Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Seg Mar 22, 2021 1:11 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]




    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Teseu10
    —Isso é certamente um absurdo, senhora Dirtyfoot. Que garantias qualquer um que não seja raça dos goblinóides pode ter com a Aliança Negra como regente? Essa ideia de superioridade racial sem nenhuma moral para com os protegidos levaria a vida de todos em riscos sem limites. E é por isso que nós de Tapista hoje somos os protetores dos elfos.

    A velha anciã goblin estava sentada em uma confortável cadeira nos salões de Norla Zinfraud e se entediando há quase uma hora ouvindo a ladainha do senador Teseu de Ática sobre o quanto seu patrono era sanguinário e que sua cidade esta cercada em uma batalha perdida na cidade-fortaleza de Khallinfor.

    De fato, Diante da ameaça e da passividade das maiores figuras de Arton, chegou-se a criar até mesmo rumores de que Ghallen Forandi, líder do Conselho de Regentes da cidade de onde Bhavalkhia veio estaria disposto a fazer acordos com a Aliança Negra. E tais fatos eram reais, ainda mais com a tentativa de hostilizar a família Dirtyfoot que sempre eram resolvidas pela anciã.

    Foi graças uma trégua que ela costurou que a cidade esta com um frágil tratado de paz. E nesse salão, tanto Bhavalkhia quanto o senador Teseu disputam para ver quem adotaria o grupo de piratas controlados por Norla como uma frota de corsários a serviço de seu império. Enquanto ambos sabiam que a própria matriarca visava conseguir com o casamento arranjado de sua sobrinha ampliar seu papel diante do regente de todo reino de Ahlen.

    A negociação seria apertada, isso se não terminasse em uma batalha ali mesmo naquele lugar. Ou haveria algum modo de se chegar a um acordo entre todos?


    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Seg Mar 22, 2021 3:49 pm

    Balva como era carinhosamente chamada pelos seus discutia com o senador Teseu, sobre a possibilidade de rendição a Aliança Negra por parte do reino de Ahlen. A mais de uma hora ela estava pacientemente ouvindo as palavras de Teseu, porém mesmo divagando bastante as palavras do senador faziam sentido de fato. Era um problema a questão da superioridade de raça que Thwor Ironfist aplicava e isso dificultaria bastante uma negociação pacífica, mas a velha goblin sempre preferiu diplomacia a agressão e já a algum tempo tenta costurar pacificamente um apoio a seu patrono. Era algo trabalhoso e desgastante, mas era prazeroso para ela.

    De volta a conversa, Teseu já encerrava seu raciocínio, em seu interior Balva sentia-se aliviada de parar de ouvir a voz dele por tanto tempo, então aguardou sua conclusão.

    —Isso é certamente um absurdo, senhora Dirtyfoot. Que garantias qualquer um que não seja raça dos goblinóides pode ter com a Aliança Negra como regente? Essa ideia de superioridade racial sem nenhuma moral para com os protegidos levaria a vida de todos em riscos sem limites. E é por isso que nós de Tapista hoje somos os protetores dos elfos.

    Bhavalkhia levanta-se após a conclusão e começa a circular no recinto fazendo sua explanação:

    -Os globinóides de modo geral, de fato são um grupo de raças que se comportam ainda de modo primordial. Esse comportamento gerou e gera todo tipo de agressão e preconceito. Essas agressões sempre foram passadas de geração para geração de ambos os lados, por exemplo: Temos os globinóides sendo massacrados, excluídos e expulsos pelas raças antes ditas "Superiores" Tais quais os elfos... Tudo isso aumentou ainda mais o ódio contra eles e o próprio ódio deles, resultando no que hoje conhecemos como "Aliança Negra". Esta, por sua vez,  ameaça as ditas raças superiores, quando hoje aqueles antes inferiores também passaram a se denominam raças superiores e também querem subjugar quem os subjugou por tanto tempo. Um exemplo claro é nome de minha família... A muito tempo somos uma família que convivemos de modo mais civilizado e ainda assim somos humilhados o tempo inteiro...

    A velha para encarando Teseu e em seguida olha para os demais, parando um pouco para que todos entendam o raciocínio. Logo retoma sua palavra:

    -Como podem ver, isso é um ciclo eterno de guerras e conflitos constantes que dificilmente terminará bem. Hoje, ninguém pode deter A Aliança Negra, eles já tem todo um continente sob seu comando e seu líder é imortal, sequer um Deus pôde detê-lo. Algum de vocês pode? Todos vocês talvez ou todos nós? Não, não podemos!

    A velha elevava a voz para que todos entendessem bem o que ela falava e passava convicção no que saia de sua boca.

    -Mas como podem ver- dizia ela apontando para si- Apesar de não ser um apreciador de política e diplomacia ele me enviou para fazer política e diplomacia o que já é um indício de que ele tem intensão de negociar termos. Eu cuidarei pessoalmente dessa negociação e caso vocês queiram representarei os interesses das raças não globinóides diretamente com ele, tendo sucesso terei maior credibilidade e respeito diante dele o que pode ser bom para vocês, pois agirei em nome de vocês, não independentemente, afinal, antes de qualquer atitude minha teremos debates como este e o que for decidido será levado a ele.

    A teurgista suspira esperando mais alguns segundos para que todos absorvam as informações para então continuar a falar.

    -Não há vitória contra a Aliança Negra, não sabemos quando a profecia irá se cumprir. O que estou propondo é exatamente um meio menos doloroso para todos os não globinóides e confiando em minha habilidades até convencer o Thwor Ironfist de que não adiantará ele reinar sob um reino de ruinas e cadáveres e que mantendo a maioria das demais raças vivas e ativas os benefícios para ele serão muito maiores. E claro, tenho certeza que ele dará muitas garantias e ficará bastante satisfeito com aqueles que o apoiarem, ainda mais quando se tem poder e uma bela frota de corsários.. Encerrava ela lançando um olhar para Norla Zinfraud.

    Bhavalkhia não tinha certeza se poderia conseguir isso com Thwor Ironfist, mas ela tentaria buscar algo menos prejudicial aos demais, até porque ela prefere viver de modo mais civilizado do que selvagem. Mas sabia também que muitos sacrifícios seriam feitos, mesmo nessa transição mais "pacífica", porém não tinha como evitar isso.

    -Pois bem, só enxergo duas opções: Lutar uma guerra impossível de ser vencida ou se render, ganhando mais tempo de vida para lutar por algum futuro melhor... Cabe a vocês decidirem. Independente de qualquer coisa, continuarei meu trabalho diplomático, pois não estou aqui para lutar e subjugar os outros pela força, mas sim abrir os olhos para um caminho menos penoso. Pois bem, o tempo esta correndo e Thwor Ironfist estende seus braços cada vez mais além. Pensem nisso. Não há muito tempo.


    Após andar quase todo o salão com suas explanações, ela volta para sua cadeira e senta confortavelmente.

    Obs: A diplomacia de 11 + 16(dado) = 27.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Ter Mar 23, 2021 1:02 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]


    Bhavalkhia escreveu:

    —Os globinóides de modo geral, de fato são um grupo de raças que se comportam ainda de modo primordial. Esse comportamento gerou e gera todo tipo de agressão e preconceito. Essas agressões sempre foram passadas de geração para geração de ambos os lados, por exemplo: Temos os globinóides sendo massacrados, excluídos e expulsos pelas raças antes ditas "Superiores" Tais quais os elfos... Tudo isso aumentou ainda mais o ódio contra eles e o próprio ódio deles, resultando no que hoje conhecemos como "Aliança Negra". Esta, por sua vez,  ameaça as ditas raças superiores, quando hoje aqueles antes inferiores também passaram a se denominam raças superiores e também querem subjugar quem os subjugou por tanto tempo. Um exemplo claro é nome de minha família... A muito tempo somos uma família que convivemos de modo mais civilizado e ainda assim somos humilhados o tempo inteiro...

    Teseu ouve atentamente com uma expressão passiva, mas conforme a goblin se aproxima dele, nota que sutilmente uma elfa silenciosa carregando arco e flecha surge da porta atrás dele. Abrindo sutilmente a cortina e olhando diretamente caso a anciã se aproxime demais do senador.

    Bhavalkhia escreveu:
    -Como podem ver, isso é um ciclo eterno de guerras e conflitos constantes que dificilmente terminará bem. Hoje, ninguém pode deter A Aliança Negra, eles já tem todo um continente sob seu comando e seu líder é imortal, sequer um Deus pôde detê-lo. Algum de vocês pode? Todos vocês talvez ou todos nós? Não, não podemos!

    A elfa faz menção de sair de trás da cortina e abrir a boca quando a matriarca começa a dizer o quanto é impossível deter o avanço do líder da Aliança, mas se mesmo sequer olhar para ela Teseu ergue a mão e a garota se escolhe de novo.

    Bhavalkhia escreveu:-Mas como podem ver- dizia ela apontando para si- Apesar de não ser um apreciador de política e diplomacia ele me enviou para fazer política e diplomacia o que já é um indício de que ele tem intensão de negociar termos. Eu cuidarei pessoalmente dessa negociação e caso vocês queiram representarei os interesses das raças não globinóides diretamente com ele, tendo sucesso terei maior credibilidade e respeito diante dele o que pode ser bom para vocês, pois agirei em nome de vocês, não independentemente, afinal, antes de qualquer atitude minha teremos debates como este e o que for decidido será levado a ele.

    Enquanto a teurgista suspira esperando mais alguns segundos para que todos absorvam as informações, ela tem a impressão que o minotauro sorria maliciosamente.


    Bhavalkhia escreveu:-Não há vitória contra a Aliança Negra, não sabemos quando a profecia irá se cumprir. O que estou propondo é exatamente um meio menos doloroso para todos os não goblinóides e confiando em minha habilidades até convencer o Thwor Ironfist de que não adiantará ele reinar sob um reino de ruinas e cadáveres e que mantendo a maioria das demais raças vivas e ativas os benefícios para ele serão muito maiores. E claro, tenho certeza que ele dará muitas garantias e ficará bastante satisfeito com aqueles que o apoiarem, ainda mais quando se tem poder e uma bela frota de corsários..

    Norla Zinfraud olhava de volta para sua convidada pensando no comentário, visivelmente preocupada, ao contrário do senador que parecia se controlar para não rir.

    -Pois bem, só enxergo duas opções: Lutar uma guerra impossível de ser vencida ou se render, ganhando mais tempo de vida para lutar por algum futuro melhor... Cabe a vocês decidirem. Independente de qualquer coisa, continuarei meu trabalho diplomático, pois não estou aqui para lutar e subjugar os outros pela força, mas sim abrir os olhos para um caminho menos penoso. Pois bem, o tempo esta correndo e Thwor Ironfist estende seus braços cada vez mais além. Pensem nisso. Não há muito tempo.


    Quando a matriarca volta para sua cadeira, Teseu coloca de volta sua taça de vinho vazia sobre a mesa e é nessa hora que a elfa sai de vez do corredor e enche de novo.

    —É um discurso bastante eloquente, mas também superestimado por sua parte... Pelo visto sabe pouco sobre mim, pequena anciã. Eu estive investigando com minhas tropas o norte de sua cidade... As esperanças estavam realmente acabadas, mas... Eu soube o que e como fazer uma mudança central nesse cenário. Capturamos e expulsamos vários invasores de seu povo. As palavras deles são claras, Ragnar quer eliminar todos humanos, elfos e anões da face de Arton... E entenda que os minotauros de Tapista contam com o poder de Tauron...

    A elfa terminando de servir a taça comenta interrompendo.

    —Que é o senhor, Poderoso Teseu.

    Em um tom entediado ele responde.

    —Cale-se, Mielikki. Não é próprio que me interrompa, eu posso falar por mim

    —Perdão, Poderoso Teseu, mas não posso ouvir tamanha insolência dessa mulher que desconhece que esta diante da encarnação do principal Deus do Panteão.

    Ele faz um gesto com desdém para que ela retorne para atrás da cortina, essa obedece levando a jarra.

    —Como ouviu... Ragnar, um servo do falso Deus da Morte contra o poder de Tauron... E mesmo que fosse o verdadeiro toda morte é submissa à Força capaz de matar. E além disso eu decifrei a profecia sobre a Flecha de Fogo que tirará a vida dele. Não há nada que esse hobgoblin possa oferecer, além disso eu posso tornar toda marinha de Tapista aliada direta da casa Zinfraud. Além de que tenho ótimas relações com Deheon, a capital do Reinado, de onde todos esperam que venha a solução final contra a Aliança Negra. Oferecer covardia como resposta através de suas ameaças veladas esta bem abaixo de qualquer padrão que um cidadão protegido de Tapista aceitaria... Fazer um acordo com um homem que defende a total destruição de sua raça? Que elfo, anão ou homem aceitaria isso? É bem melhor estarem sobre o benevolente cuidado do império como forma de proteção do que ir implorar clemência à um bárbaro revolucionário.  

    Comentava sem sair do lugar e finalizava bebendo mais vinho.
    Apesar dessa retórica, Zorla estava bem interessada no que a goblinóide disse.
    Porque as histórias que vinha de Khalifor era que a cidade estava por um fio e que em breve cairia.

    Ela então finalmente se pronuncia.

    —Por favor, sem exaltações. Eu não vejo a Aliança Negra como uma oposição tão ferrenha aos meus interesses quanto o senador esta propondo... Pelo contrário! Podemos sim concordar em agir em conjunto se permitirmos que Lady Dirtyfoot possa falar com ele por nós. Além disso eu não recusaria jamais o apoio do Império de Tapista, já que o regente do reino de Ahlen esta cada dia mais distante e os recursos para segurança pública estão cada vez mais escassos.


    —Pretende negociar com quem destruiu o reino élfico? Nós temos responsabilidades para com o povo que ele massacrou.

    —Eu bem sei. Por conta justamente dessas responsabilidades que te peço que aguarde a negociação dela antes de iniciar sua campanha em direção à  Khalifor.

    —Tolice sua, Norla. Se eu não for, a cidade-fortaleza onde essa goblin e sua família moram irá cair e eu tenho responsabilidade de proteger os fracos. Mas se ela veio até aqui como representante da cidade para pedir que eu não intervenha e como posso detê-lo em seguida, eu vou considerar o pedido de vocês duas apenas para provar que vocês estão erradas. Não vou avançar com os legionários em favor de Khalifor, já que a nobre goblin não quer que eu lute contra a Aliança nesse momento porque acha que ninguém pode detê-lo, assim como você ainda acha que pode convencer aquele insano a ser um regente diplomático melhor que o império minotauro... haha... Absurdo...  mas não vou ceder a tamanha loucura... Eu também não retirarei minhas tropas da região norte da cidade dessa goblin. E se eu estiver certo, e eu sei que estou e Khalifor cair na mão da Aliança Negra eu vou pessoalmente lhe exigir que apoie que o Império Tapista venha a reger a cidade de Gorsengred como um protetorado. Feito?

    —Certo. Se Bhavalkhia falhar em negociar por seu próprio povo em proteger a cidade de Khalifor eu irei defender que o Império Tapista proteja nossa cidade, mas se ela for bem sucedida então eu conversarei com a Aliança Negra para que essa seja nossa protetora. Nesse meio tempo peço que não ataque nenhum de nossos navios piratas e faremos o mesmo com as cargas de escravos indo para Tapista.

    —De acordo. Temos um trato, Lady Dirtyfoot? Acha que pode impedir que a sua cidade não seja massacrada pelo o seu tão sensato líder?

    O minotauro sorri, como é possível aos bovinos sorrirem, e olha para a goblin aguardando que ela diga sua opinião se concorda.
    Ao que parece a diplomacia conteve por hora o que seria já a certeza do Império Tapista avançar sobre a cidade, mas seria ela capaz de deter as tropas do bugbear Throw Ironfirst para conseguir que ele se convença a administrar essa cidade?


    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Ter Mar 23, 2021 5:02 pm

    Balva apenas observava as reações de todos os presentes enquanto falava e percebe sem dificuldades a arqueira na espreita, voando ao lado da cadeira onde ela estava Éden, muito bem arrumado e limpo com seus olhos atentos para a movimentação.

    —É um discurso bastante eloquente, mas também superestimado por sua parte... Pelo visto sabe pouco sobre mim, pequena anciã. Eu estive investigando com minhas tropas o norte de sua cidade... As esperanças estavam realmente acabadas, mas... Eu soube o que e como fazer uma mudança central nesse cenário. Capturamos e expulsamos vários invasores de seu povo. As palavras deles são claras, Ragnar quer eliminar todos humanos, elfos e anões da face de Arton... E entenda que os minotauros de Tapista contam com o poder de Tauron...

    A velha observa e tece um comentário com certa acidez inicialmente, mas logo mantinha sua postura.

    -Entendo...então, caso seja necessária você aplica essa suposta "mudança Central" para sair com a suposta vitória. Quanto ao que você ouviu das buchas de canhão, era obvil que agiriam assim, é isso que os move, mas eles aceitarão tudo que seu mais novo "Deus" decidir e convenhamos, com o poder de derrotar um Deus eu não me renderia aos desejos do servo de um Deus, eu me tornaria a própria Deusa. É um discurso que talvez ele possa se interessar...

    Encerrava ele de modo sereno.

    —Perdão, Poderoso Teseu, mas não posso ouvir tamanha insolência dessa mulher que desconhece que esta diante da encarnação do principal Deus do Panteão.

    A velha sorri em deboche da garota lançando um olhar para Éden que coloca a mão na boca para conter um sorriso.

    -Parece que seus servos realmente lhe amam, Teseu...


    —Como ouviu... Ragnar, um servo do falso Deus da Morte contra o poder de Tauron... E mesmo que fosse o verdadeiro toda morte é submissa à Força capaz de matar. E além disso eu decifrei a profecia sobre a Flecha de Fogo que tirará a vida dele. Não há nada que esse hobgoblin possa oferecer, além disso eu posso tornar toda marinha de Tapista aliada direta da casa Zinfraud. Além de que tenho ótimas relações com Deheon, a capital do Reinado, de onde todos esperam que venha a solução final contra a Aliança Negra. Oferecer covardia como resposta através de suas ameaças veladas esta bem abaixo de qualquer padrão que um cidadão protegido de Tapista aceitaria... Fazer um acordo com um homem que defende a total destruição de sua raça? Que elfo, anão ou homem aceitaria isso? É bem melhor estarem sobre o benevolente cuidado do império como forma de proteção do que ir implorar clemência à um bárbaro revolucionário.

    -Decifrou a profecia, o acha que decifrou? Se utilizar de sua estratégia com base no que decifrou lhe parecer plausível faça, é seu direito. Quando a Deheon...- A velha faz uma cara quase que de desprezo.- Ele está faltando e muito para com seu povo você acredita que alguém que está se mostrando fraco vai conseguir a solução? Sinceramente, apostaria minhas fichas mais na sua estratégia do que na dele... Apesar de que acredito que tudo será em vão e nada do que os Tapistas possam fazer salvara Arton. Por isso insisto no caminho talvez menos perigoso.

    Ela ia respondendo sem se levantar parando para ouvir e para tomar um pouco de vinho vez ou outra.

    —Por favor, sem exaltações. Eu não vejo a Aliança Negra como uma oposição tão ferrenha aos meus interesses quanto o senador esta propondo... Pelo contrário! Podemos sim concordar em agir em conjunto se permitirmos que Lady Dirtyfoot possa falar com ele por nós. Além disso eu não recusaria jamais o apoio do Império de Tapista, já que o regente do reino de Ahlen esta cada dia mais distante e os recursos para segurança pública estão cada vez mais escassos.

    Bavalkhia abre os  braços com um sorriso de canto de boca, demonstrando que a visão dela é igual a de Zorla.

    -É incontestável que o regente está abandonando seu povo, sem regente não há rumo e sem rumo, não há vitória. O próprio reino está se entregando com a atitude de seu regente. Se querem maior chance de vitória caso as coisas desandem, a primeira coisa a fazer é tentar tomar as rédeas do desgoverno.

    —De acordo. Temos um trato, Lady Dirtyfoot? Acha que pode impedir que a sua cidade não seja massacrada pelo o seu tão sensato líder?

    Bavalkhia sorri:

    -Utilizarei de minhas habilidades para isso, abrirei os olhos dele para algo além de corpos, sangue e destruição, porém, caso eu falhe assumirei que você estava certo e você poderá agir conforme quiser, já que se diz capaz de detê-lo independentemente de qualquer coisa...

    A velha se levanta e aguardava a anfitriã leva-los para fora da casa.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 24, 2021 11:34 am

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]


    Zorla se levanta, enquanto o minotauro permanece em sua cadeira quase estático enquanto rapidamente a elfa Miellikki caminha e começa a fazer massagens nas costas do senador. Enquanto as duas senhoras saem para conversar pelos corredores para além da sala do banquete, ele apenas aguarda enquanto mais comida é trazida da cozinha.

    Assim que estão se aproximando dos jardins e da saída da casa.
    —Perdoe o senador Teseu, lady Dirtyfoot. Ele não confia em nada na Aliança Negra especialmente porque ela quase extinguiu todos os elfos. Além disso, surgem boatos que ele é a encarnação viva do próprio Deus da Força, fato que ele não nega ou discorda... Mas o que e ele alega que ele tem a resposta sobre a tal profecida da "Flecha de Fogo". Em outras palavras ele realmente afirma que pode destruir o seu líder. Mas isso não é um problema meu, entende? É algo que você vai ter de resolver e não pretendo emprestar meus homens para ajudar os goblinóides e sim ser ajudada por eles. Eu creio que se puder fazer o que prometeu e retornar até a sua conversa entre Ghallen Forandi, líder do Conselho de Regentes da cidade e com o próprio Ragnar, podemos voltar a nos falar...

    Com isso Norla começa a se afastar, a pequena anciã goblin sabe que não pode confiar em quase nada do que foi dito ali. Mas pelo menos vê que positivamente influenciou na aceitação da Legião Negra quando essa avançar sobre essa região.

    E de fato Bavalkhia acredita que a legião  vai avançar.
    Conforme a anciã começa a caminhar é seguida pelo seu fiel aliado que vem voando ao seu lado.

    Ambos caminham por pouco tempo até ouvirem uma imensa confusão na Praça do Mercado.

    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Qua Mar 24, 2021 12:06 pm

    Bhavalkhia saia acompanhada de Norla e ouvia atentamente as palavras dela, e um leve sorriso de deboche se via quando Norla mencionou sobre Teseu dizer ser a reencarnação de Tauron e saber como derrotar

    —Perdoe o senador Teseu, lady Dirtyfoot. Ele não confia em nada na Aliança Negra especialmente porque ela quase extinguiu todos os elfos. Além disso, surgem boatos que ele é a encarnação viva do próprio Deus da Força, fato que ele não nega ou discorda... Mas o que e ele alega que ele tem a resposta sobre a tal profecida da "Flecha de Fogo". Em outras palavras ele realmente afirma que pode destruir o seu líder.

    - E você acredita nessas baboseiras e ilusões do senador Teseu? Ele diz que sabe de tudo, que vai resolver tudo, que é e encarnação de Tauron... Eu não caio nessa explanação. Eu só acreditarei na derrota de Thwor Ironfist quando ele realmente tombar. Enquanto isso para mim, nada nem ninguém pode detê-lo. De toda Forma, foi um prazer o convite Lady Zinfraud, suas acomodações são excelentes.

    Encerrava ela ainda com certo desdém das palavras de Teseu

    ...É algo que você vai ter de resolver e não pretendo emprestar meus homens para ajudar os goblinóides e sim ser ajudada por eles. Eu creio que se puder fazer o que prometeu e retornar até a sua conversa entre Ghallen Forandi, líder do Conselho de Regentes da cidade e com o próprio Ragnar, podemos voltar a nos falar...

    A ancião abaixa um pouco a cabeça e fecha os olhos por alguns momentos e depois retoma a palavra:

    -Inicialmente não creio que precisaremos de seus homens agora... Mas futuramente, se as coisas ocorrerem como tenho planejado talvez Thwor Ironfist possa necessitar deles, de toda forma, há muitas coisas que ainda podem ocorrer, não demos nos apressar ou precipitar, devemos apenas observar.

    Dito isso Bhavalkhia acena positivamente para Zorla e parte em sua carruagem, mas alguns minutos depois algo a incomoda. E um dos guias avisa:  "Confusão a frente minha senhora!" A velha apenas acena para Éden que desce da carruagem e avança um pouco para observar. Ela, por sua vez, apenas abre a janela para observar o que estava acontecendo.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 24, 2021 12:32 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]



    Você observa de sua carruagem e em meio às pessoas fugindo pelas ruas movimentadas de Gorsengred um dos caminhos é cortado por uma carruagem negra. A porta da carruagem se abre e dela desce uma jovem alta e esbelta, com cabelos cor de ouro, lisos e compridos, olhos de um azul profundo e nariz fino e arrebitado. Ela usa
    um vestido azul elegante e sapatos cravejados de joias.

    “Então cercaram as baderneiras que invadiram a casa de minha tia? Vamos, soldados. Sou graduada da Academia Arcana e campeã de duelos de minha turma. Vim aqui para lhes dar uma lição.”

    Com isso, ela saca uma varinha de seu vestido, apontando-a na direção oposta de onde esta acontecendo a confusão. Da rua, guardas em armaduras de placas surgem com espadas em punho dando cobertura para jovem enquanto essa avança.


    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Qua Mar 24, 2021 1:12 pm

    Éden avança até a carruagem negra e dirige suas palavras a jovem, fazendo uma reverência:

    -Senhorita? Me chamo Éden Giulio e sou servo da Lady Bhavalkhia Dirtyfoot que está naquela carruagem. Ele aponta e a jovem observa a bela carruagem que a anciã estava, era uma carruagem totalmente negra, semelhante a dela, porém com muitos detalhes e adornos, certamente de alguém nobre.

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Cbee3610

    -Minha senhora acabou de sair de uma reunião de negócios e pediu generosamente que se possível seus cocheiros levassem a sua carruagem para o canto da estrada de modo que ela possa passar para chegar em sua casa e descansar um pouco.

    O pequeno aguardava a resposta da moça.

    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Qua Mar 24, 2021 3:35 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]



    Ouvindo o pequenino Éden pedir passagem, a apressada estudante de magia responde de forma tensa.

    “Estou indo em serviço da lei cuidar dessas criminosas, se nos ajudar a capturar rapidamente essas bandidas a minha carruagem sairá rapidamente da frente.”

    Ela começa a correr levantando ligeiramente o vestido para facilitar a corrida, deixando as carroças para trás enquanto alguns guardas a seguem e um fica.



    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Qua Mar 24, 2021 6:13 pm

    O Sprite não entende bem a situação e confuso observa a moça partir em disparada, " Caçar bandidos!? Não sou justiceiro..."  Pensava consigo. Mas o que chama a atenção é um dos soldados que ficaram ele abre um sorriso malicioso olhando para a carruagem e Bhavalkhia já entende e num comando os seus cocheiros se aproximam deixando ela numa distância que poderia conjurar alguma magia.

    O Sprite por sua vez vai até o homem e puxa conversa para distraí-lo. Tentando se utilizar de diplomacia e boa vontade com o homem. A Velha por sua vez estava preparada caso não funcionasse.

    -Meu nobre senhor, entendo que apenas afastar essa carruagem para o canto da estrada não é nada de mais e que sua mestra sequer vai perceber essa sutilidade, já que ela está bastante ocupada ao que parece, sendo assim poderia afastar a carruagem para Lady Bhavalkhia passar? Garanto que ela é bastante generosa com que lhe ajuda.

    Você inclusive pode sair e voltar para o mesmo lugar caso tema alguma repreenda de sua senhora, então, o que me diz?

    obs: Diplomacia de Éden: 12+ 19 no dado = 31.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Qui Mar 25, 2021 9:50 am

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]




    Ele se convence se muita dificuldades e até fica meio constrangido por estar incomodando, pede algumas desculpas, vai até a carruagem e alinha para abrir passagem.
    No meio da viagem você sabe que passará por Molok, a última comunidade humana antes da cidade-fortaleza e por onde as patrulhas do império minotauro são frequentes.

    Tendo em vista como deixou a cidade talvez ali em Molok talvez seja a última chance de conseguir suprimentos, a viagem seria longa e difícil. Talvez precisaria de mais pessoas para lutar contra as tropas minotauras que agora sabiam da presença de uma goblin que é do interesse do império que ela falhe.

    E para piorar é certeza que Khalifor esta próxima de tombar, os planos de ataque da Aliança Negra e a invencibilidade de seu líder eram certezas de vitória, mas Bavalkhia e Éden chegariam vivos até lá sem que alguma emboscada do Senador fosse armada? Certamente Teseu faria de tudo para que Thwor Ironfist sequer visse a lady Dirtyfoot se aproximar e com isso garantir seu acordo de supremacia sobre os mares.

    Afinal era certeza que nenhum minotauro se importava com Khalinfor tanto quanto a própria goblin cujo comércio alquímico estava lá.

    Agora deveria pensar o que faria com cuidado. Retornar para sua cidade significava sair dessa viva, deixar o reino Ahlen, atravessar Tyrondir, chegar ao vilarejo as ruas de Vagon para de lá viajar de novo até Molok e finalmente até a fortaleza.

    Nesse meio tempo seria fundamental olhar por cima do ombro.

    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Qui Mar 25, 2021 10:02 am

    A velha goblin não era tola, sabia que tudo que foi conversado com ela na casa de Norla poderia ser apenas armação, ainda mais por parte de Teseu e que sem dúvidas ele poderia estar armando para ela. Balva sabia que precisava de suprimentos e mercenários para a viagem e assim que o cocheiro arrasta a carruagem da velha fornecendo passagem ela pede que seus cocheiros acelerem pois algo veio em sua mente, talvez esses bandidos que a jovem bem vestida com uma varinha saiu para caçar possam ser bons mercenários. Ela então vira-se para Éden:

    -Éden, adiante-se a frente e tente achar esses arruaceiros, analise eles para saber se servem como guarda-costas até Khalinfor e segure-os o suficiente até nos chegarmos.

    Dito isso o pequeno avança em alta velocidade voando seguindo a mulher de azul enquanto a velha seguia na carruagem.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Qui Mar 25, 2021 3:11 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]



    A jovem esta parada ouvindo os guardas, o pequeno Éden se aproxima e ouve a conversa os comentários preocupados do líder daquele grupo, um homem que pela conversa chama-se Inigo.

    —O tal de "Jack" que estava com elas parece que invadiu a casa da sua tia sozinho. O que sabemos é que o ladrão estava acompanhado da dona da Taverna Ganso Manso... Já tentamos falar com ela, mas pelo que a elfa disse, o andarilho conhece o seu noivo.

    —Meu noivo é um paladino de Khalmyr, o Deus da Justiça! Esta insinuando que ele estaria aliado de um ladrão que acusou minha tia de sequestrar um respeitado Doutor? Eu estive no julgamento dele. Pelo que sei ele atacou esses nobres e honrados guardas da cidade junto daquela bárbara pouco depois da garota ruiva identificada como Latifa Verena também questionar sobre minha família. Como ousam dizer que...

    Todos param diante da aproximação de Giulio e Ângela responde meio atravessada sem dar chance para o pequeno falar, ela ignora qualquer palavra que o pequeno Sprite diga a ela e continua a falar.

    —Certo, senhor! Já vou retirar a carruagem! Vamos... então a próxima parada é até o Ganso Manso então, quero descobrir se Milana sabe onde esse tal de Jack esta! E você Inigo avise, já que me contou só agora sobre isso vá falar com o meu noivo para onde estamos indo e diga também a ele que as duas trapalhonas não tiveram nada haver com a invasão. Mas vamos dar uma lição nesses bandidos de uma vez.

    Caminha bufando e franzindo a jovem e delicada testa,  enquanto andava de volta escoltada por aqueles homens vestidos como bucaneiros e a guarda da cidade. Éden Giulo sabia que a carruagem já havia sido retirada e que sua senhora havia já passado a questão nem era essa, mas todo mundo parecia bastante interessado em achar um ladrão chamado simplesmente "Jack".

    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Qui Mar 25, 2021 5:55 pm

    O pequeno ia ouvindo a conversa e anotando em sua mente: "Taverna Ganso Manso", Barbara, Jack( o ladrão), Latifa Verena (a ruiva), Milana( Dona da Taverna).". Assim que a moça sai ele se dirige para o tal do Inigo:

    -Senhor Inigo eu suponho? Me desculpe, ouvi a conversa de vocês, mas foi bom, pois minha senhora está se aproximando com sua carruagem e quer um local para comprar alguns suprimentos de viagem. Essa tal Taverna Ganso Manso parece um bom lugar para isso...Poderiam me indicar como chegar lá?

    Conforme ele ia falando a carruagem negra adornada de Bhavalkhia já apontava se aproximando. E o pequeno já articulava em descobrir sobre esse tal de Jack, talvez ele conheça contatos e essas duas que aparentemente estavam com ele.

    Enquanto isso a velha goblin já conjurava sobre si a magia Armadura arcana para garantir uma proteção por pelo menos uma hora.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Sex Mar 26, 2021 12:04 pm

    Reino de Ahlen. [Cidade de Gorsengred]



    A jovem caminha se afastando de Inigo e indo para sua carruagem e o sprite começa a questiona-lo sobre um lugar para sua senhora passar a noite, o homem responde.

    —Se quer se alojar no "Ganso Manso" , eu recomendo que tome cuidado porque Ângela provavelmente vai reduzir o lugar à cinzas se não tiver informações sobre o ladrão. Já eu preciso ir atrás do paladino que esta para se casar com ela... Se me der licença.

    A anciã goblin vê o cocheiro de Angela levar a carruagem até ela , fechando mais uma vez o caminho para facilitar com que a jovem entre sem se cansar. Só depois que ela saí, o pequeno Éden chega.

    Agora a, graças ao seu aliado alado, a teurgista sabia que a jovem estava indo para a Taverna Ganso Manso cobrar sobre um ladrão que invadiu o casarão de onde a goblin acabou de sair. Era um sujeito chamado "Jack"... Talvez ajudar a jovem rendesse alguma proteção contra os minotauros.

    Template Roubado
    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Sex Mar 26, 2021 1:29 pm

    Sendo visivelmente da nobreza, era provável que a jovem pudesse ser útil de alguma forma, talvez uma contra parte por ajuda-la a encontrar esse suposto ladrão. Éden avisa a Bhavalkhia que pode ter informações numa taverna chamada de Ganso Manso e que deviam seguir a carruagem da jovem. A velha dá o comando e ambos seguem até o local no caminho ela orienta Éden:

    -Assim que chegarmos peça desculpas a ela pelo atraso em chegar para auxilia-la e diga que sua senhora permitiu que você a auxiliasse na busca por informações deste ladrão. Você percebeu algum brasão familiar em algum lugar da carruagem ou da moça? Temos três famílias aqui, vivem numa guerra constante uma ajuda pode elevar nossa moral com alguma dessas famílias e por conseguinte nos auxiliar a conseguir alguma proteção nesta cidade e durante a viagem, afinal, sou uma enviada da Aliança Negra que quer dominar a região, bem como o império dos minotauros, logo somo adversários, então ele pode armar algo contra nós, precisamos estra preparados.

    Éden apenas acena positivamente e sai da Carruagem.

    -Sem dúvidas é uma ótima oportunidade! E sim, eu vi um brasão!

    O pequeno descreve para a a velha o Brasão e logo ela identifica como o Brasão da família da Norla. Os olhos de Bhavalkhia brilham e ela sorri para o pequeno.

    -Pois bem, diga também que quer ajudar porque sua senhora esteve ainda a pouco na casa de Norla Zinfraud e pela amizade com a família Zinfraud eu decidi ajuda-la.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Seg Mar 29, 2021 11:28 am

    Entrada da Taverna O Ganso Manso

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Zangel10

    O pequeno Sprite se aproxima da jovem maga, assim que essa desce da carruagem e ofereceu agora ajudar a achar o tal do ladrão.

    — Talvez vocês possam ajudar. - a maga respondeu, meio irritada em um tom mimado e aristocrático que mesclava ingenuidade com arrogância jovial enquanto esperava que guardas se aproximassem para todos entrarem pela taverna de uma só vez.

    Um grupo de guardas da cidade avança, cercando o lugar, já se posicionava esperando que a goblin também viesse e se aprontasse para invadirem o lugar.

    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Seg Mar 29, 2021 11:56 am

    A carruagem com Bhavalkhia se aproxima estacionando atrás da carruagem da Maga, e a velha desce com certa tensão, mas para garantir a confiança de uma nobre, um subordinado não era a melhor opção. Bhalva não se aproxima muito para evitar qualquer tipo de suspeição contra ela. Ela quase que encostada nas escadas da carruagem faz uma leve menção e erguendo sua cabeça abre um sorriso de dentes afiados.

    -Senhorita Zinfraud, reconheci seu brasão icônico de longe, estive com a Lady Norla Zinfraud a pouco, aliás estou vindo de lá a negócios, me chamo Bhavalkhia Dirtyfoot e este pequeno que lhe dirige é meu braço direito, pode chama-lo Éden. Sou uma nobre alquimista de Khalinfor e percebendo a situação me senti na obrigação de ajuda-la, afinal, os Zinfraud podem se tornar um grande parceiro de negócios, tanto políticos como comerciais, portanto, nada mais justo e correto do que ajuda-los. Não concorda?

    A velha ficou parada onde estava aguardando que ela a chamasse para entrar na taverna ou não.
    Claude Speedy
    Antediluviano
    Claude Speedy
    Antediluviano

    Mensagens : 3859
    Reputação : 71
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Claude Speedy Ter Mar 30, 2021 4:04 pm

    Entrada da Taverna O Ganso Manso


    A garota fica surpresa, mas sorri e concorda com a cabeça enquanto adentra a taverna dando ordens.

    — Quem é a tal da Milana? Eu ouvi que ela sabe sobre o rapaz que invadiu a casa da minha tia há um ano! - reclamava ela gritando desesperadamente enquanto girava a varinha mágica no ar de forma bem preocupante.

    Todos olham desesperados, a lady Dirtyfoot sente o perigo daquela jovem imprudente de explodir o lugar.


    Sandinus
    Moderador
    Sandinus
    Moderador

    Mensagens : 10731
    Reputação : 80
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Sandinus Ter Mar 30, 2021 6:14 pm

    Percebendo a situação temerária, inclusive para sí, sabe-se lá que raio de magia sairia daquela varinha, a velha goblin dirige suas palavras para a moça tentando acalma-la enquanto Éden já foi para a frente da moça balançando desesperadamente suas mãos.

    -Senhorita, por favor, abaixe essa varinha pois uma erro e tudo pode ir pelos ares inclusive você a mim e minha senhora!

    Bhavalkhia avança e segura o vestido da moça:

    -Senhorita, acalme-se, você ainda é bastante jovem eu entendo toda a força dos jovens pois já fui, mas estamos num local pacífico não há necessidade de tudo isso, tenho certeza que esta moça, a tal da Milana falará com você caso você se acalme, escute a voz da experiência. Se não vai ser difícil ajuda-la e sua preciosa informação pode ser dificultada, respire fundo guarde essa varinha e vamos sentar para resolver pacificamente... A paciência resolve tudo e facilita a confiança das pessoas em nós.

    Encerrava a velha segurando firme o vestido da moça para chamar a tenção dela para ela escutar o que tinha a falar.
    Conteúdo patrocinado


    Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia Empty Re: Parte 2.5: Monstruosa Diplomacia

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Abr 14, 2021 4:39 am