Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Compartilhe
Lyvio
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 7346
Reputação : 16
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Lyvio em Sex Maio 19, 2017 4:42 pm

Ennibel fica feliz ao ver Emily e acena para a maga então ouve atentamente todo o resumo dos homens.

-Você falou situação, imagino que uma horda de homens infectados e mortos vivos esteja confinada dentro do forte? Se este é o caso qual o plano de vocês para conter a horda? teríamos que matar todos, mas uma mordida e o soldado atingido se tornaria um infectado e caso seja morto um Morto-Vivo.

A horda deve ser alvejada de longe com flechas, virotes e magia, mas dependendo do tamanho um ou dois conjuradores não poderiam dar conta, temos limites.

Quanto ao paciente zero, diga-me, ele age como se estivesse sob essa raiva o qual falam ou parece ser uma pessoa comum? Caso seja a segunda opção...ele pode ser até um desses seus homens não?


Ennibel observava os homens atentamente encarando-os de modo como se estivesse lendo suas memórias.

A morta-viva vira-se para Emily:

-Emily, depois quero falar em particular com você...

Ennibel iria revelar tudo o que aconteceu na mansão e sua situação agora como se fosse considerada inimiga por eles. Mas antes precisava traçar uma estratégia de ação.
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2413
Reputação : 13
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sex Maio 19, 2017 5:05 pm

EMILY, ENNIBEL.

Ennibel escreveu:-Você falou situação, imagino que uma horda de homens infectados e mortos vivos esteja confinada dentro do forte? Se este é o caso qual o plano de vocês para conter a horda? teríamos que matar todos, mas uma mordida e o soldado atingido se tornaria um infectado e caso seja morto um Morto-Vivo.

- Já te expliquei: trancamos tudo. Ninguém entra ou sai, pelo menos pelos meios convencionais, como vossa amiga e tu já o provaste., respondeu o sir.

- A horda deve ser alvejada de longe com flechas, virotes e magia, mas dependendo do tamanho um ou dois conjuradores não poderiam dar conta, temos limites.


- O meio mais eficaz para eliminar-los tem sido o fogo, mas também resultou no incêndio de parte do forte.,

Quanto ao paciente zero, diga-me, ele age como se estivesse sob essa raiva o qual falam ou parece ser uma pessoa comum? Caso seja a segunda opção...ele pode ser até um desses seus homens não?

- Como eu já te disse, o paciente zero é o mensageiro que chegou outro dia, trazendo as notícias do avanço da horda de Abigail.
Ele não está entre nós, mas também não deixou o forte, visto que o mal não se alastrou por Un-Dun.
, explica o sir.

A morta-viva vira-se para Emily dizendo-lhe:

-Emily, depois quero falar em particular com você...

A morta-viva disfarçada procura combinar com a maga, não só para que esta tivesse uma chance de concluir que era a própria Ennibel ali, mas que deixassem para trocar informações em particular.
Srta. Moon
Sacerdote de Cthulhu
avatar
Sacerdote de Cthulhu

Mensagens : 2743
Reputação : 3

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Srta. Moon em Sex Maio 19, 2017 9:03 pm

Emily comia normalmente, procurava a Doravice pelo lugar em que se meteu e estava escondida, parte da explicação do velho foi um tédio, bancar o velho responsável e controlador era algo que não cabia bem naquela imagem onde estavam todos escondidos.

escutou um pouco da conversa da mulher e logo que foi chamada estreitou os olhos para ver se reconhecia a mulher, comia mais um pouco limpava as mãos, e por um instante sentiu a necessidade de conferir algo. Lembrou -se de algo que cantava quando era nova e as vezes ainda cantava, mas escondida no banho, provavelmente aquela pessoa saberia se falou coisas que uma conhecida queria fazer ao velho momentos antes, mas o nome e aparência. sim, a aparência poderia ser o chapéu, mas o nome?

Não deu outra seguiu para perto da mulher a encarando e murmurando começou a cantar só para ela ouvir.

-Hakuna Matata. É lindo dizer!
-Hakuna Matata, sim vai entenderrrr!



Colocando as mãos na cintura a encarando esperou completar a musica para sair com ela e ter sua conversa particular.


OFF: Se ela completar a musica, vou segui-la e relatar cada coisa que fiz e não fiz lá na floresta até o presente momento que me encontro escondida.
Lyvio
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 7346
Reputação : 16
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Lyvio em Sab Maio 20, 2017 7:52 am

Ennibel ouve Emily cantar uma música que ela sabia do que se tratava, e queria que a morta-viva completasse, Ennibel indaga a moça:

-Vou ter que completar isso!? Ennibel fica visivelmente constrangida, ela nem consegue olhar para a garota mas canta o resto da música...

-Os seus problemas você deve esquecer, isso é viver
É aprender hakuna matata


-Agora tem certeza não é?... Veja bem vamos para um lugar mais reservado.(...)

Ennibel se afasta dos guardas o suficiente e ainda assim conta as coisas para Emily sussurrando em seu ouvido, tudo que aconteceu até a chegada dela...

(...)por fim, sem paciência adentrei a casa, mas fui burra e avisei  eles anteriormente, então passaram a me perseguir como se eu fosse inimiga. cheguei até o local e tudo estava quase que congelado o filho de Taturana estava deitado e apenas uma das clérigas estava viva, com alguns seres conjurados por ela, ela tinha ferimentos a outra estava caída(...). acabou que o orc mais robusto deles atravessou a parede tomado por uma fúria e começou a atacar a sacerdotisa, então toquei em seu corpo drenei sua força e ele caiu morto  e mesmo salvando a todos alí eles ainda me consideraram inimiga...

Aquele grupo de orcs mercenários devem estar manipulando eles, infelizmente e agora virei perseguida e sou considerada uma ameaça, eles pretendem vir aqui me denunciarem e iniciar uma caçada para destruir "A assassina sob o comando de Abigail". O chefe deles em parece estar negociando com Abigail.


Ennibel suspira e continua:

-E quanto a você? Me desculpe não ter comparecido a reunião.
Srta. Moon
Sacerdote de Cthulhu
avatar
Sacerdote de Cthulhu

Mensagens : 2743
Reputação : 3

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Srta. Moon em Sab Maio 20, 2017 1:53 pm

Emily estava ali parada esperando, não entendia o constrangimento da Ennibel, mas ao ouvir que ela completou a musica teve certeza de quem estava a sua frente. Com um sorriso aproximava-se da Ennibel e a abraçava mostrando o quanto estava contente em ve-la, era bizarro, mas era isso.


-Você ainda canta muito bem, Desculpa Senhora eu estava um pouco confusa de quem era você...Foi um dia bastante estressante hoje...


Não dava muita importância para os soldados. contente estava, por ter uma conhecida por perto, assim que a soltou, sorrindo a seguiu para um lugar mais afastado dos demais. Emily escutava tudo atenta, no entanto apos Ennibel terminar ela segurava seu braço vendo se não tinha algum machucado. Pernas e cintura numa visível preocupação genuína.


-Você esta bem? Não esta machucada mesmo? Perguntava aquilo com visível preocupação, resposta dada ou não a sua pergunta. Emily andou de um lado para outro encarou sua amiga e por fim começou a falar tudo que havia acontecido com ela, relatou que não havia aparecido na reunião por causa do atraso na floresta e na mesma os seus acontecimentos desde sombras, mostrou os ovos que estava com ela da criatura que tentou salvar e principalmente não contou sobre ter ficado nua na frente de estranhos, isso Ennibel não precisaria saber, não encontrou o Druida e a cada novo detalhe era seguido por gestos e movimentos com as mãos desenhando no ar cada coisa, eufórica estava contava tudo falou dos infectados e como não conseguiu destruir a Horda e como deveriam mata-los por fogo ou quem sabe cortando a cabeça fora, era bem cruel falar isso, mas era a verdade, pois normalmente pelas armas deveriam mata-los duas vezes, já que retornavam como zumbis, voltou a falar sobre as sombras da floreste se Ennibel teria alguma ligação com aquelas criaturas.


Assim que recuperou seu folego, pois falou sem parar mostrava-se preocupada com Ennibel.


- Você tem que tomar mais cuidado com seu toque. Olha só, sem querer matou o Orc, isso de drenar força não é bom, uma sombra fez isso comigo e é bem estranha a sensação. Quanto a persegui-la, vamos manter seu disfarce para sua proteção, não quero que o líder dos mercenários venha causando o caos aqui te acusando e culpando por algo que você não fez ou te chamando de seguidora do Abigail. Temos problemas maiores que por sorte podem dar fim aos mercenários que te perseguem, no mais não vou deixar ninguém te machucar...


Sem cerimonia abraçava novamente Ennibel era acostumada a abraçar e demostrar seu afeto além do respeito e confiança que tinha por ela, no final sorria ao solta-la.

-Venha temos que ver como parar a Horda e quero te apresentar a minha amiga Doravice, estou treinando ela para ser alguém na vida, mas a rapariga quer ser só uma simples dona de casa...Acredita ser uma simples dona de casa!

Assim Emily voltava ao movimentado salão onde estava os soldados chamava por Doravice cutucava e perguntava para cada infeliz soldado onde estava Doravice ou se ela tinha encontrado o namorado dela, o mesmo perguntou onde estava o namorado da Doravice para os soldados explicando quem o mesmo era.


OFf: Oba ! Agora vou brincar com a Tia Ennibel?
Lyvio
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 7346
Reputação : 16
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Lyvio em Sab Maio 20, 2017 2:43 pm

Ennibel ouve tudo tanto as tentativas da moça para parar a horda, e recebe com surpresa quando descobre que ela e um druida destruíram suas sombras, "que desperdício" pensava ela mais uma vez; Então revela a moça que as sombras eram dela:

-Você sabe que tenho que manter sombras para minha proteção e preciso em alimentar dos vivos para manter meus poderes. As sombras que vocês destruíram eram minhas filhas sim...Por isso que quando as convoquei para em ajudar na mansão elas não vieram e minha conexão com elas foi cortada. Não devia se meter com essas criaturas veja o que aconteceu? Você e esse druida deram sorte e muita...

Ela retribui o abraço da moça, mesmo sendo maligna Ennibel tinha simpatia por Emily, era sua amiga e se manteve fiel mesmo ela se tornando o que é, era a única que podia confiar.

-Emily eu estive pensando...você conseguiria me ressuscitar? Eu...essa vida de sombra me atrapalha mais do que ajuda sabe...Depois de tudo isso vamos comigo buscar minha ressurreição?

Ennibel já estava sentindo falta de sua vida, estava confusa com todo o acontecido. Queria voltar a viver.

-Eu também tenho uma ideia que tenho certeza que você não concordará...mas, se tudo que tentarmos não der certo...sugiro uma medida drástica...transformar soldados em sombras, para que elas mantem a horda e também as transforme em em sombras, porém elas estarão sob o controle das sombras que eu controlo, logo, estarão sob meu controle indiretamente. Um corpo sem força que torna-se sombra não acredito que retorne como zumbi.

O que me diz?

Ennibel conhecia Emily e se ela com suas poderosas magias não deteve a horda, Ennibel não poderia fazer muito, já que suas magias não tem a potência da garota exatamente porque ela agora era uma sombra e perdeu grande parte de sua habilidades.

Logo em seguida ela segue com Emily atrás da nova amiga dela.
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2413
Reputação : 13
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sab Maio 20, 2017 5:49 pm

EMILY, ENNIBEL

As companheiras trocam informes e ideias e logo depois seguem para encontrar a doméstica que a maga trouxe para aquele antro de morte, achando que poderia fazê-la uma aventureira como ela.

Não demora nada elas a encontra. A mulher estava com um aspecto fustigado e fragil, visivelmente abalada pelos horrores e perigos aos quais foi exposta. Os soldados ao seu redor pareciam conhecê-la, havendo menções de que o tenente que a trouxe para a pensão de que a maga a tirou.

Nisso, quando as mulheres se aproximam, qualquer menção de que o tenente fosse namorado da moça ela retruca com um muxoxo baixo de que "Já disse que ele não é meu namorado,. Ele só se preocupa comigo e... é gentil".
Srta. Moon
Sacerdote de Cthulhu
avatar
Sacerdote de Cthulhu

Mensagens : 2743
Reputação : 3

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Srta. Moon em Sab Maio 20, 2017 8:03 pm

Emily recebia a noticia com insatisfação, confirmando sua suspeita, mas querendo ou não Ennibel tinha razão, na sua condição atual dependia muito da parte bizarra de sugar a vida das criaturas. Lembrou-se do passarinho na janta na casa do Tauro. Surpresa ficou depois do abraço no que Ennibel falou, pelo visto tinha mudado sua maneira de pensar, queria voltar a vida e como havia prometido ajuda-la nisso voltou a sorrir para sua amiga.


-Eu vou te ajudar.Já tinha te prometido isso e agora fico realmente feliz em ouvir isso de você... Eu não conseguiria te trazer de volta, minha magia tem limites. Mesmo assim estou buscando uma forma de te ressuscitar assim como conseguir meus braços de volta e acredite são duas coisas que morrerei tentando fazer se preciso for...E outra coisa, você nunca esteve sozinha, estou aqui com você, não estou? Lembre-se sempre que estou do teu lado..


Emily sorria, além disso mostrava a confiança para sua amiga e certeza de algo no qual conseguiria concretizar, no entanto lembrou-se de algo importante que achou melhor dividir com a Ennibel, explicou que quando destruía as sombras elas voltavam a ser espíritos, provavelmente ainda tinha um meio de ajudar Ennibel, pedia sempre para ela manter o controle de suas ações, evitar matar sem necessidade, mas poderia tirar a vida de bandidos.Trocava de assunto, tinha em mente usar os selos também, quem sabe o poder de uma deusa roubado de três selos não poderia dar energia para realizar um ritual de reencarnação ou ressurreição. Afastando seus pensamentos sobre aquele assunto obscuro, respondia com calma Ennibel.


-Senhora, sabe que não concordo,pelo simples fato de colocar pessoas inocentes em perigo, temo que você perca o controle das sombras. não o controle normal que possui, digo e se elas se alimentarem demais ou tiverem fome demais a ponto de ficarem loucas e sair atacando a todos, querendo subjugar seu comando? Tive que gastar muita magia na floresta entrei no forte já limitada em meu poder, no momento estou com poucas magias uma delas é teleporte para caso venha acontecer algo que me force a usar para nós tira do forte em segurança...


-Podemos usar os soldados atacando a distancia e jogando algum liquido inflamável na Horda enquanto eu e você atacamos eles como iscas, lá você pode transformar quem não virou zumbi em sombra, vai ser difícil, mas ficarei tranquila sabendo que os soldados estão seguros e a salvo...Já queimei boa parte deles basta ter um apoio a distancia para causar mais dano e na frente da horda a sua primeira sombra é a praga que vai derruba-los, mas meu receio é que se eles voltam como zumbis fieis a sua horda o que nós garante que voltando como sombras não continuem fieis a horda e fora de seu controle...Abigail é bem esperto...Tão esperto que fiquei com vontade de cortar a cabeça dele...Isso é algo que entrou ara minha lista de afazeres depois que encontrar o druida da floresta e dar para ele criar aqueles ovos de Behir...



Já saindo a procura de Doravice e ao encontra-la foi a seu encontro, novamente a tocava no ombro e perguntava inúmeras vezes se ela estava bem parecia meio estranha, explicou que depois de enfrentar mais alguns monstros poderia se acostumar ela também passou por aquilo, na verdade vomitava sempre, antes de sair correndo do monstro.

Acenava para um soldado qualquer pedindo roupas e mais virotes além de alguma armadura acolchoada e outra com proteção melhor para ela mesma usar, ajudaria a Doravice a vestir seus equipamentos e isso era uma ordem sem ser questionada, não queria jogar ninguém para fora do esconderijo e não duvide que isso poderia acontecer.


-Doravice! lhe apresento a Senhora Enn...Digo Ayla, ela é minha Tutora prepare-se para o combate já te ensinei a usar a besta...Tenha fé guria, ande sempre do meu lado, não te falei que te protegeria e vamos encontrar logo o teu "Amigo gentil" que você insiste em dizer que não é seu namorado.


Voltava sua atenção a Ennibel.


-Então senhora vamos ver com os soldado sem que lugar estamos no forte, onde fica a sala das armas e se possível pegar alguns óleos para jogar na horda, terminar isso logo que eu já estou começando a ficar cansada e com sono...Olheiras amanhã é o que vou ter, além de ficar zumbizando pela cidade com sono isso é fato... Sorria como sempre, mas em respeito a Ennibel esperava seu novo plano e detalhes do que deveria fazer, agora ela era a responsável por tudo. Colocava as mãos na cintura e encarava a sala toda.


-Será que eles tem alguma passagem secreta? Doravice se você quer ir embora eu te tiro do forte, e continuo procurando o teu namorado...Mas ficaria contente em ter você aqui nos ajudando...



OFF: Você pode ...Tipo assim desaparecer com um soldado qualquer e transforma-lo em sombra jogando a carcaça fora, para testar uma sombra contra a horda e ver se a sombra morta realmente fica ao teu controle ou continua parte da Horada, pois é arriscada a ideia de turbinar a Horda...
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2413
Reputação : 13
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Dom Maio 21, 2017 2:12 pm

EMILY, ENNIBEL

Após ouvir a interação entre a maga e a simples camareira, vários soldados começam a se manifestar contra a ideia irresponsável de trazer um civil para aquele inferno, principalmente uma que fosse tão próxima de uma pessoa carismática como o tenente deles que tanto fez para protegê-lá.

A balburdia só termina quando o oficial presente dá uma ordem grossa para todos. Em seguida o mesmo começa a falar:

- Não sei o que tu estavas pensando ao trazer uma civil para esse inferno, mas isso é uma demonstração de grande imaturidade e inexperiência. Tu podes ser boa com a vossa magia,  mas claramente não sabe medir consequências. Não que eu esteja desdenhando a vossa ajuda, mas a segurança dos civis vem em primeiro lugar. E todos vocês, vamos abaixar o tom de voz,  ouviram!, o oficial vocifera.

Após controlar a confusão e dar uma bronca em Emily e nós soldados ele para um momento e depois prossegue, dizendo:

- Hum, melhor assim. Dá uma outra passagem para dentro, ou fora, nós selamos todas as que conhecemos. Contudo, o tenente estava fora quando a cofunção começou realmente. Se vocês estão a procura dele, ele é o tipo de pessoa que encontraria uma forma de entrar, o oficial diz elogiando o tal tenente.

- Dá ideia de inflamar os infectados, há muito óleo de bisão no deposito de combustível, mas está no prédio do outro lado do forte,
próximo a uma das fontes d'água para melhor se lidar no risco de incêndios
, respondeu o sir.

Nisso, Emily relembra que quando chegou a falar com os milicianos eles disseram de um grupo de soldados que havia ficado do lado de fora que tentariam entrar por outro caminho, mas na hora ela não se interessou por aquilo, pois era muito mais fácil entrar voando para ela em seu construto. Pensando agora, ela pode ter perdido a chance de reencontrar o sujeito naquela mesma ocasião.
Srta. Moon
Sacerdote de Cthulhu
avatar
Sacerdote de Cthulhu

Mensagens : 2743
Reputação : 3

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Srta. Moon em Dom Maio 21, 2017 7:38 pm

Emily apenas ignorou o velho, mas não deixou de mostra-se bem irritada com o que ele falava, não gostava de ser contrariada ou tratada assim. em resposta só mostrou a linguá era o máximo que ele merecia já que não poderia conjurar alguma magia sobre o velho e destruir a parede sem chamar a atenção da Horda, e no momento mostrar a língua foi o seu melhor, acredite. Envergonhada ficou quando lembrou-se que poderia ser um pouco menos arrogante e ter feito as coisas de forma bem simples seguindo aquele pequeno grupo no qual não encontrou até alguma passagem secreta.
Voltava -se a Doravice e falava muito baixo para ela escutar.

-Velho Chato! Nem imagina que já enfrentamos uma Horda de Zumbi enquanto ele estava aqui escondido com os soldados, sem fazer nada queria chutar o traseiro dele, isso sim seria algo bem produtivo neste momento. Estamos aqui fazendo o serviço dele...Mas vai de você se quer ir embora ou me seguir sabe que podemos conseguir já fizemos isso antes...Mas você não me contou que seu namorado era um tipo de Herói local?

Indignada por ser contrariada nem dava mais atenção ao velho e seus soldados, falou bem baixo com Ennibel.


-Senhora, podemos mover em silencio aproveitando a escuridão para reunir tal liquido que ele falou, mas vou deixar que você fale com ele eu me recuso a conversar com este porco velho e inútil e não vou escutar nenhuma opinião inútil dele também, me ofendendo assim, claro que penso nas consequências. Precisamos de um mapa e ver o melhor lugar para atrair a Horda deixar estes inúteis na muralha atacando a distancia e despejando óleo nos infectados enquanto os seguramos...

Explicava que a Horda sempre encontrava uma maneira de entrar em algum esconderijo e nas muralha provavelmente ele deslocaria para uma das escadas ou até faria a volta por todo o forte até encontrar a maldita escadaria, isso já aconteceu antes, e ela mesma precisou destruir algumas escadarias, esperava as ordens da Ennibel já por birra havia descartado o que o velho falava e não voltaria a falar com ele. Só ia mostrar que ele estava errado e faria questão de jogar isso na cara dele.


OFF: Vou pegar o velho lá fora depois que tudo terminar e bater nele por isso que falou...eu sei oque estou fazendo ...sempre sei...Velho chato tomara que morra ou melhor vire zumbi.
Lyvio
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 7346
Reputação : 16
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Lyvio em Seg Maio 22, 2017 6:37 am

Ennibel ouve o homem e logo em seguida os Emily. De fato a garota era muito jovem e a imaturidade dela obviamente existia, mas queria ver, na verdade, a expressão na cara de Doravice aterrorizada com o que via. Um leve sorriso chegou a seus lábios, mas logo ela se recompôs:

-De fato oficial, já que temos muito óleo inflamável de bisão NÓS:  Eu, a Emily, VOCÊ e seus Homens poderiam já começar a nos ajudar a pegar esse óleo, seguir para os melhores locais do forte e atacar as criaturas não é?

Emily, sugiro que fique aqui, com alguns homens, eu junto com o oficial e outros seguiremos atrás dos óleos.


Ennibel precisava de mais mãos para agilizar as coisas por isso os soldados deveriam ajuda-la.
Srta. Moon
Sacerdote de Cthulhu
avatar
Sacerdote de Cthulhu

Mensagens : 2743
Reputação : 3

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Srta. Moon em Seg Maio 22, 2017 9:12 am

Emily, não questionava só obedecia, avisava que não era para fazer nada contra o grupo, mas poderia dar uns tapas no porco velho.
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2413
Reputação : 13
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Seg Maio 22, 2017 3:26 pm

EMILY, ENNIBEL

- E-e-estou b-b-bem... acho., Doravice respondeu a maga, mas claramente não estava.

Role Sentir Motivação, CD 10, para determinar o estado mental de Doravice.

- Claro, concordou o sir antes de começar a reunir os cabos ou aqueles dos soldados ali presentes que considerava capazes para então iniciar uma pequena reunião de guerra.

- Escutai todos. Os nosso preparativos se resumem em três importantes pontos:
- Primeiro: O prédio que precisamos está do outro lado do forte, no centro leste. Um grupo grande chamará atenção demais e se fomos distraidamente por campo aberto seremos alvos fáceis. Assim, três pequenos grupos de três homens cada tentará chegar ao combustível por três vias diferentes. Esta, essa e aquela ali
, ele explicou apontando para:
* a muralha ao sul, um caminho longo, que obviamente deveriam alcançar por cordas, para saírem incógnitos;
* entre os prédios, em que o pequeno grupo deveria seguir de forma sorrateira, o caminho mais curto, mas também o mais perigoso;
* por cima dos prédios, em que a maga poderia ir com sua amiga e mais alguma ajuda voando, mas sob a dificuldade da fumaça ou de serem avistadas, se a horda resolvesse mudar de direção.

- Segundo: A distração.
- Não há como chegarmos lá com a horda em nosso encalço, ela precisa estar distraída e ocupada.
Pelo que sabemos da vigília, os infectados estão atacando os nosso colegas na outra torre ao nordeste daqui, e não sabemos o quanto eles irão aguentar ainda, mas é certo que se caírem eles retornaram como mortos-vivos, pelo que sabemos,
, ele esquematizou utilizando objetos que haviam a disposição.

- Terceiro: Isca.
- Depois que aqueles conseguirem alcançar o prédio deveram prepara-lo devidamente para uma explosão.
- Imagino que as magas com os vossos dons possam escapar do interior sem dificuldades depois de chamar a atenção dos insanos. Os soldados disponíveis prestarão todo o auxílio possível.

- Mais um ponto: Aqueles que não conseguirem chegar ao prédio usarão chifres de bisão para avisar do movimento da horda, mas isso será um último recurso, pois poderá mudar a direção dos loucos,  dificultando o plano
, o sir terminou de explicar.

Parecia que ninguém faria um plano melhor, embora o grupo ali reunido demonstrasse estar disposto a sugestões.
Srta. Moon
Sacerdote de Cthulhu
avatar
Sacerdote de Cthulhu

Mensagens : 2743
Reputação : 3

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Srta. Moon em Qua Maio 24, 2017 11:31 am

Era complicada a ideia de não saber o que cada pessoa pensava na verdade nunca parou para pensar o que cada pessoa queria. Não conseguia entender a Doravice. Tinha uma visão de mundo diferente e nunca parou para pensar nisso. Só deu sua besta com os virotes para Doravice.

-Desculpa Doravice pelo que acabei fazendo, seja lá o que for! Você vai ficar aqui...Não precisa mais ver mortes...Se não confia em mim ou na proteção que te dei...fique aqui escondida...

Escutava o que o velho falava e não concordava em partes com o que ele dizia como sempre, pensativa ficou ali ao lado da Doravice só voltou sua atenção a Ennibel e murmurava novamente para ela.

-Eu serei a isca só me mostre o mapa para levar a horda para um lugar qualquer à me seguir, enquanto o senhor idiota ali pega o que tiver que pegar, só temos que prender a horda em um lugar e eu não sei aonde...Só precisava de escudos de corpo e armas a distancia, deixar eles chegarem perto da hora é acrescentar mais soldados inúteis infectados...e tire ideia absurda de avisos com chifres de bisão, não queremos a dispersão da ordem...

Virava-se para Doravice.

-Você fique aqui escondida, logo eu voltarei e vamos embora do forte se tudo der errado ou se der certo logo encontraremos seu namorado o herói local dos bananas ali...

OFF: Pede escudos de corpo e armas a distancia ou lança longa para o segundo atacar atrás do primeiro com o escudo. e alguém pq já não me deu uma lança e arco???
Lyvio
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 7346
Reputação : 16
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Lyvio em Qua Maio 24, 2017 1:54 pm

Ennibel analisa a situação e também não concorda em partes:

-Bem, se explodir a área que você está pretendendo, não correria o risco da horda não ser aniquilada e fragilizar as muralhas para proteção da cidade, abrindo possibilidades deles escaparem e atacar a cidade? Isso me parece bastante arriscado...

Quanto ao caminho que pretendo seguir é entre os prédios...posso ficar invisível e atravessar sem muita dificuldade, qualquer coisa eu posso teleportar-me e escapar, por isso pretendo ir sozinha. Portanto preciso de uma aula para preparar uma explosão. Não ao meu modo, mas ao modo de vocês, no entanto, ainda acho o fato de explodir o local arriscado.


Ennibel estava preocupada quanto essa explosão, ela precisava de mais detalhes.
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2413
Reputação : 13
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Ter Maio 30, 2017 6:01 pm

EMILY, ENNIBEL

- O plano é simples: cheguem ao estoque de óleo sem serem vistos e armem o lugar para receber os infectados. Depois, a nossa colega furtiva aqui os atrai para dentro e explodimos tudo com um estopim, armado por quem chegar primeiro, é claro, o sir explicava em detalhes apontando para a mercenária que dizia ser capaz de invadir de dentro de prédio em prédio, sendo a mais capaz de fugir após atrair os insanos.

Atendendo aos sinais da maga por armas, os soldados apresentam as que tem disponíveis disponíveis: todos estão armados com suas espadas curtas e armaduras médias. Só oito deles possuíam bestas médias de mão e flechas, no que concordavam em ceder uma a maga que veio auxiliar-lhes na emergência.

Quando Emily segurou a arma com os dois braços percebeu que era muito pesada para ela e que não teria mais os braços livres para lançar transmutações se a levasse consigo.

Emily tem atual Força 06 (-4).

MAPA:


1) Estruturas quadrigêmeas: Edificações de tijolos, separadas por 6 metros, de um andar apenas, mas com dois andares subterrâneos, onde o real estoque de óleo de bisão permanece, feitas assim para diminuir o risco de incêndio.

2) Prédio maior 1: É a oficina, de dois andares (térreo e superior), feita em madeira e pedra, arejada, mas com grades. Nela se pode produzir todo tipo de armamento ou reparar itens.

3) Prédio Maior 2: É o arsenal num prédio de tijolos cinza, que apresenta dois andares superiores e um andar subsolo.

4) Currais ao sul: São o espaço onde ficam os cavalos, animais de carga e outros tipos. O prédio mais ao sul é onde eles permanecem quando estão descansando. A estrutura mais acima mantém uma enorme quantidade de feno para os equinos. Ambas as estruturas são de madeira. Mais acima se encontra um enorme espaço para manobras militares e que serve de pista para os cavaleiros. O terreno é tão usado que se apresenta como terra batida.

Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2413
Reputação : 13
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Seg Jun 12, 2017 10:38 pm

DAGUILA, DOHKA, IRAPUAN, KASH'TAAEL, TAURUS, TATURANA

Party:Daguila, clériga 10º; Dohka, monge 10º, Irapuan, bárbaro 10º; Kash Taael, clériga 10º; Taurus, nobre 5º; Taturana, guerreio 5º.

Subitamente, um clarão ascendeu adiante da estrada, duas figuras se erguiam alto em montarias peculiares. Ainda cavalgando, mas com cautela, o grupo cessou a 18 metros da dupla. As sacerdotisas e Taurus já sabiam de quem se tratavam: são Algarion D'Roverhtead, o druida corrupto, senhor de seu próprio pantanal, e Abenthy M'carthy, o infernalista, que antes haviam respondido ao chamado em troca de riquezas. No entanto, nos últimos dias eles tinham se mantido distantes do restante do grupo, resignados a mansão desde pouco antes da partida do tal tio de Taurus.

Algarion estava montado uma espécie de corcel demoníaco enquanto Abenthy ainda seguia junto do seu fiel companheiro grifo, que mesmo a distância as tochas faziam reluzir a lus em suas íris famintas para os cavalos das pessoas heroicas ali reunidas. O demônio misto de babuíno e alguma outra coisa que servia o demonologista não estava a vista.

A dupla fechava a estrada, mas o grupo poderia facilmente dar a volta pelo campo... escuro e repleto de arbustos e outras coberturas naturais em meio a escuridão.

Dohka já havia observado os sujeitos na primeira visita, mas devido ao monstro assassino que acompanhou as clérigas da última vez, agora ela demonstrava desconfiança sob os dois.

Off: Exceto as clérigas e o bárbaro, qualquer outro que demonstre estar relacionado a Ennibel sofre penalidade -10 em testes sociais com Dohka, qualquer membro da sua tropa e, em breve, com todo o clã que foi ameaçado de morte pela assassina morta-viva.




1) Cavalgar até os colegas e questionar o que há. confused

2) Não aproximar-se, dar uma volta segura pelo campo longe do seu alcance. pale

3) Chega de surpresa e maquinações de aliados insanos que querem nos jogar contra possíveis aliados! Raio e trovão neles! Twisted Evil

4) Há pressa aqui! Cavalgar direto por eles, atropelando-os se preciso for! bounce

5) Qualquer outra coisa que vocês escolherem fazer. tongue


gaijin386
Adepto da Virtualidade
avatar
Adepto da Virtualidade

Mensagens : 1930
Reputação : 0

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por gaijin386 em Ter Jun 13, 2017 9:53 am

Kash'Taael sabia que a ampla vegetação poderia cobrir a passagem de todos numa eventual escapada, porém em sua vivência e experiência sabia que a sua frente estava um druida e se o mesmo desejasse poderia virar as forças da natureza i.e a já dita vegetação contra eles então sem receio ela se aproxima do par a frente para iniciar o colóquio...

- Vocês estão atrasados. Fizeram alguma descoberta neste meio tempo?
Nimaru Souske
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1172
Reputação : 37
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Nimaru Souske em Ter Jun 13, 2017 12:49 pm

Irapuan já se sentia cansado, pois a cavalgada parecia ter durado meses, mesmo que apenas horas tivessem passado. Ao menos era o que achava. Todos daquele grupo permaneceram calados, o que fez o bárbaro se aquietar. De surpresa, dois seres desconhecidos para ele pararam em meio a estrada e não pareciam ser amigáveis. Não tinha o que fazer, pois ele ali era o que menos tinha informações sobre o que estava acontecendo e, então, deveria esperar a decisão dos outros e seguir. Ele começa o questionamento para todos, falando em tom baixo.


- Vocês os conhecem? Não me parecem alia... Fora interrompido pela clériga que se aproximou dos dois.

Araken iria manter-se na retaguarda, pois ainda não tinha motivos de confiar nos novos visitantes. Esperava a movimentação do restante.
Edu
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 7035
Reputação : 80

Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Edu em Qua Jun 14, 2017 10:17 am

Daguila parou o seu cavalo imediatamente, tinha algo de estranho ali. Porquê seus ex aliados estava fechando a estrada na qual eles passavam. Continuou parada ali a observar Kash se aproximar do dois.

- São dois ex-aliados nossos,Irapuan. Tinha sumido uns dias atrás, antes mesmo de termos enfrentado o furta-corpos. É muito estranho que apareçam agora - Respondeu Daguila ao Barbaro.
Conteúdo patrocinado


Re: Apócrifos de João: Novo Testamento - I Pergaminho

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Data/hora atual: Sex Jun 22, 2018 2:36 am