Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A Casa do Sangue - Velho Estaleiro - Dover

    Wordspinner
    Troubleshooter
    Wordspinner
    Troubleshooter

    Mensagens : 814
    Reputação : 27

    A Casa do Sangue - Velho Estaleiro - Dover  - Página 2 Empty Re: A Casa do Sangue - Velho Estaleiro - Dover

    Mensagem por Wordspinner em Sex Jun 19, 2020 4:13 pm

    Chaya acelera sem dizer mais nada. Os olhos nas estradas vazias, exceto por escombros ou carros abandonados. Ela deixa os dois em um ponto de ônibus bem depredado. Mas antes ela passa por fora estrada e por dentro de mais de um estacionamento. Um carro comum não faria esse caminho sem perder uns pedaços. Talvez o jeep tenha deixado uns pedaços para trás, mas Chaya dirigia com tanto descuido e velocidade que era um desafio se manter dentro do carro. Ela acelera assim vocês saem. Sem mais uma palavra.

    Em frente ao ponto de ônibus depredado está um carro vermelho antigo e meio quadrado. Um mustang brilhando de tão polido. Pintado com a cor do sangue. Sentados no capo Nicky e Laura. Dois parentes dos Uivadores. Laura cheirando a oficina, e café forte e lavanda. Nicky com o perfume cítrico de sempre, olhos escuros e gel no cabelo. Isso além de estar sempre perfeitamente arrumado. Quase formal. Nenhum dos dois sorri. Mas Laura parece prestar atenção e oferece cigarros. Nicky só entra no carro. "Disseram para a gente levar vocês até em casa. Mas a verdade é que temos uma mensagem. Podem fumar no carro, o Nicky não liga." Os dois parecem ter passado dos quarenta, mas ambos se mantém em forma. Ele mais que ela. Mas os calos nas mãos de Laura mostram o quanto ela trabalha.

    Do lado de dentro o carro cheira a couro e pinheiros, mas os narizes afiados conseguem sentir o rastro de suor de uma dezena de pessoas no banco de trás. "Tem uma reunião do protetorado hoje a noite. Eles querem vocês lá. Deve ser a hora em que eles perguntam se vocês querem ficar e dizem qual o plano deles. Olha, eu não sei. Mas acho que não querem falar disso então vou só marcar um ponto de encontro com vocês, okay? Vai ter um churrasco no bar da Olena mais tarde. Normalmente ele só para alcateia. Mas pediram pra chamar vocês dessa vez. Não precisa levar nada se forem aparecer, também nem precisa aparecer com essa cara. Só que eu iria na reunião do protetorado se fosse vocês." Ela parece não estar infeliz de estar ali. Parece uma mãe preocupada com os amigos de um filho pequeno.

    Nicky começa a dirigir e a marcha do carro é uma caveira prateada de um alce. Ou qualquer merda chifruda. Mas olhando para ela dá para ver a pistola automática logo embaixo do volante. O caminho que ele pega leva direção da casa de Shaw primeiro. Estar no carro com eles faz lembrar que aos dois que ainda moram dentro do território dos Seis Uivadores. Claramente Nicky já sabe o caminho e as duvidas sobre como resolver isso serpenteiam para atenção dos Urathas.


    Faor
    Tecnocrata
    Faor
    Tecnocrata

    Mensagens : 319
    Reputação : 10

    A Casa do Sangue - Velho Estaleiro - Dover  - Página 2 Empty Re: A Casa do Sangue - Velho Estaleiro - Dover

    Mensagem por Faor em Dom Jun 21, 2020 1:54 pm


    Morte Cinza está servindo de motorista e garota de recados, prêmio por ter se divertido com os novatos? Talvez. Shaw passa a ignorar o resto da carona e apenas acena para Francys levantando as palmas das mãos: "fazer o quê?"

    Parentes. Cheiro forte, completo desinteresse. Segue o protocolo sem questionar e apenas avalia que a lataria do carro parece impecável. A junção entre a porta e do passageiro e a coluna atrás é perfeita para decepar um membro. Shaw olha para a mulher que gosta de carros e imagina um golpe forte na porta, com parte do corpo dela dentro do carro. Apenas parte.

    Ouviu tudo sem tentar mostrar nenhuma simpatia, gratidão ou raiva. Eles tinham mensagens e ele recebeu.

    - Eu irei na reunião.- Falou de repente e meio que deu a entender que não iria em nenhum outro lugar com ninguém ali.

    * - Claro que sabem onde moro. Desde o início todos me conhecem melhor que eu, não é? - O pensamento de Shaw diante da casa do pai vai longe, quando o Ford se afasta com os cachorrinhos dos Uivadores e seu amigo Francys. Pelo menos esse cara vale a pena.

    Antes de entrar em casa ele atravessa a rua, se afastando do poste de iluminação. Silêncio. Segue mais duas quadras para o leste, uma rua escura. Quatro patas, pelo cinza escuro em quase todo o corpo e abdômen castanho claro rente ao chão para se afastar dali. Ficar um pouco mais longe de qualquer coisa. Apenas um pouco de silêncio. Deve estar sendo vigiado, mas se forem bons nisso, sabem que ele é assim e que não cria confusão, geralmente.

    Voltaria mais tarde, tudo normal.


      Data/hora atual: Dom Set 27, 2020 3:30 am