Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Capítulo 3: Reencontros

Compartilhe
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7688
Reputação : 23
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Out 28, 2014 10:47 pm

Sinistro olha para o horizonte de águas escuras em direção de onde ele tinha apontado com a mão, claramente querendo ganhar tempo para responder à Hyn, que esperava ansioso pela resposta. Aideen havia sido levada até o portal que dava para a cabine e ela estava a um ou dois metros do malandro. O capitão aspirou o ar da noite, embora isso não tivesse efeito algum devido a sua fisiologia zumbificada, e disse para Hyn:

- Vocês terão muito tempo para conversarem depois que o pingente me for entregue, mas vou deixá-los matar a saudade um do outro. - Sinistro então levantou o braço direito e abriu todos os dedos de sua mão: - Cinco minutos. Esse é o tempo que reservo a vocês. Depois disso iremos começar a resolver o nosso combinado. Usem a minha cabine e aproveitem bem o tempo que estou lhes dando.

O Capitão Sinistro fez um gesto com a cabeça para o sub-oficial que segurava Aideen pelos braços, e este imediatamente a soltou. Aideen sentiu-se visivelmente aliviada de não estar sendo segura por aquela criatura desprezível, e lançando um olhar a Hyn, adentrou a cabine de Sinistro. O malandro foi logo depois, e o sub-oficial do Desmorto tratou de fechar as portas com apenas os dois lá dentro. Aideen suspirou, ainda mais aliviada do que instantes atrás, mas não conseguiu abrir um sorriso. Aquela cabine parecia lhe causar arrepios, e seus olhos desviaram-se para a caveira sobre a mesa.

- Não estamos realmente sozinhos aqui - disse ela, perturbada. Ela deu um passo em direção à Hyn, ficando o mais próxima possível dele, e mexendo vagarosamente os lábios sem praticamente deixar sair som algum, conseguiu comunicá-lo: - Você... não... pode... entregar... o pingente... a Sinistro.

Ela então tocou o peito de Hyn exatamente onde o pingente estava escondido por debaixo de seu traje surrado como a certificar de que o seu amado entendera claramente a mensagem.
Soviet
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 6055
Reputação : 6
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Soviet em Qui Out 30, 2014 2:06 am

Lyed apenas fez uma mesura em agradecimento, e entrou na cabine com passos ligeiros. Hyn realmente desejava o tempo com Aideen, mas sua curiosidade o fazia olhar para cada objeto e penduricalho que havia no lugar. Quando Aideen diz que eles não estavam sozinhos de verdade na cabine, Lyed volta sua atenção ao que é importante, imaginando que sua amada se referia à caveira sobre a mesa.

- Eu sei - Lyed diz, movendo os lábios, mas sem emitir som algum. O malandro envolve a mão de Aideen com a sua, sorrindo para ela, querendo passar a sensação de que tudo terminaria logo e bem - Acho que eu nunca disse isso antes, mas eu amo você. Do fundo do meu coração e com todas as minhas forças, eu amo você. Acho que a maior prova do meu amor é que estou em um navio pirata cheio de mortos por você. Eu amo você e o monstrinho que tá crescendo dentro de você.

Lyed ergue o rosto de Aideen com a outra mão e lhe dá um beijo nos lábios. Um beijo longo e sincero, intenso. Depois lhe dá um segundo beijo, este na testa, enquanto lhe afagava os cabelos. Mas algo ali tentava o malandro, e Hyn sabia que se dissesse algo para Aideen, ela reprovaria sua idéia, mas os dias de imprudência estavam terminados. Ou pelo menos Lyed passou a pensar desta forma. Sem emitir um som sequer novamente, Lyed olha para Aideen e começa a mover os lábios, apontando para si mesmo e depois para o lugar onde estava a caveira.

- Eu - quero - pegar - a -caveira.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7688
Reputação : 23
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Elminster Aumar em Sab Nov 01, 2014 1:09 am

Faltaram-lhe palavras à Aideen para responder a declaração de Hyn, mas o que sua boca não dizia seus olhos expressavam, e ela deixou-se ser levada pelo momento, retribuindo o beijo de seu amado em igual ou com ainda mais intensidade. O beijo foi longo, talvez o mais longo que eles já tivessem dado, e um sentimento mútuo percorreu o casal, um sentimento que misturava alegria, esperança e coragem. Hyn ainda tinha as delicadas mãos de Aideen envolvidas nas suas próprias quando disse apenas mexendo os lábios o que planejava fazer a seguir. Ele viu a cabeça da mãe de seu futuro filho balançar em negação.

- Não faça isso, Ly... é perigoso - desta vez Aideen estava sussurrando. Ela deu uma espiada no crânio sobre a mesa. - Até mesmo Sinistro tem medo dela... Ly, precisamos usar o tempo que nos foi dado para pensar numa forma de sairmos daqui, a salvos e com o pingente. Sinistro não pode ter o que ele quer.

Aideen já não parecia mais estar com tanto medo do que a caveira poderia ou não escutar, e por isso falava abertamente com Lyed, ainda que em forma de sussurros para não ser ouvida por aqueles que estavam do lado de fora da cabine.
Soviet
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 6055
Reputação : 6
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Soviet em Seg Nov 03, 2014 10:27 pm

Lyed ponderou as palavras de Aideen. Ela estava neste navio já há algum tempo, devia ter certeza do que falava, mas... Mesmo assim o malandro sentia um impulso em pegar a caveira, saber o que ela era - ou talvez QUEM ela era. Hyn estava genuinamente curioso para saber se a caveira possuía a alma de Sinistro ou se ela o sub-julgava à sua vontade, ou ainda se existia uma terceira opção.

- Está bem... - Hyn sussurrou - Eu estou pensando em uma forma de sair daqui desde o momento em que vim parar nesse amontoado de madeira podre. Um antigo companheiro está preso nesse navio, Thelarq, do navio do seu pai. Eu perguntei se ele podia me ajudar, mas ele só me disse que não consegue controlar os próprios movimentos ou algo assim. Mas eu vi que ele tinha consciência de quem era e do que tinha acontecido com ele... - Lyed aponta de novo com a cabeça para a caveira - E eu acho que é aquilo ali que controla todos no navio. Se isso for verdade, pode ser a maneira mais segura de sair daqui, e ainda libertar o Capitão Debrett e os outros, se eles realmente estiverem aqui.

Hyn olha nos olhos de Aideen com uma expressão séria, mas não severa. O malandro sabia... Não, Lyed tinha certeza de que a caveira era a chave de tudo.

- Pense a respeito, Aideen. Você não prefere libertar seu pai deste lugar ao invés de imaginá-lo como um servo de Sinistro? E quem pode imaginar por quanto tempo... Nós temos que arriscar com essa caveira.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7688
Reputação : 23
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Nov 04, 2014 1:04 pm

- Eu não sei se a caveira controla a todos do navio, Ly, mas ela é a fonte de poder de Sinistro e da tripulação. Eu sei por que eu já o vi usando-a para erguer àqueles que morreram... Ah, Ly, isso é tão difícil...

Aideen parecia confusa diante da pergunta de seu amado. Desta vez foi ela que tomou as mãos de Hyn às suas e disse em voz baixa:

- Por favor, Ly, tome cuidado. Use o pingente que lhe dei como um amuleto da sorte.

Aideen se levantou na ponta dos pés e deu um beijo em Hyn, desta vez bem mais rápido que o anterior. Ela então se virou novamente para a caveira sobre a mesa.

- Não gosto de como seus olhos brilham, mas eu estou com você, amor, seja qual for a sua decisão.
Soviet
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 6055
Reputação : 6
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Soviet em Qua Nov 05, 2014 5:28 pm

Lyed não tinha muita certeza sobre o que iria fazer agora, mas não tinha muitas opções. Thelarq e os outros marujos do Esperança não iriam ajudá-lo, Hyn estava sozinho contra um exército de mortos e Sinistro provavelmente era superior ao malandro em combate, o que tornava essa opção a primeira a ser descartada. Com passos longos e silenciosos, Lyed se aproxima da mesa e da caveira, estendendo a mão sobre ela. Hyn se vira por, dá um último beijo em Aideen e solta sua mão.

- Por precaução - Lyed aponta para o outro lado da sala, oposto à porta principal - Acho melhor você se esconder por ali.

Hyn estende a mão novamente sobre a caveira, respira fundo, olha com calma nos olhos daquilo... - Sorria para mim agora, Tymora - E pega a caveira, erguendo-a na altura do peito.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7688
Reputação : 23
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Elminster Aumar em Qua Nov 05, 2014 9:37 pm

Após o último beijo e de Hyn ter apontado o lugar, Aideen caminhou a passos hesitantes para o fundo da cabine, parando próxima da porta que dava para o aposento pessoal de Sinistro. Sem a presença de sua amada do seu lado, Lyed pôde dedicar toda a sua atenção para a caveira, um objeto tão pequeno e ao mesmo tempo tão curioso... Que respostas o malandro poderia tirar daquele crânio?

Ele parecia ter vida própria. O que dava essa sensação inicial eram as suas cavidades oculares que emitiam um constante brilho esverdeado, como se fossem olhos sempre em alerta. Ao aproximar o rosto da caveira, Hyn sentiu um outro tipo de vibração, uma emanação natural que fluía da caveira para o cômodo a qual ela estava posto, algo tão existencial que chegava quase a ser palpável. O fascínio em Hyn pela caveira subitamente aumentou, e ele fez o que já tinha o desejo de fazer desde o primeiro momento em que pôs os seus olhos naquilo. Lyed tocou o crânio, e neste momento ele sentiu a pior dor de toda a sua vida.

- NUNCA TOQUE EM MIMMMMMMMMMMMMMMM.

Foi como se uma espada de lâmina afiada tivesse penetrado nas entranhas de seu cérebro. Hyn imediatamente perdeu a visão e o sentido de qualquer coisa que estava fazendo, e imagens nebulosas passaram em sua mente, uma após a outra como uma sequência de cenas aterrorizantes sobre o seu passado, que ia desde a captura de Aideen até a morte de Debrett, e no final das imagens apareceu um rosto que através das sombras que o cercava se distinguia uma carne putrefata e morta, como se fosse a pele de Sinistro ou um dos seus mortos, e o rosto tinha uma expressão de fúria e ódio. A dor sobre Hyn aumentou, seus ossos tremiam e suas pernas cederam, fazendo-o cair de joelhos e a colocar suas mãos sobre a sua cabeça, mas Hyn não se dava conta mais dos movimentos que fazia, ele apenas sentia-se sendo esfacelado vivo, mas não por fora, e sim por dentro, ele sentia sua mente estar sendo invadida e despedaçada, ele não sabia como se defender daquilo, nem forças para gritar ou pedir ajuda tinha, ele estava definhando em ritmo acelerado e no último instante algo em seu peito tremulou como uma força própria e de repente a dor passou, e Hyn caiu no chão completamente inerte.

Ele não havia perdido apenas a consciência. Hyn perdera algo muito pior: a sua alma.

~ Fim do capítulo 3 ~
Conteúdo patrocinado


Re: Capítulo 3: Reencontros

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Data/hora atual: Seg Ago 21, 2017 10:43 pm