Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [!ON!] Investigação em Andamento

    Compartilhe
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: [!ON!] Investigação em Andamento

    Mensagem por Bravos em Qui Nov 22, 2018 7:15 pm

    Enquanto tentava levar Harmon dali, o som das sirenes indicavam a aproximação do auxílio mandado por McCam. Ludovic correu ao encontro deles, para que os encontrasse mais rápido e do que pode auxiliou os socorristas. Ao menos o velho patrulheiro não morreria ali naquele lugar ermo.

    (...)

    O detetive estava injuriado por não ter conseguido capturar o tal Henry Stoker. A casa foi encontrada consumida pelas chamas e tudo que restava era o diário. - Só posso imaginar as coisas que estão escritas ali. Posso dar uma olhada, se o quiseres. - Respondeu Ludovic, que estava sentado no pequeno sofá que havia ali. Harmon estava entubado e cercado dos mais diversos aparelhos. Foi por muito pouco que ele não morrera. A doutora Muller estava ali com eles e ela, como os dois, virou-se para a porta ao ouvirem passos se aproximando no corredor. Uma senhora entrou, se apresentou e disse estar ali em nome de Al Haquin. Seu discurso era o mais improvável possível, talvez pena cena ali estabelecida. Ela dizia que o homem se chamava Salazar Cappadoci [Teste Assuntos Atuais (Manchetes)]. Dizia ainda que estavam procurando por ele por vinte e cinco anos, sem sucesso de pegá-lo [Teste Detecção de Mentiras]. Mayla foi a primeira a agir, anotando seu endereço e entregando para McCam, Ludovic e para a senhora que ali estava. Saindo e deixando para trás os dois detetives, o patrulheiro moribundo e a arauto de Al Haquin.
    rond
    - Chère Madame, acho que entende que tudo o que diz para nós é muito... estranho. - Levantou-se do sofá e fez uma pequena mesura. - Talvez se a senhora compartilhar conosco um pouco do sabe, poderemos avaliar melhor essa proposta... inusitada. - Caminhava pelo quarto, rondando a senhora Kate e se aproximando do detetive McCam, colocando-se estrategicamente próximo à porta. - O que quis dizer com ter terra e água próximo? Evidente que notamos essa presença, seja na caverna, seja no apartamento de Morgan Happer. E... Como preveem que ele deverá estar em um determinado lugar em dois meses? Que informações vocês têm para chegar a esta conclusão?  
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1626
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh28.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh37.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh47.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    Re: [!ON!] Investigação em Andamento

    Mensagem por Matusael em Qua Nov 28, 2018 1:51 am



    Quebec, Quebec, Canadá


    Hospital Central - 7 de Janeiro de 1920, 11:43am



    Ludovic comentava sobre a leitura do diário, caso McCam lhe permitisse. O canadense não o fito, mas fez um sinal com a cabeça como que dizendo que lhe passaria o diário no momento oportuno quando foram interrompidos. De fato houve um momento analítico por parte do grupo em relação à recém chegada. Enquanto os senhores tentavam ler as intenções de Kate, a Dra. Müller se precipitou em dar seu endereço para os presentes e dando uma declaração que deixava a entender que ela estava dentro da empreitada, mas com a condição de que aprendesse a atirar para a tal caçada. Deito isso, deixou o leito onde Harmon estava sendo tratado. A alemã mostrava mais uma vez como era seu perfil, objetiva e decidida no que pensava e como agia.




    Na sala ficaram McCam, Ludovic e o inconsciente Harmon, além da bela Kate, que não dissera seu sobrenome. O detetive francês, num movimento casual e estratégico, envolveu a moça em seus questionamentos. Fuçou a mente atrás de alguma lembrança acerca do nome Al Haquin, mas não obteve nenhum sucesso nisso. Seguiu com suas inferências, buscando por novas informações que pudesse definir o rumo daquela conversa; ao mesmo tempo em que avaliava as expressões corporais da moça, tentando ler suas intenções. Ele pôde notar que ela dominava alguns trejeitos que de fato poderiam ser usados para ludibriar ouvintes desatentos, mas no que dizia respeito àquelas informações passadas, era evidente para ele que ela acreditava em tudo o que dizia.

    A passividade de McCam, por outro lado, era curiosa. Ele apenas observava a garota, como se pudesse ver através dos pensamentos dela. O rosto perecia uma pedra sem expressão.

    - Não tenho certeza de quanto contato tiveram com coisas não naturais. Talvez ainda se sintam céticos a respeito do que posso compartilhar. Mas como não temos muito tempo a perder, vou tentar ser direta e o menos invasiva possível. Salazar é um feiticeiro antigo... muito antigo. Nossos registros acusam a atuação dele desde pelo menos a idade das trevas, século XIV. O Império Otomano tomou o controle da região e um tipo de grupo secreto foi criado para manter os velhos costumes e arquitetar a retomada da região pelo povo natal. Pelo que sabemos um clã turco imperava sobre a região e lideraram essa resistência oculta. Esse clã era chamado Capadocci. Acredita-se que é a família mais antiga da região, descendentes de reis que se levantaram após a queda do Império Macedônico em 330 aC. Seja como for, fatos estranhos ocorreram na região até a queda do domínio otomano, que cuminou na reclusão de um grupo de sábios e estudiosos nas cidades e templos subterrâneos nas montanhas mais afastadas da região. Um antigo documento encontrado na região cita os agradecimentos pela Ordem dos Vigias ao Grão Mestre Salazar Capadocci, responsável pela libertação da região.

    Ela parou por um instante, puxando um relógio de bolso e olhando as horas.

    - Não tenho muito tempo. Não posso falar muito sobre Al Haquin... pelo menos não aqui. Mas precisam entender que ele conhece os caminhos da magia, tal qual Salazar. Mas ele escolheu usar seu conhecimento e riquezas em prol da humanidade, enquanto Salazar pensa ser capaz de dominar sobre a escuridão... e mexer com forças que podem muito bem acabar com o mundo como conhecemos. A água e a terra fresca são elementos de uma magia de transporte. Ele pode, através da força da terra e da água, se movimentar entre locais. Ele está fraco, temos certeza. O próximo passo do que ele pretende fazer se passa pela consagração do receptáculo no Stonehenge no equinócio da primavera, que ocorre em algum momento do mês de Março no hemisfério norte. E é lá que pretendemos esperar sua aparição... mas sabemos que ele não deve agir sozinho dessa vez, pois sabe que foi localizado.

    McCam finalmente entrou na conversa.

    - Que emprego é esse que nos oferece? Caçadores de feiticeiros? - tinha um leve tom de deboche na voz.

    - Está mais para guardiões da humanidade. Posso citar alguns de nossos parceiros que tem alguma relevância global, com ou sem boatos... Illuminati, Lótus Branca, Templários. Mas nós, minha organização, está acima disso. Poderei falar mais sobre ela se aceitarem participar da missão... e é claro que temos que partir em breve... só tenho mais dois minutos. - terminou conferindo o relógio de bolso.




    No corredor, Mayla caminhou na direção da escada que levava para o andar de baixo, onde sabia estar o corpo da criatura encontrada junto com Harmon. Logo que passou pela porta da escada, viu um policial parado no andar logo abaixo, posicionado à frente da porta. Ele olhou para ela como se esperasse alguma coisa, mas começou a falar antes mesmo que ela se aproximasse.

    - Sinto, muito senhora. Mas apenas pessoal autorizado pelo Dr. Carlson pode acessar a área do necrotério. Posso ver sua identificação por favor?

    Numa das mãos, segurava uma prancheta que parecia conter uma lista de nomes. A outra mão estava pousada sobre o cabo do revolver que estava escorado no coldre do cinto do uniforme. Uma tag de pano estava presa ao bolso do uniforme contendo os dizeres "Co Feller".
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: [!ON!] Investigação em Andamento

    Mensagem por Bravos em Sab Dez 08, 2018 1:06 pm

    O que a mulher a frente deles falava era um grande disparate em todos sentidos. Quaisquer outros que ouvissem aquelas palavras decerto tomariam-na como louca e desequilibrada. Mas Ludovic não podia deixar de dar ouvidos. Não depois do que ele viu no quarto que deveria ser de Happer e da criatura bizarra que ele mesmo abateu a tiros. Naquele momento, porém, cabia ser cauteloso. - Madame, você sabe que o que você diz beira o absurdo... Essas datas antiquíssimas estão mais para as múmias que para os homens. - Foi o momento que ela puxou o relógio e o francês se adiantou em respondê-la: - São 11h43.

    Ela comentou sobre a impossibilidade de falar sobre Al Haquin. Era um tanto quanto confortável naquela atmosfera de mistério manda uma emissária e não aparecer, deixando os dois ali, os três - contando com a Doutora Muller - no completo desconhecimento de algo sólido. - Seria interessante que conhecêssemos esse Al Haquin. Dentro dessa perspectiva nós estamos em completa escuridão. O que sabemos é essa data, alguns nomes que certamente nunca serão encontrados em meios oficiais e a palavra de uma mulher que nem sequer disse seu sobrenome e nunca a vimos.

    Ela finalizou dizendo que precisava partir em dois minutos. E nisso já incluía os dois. Depois de ter colocado alguns nomes que rondavam nas cabeças dos profetas da conspiração. - Partiremos para onde, madame? Devo vos dizer que vimos algumas coisas estranhas, mas seria preciso estar ardendo em febre para escutar tudo o que diz e creditar com a mediatez que nos exige. - Obviamente que o francês dizia isso estando diante da porta, e forma que ela não poderia sair dali sem passar por ele. Exceto, claro, se ela tivesse água e terra e realizasse algum feito assombroso de magia para sumir, tal como fizera o suposto Salazar Capadocci.

    - Se formos com você, irá nos apresentar esse Al Haquin e esclarecer toda essa situação?
    Rosenrot
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 861
    Reputação : 64

    Re: [!ON!] Investigação em Andamento

    Mensagem por Rosenrot em Ter Dez 11, 2018 11:45 am

    Caso 38-1920
    Mayla parou por um momento à porta pensando que talvez fosse mais acertado ter permanecido lá dentro e ouvido o que a mulher tivesse a falar...

    Mas conhecendo os dois homens com quem tivera que passar aquelas últimas horas sabia que seria mais um interrogatório do que uma coleta de informações e a jovem não parecia tão disposta assim a revelar tantas informações. Seu interesse então voltou-se para a criatura que tinha visto antes. Arrumou-se e se pôs a andar, o que tivesse que acontecer naquele quarto, precisaria depositar sua confiança em ambos os detetives.

    Passou pela porta em direção as escadas enquanto sua mente matutava diversas informações, só notou o policial quando estava nos últimos degraus. Mayla sorriu um sorriso sem humor e mexeu nos bolsos atrás do crachá, ela o encontrou sem muitos problemas enquanto esticava o olhar para a prancheta e notando o nome preso a tag do homem. - Herr Feller. - Esticou para ele o crachá sem em nenhum momento cogitar que talvez não estivesse na tal lista. Orgulho demais? Talvez. - O senhor conhece Herr MacCam? - Questionou de forma sucinta e resolveu arriscar para quebrar o gelo e talvez... Talvez ganhar alguma simpatia. - Ele é casado? - E sorriu o melhor dos sorrisos que pode enfiar no rosto naquele instante. Enfiou as mãos nos bolsos do jaleco, esperando ele conferir seu crachá.


    (C) ROSS
    Conteúdo patrocinado


    Re: [!ON!] Investigação em Andamento

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Dez 13, 2018 4:55 pm