Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Sand Valley - Sand Valley Community College

    Ankou
    Adepto da Virtualidade
    Ankou
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1687
    Reputação : 62

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Ankou Ter Jul 20, 2021 5:19 pm





    S.V. Community College

    Sand Valley - Sand Valley Community College XO0U40r


    O colégio talvez seja a maior construção de Sand Valley, foi fundado tardiamente em 1985 e vem servindo bem a população de Brimstone há três décadas, com aproximadamente oito dezenas de salas, cafeteria e refeitório, uma ampla área de lazer externa, área de prática de esportes, estacionamento gratuito e quase sempre lotado.

    A instituição oferece cursos profissionalizantes, assim como cursos de grau superior mais procurados e comuns.

    O campus é enorme envolto de prédios baixos de no máximo quatro andares cheio de pequenos quartos e kitnets. Devido a atividade de mineração já inexistente nos dias atuais, por medida de segurança da prefeitura proibiu-se construir prédios maiores, já que o solo pode ser instável demais para aguentar construções muito mais pesadas. A entrada da velha mina fica na ala norte do campus, sendo essa fechada, sinalizada, mas não guardada ou vigiada.

    Assim como o campus com quartos baratos, as taxas de inscrições e mensalidade dos cursos são bem acessíveis, e a instituição sobrevive majoritariamente de ajuda da prefeitura e doações particulares, o que fez o lugar ficar conhecido pejorativamente como Unipobre.

    Desde a fundação do colégio a vida do bairro passou a basicamente girar em torno da instituição, assim como larga parte de sua economia.
    Ankou
    Adepto da Virtualidade
    Ankou
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1687
    Reputação : 62

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Ankou Qua Jul 21, 2021 12:48 am





    Makya Chase


    Brimstone era pura alienação, como se a adrenalina do lobo fosse morrendo a cada dia que ele ficava isolado, os Andarilhos nem mesmo olharam na direção dele, Chloe meteu três tiros na perna dele assim que ele cruzou a linha entre Sand Valley pra Jack’s Borough, quase um em cima do outro, doeu como o inferno, mas duas horas depois não tinha nada além de um rastro de sangue, três tiros e a porra da arma nem fazia barulho, não tinha uma porra de silenciador nela, mas e daí? Não fazia barulho de qualquer forma.

    Por fim foi olhando pro gigante loiro que achou que ia ser o fim, Jeff era engraçado se você gostasse de um cara falando em como arrancou dentes do fulano a base de socos, mas foi o único cara que deu alguma atenção, que falou do juramento e que bebeu praticamente cem pratas de wiskey no Saloon, e Makya teve que pagar, mas o que era um peido pra quem tava todo cagado?

    --

    Dias andando de um lado pro outro, nem pro outro lado adiantava olhar, era puro breu, como enfiar a cara no mar escuro.

    Tarde da noite alguém fodendo dois andares acima, dava pra ouvir a cama bamba batendo na parede, irritante, a bebida fazia boa companhia, mas não dava o mesmo grau que antigamente.

    O celular parado na guarda do sofá acende, o velho grupo do Whatsapp, a galera da Blackbird toda lá, tinha gente morta até que ninguém ligava pra remover, o celular ou número nem existia mais, a mensagem de Jackson pipoca uma vez, em seguida outra mensagem.

    Galera, tem um papo doido no rádio da polícia, tão falando que dois caras foram arregaçados por um urso.
    Um amigo me mandou.

    A foto que se segue é de um cara mais quebrado e rasgado que o outro, o segundo faltava pedaço.

    Em seguida alguma comoção no grupo, xingamentos, gente desacreditando.

    Tem um cara na delegacia, o Jones me contou mais cedo, disseram que ele sobreviveu ao ataque ou algo assim, sei que tá dando merda pro lado do delegado.

    Problema é, a não ser que os ursos tivessem aprendido a viajar um par de centenas de quilômetros de Yosemite deserto adentro aquilo seria impossível.
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2780
    Reputação : 140

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Wordspinner Qui Jul 22, 2021 9:54 pm

    Makya sentia o chamado do lobo como uma gravidade moral o puchando para o selvagem. A mente simples e direta no crânio lupino era um conforto para o tormento na sua mente humana que lutava para fazer o mundo novo caber dentro do antigo. O som que or tiros deveriam ter, aquele vazio gritante, incomodava muito menos que a dor absolutamente real e palpável. Claro que ele mudou de forma na mesma hora, que outra esperança ele ti ha de implorar para pararem? E o que mais fazer depois do terceiro disparo?

    "Jeff? Não é isso?" A pergunta era pra reforçar o nome na memória, não precisava de resposta. "Essa coisa do juramento parece fazer sentido total. Mesmo que porra nenhuma faça." Ele aperta a perna onde devia estar estragada para o resto da vida. "Então vocês são um grupo, uma família, como é essa coisa?"

    Ele sente a pergunta queimando na caneça dele o tempo todo. De novo e de novo. Ele precisava saber e não sabia o porque.

    --

    A escuridão era intrigante e o segundo mundo uma parte de si que ele precisava encontrar. Mas ainda não tinha coragem. Além de intrigante a escuridão era uma frustração fodida de barreira impenetrável e ele decidiu ver como era no deserto. Como era nos lugares onde ele conhecia e que amava.

    Pensou em subir lá mandar pararem de foder pra deixar ele pensar. Mas que tipo de filho da puta ele tinha virado agora? Ele respira fundo e olha o celular. Metade dele mandava ele quebrar aquela bosta e outra se agarrava as mensagens e ao maldito aparelho como se fossem a ultima garrafa de água da porra do deserto. Ele não responde.

    Só olha como se fossem pessoas desconhecidas. Outras pessoas que ele nunca viu e que adoraria conhecer e isso dói de um jeito físico. Um suspiro e ele sabe o que fazer. Olhar a foto e os relatos e meter o pé atrás daquilo. Não era seu próprio trabalho, era?

    Makya se veste da melhor forma que podia. Roupas descartáveis. Já tinha vendido as armas e agora tava se sentindo pelado sem uma peça. Mesmo assim ele força o pânico goela a baixo e saí com as chaves do seu cubículo no bolso. Ele pensa em ir de bike, mas preferia andar. Preferia correr
    Ankou
    Adepto da Virtualidade
    Ankou
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1687
    Reputação : 62

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Ankou Sex Jul 23, 2021 12:35 am





    Makya Chase


    Indo: Dry Well

    Na parte de fora do apartamento dá pra ver o pátio do campus, apenas alguns poucos alunos circulando o lugar, saindo de suas aulas, outros esperando no ponto de ônibus, é exatamente o que Makya também faz, no meio daquele monte de pessoas ele se misturava a multidão e parecia ser uma pessoa completamente ordinária como eles.

    A conversa no grupo continua, se desvia para histórias de velhas missões, algumas piadas de tiozão vindo de um dos caras que ele nem sabia quem era, até que veio um novo comentário.

    Jones disse que tá se cagando de rir, ele odeia o pau no cu do delegado, o maluco não sabe como explicar a porra do caso, mas ele disse que tão correndo atrás de um circo que passou na semana passada na cidade, que tinha um urso… Quer saber, eu tenho certeza que que fuderam com os caras e deram pra uma meia dúzia de cachorro comer, mas nem deve ter dado tempo que os meganha acharam primeiro, os porras tão tudo lá no posto do velho Barnes, passei lá tem uns minutos, mó estardalhaço por pouca merda.

    Bingo! Era fácil encontrar o lugar agora com a direção certa, não demora muito o ônibus chega, todo mundo se aperta pra entrar enquanto todos os cheiros invadem as narinas de Makya, inclusive o de sangue da menina menstruada dois passos à frente, mas a parte de dentro é tranquila, tem assento pra todo mundo, tarde demais pra ter gente o bastante pra se amontoar um em cima do outro.

    --

    O filho do velho Barnes no balcão, nem sinal do velho, a parte de trás da borracharia isolada com um cordame policial, uma viatura com o sinal ligado só pra alertar, em um canto dois policiais tomam café e fumam seus cigarros sossegados, um dentro da loja comprando alguma coisa com o Barnes Jr., outro vigiando o cordame, por último um começa a se deslocar pra parte de fora da área do cordame e um último fica lá dentro tirando fotos.
    Ankou
    Adepto da Virtualidade
    Ankou
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1687
    Reputação : 62

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Ankou Qua Mar 23, 2022 11:15 am





    Serge & Cheryl


    A mulher dá mais um trago no cigarro e retruca o Ithaeur no momento seguinte - A gente sempre tá em posição de dizer alguma coisa, só não pode esquecer do respeito. - ela diz com a fumaça ainda saindo da boca. - Mas é o certo deixar a meia lua fazer o trabalho dela - ela assente em positivo e deixa o cigarro pela metade descansando nos lábios.

    - Acho que ninguém pretende, mas a lua vai avisar de novo e de novo, fica menos engraçado quando se começa a sonhar com seus filhos morrendo, mas essa merda é um sábado qualquer, a lua nunca dá boas notícias. - Em algum lugar ela parece falar coisas do coração, mas o semblante dela não muda um segundo sequer, parece feito de rocha sólida, podia ser uma piada e Serge nunca saberia, mas ela definitivamente não estava rindo.

    Quando ele fala dos testes ela sorri de leve sem mostrar os dentes - Todos foram e sempre serão, Skolis-Ur não quer nenhum bunda mole pra correr sobre a benção dele, mas o dela foi desonesto, ela passou, eu a reconheci, marquei ela assim como marquei você e Morgan, fim da história. - Não é que ela parecesse querer se esquivar do assunto, só não havia nada mais pra falar sobre ele.

    - É isso ou vocês vão ter que pensar numa maneira de como vão chutar ela do território de vocês. - ela fala sem ironia ou graça nenhuma, só franqueza.

    Ela meneia em positivo em forma de cumprimento e deixa Serge seguir seu caminho, ele passa pela loja e Clive não está atrás do balcão mais, mas dá pra ouvir a voz dele animada vindo do estande de tiro, apenas uma menina  magrela no lugar dele.

    Do lado de fora ele ruma pra fora do território dos Sem-Medo, na cola dele o sujeito bem vestido de camisa social e tatuagens inconfundíveis, Emilio o segue a uma distância segura até ele deixar as dependências da alcateia e some de vista assim que ele o faz.

    No caminho pro endereço indicado o telefone vibra no bolso, a mensagem de Bea era curta e objetiva.

    “Talvez eu fique sem sinal por algumas horas. Vou estar no Deserto de Mojave, perto de onde vocês lutaram. Resolver um assunto de tribo”.


    Vindo: Red Sand - Bullseye Shooting Club

    O endereço o leva até uma casa baixa, grande, antiga e bem cuidada com arquitetura bem típica local, assim como todas as outras poucas que a cercavam já que a maioria dos terrenos passavam a serem ocupados por prédios de moradia barata, a construção tinha partes em alvenaria e muito amadeirado, paredes preparadas pra aguentar o inverno congelante, assim como o calor infernal do verão.

    A porta se abre antes dele se aproximar - Você devia sair dessa casa, sei lá se aplicar na faculdade talvez, eles sempre tão precisando de professores, não me vem com essa conversa de novo que você não precisa, você não precisa do dinheiro eu sei, mas precisa ocupar a cabeça. - Ben sempre havia sido o mais próximo dela, da turma antiga da faculdade, eles até namoraram um tempo, mas o gênio de Cheryl não ajudou muito as coisas irem pra frente, ainda assim ele nunca a culpou e nunca saiu de perto, mesmo depois de ter casado, sido pai e ganhando alguns quilos. - Parece que você tem companhia. - Ele diz parecendo meio apressado.

    O homem loiro de cabelo crespo, barriguinha saliente e vestido de tiozão com bermuda e tênis passa por Serge. - Bom dia. - ele diz de forma cortês, ele se volta pra mulher antes de entrar num carro simples que estava estacionado em frente a casa - A gente se vê Cheryl, não some não. - ele dá um tchau com uma das mãos e sai dirigindo tranquilamente.

    Cheryl por sua vez sabia que esse dia iria chegar, mais cedo ou mais tarde, ela não tem certeza do que o negro a frente dela é exatamente, mas ele a olha e se move de forma muito familiar, muito mais familiar do que devia.
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1773
    Reputação : 72

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por thendara_selune Qua Mar 23, 2022 11:06 pm




    Cheryl Blossom





    Cheryl, olhou  para os pacotes, tinha feito as compras da casa enquanto Ben a auxiliava a guardar eles tinham se encontrado no café de Daniel. Georgina estava lá falando animadamente de uma festa que ia rolar na casa de um velho amigo e Lana tinha jurado que dessa vez aguentaria beber “ o beijinho do capeta” sem colocar o fígado inteiro no chão. A bebida é de autoria intelectual de Daniel e Ben que faziam questão de mantê-la dentro de uma garrafa vermelha e é quase cerimonial quando eles servem esse negócio que é capaz de queimar os pulmões ou fazer as pernas dobrarem de um jeito bizarro de tão forte.

    Então  durante alguns segundos parou olhando Ben ele já não podia ir a todos os lugares com eles, afinal tinha casado, filhos, mulher e responsabilidades que não combinavam com farras. Cheryl deu de ombros depois porque cada um sabia onde amarrava seu cavalinho.  Depois ele voltava a falar sobre Emprego, de fazer mais da vida e os olhos azuis dela ficaram fixos nele antes de dar uma risada escancarada. Ele já sabia que a amiga tinha pacto com o deboche e ironia. - Ta dizendo que estou sem rumo na vida?!- Ela se fez de ofendida e depois riu de novo. - Não quero um emprego comum, com um bando de gente convencional falando o que devo fazer o dia todo!-

    The neighbourhood ecoando pela sala ampla . O lugar fora reformado antes dela mudar, gostava dali, mas o que a fez ficar  na cidade foi a mudança. Tudo mudou de lugar, menos dia ou mais dia até seus amigos vão ser um eco do passado, por agora queria manter uma vida normal enquanto podia, então em um misto de provocação e carinho segurou o rosto dele entre as mãos e dizia. - Tenho uma vida ótima, consigo me manter, não preciso da porra de emprego normal, de gente querendo colocar uma coleira no meu pescoço e só  pra ganhar umas notas!- Cheryl dava uma piscadela pra ele, o gênio dela é um vulcão, podia ser uma fofa, acolhendo um estranho que precisa-se de ajuda sem fazer perguntas, mas podia virar o capeta de tão raivosa em meio segundo se alguém tentasse enganá-la ou abusar de sua boa vontade.

    - Sei que isso é preocupação, mas faz tempo que deixei de usar fraldas, até sei de onde vem os bebês!- Ela falava com tom bem humorado, mas com convicção estampada no rosto bonito enquanto uma mecha de cor lavanda cai sob os olhos intensos mirando-o. - Acho que você deve parar de pensar que tô perdida, a gente já passou dessa fase Ben, você cresceu e todos nós também.-  Cheryl  solta o rosto dele indo mudar a música “The academic - why can't we be friends?” é uma doce ironia, até quando todos poderiam ser seus amigos embora a letra não tratasse de amizade ela não deixou de sorrir guardando uns doces no armário.

    Ele dava um cascudo nela que em resposta  falava umas obscenidades baixinho e complementava fazendo beicinho. - Isso foi muito infantil da sua parte!-  Um tempo depois eles tinham terminado Ben tinha um compromisso, olhou o relógio e foi indo até a porta girando a maçaneta e a brisa lá fora rodopiou um conjunto de folhas no chão ela sabia que eram da árvore de uma casa vizinha fazendo-a olhar aquilo enquanto sentia um calafrio percorrer sua espinha. Foi quando Ben entrou no carro, acenando sem imaginar que a amiga parada no batente da porta é na verdade uma loba que os olhos dela encaram o cara estranho parado tão perto.  Ainda lançou um aceno para Ben e um sorrisinho que dizia “ cuidado no caminho”.


    Cheryl ficou olhando o cara, medo não era algo que ela demonstrasse em seu rosto bonito, aquele corpinho curvilíneo e a garota a fazia um pedaço de terra quente pronto para ser explorado. O cabelo comprido liso tinha cor de lavanda. O cheiro dela é doce e tão marcante quanto a segurança que transborda dela.  Deus dois passos que foram suficientes para soltar as palavras que vibravam no ar em tom de desafio e provocação olhando o rapaz que vestia pele humana assim como ela mesma o fazia. - O neném tá perdido?- Ela dava um sorriso e erguia o queixo sem ter medo, mas ainda assim olhou ao redor como se esperasse um novo teste da gibosa de sua tribo. Sentiu um nó na garganta lembrando de como foi entrar na tribo, podia jurar que Inquebrável se divertiu muito com aquilo e seu estômago revirou enquanto esperava uma resposta do cara.

    roupinha:
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5439
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bravos Sex Abr 08, 2022 4:56 pm




    Serge Senat

    Ele sorri quando ela diz que nós sempre estamos na posição de dizer algo. Era verdade. Era verdade. Assumiu aquilo como um ensinamento. — Depois do que você falou, eu espero mesmo não precisar tirar ela do território à força.

    * * *

    Ele então estava diante do endereço dado. Um cara engomadinho o vê e o anuncia. — Bom dia... - Serge diz sem muito entusiasmo. A mulher que ele procurava estava ali. Cabelos coloridos. Parecia ter personalidade forte. Ela pergunta se ele está perdido. — Não... Você está? - Tinha ouvido um pouco da conversa enquanto chegava. Aproveitou a oportunidade para cutucar. — Me disseram que era aqui que eu encontraria a Cheryl. Penso que me falaram certo. - Ele olha para ela dos pés até a cabeça. E então olha para dentro da casa pela porta aberta. — Lugar legal.

    Serge perdia de propósito um pouco de tempo com aquela conversa besta. — Você sabia que está num território com donos? - Ele começa por aí. Não parecia uma ameaça, talvez um aviso. — Eu estive falando com Chloe. Foi ela que me deu seu endereço. Estamos precisando de alguém que consiga ver bem os dois lados. Resolver uma questão interna. - Serge cansou dos rodeios. — Precisamos passar essa página. - Ele suspira fundo e cruza os braços. — Que tal ajudar a gente nessa e nós passamos a página também da história do território? - Ele sorri, quase como se fosse uma proposta irrecusável.






    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1773
    Reputação : 72

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por thendara_selune Sab Abr 09, 2022 12:35 am






    Cheryl Blossom




    Ela deu um passo pro lado  e exibiu seu sorriso mais convidativo. -Só costumo me perder quando o convite me convém.-  O outro ali tem olhos escuros expressivos e não foi nada discreto quando olhou pra ela daquele jeito. - Passei na sua inspeção ou devo me preocupar que não tenha sido aprovada?- Cheryl pressionou os lábios um no outro achando o outro lobo ali interessante. - Informaram certo, você está diante da adorável Cheryl fofa Blossom.- Ela faz uma mesura e pisca pra ele sem seguida. -Pode entrar a minha casa sempre está  de portas abertas para atender ao chamado dos meus iguais e diz aí qual seu nome?- Assim que ele entra a porta se fecha atrás deles. Os passos dela são suaves e ela vai até a cozinha ampla. - Senta aí, você elogiou meu humilde lar então vou oferecer uma bebida pra gente fazer uma social agradável.- Enquanto ele falava a Elodoth absorvia tudo devagar. Ainda na cozinha ela pegava uma garrafa de cerveja artesanal feita pelo amigo e ia preparando dois copos geladinhos de Michelada e depois entregava pra ele com um sorriso cheio de desafio. - Bebe devagar, vai sentir ela esquentando sua garganta.-  Os copos simples comportando o líquido avermelhado e ela imaginou que ele já devia ter experimentado alguma vez, mas por garantia dizia o nome da bebida. - Michelada lobinho, tem suco de limão, a cerveja artesanal é receita de um amigo meu, esse pó branco nas bordas do copo é sal além de uma pitada de pimenta caseira de uma viagem que fiz meses atrás é uma bebidinha bandida sabe?!Se não quiser arriscar posso oferecer uma tequila ou cerveja de boas.- Depois se sentou perto dele e deu um gole que a fez estalar a língua. - Então você quer uma mão para resolver uma pendência interna talvez?- Os olhos fixos nos dele sem piscar.- E em troca esquecer esse papo de território?- Com uma das mãos livres deslizou os dedos pelo antebraço dele. - Que proposta irrecusável, não pelo território, mas a chance de fazer algo por um irmão de tribo.- Bebia mais um gole e cruzou as pernas. - Me conta mais, adoro quando me dão detalhes e assim vou entender como ajudar a passar essa página.-

    Apartamento:

    Bebidinha:




    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5439
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bravos Ter Abr 12, 2022 11:24 am




    Serge Senat

    Serge apenas sorriu quanto ao convite. — Nem tudo é uma prova, embora os nosso gostem que seja assim. - Retrucou sobre o "passar ou não". Ele vai entrando enquanto ela fecha a porta e vai até a cozinha. — Serge Senat. Ou Escuta Afiada, disse em Primeira Língua. - Ele senta quando é convidado e pega a bebida quando lhe é oferecido. A beberica de leve e sem pressa, como Cheryl havia sugerido. — Parece sofisticado. - Ele responde, com seu habitual jeito de poucas palavras. — Aprendeu de alguém ou criou? - Aquela era uma pergunta que lhe interessava.

    — Numa caçada importante, uma das nossas não correu conosco. Perdemos nossa rahu nesse dia. Makya e eu achamos que alguma reparação deve ser feita. Infelizmente nosso meia lua foi assassinado. - As palavras continham uma dor meio calada. Tudo foi tão rápido e ainda assim tão doloroso. Serge olhou o dedo da mulher deslizando em seu antebraço, mas não fez mais nada. — Makya deve contar nossa versão, Bea deve contar a dela. Eu só estou atrás de quem escute e possa dar um veredito justo. - Ele bebe mais da bebida alaranjada enquanto espera Cheryl dizer algo.






    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1773
    Reputação : 72

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por thendara_selune Ter Abr 12, 2022 4:22 pm






    Cheryl Blossom




    — Com um amigo em Guadalajara. — Cheryl  deu um sorriso amigável sobre a bebida. Quando ele comenta parecer sofisticado dava de ombros. — Nem tanto, mas tem um sabor marcante.-  O tom dela tinha divertimento. — A vantagem é que nenhum de nós precisa se preocupar em  poupar o fígado.- O sorriso bonito e despreocupado. — Posso ensinar quando quiser Serge,- Olhou-lhe com um ar travesso. — confesso que funciona bem com mulheres e com homens.- Bebeu mais um gole. A risadinha dela não é uma provocação só servia para pontuar que ela não se chocava com nada.


    O assunto  ganha aquele tom sombrio, primeiro pela morte de dois urathas que não conhecia de depois porque ele queria um julgamento. Ela para de deslizar o dedo na pele morna do outro. — O que você pede é o justo, correto e certeiro.-  Cheryl    remexeu  o copo, o líquido moveu-se, lançando ao ar uma correnteza fresca e vaporosa com aroma de pimenta que a faz mostrar um sorriso afiado. —Se não resolver o assunto agora, será bem pior, quando mais precisar dela ou de qualquer outro a possibilidade que possam agir de maneira irresponsável para com Alcateia se repetirá. - Apesar de parecer muito jovem ela não hesitava e a voz dela carregava segurança sem desviar os olhos dele.
    — Uma alcateia sem confiança em seus membros desmorona, morre, fracassa vergonhosamente e de nada serve aos desígnios que devemos seguir. Sua rahu cumpriu com o destino a ela reservado, antes morrer em uma caçada que fugir dela pelo motivo que for.-  Sem florear a verdade e com uma previsão de futuro nada atraente.








    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5439
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bravos Ter Abr 19, 2022 11:13 pm




    Serge Senat

    — Talvez então seja eu que só beba bebida ruim. - Ele diz sorrindo. Nunca teve dinheiro demais. Lembrava das bebidas realmente sofisticadas de Morgan. Ele costumava beber coisa mais simples mesmo. — Mil e uma utilidades, então?

    Dali a conversa mudou de rumo. — Vou considerar então que isso é um sim. - Ele disse sem rodeios. Puxou do bolso o celular e mandou uma mensagem para Makya e Bea, para alinhar com eles quando seria. — Ainda hoje eu te aviso quando será. - Serge virou o resto da bebida, soprou para baixo uma baforada etílica e se levantou. Estendeu a mão para a elodoth. — Foi um prazer conhecê-la, Cheryl. - Um leve sorriso. Talvez depois daquele julgamento ela estivesse correndo com eles? Seria bom ter mais um. Mas até lá, ela era uma ilustre convidada. Quanto menos envolvimento, melhor.






    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5439
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bravos Sab Abr 23, 2022 12:00 am




    Serge Senat

    Serge se ocupou de marcar com Makya e Bea naquele mesmo dia. Decidiu marcar na casa de Cheryl. Ali todos estariam num terreno neutro, exceto a própria mediadora, que era adequado que estivesse confortável. Ele havia esperado os outros dois na porta, para que entrassem juntos. — E aí? - Saudou um e outro a medida que chegaram. Acenos de cabeça. Serge é meio distante. — Vamos nessa.

    Subiu as escadinhas para a porta de Cheryl. Deu três batidas na porta. Quando a porta se abre, ele não perde tempo em apresentar os dois. — Esse é Makya e essa é Bea. E nós somos as meninas superpoderosas. - Toda a graça estava no fato da voz de Serge ser perfeitamente monótona. — Podemos ir entrando? - Ele aponta para dentro com o queixo. Uma vez lá dentro e acomodados, Serge toma para si a tarefa de apontar para o elefante na sala. — Bea, Cheryl é uma elodoth. A caçada com os Cães Sortudos deixaram marcas em nós. Não nos nossos corpos. Eles inclusive estavam bastante putos com sua ausência. Mas foda-se o que eles pensam. O que importa é o que temos aqui dentro entre nós. A confiança que precisamos ter uns nos outros. - Os olhos dele escorrem de Beatrice para o irraka. E então voltam. — Sabemos que você não desertou a caçada, pois ela começou sem você. Como também sem o Morgan. Perdemos ele e perdemos Mercy. - A voz embargou um tanto no nome da rahu. — Evidente que nada disso é culpa sua. Nem nossa. - Pigarro. — Mas queríamos estar seguros que podemos contar com você. Queríamos dizer isso em alto e bom som. Eu queria, pelo menos. - De novo olhava para Makya, indagando se ele tinha algo a dizer, a complementar.

    Quando então retoma a palavra é para jogar os holofotes para Cheryl, embora ainda falasse com Béa. — Sei que você teve seus motivos, todos temos, ela vai saber se foram honestos. E possivelmente irá sugerir uma reparação. E depois disso estaremos todos no mesmo passo. - Serge nem parecia movido de emoções. Sem exaltações nem afetação. Era só a coisa certa a se fazer.

    Falei com a @thendara_selune em off e tentei deixar as motivações do Serge aqui em on também Rolling Eyes bora nelson @Bastet @Wordspinner






    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1773
    Reputação : 72

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por thendara_selune Seg Abr 25, 2022 1:37 pm





    Cheryl Blossom



    Elodoth  |  Senhores da Tempestade


    “Ancestrais desejos nômades irrompem,
    enraivecidos pelo cativeiro. A condição
    de fera acorda de novo do seu
    sono brumoso.”

    _______________________________________________________________________



    Apartamento internamente :

    Antes de entrar, dava pra ouvir Bad blood - Taylor Swift ecoando lá dentro como se nada importante fosse acontecer.-Bem-vindos a minha humilde casa.- O sorriso receptivo e os deixou entrar. Cheryl estava confortável, ouvia Serge falando com a outra uratha, colocou na mesinha próxima bebida, copos e gelo. Seu pai dizia que às vezes um homem precisa de uísque porque ele traz compreensões sobre os problemas ou pelo menos aliviam as tensões.

    A imagem dos três parece-lhe interessante. Se fosse julgar diria que Makya era muito desprendido de regras, mas sabia como espreitar as brechas que os outros não enxergavam assim como conseguiria ir a lugares que poucos iriam, talvez até mantivesse um sorriso enquanto fazia isso tão silencioso quanto uma sombra. Bea é muito bonita, devia usar muito disso para chamar atenção para si, mas não lhe parecia fútil, talvez insegura sobre ser uratha ou talvez precisasse de ajuda para compreender as responsabilidades já Serge é um muro, você pode tentar pular, mas com toda certeza do outro lado vai cair em arame farpado se tentar desvendar muito dele. Ele falou dos Sortudos e ela franziu a testa. Porém, deixou que ele falasse tudo que queria era uma questão de respeito e também educação da parte dela. Quando Serge termina ela servia um copo para si, o gelo parecia se chocar suavemente com o líquido e a voz dela tinha um tom neutro. - Então eles também são a parte ofendida e ainda assim você não os chamou?!-

    Não havia emoção para ler no rosto dela, mas o sorriso mantinha-se nos lábios pintados de rosa, o cheiro dela é uma coisa entre jasmim e um verão provocante. Olhou o irmão de tribo que cometeu uma gafe, um erro primário, mas ainda assim não haveria um tom claro de repreensão enquanto ela falava. - Isso é um julgamento, embora preferisse a lua como testemunha maior, não posso dispensar a outra parte ofendida. -

    Sua testa arqueia e seus lábios enrugam como se ela estivesse chupando um limão. O foda-se dele lhe pareceu um exagero  ao momento. -Não seja tão grosseiro! Nem diga "Mas foda-se o que eles pensam." isto não é sobre vocês apenas e mesmo que pense assim as minhas regras exigem que as partes ofendidas estejam aqui.- O tom dela  permanecia neutro, mas os olhos eram puro gelo. - Um acordo foi quebrado? Alguém além de você exige reparação, então, porque eu deveria conceder apenas a sua alcateia o direito de falar e expressar o que pensam enquanto os Cães Sortudos têm o mesmo direito cassado?!- A elodoth franziu o lábio e lançava um olhar exigente a eles. Ao que parece pelo que Serge disse os Cães queriam um pedaço do bolo. -O elodoth  não é nomeado para fazer favores com a justiça, mas para julgar segundo as leis do povo e todos têm direito de fala quer queira você ou não  Escuta Afiada!-  Então o sorriso fica estampado em seu rosto bonito e mesmo após falar tudo continuava parecendo simpática. -Deve convoca-los.- Por fim pontuava de novo aquilo, sentou-se no sofá cruzando as pernas e bebericando pacientemente. Parecia despreocupada com tudo ao seu redor e esperava os outros expressarem o que queriam.

    Roupinha:

    OFF: Então Bravos eu conversei com o narrador sobre a presença dos Cães Sortudos e ele tem razão eu pelo menos devo tentar em ON fazer o Serge chamá-los, mas claro que é tudo uma questão de interpretação, minha personagem é bem dura e geniosa no que se diz respeito ao augúrio dela. Seu personagem pode ou não concordar, quem sabe teremos nossa primeira treta em jogo devido a discordância sobre a presença deles ou não. Sem pressa em responder  e sigam seu ritmo.


    [/color]

    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5439
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bravos Ter Abr 26, 2022 11:16 am




    Serge Senat

    Cheryl pode sentir o olhar pesado de Serge para ela quando disse que os cães sortudos deveriam estar ali. Ele demorou alguns instantes antes de falar mais qualquer coisa. — Não acredito que eles são parte ofendida em nada, pois cumprimos com o que prometemos e tudo, ou quase tudo, correu como o esperado. Mas se você diz que eles devem estar aqui, eles vão estar. - Ele puxa do bolso o celular e disca o número que tinha para falar com Willy. Se era para alguém estar ali, que fosse alguém equilibrado. Nada melhor que o alfa dos Cães Sortudos.

    Serge sai da casa para fazer a ligação. — Willy? Estamos para iniciar o julgamento de Béa sobre sua ausência na caçada. Achamos importante que houvesse um representante dos Cães Sortudos nesse momento. Você está convidado a vir. - Se ele não pudesse ir naquele momento, Serge sugeriria que viesse Shiriki. Em seguida, voltava para a sala onde estava minutos atrás. — Aguardemos.

    Só para não emperrar o andamento






    Bastet
    Adepto da Virtualidade
    Bastet
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1801
    Reputação : 105
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bastet Ter Abr 26, 2022 5:43 pm







    Encanta Mortos


    Beatrice Thompson
    Sombras Descarnadas   |  Cahalith


    “O silêncio dos mortos pode revelar
    aquilo que os vivos escondem”



    _______________________________________________________________________



    Bea chegou lá no apartamento com Makya, cumprimentando Serge com um aceno, um pouco sem graça de ficar perto dele. Não tinha melhorado desde o dia que perderam Mercy.

    Se surpreendeu com a brincadeira do Ithaeur, estendendo a mão pra cumprimentar a jovem de cabelo colorido. – E aí, é um prazer – deu um sorriso gentil, apesar de não estar tão animada. Ninguém ficava quando teria sua maior vergonha exposta em breve... Mas, bem, era o trabalho dela e com certeza era melhor que fosse de alguém que não pertencia aos sortudos.

    Beatrice ouve com atenção o que Serge dizia, assentindo – Agradeço a oportunidade de vocês me ouvirem e de reparar a falta daquele dia. Estou de acordo  - deu um pequeno sorriso pra cada um dos membros de sua alcateia e depois ouviu os termos de Cheryl. Suspirou, concordando, por fim, e falando com Serge.

    - Nós somos novos na cidade, não quero que algo que eu fiz impeça uma boa relação com as outras alcateias, no futuro. É melhor resolver isso de uma vez... Mas é bom saber que pensa assim – ela era extremamente sincera na última frase. Diferente de Makya, teve menos oportunidades de conhecer Serge... E, bem, depois da morte de Mercy às vezes achava que ele nem a queria ali. Era bom sentir que, apesar das diferenças, Serge ainda a defendia e queria que as coisas ficassem bem.

    Enquanto Serge ia fazer a ligação, Bea olha pros outros dois.

    - Acho que preciso de uma bebida – deu uma pequena risada nervosa – Posso? – perguntou para Cheryl, indicando os copos que ela tinha levado ali pra sala.

    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2780
    Reputação : 140

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Wordspinner Sex Abr 29, 2022 3:43 am

    Makya não demorou. A alcateia era maior que qualquer um dos seus objetivos. A reputação e consciência de Beatriz também. Mas isso não quer dizer que o Irraka estava feliz. Especialmente quando ouviu Taylor Swift pela porta. A doida da bola de ferro.

    O cumprimento de Serge o pega de surpresa, na sua cabeça já tinha encontrado com ele uma milha antes. O ithaeur já estava na sua mente antes de ser visto. "Fala cara! Você é cheio de surpresas inesperadas." Ele não sorri, mas era um alívio o ver ali. Era um alívio ver que ele estava trabalhando naquilo.

    Serge escreveu:Esse é Makya e essa é Bea. E nós somos as meninas superpoderosas.

    O irraka tenta não rir, mas acaba só rindo mais feio. "Eu sou a docinho, né?" Ele achava o lugar absolutamente caótico. O lugar perfeito para se esconder e matar alguém bem rápido. Era tanta coisa que ele esconderia o corpo e ninguém ia nem perceber mesmo sentando a um metro do cadaver. A casa de uma menina mulher com dinheiro o bastante. tudo confortável e macio.

    Serge escreveu:O que importa é o que temos aqui dentro entre nós. A confiança que precisamos ter uns nos outros.

    "É." Makya concordava com cada palavra dali e não queria alongar essa parte. Sentia que tinha que contribuir e só percebeu o quanto era melhor ter ficado calado depois de abrir a boca.

    Serge escreveu:Evidente que nada disso é culpa sua. Nem nossa.

    Makya olha para ele com discordância mal disfarçada. Ou o julgamento era uma fraude ou aquela frase. A culpa era de Coração de Tinta. Uma escolha impossível? Uma escolha que teria feito ele se partir em dois? Sim e também e mesmo assim.

    Serge escreveu: Eu queria, pelo menos.

    "Se alguém me perguntar, essa é a resposta que eu dou. Ela é alcateia. Ela é de confiança. " Ele podia estar errado. Mas independente de qualquer coisa ele podia estar errado. "Não é sobre isso para mim." Ele olha para Bea. "Cê vacilou e a conta chegou alta. Cê nunca vai esquecer e a gente também não. A cicatriz vai ficar, mas o julgamento fecha a ferida." Ele coloca uma mão fechada no próprio peito e depois a leva para a o lado da cabeça.

    Serge escreveu: E depois disso estaremos todos no mesmo passo.

    Makya queria concordar completamente de novo, mas não disse nada. Serge saberia hoje ou saberia um dia. Bea também. Ele só sorri para Cheryl. Ela ia dar isso para eles?

    Cheryl escreveu:Então eles também são a parte ofendida e ainda assim você não os chamou?!-

    Makya mastigou o que pensava. Pensou de novo. Deixou as palavras dela afundarem lentamente.

    Cheryl escreveu: Isso é um julgamento, embora preferisse a lua como testemunha maior, não posso dispensar a outra parte ofendida. -

    Então ela fala de novo. Aquilo não encaixava. Era uma mola de 45 em um 22. Não. O Irraka controla o rosnado enquanto procura a verdade. Serge fala antes dele.

    Serge escreveu:Não acredito que eles são parte ofendida em nada, pois cumprimos com o que prometemos e tudo, ou quase tudo, correu como o esperado. Mas se você diz que eles devem estar aqui, eles vão estar.


    "Ela pisou errado. Mas foi com a gente. Comigo. Com Serge aqui. Com a Mercy!" A ultima palavra doia bem mais do que devia. Ele nem tinha conhecido Mercy de verdade. Ou tinha. Tinha conhecido tudo que precisava, ela estava lá até o fim. "Ela não deve nada pros caras." Aquilo era tão longe de um rosnado o quanto ele conseguia. Ele não tenta fingir um sorriso e nem concordância. Ela devia saber a lei melhor que ele. Devia ter alguma peça que ela entendia e ele não. O irraka respira devagar e começa a procurar no lugar. Procurar sempre o acalmava.

    Cheryl tem mais a dizer, é claro. De cima de um alto cavalo moral. Ela não tinha visto o modo como eles olharam ela. Não tinha visto como eles preferiram milhas de deserto a estar perto de Bea. O irraka sabia o que eles pensaram bem o bastante. Eles disseram com muito mais que palavras. Ele era sombra e silêncio onde ela era palavra e compromisso. Ele engole o gosto amargo da incapacidade e se foca em vasculhar o lugar por pistas para entendé-la. Cheiros. Datas. Boletos. Pistas.

    Bea quer uma bebida? Fingir que era tudo normal até a hora do fim? Makya segura o pulso dela com cuidado. "Bebe se quiser. Mas você tá no controle de você mesma e a gente tá do seu lado." Ele sabia que a bebida não faria mal algum. Ele sabia que era um sintoma. Mas ele não tinha a cura. Só podia deixar claro que estava com ela. Ele sentia o pior do que ela sentia. "Eu sei que é horrível." Ele a solta e não sorri. Seria mentira sorrir. Não sabia o que fazer. Mas não queria beber.
    Ankou
    Adepto da Virtualidade
    Ankou
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1687
    Reputação : 62

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Ankou Sex Abr 29, 2022 10:51 pm





    Todos

    @Bravos

    O telefone chama, chama, e demora a ser atendido. Não é Willy quem atende, ele sabe disso pela voz, o telefone é da própria oficina, o cara que atendeu vai chamar ele e Serge fica plantado mais uns cinco e longos minutos.

    - Não rola não. - Ele responde, mas sem fazer pouco caso. - Libertar nossos amiguinhos é um trabalho meticuloso e árduo, mas pode contar com a gente sim, Shiriki vai aparecer aí, vou pedir pra ele levar umas paradas que pode interessar vocês, certo? - ele espera na linha tempo o bastante pra receber uma resposta, o endereço ou local de encontro - Fechado. - Desliga logo em seguida.



    @Wordspinner  @thendara_selune  @Bastet

    Não demora muito pra moto roncando alto virar a esquina, parecia um motor de helicóptero encostando na frente da casa, toda preta fosca com cromado, customizada sem branding nenhum, ainda que parecesse uma Harley de um único assento, com dois alforges que pareciam pesados, fivelados e trancados, na placa escrito PAW, como identificação da moto.

    Shiriki é silencioso, mas ele cumprimenta um por um, sem palavras, apenas estende a mão direita a cada um deles, muito formal, ainda que as roupas fossem surradas, uma regata preta, jeans, uma bota preta e nada mais. Um curativo no ombro, ele exalando cheiro de carne uratha queimada, cheiro da própria carne, não que os outros não tivessem cheiros, exceção de Cheryl e Bea todos tinham cheiro de sangue, cheiro do sangue deles mesmos, dos machucados que as roupas escondiam.

    O índio se aproxima da mesa e faz menção de se sentar em uma cadeira - Posso? - Ele diz olhando pra dona da casa.

    Na mão esquerda ele carrega um envelope pardo que ele acabou de deixar sobre a mesa, mas não faz menção nenhuma a coisa ainda.
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade
    thendara_selune
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1773
    Reputação : 72

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por thendara_selune Dom Maio 01, 2022 11:30 pm





    Cheryl Blossom



    Elodoth  |  Senhores da Tempestade


    “Ancestrais desejos nômades irrompem,
    enraivecidos pelo cativeiro. A condição
    de fera acorda de novo do seu
    sono brumoso.”

    _______________________________________________________________________







    O olhar do  Ithaeur encontra o dela que se mantinha sem demonstrar nada diante de tudo. Limitou-se a manter-se afastada os observando de um jeito indecifrável e em seu íntimo não sentia pena. O mundo deles é uma serpente devorando a própria cauda em um ciclo de violência, se não estivessem dispostos a quebrar limites morreriam antes que o ano chegasse ao fim. Não é como se Cheryl pudesse impedir que a gibosa fizesse aquilo simplesmente não tinha permissão para se deixar abater ou revelar fraqueza que a tornaria uma presa fácil no momento que precisasse decidir algo que soaria injusto aos olhos dos outros. Uma alcateia compartilha muito mais que a caçada ou sabor pela presa. Ela acaba conhecendo as fraquezas uns dos outros, aprendem se podem ou não confiar e quando a gibosa optou em seguir um caminho diferente mesmo que não fosse sua real intenção causou nela mesma uma cicatriz que criou uma ruptura cheia de sentimentos silenciosos, mas nocivos a longo prazo.  Por isso entendia que Beatrice encontrou um meio de aliviar a culpa e para meia-Lua ajuda-lá  seria estragar aquela dor crua no rosto bonito da gibosa.  

    Quando escutou Serge falando foi sentar-se em uma cadeira e cruzou as pernas longas sem demonstrar nenhuma preocupação. Ver Beatrice fazendo aquilo aquecia sua fé naquela alcateia talvez eles sobrevivam bem mais que um ano. - Ao que parece você sabe mais do que afiar lâminas Serge.- Um sorriso que combinava com os olhos acinzentados que miravam os três. - Vocês têm ainda um assunto pendente, afinal o envelope deve ter algo importante e se não quiserem que eu saiba posso deixá-los sozinhos agora.- Descruzou as pernas apoiando os cotovelos nos joelhos. Cheryl recosta-se na cadeira, passando a mão pelo queixo delicado. Há algo provocativo e desafiador nela quando os olha de novo. Era do tipo que gosta de abrir a pele dos outros como se tivessem um zíper e conseguisse dar uma boa olhada nas reais intenções escondidas em um lugar que os demais ignoram. Imaginou que foi por isso que acabou sendo uma meia-lua. Torcia  que apenas acertos a abraçassem, mas isso era impossível de prever. Era uma coisinha instigante com aqueles olhos impossivelmente cinza-claros, boca adorável e o corpo que ela sabia ser parte de todo o encanto que vinha dela, mas tinha um gênio batizado pelo demônio. Adorava o controle e lidar com os outros era uma tarefa que nem sempre um sorriso ou um dar de ombros resolveria. Urathas são turbulentos por natureza, por isso escutou que os sangue do lobo tem uma função importante que é tentar manter os lobos agarrados a uma âncora terrena.  Eles perderam dois membros muito rápido e ela por sua vez quer trabalhar duro para provar a si mesma o quanto pode ser forte. Falhar não é uma opção que vá aceitar com satisfação e já que Serge parecia ter dado a deixa ela emendou tudo no momento para dizer em um tom neutro. -Minha parte foi feita, a dela é o oferecimento de um pedaço que voltará a crescer então torço que assim seja com as palavras que profere agora com tamanha vontade de mostrar seu arrependimento. Se mantenha firme em seu propósito e alcance junto com sua alcateia o êxito que dignificará as marcas que querem carregar. - Parecia satisfeita com tudo e disparou depois. - Aproveito para dizer que estou sem alcateia e embora Serge tenha dado entender algo  prefiro ouvi-los também. Posso esperar que leiam o envelope ou apenas digam o que pensam agora caso queiram.-  Nem uma gota de ansiedade na voz.


    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5439
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Bravos Dom Maio 08, 2022 2:03 pm




    Serge Senat

    — Está ótimo. Fico agradecido. - Ele diz para Willy, com gratidão e sem subserviência. A chegada de Shiriki é quase um evento de filme b. Serge não deixa de abrir um leve sorriso quando ouviu o barulho do motor. O indígena mantinha uma aura de autoridade em torno dele com todo aquele silêncio. O ithaeur também entendia, ele não gostava muito de falar. — Obrigado por vir. - Diz quando ele entra.

    Cheryl fala. — Devo dizer que, antes de tudo, Encanta-Mortos falhou conosco. Mas nós não falhamos com os Cães Sortudos. É certo que talvez tudo tivesse sido um pouco mais fácil, um pouco menos sofrido. - Ele para um instante e suspira. — O que quero ao chamá-los aqui é dá-los a oportunidade de falarem, se tiverem se sentido ofendidos. Dada a impossibilidade de Circuito-de-Ferro estar aqui, pedi que Caminha-na-Sombra estivesse, porque vejo que ele é capaz de ver longe e fala aquilo que é preciso ser dito. - Ele faz um aceno com a cabeça. — Que os Cães Sortudos possam dizer o que pensam, para que levemos em conta.

    Serge sustenta o olhar em Shiriki, esperando sua palavra.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2780
    Reputação : 140

    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Wordspinner Sex Maio 13, 2022 4:09 am

    Makya vê o indio descendo da moto e sente alívio. Ele era o melhor para estar ali. Ele que também perdeu a luta principal. Razões diferentes? Claro. Mas ele certamente entendia o peso que Bea sentia. Ele perdeu o alvo principal para atacar uma parte... Neutral? Sem avisar ninguém. Teria feito diferença.

    Makya o cumprimenta quando ele entra, do jeito Washoe. Ele ia entender. O irraka não tinha como saber exatamente o que tinha ali dentro. Mas ficou atento ao som quando tocasse a mesa.

    Cheryl: Se quiser pode beber, mas talvez seu amigo tenha razão em algo, mas no meu caso é mera gentileza social e não vejo como algo ruim, mas a escolha é sua.

    "Não nada ruim no silêncio." Ele diz olhando para Cheryl por um instante. "Nem beber também se você tiver no controle." Isso era para Bea, ela não ia ficar embriagada. No máximo guiada pela ansiedade.


    Cheryl: ... ou melhor, Escuta Afiada que buscou.

    Ela era cheia de alfinetes. Dissimulada. Basicamente duas caras. Isso é bom? Ruim? Ela era um elodoth a final. Makya ri enquanto pensa. Um sorriso involuntário que deixa um gosto amargo.

    Cheryl: O senhor pode falar em seguida

    O irraka limpa a garganta como se fosse interromper, mas não diz nada. Simplesmente observa a dona da casa em seu espetaculo. A verdade é que se sentia ignorado, nem honrado ou respeitado, mesmo confiando em Serge para exprassar o que queria.

    Serge: Que os Cães Sortudos possam dizer o que pensam, para que levemos em conta.

    Makya não sabia porque tinha sido ele a vir. Mas tinha gostado disso. Parecia justo. Assim como parecia justo ele falar também.

    "De todo mundo que tava lá cê deve estar mais perto de saber o que ela sente. Foi atrás de outra presa e perdeu o teatro principal, uma presa que no final nem representava perigo imediato." Por mais que agora pudessem ser. Makya queria lembrar o irraka daquilo, assim como queria saber mais sobre o empalado.

    "Bea tem algo a dizer também, tenho certeza." A explicação. A exposição das engrenagens que rolaram ela para longe da luta. Mas para onde?

    Ele olha do irraka para Serge e então para Cheryl. Ela que era a diretora no fim das contas.
    Conteúdo patrocinado


    Sand Valley - Sand Valley Community College Empty Re: Sand Valley - Sand Valley Community College

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Set 25, 2022 8:50 pm