Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capitulo 1 - Barcelona

    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Sex maio 12, 2023 6:18 pm

    Barcelona

     
    Trilha Sonora:
     

    A cidade que deveria estar dormindo devido ao temporal, começava a acordar, as lamparinas sendo acesas,
    o som de carruagens, e até mesmo as lojas e vendedores estavam se movimentando, era o baile dado pelo Rei que agitava a
    cidade e toda a sociedade, e todos aqueles com alguma pretensão estariam nesse baile, até por que todos os nobres mais
    poderosos e influentes da região, e segundo os rumores, até mesmo nobres de outros reinos, lá estariam...
    Ainda era possivel sentir o ar fresco e refrescante deixando pela chuva, misturado com o cheiro de terra molhada, a lua estava
    resplandescente no céu iluminando a cidade, com quase nenhuma nuvem para ofuscar seu brilho, estava tudo belessimo, tudo
    perfeito para o baile que seria dado pelo rei...
    Duas carruagens luxuosas pararam a frente da torre, eram carruagens elegantes e refinadas, cada uma com 4 cavalos, elas eram
    pretas com detalhes metalicos que lebravam prata, o marques vestia um uniforme preto em contraste com as carruagens, ele
    embarcara em uma delas e junto a ele estava uma jovem, não saberia se dizer se era o par dele ou apenas uma serva, pois ela
    era belissima, ele estava entretido na conversa com a mesma, e ao que tudo indicava era um assunto serio,
    nisso a outra carruagem estava vazia aguardando os convidados embarcarem


    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Dycleal Sáb maio 13, 2023 6:07 pm

    Fiquei no quarto meditando sobre o que vira nos escritos do marquês e vi que tínhamos mais em comum do que pensava e decidi que precisava falar com ele mais uma vez e derramar os sentimentos da minha alma em seus ouvidos e quando os servos me chamaram para embarcar na carruagem, aproveitei a oportunidade no pátio, e falei para o nobre Marquês, que queria ir com ele na carruagem para ter uma conversa privada. Quando ficamos a sós, dentro da carruagem, eu lhe revelo: -  Mesmo tu me achando infantil após aquela minha fala anterior, eu reagi a tua fala de forma madura. Reagi com o desejo de conhecê-lo melhor e compreender os motivos que o levaram a tais atitudes que tomasses e estava bem ali, no quarto, lembrei que aquele quarto era o teu quarto e não o meu e que deveriam haver documentos que me revelassem sobre a tua vida pregressa, e que me fariam entender acerca dos teus atos e a motivação da tua reação e procurei por papéis que falassem do teu passado e vi que aos 9 anos teve que se comportar como adulto e que seus pais foram assassinados em virtude das intrigas, conspirações e traições da corte, vi também que aos 12 para 13 anos, teve que ser um guerreiro Valente e lutar e liderar o seu povo, eu li também que foi capturado e torturado, conforme o seu corpo me mostrou enquanto estava com o torso nu, realmente a sua vida não foi um mar de rosas...

    Então eu vi que realmente tínhamos muito mais em comum, do que eu imaginava, pois aos dois anos, vi minha mãe ser trancafiada em uma torre, porque contraíra a peste, e ser condenada à um confinamento cruel por um tio, clérigo e parente próximo, e nada daquilo eu entendia e ao brincar em um corredor que me era proibido eu vi minha própria mãe morta, já em estado de decomposição na sua célula mortuária. Esta visão me assombra os meus sonhos em forma de pesadelo até hoje. Meu pai que amava imensamente a minha mãe, não pode fazer nada e não casou de novo, apenas se apegou a mim, com extrema dedicação e me levava para o campo de batalha, para poder ter alguém que ele amava perto de si e me ensinou a lutar pela minha própria segurança e eu agradeço a ele, a cada dia que respiro, por isso. Eu tive que viver os horrores da guerra, ver a morte de perto por várias vezes e procurar o meu pai e só sossegar, ao vê-lo vivo. Mas sabendo me defender e atacar muito bem, sobrevivi até aqui e quando meu pai se feriu nesta última batalha, fui eu que liderei as suas tropas, para o nosso acampamento as margens do Mediterrâneo, próximo da fronteira da França com a Espanha. Novamente sozinha, segui até Barcelona para supervisionar as obras da catedral as quais meu pai tinha doado uma boa porção de libras. Temos muito mais em comum do que você pensa, entenda isto.

    Quanto a minha fala, tu me entendestes muito mal, provavelmente, também não devo ter me expressado com clareza, mas aqui vai a real, eu não queria dizer que eu ia reinar e botar você como um soldado, era apenas um exemplo das muitas formas de trabalharmos concatenados e unos de propósito! O que eu buscava era saber qual o seu grau de comprometimento em me amar, como a sua futura esposa e o grau de participação e até mesmo o quanto de protagonismo que tu me darias ao vivermos os nossos sonhos, propósitos e lutas lado a lado. Quando falei em ser rainha e que você seria o meu campeão era apenas uma das muitas possibilidades, você pode ser o rei e sentar no seu trono sem problemas é seu por direito, porque você é homem, e vivemos em um mundo dominado por homens, mas eu posso ser a rainha diplomata, a sua emissária, antes de você semear o caos, eu seria aquela que iria aos reinos conquistar novos territórios pela palavra e astúcia.

    São muitas as possibilidades de parceria que podemos formatar juntos, para conquistar nossos objetivos. O que eu lhe peço é que me dê oportunidade de protagonismo, não quero ser apenas uma esposa que fica costurando em uma torre isolada. Sei que sou jovem, muito jovem, até... Mas não sou infantil! Também reconheço que tu és muito poderoso e que tem muitas capacidades e habilidades que ainda desconheço, mas deduzo. Dissestes que não me queres como noiva, mas peço que me queira pelo menos como sua discípula, embora pessoalmente não quero que me descartes como noiva, pois eu desejo que você seja o meu tutor e me ensine a tornar-me uma pessoa poderosa como você é, e então, poder lhe ajudar como parceira e amiga, pois entendo que você cresceu tendo que desconfiar de todos, pois crescestes sem pai e sem mãe e sem o seu carinho e sem o amor deles, e sei o que é não ter tido o amor da minha mãe e posso compreender o que essa condição pode fazer com alguém... Tivestes que confiar apenas em ti, isso é muito duro, durante a nossa convivência de noiva e discípula, saberás que podes confiar em mim e nos meus sentimentos, pois aprenderás que são verdadeiros e quero ser aquela em quem tu podes confiar e no cansaço final das batalhas, que tu possas repousar a tua cabeça em meu colo e saber que estás coberto de segurança e amor e restaurar, o vigor e força da tua alma, é isto que te proponho, o que me dizes?
    E espero a sua resposta, olhando firme, olhando diretamente nos seus olhos, sem nem piscar.
    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Qua maio 17, 2023 2:43 pm


     
     

    David Percy

    Trilha Sonora:
    Ele se volta para você com aquele mesmo olhar frio de um lobo, e depois desfaz a pose e da um leve sorriso:
    _Lady Chrystina, invadir a privacidade alheia é uma falta muito grande de etiqueta e um comportamento muito
    mal visto, tente ser mais sutil da proxima vez
    - Ele disse isso com um tom de um professor ensinando uma lição,
    a deixando um pouco constrangida...

    Ele te olhou mais uma vez só que dessa vez com uma expressão mais gentil abriu uma das cortinas e começou a olhar e apreciar a noite...
    _Te darei mais uma chance nesse baile que esta por vir, mas é tudo que posso fazer, a sua chance de ser em
    definitivo minha noiva terminou na conversa anterior, agora você tera de lutar pela posição...

    Por que você teria de lutar ? Aquilo te pegou de surpresa, seu nascimento era extremamente elevado, porem um pensamento
    lhe passou pela mente, e o espanto ficou evidenciado em sua feição, que David leu como se fosse um livro e confirmou...

    _Isso mesmo, o baile não é apenas uma festividade qualquer, ele é para minha pessoa e para a Princesa Blanca de
    Navarra, e sera ela a sua oponente nesse baile, ainda não é nada formal, porem ela foi indicada pela pessoa que eu tenho
    como um pai, e minha unica familia nesse mundo, O Duque de Andaluzia e Marques de Monferrat, Arnau Lizarazu

    - Ele parou por um instante ao falar esse nome e seu olhar ficou sereno e sua expressão quase infantil -
    Então se é uma indicação
    dele, eu darei a ela a mesma chance que te dei naquele quarto Lady Chrystina...

    Uma princesa, uma princesa de verdade, nunca que seu forte fora as formalidades da corte, e sim sua habilidades marciais, seria
    uma competição injusta, ainda mais ele dando a ela a mesma chance que te deu no quarto enquanto conversavam. Nisso ele
    voltou o olhar para você e disse:

    _Só estou te dando essa chance Lady Chrystina, pois até hoje você é a unica que não se intimida com meu olhar e minha
    presença, não sei dizer o por que, mas de alguma forma isso a torna especial para mim...

    Após essas palavras, ele volta a pegar os papéis deixados pela serva Emily e volta a lê-los.
    Uma visão surgiu em sua frente, um lobo gigante e uma mulher misteriosa vestida de branco e azul, lado a lado, cada um em um trono
    de marmore branco, em um campo preenchido de violetas, e você tentou se aproximar mais, seu coração começou a bater mais forte do que
    nunca, e pouco a frente das violetas que circundavam o trono tinha diversos corpos embranquecidos, e você começou a chorar e se desesperar,
    eram os corpo do seu pai, primo e amigos, e a frente desses corpos as violetas lembravam rosas, por estarem brilhando de vermelho, era um
    vermelho comum para você, era o brilho do vermelho de sangue, e de repente esse sangue começou a cobrir suas mãos e todo seu corpo, e
    agora você não estava mais naquele campo florido e sim em uma paisagem cinzenta onde o cheiro da morte e da destruição a cercavam, era
    um campo de batalha, e você estava nua coberta de sangue da cabeça aos pés, e tinha uma outra você vestida de aventureira, sentada em uma
    pedra a sua frente, amolando uma espada e com sua lança ao lado, pronta para mais um combate, nisso ela te encarou e apontou para algo atrás
    de você e tinha uma outra você, vestindo em vestido feito de rosas brancas e vermelhas, te recebendo de braços abertos, com todos os seus
    familiares e amigos vivos, porem com algemas de ouro nos seus braços e pernas, e era possivel ver que ela estava gravida...


    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8157
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Saphira Odin Sáb maio 20, 2023 2:04 am





    Local da Crônica: Barcelona, hora e data





        Encarava o João Droviskitiss e gesticulava perguntando onde ele estava, no mais queria saber porque não havia jantado junto a ela e o Angmar, já que a hierarquia em sua vida estava perdida mesmo, sua nova classificação até o presente momento era de indigente sem teto, então não importava mais nada.
        Não deu muita importância ao que Emily comentou sobre o vestido, convenhamos estava ali apenas por não livre e não espontânea vontade, nem fazia questão de sorrir. Permaneceu séria e apenas encarou o frasco e tomou logo em um gole só para não perder mais tempo em explicações e desconfianças, sentiu algo bem estranho em seu corpo, sabia que sua cicatriz muito provavelmente estava sumindo mas não conseguia entender muito bem o que estava acontecendo em outra parte do seu corpo, sem perder tempo com isso. Focou no ritual que aquela mulher estava conjurando.
        Até aquele presente momento não confiava naquela criatura e como todos ali provavelmente era um ser sobrenatural e quem não era, se perguntava em que base a Inquisição media o nível de pessoas perigosas, crer que ela era mais perigosa que aqueles que a cercavam sendo eles criaturas sobrenaturais, isso era no mínimo estupido demais para levar a serio, a situação levou ela a pensar seriamente que deveria se tratar de algo bem pessoal ou uma traição bem elaborada em torna-la alvo e não a tal Diacono ou seja lá como chama isso, era muito poder em mãos de uma única pessoa e a Inquisição estava caçando ela era serio isso pensou varias vezes para si mesma "Era serio isso?"
      Quando ela retornava vomitando suas palavras insuportáveis Agnes apenas sorria e gesticulava.
    - Não farei alianças com ninguém, quero evitar ser vendida para a Inquisição ou traída em nome de um bem maior e pessoal para um alguém qualquer se manter no topo ou agradar seus superiores... Fiquei com um certo receio com o que aconteceu com a minha mãe, mas quem fez isso vai pagar... Aprecio um tratamento restritamente profissional em nossas funções e no acordo feito com o Adan nada mais e nem menos que isso...(Linguagem de Sinais)
      Quando escutou ela mencionar seus melhores amigos de infância, percebeu o nível de manipulação que ela tinha junto ao Adan, oportunistas sempre aproveitavam-se do momento de fraqueza de todos que podiam, estendiam sua vontade e pesquisa sobre seus alvos sempre visando tirar proveito em tudo, mas ela suspirava com dificuldade até conseguir ficar calma e controlar seu animo que estava nos últimos do estresse.
    -Não. Me perdoe por isso , mas eu não vou envolver as ultimas pessoas que ainda mantém minha humanidade e fé intactas, meu padrinho e minha madrinha junto a seus filhos são algo como minha ultima família viva agora... Não se aproxime deles, para tudo tem um limite de sacrifícios e eles estão fora desta lista, recomendo você encontrar outra maneira de aproximar-se do Arnau Lizarazu...(Linguagem de Sinais)
       Terminou de tentar colocar os enfeites no cabelo, lembrando que teria que invocar alguma Demônio empregada para ajuda-la com estes afazeres que ela não sabia muito, fez uma referencia a Emily e foi até Angmar, estava cansada, de tudo aquilo tinha que ficar explicando e sendo jogada de um lado para outro.
      -Ela quer envolver meus amigos nas manipulações dela e isso eu não vou fazer e nem permitir, não ligo mais em morrer na fogueira, mas sacrificar inocentes, sacrificar meus padrinhos e seus filhos envolve-los nessa insanidade toda eu não vou permitir se isso acontecer eu não me importo com o pacto que fizeste com o Adan, tudo tem um limite se você, ela ou seu amigo perderam a noção e respeito pela vida e pelo bem estar dos outros em coloca-los em perigo nosso acordo termina aqui... Eu não vou sacrificar inocentes pelo bem estar do teu amigo, provavelmente Emily esteja acostumada a eliminar e trair aqueles que ficam no caminho dela, eu não consigo entender como ela acumulou tanto poder, existe provavelmente centenas de criaturas sobrenaturais em Barcelona e justo ela ocupa vários cargos e posições? tem algo muito estranho nisso tudo você não acha muito esquisito isso?(linguagem de Sinais)
       Terminava com os últimos detalhes do vestido.
    -João, você também não acha isso tudo estranho...(Linguagem de sinais)
       

    OFF: Terminar aqui a conversa antes do Angmar me levar para o baile é meu primeiro baile então isso ai tem que ser magico e inesquecível. Espero que o Angmar esteja levando aquela flor para eu colocar no pulso igual nos filmes nos bailes de formatura  tongue  I love you  Razz  Razz

    Roupa:
     
    Né :



    Ed Araújo
    Mestre Jedi
    Ed Araújo
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1233
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Angmar, Campeão das Trevas

    Mensagem por Ed Araújo Dom maio 21, 2023 5:37 pm

    Capitulo 1 - Barcelona OBPK14w

    Angmar:


    Angmar continuava em silêncio enquanto a garota externava seus temores, mas toca seu rosto e faz um único comentário.

    Vai dar tudo certo. Confie em mim.

    Quando Emily vem para prepara-los, ele permanece observando, mas não ignora o flerte sutil da mulher. Ele a observa de cima a baixo, avaliando-a. É com curiosidade que observa o mesmo ritual e escuta elas cochichando. Depois Maria lhe conta o que discutiram e lhe dá explicações.

    Sua lealdade à sua família é... admirável. Embora eles não estejam aqui para ajuda-la. Ou talvez não possam. E você não me deve explicações.

    Não vejo nada mais estranho que o normal. Ela é muito poderosa, com certeza. É bem mais velha do que parece, está claro. Ocupa o cargo de Diácono Superior e herdou o Selo pela ausência dos mais antigos – incluindo sua mãe.

    Agora, é melhor irmos. Você pode deixar a interação comigo, o importante é que você apareça e mostre a todos que não tem ligações com as brujas.
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Dycleal Dom maio 21, 2023 6:21 pm

    Após abrir meu coração, sabia que ele faria alguma crítica ou admoestação, porém ele me recriminou pelo meu comportamento de devassar seus documentos afirmando ser inaceitável para minha posição. Não nego que fiquei um pouco constrangida com aquela afirmação professoral como se eu fosse uma criança e ele o mestre me dando uma lição, porém tentei disfarçar, mas parece que o Marquês sempre adivinha meus pensamentos, ele fica olhando a paisagem através da janela observando a noite e como se não fosse nada o que ele tivesse falando, me diz que me dará uma nova chance durante o baile, mas realça que teria que lutar pela posição de ser sua noiva. Aquilo me pega de surpresa e fico pensando porque lutar? E contra quem ou o que?  

    Neste ponto como novamente ouvisse meus pensamentos e dúvidas, eu fico admirada dele começar falando, qual respondesse o curso dos meus pensamentos, falando que é a princesa Bianca de Navarra que será minha concorrente. Aí me percebo, pensando comigo mesma: - A princesa Bianca, aquela menina mimada que morava em Pamplona a capital do seu reino, onde fui com meu pai e seus exércitos, garantir a soberania do seu pai, o Rei, contra uma invasão dos franceses! Era uma menina irritante nem era tão bonita quanto eu, mesmo sendo um pouco mais velha. . Mas não quis mais pensar sobre ela, imaginando que o David estivesse adivinhando os meus pensamentos, e pensar que estava com ciúmes dela, aliás, é assim que devo chama-lo, David, pois ele é tão Marquês quanto meu pai.

    O David continua novamente a falar, desta vez, porém, sem ser em resposta aos meus pensamentos, mas continuando o seu raciocínio e afirmou que ela terá as mesmas chances que eu tive no quarto, quando neguei seu pedido. E logo me vem à mente, que na verdade não fui eu que neguei, mas sim, foi ele que assumiu essa assertiva, fruto de sua própria percepção doentia e deturbada pelas consequências de sua história de vida.

    E novamente como se ele lesse meus pensamentos e sentisse a minha insegurança de competir com alguém que vive apenas para a vida fútil em palácios e teria mais habilidades de etiqueta e cortesia, dominando a forma correta de se comportar em uma festa que teríamos logo a seguir, eu precisava ter um aprendizado rápido em etiqueta, pelo menos melhor do que eu estava vivento nos últimos tempos, para ter chances nessa disputa e novamente ele fala como se ainda estivesse lendo meus pensamentos e diz que ele gostava da forma como eu não tinha medo dele e nem do olhar dele, como eu encarava ele sem o temer isso para ele me torna especial! Então, após essa fala, ele se volta para seus documentos, voltando a me ignorar.

    Neste momento eu tenho uma visão, aquela mesma visão de antes, só que de outra forma e em um cenário diverso, como sempre, aquelas duas opções, eu na minha forma selvagem, correndo sozinha e tendo meus parentes e amigos mortos. E de outro lado, a minha imagem vestida de nobre, está de braços abertos para mim e como meus parentes, próximos, todos vivos, porém como sempre, estou nesta versão, algemada e com grilhões e desta vez pareço estar até grávida e antes que ele, o David, note, que eu tive uma visão, eu volto a mim e disfarçando o questiono: - David, o chamo pelo nome para colocá-lo no seu lugar, lembrando que eu também sou uma filha de um Marquês, Posso te chamar assim, enquanto estamos à sós, não é? Bem, porque você me salvou dos oficiais da inquisição? Afinal, o que você pensa da inquisição para decidir que precisava me salvar deles? E quanto aquela tempestade tão estranha, você tem alguma coisa a ver com aquilo? Foi algo que você provocou para poder ter o cenário perfeito para me salvar? Pois foi bem conveniente...

    Vendo que as perguntas saem em um crescente coordenado de dúvidas plausíveis, paro um pouco o fluxo das palavras, para lhe dar uma pausa mental, de modo a ele absorver as perguntas e para fechar o pacote de perguntas, anuncio uma motivação e uma quase desculpa para tantas perguntas: - Desculpe tantas perguntas, mas eu fiquei um pouco confusa naquela hora pois perdi os sentidos e acordei na sua torre, e tudo transcorreu tão rápido até chegarmos aqui... Pode me explicar estas coisas? E antes que você queime a sua mente com as suas respostas a estas questões, você poderia, mesmo que eu perca a disputa para ser a sua noiva, ser o meu tutor nas artes palacianas, melhorando à minha maneira de conversar entre os nobres e me reintroduzir nas regras de etiqueta, pois estou a muito tempo no ambiente da caserna, como bem sabes... Me ajuda para que eu possa colocar elas em prática? Isso me ajudaria muito e lembre-se eu te vejo como um igual, eu respeito a tua história, porque eu me identifico com ela e vivi uma vida parecida não digo igual, mas com os mesmos desafios...

    Tomo fôlego depois de tantas perguntas e inalterada em relação aos nervos, mas com emoção na voz, continuo: - Prometo que serei uma companheira leal, sempre, pois te compreendo e sei que o caminho que você abrir nas suas lutas é um caminho que abrirás para mim também e por isso seremos companheiros em todas as batalhas, tanto sociais, quanto as no campo da guerra propriamente dita e te peço, humildemente, que sejas meu mentor nessas artes palacianas tanto de melhorar a minha linguagem e o meu convencimento, pois quanto em ação, eu use a etiqueta e a lábia para vencer os nossos inimigos no campo da diplomacia, economizando muito, os esforços caros da guerra campal. Neste momento, uma gota de suor rola a partir da minha fronte e um pequeno arrepio, corre na minha espinha e sinto que estou no jogo e não quero perder...
    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8157
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Saphira Odin Seg maio 22, 2023 6:09 pm





    Local da Crônica: Barcelona, hora e data




        Assim que a tocou no rosto, ela apenas tocava na mão do Angmar gentilmente, demonstrando em sua expressão sua timidez, mas sorria se afastando, em parte estava esgotada pela tensão recebida pelo dia que não havia terminado ainda.
    -Não quero colocar inocentes em perigo só por me conhecerem, estou sendo caçada e eu ainda nem imagino o real motivo, no mais apenas tenho que me desculpar com você e o João por ter colocado vocês nesta situação desastrosa que esta se tornando a minha vida...(Linguagem de Sinais)
       Ela assentiu e acenou com a mão.
    -Eu confio em você. A questão nem é dar explicações é apenas receber uma opinião sobre o assunto por outro ponto de vista.... Estou cansada do dia e provavelmente isso vem afetando meu julgamento em relação as pessoas que nos cercam, realmente não me perdoaria em carregar a morte de vocês dois, acho que sou a responsável por invoca-los e fazer isso apenas para sacrifica-los é imperdoável e um ato vil de quem o faz...(Linguagem de Sinais)
       Ajeitava o vestido e os acessórios.
    -"Nós dois sabemos que este não era o mundo que tínhamos em mente, mas nós podemos transformá-lo." -Então agradeço por tudo que tem feito, acho que eu estaria queimando na fogueira agora ou coisa pior antes de morrer se você não tivesse me salvado hoje...(Linguagem de Sinais)
       Abraçava o Angmar em agradecimento e seguia calmamente até onde estava o João Drosviskitiss, escrevia em um papel as instruções basicas para ele, por um momento mantinha sua mente longe da maldade que sofreu no dia, para não se estressar ainda mais.
       

    OFF:
    recomendações para o João Droviskistiss:
    Roupa:

     
    Musiquinha :



    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Qua maio 24, 2023 10:03 pm

    João Droviskistiss
    Trilha Sonora:
     
     

    Após Maria te abraçar você nota que João escreveu algo no ar em latim, usando
    magia das trevas.

    _Meu senhor, esta lingua nossa mestra compreende ?
    Ao assentir, João começou a falar, é um latim grosseiro, com um tom de voz gutural
    e profunda:

    _Mestra, se me permite um conselho, não entendo muito como funciona a sociedade
    dos mortais, mas entendo de acordos e pactos
    - ele falava enquanto comia uma coxa de
    frango -
    E pelo que percebi a senhora tem todas as cartas na sua mão...
    Era um comentario estranho, até um segundo atrás você achava que ele era leigo, mas
    sua curiosidade atiçou quando ele disse que você tinha todas as cartas...

    _ Não pude entender bem a conversa, só alguns trechos, mas o pouco que entendi, a
    Emily quer se aproximar do mortal chamado Arnau
    - nisso ele pegou um jarro e encheu
    uma taça com vinho - E para isso quer usar a mestra, porem a mestra é que pode usar ela
    - Nisso ele deu sorriso aterrorizante com aqueles dentes afiados como navalhas, enquanto
    bebia o vinho.

    _Ela quer usar sua familia para se aproximar desse Arnau, e a mestra não quer isso, então
    a mestra se aproxima desse Arnau, como sua familia esta no baile e eles conhecem ele, fica
    mais facil para a mestra chegar até ele
    - E colocava a taça na mesa - E a mestra fazendo
    esse contato com ele, a Emily sera obrigada a se submeter a mestra para se aproximar
    desse mortal, e com isso a mestra pode pedir o que a mestra desejar, e caso ela não conceda
    o que a mestra queria, a mestra pode fechar as portas para ela desse contato com esse mortal

    - Era possivel ver uma certa astucia nas palavras do Joao...
    _E quanto a essa herege, não se preocupe mestra, ela pode ser perigosa, mas eu sou mais
    - Dando um sorriso diabolico - Se a mestra assim permitir gostaria de brincar com ela, e
    ensinar-lhe como são as coisas no Inferno, e quando a mestra chegar do baile, ela estara pronta
    para a mestra questionar o que quiser
    - Nesse momento seus olhos emanavam um sinistro brilho
    vermelho


    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8157
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Saphira Odin Sex maio 26, 2023 4:39 pm





    Local da Crônica: Barcelona, hora e data




        Ficou surpresa ao ver que pela primeira vez o Jão Drosviskitiss se manifestava e criava coragem para dar sua opinião, por fim ela apenas sorria gesticulando
    -Vocês podem me chamar pelo meu nome, apenas vamos manter a formalidade de Senhorita na frente dos outros e nada de mestra isso vai me denunciar aos nossos inimigos, mas João você lê mentes, pois é isso que eu pensei sobre o Arnau ...(Linguagem de sinais)
        Fazia um sinal de positivo para o João Drosvskitiss que estava se alimentando.
    -Meu receio é que Emily esteja por perto para forçar sua presença quando eu estiver conversando com meus conhecidos, eu quero conhecer essa pessoa chamada Arnau e provavelmente criar algum laço com ele para ter alguma "carta na manga" em nosso favor para barganhar né...(Linguagem de sinais)
        Continuava com seus afazeres e pensava um pouco.
    -Perdoe em decepciona-lo Drosviskitiss, eu não sentiria prazer maior em despedaçar a alma e mente da nossa querida herege, mas ela é propriedade do Angmar eu dei para ele fazer com ela o que quiser, mas eu prometo que o próximo grupo de infelizes da Inquisição vou me certificar de pegar mais outro para transformar e te darei o infeliz de presente para fazer o que bem entender e vou cobrar isso de "ensinar a herege como são as coisas no Inferno"... (linguagem de sinais)
        Analisava o João e finalizava seus últimos enfeites no cabelo.
    -João você não tem mais parentes ou conhecidos no inferno, pessoal de confiança. Eu quero invocar uma empregada, então você não conhece alguém para preencher a vaga? E outra coisa João, pelo amor a vida tome cuidado, use sempre o teu disfarce, precisamos nós proteger da Inquisição eles estão desesperados me caçando e pelo que entendi estão bem mais ativos fritando demônios e profanando Brujas...(linguagem de sinais)
       

    OFF:
    Imagem do João Droviskitiss:
    Roupa:
     
    Musiquinha Angmar :
    Musiquinha Droviskitiss:



    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Dom maio 28, 2023 12:10 am

    David Percy

     
    Trilha Sonora:
     

    Quando você terminou de falar a expressão de David, foi de uma total surpresa
    e espanto, você tinha falado demais, você apostou que tinha sido ele o conjurador
    daquela magia climatica, mas se não foi sera que ele te entregaria para a Inquisição...

    Ele te olhou respirou e levantou a mão direita como se fosse fazer uma prece ou oração:
    _Silentium Gabrielis nos circumfundit ac Metatron lumen veritatis nos tuetur.
    Naquele momento com aquele pulso de energia mistica emanou pelo corpo dele, porem
    de uma forma tão sutil e quase imperceptivel, ficou claro que ele era como você,
    um usuario de magia, mas o que mais te impressionou foi o fato dele ter conjurado
    2 feitiços seguidos em uma unica conjuração, aquilo não deveria ser possivel de se fazer.
    (Teste de Ritual)
    Após isso ele se virou e com um olhar mais serio te repreendeu:
    _Lady Chrystina, você tem noção de quantas pessoas inocentes morreram por menos
    do que você falou agora ?
    - Era obvio que se tratava de um pergunta retorica, nem
    você e nem ele tinham como saber, ele respirou fundo demonstrando uma extrema
    irritação, porem após um silencio pesado ele suspirou -
    Seja mais discreta e cuidadosa
    ao usar as palavras, com quem você fala e onde você fala, não quero vela morta...

    - Era possivel notar em seu tom de voz uma certa preocupação, similar a que seu pai
    usava quando você aprontava alguma coisa ou se arriscava fazendo algo.
    Depois disso ele seguiu dessa vez com um olhar professoral:

    _Não sei quem te ensinou magia, mas pela forma como você age devo suspeitar que foi
    um mago ou feiticeiro independente, sem nenhum vinculo com qualquer escola
    - Errado
    de certa forma ele não estava, mas o que eram essas escolas -
    Mas enfim aceito ser
    teu tutor, mas com a condição de você se torna minha discipula e membra da Ordem
    de Salomão.

    E ele após essas palavras lhe deu um breve resumo sobre sua ordem e o que faziam,
    foi chocante saber que anjos e demonios, estavam infiltrados na sociedade mortal, mas
    o que mais te assustou foi saber que dentre os anjos que deviam proteger a humanidade,
    tinha aquele manipulavam as pessoas assim como os demonios, e que o objetivo da Ordem
    eram combater e erradicar tais ameaças a humanidade esses anjos, bem como todo e qualquer
    demonio. E com isso você percebeu o quão ingenua e inocente você era em relação as verdades
    desse mundo...

    _E eu sou humano, nem anjo e nem demonio - Murmurio baixo e rapido (Teste de Percepção)
    - As cicatrizes nas minhas costas são de tortura Lady Chrystina - naquele momento você se
    sentiu um pouco constrangida como se ele tive lido seus pensamentos -
    Mas enfim isso é uma
    conversa para uma outra hora, você aceita meus termos para se torna minha discipula ?

    Você esperava uma coisa e foi surpreendida com outra, porem ele não tinha respondido sua
    pergunta sobre a tempestade, ou estava esperando você aceitar as condições dele antes de
    lhe dar maiores respostas, mas de qualquer forma, seu dominio e compreenção da magia e
    verdades desse mundo estavam muito alem do que você poderia imaginar, e ter alguem como
    ele te ensinando seria util para o seu crescimento, e você assentiu.

    _Bom nesse caso - ele se levantou e ficou no centro da carruagem que parecia estar estavel,
    e um circulo de luz envolveu ele -
    Michael archangelus a dextris meis. Gabriel archangelus a
    sinistris. Raphaël archangelus a tergo meo, ut alis me operiat ab omni malo, et Archangelus
    Urihel ante me ad aperiendas semitas meas. Et super me glóriam Dómini!
    - A luz se intensificou
    de tal maneira e o pulso de energia emanado, como ninguem estava vendo aquilo do lado de fora
    -
    Ego David Percy, Magister Ordinis Salomonis, Chrystinam Lancaster discipulum meum facio
    secundum sacras doctrinas, officiorum et officiorum memor, alter alteri et nostro ordini.

    - Nisso ele levantou a mão como antes e pediu para eu me aproximar e unir minha mão a dele,
    e assim o fiz, e após isso o brilho envolveu a nós dois e depois desapareceu, ele se sentou e
    começou a dar explicações sobre o que estava acontecendo:

    _Agora as suas respostas, não, não fui eu o responsavel por aquele temporal, mas o seu resgate
    não foi coincidência, fui alertado que você estava sendo levada para a sede da Inquisição para
    interrogatorio
    - Então agora estava explicado aqueles 2 brutamontes das Spadas del Dio
    -
    Não só aqui em Barcelona, como em toda a peninsula Iberica, temos um inimigo Juan Alvarez Cortes
    - o desgraçado que abusou de você - ele comanda toda a Inquisição na peninsula e como se isso não
    bastasse ele tem por trás dele os reis de Aragão e Castella e Leão, o apoiando, ele vem usando a
    Inquisição e seu poder para se livrar de opositores da realeza, para ter o apoio dos reis
    - então
    alem de um abusador é um corrupto -
    E antes de qualquer coisa, se lembra que eu falei sobre anjos
    corruptos, bom o tal Juan tem um por trás dele, não me atrevo a dizer o seu nome, pois não sei se
    tem algum encantamento que o alerte se seu nome for pronunciado, então confrontar Juan
    diretamente não é tão simples, mesmo eu sendo equiparavel a ele em termos de poder magico, em
    outros campos ele me supera então não é algo tão simples, então cautela no baile
    - De certa forma
    aquilo tudo era frustrante mas você entendia, era a mesma coisa entre os nobres e seus jogos de
    poder que a irritavam, os quais você não tinha paciencia...

    _Bom quanto ao baile, não temos muito tempo, então o que posso te ensinar é algo que você pode
    aprender facil, algo que como uma guerreira você possa compreender, que a melhor defesa é um
    ataque efetivo
    - Nisso tanto sua postura, olhar e gestos mudaram, bem como o tom de suas palavras
    ele colocou a ponta dos dedos em seu queixo e a fez olhar diretamente para ele -
    Você é jovem,
    bela e atraente, além de ter seu dotes como mulher feita, você tem seu alto nascimento, use todos
    em conjunto e seduza os homens a fazerem sua vontade
    - Alguma coisa em suas palavras, no seu
    olhar e seu tom de voz, fazia seu coração bater cada vez mais forte e rapido, sua barriga estava
    como se tivesse borboletas e ao mesmo tempo fria e seu corpo tremia, bem como seu rosto corava,
    sera que ele iria te beijar, mas ele hesitou e foi possivel ver por um breve instante um rubor em
    seu rosto, depois disso ele se afastou, virou o rosto de volta para a janela e desconversou -
    Enfim
    é isso que você deve fazer hoje, fique a atenta ao seu redor e se qualquer um se aproximar faça
    como eu te ensinei e você estara segura...

    Mas você percebeu, ele poderia ter te beijado, mas não te beijou, e ele ficou contrangido, não da
    mesma forma que você mas ficou, então quer dizer que ele sentia algo por você, da mesma forma que
    você por ele, aquilo não fora apenas uma mera sedução, foi algo mais para ambos, então você tinha
    chances de vencer a princesa...


    Ed Araújo
    Mestre Jedi
    Ed Araújo
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1233
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Angmar, Campeão das Trevas

    Mensagem por Ed Araújo Dom maio 28, 2023 1:02 pm

    Capitulo 1 - Barcelona OBPK14w

    Angmar:


    Angmar não pode conter um sorriso diante da preocupação aparentemente legítima da garota. Quanta ingenuidade e pureza.

    Está tudo bem. Irei ajuda-la. Creio que isso me trará benefícios, também.

    Então João pede permissão para "brincar" com a escrava que Maria lhe presenteou.

    Depois que eu me divertir com ela te deixarei divertir-se um pouco. Agora, minha dama, devemos ir.

    Ele toma a mão da jovem delicadamente.
    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8157
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Saphira Odin Seg maio 29, 2023 12:40 pm





    Local da Crônica: Barcelona, hora e data




        Acenou para o João Droviskitiss e apontou para o papel enfatizando as ordens escritas, encarou o Angmar um pouco surpresa mas logo que viu sua mão estendida e o que ele falou.
    -Estou a teus cuidados hoje...
    Sorriu estendendo sua mão e seguindo com o Angmar sendo conduzida até a carruagem, por fim os preparativos e recomendações para o João já estavam dadas então ela podia finalmente focar no baile e tentar sobreviver aos seus inimigos.
       

    OFF: Seguimos ao baile então.

    Roupa:
     
    Vamos ter que meter dancinha?:



    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Dycleal Seg maio 29, 2023 6:27 pm

    David olha para mim, surpreso com a minha fala, e me repreende pela imprudência do que eu falei tão abertamente para ele. Afirma que a inquisição por muito menos já matou muitos inocentes, mas sinto na sua fala uma preocupação genuína e até paternal e em seguida ele me diz que aceita ser o meu tutor, mas com a condição de que eu me torne discípula e membro da ordem de Salomão, a qual pertence e eu prontamente lhe digo que confio nele, e então ele me fala sobre a ordem e me discorre sobre a sua história e propósitos. Eu fico chocada com a informação de existirem anjos e demônios circulando em quantidade em nosso mundo mortal e vejo o quanto eu sou inocente em relação a realidade deste submundo espiritual e após ouvi-lo e sabendo que preciso de poder e apoio para sobreviver, decido por confirmar que aceito a filiação à sua ordem.

    Neste ponto, ele faz um corte no assunto e me diz que é humano, que não é um demônio, nem tampouco é um anjo, como suponho e a sua voz neste momento fala algo muito baixo e ininteligível e apontando para as costas, diz que aquelas marcas que eu vi nas costas dele não é a amputação de asas, mas sim fruto da sua tortura enquanto esteve preso. Neste momento, esta afirmação me remete aos meus temores, dele poder ouvir meus pensamentos, e digo: - Como você consegue ouvir meus pensamentos? E acrescento: - Saiba que eu me sinto despida, como se você visse minha mente por dentro e isto é desagradável. Eu cubro meus seios e púbis com as mãos como se realmente estivesse despida.

    Eu repito a pergunta: - Como você faz isto? Ele novamente foge da pergunta e começa a falar de toda a história da ordem novamente e de por eu ter aceito os termos, ele irá me iniciar fazendo o rito próprio de iniciação e se coloca em pé, a minha frente, com a carruagem estranhamente estabilizada e uma cerimônia, com frases latinas arcaicas e se produz bastante luz que banha em mim e nele e é um momento místico poderoso pois sinto uma eletricidade passar por mim, como raios e penso em como lá fora da carruagem deve estar aparecendo tudo aquilo e deduzo que ele não é tolo e o fenômeno deve ser circunscrito ao nosso ambiente. Então termina o processo e está tudo realizado, sou um membro da ordem e agora tenho um tutor.

    Após esta cerimônia, parece que estou apta para as explicações e ele me afirma que não foi o responsável pela tempestade, mas que foi alertado para o perigo daqueles dois espadas de dio estarem me levando para um interrogatório muito mais pesado e perigoso e que poderia talvez acarretar na minha morte e eu lhe pergunto: - Mas você foi alertado por quem? E fico esperando por uma resposta, mas entendo que as respostas virão no momento que ele achar certo e ele me fala sobre o Juan e sobre o poder que o padre tem, inclusive com um anjo corrompido o ajudando e orientando. Eu sinto náuseas ao ouvir o nome do padre e um ódio começa a se apoderar de mim, porém me controlo, pois, essas informações são importantes para a minha vingança e ele me afirma, o que eu já sabia, que o Juan é um abusador e clérigo corrupto. Também fala que existe muitas pessoas perigosas da inquisição infiltradas por todos os lugares e por isso me recriminou quando falei com ele sobre a tempestade ser mágica e recomenda muita cautela no baile, pois terá pessoas querendo a minha vida e a minha alma.

    Por fim, para me ajudar de forma emergencial me ajudar a me comportar de forma segura durante todo o baile, ele disse que eu tenho que usar minha beleza, meu corpo e o meu carisma e charme de uma mulher formada que já sou, apesar da pouca idade, na verdade usar o meu poder latente de sedução como arma e se aproxima de mim de uma forma sedutora e magnética, de forma que não consigo me mexer e eu penso que ele vai me beijar e meu rosto fica vermelho e sinto o sangue fluir todo para o meu rosto e um calor em partes que não devo citar do meu corpo e fico petrificada e eu não sei o que fazer, estou paralisada e surpresa, mas de repente, ele para a poucos centímetros dos meus lábios a ponto de sentir o seu hálito e ele está tão constrangido quanto eu estou e David diz que é para usar da forma como ele usou o seu poder de sedução e nesta hora eu entendo que ele sente algo por mim e não me beijou porque eu acho que ele quer que seja um momento especial quando for acontecer de verdade e não apenas o uso de suas habilidades de sedução pura e simples e agora eu vejo que na disputa com a princesa as minhas chances são reais, porque eu sei que ele de fato me ama.
    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Sex Jun 02, 2023 8:49 pm

    Emily
    Trilha Sonora:
     
     

    No lado de fora a carruagem os aguardava, Emily por sua vez estava aguardando
    vocês sentada no canteiro de flores do lado de fora da torre, vestia um vestido
    rosa longo simples, e por cima usando uma especie de blusa vermelha, tantos seus
    olhos como cabelos estão em cores diferentes do habitual, ela olha para você faz
    um reverencia com aquele sorriso gentil dela:

    _Sir Angmar, espero ter a honra de dançar convosco - isso com um sorriso lascivo
    no rosto -
    E Lady La Valle esta parecendo uma verdadeira princesa - dessa vez com
    um sorriso gentil e demonstrado todo um respeito e educação como se a mesma fosse
    uma reles serva...

    Era dificil dizer se os elogios eram sinceros ou não, porem logo após a reverencia,
    ela se endireitou e disse:

    _Bom quanto ao pacto com Mestre Devan a pessoa a quem vocês irão auxiliar vos aguarda
    dentro da carruagem, ela se chama Lady Sophie, o papel dela sera de prima do Marques,
    e tambem ela dara maiores instruções do que ela precisa de nós...


     
     

    A carruagem era extremamente elegante, tendo 4 cavalos para puxar, e no seu interior
    uma mulher dona de uma beleza descomunal, era até dificil de acreditar que ela fosse
    uma mortal, usando vestes extremamente provocantes, mas ao mesmo tempo incrivelmente
    elegantes, ela esbanjava charme e sensualidade, Emily sentou ao lado dela e ela começou a
    fintar vocês com o olhar, como se analisando por onde deveria começar a falar...


    Pikapool
    Antediluviano
    Pikapool
    Antediluviano

    Mensagens : 3113
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh31.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Pikapool Sáb Jun 03, 2023 4:36 pm


     
         
         
     

             

             
    Informações

    • Mote: Eu, Sopheriel juro que minha majestade chegara acima das estrelas... Construirei meu palácio sobre a estrela de Deus... Colocarei meu trono sobre a montanha sagrada que está no fim do norte... Subirei até a nuvem mais alta... E então eu serei a Rainha Suprema de tudo e de todos!

    • Itens Carregados: Eberfänger, anel de Devan.


         

             

                 

    Ao ouvir as palavras de Emily do lado de fora da carruagem, meus ouvidos se aguçavam. Ela mencionava Sir Angmar e Lady La Valle de uma maneira que parecia indicar certa familiaridade e interesse. Um sorriso sutil surgiu em meus lábios enquanto observava a interação entre eles.



    Enquanto os observava entrar na carruagem, meus sentidos aguçados captam cada detalhe. A beleza incomum de Sir Angmar não passava despercebida, assim como a elegância e o refinamento de Lady La Valle. Em silêncio, os estudava com um olhar perspicaz, analisando suas expressões e posturas.



    No entanto, mantive-me reservada e misteriosa. Não revelei de imediato o quanto estava impressionada com a presença deles. Observei Emily se acomodar ao meu lado e notei seu olhar atento. Sua postura me faz pensar que havia algo mais.



    Permaneci em silêncio por um momento, absorvendo o ambiente ao meu redor. A carruagem, com sua elegância impecável, oferecia um cenário adequado para a reunião que se desenrolará. Enquanto estudava Sir Angmar, questionava-me se ele saberia quem eu era. Da forma como Devan havia falado sobre ele, ele deveria ser um demônio poderoso. Isso estava ficando cada vez mais interessante.



    Então finalmente, decidi iniciar a conversa, escolhendo minhas palavras com cuidado e precisão.



    - Boa noite Sir Angmar, Lady La Valle! Agradeço-lhes por se unirem a nós nesta empreitada. É uma honra contar com suas habilidades e presença aqui hoje. Estou ciente de que Mestre Devan nos colocou no mesmo caminho, guiados por um objetivo em comum. - Expressava minha gratidão por sua presença.



    Olhei diretamente para Angmar, reconhecendo sua presença como um ser de poderes além do humano. Continuei com um tom respeitoso, mas mantendo minha postura confiante:



    - Sir Angmar, como um ser tão poderoso e experiente, estou ciente de que vossa sabedoria e habilidades podem ser inestimáveis para o sucesso dessa missão. Confio em sua capacidade de contribuir de maneira significativa para alcançarmos nossos objetivos compartilhados. - Volto-me então a Lady La Valle, mostrando-lhes meu respeito e consideração. - Lady La Valle, sua aparência majestosa e elegância são evidências de sua importância nessa empreitada. Estou grata por contar com ambos em nossa jornada.



    Por fim, retorno meu olhar para Emily, demonstrando minha confiança nela:



    - Querida, Emily. Poderia seguir com as instruções mais detalhadamente, por favor. - Sorri gentilmente para ela.



    Enquanto a carruagem se punha em movimento, uma aura de mistério permeava o ar, preparando o terreno para a colaboração que se seguiria.


             

         
    Ed Araújo
    Mestre Jedi
    Ed Araújo
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1233
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Angmar, Campeão das Trevas

    Mensagem por Ed Araújo Dom Jun 04, 2023 4:10 pm

    Capitulo 1 - Barcelona OBPK14w

    Angmar:


    Angmar acompanha Maria até a carruagem e responde ao convite de Emily no mesmo tom.

    Será... um prazer, milady.

    Ele convida as duas a entrarem na carruagem e entra por último, esperando que a anfitriã os apresente à recém-chegada.

    Uma boa noite. Espero podermos trabalhar bem juntos. Ajudarei como puder. Sou um guerreiro mais que um diplomata, mas creio não ter dificuldades em lidar com a sociedade mortal.
    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Qua Jun 07, 2023 2:49 pm

    David Percy

     
    Trilha Sonora:

    As palavras de David por um momento soaram estranhas, "nem eu sei o que eu realmente sou...",
    o que ele queria dizer com isso, naquele momento um ar pesado tomou conta da carruagem, e os
    unicos som audiveis, eram o passar das rodas da carruagem sobre a estrada de pedra e vez ou
    outra o som de alguma voz vinda do lado de fora, era dificil dizer o que estava se passando com
    o Marques, ele ficou parado suspirando pela janela observando a Lua, e por um breve momento de
    relance foi possivel ver uma outra face sobrepondo a sua feição pelo reflexo do vidro, era uma
    feição diferente, seus olhos mudaram de cor, em vez daquele verde azulado que transmitia frieza,
    agora eram vermelhos e emanavam uma energia intensa, de alguem confiante convicto e orgulhoso,
    mas que ao mesmo tempo tinha um ar de perigo. Ele fechou os olhos por um instante, e virou o rosto
    e fintou você:

    _Algum problema Chrystina, esta tão calada, não é normal isso vindo de você, se foi pela cena de
    antes peço perdão, não ira se repetir, mas creio que para você aprender, se fazia necessaria uma
    demonstração mais pratica, além disso na festa, fale apenas em Latim, isso ajudara você a afastar
    pessoas indesejaveis de perto de ti...
    - Ele respirou fundo - Até por que tenho assuntos importantes
    a tratar na festa, não se preocupe se precisar de mim pode me chamar com um gesto sutil e eu irei
    em seu encontro, mas apenas o faça se estritamente necessario...
    - Era possivel perceber que sua
    voz estava um pouco tremula e não demonstrava aquele tom de autoridade e imponencia de antes.
    Nesse momento seus olhos voltaram a sua tonalidade normal, porem ainda emanava um certo brilho
    sobrenatural que começou a desvanecer conforme ele falava, mas uma coisa estava clara, podia ser
    impressão sua, mas pela primeira vez o marques David parecia estar com a guarda baixa, normalmente
    ele era uma muralha, mas agora não, sera que seria essa sua oportunidade de colocar em pratica o que
    ele ensinou ou seria melhor esperar o baile, independente de qual fosse sua escolha tinha que ser rapida,
    até por que ja era visivel as luzes do palacio do rei de Aragão e a fila de carruagem...


    Ignis Angelus
    Troubleshooter
    Ignis Angelus
    Troubleshooter

    Mensagens : 915
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Ignis Angelus Qua Jun 07, 2023 2:56 pm

    Emily

     
    Trilha Sonora:

    Por um breve momento Emily demonstrou estar um pouco confusa com a situação e alem disso um pouco nervosa
    _Bom Sophie, na verdade, Angmar e Maria Agnes, estão aqui para auxiliala em sua missão, Mestre Devan deixou
    clarou que minha função era prestar todo e qualquer tipo de apoio a senhora nesse baile
    - Era possivel notar que
    sua voz tinha um ar tremulo e nervoso -
    E apenas isso, eu tenho outros assuntos a tratar, mas minha prioridade é
    você, como Mestre Devan me alertou disso
    - Nesse momento foi possivel ver medo não apenas em seu olhar, mas
    tambem em seu tom voz que percorreu todo seu corpo, por mais que ela gostasse de Devan, era evidente que o
    temor que ela tinha dele era muito maior...

    _Tudo que eu sei é que nessa festa estarão reunidos os nobres mais importantes dos Reinos de Aragão e Castela e
    Espada, dentre os convidados de destaque estarão Arnau Lizarazu, Duque de Andaluzia e Marques de Monferrat,
    um nobre cujo poder rivaliza com ambos os reis, seus filhos Julian e Jelanda, principes de Castela e Espada, sendo
    Julian aquele que foi escolhido até recentemente herdeiro do trono pelo proprio rei, a princesa Blanca do reino de
    Navarra, e a filha do Marques de Winchester, Chrystina Lancaster
    - Ela parou para tomar uma ar, mas nessa pausa
    foi possivel perceber que ela estava muito bem informada referente a nobreza, mas algo que chamou a atenção foi
    a quantidade de nobre importantes de diversos reinos reunidos em um unico lugar, era explicito que algo iria
    acontecer nessa festa, mas o que, era um misterio, e ao que tudo indicava nem a propria Emily saberia dizer...

    _Assim tem um detalhe que esqueci o Conde Munne e seus filhos, tambem estarão lá - dando um sorriso gentil para
    Agnes -
    E muito provavelmente o lider da Inquisição Juan e sua guarda pessoal tambem, além dos Arcebispos de ambos
    os reinos
    - Ao mencionar esse fato sua voz fraquejou, era evidente que a presença da Igreja representava um problema
    -
    Conforme o pacto farei tudo o meu alcance para resgardalos, mas por favor eu peço tomem cuidado - Mas esse pedido
    soava mais como uma especie de suplica, do que qualquer outra coisa.

    Emily demonstrava estar sobre muita pressão, após concluir, era possivel ver a ansiedade em seu olhar, mesmo por
    trás do seu sorriso gentil, era notavel que toda aquela situação estava sufocando ela, ao ponto que ela não conseguia
    mais nem disfarça o que estava sentindo.




    (Off: Se alguem do grupo quiser, pode usar Empatia ou Carisma para se aproximar da Emily, melhorando seu
    relacionamento com ela e conseguir informações, ou usar um teste de Labia oou Sedução para conseguir informações
    mais detalhadas referente aos membros da nobreza que vão estar no baile e a Igreja)


    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8157
    Reputação : 122
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Saphira Odin Qua Jun 07, 2023 4:57 pm





    Local da Crônica: Barcelona, hora e data



           Deixou-se conduzir pelo Angmar seguiu conforme o combinado subiu na carruagem que parecia ser muito chamativa, apenas acenou com a cabeça para Emily em resposta a seu comentário, realmente não gostava dela, tinha algo de muito falsa naquela pessoa que a incomodava profundamente, pelo caminho antes de sentar fez uma mesura a jovem que já estava os esperando, deixou a conversa seguir entre ambos, na verdade o Angmar parecia diálogos extensos, como sempre era direto em suas respostas, por vezes o fazendo parecer um velho ranzinza que andava sempre de mau humor com a vida.
      Encarou o Angmar séria e por linguagens de sinais respondia a jovem que estava com eles, sabia que o Angmar iria resumir o que ela “falava”, logo apenas sorria para a jovem a sua frente.
    -Senhora apoiaremos da melhor forma em suas questões... (Linguagem Sinais) Não expressou seu sentimento em relação ao Adan o odiava pelas ameaças, mas no momento ela deveria apenas abaixar a cabeça e manter-se viva para no futuro mata-lo.
      Por não gostar da Emily permaneceu calada a escutando, mas percebia nela o seu nervosismo que a principio chegou a ser até divertido se não fosse pelo fato de perceber em seu olhar além de tom de voz daquela infeliz algo parecido com medo, por reflexo foi até ela a segurando firme pelo ombro se compadecendo de sua dor, não entendia muito bem o motivo de fazer isso quem sabe era por ter passado por algo similar a poucas horas e por instinto sentiu a obrigação em defende-la. logo encarando o Angmar (seu tradutor oficial) tongue
    -Você está bem? Alguém te machucou ou fez algo de ruim, você foi ameaçada por alguém? Me fale agora, te dou a minha palavra que ninguém mais vai te machucar se o fez... Não se coloque em perigo desnecessário se está com medo de algo, pode me falar que vou resolver isso do jeito que der...(linguagem de sinais)
     Perdia a noção em oferecer sua ajuda, mas entrava em um nível de desespero ao vê-la em uma situação desagradável, havia sofrido muito também, a ponto de deixa-la mais sensitiva a situações assim, não queria ver mais ninguém sendo humilhada ou morta sem justificativa ou merecimento por seus atos malignos, mas afastou-se no final envergonhada por envolver-se demais naquele assunto pessoal da jovem, logo ao ouvir sobre os nobres sabia que algo realmente de muito importante estava para acontecer naquela noite, temia que este algo poderia ser um banho de sangue e morte desnecessária.
      Mas quando escutou sobre a Inquisição sentiu-se tonta a ponto de colocar a mão na testa e fechar os olhos além de segurar forte o braço do Angmar, tremia um pouco tanto pelo dor que sentia ao lembrar do que sofreu nas mãos da Inquisição quanto a raiva de vivenciar em suas lembranças daquele momento, apertava com mais força o braço do Angmar um pouco ofegante e tentava controlar seu medo e raiva que conflitavam em sua cabeça a cada lembrança, sua casa, empregados, sua mãe e por fim o seu próprio fim desagradável na mão da Inquisição. Assim que conseguiu controlar-se, apenas ficou calada em seu canto com cara de choro, soltava o braço do Angmar, para esquecer sobre aquele assunto deveria manter distância da Inquisição no baile e desde o início falou para o Angmar que aquilo tudo era muito perigoso, mas ele não escutava ela que sabia que não podia controlar um Guerreiro orgulhoso ranzinza.
    -Senhor Angmar o mundo mudou, lembre-se que o mundo mudou... (linguagem de sinais)
     Gesticulava aquilo para ele entender que o poder e respeito que ele representava antes haviam mudado naquela época e tempo, então não era muito bom e saudável para a sobrevivência de ambos achar que eram a dupla mais forte do mundo.   

    OFF: Emily me compadeci da dor dela, vamos espancar o namorado abusivo dela, pode deixar isso comigo.

    Roupa:
     
    Musiquinha triste  [img]https://2img.net/i/fa/twemoji/16x16/1f62d.png[/img] :



    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Dycleal Qui Jun 08, 2023 5:36 pm

    Após aquele momento romântico e hipnótico, fico pensativa... Aquelas palavras "nem eu sei o que eu realmente sou..." Palavras pronunciadas depois de falar para mim, que não era anjo e nem demônio apenas humano mas a fala foi pronunciada em um tom mais baixo e foi isso que me chamou atenção... E pensativa sinto o ar na carruagem ficar pesado e um silêncio profundo toma conta incomodando os ouvidos e a alma o marquês está olhando pela janela para a lua ali parado e suspirado e por um breve momento se torna possível ver uma outra face se sobrepondo a sua pelo reflexo do vidro da janela seus olhos mudam de cor do verde azulado para um vermelho vibrante e do olhar de frieza transmuta para um olhar convicto e orgulhoso mas que exalava perigo. Eu não falo nada sobre o que eu vejo, naquele reflexo no vidro da janela, é um tanto assustador, mas faço uma anotação mental e fica sendo meu segredo e trunfo.

    De repente ele fecha os olhos e vira, e me fitando, pergunta se meu silêncio é fruto da situação anterior e promete que aquilo não ia se repetir mais, apenas fora necessário acontecer para mim preparar, visando o evento da festa de logo mais, tudo para minha proteção. Ele ainda me orienta a falar exclusivamente o latim, nas minhas conversas, pois isso me afastaria dos problemas e dos problemáticos. Então, após estas explicações e instruções, ele me revela que terá assuntos importantes para tratar na festa e não poderá ficar comigo a maior parte do tempo, porém se for muito necessário e a situação exigir a sua presença, é só eu fazer um gesto sutil que ele virá rapidamente em meu socorro.

    Neste momento eu percebo que sua voz está trêmula e não mais demonstra aquela autoridade e imponência de antes, seus olhos já estavam normais, novamente, mas ainda tem um certo brilho sobrenatural que se dissipava enquanto ia falando e me vem uma certeza de que sua guarda está baixa. Decido então que é a hora de colocar em prática, o que ele acabou de me ensinar, e com sensualidade e trejeitos felinos, me aproximo mais do David e afago seus cabelos e digo: - Não importa se você é um anjo ou um demônio, importa que você seja verdadeiro e verdadeiro só para mim. E faço agora, um afago no seu rosto e continuo de forma amável, misteriosa, insondável e hipnótica, aproximando mais e aos poucos, os meus lábios, molhados e vermelhos, dos dele e falo quase ronronando: - Gostaria de aprender como você faz para não me responder e fugir das minhas perguntas e como gostaria também de adivinhar e ler seus pensamentos, para satisfazer esses desejos ocultos... Os lábios estão agora a milímetros dos dele, meus olhos centrados em suas pupilas e olho bem nos olhos dele, fixamente e quando o beijo parece inevitável recuo devagar e digo, simulando uma decepção resoluta: - Mas é melhor que tudo aconteça de forma especial, em um momento especial... E as luzes da festa já estão sendo avistados, não teremos o tempo que merecemos... E volto a encostar no meu assento e sorrio olhando fixamente para ele.
    Conteúdo patrocinado


    Capitulo 1 - Barcelona Empty Re: Capitulo 1 - Barcelona

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Jun 13, 2024 9:19 pm