Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Uma Simples Proposta

    Compartilhe
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6158
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por Soviet em Sex Maio 02, 2014 11:45 pm

    Fred sabia que a família Naess era de mercadores bem-sucedidos e com alguma influência na cidade, mas não sabia quem era o homem à sua frente. Pela idade, talvez algum filho ou sobrinho do patriarca da família.

    - Muito prazer, Fred. - Alaric se inclina no cavalo. - Você ouviu o homem, ninguém está indo para o norte tão cedo, então acredito que não encontraremos perigo na estrada. Estou partindo agora, gosto de viajar a noite e descansar durante o dia, é mais confortável. Viajará ao meu lado?
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por anderson em Sab Maio 03, 2014 1:59 pm

    Pingacana se recorda do nome, mas não da pessoa. Mesmo assim a alternativa era esperar que o período do frio mudasse para conseguir uma comitiva.

    - Sim, mas não tenho cavalo. O senhor esperaria que eu conseguisse um?

    Se o homem esperar Pingacana vai comprar ponei, sela, mochila, cobertor de inverno, traje de frio, saco de dormir, pederneira e isqueiro, corda e 3 tochas.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6158
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por Soviet em Dom Maio 04, 2014 4:28 pm

    - Você está em uma praça de mercadores, compre o que precisa. - Alaric desce de seu alazão negro e passa a acariciar o pescoço do animal - Mas não se preocupe com uma montaria, eu tenho um cavalo que você pode usar. Ou você prefere um pônei?

    O nobre estava certo, e Fred compra o que acha necessário e o que seu ouro permite - não que isso agora fosse um problema, mas o ladino tinha uma gema que vale muitas moedas de ouro; PingaCana não tinha as moedas em si. Depois do tempo preciso, Fred junta todos os itens comprados em sua mochila e, procurando por Alaric, encontra o homem o aguardando ao lado de uma tenda onde eram vendidas bebidas e espetos de alguma carne assada. Ao seu lado um homem de aspecto servil escovava uma montaria malhada.

    - Está pronto para partir?
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por anderson em Qui Maio 08, 2014 9:04 pm

    Pinga sorri amistoso. - Um ponei é melhor para a minha altura. - Então vou só comprar umas coisinhas.

    O Halfling retorna com a mochila preparada e responde à pergunta do homem:

    - Agora sim! Podemos ir meu grande amigo. E que Yondalla nos proteja na nossa viagem até o Norte.

    O Halfling viaja falando dos causos que ouve nas tavernas, procurando não ser incômodo, mas preenchendo vazios de silêncio que possam ocorrer. Todo o tempo prestando atenção no caminho, e no homem que vai com ele. Sem chamar atenção.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6158
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por Soviet em Sab Maio 24, 2014 7:46 pm

    - Que os deuses guiem nosso caminho.

    A estrada adiante era longa. Seriam muitos dias sobre o lombo de uma montaria, provavelmente sob neve, frio e talvez chuva, sem contar os contratempos. Ainda sem o cansaço da viagem no corpo, Fred e o nobre conversaram bastante durante o primeiro dia de viagem. Os assuntos eram variados, mas nunca pessoais. O ladino notou que Alaric estava com pressa em chegar ao Norte, o que não era algo condenável. A dupla seguiu viagem sem sair da Grande Estrada, com o Rio Dessarin à direita deles, correndo em sentido oposto rumo ao mar, e com a Floresta Ocidental à esquerda. O ritmo intenso os fez descansar numa cama de palha em uma pequena estalagem chamada O Pato Degolado na aldeia de Amphail. Na manhã seguinte, depois de um breve desejum, os dois já estavam na estrada ainda antes de o sol nascer. O ar úmido e gelado machucava o nariz, mas não tinha o que se fazer.

    Logo a estrada virou para o norte e o Dessarin desapareceu entre as Colinas Lariço. A Floresta Ocidental ficou para trás e deu lugar à Floresta Jardim da Cripta mas, para Fred, não havia diferença nenhuma entre as duas. O segundo dia de viagem foi mais silencioso à medida em que os assuntos minguavam. Logo o sol sumu novamente no horizonte e, durante a noite, foi possível ouvir o barulho constante do rio descendo sobre as pedras incansavelmente. Alaric e Fred chegaram à cidade que da nome às Colinas pouco depois do entardecer e PingaCana ficou agradavelmente surpreso com o clima agradável que a cidade de Lariço Vermelho tinha. O descanço foi muito mais agradável diante da grande lareira do Insuportável Forasteiro, bebendo cerveja e comendo um grande pernil assado com mel, limão e hortelã.

    O terceiro dia de viagem foi o mais curto, terminando na cidade de Ponte Ocidental. Neste dia o halfling teve certeza de que o rapaz nobre não queria passar uma noite ao relento na beira da estrada. Fred pensou que eles talvez tivessem parado ali para atravessar a Ponte de Pedra e seguir margeando a Floresta Alta, mas não foi isso o que aconteceu e no fim do quarto dia os dois viajantes dormiram em uma cama confortável em Triboar, aos pés do lado noroeste das Colinas Dessarin. A viagem agora seguia pela Trilha dos Pântanos Eternos e, mais uma vez, Fred não viu diferença alguma depois da mudança de nome. O que importava era que no fim do quinto dia Fred e Alaric estavam em Yartar, bebendo um forte destilado incolor de batata e comendo galinha assada com cenouras.

    Os primeiros dias de viagem foram agradáveis, mas do sexto dia em diante a viagem se arrastava quilometros a cada metro. Já não havia mais o que se conversar e a próxima cidade, Maranheterna, estava a dias de distância, depois da Floresta Alta e do Rio Rauvin. Em completo silêncio, os dois começaram a sentir dores nas pernas e nas costas e um certo vazio noestômago por causa da falta de uma cama durante a noite e uma refeição decente. Fred e Alaric dividiram uma barraca que o nobre tinha e o vento gelado e os uivos tornaram as noites menos agradáveis ainda.

    Cinco longos dias depois as montarias atravessaram o Rio Rauvin e Maranhaeterna foi vista. O corpo todo tanto de Alaric quanto de PingaCana estava dolorido e um tanto fraco pela falta de comida. O nobre sabia caçar, mas o frio havia tornado tudo mais difícil e os dois precisaram competir pela carne com os lobos da Floresta Alta. O décimo-primeiro dia terminou embriagado e diante de uma adorável lareira. Alaric estava querendo um pouco de descanço e no dia seguinte ambos permaneceram na cidade. Fred acabou conhecendo um soldade dos Cavaleiros em Prata e o ladino e Alaric seguiram viagem para Lua Argêntea com eles no dia seguinte. Viajar na companhia de oito soldados armados era um alívio e Fred e Alaric se deram ao luxo de algumas risadas.

    Lua Argêntea vista do alto das Montanhas Inferiores

    Doze dias depois Fred viu, ao longe, as torres da Gema do Norte. Mesmo à distância era uma visão e tanto, especialmente do alto das Montanhas Inferiores. No portão da cidade os cavaleiros se despediram de Alaric e de PingaCana, seguindo com seus corcéis de guerra pelas ruas pavimentadas. Fred sentia-se satisfeito, uma etapa de sua missão estava concluída e sem nenhum imprevisto. Logo depois dos cavaleiros sumirem depois de uma esquina, Alaric pigarreou.

    - Bem, aqui nossos caminhos se separam, Fred. Permanecerei alguns dias em Lua Argêntea, podemos voltar juntos se desejar.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por anderson em Qui Jun 05, 2014 2:34 pm

    Havia sido uma viagem e tanto. Pingacana não ficava tanto tempo nem em companhia da esposa, que dirá destes estranhos, que se tornaram muito menos estranhos a medida que o tempo passou. Compreendia agora porque ninguém viria para estas bandas neste tempo. Já intuía, mas sentir na carne as intempéries o fizera testemunha.
    Quando da despedida dos soldados Pingacana é simpático. Sempre é bom ter amigos soldados... Depois foi a vez de Alaric.

    - Obrigado, grande amigo. Precisa de ajuda com os cavalos? Não sei bem quanto tempo levarei aqui também, mas se puder retornar contigo, certamente que irei. Onde posso lhe procurar?

    Pingacana vai procurar um lugar para descansar. Sabe que não se pode partir logo na chegada a um local e vai fazê-lo bem simples. Uma boa cerveja, uma cama em que deitar. Não irá abusar da bebida neste dia. Preparar-se-á para ir ao norte, até a mata conhecida como Árvores Noturnas.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6158
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por Soviet em Sex Jun 06, 2014 10:21 pm

    - Ficarei em Lua Argêntea por uma dezena. Se quiser e puder voltar comigo, estarei no Carvalho Dourado. Até logo, amigo, e boa sorte em seus assuntos.

    Alaric sumiu, assim como os soldados antes dele, pelas ruas da Gema do Norte no lombo de seu corcel e com o pônei que Fred cavalgou durante a viagem. A pé, e muito aliviado, PingaCana procurou por uma taverna modesta e com preço justo. Logo o halfling descobriu que não haviam tavernas com preço justo na cidade e, cansado, entrou na primeira que lhe disseram ter um bom preço e uma cerveja de qualidade. A Muralha de Helmer era um lugar simples e espaçoso, mas sem muitas janelas. Muitas mesas estavam desordenadamente espalhadas pelo único salão do lugar e um balcão repleto de pessoas se estendia por baixo de uma das poucas janelas em arco do lugar. Um jovem de cabelos cacheados, esguio e bem vestido, estava em cima de uma mesa declamando um poema. Fred não precisou ouvir duas palavras para saber que ele estava completamente bêbado.

    - Na Gema do Norte
    Lugar de belas mulheres
    E homens de boa sorte

    Finco a minha espada!
    Respiro o ar da liberdade
    E beijo minha amada durante a alvorada!


    Ele ergueu a taça de vinho e todos aplaudiram e assobiaram, gritaram elogios e fizeram piadas. O rapaz quase caiu quando foi descer da mesa e uma boa parte das pessoas, inclusive ele, riu. O halfling caminhou até uma mesa e notou que a maioria das pessoas ali eram jovens, alguns bem vestidos, outros nem tanto. Alguns estavam sozinhos lendo pequenos livros com capas de couro mole, outros discutiam calorosamente, outros cantavam e alguns estavam em algum canto escuro acompanhados. Haviam rapazes e moças, e quase não havia outra raça senão humanos. Fred se sentou, pediu algo para comer e uma cerveja. Depois ele se preocuparia com um lugar para dormir, agora o halfling iria apreciar o momento.

    - Fim do Prólogo -
    Conteúdo patrocinado


    Re: Uma Simples Proposta

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Jan 18, 2018 11:46 pm