Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Névoa sobre a água - Caleb

    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Sex Jan 07, 2022 6:37 pm

    A vida de Caleb se dividia entre a Ilha de Vancouver e a cidade de Vancouver. Muitos se confundem achando que a cidade fica na ilha, mas estão errados. Há 55 quilômetros de água entre elas, o Estreito de Geórgia. Isso se você contar a partir de Nanaimo, a cidade mais a leste daa ilha, e não a capital Victoria, que fica do outro lado da ilha. Caleb tinha nascido em algum lugar entre essas duas cidades, numa zona selvagem e erma, onde a natureza da ilha ainda mantinha sua forma original quase totalmente.

    Névoa sobre a água - Caleb 772px-Vancouver-island-relief

    Nascer um impuro naquela seita de Fúrias Negras radicais foi desastroso. A seita tinha sido formada há quase dois séculos por Fúrias Negras militantes vindas do Reino Unido, da Espanha e da Rússia. Essa mistura de origens serviu apenas para uni-las em sua busca intransigente pela proteção e valorização das mulheres humanas e fêmeas lupinas. Para elas, sua mãe cometera um dos piores pecados contra Gaia, cruzar com um macho garou e gerar um impuro, ele.

    Após o justiçamento contra sua mãe, Caleb cresceu cuidado pelas Fúrias e seus Parentes mais confiáveis, absorvendo desde cedo a cultura da tribo. Ele ouviu até a exaustão histórias sobre grandes guerreiras, movimentos sufragistas, feminismo histórico e coisas assim, mas obviamente aquilo não se aplicava a ele, já que era um macho impuro.

    Quando teve idade para manter a forma hominídea, ele atravessou o estreito em direção a Vancouver, a cidade. Lá havia uma seita multitribal comandada pelos Presas de Prata e contava com algumas Fúrias Negras, que pareciam menos radicais do que as que o tinham criado, mas Caleb não quis ficar muito dependente delas e escolheu por se estabelecer na sociedade humana. Com algumas ajudas ocasionais, conseguiu documentação, diploma, contatos e chegou mesmo a conhecer alguns garous impuros como ele. Um deles, Pata Molhada, legou-lhe seu fetiche antes de executar o ritual do Lobo do Inverno, mais uma das coisas que Caleb conhecia mas tinha dificuldade de entender.

    Névoa sobre a água - Caleb 600px-Vancouver_aerial_view

    Mas ele não perdera seu senso de justiça. Agora ele era um detetive da Real Polícia Montada do Canadá. Não tinha um tostão furado, mas isso ainda viria com o tempo. O principal era atuar na cidade que ele viera a chamar de lar. Nesse trabalho, ele chegou a conhecer pessoas interessantes, como seu parceiro Serge Cross ou sua alma gêmea igualmente perdida Adrian Corvo. Como um Fúria Negra rebelde, Caleb conseguia até mesmo tratar com um gângster como John Johnny James que explorava o corpo de mulheres vulneráveis na prostituição e os vícios de dependentes químicos, ou iludir os sentimentos de uma mulher mais velha e solitária numa posição importante como Carlie Marry. Condutas que sua tribo reprovaria, mas felizmente Caleb não se importava com isso.

    Ele estava tomando uma cerveja com Serge quando seu celular tocou.

    Era uma ligação da Corvo.
    Spoiler:
    - Caleb, tenho que falar com você urgentemente. É sobre sua mãe. 
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Sex Jan 07, 2022 11:46 pm

    Viver era um jogo difícil para Caleb, mas como ele conhecia bem as regras, ele sabia como e quando podia quebra-las. A infância, cercada de obstáculos e recheada de escárnios e a constatação plena de que não era bem-vindo, tinha também seus encantos: viver em uma área selvagem trouxe ao jovem a oportunidade de desenvolver a imaginação e viver em liberdade. Acreditava que poucos tinham esse privilégio nos tempos atuais.

    O caldeirão em que vivia estava sempre prestas a estourar, mas Caleb aprendera a dançar entre as linhas tênues que separavam o que era aceito e não aceito entre as Fúrias Negras e, apesar de saber que muitas das histórias e leis que a Tribo pregava não se aplicava a ele, o impuro tinha a sabedoria de aprender com elas. E era claro que o menino tinha seus motivos para sentir a raiva e rancor que sentia de sua tribo e, por ironia do destino, decidira que jamais iria destratar alguém por conta de seu sexo ou quaisquer outras circunstâncias, como era destratado pelas Fúrias.

    Por fim, sua vida deu uma melhorada quando conseguiu sair de lá para a outra alcateia, onde teve a oportunidade de conviver com outras Fúrias e outras tribos, como Presas de Prata. Lá, aprendeu mais sobre como a sociedade garou se comportava e tinha um sentimento maior de pertencimento, apesar de nunca ter sido completo. Os impuros pareciam ser menos destratados e até mesmo conseguiam fazer algumas amizades. Pata Molhada e Caleb eram um exemplo. O garou impuro mais velho pareceu adotar o jovem recém-chegado. Foi ele que o ensinou a atirar com um arco e lhe deu o fetiche. Caleb ainda se lembrava do amigo e até hoje, quando lembra de sua morte, Caleb perde o sorriso. Participara do ritual, mas não conseguiu estar lá totalmente. Ouvia os tambores e uivos, mas tentava não prestar muita atenção. A partida de seu amigo fora dolorosa demais por si só.

    Não entendia porque Pata Molhada decidira fazer aquilo e imaginava se um dia entenderia.

    De qualquer forma, lá também não era seu lugar e Caleb decidiu ir para a cidade. Por incrível que pareça, lá sentiu-se bem. Gostava dos barulhos das máquinas e das conversas das pessoas. Gostava dos gostos e até mesmo de alguns cheiros – embora algumas vezes, por mais que detestasse fumar, o fazia para disfarçar outros cheiros que o incomodavam.

    Decidira ficar lá por um tempo e acabou conseguindo a papelada necessária para a vida entre os humanos e agora faria dinheiro. Era questão de fazer as coisas andarem.

    E por fim, conhecera seus amigos que pareciam ter um pouco mais de paciência e simpatia por ele. Sua sabedoria o fizera enxergar que John às vezes era necessário, por mais que algumas horas ele quisesse murrar a cara do sujeito. Sabia que Carlie gostava da atenção que ele dava e ela ajudava como podia. Ambos sabiam que não seria mais do que aquilo, embora Carlie talvez quisesse institir um pouco mais. Era moeda de troca e a vida seguia. John e Carlie eram pequenas relações que talvez as Fúrias jamais entendessem ou aprovassem, o que fazia aquilo tudo melhor.

    Mas claro, tinha seu senso de justiça, o que o fez entrar na Polícia. E esse senso o impelia a tentar ajudar os menos favorecidos e a saber seu papel e privilégios naquela sociedade.

    Por fim, era coisa demais que ele aprendera e se lembrava enquanto tomava uma cerveja com Serge. Caleb já estava em seu terceiro copo e contando alguma história engraçada de como um viciado tinha colocado saquinhos de droga em bagels quando seu celular tocou. Ele procurou o bendito aparelho dentro de seu bolso e olhou a tela para ver quem ligava. Serge pôde ver o sorriso se abrir quando ele viu o nome de Corvo.
    Ele prontamente atendeu:

    - Corvo! – Serge dizia que até sua voz mudava quando falava com ela. Dizem que machos humanos deixam a voz mais grossa ao falar com a fêmea que os interessa. Vai ver era verdade.

    Ele estreitou os olhos quando a jovem falou de sua mãe.

    - Olha, por mais que eu esteja feliz que você tenha ligado, acho que se confundiu. Minha mãe tá morta. Morta desde que eu nasci. E não tem nada de interessante ou legal nessa história. Tem certeza que eu sou o Caleb certo?

    Bebeu mais um gole.

    - Mas posso te encontrar e você me diz o que é, mesmo que seja de outro Caleb. Fiquei curioso agora.

    "E sempre é bom ver você." Pensou e sentiu-se um idiota por isso. Olhou Serge de relance, se perguntando se o velho o achava um bobo por se comportar assim.

    - Onde te encontro?
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Sex Fev 11, 2022 7:11 pm

    - Olha, por mais que eu esteja feliz que você tenha ligado, acho que se confundiu. Minha mãe tá morta. Morta desde que eu nasci. E não tem nada de interessante ou legal nessa história. Tem certeza que eu sou o Caleb certo?

    Corvo respondeu rápido, deixando perceber uma nota de ansiedade na voz:


    - Eu sei da sua mãe, por isso achei estranho, entendeu?

    - Mas posso te encontrar e você me diz o que é, mesmo que seja de outro Caleb. Fiquei curioso agora.

    "E sempre é bom ver você." Pensou e sentiu-se um idiota por isso. Olhou Serge de relance, se perguntando se o velho o achava um bobo por se comportar assim.

    - Onde te encontro?

    Corvo respondeu:

    - Estarei no 405 Cafe, na Saint Mary Street, aqui no Downtown Eastside. Daqui a uma hora?

    O Downtown Eastside ( DTES ) é um bairro em Vancouver, British Columbia , Canadá. Um dos bairros mais antigos da cidade, o DTES é o local de um conjunto complexo de questões sociais, incluindo níveis desproporcionalmente altos de uso de drogas , falta de moradia , pobreza , crime , doenças mentais e trabalho sexual . Também é conhecido por sua forte resiliência comunitária , história de ativismo social e contribuições artísticas.

    Por volta do início do século 20, o DTES era o centro político, cultural e de varejo de Vancouver. Ao longo de várias décadas, o centro da cidade mudou gradualmente para o oeste e o DTES tornou-se um bairro pobre, embora relativamente estável. Na década de 1980, a área começou um rápido declínio devido a vários fatores, incluindo um influxo de drogas pesadas , políticas que empurraram o trabalho sexual e atividades relacionadas às drogas para fora de áreas próximas e a cessação do financiamento federal para habitação social . Em 1997, uma epidemia de infecção por HIV e overdoses de drogas no DTES levou à declaração de uma emergência de saúde pública . A partir de 2018, questões críticas incluem overdoses de opióides, principalmente as que envolvem o fármaco fentanil ; habitação decrépita e esquálida; uma escassez de habitação de aluguel de baixo custo ; e doença mental, que muitas vezes co-ocorre com o vício .

    A população do DTES é estimada em cerca de 7.000 pessoas. Comparado com a cidade como um todo, o DTES apresenta maior proporção de homens e adultos que moram sozinhos . Também tem significativamente mais indígenas canadenses , que são desproporcionalmente afetados pelos problemas sociais do bairro. O bairro tem um histórico de atrair indivíduos com problemas de saúde mental e dependência, muitos dos quais são atraídos por seu mercado de drogas e serviços de baixa barreira. Os moradores experimentam a maior taxa de morte do Canadá em confrontos com a polícia, e muitos membros vulneráveis ​​da comunidade têm pouca confiança na polícia .

    Desde que o boom imobiliário de Vancouver começou no início do século 21, a área tem experimentado cada vez mais gentrificação . Alguns veem a gentrificação como uma força de revitalização , enquanto outros acreditam que isso levou a um maior deslocamento e falta de moradia. Numerosos esforços foram feitos para melhorar o DTES a um custo estimado de mais de US$ 1,4 bilhão a partir de 2009. Estima-se que os serviços na grande área do DTES custem US$ 360 milhões por ano. Comentaristas de todo o espectro político disseram que pouco progresso foi feito na resolução dos problemas do bairro como um todo, embora existam histórias de sucesso individuais. Propostas para abordar as questões da área incluem o aumento do investimento em habitação social, aumentando a capacidade de tratamento de pessoas com vícios e doenças mentais, tornando os serviços distribuídos de forma mais uniforme pela cidade e região, em vez de concentrados no DTES, e melhorando a coordenação dos serviços. No entanto, existe pouco acordo entre os governos municipal, provincial e federal em relação aos planos de longo prazo para a área.

    Spoiler:

    Corvo morava e trabalhava naquele bairro.

    O 405 Cafe era um estabelecimento novo e elegante, mais parecido com o nível social que o bairro aspirava vir a se tornar do que realmente era.

    Névoa sobre a água - Caleb A55ae65a3dbc3c7445746f5c85286bbf

    Corvo estava tomando um café preto no balcão e viu quando Caleb entrou. Ela saudou-o com um aceno com a xícara:

    - Meu novo vício! Acho que cafeína é menos ruim do que o resto, não?
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Dom Fev 13, 2022 11:16 pm

    Caleb estreitou de leve os olhos ao notar a ansiedade de Corvo. Aquilo fez um arrepio percorrer sua espinha. O que – e principalmente, como? – Corvo sabe de sua mãe? Onde ela poderia ter ouvido algo sobre isso?

    Surpreso, ergueu os olhos claros e agora sérios para Serge.

    - Tudo bem, desculpa. Eu já tô indo. Você me conta quando chegar aí.

    Memorizou o endereço e enquanto ainda estava no telefone, levantou-se. Caleb tirou algumas notas do bolso do casaco e deixou sobre a mesa. Olhou para Serge com sentido de urgência e seguiu para o endereço que Corvo havia passado.



    DTES. Caleb conhecia bem aquela região. Além de sentir-se um pouco mais abrigado entre pessoas consideradas não desejadas, o trabalho de polícia também o forçava a conhecer não só o local, mas algumas figuras carimbadas e que não fogem ao estereótipo de gente que se espera encontrar lá. Prostitutas, cafetões, drogados... Quando chegou em Vancouver, foi no DTES que havia se instalado. Foi lá a primeira vez que se sentiu em casa. Foi lá que viu o que é uma comunidade. Foi lá que conheceu Corvo.

    “Uma alcateia. ” Pensava enquanto andava de novo pelo bairro, percebendo as pessoas andando de volta para casa, com cabeças baixas e o lixo pela rua.

    O cheiro do local era uma mistura de comida, lixo e... gente. Caleb não tinha os sentidos particularmente aguçados, mas em alguns momentos, sofria com o excesso de informações que as cidades traziam: luzes altas, barulhos mais altos ainda. Os cheiros eram o pior. Enquanto andava pelas ruas sujas do DTES, fumava um simpático cigarro de palha. E era ingrediente puro, não essas merdas cheias de sabe-se lá o que. O cheiro era menos pior e agora, pelo menos ele podia pensar enquanto andava.

    Caminhou a passos preguiçosos até o café que Corvo lhe indicara. Parou na porta e deu uma última tragada em seu cigarro. Apagou o mesmo no cinzeiro que ficava próximo à porta e entrou.

    Ela pôde reconhecer Corvo imediatamente. Em contrapartida com o cheiro forte e sujo de fora, o cheiro de Corvo se misturava com o aroma agradável do café. Caleb podia senti-los de longe. E pegou-se sorrindo ao sentir o cheiro da moça. Há pessoas que nos trazem a sensação de pertencimento, como Corvo e Pata Molhada.

    Caleb sorriu para a moça e sentou-se próximo a ela.

    -Tenho que concordar. Os locais pra se conseguir pelo menos são mais agradáveis.

    Caleb suspirou e seu semblante ficou um pouco mais pesado e preocupado.

    - Eu fiquei meio bolado com o que você disse. E como você disse. E tô meio surpreso também.

    Os olhos calmos encaravam Corvo, com ainda a pitada de preocupação com o que e como ela sabia e com a própria mulher.

    - O que... Você sabe sobre minha mãe? E aliás, como soube?

    Detetives. Sempre fazendo muitas perguntas. Força do hábito.
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Qua Mar 16, 2022 2:48 pm

    - Eu fiquei meio bolado com o que você disse. E como você disse. E tô meio surpreso também.

    Os olhos calmos encaravam Corvo, com ainda a pitada de preocupação com o que e como ela sabia e com a própria mulher.

    - O que... Você sabe sobre minha mãe? E aliás, como soube?

    Adrienne Corvo disse:

    - Eu me lembro de você ter me dito alguma vez que sua mãe estava morta e que não conhecia o seu pai. Foi por isso que estranhei essa mensagem de áudio que eu recebi, mas achei que seria melhor falar com você pessoalmente.

    Ela deu os fones de ouvido para Caleb e plugou a ponta deles em seu celular. Quando ela já estava pronta, ela localizou o arquivo de áudio e tocou-o para que ele escutasse a mensagem.

    Você não me conhece, mas sou a mãe do Caleb. Precisa avisar-lhe que ele está em perigo. Ele precisa de ajuda. Quando puder entrarei em contato de novo, mas diga a ele que precisa ter cuidado.

    Era só aquilo.

    A Corvo ficou olhando para ele e por fim perguntou:

    - O que você acha disso?
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Dom Mar 20, 2022 7:27 pm

    Caleb arqueou uma das sobrancelhas quando Corvo comentou sobre uma mensagem de... Voz?
    O jovem detetive balançou a cabeça negativamente, incrédulo.

    - Isso é impossível.

    Disse quase rindo da situação. Sua risada, Adrian podia notar, era de nervoso.

    Caleb não disse nada quando Corvo entregou os fones de ouvido. O jovem Garou ficou com eles nas mãos por um tempo, relutando em ouvir o que quer que Corvo quisesse mostrar.

    Caleb a encarou e suspirou. Por fim, colocou os fones de ouvido e...

    A voz. Caleb não sabia dizer se era parte dele que queria que sua mãe estivesse viva, mas sentiu seu peito pesar quando ouviu aquele timbre.

    “Você não me conhece....” ele ouvia enquanto pensava que não, não a conhecia, mas queria muito ter conhecido. A imagem distorcida de sua mãe veio á mente, como ele imaginava que ela fosse.

    Racional, Caleb lutou contra os sentimentos e ouviu o resto da mensagem enquanto não conseguia fazer o coração deixar de palpitar mais rápido. Sua expressão mudara para preocupado e triste. Ouviu a mensagem e pareceu meio perdido por uns segundos.

    - Hã? – ele disse quando Corvo perguntou o que ele pensava daquilo.

    Um pouco perdido, Caleb tirou os fones e entregou a Corvo. Respirou fundo para controlar-se.

    - Eu acho que isso pode ser uma piada De muito mau gosto. Eu... – o que diria? Ele mesmo não sabia se aquela era realmente a voz de sua mãe.

    - Que número te mandou isso?Me passa ele. Vou dar uma olhada. E me passa esse áudio, por favor Eu...

    Não sabia muito bem o que fazer.

    - Vou investigar também. Quando você recebeu isso? E por que logo você?

    Ficou pensativo. Por que a suposta mãe não falava direto com ele?

    - E Adrian.. Corvo!

    Ele olhou no fundo dos olhos dela.

    - Minha família é...complicada. Não sou desses caras que vai dizer pra você não se envolver. Acho que você é esperta pra se cuidar, mas... Olha me mantenha informado disso. Até porque é minha família, né.

    Caleb olhou para o atendente e pediu um café.

    - E eu não to entendendo nada. Isso é muito, mas muito estranho.

    Suspirou mais uma vez.

    - Eu acho que você deveria bloquear esse número Eu vou pesquisá-lo quando voltar pra delegacia.
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Sab Abr 16, 2022 3:50 pm

    - Que número te mandou isso?Me passa ele. Vou dar uma olhada. E me passa esse áudio, por favor Eu...

    Corvo respondeu, mexendo no celular:

    - Foi um número restrito, não consegui identificar de jeito nenhum. Estou te mandando o arquivo agora.

    - Vou investigar também. Quando você recebeu isso? E por que logo você?

    - Recebi pouco antes de te ligar. Obviamente, é alguém que sabe da nossa relação, mas não consigo imaginar mais do que isso. Quer dizer, quantas pessoas sabem que nós somos amigos?

    - Minha família é...complicada. Não sou desses caras que vai dizer pra você não se envolver. Acho que você é esperta pra se cuidar, mas... Olha me mantenha informado disso. Até porque é minha família, né.

    - Toda família tem problemas, mas sei que você não gosta de falar da sua. Eu sempre tomo cuidado, mas não pense que eu vou ficar de braços cruzados enquanto você mergulha nesse mistério. Se não quiser me contar, vou tentar descobrir de outro jeito.

    - Eu acho que você deveria bloquear esse número Eu vou pesquisá-lo quando voltar pra delegacia.

    - Bloquear seria fechar a porta para a única pista que temos. Mas se me ligar de novo, eu posso te avisar. Ou talvez não, se você me deixar de fora.
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Qua Abr 20, 2022 11:55 pm

    Caleb notava os pequenos trejeitos que Corvo fazia enquanto mexia no celular. Gostava de notar as pequenas coisas sobre ela.

    - Hmmm... Devia ter imaginado.

    Caleb deu um meio sorriso quando ela disse que o número era restrito.

    “Óbvio que seria.”

    Ainda pensativo, Caleb olhava Corvo enquanto ela dizia o momento que recebera a ligação e sua suposição de porquê ela teria sido a pessoa contatada.

    -Estranho não virem até mim..... Será que não me acharam? – pensava alto.

    Ele deu uma olhada de relance em Corvo, ainda completando seu pensamento.

    - É.... Me preocupa o “como” chegaram até você. Se chegaram a você, poderiam ter vindo até mim. Pelo menos eu acho. Por que te envolver?

    Caleb apoiou-se no balcão enquanto remoía a informação. Bebericou um pouco do café. Amargo demais. Como ele gostava. Ele mantinha os olhos em Corvo enquanto ela falava.

    E ele não deixou de sorrir quando ela disse que daria um jeito de resolver as cosias sozinha caso ele não a deixasse participar:

    - Ai, Corvo. O que eu faço com você? – sorriu de forma carinhosa para a moça.

    E ela ainda continuava naquele tom um pouco desafiador. Aquilo deixava Caleb preocupado, mas também era um ponto que gostava em Corvo. Ela fazia o que queria, independente do que os outros diziam. Independentemente do que ele dizia. Gostava daquele ar dono de si. Poderia ser apenas a curiosidade típica da profissão da moça, mas ele sentia que era algo além disso.

    - Tá bom, vai.

    Ele colocou uma mecha do cabelo loiro dela atrás da orelha da moça, ajeitando-o.

    - Vamos resolver isso juntos, mas você tem que me prometer que, caso as coisas fiquem muito feias, você dá o fora.

    Antes que Corvo falasse alguma coisa, ele balançou as mãos na frente do corpo, com um meio sorriso:

    -Eu sei que você se cuida e eu vou te contar tudo! Juro! É só que o buraco é mais embaixo.

    Caleb ficou mais sério. Sabia com que tipo de seres provavelmente teria que lidar. Pensava que seria demais para Corvo. Contar “tudo” seria complicado. Por mais que quisesse, como explicaria sua real natureza?

    - Me promete?

    E ele fez um afago no rosto de sua querida Corvo:

    - E aí, quem sabe você não vai na delegacia comigo. Alguém pode descobrir que número restrito é esse.
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Dom Maio 01, 2022 3:32 pm

    Adrian Corvo sorriu com a constatação de que Caleb não conseguiria deixá-la de fora de nenhuma maneira.

    - E aí, quem sabe você não vai na delegacia comigo. Alguém pode descobrir que número restrito é esse.

    Ela falou em voz baixa e discreta, perguntando:

    - Você vai pedir um favor por baixo dos panos? Porque a polícia não costuma rastrear números de telefone se não houver um crime sendo investigado. Acredite, eu sei, já tentei descobrir coisas assim, e os policiais são burocraticamente chatos!

    Ela sorriu travessa:

    - Mas se me contar tudo que está acontecendo de verdade em detalhes, talvez eu conheça um hacker capaz de fazer isso...
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Qua Maio 04, 2022 9:47 am

    Caleb deu um meio sorriso quando Adrian falou que policiais eram burocráticos e chatos. Ele deixou a cabeça pender para o lado, com o meio sorriso brincalhão em seu rosto e os olhos afiados:



    - Ah, uma pena você achar isso de mim.

    Ele deu os ombros, ainda sorrindo:

    - Na real, pensei mesmo em pedir um favor. Às vezes policiais chatos e burocráticos se ajudam. – e ele arqueou uma sobrancelha. – E você não conseguiu porque não pediu pra mim.


    Caleb bebericou um pouco de seu café, pensativo.


    -Eu já falei que ia te contar, né. É só você me perguntar.


    Ele largou a xícara e a encarou.


    - O que quer saber?
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Ter Maio 24, 2022 4:01 pm

    Adrian Corvo podia ter sido uma dependente química que precisara muito da ajuda de Caleb no passado, mas ela era uma jornalista nata, e não perdeu a brecha que Caleb deu.

    - O que quer saber?

    - Quem era sua mãe? Qual o nome dela? Quando foi que ela teve você? Como foi que você nasceu? O que aconteceu para que ela não pudesse criar você? Como foi que ela morreu?

    Todas aquelas perguntas objetivas como flechas requereriam respostas que implicavam num rompimento do Véu. Caleb conhecia bem Adrian, mas não sabia se ela manteria um segredo do tamanho da existência dos garous e de outros metamorfos. Se Caleb conseguiria enganar ela com uma versão falsa dos fatos, era outra coisa duvidosa.

    Enquanto pensava em como responder, Caleb recebeu uma mensagem no celular. Era de Serge Cross, com quem ele estava quando Adrian ligou.


    Mensagem de Serge escreveu:Como está aí? Tudo tranquilo? Precisa de ajuda?
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Sex Jun 03, 2022 3:52 pm

    Caleb pousou a xícara de café no balcão e um sorriso nervoso apareceu em seu rosto. Não imaginava que Corvo iria realmente soltar todas as perguntas logo de cara:

    - Tá, não tava esperando por isso.

    Ele limpou a garganta. Como poderia contar sua história sem destruir o Véu? No fundo, não se importava muito com as leis Garou. Entretanto, sabia o que aquilo podia significar para humanos. Era algo sempre perigoso.

    - Minha mãe era uma... – pensou rápido – Militante de direitos femininos e florestais.

    Caleb deu os ombros.

    - Algo assim. Não tive muito contato com ela, já que ela morreu quando, bem, eu nasci.

    Caleb fechou o rosto. Não sabia o nome de sua mãe. Sabia apenas como ela era chamada entre os seus.

    “Sussurro Violento.”

    - Su..Susan. Não sei o sobrenome.

    Caleb começou a ficar um pouco taciturno, mas tentou disfarçar. Lembrar que sua própria história lhe fora negada era irritante e doloroso.

    - Eu nasci há uns 20 anos. Gosto de pensar que meu aniversário é em Novembro. Nos documentos está Novembro.

    Pensou no que poderia falar sobre a morte de sua mãe. Que ela fora assassinada por outras Garou por ter tido um relacionamento com um outro garou e gerou um filho. Sorriu de nervoso de novo.

    - Hmmm, ela foi assassinada, mas não tenho muitas informações. Só sei o que minha família adotiva me disse. Que ela se envolveu com quem não deveria e acabou morta.

    Suspirou.

    - E minha família adotiva não ligava muito pra mim. Por isso eu dei o fora.

    Ele olhou Corvo de relance.

    - Nada bonita a história. E isso só faz as coisas ficarem mais doidas. Como ela te ligou se está morta?



    Caleb sentiu o celular tocar e pegou o aparelho. Abriu um leve sorriso.

    -E o Serge apareceu. Podemos tentar ver algumas informações com ele. Que acha?
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Ter Jun 14, 2022 11:46 am

    Corvo sorriu com o choque de Caleb e passou a escutar atentamente as respostas dele.

    - Minha mãe era uma... – pensou rápido – Militante de direitos femininos e florestais.

    - Uma combinação bem diferente...- comentou Corvo.

    - Su..Susan. Não sei o sobrenome.

    Corvo sorriu:

    - Sususan. Entendi.

    O tom dela era brincalhão, mas parecia proposital para ocultar sua verdadeira reação.

    - Hmmm, ela foi assassinada, mas não tenho muitas informações. Só sei o que minha família adotiva me disse. Que ela se envolveu com quem não deveria e acabou morta.

    Pela primeira vez, Corvo questionou a resposta dele:

    - Mas você é um detetive da polícia! Nunca procurou o arquivo do caso? Um assassinato com certeza foi bem documentado, com investigação, inquérito, todas essas coisas. Você nunca quis dar uma olhadinha?

    - Nada bonita a história. E isso só faz as coisas ficarem mais doidas. Como ela te ligou se está morta?

    - É o que vamos descobrir! - o tom de Corvo era sério e determinado.

    -E o Serge apareceu. Podemos tentar ver algumas informações com ele. Que acha?

    - Claro, vamos falar com ele!

    Corvo pagou seu café e saiu com Caleb. Durante o caminho até a delegacia, ela mantinha-se quieta, respondendo apenas o que Caleb lhe perguntasse.

    OFF: Fique à vontade para fazer o diálogo durante o trajeto, se quiser.

    Quando chegou à delegacia com Serge, ele foi recebido pelo detetive veterano, que olhou para a acompanhante de Caleb com surpresa:

    - Ora, vejam quem apareceu! E trouxe uma moça bonita junto! O que você andou aprontando, Caleb?

    Corvo olhou para Caleb, esperando que ele falasse.
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Seg Jun 20, 2022 12:43 pm

    (Alex, tudo bem? Desculpe a demora! Tava doente x_x)


    Caleb sorriu quando Corvo disse que a combinação era diferente.

    - Sim, era uma pessoa que se preocupava com ambos!

    Caleb sorriu com a brincadeira de Corvo, mas seus olhos atentos tentavam descobrir o que ela realmente pensava sobre aquilo.

    (Alex, não sei se posso, mas tem como fazer um teste para saber o que ela realmente está pensando? O que ela quis esconder?)


    Caleb estreitou os olhos e abaixou de leve a cabeça, um pouco triste. Corvo havia pego ele no pulo.

    - Bem, eu... Tentei, mas sem um nome completo fica difícil. E sinceramente, não quis mexer nisso....


    Caleb deu um meio sorriso enquanto observava Corvo fazer suas anotações. Novamente, pegava-se achando interessante a determinação que ela tinha em resolver pendências.

    Caleb ia retirar algumas notas para pagar seu café e de Corvo, mas ela foi mais rápida. Ele deu um leve sorriso e agradeceu a moça enquanto ambos saíam do local para seguir até a delegacia.

    Enquanto andavam pelas ruas, Caleb olhou corvo de relance. Decidiu guardar a maioria de seus pensamentos para ele mesmo, mas um ele deixou escapar:

    - Você seria uma boa policial, Corvo. Por que não quis ir pra esse lado?

    Deu os ombros.

    - Quer dizer, a polícia pode ser uma merda, mas.... Gente como você seria bom ter por perto. Traz conforto.

    Caleb sorriu. Sabia o quanto uma pessoa que aparentava preocupar-se podia fazer diferença na polícia.


    Assim que chegaram na delegacia, Caleb abriu a porta para Corvo e entrou logo em seguida. Ele deu um meio sorriso para o amigo e apontou Corvo om os olhos.

    - A moça bonita tem um número que precisa ser investigado. Parece que passaram um trote pesado pra ela.

    Deu os ombros.

    -E ainda me meteram no meio.


    Ele ergueu os olhos para Corvo.

    - Por que não mostra a mensagem pra ele?
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Dom Jun 26, 2022 3:04 pm

    - Você seria uma boa policial, Corvo. Por que não quis ir pra esse lado?

    Deu os ombros.

    - Quer dizer, a polícia pode ser uma merda, mas.... Gente como você seria bom ter por perto. Traz conforto.

    Adrian Corvo negou com a cabeça e um sorriso:

    - A polícia geralmente está do lado certo, mas tem regras demais para resultados de menos. Eu prefiro trabalhar com mais objetividade e liberdade. Acho que consigo mais assim.

    Na delegacia, Corvo sorriu apresentando-se para Serge, e os dois logo superaram o constrangimento do contato inicial.

    - Por que não mostra a mensagem pra ele?

    Corvo entregou o celular com a mensagem para Serge, e o velho policial estreitou os olhos enquanto lia, com a surpresa crescendo sem sua face.

    - Mãe, é? ... Isso pode ser um trote...

    Mas o tom dele sugeria que ele pensava exatamente o contrário. Ele pegou um saquinho plástico para guardar evidências e colocou o celular dentro; depois pegou alguns formulários para etiquetá-lo e identificar os dados da dona.

    - Vou mandar para o pessoal da técnica ver o que eles conseguem fazer. Provavelmente vai levar algumas horas. Enquanto isso, podemos tentar investigar por outros ângulos. O que você pode falar da sua família, Caleb?

    A mesma pergunta que Corvo fizera, mas Caleb sabia o bastante sobre investigação para saber que aquele era o próximo passo lógico. 

    Mas Serge ainda acrescentou uma segunda questão:

    - Quem poderia ligar a moça Corvo à sua família? Acha que pode estar sendo vigiado?  
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Sex Jul 08, 2022 11:05 am

    (Aleeex, desculpa a demora! X_X Não vai se repetir)

    Caleb ouviu e arqueou uma sobrancelha. Não podia deixar de concordar. Ele alguma vezes saía da linha pra conseguir resultados mais concretos. Sabia que muitos policiais faziam o mesmo. Serge mesmo o ensinou que, algumas vezes, era preciso pisar em uns ovos.

    Ele deu um meio sorriso e concordou com a cabeça. Seguiu com Corvo até a delegacia e abriu a porta para a mesma. Ao ver Serge, ele deu um sorriso e o cumprimentou levantando uma das mãos.

    Quando ele falou sobre o trote, Caleb concordou.

    - É o que eu acho também. Minha mãe tá morta.

    Entretanto, sua fisionomia foi ficando um pouco mais preocupada quando reparou a expressão de Serge. Caleb, discretamente, engoliu em seco com a possibilidade de Serge realmente fazer uma investigação detalhada sobre aquilo. Bem... Era o que ele queria, mas queria tentar fazer aquilo sozinho. Envolver agora duas pessoas seria muito arriscado.

    Ele ficou quieto por alguns segundos enquanto pensava. Quase não ouviu a pergunta de Serge. Quando reparou que tanto seu velho amigo como Corvo o encaravam esperando a resposta, ele tentou balbuciar alguma coisa:

    - Não tem muito o que dizer além do que você já sabe. – que era exatamente o que disse á Corvo. – Um bando de hippies feministas.

    Deu os ombros e ficou pensativo. Encarou Serge e Corvo.

    - Serge, antes de passar o celular, deixa eu anotar as coisas. Acho que posso ir até um lugar enquanto vocês investigam por aqui.

    Tentou deixar Corvo e Serge fora de sua “investigação”. Iria até sua matilha atual e depois, quem sabe, a matilha em que cresceu.

    Caleb colocou as mãos nos bolsos e seus olhos foram de Corvo a Serge.

    - Talvez alguém do DTSE. Eu morei lá quando cheguei na cidade.

    Caleb lembrou-se de John. Ele estreitou os olhos levemente.

    - Talvez o John Johnny saiba algo... – Sussurrou.

    Por fim, ergueu os olhos para Serge e Corvo.

    - Eu vou falar com umas pessoas. Como eu disse, o DTSE é um bom começo. Eu vou dar uma olhada por lá e depois... Depois encontro vocês.

    Ele sorriu, um pouco soturno. Ajeitou seu casaco e despediu-se de Corvo e Serge, sem dar muitos detalhes ou parecer que esperava que um deles fosse com ele.

    Caleb saiu da delegacia e suspirou enquanto caminhava. Pegou seu celular e discou para John.


    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Sab Jul 23, 2022 9:58 pm

    Enquanto Serge passava o celular e os dados de Corvo para a equipe técnica, os três tentavam raciocinar juntos sobre o mistério.

    Serge disse, cauteloso:

    - Se seus pais eram hippies, eles podem ter morado na cidade de Victoria, na ilha de Vancouver. É perto daqui, e sempre houve muito falatório sobre cultos satânicos por lá. Isso parece promissor mas pode aumentar o mistério em vez de resolver o caso...

    Corvo observou:

    - Eu pensei que a polícia poderia investigar isso com muito mais recursos. Vocês não tem registros de mortos e crimes desse tipo, mesmo que de uns vinte anos atrás?

    Serge deu de ombros, olhando para Caleb

    CALEB escreveu:- Eu vou falar com umas pessoas. Como eu disse, o DTSE é um bom começo. Eu vou dar uma olhada por lá e depois... Depois encontro vocês.

    Corvo disse:

    - Tentando me deixar para trás, né? Bom, eu avisei sobre o que aconteceria...

    Enquanto Caleb saiu da delegacia para um lado, Corvo fez o mesmo mas para o outro. Sendo apenas uma civil, ela obviamente não poderia ficar na delegacia trabalhando sem alguém que lhe franqueasse a entrada. Com a partida de Caleb e a desconfiança de Serge, ela preferiu partir.

    Ligando para Jhon Jhonny, Caleb ouviu o telefone chamar uma, duas, três vezes. Após o quarto toque, quando ele já temia não ser atendido, ouviu a voz de Jhon.

    - Alô?
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 238
    Reputação : 8

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Zireael Sex Ago 26, 2022 11:43 pm

    Caleb segurou um risinho que era misto de nervoso com uma pitada de comédia.

    “Rituais satânicos? Calma aí, Serge.” – Ele pensou enquanto ouvia o que o investigador mais velho tinha a dizer.

    - Hippies não. Tão mais pra ativistas.

    “Que fazem coisas não tão legais de vez em quando.” Ele completou em pensamento. Seus olhos cinzas foram em direção a Serge:

    - Você pode tentar levantar alguma coisa sobre isso? Eu vou pra lá depois.

    Caleb olhou Serge e depois, olhou Corvo. Não sabia muito bem o que dizer sobre assassinatos de 20 anos atrás. Claro, a polícia deveria ter registros antigos, mas.....

    - Talvez... Não sei bem como foi a história toda. Não sei se alguém tomou algum partido pela minha mãe.

    Ele sabia que ninguém havia. Seu pai sumira e sua mãe fora assassinada por sua própria alcateia.



    Caleb saiu da delegacia e percebeu Corvo indo logo atrás dele, mas indo para outro lado. Enquanto o celular chamava, ele virou-se e foi até ela. Sgeurou gentilmente seu braço e falou enquanto John não atendia o celular:

    - Corvo, espera aí. Quer saber...?

    Ele pareceu pensar. O que seria menos pior? Uma Corvo solta por aí investigando por si própria ou uma Corvo que estaria sob o olhar dele? Ele pensava nas possibilidades quando John atendeu o celular. Caleb abriu um sorriso malvado:

    -Aah, John. Quanto tempo não ouço sua voz, eu estava com muitas saudades.

    Ele esperou o homem responder, com um sorriso cínico.

    -Escuta, eu preciso bater um papo com você tipo, agora. – enfatizou o agora. – Onde você está?

    Segurava Corvo ainda, enquanto a encarava. Ele mexeu a cabeça para o lado que estava indo, indicando que ela deveria ir com ele.
    Alexyus
    Antediluviano
    Alexyus
    Antediluviano

    Mensagens : 3359
    Reputação : 182

    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Alexyus Dom Set 11, 2022 8:04 am

    Corvo quase não parou ao chamado de Caleb, e ele teve que segurar-lhe a mão para impedi-la de se afastar, mas quando o telefone do policial tocou, ela parou de fazer força e a curiosidade a convenceu a ficar, ouvindo sem nenhum pudor a ligação de Névoa sobre a Água.

    -Aah, John. Quanto tempo não ouço sua voz, eu estava com muitas saudades.

    A voz do outro lado da linha assumiu um tom irônico:

    - Não acredito nem por um segundo que você tenha me ligado apenas por saudades, Caleb! Diga logo o que você quer!

    -Escuta, eu preciso bater um papo com você tipo, agora. – enfatizou o agora. – Onde você está?

    - Estou no Celebrities Nightclub. Pode vir conversar aqui se quiser.

    E desligou.

    John Johnny James era cauteloso para o seu próprio bem, afinal Caleb era um detetive, e John não queria que a polícia soubesse de muitos detalhes sobre as operações semi-legais dele.

    Caleb sabia onde ficava o Celebrities Nightclub, tratava-se de uma das boates mais badaladas do West End de Vancouver, com clientela predominantemente gay, mas era possível achar pessoas de diversas tribos e subculturas por lá.

    Quando Caleb levou Corvo para lá, ainda era meio da tarde, e a boate estava fechada, mas o leão-de-chácara do lugar já estava esperando por ele e permitiu a entrada assim que ele se identificou.

    O interior da boate era cheio de luzes de LED por todo lado, que já estavam acesas antes mesmo da abertura.

    Spoiler:

    JJJ estava sentado num dos bancos do bar e virou-se para Caleb e Adrien quando eles entraram.

    Névoa sobre a água - Caleb De93b996e4461f1aca95368478a0d8d5

    - Ora, ora, Caleb, você não me disse que viria acompanhado! Sentem-se e digam o que querem. O que vão beber?
    Conteúdo patrocinado


    Névoa sobre a água - Caleb Empty Re: Névoa sobre a água - Caleb

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 05, 2022 1:09 am