Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Morcego Negro - Andrade

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Claude Speedy Sex Dez 11, 2020 12:00 pm



     
         
         
     

             

                 
                 
                     
                 
             

         

             

                 



    As palavras de meu ancestral fazem sentido enquanto viajamos, de fato a cidade parecia ser um lugar sempre opressor para mim, assim como o lobo que fala comigo também repete que é um fator comum à todos... Provavelmente seriam para um imigrante russo durante a conturbada revolução socialista que culminou no controle dos bolcheviques.

    Difícil de imaginar o que esse ancestral viveu, uma sociedade dominada pelos fracos, onde os humanos passaram a destruir as fronteiras tão bem orquestradas e criadas pelo antigo clã¹ dos Presa de Prata. Onde a base, dos ressentidos, tomou o poder do poderoso Czar por se sentirem violados como foi na revolução francesa ou no fim do Impergium.

    Humanos... a razão do poder em nossas almas é por causa deles. Esse gado tão rebelde. Nós temos a função de guia-los e governa-los em sua ousadia. Meu ancestral fala sobre a Wyld, a força da continua mudança.

    A hostilidade da aranha e a Weaver é o comentário mais reincidente nos temores mais profundos do  homem. Enquanto me aproximo do Central Park, penso na honra de estar andando com alguém como Bote Oculto e com tantos outros que sempre me sussurram. Em meu intimo acredito que são recordações da grandeza de todos os amaldiçoados com a fúria de Gaia.

    Gaia, a mãe de Tifão, o horrendo destruidor de deuses, a enlouquecida Wyrm justamente pelas forças da Weaver.

    Diziam os anarquistas que ajudaram os bolcheviques na URSS que a destruição é um processo criativo... Mas eles não foram capazes de imaginar o quanto o capitalismo poderia destruir muito mais.

    Meus vastos recursos devem estar a serviço da mudança, da Wyld, mas não devem nunca ser o que eu sou, para que eu não fique estático como a Weaver. Para que eu não seja uma força de destruição insana como Tífon, a Wyrm, se tornou. Grato, meu ancestral. Irei contemplar a Wyld e aprender com ela em como me manter em constante criatividade.

    Saindo no Central Park, procurava um lugar onde pudesse sair e tornar-se uma pessoa caminhando pelo ambiente, observando a natureza do lugar em meio aquela selva de pedras e vidro que reflete o espírito humano que ele  um dia foi de forma covarde e estática. A coragem deveria estar em abraçar o que ele se tornou.

    Caminhava tentando entender o que da Wyld naquele lugar era relevante para seu ancestral.

    1-Clã é um erro de aprendizado de Andrade, ele acredita que a "maldição" do lobo vampiro vem pela mordida. E aprendeu também o termo vampiro sobre aglomeração de um mesmo grupo de pessoas de mesma herança de sangue. Ele até sabe as histórias das tribos mais próximas dos Senhores das Sombras como os Presa de Prata, mas algumas informações são mescladas. Histórias especificamente da própria Tribo são misturadas com os Lassombra da Espanha.


             

         
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 70

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Alexyus Seg Dez 28, 2020 9:52 am

    Deixado sozinho por seu ancestral, Andrade cruzou a versão umbral da Quinta Avenida. 

    Tudo era ordenado e preciso. Fios longos esticavam-se sobre a rua, procurando manter oi tráfego fluindo em padrões regulares. A energia verde brilhante da foresta do parque mudava bruscamente para o padrão cinza da civilização. Havia espíritos aprisionados nos sinais próximos, gritando comandos de uma palavra, como "Pare" ou "Siga".

    Enquanto o Morcego Negro se aproximava do Central Park, ele notou que estava sendo seguido: um dos espíritos aracnídeos robóticos avançava em seu rastro, clicando ameaçadoramente!

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 WruCbtw
    Mapa do Central Park:
    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Centra10
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Claude Speedy Sex Jan 08, 2021 9:22 am



     
         
         
     

             

                 
                 
                     
                 
             

         

             

                 



    NÃO!

    O verde!

    Essa maldita cor cinza do aracnídeo levou o verde!

    Agora a reação dos meus atacantes era agonizante e era evidente...

    Aqueles membros do Rebanho em suas mentes eram flutuações de uma prisão de fios de teia...

    Como poderia o fraco impor ao forte todo seu ressentimento se não através de um arquétipo de uma aranha metálica?

    Tem de haver alguma saída aqui, pela Quinta Avenida mesmo, onde eu possa sobreviver à essa criatura.
    Para que meu potencial não seja detido pelas cordas das leis dos homens.

    Enquanto corro procurando entrada para o Parque penso no mundo terrível em que nasci e que herança cruel esta submetida a minha geração.

    As "autoridades" humanas arrasam o mundo com moral dos fracos... Como insetos se submeteram facilmente às regras estabelecidas , que não criam nem modificam, pois não se sentem capazes de transformar algo, portanto apenas aceitam e seguem ordens. É a moral dos que são facilmente guiados, que não questionam as regras, as "verdades" e os valores morais, que acreditam numa ordem em meio ao caos, e que a seguem com o intuito de guiar e orientar sua vida.

    Essa ordem é a Weaver, de fato me disseram os Senhores das Sombras que nenhum lobo de qualquer clã se sente plenamente à vontade nas cidades. Mesmo os que como eu se esgueiram e se usam da "Ordem" tão artificial e mecanicamente forjada somos na verdade frutos da Wyld, nós somos filhos da lei do forte!

    Sim. Nós, somos a Wyld! Nos guiamos não pelo que uma paralisante força de amarras possa nos guiar. Nós, os fortes,  somos aqueles que se afirmam independente das regras estabelecidas, daqueles que criam e estabelecem os valores, não dependemos de uma orientação externa, mas nos guiamos por seus próprios valores. Foi assim durante o Impergium, quando tentamos salvar essa raça moribunda dos mortais deles mesmos... Em minha mente, tudo fica claro, apesar de tentar tornar tudo cinza, graças às palavras de Bote Oculto.

    Nós seguimos a moral daquele que diz "sim" à vida, que não nega o caos, as incertezas e angústias da existência, mas que assume a vida apesar delas. Esse é o legado de meus ancestrais, a responsabilidade de todo Senhor da Sombra de aceitar o fardo de que a existência não é um conjunto fútil de imposições ressentidas de moscas grudadas de forma robótica em uma rede de lamentações virtuais. Ela é um ambiente de caça!

    Venha... Minha cara Aranha... Siga-me até o parque onde Bote Oculto me apontou o reino da Wyld...
    Meu ancestral me disse que outros virão até aqui.
    Vamos... só mais um pouco.

    Sim, é esse o caminho.

    Minha mente, meu inconsciente, diz que devo arrastar mais dos nossos até as profundezas da Wyld.

    Fazer a Aranha e sua teia romper.

    Sim!

    Venha Aranha, pense que sou uma mera mosca.

    Uma presa fácil... De prata, se possível for.

    Venha, me siga até área verde desse parque e morra em minhas garras...

    Avanço mais um pouco, procuro encontrar qualquer vestígio do verde que senti...

    Procuro por água, espelhos ou qualquer local por onde eu possa sair vendo a janela da alma de meus olhos.
    Mas especialmente procuro o verde da Wyld, onde irei despedaçar essa aranha e nutrir a terra com seus membros ferrosos tão estáticos.

    Venha Aranha... Me siga até o verde.

    Me siga até a Wyld mais profunda e morra para que a vida dos lobos se inicie.

    E sigo a busca pela cor verde ou por uma superfície reflexiva antes de começar a lutar contra a aranha.

    O que achar primeiro.


             

         
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 70

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Alexyus Sex Nov 26, 2021 11:36 am

    Andrade estava a postos dentro do Central Park (se bem que ele parecesse um tanto diferente ali), esperando que aquela aranha mecânica viesse atrás dele.

    O ser metálico avançou com suas patas clicando sobre a calçada e adentrou os limites do parque, mas assim que o fez, começou a tremer enquanto choques elétricos percorriam seu corpo.

    Antes que Guterrez pudesse atacar, um enorme lobisomem negro caiu do céu direto sobre a aranha, esmagando-a sob suas garras com o impacto. Peças mecânicas voaram pelo ar e se desmaterializaram como arquivos sendo deletados. A maior parte da carcaça metálica sobre o crinos piscou suas luzes uma última vez e apagou-se para sempre, iniciando um processo de desmaterialização igual suas peças tinham sofrido.

    O lobisomem negro ficou olhando até o último vestígio desaparecer e depois começou a voltar para a forma hominídea, enquanto comentava:

    - Houve um tempo em que elas explodiam só de ultrapassar os limites...

    Ele terminou sua mudança, era um homem alto de idade indefinível com cabelos longos e pretos apresentando alguns pontos grisalhos, usando um óculos escuros e um terno de corte chique. Ele virou-se para o MOrcego Negro e disse:
    Spoiler:
    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Images?q=tbn:ANd9GcRCO69m43JQKmdTdla4_G9RJuKKfBtnDsQe_g&usqp=CAU
    - E agora, me responda quem é você e porque está aqui.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Claude Speedy Sex Nov 26, 2021 11:56 am



     
         
         
     

             

                 
                 
                     
                 
             

         

             

                 



    Outro...
    Finalmente outro.

    Um Irmão da Sombra.
    Meu corpo se modifica magistralmente, aos poucos...
    Criando uma essência simples de pensamento enquanto abandono a forma de lobo em cada etapa e novamente humana, já que foi assim que ele resolveu se apresentar.

    —Eu sou o Morcego Negro. Bote Oculto me enviou... disse que estou operando demais nas cidades e que eu precisava buscar mais pelo local da Weaver... Eu não sei bem até quanto um lugar como esse parque deveria ficar acuado assim, para dizer a verdade.

    Eu sabia pouco sobre o quanto os outros entendiam seus sonhos e vozes com os que se foram, mas sempre os interpretei como ecos mentais de uma psique coletiva.

    —Me perdoe essa chegada repentina, sem avisar. Eu contava eliminar a Aranha aqui na entrada, mas fico feliz que mais alguém estava atento a aproximação dela.

    Havia tantas perguntas que eu gostaria de fazer... Mas a primeira de todas era a mais simples.

    —E você, nobre irmão... Como se chama?

    Com isso aguardava a reação daquele evidentemente experiente lobo.


             

         
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 70

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Alexyus Sex Nov 26, 2021 12:10 pm

    - Pode me chamar de Sombra - respondeu o outro. 

    Ele ainda não sorria, sua face quase imóvel e inexpressiva, e aqueles óculos dificultavam ler suas reações.


    - Não conheço nenhum Bote Oculto, mas você parece estar dizendo a verdade. Qual seu augúrio, tribo, posto e ascendência? E como chegou aqui?

    O  tal Sombra ainda não  tinha dado nem um passo desde que pousara sobre a aranha mecância, mas olhava com atenção para Andrade
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Claude Speedy Sex Nov 26, 2021 2:35 pm



     
         
         
     

             

                 
                 
                     
                 
             

         

             

                 



    De fato Bote Oculto é certamente apenas parte de uma personalidade minha, algo que algum psiquiatra precisará ajudar um dia.
    Certas vezes é disso que realmente devem ser feitos nossos defeitos e fraquezas... de fatores a serem desaparecidos.

    Aquele momento parecia extramente confuso.

    "—Your name is Shadow? Sombra?

    O nome dele era o nome do Clã?
    Que estranho...
    Aquelas perguntas pedindo vários documentos de confirmação eram ainda mais confusas.
    Elas falavam sobre algum tipo de enigma, além de exigir algum tipo de signo de nascimento...

    —Eu não entendo bem... Até onde sei sou também sou "Sombra"... Mas não sei lhe responder sobre as outras questões... ²

    Havia tantas perguntas que eu gostaria de poder responder.. Mas não fazia ideia sobre o que ele estava falando.

    —Você é "O" Senhor da Sombra? É disso que realmente se trata...? Você é o maior de todos nós?

    Seria ele o líder supremo?


             

         
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 4240
    Reputação : 77
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Claude Speedy Sex Nov 26, 2021 2:38 pm

    1-A frase foi dita extamente como esta escrita. Metade em inglês e "Sombra" em Português. Andrade aprendeu a palavra "Lassombra" e fez uma tradução livre de "La Sombra" no español. Em português a palavra é a mesma. Ao ouvir um Garou se chamar "Sombra" toda compreensão da conversa se perdeu para ele.

    2-a segunda em diante fala foi feita toda em inglês.
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade
    Alexyus
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 70

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Alexyus Qui Dez 02, 2021 1:32 pm

    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Images?q=tbn:ANd9GcRCO69m43JQKmdTdla4_G9RJuKKfBtnDsQe_g&usqp=CAU
    O Sombra suspirou profundamente, ainda encarando Andrade.

    - Filhotes perdidos... Morcego Negro - Andrade - Página 2 1f60e  

    Pela primeira vez, ele se moveu na direção de Gutierrez. Passou andando por ele na direção do interior do parque.

    - Me acompanhe.

    Ele andava sem encarar Andrade diretamente, andando tranquilamente e sem pressa pelos caminhos paradisíacos daquela visão espiritual do Central Park.

    - Primeiro de tudo, eu não sou "O" Senhor das Sombras, mas um Senhor das Sombras, um dos membros da tribo mais adaptável e engenhosa da Nação Garou. Se você se mostrar à altura, pode ser aceito como membro de nossa tribo.

    A voz dele era baixa e suave, mas com um tom duro quase cruel.

    - Segundo, qual seu nome humano? Como você descobriu que era um lobisomem? 
    Conteúdo patrocinado


    Morcego Negro - Andrade - Página 2 Empty Re: Morcego Negro - Andrade

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Dez 04, 2021 2:04 am