Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    ON - Rumo a Mortigny

    Alexyus
    Tecnocrata
    Alexyus
    Tecnocrata

    Mensagens : 351
    Reputação : 20

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Alexyus em Qui Jun 25, 2020 7:11 pm

    Bloody escreveu:- Senhor Maynard, por acaso o ofício do timoneiro é conhecido de toda a tripulação? É algo muito difícil? Gostaria de ouvir falar e talvez aprender sobre ele, se não for pedir muito.

    O capitão Maynard estava com uma bússola e um mapa ao lado de um marujo manejando o leme. Ele levantou os olhos quando Blöodgar'mindel aproximou-se, ouviu as perguntas dele segurando o cachimbo e deu um meio sorriso ao responder:

    - Ah, senhor elfo! Tenho certeza que é muito mais inteligente que eu, mas manobrar um navio assim exige esperteza, força e habilidade. Além de mim mesmo e do Sr. Volantis aqui, só há mais dois tripulantes que eu confiaria para essa posição. Se estivéssemos a favor da corrente e do vento, seria fácil e até o senhor mesmo poderia aprender rapidamente a dirigir o navio. Mas quando navegamos a contravento, temos que marear a no máximo 6 quartas da proa... quer dizer, imagine que estamos ziguezagueando na diagonal, então em vez do vento nos empurrar para trás, ele nos leva para frente. Não é tão rápido, mas nos faz vencer a corrente. Mas isso exige força pra manter o leme firme, atenção para a inclinação do barco e para a direção do vento. Está vendo esse mapa? Se estivéssemos descendo o Arden, levaríamos apenas uma semana de Valachan a Mordentshire, mas indo contra a corrente e bolinando, vamos levar três semanas para a viagem completa. O ponto onde vocês desembarcarão deve ser alcançado em 5 a 7 dias.

    Denna escreveu:- Senhor Marsh, gostaria de aprender um pouco de rastreamento náutico, pode me ensinar?

    Denna subiu até o cesto do mastro e encontrou o pequeno e magrelo Moses Marsh, que a olhou com uma expressão fria e quase antipática. Numa voz áspera com uma entonação casual, ele respondeu:

    - Você tem olhos e boca, então só o que falta é prestar atenção. Nós aqui no cesto somos a orientação para toda a tripulação, temos que avisá-los de qualquer coisa que vemos. Melhor seria saber exatamente o que está vendo, mas às vezes é melhor avisar logo sobre algo que você ainda não entendeu bem o que é, por exemplo quando o navio pode colidir com ele. No mar, qualquer sinal de terra deve ser comunicado imediatamente, mas no rio Arden nós enxergamos as margens quase o tempo todo, então os alertas são pra bancos de areia ou outras coisas levadas pela corrente. O ideal, se você foz capaz de calcular, é informar a distância. Se você tiver familiaridade com graus, você pode usá-los para indicar a direção. O mínimo que você precisa saber é diferenciar bombordo e estibordo, que alguns chamam de boreste; olhando para a proa, bombordo é o lado esquerdo do navio, e estibordo é o lado direito. Agora, se quiser ficar aqui, vamos prestar atenção no curso, certo?

    Andrei escreveu:- Meu camarada, eu aceita alguma ajuda com o cordame? Acho que aqui posso ser útil e ainda aprendo alguma coisa.

    O sorriso de Gallen se abriu amplamente de novo, exibindo seus dentes brancos e brilhantes.

    - Ora, mas é claro, meu amigo! Sabe, a maioria da tripulação não dá muita importância para isso até precisarem de uma corda. Se você reparou, em cada canto da amurada tem um rolo de corda pronto para ser usada, mas o truque é o nó que damos na ponta de cada cordada. Cada nó tem um modo de fazer e uma utilidade diferente. Olhe esse aqui...

    Gallen falava muito, quase tanto quanto sorria, mas pelo menos entendia do assunto. Após algum tempo observando e tentando imitar, Andrei já tinha pelo menos conhecido quatro tipos diferentes de nós, embora refazê-los quando precisasse seria um pouco mais complicado.

    Nós:
    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Nc3b31

    Krystofor escreveu:- Não te preocupas na viagem, pois o Senhor das Manhãs está conosco.

    Krystofor percebeu que a maioria dos marujos tinha uma reverência especial por Ezra, que eles chamavam de Nossa Guardiã nas Brumas, mas todos mostraram apreciar ter um sacerdote do Senhor da Manhã a bordo, e não faziam objeção às preces que ele se empenhava em fazer.

    No meio da manhã, Ed Eaton passou pelo convés, distribuindo um gole de rum para todos, "para espantar o frio", nas palavras dele. De fato, o frio úmido carregado pelos ventos fluviais parecia pior agora do que no litoral da Baía Arden. Ao meio-dia, Ed tocou um sino e chamou todos para junto de um caldeirão, onde serviu a cada um uma tigelade lata contendo um ovo cozido, um ensopado de peixe e uma espécie de farofa temperada com vegetais. Junto, uma caneca de cerveja.

    Na metade da tarde, quando o Sol já tinha se escondido atrás de nuvens cinzentas, deixando apenas uma claridade pálida, todos estavam de volta às suas ocupações.

    Denna ouviu o sr. Marsh prender a respiração repentinamente e ficou alerta. Moses apontou um pequeno vulto sombrio descendo com a correnteza do Arden, no sentido oposto ao do Pantera do Rio.

    - O que é aquilo? Um barco a remo? Mas sem remos?

    A confusão do vigia não durou e no instante seguinte o grito dele ecoou por todo o convés.

    - HOY! Estou vendo algo! Parece um barco a remo! Dez graus a bombordo, cerca de meia milha, e se aproximando!

    Todos no convés correram para a amurada e forçaram a vista, inclusive o capitão Rivers. Parecia ter alguém deitado no pequeno bote. Maynard logo gritou:

    - Sr. Gates! Prepare as cordas, vamos puxar aquele barco!

    Gallen sorriu de modo tenso, mas com prontidão disse:

    - Aye, capitão! Vamos, senhor Koz, me dê uma mão aqui! Vamos usar um nó duplo para laçar aquele barquinho!

    Com a ajuda de Andrei, Gallen rapidamente capturou a extremidade do barco desconhecido. Eles envolveram também a popa em outro nó e o içaram até o convés.

    A pequena embarcação era mais uma canoa rústica que qualquer coisa, e em seu interior havia uma mulher jovem de longos cabelos loiros cacheados, deitada e de olhos fechados. Em suas mãos, um pequeno livrinho. Apesar do semblante sereno que ela exibia, bastou um toque em sua pele para Andrei e Gallen constatassem:

    Bote:
    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Barco_10

    - Ela está morta, capitão!

    Ao lado de Bloody, o capitão fez um sinal de proteção.

    - Ezra, Nossa Guardiã nas Brumas, nos proteja! O que causou a morte dela?

    Gallen não sabia, e Andrei também não viu nenhum sinal de violência no corpo da jovem. Os tripulantes pareciam receosos até de tocar no cadáver.

    Rivers sentiu a necessidade de dizer alguma coisa, e falou:

    - Padre Krezkov, o que acha que devemos fazer?
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2925
    Reputação : 3

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por gaijin386 em Qui Jun 25, 2020 8:14 pm

    Ano do Senhor 755

    "Mas, sejam fortes e não desanimem, pois o trabalho de vocês será recompensado".

    Crônicas 2:15-7


    Krystofor de fato passava grande parte do seu tempo na proa onde podia ver melhor o nascer e o por do sol onde podia reverenciar sua divindade pelas graças a ele condidas e ficou grato pela tripulação o compreender e até estimula-lo e quando solicitado dava conselhos espirituais.

    Ao avistar o pequeno barquinho comparado a uma casca de noz ele pensa num naufrago, mas ao ver a ocupante do mesmo e os temores da tripulação o sacerdote Krystofor de ar jovial toma um semblante mais sério, pois nesta terra certas entidades não respeitam os mortos e já testemunhara o mal usar estas "cascas" vazias que da vida anterior se tornam um pérfido simulacro desmorto.

    - Mantenham-se de prontidão eu devo observar e certamente agir. De simbolo sagrado em riste ele se aproxima do corpo.

    gaijin386 efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    2
    Religião +9 - È um desmorto?
    gaijin386 efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    13
    Cura +5 - Morreu a quanto tempo?

    Se o corpo se mover e somente se mover bem o expurgo se faz necessário...

    - São Laurentiu, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio. Ordene-lhe Senhor da manhã, instantemente o pedimos, e vós príncipe da milícia celeste, pelo Divino Poder, precipitai ao inferno a satanás e a todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Assim seja!. Turn Undead...

    gaijin386 efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    2
    + Carisma (+3) (usando o grande o turning)
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6685
    Reputação : 139
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Dycleal em Qui Jun 25, 2020 8:37 pm

    Apesas do senhor Marsh ser um chato de galocha, ele era objetivo e como professor agradou a ranger, que logo pegou o jeito da coisa e quando ia perguntar, para confirmar, se um objeto que vinha ao encontro do barco estava a bombordo, viu que o seu instrutor prender a respiração e suar atrás das orelhas e afirma que aquilo parecia um barco à remo, porém sem remos. Denna vê que tem uma criatura muito branca e imóvel deitado na pequena embarcação, enquanto o senhor Marsh grita a localização do objeto que se aproxima do barco. Logo o senhor xaroposo e seu amigo Andrei resgatam a canoa e o padre logo ao tocar no corpo humanoide o reconhece como morto e a caçadora prepara uma das sua flechas para no caso de ser um desmorto, proteger o padre com um tiro certeiro de um ataque que pode ser perigoso.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2976
    Reputação : 0

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por anderson em Sex Jun 26, 2020 11:15 am

    Blöodgar'mindel já estava acostumado àquele tipo de desdém. Os humanos não costumam olhar para seus pares com imparcialidade. Olham para um elfo, acham-no frágil e sem valor, ao menos no que tange ao trabalho braçal. Ultrajante! Mas no seu caso completamente justificável... Blöodgar'mindel não fora criado para ser útil neste tipo de trabalho, embora pouco se pudesse notar a diferença entre ele e Elleandor, um elfo na sua faixa de idade e que era um pescador, portanto acostumado a lidar com aquele tipo de serviço. Paciência. O mago tinha mais de um meio de contornar aquilo.

    Procurou forjar uma relação mais que amistosa com o capitão, afinal, ele comandava, talvez tivesse alguma informação sobre Mortigny que fosse interessante e eles ficariam presos em uma navegação por pelo menos cinco dias. Não faria bem algum se indispor com o comandante.

    Teste de diplomacia +4:
    anderson efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    9

    Depois de um tempo a tripulação avistou um pequeno barco e o içou contra sua vontade.

    - Amigos, nada de bom advirá disto. Se esta jovem estiver morta, possivelmente não conseguiremos encontrar pistas que levem a justiça; Se ela se mover, perderemos tempo lidando com isto, no mínimo.

    O mago sabia que o padre seria contra sua ideia, mas realmente não era algo que eles deveriam ter que lidar. Aquele barco parecia trazer encrenca, pura e simplesmente. Ficou alerta! Estava desconfiado do corpo e de possíveis associados que atacassem a embarcação. Não era muito a sua prais, mas estava fazendo o papel de vigia enquanto eles não tivessem os papeis bem claros como equipe.

    Observar +2:
    anderson efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    10
    Faor
    Cavaleiro Jedi
    Faor
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 194
    Reputação : 6

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Faor em Sex Jun 26, 2020 6:19 pm


    Trabalhar no convés, ao ar livre, lidando com o cordame era bem agradável para Andrei. As técnicas com os nós são surpreendentemente sofisticadas e o bárbaro, acostumado aos acampamentos e à vida simples, ficou realmente interessado. Com algum tempo talvez ele até seja capaz de reproduzir um pouco do que aprendeu.

    Infelizmente, o bom ambiente ali foi abalado quando o sujeito ao lado de Denna começou a gritar. Andrei, junto com Gates, ergueu a pequena embarcação com a mulher morta. Ele não interpretou como ameaça e quando o clérigo pediu alerta, Andrei ficou confuso mas logo concordou. - Tem razão padre Krystofor, todo cuidado é pouco. - Olhando em volta, o grandalhão perguntava principalmente para os marinheiros. - Vocês sabem se tem algum tipo de ritual fúnebre desse jeito nessas águas, pessoal?

    Já atento, se afastou do corpo e com todos observando a mulher, Andrei saca um de seus pequenos machados, era comum fazer aquilo quando fica apreensivo. Ele quer tentar observar o que vem nas águas por onde vão passar.

    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2925
    Reputação : 3

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por gaijin386 em Sex Jun 26, 2020 8:12 pm

    Religião +9 - È um desmorto? gaijin386 efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    19
    Alexyus
    Tecnocrata
    Alexyus
    Tecnocrata

    Mensagens : 351
    Reputação : 20

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Alexyus em Seg Jun 29, 2020 6:07 pm

    Blöodgar'mindel, apesar de não ter sido autorizado pelo capitão a manejar o leme, conseguiu trocar muitas ideias sobre o mapa que Rivers segurava e também a geografia do lugar, que Maynard conhecia bem. Apesar do mapa do capitão não ser tão bom quanto o que as irmãs Weathermay lhes dera, o capitão conhecia melhor o percurso do rio e sabia muito sobre os arredores.

    Quando Krystofor Krezkov aproximou-se para examinar o cadáver, tendo Denna com seu arco preparado como cobertura, Andrei perguntou à tripulação:

    Andrei escreveu:- Vocês sabem se tem algum tipo de ritual fúnebre desse jeito nessas águas, pessoal?

    Os marujos assustados negaram com a cabeça, sem ousar se aproximar muito, e um deles disse:

    - Os mortos têm que ser sepultados em solo sagrado para que suas almas encontrem o descanso eterno. Jogar um cadáver pelo rio acima é convidar o Mal. Não visite o Mal e ele não visitará você, é um velho ditado de Mordent.

    Enquanto isso, Krystofor reparou na jovem morta. Sua pele estava fria, mas não gelada, o cabelo e as roupas apenas levemente molhados pelos respingos do rio. Krezkov nunca vira um desmorto assim, e estava inclinado a concluir que ela seria um cadáver normal. Apesar da temperatura baixa, o corpo não aparentava sinais de apodrecimento, e o sacerdote estimou que ela morrera havia mais de seis horas, mas menos de vinte e quatro horas.

    A tentativa de esconjuro do clérigo do Senhor da Manhã não produziu nenhum resultado visível, e o corpo da bela jovem continua jazendo inerte e imóvel.
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2925
    Reputação : 3

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por gaijin386 em Seg Jun 29, 2020 6:33 pm

    [quote="gaijin386"]Ano do Senhor 755

    "Mas, sejam fortes e não desanimem, pois o trabalho de vocês será recompensado".

    Crônicas 2:15-7


    Off: Não cheguei a esconjurar. Como disse na minha mensagem anterior só o faria se a mulher se movesse, mas como ela ficou parada não o fiz.

    Krystofor certifica-se do que estava vendo e se realmente era um ser morto vivo e pode concluir isso com mente analítica e verifica o pescoço do cadáver a procura de marcas...

    Enquanto verificava o pescoço ele dizia. -Não se levantou porque o sol ainda não se pôs completamente... Mas é uma questão de tempo, para o fim adequado é necessário colocar alho silvestre em sua boca, um chuço de madeira em seu coração e decapita-la para evitar que se levante como membro de uma corte maldita de sorvedores de sangue.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2976
    Reputação : 0

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por anderson em Ter Jun 30, 2020 9:55 pm

    Havia uma nova situação incômoda ali. Blöodgar'mindel mantinha seu pensamento que fora sumariamente ignorado: Não deveriam mexer com aquela pequena canoa ou com o corpo sobre ela. Sua boca estava seca, o que reforçava ainda mais a sensação de que algo estava errado naquela cena. Seus ouvidos se aguçaram e seu estado de alerta estava à toda. Ouviu atentamente o que os participantes no convés falavam. Algo no que o padre dissera sobre aquele corpo, que supostamente fora identificado como um vampiro por ele, não encaixava em suas lembranças. Ele acessa os livros que mantivera contato em sua mente:

    Teste de conhecimento religião 14
    anderson efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    7

    - Ué, mas aqui os vampiros andam a luz do dia? Desculpe suposição sobre o que você falou, nobre sacerdote. É assim que é aqui ou há uma outra raça da qual eu não estou a par e posso estar supondo errado sobre o mundo de Mordent?- O mago falava sem baixar seu estado de alerta.

    O Elfo jamais lera sobre uma raça de vampiros que podiam andar livres sob o sol. Era possível que neste mundo pudessem. Havia um pressentimento de que algo estava para acontecer
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6685
    Reputação : 139
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Dycleal em Ter Jun 30, 2020 10:09 pm

    Denna olha a cena e a situação toda, pensa consigo que o padre deve entender do que fala mais acha que degolar a moça seria macabro demais para a sua visão de vida e olha para Marsh e pergunta:- Você vive observando o mundo daqui de cima, já tinha visto algo parecido?
    Faor
    Cavaleiro Jedi
    Faor
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 194
    Reputação : 6

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Faor em Ter Jun 30, 2020 10:15 pm



    Andrei concorda satisfeito com o costume local de enterrar os mortos e acena para o marujo.

    Ouvir o sacerdote deixou o bárbaro ainda mais preocupado.

    Com Denna e quase todos os outros olhando para o corpo da jovem, o bárbaro desejou estar em terra firme e esse sentimento o fez se aproximar da amurada para tentar observar a margem mais próxima e as águas à frente.

    Observar +3:

    Faor efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    13

    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2925
    Reputação : 3

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por gaijin386 em Ter Jun 30, 2020 11:35 pm

    Ano do Senhor 755

    "Mas, sejam fortes e não desanimem, pois o trabalho de vocês será recompensado".

    Crônicas 2:15-7


    @anderson escreveu:- Ué, mas aqui os vampiros andam a luz do dia? Desculpe suposição sobre o que você falou, nobre sacerdote. É assim que é aqui ou há uma outra raça da qual eu não estou a par e posso estar supondo errado sobre o mundo de Mordent?- O mago falava sem baixar seu estado de alerta.

    - O recém convertido, como o caso não queima no sol... Ela morreu a maios ou menos seis horas atrás e a transformação não havia se completado, mas ao por do sol e da graça protetora de seus raios ela deve se levantar. Mas vamos comprovar uma coisa. Encosto o símbolo sagrado na testa.[/quote]
    Alexyus
    Tecnocrata
    Alexyus
    Tecnocrata

    Mensagens : 351
    Reputação : 20

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Alexyus em Qui Jul 02, 2020 7:25 pm

    Denna escreveu:- Você vive observando o mundo daqui de cima, já tinha visto algo parecido?

    Moses respondeu naquela sua vozinha áspera, tentando disfarçar a tensão, sem muito sucesso:

    - Uma canoa sem remos com um cadáver de uma mulher bonita sem nenhum sinal da morte dela? Existem muitas coisas malignas em Mordent, mas nunca encontrei nada igual. Já vi cadáveres boiando no rio, mas num barco? Aliás, se alguém a matou, porque colocá-la numa canoa? E se um vampiro quer conertê-la, porque deixar o corpo boiando ao sol?

    Apesar de ranzinza, Marsh não era desalmado e estava ligeiramente abalado pela descoberta. E suas perguntas eram pertinentes.

    Enquanto isso, Andrei ficou alerta para seus arredores, olhando por sobre a amurada.

    As águas dos rio Arden corriam contrárias ao Pantera do Rio, velozes e sombrias à medida que a tarde se aproximava do fim. Em suas correntes, nenhuma pista de onde teria vindo a canoa. Mas ao estender o olhar para as margens, Koz divisou falhas na mata ribeirinha. Forçando a vista, ele percebeu várias cabanas em ruínas, quase tomadas pela vegetação.

    Vila abandonada Steadwall:
    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 003d5b959606005606b99ac14154991b

    Gallen seguiu o olhar de Andrei e notou o que ele observava, explicando:

    - Ah, aquela é Steadwall, uma vila abandonada há mais de vinte anos. O povoado ficava em volta da Mansão Halloway, aquela construção ali no topo da colina, está vendo? Mas quando os últimos Halloway desapareceram, os habitantes de lá se mudaram para outros lugares. Há boatos de que seja uma cidade fantasma, e só o velho barqueiro Smythe ainda vai lá. Como todas as travessias de balsa do Arden, o povo local diz que é altamente perigoso atravessar pra lá à noite, por medo de encontrar um Barqueiro das Brumas, seja lá o que for isso. Ainda bem que o tempo está bom, porque passar aqui em condições de neblina é especialmente perigoso.

    Apesar da explicação casual, Andrei percebia que até mesmo Gallen estava abalado.

    Mansão Halloway:
    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Xhauntedmansion_2011_2McKimMansion.jpg.pagespeed.ic.NY3Pn6J5F3


    Krystofor escreveu:- O recém convertido, como o caso não queima no sol... Ela morreu a maios ou menos seis horas atrás e a transformação não havia se completado, mas ao por do sol e da graça protetora de seus raios ela deve se levantar. Mas vamos comprovar uma coisa. Encosto o símbolo sagrado na testa.

    O corpo da jovem não se moveu enquanto Krezkov segurava o símbolo contra a testa dela, e nem quando retirou.

    Blöodgar'mindel foi o primeiro a raciocinar, pois além de seu conhecimentos sobre religiões, também tinha folheado o Guia do Dr. Van Richten sobre Vampiros, um dos tomos presenteados pelas irmãs Weathermay: se o que Krystofor dizia estivesse correto e a moça estivesse morta há seis horas, ela teria morrido ainda durante o dia, ocasião na qual um vampiro não poderia estar ativo.

    Além do mago, Denna, Anurag e o próprio Krystofor também tinham lido um pouco dos livros, e percebiam algumas características notáveis: apesar de morta, a jovem não apresentava sinais de debilidade anterior à morte que pudessem ser associadas à perda de sangue, não havia marcas em seu pescoço nem em seus pulsos, e o cadáver estava praticamente abandonado na jangada no meio do rio. Apesar de nenhum vampiro poder resistir à luz do sol, Van Richten escrevera que alguns não podiam cruzar cursos de águas correntes, como era o Arden.

    Apesar de todas as pistas em contrário, a aproximação do crepúsculo para breve traria a noite, quando a hipótese do sacerdote do Senhor da Manhã poderia ser confirmada ou refutada.

    Enquanto pensavam, Ed Eaton veio correndo do deque inferior trazendo um saco, que entregou a Krystofor:

    - Aqui, senhor padre! Todo o alho que temos! A comida pode ficar sem tempero, mas faça o que for preciso...

    O cozinheiro não parecia entusiasmado pela operação proposta por Krystofor, bem como todo o resto da tripulação, mas não pareciam dispostos a questionar o clérigo.
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2925
    Reputação : 3

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por gaijin386 em Qui Jul 02, 2020 8:20 pm

    [quote="gaijin386"]Ano do Senhor 755

    "Mas, sejam fortes e não desanimem, pois o trabalho de vocês será recompensado".

    Crônicas 2:15-7


    O sacerdote aceita o alho, não que fosse usar tudo, mas todavia ele já tinha uma estaca pronta .. - Evidências novas se manifestam perante minhas vistas. Nenhum maldito resistira ao toque do símbolo sagrado, talvez existam mais pistas... Olhando dentro da jangada só tem o corpo? Ou mais algum objeto pode ser visto? Krystofor vai observar, mas se o bicho pular nele vou estaca-lo no coração.

    OFF: Poderia tentar determinar do que ela morreu com novo teste de medicina?

    - Talvez quem tenha colocado ela na jangada seja daquele vilarejo... O que é aquele lugar? Ele pergunta a algum marinheiro próximo se referindo as cabanas arruinadas.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2976
    Reputação : 0

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por anderson em Qui Jul 02, 2020 8:53 pm

    Uma intensa batalha teve início sem que os tripulantes ou seus novos companheiros percebessem. Era um duro embate travado na mente do elfo. Se você não está familiarizado com o custo que as artes arcanas exigem de seus usuários, então, talvez esta cena não faça o menor sentido para você, mas Blöodgar'mindel estava acostumado a ponderar coisas sozinho. Fosse isto uma coisa comum como se passa com a maioria das pessoas, supostamente mau seria digno de nota. Acontece que o mago tinha costume de aplicar tarefas a própria mente. E este processo era bastante intenso chegando a uma parte de sua mente fazer um cálculo, outra uma lista de ítens, outra entoar uma cantiga, e assim sucessivamente. Ponderar e discutir problemas em seu poderoso cérebro era a parte mais simples do que estava acostumado a fazer. Era perigoso, não se deixe enganar.

    Nada de bom advirá disto. A mulher fora deixada sobre o barco no rio. Certamente é sinal de mau augúrio. Ela estava fria e parecia morta há seis horas ao menos. Não era de sua conta. Não havia marcas de mordida de vampiro ou de sangue que fora sugado. Tinha um compromisso com uma missão de pessoas que sofriam com um possível assassinato. O padre achava que ela poderia ser uma cria vampírica nova mesmo que não encontre prova substancial ou que o horário case com um comportamento regular de um vampiro. A noite se aproxima e teriam que parar para investigar. A mulher não se mexia em hipótese e, caso isso se confirmasse, havia apenas uma certeza: ASSASSINATO! Com que propósito? Por que a canoa? Merda! Era tarde! Blöodgar'mindel estava interessado.

    Tomando coragem, o mago se aproxima da canoa e começa a observar a mulher com mais atenção. Sabia o quão perigoso aquilo poderia ser. Deixara a posição de alerta, pois reparara que havia outros assim. Os pelos de sua nuca se eriçaram. Não era algo que estava acostumado a lidar, mas a primeira coisa que pensara, ao menos para eliminar a hipótese fora balbuciar a fórmula mágica conhecida e seus olhos estavam abertos as realidades mágicas. Será que esta jovem fora vítima de alguma magia? Precisava eliminar as possibilidades uma a uma até que só sobrasse a correta.

    - Vocês estão dispostos a ir até essa vila abandonada para investigar o que houve? Se ela foi assassinada, ela merece ser justiçada. Já lhes digo que se a apanharam das águas devem ser responsáveis a ponto de lhe trazer justiça. Honestamente o mago pouco se lixava para a justiça. No momento ele só não suportava não saber.

    Spoiler:
    Detectar Magia
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6685
    Reputação : 139
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Dycleal em Qui Jul 02, 2020 10:33 pm

    Denna estava curiosa e disse para Marsh: - Vou descer e ajudar o padre, posso examinar o corpo e a canoa em busca de pistas. Ela desce com agilidade pelos cordames e logo está ao lado do padre e diz: - Sou mulher, padre, e minha especialidade é acha pistas, posso despir o corpo e procurar sinais ou pistas do que a matou e também posso procurar pistas no barco e mesmo que não ache nada, pelo menos posso já preparar o corpo para ser enterrado com dignidade, seria mais adequado ser feito por uma mulher, correto? O que acha, padre?
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu
    gaijin386
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2925
    Reputação : 3

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por gaijin386 em Qui Jul 02, 2020 10:48 pm

    Ano do Senhor 755

    "Mas, sejam fortes e não desanimem, pois o trabalho de vocês será recompensado".

    Crônicas 2:15-7


    - Interessante. Eu concordo com o mago sobre investigar a vila arruinada. Sim minha cara Denna será mais respeitoso, mas mesmo assim tenha cuidado. Bem vamos deixar rolar e ver o que acontece, mas eu concordo em descer e ver as ruínas assim que eu souber do que a moça morreu mesmo.
    Faor
    Cavaleiro Jedi
    Faor
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 194
    Reputação : 6

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Faor em Sex Jul 03, 2020 7:06 pm



    Com os comentários de Gallen, Andrei fica um tempo em silêncio observando Steadwall e segura com firmeza o pequeno machado de arremesso, que ainda mantém fora do cinto. Os companheiros seguem discutindo sobre a jovem falecida e o bárbaro escuta eles falando sobre ir na vila abandonada para investigar.

    - Pessoal, o meu amigo Gates aqui diz que é bastante ruim passar por aqui de noite com neblina e lá é ainda pior. - Andrei não demonstrava medo algum, só chamava atenção de forma meio despreocupada. - A gente está de carona aqui também, né? Isso e o problema lá em Mortigny, que era importante chegar logo... Bom. Eu pulo na água na hora que vocês quiserem, mas parece má ideia se demorar por aqui, hein? - O bárbaro até sorri enquanto fala e se aproxima dos dois sujeitos que estão tentando entender o que aconteceu com a moça. Ele acena para Denna quando ela se voluntaria, claramente satisfeito, sem surpresas.

    Passada a tensão inicial, Andrei tenta acompanhar de perto o pessoal para aprender alguma coisa.

    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 6685
    Reputação : 139
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Dycleal em Sab Jul 04, 2020 11:31 am

    Teste de sobrevivência +9 (para achar pistas no barco e no corpo da moça):
    Dycleal efetuou 1 lançamento(s) de dados ON - Rumo a Mortigny - Página 3 1139504.7c7e302e16a24865f62067a0b289ee5e (d20.) :
    5
    Alexyus
    Tecnocrata
    Alexyus
    Tecnocrata

    Mensagens : 351
    Reputação : 20

    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Alexyus em Sab Jul 04, 2020 2:56 pm

    Krystofor escreveu:- Evidências novas se manifestam perante minhas vistas. Nenhum maldito resistira ao toque do símbolo sagrado, talvez existam mais pistas... Olhando dentro da jangada só tem o corpo? Ou mais algum objeto pode ser visto?

    Não havia nada mais dentro da jangada por baixo ou ao lado do corpo, mas... nas mãos da jovem havia um livrinho, que até então passara despercebido pelos investigadores do cadáver.

    Após arrancar o livro do forte aperto cadavérico da jovem, Krystofor examinou-o e descobriu que se tratava de um diário. Na contracapa estavam marcados vários nomes de pessoas com o sobrenome Halloway, todos com datas de nascimento e falecimento, exceto pelo último, Hellen Halloway, que tinha apenas a data de nascimento. No diário, Hellen, a autora do diário, relatava como fôra mandada ainda bebê para longe de Mordent para morar com uma família de Dementlieu ao passo que mortes misteriosas acometiam cada um de seus familiares. Agora uma mulher feita, ela planejara retomar as propriedades de sua família e desvendar os mistérios por trás de cada morte. Mas... as últimas cinco páginas do diário haviam sido arrancadas...

    Krystofor escreveu:- Talvez quem tenha colocado ela na jangada seja daquele vilarejo... O que é aquele lugar? Ele pergunta a algum marinheiro próximo se referindo as cabanas arruinadas.

    Dessa vez foi o capitão Maynard Rivers que respondeu:

    - Steadwall. Antigamente era um povoado com um porto movimentado, centralizava todo o comércio na volta do Arden. A família Halloway era tida como senhores do Arden, mas mortes acidentais, afogamentos e assassinatos não explicados levaram ao declínio da família; dizem até que o próprio rio que dominavam se virou contra eles. Quando o último Halloway morreu, os habitantes do povoado já tinham se mudado daqui há bastante tempo. Faz mais de 25 anos que está abandonado. Acha que tem algo a ver com a moça?


    Bloody escreveu:- Vocês estão dispostos a ir até essa vila abandonada para investigar o que houve? Se ela foi assassinada, ela merece ser justiçada. Já lhes digo que se a apanharam das águas devem ser responsáveis a ponto de lhe trazer justiça.

    Enquanto discutia o assunto com seus companheiros, Blöodgar'mindel teve uma ideia inteligente para determinar a causa da morte da jovem. Esperando determinar se o causador da morte tivera origem mágica, o mago conjurou o feitiço para Detectar Magia...

    ...mas nada aconteceu. Nenhum brilho ínfimo de resquício mágico. Nada. O que quer tivesse matado a jovem, não tivera origem mística.

    Denna escreveu: - Sou mulher, padre, e minha especialidade é acha pistas, posso despir o corpo e procurar sinais ou pistas do que a matou e também posso procurar pistas no barco e mesmo que não ache nada, pelo menos posso já preparar o corpo para ser enterrado com dignidade, seria mais adequado ser feito por uma mulher, correto? O que acha, padre?

    Com a aquiescência de Krezkov, Denna começou a vasculhar a jangada e o corpo da jovem. Um lugar negligenciado pelos examinadores púdicos mas preferidos pelos vampiros pela alta vazão sanguínea, a virilha da jovem estava intacta. O cheiro dela tinha um aroma agradável de flores e um resquício de suor, indicando que ela estivera ao ar livre durante algum tempo antes de sua morte, mas seus pés descalços estavam limpos; qualquer calçado que tivesse usado não a tinha acompanhado na jangada. No casco de madeira escura e envelhecida, os olhos sagazes de Denna notaram manchas residuais de barro de uma pegada, provavelmente de uma bota pesada, talvez uma galocha; o tamanho parecia muito maior do que os delicados pés da loira morta.

    Andrei escreveu:- Pessoal, o meu amigo Gates aqui diz que é bastante ruim passar por aqui de noite com neblina e lá é ainda pior. - Andrei não demonstrava medo algum, só chamava atenção de forma meio despreocupada. - A gente está de carona aqui também, né? Isso e o problema lá em Mortigny, que era importante chegar logo... Bom. Eu pulo na água na hora que vocês quiserem, mas parece má ideia se demorar por aqui, hein?

    O capitão Maynard interveio na conversa para dizer:


    - Eu concordo com o senhor elfo, se ela foi assassinada, merece receber justiça. Não posso fazer muito para ajudá-los, não somos investigadores nem nada assim, mas se quiserem um bote a remo, eu posso ceder. Essa mudança no vento parece indicar mau tempo para a noite, então deveríamos ancorar o Pantera do Rio até amanhã de manhã. Se conseguirem resolver isso até lá, eu me disponho a esperá-los.
    Conteúdo patrocinado


    ON - Rumo a Mortigny - Página 3 Empty Re: ON - Rumo a Mortigny

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jul 06, 2020 4:55 am