fluía do vermelho, laranja, azul, branco e depois ficava furta-cor. Arqueei a sobrancelha sem entender nada e olhei para minhas mãos trêmulas, confusa. "O que é que tá acontecendo comigo agora?" perguntei mentalmente, esperando uma resposta que não veio e talvez nunca chegasse. Levantei-me sentindo-me estranhamente revigorada; aos poucos o mal-estar se foi, assim como aquela luz ao redor do meu corpo, dando lugar a uma pele brilhante. "Porra, virei o quê? Uma Winx?" Percebi um espelho e, quando fui até ele, algo em mim tinha mudado. Aquela marca ainda estava lá, brilhando intensamente, mas tinha uma forma diferente parecendo uma espécie de símbolo que lembrava a runa do sol. Meus dedos a tocaram e ela parecia queimar, mas agora não doía como antes.

    Olhei para a mochila e vi que tinha uma roupa leve lá, aquela que peguei para os garotos. A minha era um body com calça de yoga delicada entre algumas peças íntimas. Vi também o saco que alguém deixou para a Mila e pensei em entregá-lo a ela. Decidi tomar um banho antes. Acho que naquela altura os demais estavam entretidos com seus próprios problemas e questões pessoais. Suspirei pensativa ao sair da casa do HB, preocupada por ter atraído a Tríade para lá. Fiquei pensando nos riscos que todos corríamos. Não éramos uma equipe ainda, faltava algo. Quando acabei de me vestir, notei que o brilho da minha pele continuava. Ela estava pálida demais, mas agora parecia que um tom de azul suave estava cobrindo minha pele, o que acabou me deixando assustada. "Uma Smurfete? Ótimo! Só melhora a porra do meu dia!"

    Na sala de descanso.

    Aquilo era só mais uma merda pra lidar. Deve ser efeito do ritual que fiz, mas, por mais que eu quisesse me trancar ali e nunca mais sair, ainda tinha um desejo maior de vencer a Tríade, derrotar meus pais e provar que não era igual a eles. Saí levando o pacote da Mila e fui andando até escutar um som que parecia uma TV ligada. Quando entrei, era uma sala de descanso. Não olhei para quem estava ali, interessada no que estava vendo, e quando notasse a Mila, diria:

    "Hey, Mila, encontrei isso na porta do seu quarto..."Vesti meu melhor sorriso. Não gostava de ser o foco de preocupação de ninguém e nem queria despertar mais esse sentimento nos outros, mas blindei minha mente contra a venusiana. Não queria que, por agora, ela lesse algo sobre meus sentimentos reais. "Obrigada por ter nos ajudado, nem sei bem que palavras usar, mas valeu mesmo." Minhas linhas de expressão mostravam que era sincera, mas ao mesmo tempo assim que entreguei o pacote me afastei dela em uma postura que podia ser interpretada " Não quero falar sobre o que rolou na casa agora."

    "O HB honrando a popularidade do Legado com a Kima a tiracolo. Meu primo tá com rédeas curtas tempo demais..."

    Dei um sorriso debochado olhando para o casal perfeitinho na tela.

    Ainda vou editar  @Nazamura






    Mellorienna
    Mutante
    Mellorienna
    Mutante

    Mensagens : 667
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Mellorienna Seg Jul 01, 2024 4:06 pm









    ☆A FORASTEIRA☆
    Mi'larhys
    ☆VÊNUS☆
    Mila Rhys




    Eu estava sobre ele, ondulando contra as rochas e me desfazendo na espuma das águas. John Pablo fechava os olhos sob mim, mas continuava me vendo em sua mente — e nua. Eu ri, não muito alto, uma risadinha deliciada. A imagem mental que ele tinha de mim oscilava levemente, transmitindo a insegurança do que era desconhecido. E eu teria tirado a roupa para ele naquele momento se não fosse um incômodo que se abateu na minha mente.

    Minha khapzis silvava. Estávamos sendo observados. Interrompi o beijo e parei de me mover. Eu o sentia pelo laço: Matt. A porta da biblioteca se abriu e saí voando — literalmente — de cima de John Pablo. Mas era Lyra parada ali, enquanto eu flutuava a meio metro do chão, mais para dentro da escuridão, e John Pablo se sentava no sofá, puxando uma almofada para o colo.

    O mar em mim rugia, me deixando úmida até o meio das coxas e anuviando minha khatnis. Por isso, acatei as ordens veladas sem questionar. Só saí voando pelo corredor. Eu estava muito quente e muito confusa. O som da risada rouca de John Pablo ecoava no meu corpo inteiro. A sensação do calor dele pressionado contra mim permanecia: como um fantasma. Mordi o lábio para não rir.

    Não queria ser separada dele. Mas a entrevista de Alex na televisão começou comigo sozinha na sala. Era a vizinhança do esconderijo Harper. Havia Bombeiros no local. Mas eu não conseguia me concentrar direito.

    — Computador. Localizar pessoal na base.

    Após o bipe característico, a voz sobrepôs a de Alex Harper e da repórter na tv:

    — Fantasma. Sala da Diretora. Hana Choi. Corredor 04. Lady Lyra. Sala da Diretora. Matthew Calaghan. Biodomo.

    — Nós temos um biodomo?

    — Positivo.

    — Lynnifeito?

    — Negativo. Predominância de espécies endêmicas da Terra, com exemplares lynnish e tharakaani.

    Tharakaani! Assim como os mi'wanish se chamavam de terráqueos ou humanos, tharakaani era a forma como os ke'tanish se referiam a si mesmos. O que indicava que, em algum momento, "marcianos" estiveram na Base Providência.

    Hana chegou à sala. Meus olhos estavam sobre Alex, que continuava falando na televisão. Eu tive a impressão de o ouvir dizer que havia salvado umas pessoas de um laboratório. Mas eu devia estar errada: ele certamente não me salvou naquele dia e não merecia crédito por um feito que era de Jack e de John Pablo. Tentei focar. Pareceu que ele estava dizendo em rede nacional que a Hyperfamília era maravilhosa em cuidar de tudo e ele era um grande salvador que resolveria todos os problemas.

    Eu realmente tinha que estar entendendo errado. Sob a guarda da Hyperfamília e os olhos do Alex, Hana quase foi tirada de nós. E ele estava posando de herói para as câmeras? E o que a Kima estava fazendo ali, apagada, sem dar uma palavra sequer durante a entrevista?

    Hana Choi escreveu:"Hey, Mila, encontrei isso na porta do seu quarto... Obrigada por ter nos ajudado, nem sei bem que palavras usar, mas valeu mesmo. (...) O HB honrando a popularidade do Legado com a Kima a tiracolo. Meu primo tá com rédeas curtas tempo demais..."

    Hana estava diferente. Havia energia cósmica vindo dela, envolvendo-a permanentemente como um véu translúcido. Aquilo era... atípico. Eu peguei a sacola, mas meus olhos ficaram nela. A marca no ombro não estava vermelha mais. Parece que a Tríade tinha tentado fazer algo ruim com ela, mas acabou despertando forças que não previam.

    "Mi'wanish traupt." — eu já tinha usado aquelas palavras antes para me referir a Alex, mas ele estava voltando a merecê-las. E duas vezes num mesmo dia.

    Respirei fundo, sabendo que seria desconfortável vocalizar na frente de Hana. Mas, eu precisava acessar o computador e o sistema não era adaptado para telepatia.

    — Computador. Câmeras da sala da diretora.

    — Impossível realizar o comando. Ausência de câmeras no perímetro interno da Base Providência.

    Aquilo me empacientou. Eu tive que falar em voz alta e foi por nada? Estava ficando roxa de um misto de raiva e vergonha. Mas não ia desistir.

    — Áudio.

    — Acesso negado.

    É, eu estava bastante brava naquele momento. Se Hana olhasse para mim, veria meus olhos duros como vidro.

    — Sobrescrever permissão. Autorização: Mi'larhys-dena.

    O computador emitiu três bipes e então o áudio chegou até nós: uma porta se abrindo e silêncio. E eu senti John Pablo vindo em nossa direção pelo corredor. Tinha sido tudo em vão. Só me restava acreditar que Hana não me faria perguntas difíceis na frente do Farol.

    — Encerrar áudio. Localizar Jack Dawson e Sentinel.

    — Indivíduos não localizados na Base Providência. Deseja expandir a busca por Nova Aeternia?

    John Pablo nos encontrou, com Alex terminando de falar na televisão, a sacola nas minhas mãos e Hana cintilando sutilmente em energia cósmica. E só então eu percebi que escapavam raios dessa mesma energia pelos meus punhos fechados de raiva: mas, no meu caso, eram dourados iridescentes.

    — Não. Preparar hangar para cruzador B'rel.

    — Cruzador tecnorgânico da família imperial. Classe: Ave de Rapina. Autorizado para hangar 01.

    Eu senti minhas bochechas arderem e pensei em quebrar aquele computador idiota! Tinha acabado de dizer "família imperial" na frente do John Pablo e da Hana. Voei até ele e dei um beijo no rosto do garoto, como se aquilo não tivesse acontecido. Não sabia se poderia beijá-lo na boca na frente das outras pessoas. Ainda me lembrava bem do tipo de energia que ele emanou quando Hana o provocou no café-da-manhã.

    "Vou buscar a B'rel. Trago comida na volta. Hana, você pode vir comigo? Para me ajudar? John Pablo, o Matt está no biodomo dentro da base. Você pode ver se ele está bem? E tem como mandar uma mensagem para o Jack, no celular? Ele não está na base. Sentinel também não. Alguém tem o contato dele?"

    Nem pousei. A intenção era sair voando, com Hana (que podia voar por telecinese), se ela aceitasse me acompanhar.  




    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Ewc81wm
    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3214
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por thendara_selune Seg Jul 01, 2024 4:37 pm

    Hana.Ah, don't be afraid of the chaos.


    Falas
    Pensamentos/FalasNPCS




    — Cruzador tecnorgânico da família imperial. Classe: Ave de Rapina. Autorizado para hangar 01.

    @Mellorienna
    Eu ouvia a base respondendo a Mila, mas mantive a descrição e continuei olhando a TV até que ela falou comigo de novo e assenti positivamente com a cabeça. "O Alex pode parecer durão e que está no controle de tudo, mas sei que não está e talvez nenhum de nós jamais esteja." Falei olhando para Mila, não fazia ideia do que ela tinha dito, então meus olhos brilharam em amarelo e se aquietaram logo depois. "Às vezes, lidar com a gente aqui da Terra vai tirar você dos eixos..." Falei com um timbre ameno. "Mas vamos atrás do Jack, não se preocupe com o Sentinel, ao que parece ele não é adepto de grandes grupos." Não havia nenhuma alteração em minha voz quando falei isso. Ele não quis entrar, talvez tivesse seus motivos; preferia pensar assim. Se ele estivesse escondendo algo ou fosse alguém infiltrado, seria complicado ter que arrebentar com ele para saber a verdade, mas, na minha balança, por agora, aquela equipe fragmentada era mais importante. Torcia para que ele só não quisesse baixar a guarda na frente de todo mundo e fosse apenas isso.

    Aqueles últimos dias estavam sendo caóticos, e pela primeira vez achei que um pouco de equilíbrio seria o melhor para todos. Pensei em Kima, o pai alucinado dela; ela se prendia a HB como uma tábua de salvação, mas havia tanto poder dentro dela que talvez, no fim, quem fosse salvo ali fosse o Alex. Matt se adaptou bem a tudo e, bem, olhando JP e Mila, acho que as linhas do destino tinham planos intensos e divertidos para os dois.






    Novo visual Hana:


    Informações sobre a Hana:



    vontheevil
    Elder God
    vontheevil
    Elder God

    Mensagens : 5289
    Reputação : 162
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh25.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh35.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por vontheevil Seg Jul 01, 2024 5:11 pm

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 6620ac10



    Chego na sala de televisão e encontro Mila conversando com Hana. Hana está diferente de alguma maneira, aparenta estar bem, mas preciso me certificar.

    — Hana, você está bem? está.... diferente.


    Mila está encarando o teto e conversando com a base
    — Não. Preparar hangar para cruzador B'rel.
    — Cruzador tecnorgânico da família imperial. Classe: Ave de Rapina. Autorizado para hangar 01.

    "cruzador da família imperial, dena.... caralho, é isso mesmo, JP você ta fodido, ela veio passar as férias aqui e você é a diversão da próxima rainha de Venus, ela ja disse que a espécie dela não se... reproduz de maneira normal, ela ta só ficando com você e vai te largar em breve"

    Mi'la percebe finalmente que estou ali e vem voando me dar um beijo estranho e comportado no meu rosto, não sei como reagir.

    "Vou buscar a B'rel. Trago comida na volta. Hana, você pode vir comigo? Para me ajudar? John Pablo, o Matt está no biodomo dentro da base. Você pode ver se ele está bem? E tem como mandar uma mensagem para o Jack, no celular? Ele não está na base. Sentinel também não. Alguém tem o contato dele?"
    Hana responde
    "Mas vamos atrás do Jack, não se preocupe com o Sentinel, ao que parece ele não é adepto de grandes grupos."
    "sim, principalmente se o grande grupo é composto de heróis" eu penso, mas me mantenho em silêncio esperando uma reação de Mila
    — Posso mandar uma mensagem para ele. falo baixinho mais para mim mesmo

    Ela sai. Não sei o que a rainha Mi'larhys pensa de mim, talvez tenha vergonha de estar "pegando" um latinozinho filho de mãe solteira, zé ninguém baixinho e desajeitado.
    Me largo no sofá olhando para a televisão e pego o celular do bolso. Um filme de terror dos anos 80 vai começar, do cara que mistura o gene dele com uma mosca, cheio de efeito especial merda. Não quero assistir isso. Mandar mensagem pra Jack? quem sabe, não porque a rainha ordenou, mas para pelo menos me tirar as preocupações da cabeça

    Mensagem para Jack:
    Mano, preciso falar com você, to na base da Mila e to puto. Acho que descobri coisa dela. Chega aqui! To indo explorar esse lugar e ver se tem algo massa.
    Mellorienna
    Mutante
    Mellorienna
    Mutante

    Mensagens : 667
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Mellorienna Seg Jul 01, 2024 7:57 pm









    ☆A FORASTEIRA☆
    Mi'larhys
    ☆VÊNUS☆
    Mila Rhys




    John Pablo mudou comigo perto da Hana.

    Eu senti a agitação nele quando beijei seu rosto, senti que algo estava errado. Voei para fora da base, tentando afastar os pensamentos. Hana conseguia me acompanhar com facilidade e os 5km até o local do pouso passaram rápido à velocidade que imprimimos.

    John Pablo mudou comigo perto da Hana.

    O gosto na minha boca tinha se tornado metálico e sombrio. Entramos na nave, encarapitada entre as árvores, e só ao ver uma sacola abandonada sob um dos assentos lembrei que eu estava carregando uma também. Havia uma espécie de comida dentro daquela, uma coisa frita com recheio dentro. Cheirava maravilhosamente e era polvilhado de uma especiaria que eu ainda não conhecia. Entreguei a sacola para Hana, perguntando se ela sabia o que era.

    Então abri a que ela havia me entregado. Caramelos. De diversas marcas. Um verdadeiro festival da maior delícia culinária já criada naquela galáxia. E um papel levemente enrolado.

    Obrigado - Você me deu coragem para o dia de hoje!

    Minhas mãos tremeram tanto que o papel rangeu entre meus dedos. Era um desenho. Um desenho de mim. Os traços tão delicados, tão sutis. A letra dele, me agradecendo pela coragem.

    Em Pueblo Alto, John Pablo escreveu:"Eu sei o que aconteceu essa tarde."

    "Obrigado por me dar coragem, eu nunca imaginei que alguma menina.... err... rugiria para mim"

    "Eu vi a foto. Do beijo. Com a juba de goren."

    "Ainda bem que ela não me devorou."

    Meus olhos iam se encher de lágrimas. Suprimi os canais lacrimais antes que isso acontecesse. Dobrei o papel e guardei em um dispositivo da nave, sem mostrar para Hana. Pedi que ela me ajudasse a descer a B'rel daquela posição complicada. Durante aqueles primeiros minutos, não falei sobre nada pessoal.

    Apenas quando a nave estava solta e voltamos ao interior dela para conduzi-la à Base Providência, iniciei uma conversa.

    "É difícil falar, às vezes." — minha voz telepática transmitia fragilidade — "Mas se você quiser conversar, eu gostaria de te ouvir. Sabe, Hana, você é a única pessoa em Mi'wan que nunca me magoou, me decepcionou ou me fez chorar. Eu vejo a centelha da Nerestelë em você agora, esse brilho cósmico te envolvendo. Acho que isso nos torna mais próximas ainda. Minha linhagem... é capaz de canalizar a energia cósmica também. Assim.

    Eu deixei a luz dourado-iridescente tomar meus olhos e levitar meu cabelo, dançando em ondas pela minha pele. Então, extingui o brilho, cerrando os punhos, meu cabelo cascateando solto pelos ombros e costas.

    "Você nos contou sobre sua origem complicada. Mas toda sombra vem de uma luz. E agora você pode ver a sua. Todos nós podemos."

    Eu sorri para ela, mas baixei os olhos. Não queria ver Hana como uma rival. Mas no café-da-manhã ela tinha me transmitido imagens sobre atração sexual, sobre desejo. Tinha me ensinado a reconhecer aquilo. E...

    Naquela manhã, via telepatia, Hana escreveu:E então surge Pablo, sua imagem é como a de um gatinho perdido que quero segurar no colo, isso me acalma, me tranquiliza. Ela sente que o respeito, as palavras dele pesam pra mim.

    Ele não é um gatinho perdido. É um goren caçador. E tinha mudado comigo perto da Hana. E me agradecido por ter dado a ele coragem de ir atrás de outra garota. Com uma juba de goren que combinava com a coisa que rugia nele.

    A Base Providência abriu as portas do hangar e a B'rel pousou. Minhas mãos estavam tão geladas! Eu amava o frio e a neve, mas eles me faziam muito mal. Talvez fosse um padrão? Abracei meu próprio corpo, mudando as roupas de batalha, que vestia até agora, para um conjunto de roupas de frio.

    Antes de sairmos da nave, suspirei alto, ajeitando meus protetores de orelhas.

    "Lembra quando você me perguntou, hoje de manhã, se eu estava apaixonada pelo seu primo? Eu te disse logo que não. Você me ensinou que eu só achava os garotos mi'wanish atraentes. Alex, Jack, Aiden: garotos bonitos, com suas qualidades. Mas eu não via o mundo em rosa e vermelho quando pensava neles, como você me transmitiu naquela imagem mental do garoto com quem namorou."

    Eu estava agarrada à barra da minha blusa. Respirei fundo, umas três vezes, e fui soltando os dedos, devagar.

    "Mas agora... Eu... Eu..."

    John Pablo mudou comigo perto da Hana. Mas tinha dito que tudo aquilo foi antes. Tinha prometido que eu seria a única garota na vida dele todos os dias. Tinha me beijado e falado para eu não me preocupar, que tudo ficaria bem. E, sem olhar para Hana, eu confessei:

    "Meus olhos brilham pelo John Pablo. Brilham com a luz fantástica. E eu... queria umas dicas, Hana... sobre... romance e... namoro?"



    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 JyU89BH


     




    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Ewc81wm
    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3214
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por thendara_selune Seg Jul 01, 2024 10:04 pm

    Hana.Ah, don't be afraid of the chaos.


    Falas
    Pensamentos/FalasNPCS






    Na sala de descanso.


    @vontheevil


    b]Chego na sala de televisão e encontro Mila conversando com Hana. Hana está diferente de alguma maneira, aparenta estar bem, mas preciso me certificar.

    — Hana, você está bem? está.... diferente.




    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Oig4_l10



    "Estou bem, sempre fui meio azulada," pisquei para ele. "Glitter é a última moda, mas e você, está bem?" Perguntei, tirando de mim o foco de qualquer preocupação.




    Com  @Mellorienna




    — Cruzador tecnorgânico da família imperial. Classe: Ave de Rapina. Autorizado para hangar 01.

    Senti a emotividade de Mila, mas me contive, esperando que ela se abrisse se quisesse. "Na maior parte do tempo, palavras estragam tudo," pensei, enquanto meus olhos vermelhos brilhavam com fios alaranjados e dourados. "Centelha da Nerestelë?" Arqueei minhas sobrancelhas delicadas e deixei meus lábios se curvarem em um sorriso suave. "Há muita coisa acontecendo, não é?" Vi a luz dourada incandescente tomar seus olhos, e seus fios de cabelo dançaram delicadamente, tocando sua pele. Em um gesto, o encanto se desfez, mas não o suficiente para me deixar menos impressionada.


    "Você nos contou sobre sua origem complicada. Mas toda sombra vem de uma luz. E agora você pode ver a sua. Todos nós podemos."


    "Obrigada, Mila... eu só quero que as coisas deem certo e que todos fiquem bem..." Dessa vez, verbalizei meus sentimentos.



    "Lembra quando você me perguntou, hoje de manhã, se eu estava apaixonada pelo seu primo? Eu te disse logo que não. Você me ensinou que eu só achava os garotos mi'wanish atraentes. Alex, Jack, Aiden: garotos bonitos, com suas qualidades. Mas eu não via o mundo em rosa e vermelho quando pensava neles, como você me transmitiu naquela imagem mental do garoto com quem namorou."



    "Sim, lembro," observei enquanto ela mudava de roupa. Hesitei em fazer o mesmo com minha malha de yoga. Olhei ao redor, e a energia que fluía em mim me aquecia. Não sabia por quanto tempo, mas o vento ou o frio não me deixaram desconfortável. "Então é isso," meus lábios se curvaram em um sorriso mais amistoso. "Ah, então você se apaixonou por um mi'wanish?" A pronúncia saiu um tanto estranha, mas não me impediu de me aproximar mais dela e segurar suas mãos nas minhas. "Você é muito fofa, Mila, definitivamente muito doce também, talvez bem mais do que os caramelos que tanto gosta..." Ajeitei uma mecha de cabelo atrás de sua orelha. Sendo mais alta que Mila, me inclinei um pouco. "Mas agora você quer saber como agir certo com o JP," repeti o "mas" com um tom travesso que talvez ela não entendesse.  


    Aquele era o problema? Quem dera que os problemas do mundo fossem apenas garotos e garotas sem saber lidar com seus corações e hormônios. Não pude deixar de notar o quanto ela é bonita. Comecei a teorizar então por que Jack saiu tão apressado atrás de Mila; ele nem se importou com nada do que eu disse. Será que ele tem uma queda por ela? A fitei com interesse e curiosidade, mas então complementei com doçura: "Quer que ele saiba tudo o que você sente, e agora mesmo é como se o ar faltasse e seu coração parecesse que vai sair pela boca..." A olhei com carinho e sussurrei perto do seu ouvido como se fosse o maior dos segredos: "Você só precisa ser você mesma, é minha primeira dica..." Dei uma risadinha, sentindo o vento frio mexer em nossos cabelos e me afastei dela olhando a paisagem. "Se você quer viver a vida como nós aqui na Terra, vai acabar se deixando levar pelos sabores que só os mi'wanish têm. Eles são bobos, às vezes nem sabem o que querem realmente, pensam com..." pausei, ainda olhando para ela, "pensam com os hormônios. Tudo neles vibra rápido, com o estímulo certo eles esquecem até que precisam respirar... Mas você é tão fofa, está querendo saber sobre beijos, sobre como deixar o JP animado?" Minha risadinha foi tão travessa. "Garanto que você já tira ele de órbita, Mila, só ficando perto dele. Vocês dois formam um casal bonito, assim como o HB e a Kima." Já tinha ficado com garotos e garotas desde que fugi, não era contida em nada, mas a Mila me mostrou um mundo onde o carnal e o sexual pareciam inexistentes. "Você sabe como funciona o sexo aqui na Terra?"


    Novo visual Hana:


    Informações sobre a Hana:



    Nazamura
    Mutante
    Nazamura
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 99
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Nazamura Seg Jul 01, 2024 10:28 pm

    Ly'ra, a Androide Venusiana, observou atentamente enquanto Jhon Pablo (@vontheevil) falava. Sua expressão permaneceu séria, mas havia uma compreensão profunda em seus olhos.

    — Mi'larhys-dena chegou à Terra recentemente. O período de dois anos começou agora, e a Terra é um estágio temporário em sua jornada. Por gentileza, atenha-se à etiqueta quando se dirigir a Dena, pois pode ser considerado alta traição contra o império. — Ela mirava nos olhos de Jhon Pablo com intensidade, sua voz firme e inabalável diante da explosão de raiva e insegurança dele. — Seu compromisso com Mi'larhys-dena é admirável, Fantasma. Confio que você fará o seu melhor para protegê-la e respeitar seus sentimentos. Apenas não se esqueça de que sua jornada pode levá-la para longe, e você precisa estar preparado para isso.

    A sala da diretoria era um espaço sofisticado, com paredes metálicas suavizadas por detalhes em bioluminescência verde, que iluminavam suavemente o ambiente. (Matt (@mun) estava observando) Plantas alienígenas de Lynn adornavam os cantos, criando um contraste harmonioso entre a tecnologia avançada e a natureza venusiana. Na parede oposta à entrada, um painel de controle mostrava diversos dados em uma linguagem lynish, intercalando um descanso de tela e um simbolo da base. Uma mesa central, feita de um material translúcido que parecia cristal, ocupava o centro da sala, cercada por cadeiras ergonômicas.

    Atrás deles, a porta da diretoria se abriu silenciosamente.

    — Você está no lugar certo, ao lado de Mi'larhys-dena, como seu guardião e protetor. Lembre-se sempre disso, Pablo Kayden! — Ly'ra completou entregando um crachá com a cor vermelha e com um gesto solene, fechando o punho direito próximo ao coração, em um sinal de respeito e honra - uma saudação militar caracteristica.

    Depois que Jhon Pablo saiu, Ly'ra olhou para o ponto onde Matt estava observando e a trasmissão se fechou, como se ela intencionalmente quisesse que ele observasse só até ali.
    Nazamura
    Mutante
    Nazamura
    Mutante

    Mensagens : 664
    Reputação : 99
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Nazamura Seg Jul 01, 2024 10:47 pm

    Mi'larhys (@Mellorienna) e Hana Choi (@thendara_selune) saíram da base Providência para recuperar a nave B'Rel, que havia pousado forçadamente e estava danificada. O ar da noite era gelado, com uma brisa que cortava a pele exposta, e a única fonte de luz vinha do manto estrelado acima. Sem as luzes da cidade, as estrelas brilhavam intensamente, e a poeira cósmica criava uma refração deslumbrante no céu, pintando-o com cores etéreas.

    No caminho, elas notaram pegadas que pareciam ser de Jack (@Dante) e Sentinel. As pegadas seguiram por um trecho antes de desaparecerem abruptamente. Próximas ao ponto onde as pegadas sumiam, havia marcas de fissuras de gancho na rocha, indicando que um movimento rápido e vertical havia ocorrido. As fissuras eram profundas, mostrando que algum tipo de corda gancho foi usada para um deslocamento rápido, mas após essa evidência, o rastro desaparecia completamente.

    Chegando à nave B'Rel, a visão era preocupante. A nave estava em condições críticas, com várias partes danificadas e sinais evidentes da aterrissagem e estando presa entre as arvores. Como se fosse um organismo vivo, a B'Rel estava mal conseguindo se manter operacional.

    Ao pousar, a nave B'Rel no espaço destinado a ela na base, esta emitia sons de esforço, quase como se estivesse respirando pesadamente. Assim que se estabilizou, uma voz suave e mecânica ecoou pelo interior da nave:

    — Mi'larhys-dena, solicito permissão para me desligar e entrar em hypersono regenerador.




    Querido Sombra (@Dante),

    Da última vez que nos vimos, você saiu com Sentinel para fora da base Providência para um rolé nas montanhas. Na verdade, Sentinel conseguiu convencer você a ir com ele para uma missão de reconhecimento de um comboio da Tríade para infiltração e coleta de informações.

    Boa sorte, amigo. Você vai precisar.

    Forte abraço,

    Seu MJ

    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Sombra1
    Conteúdo patrocinado


    Capitulo 1: Em busca de uma nova base - Página 2 Empty Re: Capitulo 1: Em busca de uma nova base

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jul 22, 2024 8:00 pm