Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    thendara_selune
    Troubleshooter
    thendara_selune
    Troubleshooter

    Mensagens : 775
    Reputação : 56

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por thendara_selune Seg Out 25, 2021 1:25 pm



    Antes de Asia chegar.


    Seu sorriso de lábios vermelhos se ampliou, exibindo dentes brancos, perfeitamente alinhados. Os olhos pareciam licor dourado quando ouviu a morena repetir o apelido que ela havia dito segundos antes. - Hoje estou mais para “ruiva sacana”, mas talvez seja igual a um carro velho...apenas arranque e depois pare de funcionar!- Ela pediu uma dose de  Bourbon ao garçom. Assim que o funcionário se afasta ela diz com um tom sério olhando Sam.  -Eu não sou tão inflexível, o problema é que sempre fui educada demais para falar um palavrão, nunca explodi, me deixar levar por sentimentos impulsivos antes de Dover seria impensável...Não sei talvez tenha passado tempo demais vivendo em mundinho rosa e sendo tratada como algo frágil e que não merecia saber a verdade!- Ela virou o copo sem fazer careta dessa vez. - Nem beber assim tinha permissão, não que houvesse uma ordem clara era uma questão de lógica comportamental e acredite isso acaba criando amarras fortes!-


    -Dançar faz bem a você e seus bebês, qualquer atividade que libere boas sensações, mas no geral os médicos ainda acreditam na baboseira de parir deitada, enfiar agulhas e soro cheio de lixo químico...Você não aprecia nada do momento, fica inchada parecendo um balão cheio de água e passa os dias meio grogue até que seu corpo excreta tudo e amém por isso!- Ela se virou olhando o movimento no bar. - Um homem pode ser um doador de vida, mas a grande criadora de tudo e de si mesma é a mulher, não sei como funciona nesse mundo atrás da cortina, mas de onde veio quando havia uma de nós grávida acontecia uma festa agradável, as mulheres se reuniam em uma casa de campo e minhas tias mais velhas usavam um pêndulo esotérico para adivinhar o sexo do bebê!- Havia nostalgia na voz e os olhos ficam brilhando. Ficou lembrando de casa e dos familiares que talvez não pudesse reencontrar nunca mais.

    -Enfim, hoje não é uma noite para me perder em lembranças.- Um novo sinal para ser servida pelo garçom. Uma gorjeta generosa e se afastou um pouco do balcão e um tempo depois Asia chegou com Bran.

                                                                       
    ***


    Quando Asia e Bran já estavam ali.




    -Quando você ficar de porre a levamos pra casa ou vamos pedir ajuda a Anne que pode gostar de ver a sua companheira toda solta!- Ela pisca cheia de malícia para Sam. - Esse é o espírito!- Sam brinca sobre o castigo e Chloe ri de novo. As palavras sobre a possível excitação da morena fazem a ruiva mordes os lábios e olhá-la. -Pelos céus...Você me mata assim Sam…- A risada sonora ecoando. - Prometo que ninguém vai pra casa parecendo um rio!-


    Asia fala sobre ter festa pra todo mundo cheia daquela energia calorosa e Chloe assentiu enquanto bebia mais um gole. Então após a resposta de Bran ela dizia com alguma doçura na voz. - É uma questão de princípios, não quero me negar a possibilidade de vivenciar os dois lados da jornada...Uma vai ser amarga, tipo ferro enferrujado na pele rasgando tudo e  o outro é doce, quente e preenche as veias com tudo que você não consegue nomear!- A ruiva falava sobre si mesma de uma forma íntima. Aquele passeio com Dione rompeu amarras, não era só sobre sexo era sobre viver e agarrar cada momento de uma maneira única. Sem falar do episódio na Clínica, foi o segundo homem que a tocou depois de Ian, por mais que quisesse apagar aquilo não tinha como negar que tinha sido algo novo e inquietante demais para esquecer fácil. Por isso pensou mais de uma vez que devia se manter longe dele e ficou feliz quando ele se foi. Aquilo reduzia danos e qualquer vestígio do erro.

    Os olhos ficam presos a Bran e prossegue com um sorrisinho bobo.- Não liga pra mim mocinho, sou como se diz mesmo…- Fica buscando a palavra.- Ah...Sou muito “viajada”, começo a crer que nunca fui a ovelha certinha da família, só que precisei fugir e passar pelas coisas que passei  pra entender que não posso viver com uma coleira me apertando a garganta só para agradar os outros!-


    Asia não a deixou segurar livremente a garrafa. Mesmo assim, a ruiva não desiste de beber aquilo, ao experimentar a sensação do líquido causa calor. A mão da outra na nuca a faz ficar vermelha e então diz em tom teatal. - Vou beber da vida e apreciar os mais longos tragos...Como quem degusta dos licores das deidades promíscuas e hora tudo é doce e noutras tudo amargo tais como se passam os dias e anos…- Então afasta-se de Asia e faz uma mesura graciosa e o sorriso felino. Volúpia nos olhos incendiando a ruiva tão livre naquela pequena noite que mais parecia uma oferta generosa  de alguma entidade que apreciava a alegria e a frágil paz que tinham naquele momento.

    -Desculpa é efeito da bebida, sei lá estou fervendo ou aqui tá quente?! - Então aceita o brinde de Sam. Bebendo agora outra coisa. O licor a deixou solta. O corpo se movimenta um pouco ouvindo a música. - Isso não é veneno...É doce demais, se beber mais um gole vou apagar em um lugar quente e cheio de mel!- Sam podia ter certeza que Chloe estava solta demais e se continuasse a beber tinha duas possibilidades: a ruiva ia apagar ou faria coisas que causariam nela uma onda de vergonha no dia seguinte. Ela ri quando Sam fala de Beca. -  Diria ousada e quente demais pra ser ignorada!- Olena fala dela e Chloe então volta a observar o visual e a imagina em um pijama fofo. Depois da uma risadinha maliciosa. - Se morasse na mesma casa com James não usaria pijamas, com toda certeza usaria coisas como essa aqui, a lingerie separa mulheres de meninas...É sua arma secreta que pode causar um efeito visual incrível especialmente para o felizardo que for desembrulhar o presente diante dele!- Chloe puxava o celular pra mostrar a peça, adorava renda e aprendeu desde cedo que uma mulher deve usar de todo tipo de acessório para criar uma fantasia para quem ama. Ela nunca hesitou em manter-se atraente, arrumada e especialmente quente quando estava sozinha com o marido. Então o afasta da mente e voltar a rir cheia de provocação. - Não concorda comigo Bran ou prefere que a sua acompanhante surja como veio ao mundo sem florear muito as coisas?!-  Fica rindo e depois responde sobre nunca terem ido lá atrás. -É minha primeira vez aqui!-  

    O que ela mostrou no celular.:
    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Ddd41110

    Asia sussurra coisas quentes em seu ouvido Chloe ruborizou no mesmo instante.  Não tinha uma resposta e fica aliviada quando os três chegam.  Axel logo atrás com Olena e aquele sorriso fofo que ela tem. A ruiva se afasta um pouco para ouvir o alfa e depois ri do comentário dele para logo dar atenção a tal ideia de apostar.  Sam parecia adorar aquilo. Quando a morena fala, a ruiva se apressa em responder com um ar inocente.

    -Apostar?!- Ela respondeu após ouvir a provocação de Asia com Axel . - Nem me atrevo a pegar essa estrada!-   Chloe guarda o celular. O rosto quente vendo James, acenando para Beca e Jun que não conhecia bem. Lembrou do pai dos dois, se conteve para não revirar os olhos imaginando quantos filhos espalhados por aí ele não teria?! Mas acaba enterrando William para só observar James. Quando ele a cumprimenta, Chloe o beija com ternura, mas assim que Asia tem uma chance o puxa pela cintura e a ruiva olha a cena com algum divertimento. A loira provoca o homem, então depois de um tempo ele solta a resposta que parecia causar alguma coisa nele que a ruiva tenta ler cheia de curiosidade.

    Então com graciosidade se aproxima e pega na mão dele. -Vamos lá Asia o deixe em paz!- Bom humor na voz enquanto o puxa pro lugar que Bran indicou. Tentando se adiantar um pouco assim que os demais passam por eles ela puxa James para que a olhe.
    - Me responde...O que você queria dizer para Asia, o que realmente queria responder pra ela?!- A mão desliza pelo rosto dele e depois o beija de novo não com ternura, mas era quente e provocante. As mãos vão até as costas dele passeando lentas. Ela morde o lábio inferior dele cheia de excitação. Se afasta o suficiente para encará-lo. - Dependendo da resposta vou acabar punindo você quando estivermos sozinhos!- Então o puxa para que encontrassem com os outros.

    Ao entrar vê Sebastian em um abraço apertado com Amy. Depois olha Richard e acena pra ele e as duas garotas dançando a fazem lembrar da noite no clube de Dione. Então a cópia idêntica de Jun aparece, havia algo nele que a deixava inquieta, talvez o fato dele estar no sítio com William e a cena toda que se desenrolou ali. O cumprimenta assim que ele se afasta do irmão, um aperto suave. Caminha até Sebastian para dizer um "OI'' e ao ver Amy da um sorriso.- Como estão?- Olhou Sam a deixando ter espaço para andar e cumprimentar todos.


    Assim que fala com todo mundo chega perto de Sam e Axel .- Nem acredito que dá pra viver uma noite dessas!- Olha Olena e passa a mão no braço dela. - Seu bar é um lugar incrível, gostei daqui e espero ter chance de voltar outras noites!-
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5283
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por Bravos Ter Out 26, 2021 11:02 pm




    Axel Brown

    Depois do beijo de Olena, vê-la comentando sobre Chloe e Asia o fez rir. - Quando Asia não está? Já Chloe... Bem, vamos ver no que dá. - Ele olha a tampa do barril, olha Rebecca versão only fans e conclui: - Dez tampas de barril... Vou ficar devendo essa resposta. - Olena envolve a barriga e olha para ele, que enlanguesce o sorriso e a beija na testa.

    * * *

    - Exatamente, seu bar, por isso aqui as apostas podem ser mais loucas! - O elodoth se diverte em jogar lenha na fogueira. Asia aposta esvaziar uma garrafa de vodka, Axel sorri e aponta na direção dela. - Você tá me desafiando? - Franje o cenho, fingindo uma certa indignação, que se desfaz em seguida. Ele olha de rabo de olho para Olena. - Mas aposta é aposta... O que estamos apostando?

    Sam fala sobre os fundos. A imaginação poderia levar a coisas bem diversas e, apesar de nos fundos acontecerem coisas bem diferentes do que as pessoas estavam acostumadas, não era bem naquele sentido que ela imaginava. - Asia já fez uma apresentação de Dirty Dance por lá... - Deixou o comentário no ar. Logo em seguida eles se dirigem aos fundos. Axel acena para Sebastian e Amy, embora Amy não pudesse ver naquele momento. Ele vai até Richard, cumprimentá-lo de perto. - Então, como vão as coisas? - Ele deixa Richard por os temas que quiser na conversa.

    Quando Chloe chega, Axel ri consigo. - Quem vai com muita sede ao pote se lambuza! - Disse aquilo como se fosse um provérbio de sabedoria.






    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1639
    Reputação : 95
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por Bastet Sex Out 29, 2021 3:31 pm



    Samantha
    Doiley

    - Parece até coisa de filme essa criação que você teve. Mas agora você é livre mulher, aproveita que estamos em ambiente seguro pra fazer besteira – riu, não impedindo ela de pegar a dose. Ainda não parecia estar além do limite.

    - To muito sóbria pra Dançar, Chloe – rejeitou educadamente - Quer tentar adivinhar o sexo dos meus bebês? – Sam deu uma risada, mas não parecia estar rejeitando a ideia. Se divertiu com aquele lado maluco da família dela... Até nos filhos da puta tinha os loucos dos signos.

    Brindou com a ruiva, assentindo que aquela não era noite pra se lembrar de coisas tristes.

    ---

    - Tarde demais – provocou, quando Chloe falou que “ninguém iria pra casa parecendo um rio” e riu. Logo a ruiva começou um monólogo, sobre vida, calor e ousadia. Sam só ficou meio agitada quando ela pegou o celular pra mostrar uma lingerie pra Bran. Antes disso, Samantha pegou o celular da mão dela – Celular fica com as pessoas sóbrias. A bebida fica com as pessoas bêbadas – olhou a lingerie, pensando que inferno devia ser pra vestir e depois pra tirar tanta peça na hora do sexo.

    Procurou James com o olhar... Era melhor ele não dar mole, Chloe parecia solta. Solta demais. Será que a paixão por um cara certinho era só um reflexo da criação? Bem, essas coisas se provavam no momento de bebedeira. Se ela gostasse dele, em algum momento ia agarrar ele e perturbar o resto da noite.

    ---
    Sam dá de ombros, com uma pequena risadinha. – Por enquanto, destilados  e um copo daquela coisa só – indicou o que Olena tinha servido... A bebida que aparentemente Chloe também achava que era veneno e tinha deixado ela doidona.

    Ela olha pro copo de coca na mão e suspira – De vez pode, po. Já não posso beber, pelo menos açúcar deixa a gente feliz. -Enquanto a ruiva e a loira se pegavam,  Bran só conseguiu pensar que a Sangue de Lobo falava do moletom de um dos meninos. Um sorriso cheio de dentes surge nos lábios de Sam – Vocês estão lindos de par de jarro – ela estica a mão, tocando com a ponta de um dedo no maxilar dele e apontando pra coisa “bonita” que ela tava falando... Asia e Chloe quase comendo – Mas era disso que eu tava falando – riu.

    - Nunca... – respondeu, terminando o copo de refri – Tô até com medo... – se levantou e até chegou a sugerir uma aposta que foi prontamente ignorada por todos. Sorriu quando Axel comentou sobre o que Asia supostamente já tinha aprontado e entrou logo atrás de Bran. Ao ver Sebastian todo rasgado e segurando Amy, ela cutucou Bran – Eu falei que tinha algo a ver com luta. Mas é rinha de lobo, não de Sangue de lobo – o local parecia ser um refugio pra todos serem eles mesmo. Sebastian sem toda a pose, Amy sem precisar se dividir em ser mãe, Richard relaxado num canto... As garotas dançando como se nada tivesse acontecendo lá fora.

    O rosto de Sam fica mais sério quando vê Edrick, saindo de perto quando ele veio abraçar Jun, cumprimentando as outras pessoas ali. Foi se sentar perto do alfa dos uivadores e de Axel, de olho na “luta”.

    - E aí – falou com Richard - Qualquer aposta aqui vai ser mais barata que aquele terno rasgado ali – indicou pra Axel e sorriu pra Chloe que se aproximou deles.

    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2330
    Reputação : 128

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por Wordspinner Qui Nov 04, 2021 5:01 am

    Chloe escreveu:Anne que pode gostar de ver a sua companheira toda solta!

    "Nah." Diz sem pensar. "Quanto mais louca menos graça."

    Chloe escreveu:...só que precisei fugir e passar pelas coisas que passei pra entender que não posso viver com uma coleira me apertando a garganta só para agradar os outros!

    "Nisso cê tá certa, tira as coleiras." Ele mostra a água como se fosse um brinde.

    Sam escreveu:...aproveita que estamos em ambiente seguro pra fazer besteira

    "Exatamente. Experimenta, pode ser bom." Ela olha para Sam de um jeito faminto. "Muito bom." Quase um sussurro.


    Sam escreveu:Celular fica com as pessoas sóbrias. A bebida fica com as pessoas bêbadas

    "Aí perde metade da graça." Ele faz que não veementemente. "Foi por isso que eu vim." Ele diz rindo.


    Sam escreveu:Por enquanto, destilados e um copo daquela coisa só

    Bran faz uma careta. "Olena faz cada coisa com o Sebastian. Algumas são literalmente veneno." Ele fala sério. Muito sério.

    Chloe escreveu:felizardo que for desembrulhar o presente diante dele!

    "Eu posso desembrulhar você hoje..." Não era uma pergunta. "Eu prefiro que minha companhia esteja a vontade, mas não vou negar que fantasias são legais." A voz dele lutando contra algum constrangimento.

    Sam escreveu:De vez pode, po. Já não posso beber, pelo menos açúcar deixa a gente feliz.
    "Nah, cara. Isso é horrível cara. Vai te foder." Ele balança a cabeça, mas fala sem força.

    Sam escreveu:Mas era disso que eu tava falando

    "Ah, eu percebi. Mas aquele lá cheio de luz não é bonito nada." Ele diz brincando. "Mas obrigado, bom saber que não me deformaram de porrada." Ele diz rindo.

    Chloe escreveu:Dependendo da resposta vou acabar punindo você quando estivermos sozinhos!

    "Eu disse a verdade. O que eu queria. Não tem nada que não falaria para ela." Ele diz sério, com a voz feita lenta pelos beijos.

    Axel escreveu:Bem, vamos ver no que dá.

    "Não faz bagunça demais, por favor..." Ela recebe o beijo na testa e suspira muito satisfeita.

    Axel escreveu:Mas aposta é aposta... O que estamos apostando?

    "Você aposta a Chloe e eu aposto... O que você quer?" As últimas palavras ditas de um jeito que faz o coração bater mais rápido e os pensamentos correrem em círculos. Quando Axel acena, Sebastian responde com um sorriso e balança a mão de Amy, que se sacode furiosa. Mas ela só se solta quando para e Sebastian a deixa no chão.

    Axel escreveu: Então, como vão as coisas?

    "Senta aí, tem pizza." Ele mastiga mais um pouco. "Muita preocupação. Algum sangue. Tem gente de patrulha vinte e quatro por sete. Tamo caçando feito doido pra pagar propina. Temos três babás agora. Pelo menos eu não tenho emprego. Como anda o seu lado do paraíso?" Ele coloca um pedaço de pizza com muito molho e escorre pelo canto da boca.

    Chloe escreveu:Como estão?

    Amy a cumprimenta do chão mesmo, sem querer se levantar. Sebastian sorri. "Boa noite Chloe. Bem vinda, desculpe as roupas. Estávamos brincando." Até parece verdade quando ele fala. Amy recuperando o ar segurando a perna dele com carinho.

    Sam escreveu: Eu falei que tinha algo a ver com luta. Mas é rinha de lobo, não de Sangue de lobo

    "Isso é carinho. Cê tem que ver esses caras brigando. Gritaria e sangue pra todo lado." Ele diz rindo, mas parecia assustado.

    Sam escreveu:Qualquer aposta aqui vai ser mais barata que aquele terno rasgado ali

    "Cês não deviam apostar comigo." Falando de boca cheia com uma tranquilidade lenta e gordurosa. "Cartas? Eventos? O que?" Ele olhava para a roupa rasgada de Sebastian.

    Asia logo se junta as meninas dançando. Jun e Edrick começam a tagarelar alto com barulhos que talvez sejam palavras, sorrisos enormes e idênticos nos rostos. James anda calmamente cumprimentando as pessoas com carinho até segurar Sebastian num meio abraço antes de provocar a irmã no chão. "Caiu baixinha?" Ele oferece uma mão para ela pegar, mas ela nega. "Toda suja." Ela fala como se fosse calda de chocolate, mas era sangue. Rebeca assiste as garotas dançando com olhos brilhando.
    thendara_selune
    Troubleshooter
    thendara_selune
    Troubleshooter

    Mensagens : 775
    Reputação : 56

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por thendara_selune Sex Nov 05, 2021 1:42 pm

    -Loucura pode ser dosada ao gosto do cliente…- Os lábios de Chloe se  curvaram em um sorriso indecifrável. Bran concorda sobre as coleiras e ela dá uma risada satisfeita.  Asia adorando cada palavra e fazendo ar todo ficar quente ao redor dela. Sobre o celular, Chloe não protesta e assentiu com Sam, mas Bran parece não pensar na mesma coisa que a morena e a ruiva não se mete nisso. Ficou atenta ouvindo ele falar sobre a química secreta executada por Olena e Sebastian, história para outra ocasião e faz Chloe sentir uma vontade de aprender sobre aquilo algum dia.  loira se solta mais quando a ruiva mostra a foto e Bran fica meio constrangido e Chloe acha isso fofo nele. - Enquanto Asia é solta como o vento, temos Bran que ficou sem jeito ao que parece...Que fofo!-
                                                                                             
                                                                                                         
                                                                                                               
    ***
    Escuta a resposta de James dando um sorriso cheio de cumplicidade. Quando já estavam lá dentro a conversa fluiu divertida. Asia provoca mais, a tal aposta e Chloe ruborizou até  a raiz dos  cabelos, teve a impressão de parecer uma brasa. Dá um tapinha suave no loiro com pinta de Rockstar  apelidado dado segundos atrás por Asia. -Axel pode brincar de lançar dados, quem sabe cartas como Richard falou, mas sinceramente não me arrisco. - A cara dela transborda ingenuidade que brilha nos olhos âmbar. - Vocês devem saber todo tipo de coisa sobre jogos e eu não faço ideia de como jogá-los, estou em desvantagem!-  Levanta as mãos mostrando que estava se rendendo e depois ri de novo.- e devo seguir a sabedoria ancestral do nosso Rockstar e evitar ir com muita sede se não acabarei lambuzada, mas não faço ideia de como chegar em uma situação dessas?!- Olha Sam com curiosidade. - Sabe como raios faço pra ficar lambuzada? - O rosto dela está quente e vermelho. Depois apenas iria rir das possíveis explicações, sentindo-se tão humana e bem humorada. Chloe fica esquivando-se das provocações de Asia, vai brincando com o possível constrangimento de Bran, escutando Sam que poderia soltar algo engraçado e vendo Axel com Olena em um momento tão doce da vida.

                                                                                                     
    ***


    A ruiva sabe que Asia é provocante, ela passa impressão de ter uma fome voraz e a capacidade de vibrar todas as facetas da alegria. Dione tem motivos de sobra pra gostar da loira que Chloe chamava mentalmente de “ loba do verão.” Combinava com Asia, os cabelos loiros formavam ondas bonitas, o rosto marcante e os olhos cheios de uma luz chamativa. A ruiva sentia grande estima por ela e ficou imaginando quantos corações ela não partiu ou quantas vezes não se sentiu incompleta? Seria possível os lobos amarem ou se apaixonarem a tal ponto que isso ficaria gravado em seus ossos ou a vida deles tinha que ser apenas desfrutar de uma noite de sexo intenso e acordar no outro dia prontos para caçar suas presas entre os dois mundos? Chloe não tinha como saber, mas sentia o quanto a loira apreciava viver e deleitar-se em momentos felizes de corpo e alma.
                                                                                                 
    ***



    Escutando Bran depois olha Sebastian e Amy. - Se vocês brincam assim, não quero pensar como resolvem quem vai lavar a louça!-  Riu baixinho. Observou o carinho de James com a irmã, passou os olhos nas meninas dançando, logo Asia se junta a elas e olha Beca. - Vai logo dançar. Sei que você gosta de se mover e o faz tão bem!-  Sorri para ela. - A gente nem pode curtir direito naquela noite, pelo menos hoje você pode exibir seus movimentos Beca sem preocupações.- Chloe pega uma garrafa e bebe o líquido que aquecia seu corpo inteiro. Observa James um tempinho, mas prefere dar espaço pra ele conversar sem que tenha a ruiva pendura em seu pescoço. Acena para Sam e puxa Beca. - Vem dançar Sam!- A ruiva tenta levar Beca pra perto das outras que se divertiam, sabia que aquilo era algo raro, na noite do clube as coisas foram caóticas lembrou que a mente prego peças sobre a presença de Ian, mas ali era diferente, os únicos monstros estavam escondidos em sob as peles humanas e a noite era apenas uma fusão de sentimentos divertidos.

                                                               
    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Katherine-pierce-vampire-diaries
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5283
    Reputação : 392
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por Bravos Seg Nov 08, 2021 8:17 pm




    Axel Brown

    Chloe parecia estar no cio. Asia sempre estava no cio. Quando ela diz que ele poderia apostar Chloe e então pergunta o que ele quer, Axel nem tenta esconder o rubor causado por aquela pergunta. Ele arregala os olhos e olha para um canto fixamente. - Arreguei, nada de apostas com a senhorita Asia. - Ele ergue as mãos em rendição. Logo mais estava sentando com Richard, pegando um pedaço de pizza. Sam também estava por perto. - Tudo fora do lugar. Praticamente recomeçando do zero. Nem o Caminhante é mais o mesmo. - Ele dá um suspiro. - A Sombra está uma bagunça. A corte do Medo nos odeia por não termos tomado um lado e por Connor tê-los caçado incansavelmente. - Ele morde a pizza. - É uma bomba relógio essa treta... - Ele deixa no ar.

    Sam comenta do terno de Sebastian. - Tem razão. - Ele sorri com a situação. - Eu sou pior em jogos do que eu gostaria de admitir. Mas apostar em eventos parece uma proposta interessante. - Ele corre o olhar no ambiente. Chloe chama Sam para dançar mais uma vez. - Eu aposto que ela só vai parar quando você der o braço a torcer. - Ele diz para a ithaeur. - E ainda assim, não vai ficar satisfeita.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2330
    Reputação : 128

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por Wordspinner Sex Nov 26, 2021 7:23 pm

    Amy só aperta Sebastian em um abraço carinhoso quando a louça é citada.

    "Louça nunca é problema." Ela diz e o o lua cheia beija o topo da cabeça colorida dela.

    Beca se deixa levar por Chloe e entra na dança. As Duas urathas param tudo e recomeçam a coreografia para ficarem todas no mesmo tempo.

    Axel: ... Nem o caminhante é o mesmo.

    "Hora difícil para estar ligado a corte do medo e ser odiado por ela ao mesmo tempo. Terror no Escuro ainda tá tentando entender qual é a sua." Ele fala devagar usando um pedaço de pizza para pontuar a fala.

    "Eu também gosto de apostar em eventos. Eu aposto que vocês e o medo vão ser o primeiro passo. Os dragões e a irmandade correm quase fora da cidade. Eles tem problemas com todas as cortes e tem usado a força para se segurar, acabam sendo nossa primeira linha se os puros voltarem. Mas vocês? Vocês vão acabar errando com eles ou sendo os primeiros a ver algo impossível de ignorar." Ele logo em seguida morde um pedaço que parece particularmente delicioso de calabresa. "Essa tá muito boa. Pega um."

    Os irmãos idênticos alcançam a fonte da música e subitamente a batida se tornaum J-pop nada conhecido. Em segundos algumas pessoas estão rindo, outras dançando e mais algumas discutindo com os dois pelo controle do som.

    "Ei garota, dá um gole." Jenna estica a mão enluvada para Chloe. Beca faz uma careta e tenta dançar outra vez. "Aí vou precisar do seu namorado na quinta, ele tá ajudando a gente com um projeto especial. No espírito de cooperação, ouvi dizer que os nazi-ricaços tão pondo as garras para fora de novo, quer ajuda?" Ela diz tirando uma mecha suada da cara.
    thendara_selune
    Troubleshooter
    thendara_selune
    Troubleshooter

    Mensagens : 775
    Reputação : 56

    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por thendara_selune Ter Nov 30, 2021 11:35 pm



    Antes a vida dela era interligada a tantas regras de conduta que aquele breve momento parecia algo precioso e tão verdadeiro que era impossível resistir. Quando Beca aceita ir pra perto das outras, Chloe tenta acompanhar as meninas, ela ri sonoramente, divirta-se de uma maneira espontânea sem precisar se preocupar se sua roupa subia, se estava rindo alto ou se estava agindo como uma “despudorada”.
    Seus parentes revirariam os olhos se a vissem, mas quanto não perdem por viverem aquela vida falsa dentro da redoma que continha Chloe há um tempo atrás?!

    - Obrigada.- Ela responde a outra aceitando o gole e dá um sorriso. Quando escuta a palavra “namorado” a ruiva olha para James por um segundo que devia estar entretido  conversando com os outros e depois volta sua atenção a Jenna. O tom  de sua voz era cheio de preocupação.  - Me devolve ele inteiro por favor.- Chloe fala perto do ouvido da outra. Estava suada, parecia que uma corrente elétrica percorria seu corpo fazendo-a sentir um calor agradável enquanto dançava. Quando os irmãos mudam o estilo de música podem ouvir os protestos, não segura o riso e então Jenna toca naquele outro assunto fazendo a ruiva olhar pra ela.

    - Toda ajuda é bem-vinda especialmente sobre esse assunto...- O suor a faz sentir sede, então pede um novo gole a outra e depois respondia com um sorriso amigável. - Antes que possa me aprofundar nisso, é bom saber onde estou pisando e as possibilidades que podem me levar a enfiar os pés em uma poça profunda de sangue e vísceras nojentas.- Havia uma leve sombra de divertimento, ela não sentia mais medo, não depois de tudo que aconteceu até ali, na verdade a possibilidade de resolver esse assunto era como se provasse a si mesma que não era tão frágil quanto parecia.
    Conteúdo patrocinado


    Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores - Página 4 Empty Re: Bar da Olena - No limite do território dos Seis Uivadores

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Dez 04, 2021 2:09 am