Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 3 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.




 

    Ato lll: Despertar na Umbra

    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Qua Abr 06, 2022 1:29 pm

    Ato lll: Despertar na Umbra 06304dbe-7d7c-39c0-ba31-a29112f56663

    Os dois casais eram espelhos dentro de espelhos...

    Como duplas se encarando mutuamente...

    Alice ouviu da voz da mulher do outro lado que ela iria despertar.

    Do lado de Jana, Gendau parecia querer rosnar para o homem que protegia Alice.

    E Alice sentiu como se pudesse manipular todas aquelas névoas com suas mãos...
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Qua Abr 06, 2022 4:55 pm

    Alice se espantou com o grito.
    Olhou para o homem que estava com ela, tentando perceber no rosto dele se ele entendia aquilo...

    "- Despertar..." - Pensou.

    Parecia ser instintivo para ela dissipar aquela névoa, agitando os braços, em uma tentativa de ver melhor aquelas figuras adiante.
    Percebia que uma delas era uma mulher, mas quem seria o outro?

    "- Devemos ir até lá...?" - Perguntou ela baixinho para Gonzales.
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 193
    Reputação : 8

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Zireael Qua Abr 06, 2022 10:45 pm

    Depois de gritar, Jana olha Gendou. Notou a mudança de expressão e postura do amigo.

    “Não temos tempo pra isso!” Ela pensou. Sabia que o amigo queria protege-los, mas não sabia quanto tempo havia se passado enquanto estavam dentro daquele lugar estranho.

    - Gendou.... – ela sussurrou. Os olhos foram para o lobisomem e depois para o homem que pegava a dianteira.

    - Se algo acontecer, nós dois vamos ter que nos virar.

    Queria passar tranquilidade ao rapaz, mas não sabia muito bem como fazê-lo, naquela situação. Esperava que ele entendesse que, o que quer que acontecesse, estariam juntos nessa.

    - Eeeerr... – falava ainda para Gendou. – Confia em mim. Eu acho que vai dar bom.

    E ela voltou a gritar em direção à figura.

    - Não vamos fazer mal! Eu tenho um recado!

    Jana parou por um segundo. Pensou se aquilo seria o certo a fazer. Ela engoliu em seco e olhou Gendou. Depois, voltou a olhar na direção do outro casal.

    - Um homem vai queimar uma sinagoga! Um tal de Escorpião! Eu.. Nós, a gente, sei lá! Temos que fazer algo!

    Jana pensava nas palavras. Tudo parecia completamente sem sentido.

    - Eu sei quem você é! Eu te vi! Confie em mim! Era nosso destino nos encontrarmos!

    Tentava desesperadamente saber o nome da mulher que via na frente. Tentava recobrar todos os encantamentos e palavras e planetas que pudessem ajudá-la a descobrir essa informação. Sentia que a informação estava perto, arranhando seu cérebro.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Qui Abr 07, 2022 12:07 pm

    Alice sentia que estava dormindo, e como se o corpo queria acordar e ficasse paralisado em um sonho.
    Gonzales ainda se mantinha a frente dela, mesmo depois dela perguntar se era seguro se aproximar ele apenas se mantém parado.

    Então Jana tomou a iniciativa de andar na direção deles.

    —Aquele homem é um psicopata assassino. Gerou comentava quase rosnando ,aquela expressão irritada era um contraste com a postura sempre jocosa apesar de um olhar sério que Gerdou sempre demonstrava. Mas em seguida ele sorria como fazia a maior parte do tempo apenas para as pessoas próximas, mas ainda mantendo um olhar intimador... A Eutanatos pensa que talvez ele imaginasse o tipo de violência que poderia usar contra o agressor.

    Quando o nome do Escorpião foi pronunciado, a expressão agressiva de Gonzales se desmanchou.

    Ele se mostrou visivelmente assustado, nesse mesmo tom de medo ele respondeu.

    —Certo, mas mantenha seu amigo longe da gente, tudo bem? Não queremos problemas.

    —Cuidado, Jana. Eu conheço esse sujeito! Não chegue muito perto.

    Mas muito mais sinistro do que ter atraído a presença dos dois até próximo dela, é que Jana nota por entre as brumas que espíritos de toda parte falavam com Alice, não só frequentemente a garota os via, como esses espíritos guiaram esse encontro.

    Esses seres flutuavam e cintilavam mais próximos e conforme a mágika de Jana tentava entender o passado da garota com quem queria falar, a imagem residual de uma mulher que sussurrou histórias entre as brumas apareceu.

    Os espíritos então contaram por meio de imagens e sons a história de uma mulher, cujo apelido era Lisa...

    A jovem nasceu e cresceu em Belavista, e se tornou uma moça alegre e comunicativa. Seus pais são proprietários do pequeno restaurante e lanchonete beira-mar, chamado Roasts n` Toasts , onde passou a trabalhar desde o início da adolescência, conhecendo desde então um bom número de pessoas. Algumas vezes já foi repreendia pela mãe por gostar demais de conversar com os clientes, e por ser curiosa demais sobre a vida alheia.

    Está perto de concluir a 12 graduação no colégio, de onde possui a maioria dos seus amigos. Sempre foi daqueles jovens de cidade pequena que sonham em conquistar a cidade grande… e em curto prazo, seu objetivo é cursar moda na universidade de Alberta. Para quem a conhece melhor, sabe que tem um talento inegável… Além de já ser uma excelente costureira, costuma desenhar as próprias roupas com muita desenvoltura. É organizada e tem poupado os seus ganhos para isso, oferecendo seus serviços aqui e acolá para algumas clientes interessadas.

    Recentemente começou a sair com Rémy Tremblay, um jovem de 19 anos, e filho do dono dos supermercados locais. Conheceram-se no restaurante dos pais e logo descobriram suas afinidades. Estavam se conhecendo melhor e saindo a quase três semanas…


    Combinaram de se encontrar após os pais de Lisa dormirem. Ela fugiu pela janela do quarto e entrou no carro de Rémy, para então seguirem rumo ao mirante, para ver o mar e as estrelas. Ela um lugar desconhecido pelos turistas, conhecido apenas por aqueles que passaram a vida inteira na cidade… Era tranquilo e bonito.

    Conversaram sobre muitas coisas… Filmes, séries, música… Era uma noite de céu limpo e bem iluminada, mas bastante fria. Rémy a abraçou e decidiram entrar no carro e ligar o aquecedor.

    Logo começaram a se beijar com cada vez mais intensidade, até ficarem pouco cientes do que acontecia ao seu redor. De repente foram sobressaltados por um barulho muito alto, como se algo tivesse batido no carro. Entreolharam-se com o susto, e Rémy olhou ao redor. Quando ele abriu a janela para olhar para fora, foi arrancado de dentro do carro. Lisa gritou ao ver a silhueta de algo que não conseguia descrever, e que pareceu arrancar um pedaço do namorado, com uma mordida.

    Em pânico ligou o carro e acelerou como louca. Chorando, viu que estava sendo seguida pelo que quer que fosse… Acelerou ainda mais, sem olhar novamente pelo retrovisor. Continuou a correr ao chegar no perímetro urbano, até perder o controle do carro e bater em um semáforo.

    Elisabeth Scott Pelletier era a mãe de Alice Pelettier Howlet...

    Alice, a garota diante dela que só agora ouvia a resposta do homem misterioso que a tirou de seu alojamento naquela noite estranha que parecia ser uma continuação de uma noite anterior.

    Alice apenas lembrava-se das chamas que viu enquanto Jana comentava sobre incêndio, assim como escutou os sussurros dos espíritos em tons maliciosos falando nos ouvidos da jovem Janaína Corvo.
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Qui Abr 07, 2022 2:42 pm

    Alice sentia-se com os pensamentos vivos, mas entorpecida ao mesmo tempo...
    Ainda que estivesse com medo do lugar e dos vultos, sentiu-se compelida a caminhar até a silhueta à sua frente.
    Caminhou na direção dela, passando por Gonzales e levando-o consigo pela mão.

    Via os vultos agitados, e os observava com curiosidade... Já tinha visto aquilo... Será?
    A dormência reduzia seus receios e a fez caminhar com mais firmeza até o vulto feminino.
    Aproximou-se até conseguir vê-la melhor...
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 193
    Reputação : 8

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Zireael Qui Abr 07, 2022 9:45 pm

    Jana observava as sutis mudanças na expressão de seu amigo. Ela sabia que Gendou escondia algum tipo de predador, mas nunca vira o rapaz demonstrar esse tipo de ameaça. Era algo um tanto assustador. Ela agradeceu por ele estar do lado dela.

    O homem à frente deles respondia e Gendou logo trocava comentários com Janaína. Ela olhou novamente o rosto do amigo.

    - É doideira, eu sei. Mas se ele for mesmo um doido, temos que tirar a menina de lá, né?

    Nem Jana acreditava no que dizia. Por que queria tanto ajudar uma pessoa que nem conhecia? Talvez fosse porque ela sentia que ambas tinham destinos conectados. Talvez fosse só bobeira da cabeça dela. Ou talvez sentia-se conectada por ter visto a jovem na bola de cristal.

    Ela gritou mais uma vez:

    - Ele só vai fazer mal, se você nos fizer mal. – respondia ao homem junto da figura feminina que estava a sua frente.



    A Eutanato arregalou os olhos quando viu a história que se desenrolava como um filme diante de seus olhos. Tudo parecia ter sido mostrado em poucos segundos, em uma sessão particular para Janaína. Pareceu se desconectar de tudo e quando voltou a si, balançou a cabeça em negativo, tentando retomar o controle.

    - Eu.... – ela disse baixinho a Gendou. – Eu sei quem ela é!

    Como um reflexo de Alice, Jana tomou a frente e deu uma das mãos à Gendou. A outra, esticou na direção de Alice. Ficou parada, esperando Alice se aproximar.

    - Você é Alice Pelettier Howlet! Filha de Elisabeth Scott Pelettier e Rémy Tremblay! – A voz de Jana ecoava como trovão no meio das brumas.

    - Eu.... Eu vi você, Alice. Em uma bola de cristal! Eu sabia que iria te encontrar! Vamos sair daqui juntas!

    Jana ficou confusa. As palavras apenas saíam de sua boca.

    - Eu também sei que o Escorpião vai queimar muita gente! Por favor, vamos ajudar também essa galera! Não temos tempo!

    Já Gendou pôde sentir que Jana apertara sua mão de leve, dizendo baixinho:

    -Gendou, fica esperto.

    Referia-se ao homem que estava junto com Alice.

    - Qualquer coisa, nós arrancamos a cara dele no tapa. – deu um meio sorriso típico de quando estava nervosa e amedrontada.

    Mantinha a mão esticada para Alice.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Sab Abr 09, 2022 7:43 am

    Gonzales deixou que as duas se juntassem, o mesmo fez Gendou.

    Mas o olhar dos dois era fixo um no outro, fitando-se mutuamente como se por alguma razão fossem se matar.

    O nome de Rémy Tremblay não era conhecido por Alice, mas isso não parecia lhe importar, havia naquela mulher um conhecimento secreto que parecia guia-la perfeitamente e se conectar de forma que ela mesmo não queria evitar e se dispunha mesmo que sabia...

    —Esse homem com você matou um grupo de estudantes em uma praia no Rio de Janeiro...

    —Esta se informando demais pela televisão e por sensacionalistas, "homem-fera"

    —Vai negar que alguns anos antes em 2013 você e seus amigos estavam vandalizando prédios na capital de São Paulo e Nova York, assim como vieram a invadir bolsas de valores das duas cidades...?

    —Isso eu já não penso que seja algo ruim e nem você pensa pelo que sei...

    Quando a mão das duas se tocam, Alice sente como se tivesse acordado de um sonho e na mesma hora , literalmente depois de um piscar de olhos elas percebem que há nas brumas, ao redor de Jana uma série de seres translúcidos que parecem não ter corpo físico e serem feitos de alguma matéria mais sutil até que a névoa.

    Eles riem e tentam se aproximar do peito de Jana, elas veem que há vários desses rodando Gonzales e Genrou, como que os irritando de propósito... E que Jana parecia ser o próximo alvo deles.

    Eram formas sinistras e parcialmente sombrias, seus dedos finos brancos como marfim tentavam avançar na direção da Eutanatos como se fosse arrancar seu coração do peito.


    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Seg Abr 11, 2022 2:48 pm

    Uma euforia percorreu seu corpo quando a mulher disse seu nome... e também sabia o nome de sua mãe e... de seu pai...? Seria esse mesmo o nome dele?

    Um turbilhão de pensamentos permeou sua mente, quase causando uma dor de cabeça.
    Bola de cristal? Escorpião?

    "- E-eu tenho tantas perguntas..." - Disse para a mulher, mas quase como se falasse consigo mesma.

    Percebia que Gonzales e o outro homem já se conheciam... ou pior que isso, mas ainda assim não pareciam influenciar naquela conversa.
    Escutava a conversa deles como algo distante, quase como se estivessem distantes.

    Quem era aquela mulher?

    Deu a mão para ela. Precisava saber quem ela era, e como ela sabia sobre sua vida.
    Ela era real, ou um espírito? Não conseguia diferenciar... Mas sentiu sua mão, e então uma sensação de acordar de um estado de sonolência.

    Percebeu então os vultos... entidades... Assustou-se de repente.
    Alice interpôs-se na frente da mulher, tentanso espantar aquilo que se aproximava.

    "- Afastem-se!" - Gritou, nervosa.
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 193
    Reputação : 8

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Zireael Seg Abr 11, 2022 9:47 pm

    Jana ouve Gendou e o outro homem discutindo, mas era estranho. Ela mantinha sua atenção em Alice. Não sabia dizer o porquê a moça chamava tanto sua atenção. Talvez fosse por ter visto ela na bola de cristal e sentia que seus destinos estavam entrelaçados. Talvez fosse porque, de verdade, Jana poderia fazer algo real por alguém. Não só pequenos encantos que mudavam a sorte. Aquilo a lembrou de sua família. E a emocionou.

    - Eu vou te dizer tudo que eu sei, Alice. Eu juro!

    Jana sente o toque da mão de Alice e sorri. Alice viu que Jana abrira um grande sorriso e estava pronta para dizer alguma coisa, mas ambas pareciam ter acordado para o fato de que os espíritos jocosos rodeavam ambas, mais precisamente Jana.

    Jana soltou a mão de Gendou e levou a mão até seu próprio peito. Ela encurvou o tronco e Alice pôde sentir que a moça apertara mais forte sua mão. Ouvia Alice gritar e a viu entrar corajosamente na sua frente. Jana tentou respirar mais forte. Sentia sua psique quase sendo invadida. Seus sentimentos e pensamentos sendo roubados e brincados.

    -GENDOU!! - gritou em tom de socorro ao amigo.

    - Se controla, por favor! – seu tom era ainda de alguém que estava com medo e dor, mas seu pedido não era uma ordem, era como se tentasse acalmá-lo.

    -Nos tire daqui! Nos leve para a cidade que esqueci o nome! Para onde o Escorpião vai atacar! Eu...

    Jana sentia as pernas ficarem mais fracas e sua calma aos poucos ir embora:

    -Não vou aguentar muito! E eu... - Jana sentia as lágrimas vindo. - Eu não sei o que fazer....
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Ter Abr 12, 2022 11:04 am

    O grito de Alice ecoou de forma a afastar os espíritos um tempo como um trovão dispersa uma neblina.

    Os três tiveram de cobrir seus ouvidos diante do estrondo, e os espíritos começavam a se afastar...
    Eram fantasmas...

    Alice viu uma que parecia ser próxima de Gonzales e que riu enquanto os demais se afastavam

    Ato lll: Despertar na Umbra Carina
    Uma oriental, de cabelos castanhos, olhos castanhos, pele clara.
    Ela parecia bastante extrovertida e comunicativa...
    Bastante risonha.

    Gendou salta na garganta fantasmagórica dela com garras afiadas, enquanto Gonzales tenta proteger a fantasma oriental.
    Os seres tentavam voltar, conforme os dois se afastavam do grupo tudo ficava assustador, porque ambos eram os guias das jovens.

    Alice parecia saber o que fazer, seus sentidos ficavam inundados de possibilidades e de formas de moldar o que lhe cercava.
    Porém tinha pouca noção do que esta acontecendo.

    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Qua Abr 13, 2022 2:48 pm

    Estava preocupada, a mulher não parecia bem...
    Entendeu então que estavam rodeados de espíritos... e sentiu uma sensação estranha de familiaridade...
    Viu todos eles reagirem ao seu grito, mas dentre eles uma permaneceu... ela tinha formas mais definidas... parecia diferente.
    Não entendia bem porque ela era diferente, apenas sabia.

    "- ESPERE!! Ela precisa de você!" - Gritou ela para o homem que atacava o espírito, tentando chamá-lo de volta.
    "- Gonzales, você sabe o que ela quer?" - Perguntou eufórica, mas no fundo acreditava que ela apenas o acompanhava, talvez como uma guia... Ao mesmo tempo, tentava manter as entidades afastadas de Jana.

    Abaixou-se um pouco para ver o rosto dela. "- Você está bem?"
    "- Fique comigo... eu não sei o que fazer..."
    - Disse com tom preocupado na voz.

    Sentia que poderia ajudar, fazer algo... mas ao mesmo tempo não entendia como, porque nada daquilo fazia sentido...
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Qui Abr 14, 2022 10:39 am

    Gonzales e Gendou começavam a se engalfinhar, Alice se surpreende quando aquele rapaz branco como uma lebre que de alguma forma ela sentia que foi quem a guiou até aqui, começava a crescer de tamanho, seu jeito debochado e cínico não sumia enquanto em suas mãos enormes garras começavam a aparecer.

    Eles ficavam distantes de Alice, cercando Jana que tremia ansiosa... Era visível que a Eutanatos estava tensa e suando em febre, as entidades começam a retornar, ofendendo e xingando a garota com todo tipo de comentários depreciativos até confusos... Porém não ousavam se aproximar delas, em compensação pareciam rodear Gendou como um redemoinho de fumaça esbranquiçada.

    Nenhuma delas conseguia, porém tentava alcançar as garotas.

    Debaixo de Gendou, o segurando com suas mãos em seus punhos e prendendo as pernas deles com as suas, Gonzales tentava responder para Alice.

    —Essa garota esta morta...Ela não existe mais! Eu...

    Ele lida com um sujeito muito forte e tem extrema dificuldades em segura-lo, fora as garras, mas demonstra habilidade para isso. Seu agressor avança com unhas afiadas como lâminas e qualquer erro em sua defesa seria fatal.

    Harrys grita de volta para Gonzales, enquanto tenta mover qualquer uma das mãos para rasgar a garganta do homem ao chão.

    —São fantasmas, espíritos e você foi quem a matou! E ao irmão dela e matou mais oito pessoas , confesse, maluquinho! Eu vou arrastar o que sobrar de você daqui pro Asilo em Arkham

    Alice foi uma criança difícil... ela se lembrava que psicológicos a acompanharam porque ela viveu situações em que sabia que a realidade ao seu redor não era suficiente ou sequer relevante. Mas foi essa criatividade que lhe deu uma afinidade com a arte... as criações dela agora lhe ficavam claras!

    Obviamente eram fatores vindos desse lugar aqui.
    Ela estava em três mundos ao mesmo tempo, o material e duas camadas do mundo espiritual, ela sentia isso...
    Sabia agora que haviam espíritos em toda parte e sentia que através de Jana, por alguma estranha ligação... Ela poderia resolver qualquer coisa.

    Ao tocar o braço de Jana ela sentia que poderia mudar os acontecimentos em seguida segundo seu próprio desejo e acelerar e atrasar qualquer coisa ao seu redor, sentia que nada que as envolvia era material e sim feito de uma sustância espiritual que ela poderia moldar como a harmonia de uma música.

    Por um instante, Jana finalmente leu seu próprio passado quando Alice a tocou e sentiu que estava cercada por espíritos perversos há muito tempo e que por alguma razão que ela ainda não sabia esse era um dos motivos de Gerdou ter se tornado amigo dela.

    Quando ele se meteu em dívidas de jogo, aquilo foi um teatro para ela se aproximar dele... Ela era desejada por algum grupo que lhe desconhecido.

    Mas não havia muito tempo para pensar nisso, a Eutanatos estava cercada pelo mal com uma garota que ela sentia que estava ligada a ela gritando por algum conselho.

    E o que as duas novatas com a mágika poderiam fazer diante daquelas sombras fantasmagóricas e aquela briga?
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Qui Abr 14, 2022 2:21 pm

    Alice estava assutada, vendo que a situação se perdia de controle... se tiveram o controle em algum momento...
    Sentia também o assédio dos espíritos sobre Jana, e também sobre Gendou... Agora sabia que ele não era humano... e não importava se aquilo era real ou não... estava mesmo acontecendo.

    Precisava ajudar Gonzales de alguma forma... e Gendou também, que parecia influenciado por todas aquelas presenças.
    Ergueu os braços, traçando um arco, como se aquilo fosse ajudar a afastar todo aquele mal, como um domo, entre elas e os outros dois.

    "- NOS DEIXEM EM PAZ!!!" - Gritou à plenos pulmões.

    Tentou se aproximar deles novamente, com Jana.
    Sentia uma estranha conexão com o tempo, como se ele pudesse ser relativo entre elas e os outros dois... tentou se apressar enquanto os outros se moviam mais devagar.

    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 193
    Reputação : 8

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Zireael Qui Abr 14, 2022 5:06 pm

    Jana sentia o peito arder. Suas pernas pareciam fraquejar e ela usou Alice quase como apoio.

    -Gendou.... – disse baixo enquanto via o metamorfo partir para cima de Gonzales. Não tinha forças para fazer nada.

    Ela ouviu a voz de Alice e os olhos negros de Jana foram até ela.

    - Eu.... Nós precisamos sair daqui.

    Jana fez força para levantar-se e, com certa dificuldade, conseguiu fazê-lo. Ela sorriu para Alice, tentando tranquiliza-la.

    - Eu vou te ajudar. Eu disse que vou.

    Jana respira fundo e consegue finalmente erguer-se. Sua fisionomia não era das melhores. Alice via em seu rosto o cansaço e o medo e...

    Quando Alice tocou em seu braço, os olhos de jana se arregalaram. Jana não sabia direito dizer se era apenas uma sensação ou se realmente via todos os acontecimentos passados diante dela. Via Gendou aproximar-se. Ela sabia seus motivos. Sabia que alguém estava de olho nela, mas....

    Jana balançou a cabeça em negativo e pegou a outra mão de Alice. Segurou ambas firmemente e olhou fundo nos olhos da menina:

    -Eu vou fazer Gendou acalmar-se! Você sabe o que tem que fazer, Alice. Essa força em você está pedindo para sair. Grita pra que você a solte. Deixe fluir! Eu prometo que vai ficar bem.

    Jana abraçou a jovem:

    - Você comanda este lugar. Você esteve sempre em várias realidades. Eu sei que esteve! Eu sei por onde passou! Sei que sofreu por não pertencer a nenhuma delas.

    Jana respirou fundo, cansada:

    - Molde esta como você quiser. Mande-os ir embora, jogue sua força contra eles, mostre seu poder a eles! Mostre que eles não podem mexer com você.

    Jana afastou-se um pouco e olhando para Alice, sorriu:

    -Faz isso e salva a gente desse rolê. Eu prometo que você consegue! Só tome para si o que você já tem: controle.

    E por fim, Jana olhou na direção de Gendou. Sua face tornou-se resoluta.

    -Eu vou ajudar meu amigo. Mas eu estarei próxima!

    Jana soltou as mãos de Alice e correu na direção de Gendou. Ela não sabia muito bem como fazer, mas seguiria os mesmos conselhos que dera à menina: seguiria seus instintos.

    Gendou sentiu Jana abraça-lo – ou melhor, tentar contê-lo. Ele ouvia a voz da Eutanato:

    -Gendou! Isso não é você! São eles que estão fazendo isso! Controle-se! E nos tire daqui! Você nos guiou até aqui! Nos tire daqui!!! Vamos para Arkham e lá... – Jana respirou fundo, cansada. – Lá nós brigamos com esse cara, se precisar! Sabe que eu sempre vou te ajudar!

    E Jana sabia que conseguia controlar chances. Se conseguisse mexer com as probabilidades de Gendou conseguir manter aquela forma... Ela concentrou-se no amigo, ainda segurando-o. Queria que ele voltasse à forma humana e se acalmasse. Lembrou-se da carta da Estrela, que trazia luz e bons augúrios.

    - Confia em mim, cara!

    Ela tentava fazer Gendou reverter ou pelo menos acalmar-se. Ficava também de olho no tal Gonzales. Defenderia seu amigo.




    (Tb tô indo cega na parada huahahaha tomara que dê certo!)
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Ter Abr 19, 2022 9:48 am

    Gendou é cercado por mais fantasmas ao redor dele, rostos em meio a vapores que o circundam, conforme Alice grita para que esses saiam de perto dela.

    Jana segura as mãos da garota, sentindo que é seu destino caminhar ao lado dela.

    Ambas sentiam-se muito mais rápidas do que qualquer coisa ao redor, foi como se a luta dos dois fluísse em câmera lenta.

    Como se tudo fosse planejado previamente e se encaixasse em uma trama bem elaborada e como se a carta certa da Estrela se formasse no ar flutuando por uma fantasma que ria ...

    Ato lll: Despertar na Umbra 85bf077397ae041f7e8ed69391e31e3d
    Por alguma razão, que não sabia, Alice parecia conhecer também Mariana Mallmann... que mordia um dos dedos em uma ansiedade de ver as garras de Gerdon perfurarem a garganta de Gonzales.

    E nisso o metamorfo em câmera lenta ainda tenta alcançar o pescoço de seu opositor mas suas unhas e seu corpo começam a encolher, ele vai sendo transformado novamente em humano... Ainda que a mágika seja confusa sobre a dedicação do talismã.

    —A toalha, Alice... Onde esta sua toalha? Você tinha de bater nele com ela...

    O fantasma de Mariana fala para Alice em um tom extremamente lento, devido à velocidade em que ela e Jana se moviam.

    A transformação surpreendeu Gerdou...

    Agora Gonzales conseguia reverter o movimento e prender o braço do aliado Garou de Jana em uma chave.

    —Nãaooo adiaaantaa tentaar quebrar meu braaaçooo...eleee regggeeenaaa... Admitaaa...Você trouxe ela aqui para que ela abrisse os olhos!

    Dizia Gerdou um pouco mais acelerado em velocidade normal, enquanto Gonzales começava a ser afetado pela magia de lentidão de Alice.

    —Você matou todos eles! Admita! Diga o motivo!

    —Eu...não matei ninguém...eles...eles...

    A estrela brilhava na mão de Mariana, que sorria para Alice.

    —FALE!

    Berrava Gerdou, enquanto os espíritos tentavam chegar perto dele, mas não conseguiam porque a presença de Alice não deixava.

    —Eles viraram monstros...

    dizia Gonzales, enquanto Gerdou tirava o braço do arm lock que se afrochava.

    —Tá, já é um começo...

    Ele se levantava e piscava e fazia positivo para Jana, enquanto Gonzales se recolhia sentando em posição quase fetal.

    —Estou bem... Desculpe ter de surpreender de novo, Jana. Mas esse sujeito matou um grupo de pessoas que virou formores... Pessoas possuídas por espíritos da Wyrm. Claro que pra polícia ele é só um psicopata e ele mesmo acredita nisso. Eu creio que precisaremos dele... Talvez  possamos usa-lo pra nos ajudar.

    Ele falava, agindo como se mais uma vez o que fez fosse mais uma pegadinha arriscada.

    E ao que parece aquele humor estava indo longe demais.

    Alice não entendia bem o que estava acontecendo, mas sabia apenas que era uma médium em um plano espiritual e sentia-se bem ali...

    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Ter Abr 19, 2022 11:16 am

    Alice aceita de bom grado o abraço de Jana, precisando da força dela, e juntas se aproximaram dos outros dois que as acompanhavam.
    Não entendia como tinha acontecido, mas parecia natural o tempo se desdobrando de formas diferentes.
    Estava ao mesmo tempo espantada e entusiasmada em ver os fluxos alternativos...

    Sinalizou para Jana em concordância quando ela pediu para deixar sair o que fosse... e em seguida a soltou quando ela partiu para ajudar Gendou.
    Foi nesse momento que percebeu que havia outro espírito alí... e que tinha algo em sua mão.
    Não soube discernir à principio se era um espirito malicioso, ou se era como a outra que também tinha visto...
    Mas estão ela falou algo... "- Então eles podem falar?" - Pensou consigo.

    Toalha? Ela se lembrou de Gonzales falando algo sobre uma toalha... Ele tinha alguma confusão sobre aquilo.
    Mas porque os espiritos se manifestariam apenas agora...?
    A única resposta que conseguia pensar era ela... ou Jana... ou talvez as duas. Poderiam estar canalizando aqueles espíritos.
    Então aquele era de fato um mundo espiritual... Por algum motivo ela conseguia exercer sua vontade ali... Jana tinha razão.

    Quando Jana conseguiu trazer Gendou de volta à forma humana, Alice percebeu que ele não estava fora dos seus sentidos...
    Ele também estava fazendo Gonzales aceitar algum trauma...
    Alice se agachou perto dele e decidiu que ele deveria saber.

    "- Eu acho que elas estão aqui por você... Uma oriental, e uma loira..." - Disse meio insegura sobre aquilo fazer sentido para ele.
    "- Acho que ela te acompanham, e de alguma forma te guiam..."
    "- Você precisa aceitar que o que aconteceu, aconteceu. Que precisou ser assim, e que precisa seguir em frente."


    Supôs que aquela mulher também estava ali para ajudá-lo... e o que ela segurava... uma estrela...
    Seria como um sol? Talvez aquilo pudesse iluminar aquelas névoas e afastar o que os rondava...

    Olhou para Jana e Gendou... Imaginou a luz crescendo e ofuscando seus olhos... Esperava ver o mundo real quando abrisse seus olhos novamente.
    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 193
    Reputação : 8

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Zireael Ter Abr 19, 2022 9:57 pm

    Jana tentava encarar a espírito que possuía a Estrela.

    “Isso fui eu quem fiz?”

    Estava tão confusa quando Alice enquanto tentava segurar Gendou. Ela sentia que o jovem aos poucos revertia sua forma.

    Ouvia Gendou e Gonzales. Parecia que Gendou sabia bastante sobre Gonzales. Será que encontra-lo também era parte de seu plano?

    De qualquer forma, a já cansada Jana foi aos poucos soltando Gendou de seu abraço. Ela olhava o lobisomem e tentava assimilar o que ele falava:

    - Formores...?

    Ouviu algo sobre “Gonzales ser útil”.

    De olhos semiabertos, Jana olhou o espírito que segurava sua Estrela e depois olhou Alice. Engoliu em seco, fraca. Viu a jovem aproximar-se de Gonzales e conversar com ele.

    - Gendou.

    Ela ergueu os olhos negros para o rapaz branco como uma lebre.

    -Agora, nos tire daqui.

    Ela olhou Alice:

    - Ou talvez, ela saiba fazer isso.

    Jana suspirou de novo, sentia-se melhor graças ao trabalho de Alice, mas sentia que era hora de partir.

    Jana olhou Alice e reparou que a mesma olhava a fantasma que tinha a Estrela em suas mãos. Jana disse em voz baixa, para Alice:

    - Ela segura a Estrela. É uma carta de esperança e fé renovada.

    Jana pareceu incerta.

    -Mas não sei porque está com ela.

    Novamente, seus olhos foram para Alice e Gendou:

    - Vamos dar o fora daqui.

    E estendeu a mão a Alice.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5036
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Claude Speedy Qua Abr 20, 2022 12:19 pm

    —Formores são pessoas possuídas por espíritos da Wyrm corruptora...Ele não tinha como saber o que era isso e nem por onde andaram... Ou os traumas que sofreu nesse meio tempo.

    Conforme Mariana ria desaparecia lentamente se tornando parte da serração pesada em brumas brancas que cegavam tudo ao redor, a carta cai da mão dela flutuando lentamente até alcançar o chão.

    Alice pergunta sobre a oriental e da loira, Gonzales a indicando com a cabeça comentava.

    —A oriental era Carina Bertran... era ainda vestibulando, era irmã de Guilherme Bertran... Já a Mariana Mallmann era quase jornalista... Mas haviam tantos outros... André Silva...ele era pacifico demais quando olhou pro mar...

    Gendou tirava a poeira das mãos e olhava aqueles espíritos circundarem os quatro sempre temendo se aproximar de Alice, mas era visível que estavam desejando avidamente alcançar Jana. Ele sorria e procurava uma direção no meio daquilo tudo.

    —Mas haviam tantos... Adan, Fernanda, Larissa, Luã, Luigi... Esse lugar onde estamos é uma fraude. Estou preso aqui com vocês... Maraiza...

    Ele se encolhia de novo e comentava...

    — Marcus, Mina Harker, o seu Múcio, David estava armado... eu lembro que tudo começou ali...

    O metamorfo interveio.

    —Meninas, ele vai ficar balbuciando isso por um tempo, melhor levarmos ele naquela direção... Onde podemos chegar perto do porto e da Sinagoga de Myscatonic antes que essa seja incendiada. Me ajudem a levanta-lo para que possamos seguir e se algum espírito se aproximar, deixo-os comigo...

    Mas ninguém precisou toca-lo, Jana já pegava na mão de Gerdou e Gonzales ouvia as palavras de Alice quando essa fechou seus olhos segura ao toque da Eutanatos e ao abri-los novamente, todos viam já estar perto da sinagoga para Gerdou ainda pretendia ir.

    Os quatro estavam em um bairro acima do rio, Alice já esteve por aqui.

    E a sinagoga já estava quase em cinzas.


    Zireael
    Cavaleiro Jedi
    Zireael
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 193
    Reputação : 8

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Zireael Seg Abr 25, 2022 9:49 pm

    Jana ouvia a explicação de Gendou, mas a voz do rapaz estava distante. A moça olhava em volta, percebendo que os espíritos queriam desesperadamente chegar até ela. Jana encolheu-se ao lado de Gendou e aproximou-se também de Alice.

    Entretanto, antes, foi até onde Mariana havia sumido e pegou a carta e a observou.

    “Fui eu mesmo..? Que trouxe isso?”

    Jana observava a carta, perplexa. Não sabia como aquilo poderia ter acontecido. Guardou a mesma e então foi até mais próximo de Alice. Não havia saído de perto dela, já que a mesma parecia afastar os fantasmas, ou seja lá o que eram.

    Ela deixou que Gendou falasse e concordou com a cabeça. Jana tocou em Alice e quando deu-se por si, estavam em uma paisagem diferente.

    -O que...?

    Ainda segurando Gendou e Alice, Jana arregalou os olhos ao ver a sinagoga. Engoliu em seco enquanto algumas chamas refletiam em seus olhos negros.

    -Nós....Chegamos tarde demais??

    Olhou Gendou, Alice e um Gonzales caído. Jana pareceu prender a respiração, frustrada.

    -Temos que fazer alguma coisa!

    E a mulher puxou Gendou e Alice na direção da sinagoga, para ver o que poderia fazer. Talvez pudesse ajudar alguém, ou achar o tal Escorpião
    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 657
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por nahna Qua Abr 27, 2022 9:24 am

    Chegou a ver Jana com a carta de estrela na mão. Era dela?
    Precisava entender o que era tudo aquilo... e tinha esperanças que ela pudesse exclarecer.
    Mas logo tudo foi sumindo em uma grande claridade...

    Alice abriu os olhos e foi acostumando a vista...
    Reconheceu o lugar... já tinha passado por ali antes, mas a sinagoga estava acabada, e isso parecia ter frustrado bastante Jana.
    O que significava aquilo para ela?

    "- Tarde...? O que aconteceu?" - Perguntou, sem idéia sobre o significado daquilo.

    Jana teve a intenção de ir até lá com ela e Gendou, mas Alice viu Gonzales caído e preocupou-se com ele.
    Correu até onde ele estava, e se agachou.

    "- Gonzales... Você está bem?" - Perguntou, preocupada.
    "- Consegue ficar de pé?" - Fez menção de ajudá-lo, caso ele se mostrasse consciente o bastante.
    Conteúdo patrocinado


    Ato lll: Despertar na Umbra Empty Re: Ato lll: Despertar na Umbra

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Maio 24, 2022 5:48 pm