Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Preço

    Compartilhe
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1587
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Gakky em Qui Jun 01, 2017 7:53 pm

    Carmen franze as sobrancelhas ao ouvir sobre a fama do local indicado por King. Depois suspira entediada. Mas logo em seguida King faz menção sobre ela ser policial. Carmen não sabe se a garota vodu sabe realmente sua identidade ou se estava apenas brincando, então não demonstra nenhuma reação quanto esse comentário. Porém responde:

    - E eu acho que você tem grande probabilidade de ter fritado sua cabeça de tanto se drogar...

    Então a garota começa a agir de maneira diferente, era difícil lhe dar com essa gente, percebia Carmen. Mas dá o cilindro para garota, arremessa na direção das mãos dela. Quando vê a garota ir embora, Carmen fala:

    - Como é que é? - Suspira - Que seja...

    Jin se pronunciou, também precisava de ajuda com a perna. Carmen ainda estava pensando no que iriam fazer, quando a asiática se aproximou e começou a falar algumas coisas em voz baixa. "Então sou civilizada demais para esses ratos, não é novidade" - pensou. Mas então sorriu para Jin, piscou com um dos olhos, depois colocou seus óculos espelhados, arrumou seus longos cabelos castanhos para trás. Depois se aproximou mais de Jin e respondeu em voz baixa com um sorriso meio psicopata:

    - Ha! Que interessante, mas não existe gente como eu. Não sou o que diz, só não tô afim de agir como um animal descerebrado. Além disso, eles é que deveriam me temer. Vamos continuar profissionais, ok? Cada um cuida do que é teu. Pelo menos não está surtada como a outra ali...

    Carmen solta um riso divertido, que acaba sendo um pouco sedutor, não de proposito. Esperava que Jin não revelasse sua identidade, mas não ia ficar preocupada por isso. Ela era uma mulher forte e não costumava demonstrar fraqueza. Mas era verdade que estava irritada com esses ratos abelhudos. Só porque era mais inteligente que os outros, estavam lhe julgando. Eram mesmo repulsivos, e sabiam disso, porque nem davam valor as próprias vidas, como a King. Ela se olha no retrovisor da moto para ver se o cabelo estava bom, depois diz sua ideia:

    - Bom, parece que a garota vodu precisa de um tempo sozinha, e nós precisamos tirar esses cilindros. O.. Tigre, ou Sonic? Foi como aquela garota te chamou... Que seja, vai nos levar até o médico? Eu sugiro irmos os três, você toma conta do caminhão enquanto eu e a Jin resolvemos nossas paradas. Depois você vai e nós tomamos conta da lata velha.
    Zer0
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 255
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Zer0 em Seg Jun 05, 2017 11:31 am

    Depois da breve conversa, o grupo decidiu se dividir por um tempo. Enquanto Sonic, Jin e Carmem iriam para a Clínica Geral Winston tratar de seus ferimentos e tentar retirar os cilindros que ainda parasitavam seus pescoços. Enquanto isso, King decidiu rumar sozinha para o autoexplicativo DROGAS! DROGAS! DROGAS!, a garota sabia extrair informações de qualquer um e talvez aquele ponto de venda fosse o lugar ideal. 
     
    ... 
     
    Jin, Sonic, Carmen 
     
    A motocicleta abria caminho para o pesado caminhão, muitas vezes tendo que andar muito devagar graças aos pedestres que circulavam no meio das ruas. O ambiente provocava uma dicotomia de sentimentos que parecia impossível, ao mesmo tempo que era ameaçador circular no meio de tantas pessoas de moral duvidosa, havia uma hospitalidade entre os criminosos que passava uma sensação estranha e frágil de segurança. 
     
    Ao chegar na localização indicada, encontraram uma escada estreita que levava aos andares de cima. Um letreiro digital alternava a palavra "Clínica" em inglês, japonês e espanhol. A tabuleta ao lado mostrava preços e promoções, pelo visto estava valendo a pena comprar uma perna nova, se não se importasse com a procedência. 
     
    Estacionaram os veículos sem maiores problemas e se preparavam para desembarcar quando um homem caiu rolando nas escadas. Tinha uma expressão de medo no rosto e, com as costas no chão, começou a rastejar para longe da clínica. 
     
    Porém outro sujeito, grisalho, barbudo e furioso surgiu no topo dos degraus com uma pistola em uma mão e sacudindo um braço mecânico na outra. Gritou: 
     
    -Você acha que eu não sei de quem é esse braço? É do Johny! É muita audácia sua tentar vender ele justamente aqui! 
     
    O homem no chão ergueu uma mão e começou a balbuciar desesperado: 
     
    -Não, não, não é o que parece, o Johny tá bem, ele... 
     
    Então dois tiros foram disparados da pistola pesada, abrindo buracos no crânio, agora sem vida, do rapaz. 
     
    O grisalho grunhiu com desprezo e voltou para dentro da clínica. 
     
    ... 

    Homem grisalho:

    Porta da clínica:
     
    F.King 
     
    Não existia uma loja chamada DROGAS!, A DROGAS! Era uma praça de tamanho mediano com seis barracas e vendedores diferentes. Todos químicos, vendedores e seguranças que operavam no local eram contratados pelo traficante Roy Rolex, que ficava com todo o lucro após o pagamento dos funcionários. 
     
    Dizia-se que Roy era um traficante diferente do comum, ele se importava MUITO com a sua clientela, afinal, um corpo morto não consome. Muita gente com problemas vinha conversar com o dono do ponto, que se estivesse de bom humor fazia o possível para ajudar. Alguns falavam até que, antes de comprar uma droga pesada, Roy te obrigava a responder umas perguntas para ter certeza que não ia se matar de overdose. 
     
    King caminhou por entre os consumidores, se sentindo a vontade quando encontrou o tal traficante, que demonstrou interesse na nova cliente, dizendo: 
     
    -Ora, ora. Acho que nunca te vi por aqui. Posso te ajudar de alguma forma?

    Roy:
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1587
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Gakky em Ter Jun 06, 2017 9:48 pm

    Carmen sabia que estava em um ambiente perigoso, nunca tinha ido em lugar assim, onde criminosos pudessem andar livremente. Isso lhe dava raiva, por ela, eles deveriam estar na prisão, todos bem vigiados e pagando pelos seus crimes. Ela estaciona sua moto e sai desmonta do veículo arrumando os longos cabelos para trás, pois algumas vezes, lhe caiam mexas no rosto. Então eles veem uma cena de briga. Carmen franze as sobrancelhas quando um deles é morto. "Animais" - Pensou - "Não, animais são melhores, eles estão mais para insetos".

    - É ele o nosso médico? - Perguntou a Soninc e a Jin, depois fez um sorriso de doida e disse - Sonic, aceita ser o primeiro a operar? Por cortesia? 

    Depois ela dirige a palavra a Jin:

    - Já esteve aqui antes?

    Então ela sobe as escadas e bate na porta da clínica. Estava com vontade de lanchar alguma coisa, mas neste lugar, com certeza poderia ter uma infecção.
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 758
    Reputação : 18
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Jun 07, 2017 12:00 pm

    Bytch chega naquela praça que ela conhece muito bem, tanto que não se importou de carregar aqueles corpos decapitados pelo local. Conhecia muito bem o Roy, mesmo que ele não lembrasse muito bem de todos os clientes que passavam por ali. Eram muitos. Prontamente respondeu a ele.

    - Há quanto tempo, Roy. Não se importe em lembrar de mim, o importante agora é você lembrar sobre esses amiguinhos que trouxe comigo. F.king põe os corpos na frente do traficante.


    - Preciso de informação sobre a origem desses caras. Fabricante das peças, base de organização, motivo, afiliação, tudo que você puder me dar. Fico lhe devendo um favor... e você sabe que favor nesse mundo vale mais que muito dinheiro, não sabe ?

    Ela fala como se já estivesse bem, mas por dentro não estava. Tinha pressa em achar logo as informações que precisava pois teria que voltar para a carga já sabendo o que estava acontecendo por ali.
    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 702
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: O Preço

    Mensagem por isaac-sky em Seg Jun 12, 2017 1:34 am

    Esse não era necessariamente um tipo de lugar que Jin odiasse: Havia uma certa sensação de segurança quando se estava entre criminosos e a escória da cidade. Aqueles que os perseguiam, os policiais ou figurões do submundo, não o fariam nesse tipo de lugar.

    Mas não era um lugar seguro. Tudo e todos podem te matar e nem sempre se precisava de um motivo.

    Ver o homem grisalho atirar em outro por um braço robótico a fez se lembrar de uma noite difícil.

    Spoiler:

    Jin estava debaixo da mesa naquele quarto escuro. Havia se isolado naquela noite e somente queria ouvir seu toca-fitas em paz.

    A pele ao redor do braço mecânico estava irritada, o cybermembro ainda era novo e incomodava muito.

    Quando tentou dar o play acabou não dosando a força do braço robótico e acabou partindo o toca-fitas ao meio.

    Jin aguentou muitas semanas firme, não chorara desde o evento que lhe fez perder o braço. Nunca chorava por nada na verdade.
    Mas naquele momento ela desabou. Começou a chorar e soluçar.

    San a encontrou naquele estado uma hora depois: os olhos vermelhos e o rosto molhado.
    O velho apenas se agachou e sorriu para ela.

    [San]:É um saco né. Os caras veem um braço bonito de metal e te acham o cara. Mas ninguém entende essas merda né? - San entendia Jin, e ela nunca se esqueceu disso.


    -Não, aqui não. Mas esses lugares são todos iguais - respondeu para a policial - [b]Não deixem a Bytch tentar vender nada pra esse cara - disse entrando na clínica com os dois.
    Zer0
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 255
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Zer0 em Seg Jun 12, 2017 12:27 pm

    Jin, Carmem, Sonic
    Assim que Carmem bate na porta, a voz do homem grisalho responde: 
     
    -Está aberta. 
     
    Assim que o grupo entra, percebe-se logo que a clínica tem padrões superiores ao normal em zonas de guerra. Apesar da escadaria apertada, o espaço era razoável, possuindo dois leitos desocupados e um espaço no fundo com uma grande quantidade de equipamentos médicos e mecânicos. 
     
    Um sofá apertado permanecia ao lado da porta com uma pequena mesa na frente onde um aparelho de holograma passava algumas notícias de Evergrow. "As ações da Miltech voltaram a subir graças a "descoberta" de um novo centro minerador; Um grupo de caipiras revoltados se recusa a vender suas terras para a Petrochem e o casamento do Casal Perfeito se aproxima, NÃO PERCAM!" 
     
    O velho estava sentado em uma banqueta ao fundo, ainda segurando o braço mecânico em uma mão e uma garrafa de bebida na outra. Pigarreou, limpou os lábios com as costas da mão e disse: 
     
    -Peço desculpas, acabei de receber uma notícia que me abalou um pouco. Do que vocês precisam? Implantes ou cuidado médico? 
     
    Neste momento, Carmem sente uma leve tontura, náusea e dor de cabeça. Agarra a primeira coisa que consegue alcançar e consegue permanecer de pé enquanto a visão embaçava. Jim sente seu coração palpitar um pouco, nada além disso. Sonic, por sua vez, desaba de cara no chão. Sem reação nenhuma. 
     
    -Eita porr*! Parece que temos nossa resposta. 
     
    O homem se levanta, parecendo maior do que antes, e rapidamente consegue levantar o solo e colocar no leito que parecia mais limpo. Respira fundo e então confessa: 
     
    -Eu não sou o médico, meu parceiro é. Eu sou o cara que cuida dos implantes, um mecânico sabe? Vocês não precisam se preocupar, daqui a pouco ele chega. Na verdade, está um pouco atrasado... O que diabo tá acontecendo com vocês? 
     
    [...] 

    F. King 

    Roy levanta as sobrancelhas, surpreso. 
     
    -Você veio arrastando esses corpos até aqui? Bem, no mínimo é determinada. 
     
    Ele dá mais uma tragada em seu cigarro barato e analisa os corpos silenciosamente. Anda com suas botas pesada pra lá e pra cá, perdido em seus pensamentos, então para o olhar em King e a observa de cima abaixo. Já fazia algum tempo e nenhuma resposta, aquilo começava a irritar a garota quando Roy finalmente se pronuncia. 
     
    -Informação por informação. A Carbon está querendo se meter nos meus negócios, eu queria mostrar pra eles o que não estou de brincadeira. Um parceiro meu está no Rockabilly bar tentando achar a pessoa ideal para o serviço, converse com ele. Procure pelo cara com guelras e dente de tubarão. Assim que terminar a sua parte, eu te entrego o resultado da pesquisa, combinado? Agora, para celebrar essa união, que tal uma dose de Sintecoca? É por conta da casa. 

    Sintecoca:
    A segunda geração e o substituto sintético da cocaína. Como no original. os efeitos secundários são horríveis: paranóia. dependência psicológica. etc.
     
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 758
    Reputação : 18
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Nimaru Souske em Seg Jun 12, 2017 1:10 pm

    - Na verdade eles andaram metade do caminho e cansaram, ai decidi ajudar carregando eles. Pisca levemente o olho direito enquanto respondeu seu comentário.

    F.King Bytch não era uma garota que gostava de esperar, mas naquele momento estava dependendo daquele homem. A espera chegou até a consumir os últimos resquícios de paciência que ela tinha, mas quando estava prestes a explodir, o homem falou. King sorriu. Ele tinha entendido que tipo de negociação aquela mulher era especialista.

    - Agora estamos falando a mesma língua amigo. To partindo agora, acho que não será difícil achar seu peixinho por lá... então vou indo.Sorri com simpatia, parecia realmente gostar de fazer o que estava fazendo. Parecia outra pessoa.

    Mas antes de se distância, recebeu um convite qual lhe fizera refletir por alguns milésimos de segundo.

    " Porque esses merdas procuram tanto prazer instantâneo ? Se causam dor só pra se sentir bem quando passar... " Pensou enquanto virou o rosto para olhar para Roy e balançou levemente a cabeça em negativa.

    - Prefiro firmar uma parceria quando cumpro meus serviços, parceiro. Talvez na volta eu aceite. Agora cuide bem nos meus bebês e não os perturbe, tão precisando de descanso.

    E assim rumou até o Rockabilly bar.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1587
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Gakky em Ter Jun 13, 2017 10:18 am

    Ao entrar na "clínica", Carmen observa tudo ao redor. Era intrigante como gente desse tipo conseguia equipamentos assim. Provavelmente deveriam ser todos roubados, pensou. Ela já ia contar o que queria do homem, quando começou a se sentir mal. Quase cai no chão, mas se agarra no sofá enquanto sente que tudo estava girando. Vê Sonic desabar no chão, mas Jim parecia bem. Ela não consegue ajudar Sonic, só o vê sendo levado para o leito.

    A próxima informação que ouviu do homem a preocupou, botou a mão na boca enjoada. Odiava esperar alguém atrasado, e se ele não viesse? Sua vida estava nas mãos dessas pessoas questionáveis. Parecia até um filme de terror. Carmen abaixa a cabeça tonta, seus cabelos longos descem para frente do seu rosto. Ela levanta a cabeça para encarar aquele homem, embora tivesse várias mexas na frente de seus olhos. Tira os óculos espelhados e diz com o semblante pálido por causa das náuseas:

    - Atrasado?! Maldito, desgraçado...

    Carmen se senta no sofá e coloca a mão no pescoço, onde estava o cilindro, em seguida diz:

    - Aqui, tem um cilindro... Viemos tirar isso... - Aponta meio sem coordenação em direção ao Sonic e completa - Ele também tem um... E ela...
    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 702
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: O Preço

    Mensagem por isaac-sky em Qua Jun 14, 2017 11:42 pm

    Jin assobia ao ver o nível da clínica.

    -Nada mau, nada mau mesmo - já era muito mais limpa da qual a motoqueira implantou seu braço cibernético.

    A nômade nota como o cara poderia ser ligado ao dono daquele braço robótico que tentaram vender.
    "Sei como é velhote"

    E então algo parece afetar os três ao mesmo tempo. Jin somente sente o coração palpitar mas seus amigos estavam bem piores.

    O não-médico consegue colocar Sonic numa maca.
    -Nós fomos atacados e estamos com esses cilindros no corpo. Essa merda deve estar afetando os dois... - Jin complementa a informação de Carmen e estende o cilindro para o homem.

    A motoqueira coloca o braço de Carmen sobre si e a coloca sobre outra maca.
    -Aguenta aí Hermana-san - ela se vira para o homem - Agora é tipo a melhor hora dele aparecer, sabe.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Okley em Sab Jun 17, 2017 11:46 am

    Sonic não se importou com os comentários de como faria e sobre o que faria, se importou mais com o caminhão que deu de ombro para as falas, não se sentia bem.

    Foi dirigindo o caminhão até o local seguindo a motocicleta de vez enquanto piscando tentando se recuperar a saúde. Ao chegar na clínica a Carmem faz uma pergunta e respondeu pela metade – Tive já piores..

    Entrando na clinica nem conseguiu reparar no lugar direito, a tontura e começa a cega, sabia que ia desmaiar em poucos minutos, tenta alcançar algum lugar para não cair, mas não deu tempo. Ela tudo que se lembrava de antes do desmaio.
    Claude Speedy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 707
    Reputação : 14

    Re: O Preço

    Mensagem por Claude Speedy em Sab Jun 17, 2017 3:33 pm



    -Ah, droga de trânsito... Só agora consegui uma carona! Acredita, Eduardo? Eduardo? Onde aquele beberrão? Pela Virgem Aparecida!! Que se passa?

    Vejo o sujeito desmaiado na maca, de longe vou tentando já observar o que ele tem e correndo para minha maleta de cirurgia!

    -Contem o que esta acontecendo...?

    Saco rapidamente detectores de drogas da maleta enquanto corro para pegar outras luvas mais leves. Reparo tudo ao redor (Percepção +6) observando quem são os pacientes e acompanhantes que nos fizeram essa visita repentina.


    Rolador de Dados
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 235
    Reputação : 0

    Re: O Preço

    Mensagem por Rolador de Dados em Sab Jun 17, 2017 3:33 pm

    O membro 'Claude Speedy' realizou a seguinte ação: Lançar dados


    'd10' :

    Resultado : 4
    Zer0
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 255
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Zer0 em Sab Jun 17, 2017 8:40 pm

    Jin, Carmem, Sonic, Zargon.

    Assim que o médico entra na sala, o homem grisalho levanta os olhos e diz:

    -Chegou na hora, Zargon! Eles estão falando de... hum... Cilindros, ou algo assim.

    O recém chegado tem seus movimentos quase robotizados por causa de seu treinamento. Coloca suas luvas, tira uma amostra de sangue do Solo e insere no detectador de drogas. O aparelho apita alguns segundos, todos se calam apreensivos até que, no monitor surge a resposta: - Exame Toxicológico Completo: Nenhuma substância encontrada.

    -Isto é uma coisa boa, não é? - Diz Eduardo, tentando soar esperançoso.

    Talvez fosse, mas se não fossem drogas, o que seria que havia causado esse mal estar súbito? Seriam os cilindoros? Mas Jin já não havia removido o cilindro de sua perna?

    Jin, Carmem, Sonic:
    Desculpem, eu odeio quando acabo deixando vocês meio sem terem o que fazer, mas eu realmente não tive opção.  Espero que entendam. :/

    F.King  

    Não demora muito até que King encontre o Rockabilly Bar. O térreo inteiro era reservado para um grande bar clichê antigo que, apesar de não abrir mão de um neon bem localizado, era feito de madeira sintética e tinha as paredes repletas de posteres de bandas antigas e até mesmo alguns do Casal Perfeito. Os 4 andares superiores serviam de quatros para os hospedes.  

    Dois grandes seguranças jogavam conversa fora ao lado da porta e não davam bola para a clientela que entrava e saia.

    O boato que corria sobre o bar era real, se estiver procurando alguém para realizar algum serviço,  coloque uma bala de pistola na mesa, cedo ou tarde alguém vai aparecer.  Não eram poucos os que recorriam a essa técnica. ricaços, fazendeiros, lunáticos... Todos precisavam de alguém para botar a mão na massa.

    A atravessadora ergueu os olhos, em busca do tal homem-tubarão e não foi muito difícil encontrá-lo. Já devia ter tomado algumas latas de Smash e disputava queda de braço com um nômade durão de cabelos compridos e mal cuidados. Seu rosto inchava e suas veias dilatavam, mas por fim ele venceu a disputa e gritou ao seu oponente:

    -Ah há, seu merd*! Passa logo essa grana pra cá!

    O nômade se enfureceu, levantou da mesa e disse enquanto caminhava para saída (e na direção de King):

    -A grana é sua, se tiver coragem de vir pegá-la, Sharkhead.

    [...]

    Todos os Jogadores:
    Já que o caminhão vai ter que ficar algum tempo na oficina, os contratos do Rockabilly vão te dar a oportunidade de explorar as especialidades do seu personagem e ganhar algum tipo de vantagem no processo. Cada jogador vai poder escolher um serviço (e vários podem escolher o mesmo, não é obrigatório se separar)
    Claude Speedy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 707
    Reputação : 14

    Re: O Preço

    Mensagem por Claude Speedy em Dom Jun 18, 2017 12:25 am

    -Meu analisador não mostra nenhum sinal de drogas, mas não quer dizer que não haja algo tóxico neles. Vou primeiro remover esse cilindro dele, alguém mais foi ferido?

    Abro a maleta, retirando os equipamento para cirurgia.

    -Podem ter injetado algo como algum alucinógeno que não existe o registro nos analisadores ou algum veneno. Ideia um pouco sádica essa... Vou remover a peça

    Com isso preparo a anestesia para que ele não acorde enquanto eu retiro o objeto.
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 758
    Reputação : 18
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Nimaru Souske em Dom Jun 18, 2017 1:42 am

    A jovem passara pelos seguranças que pareciam não estar muito interessados em seus próprios deveres e não dá muita bola, mesmo que dentro de si parecia muito satisfeita com aqueles novos ares. Era incrível como a liberdade, mesmo que momentânea, podia refrescar o humor de King de uma maneira inimaginável. Ela puxava o ar com força para dentro dos pulmões e deixava-os escapar lentamente como se tragasse o melhor ar que já tivera experimentado. Dentro do bar, ela procurava seu alvo, mas não deixava de curtir um pouco qualquer que fosse a música tocada. Viu todo aquele acontecimento com o tal homem tubarão e, sentindo a "justiça das ruas" subir sua cabeça, disparou enquanto o homem de cabelos cumpridos passava à sua frente.

    - Então você é o sushi que me mandaram procurar ? Não sabia que sua moral era tão baixa assim cara...

    O alvo de suas palavras era o Sharkhead, mas não pareciam provocações. Era o modo normal que se começava uma conversa no submundo, quando se encontrava alguém tão sujo quanto você.
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 758
    Reputação : 18
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Nimaru Souske em Dom Jun 18, 2017 1:43 am

    A jovem passara pelos seguranças que pareciam não estar muito interessados em seus próprios deveres e não dá muita bola, mesmo que dentro de si parecia muito satisfeita com aqueles novos ares. Era incrível como a liberdade, mesmo que momentânea, podia refrescar o humor de King de uma maneira inimaginável. Ela puxava o ar com força para dentro dos pulmões e deixava-os escapar lentamente como se tragasse o melhor ar que já tivera experimentado. Dentro do bar, ela procurava seu alvo, mas não deixava de curtir um pouco qualquer que fosse a música tocada. Viu todo aquele acontecimento com o tal homem tubarão e, sentindo a "justiça das ruas" subir sua cabeça, disparou enquanto o homem de cabelos cumpridos passava à sua frente.

    - Então você é o sushi que me mandaram procurar ? Não sabia que sua moral era tão baixa assim cara...

    O alvo de suas palavras era o Sharkhead, mas não pareciam provocações. Era o modo normal que se começava uma conversa no submundo, quando se encontrava alguém tão sujo quanto você.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1587
    Reputação : 200
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Gakky em Dom Jun 18, 2017 11:05 pm

    Carmen se sentia ainda mal, mas prestava atenção no que acontecia. Ela aceita a ajuda de Jin para ir até a outra maca, tudo girava. Era revoltante se sentir incapacitada. O homem que chegou e que deveria ser um médico, não parecia confiável, parecia bruto demais para isso. Ela vê de relance o homem se ocupar com Sonic e fazer os exames, cada segundo para ela eram como horas. Ela não aguenta esperar tanto, e sai da maca, cambaleando puxa a camisa de Zargon e diz:

    - Os cilindros... Tire a porcaria dos cilindros.... No pescoço...
    Claude Speedy
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 707
    Reputação : 14

    Re: O Preço

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Jun 20, 2017 12:25 am

    Certo, não são alucinógenos, pode ser um veneno.

    Não sei muito se é algo eletrônico no que o cilindro é causador, mas é fundamental não gerar ferimentos em nenhum ponto da jugular e ter certeza de que é uma toxina que pode ser injetada ainda mais.

    De qualquer modo ela já se espalhou no rapaz... Tenho de remover agora o cilindro dele e em seguida fazer o mesmo com a garo... Mas o que ela pensa que esta fazendo? Como ela ainda não desmaiou, resiste vindo até mim.

    -Señor Eduardo! Pela Montada do Tio Hélio, calma! Calma, garota! Seu amigo nem consegue se mexer... Já irei salvar ambos.

    Voltando os meus olhos para a jovem com os instrumentos na mão, falo com ela por um instante antes de fazer o trabalho.

    -Eu já percebi, só não sei se o dispositivo vai injetar mais disso em você. Fique calma e não se mexa, sim? Eduardo vai te por na cama, vou tirar o cilindro dele e me volto para você... Senhorita... Eduardo, verifique no pescoço dela se tem mais algum dispositivo para uma segunda carga das seringas. Vou remover o cilindro do pescoço do rapaz.

    Então saco uma pequena pinça e o bisturi, começo a trabalhar cortando e puxando o dispositivo do Solo. (Tecnologia Médica 7 + TEC 9 )
    Claude Speedy efetuou 1 lançamento(s) de dados (d10.) :
    5

    Calmamente, parecendo até um frio robô, faço o mesmo procedimento no pescoço da jovem ansiosa puxadora de camisas. (Tecnologia Médica 7 + TEC 9 )
    Claude Speedy efetuou 1 lançamento(s) de dados (d10.) :
    4

    Abro o trabalho de primeiros socorros da última paciente, depois com o bisturi rasgo ainda mais a calça de couro e já vou usando a pinça retirar os pedaços da roupa que entraram com o ferimento na perna da outra garota. Depois fecho tudo com um grampo biodegradável. (Tecnologia Médica 7 + TEC 9 )
    Claude Speedy efetuou 1 lançamento(s) de dados (d10.) :
    5

    -Certo, Eduardo...Tente checar se você reconhece o que raios são os injetores de veneno que usaram neles.
    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 702
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: O Preço

    Mensagem por isaac-sky em Qua Jun 21, 2017 12:49 am

    "Pelo menos o cara parece saber o que faz" Jin pensou.

    -Eu consegui tirar o cilindro da minha perna no caminho pra cá. Acho que é por isso que eu estou bem...melhor que os outros pelo menos- Jin imaginava se a Bytch estava em condições iguais a sua ou a de Carmen e Sonic. Lembrava de ver ela cutucando a ferida e tirando algo também.

    -Hey Hermana, mantenha a calma ou essa coisa vai se espalhar - foi ajudar Carmen que cambaleava até o médico.

    Depois aceitou o procedimento médico do mesmo, terminando de cuidar da perna. Sentia-se um tanto feliz por estar pelo menos um pouco preparada nesse sentido, ela faria de tudo para evitar usar outro membro robótico.
    Zer0
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 255
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Preço

    Mensagem por Zer0 em Qua Jun 21, 2017 3:30 pm

    Sonic, Carmem, Jin, Fabrício
    Os procedimentos médicos de Fabrício deram certo. Os mecanismos foram removidos com sucesso (sem deixar sequelas) e o ferimento de Jin foi melhor medicado, a garota demoraria menos tempo para se ver livre de seus incômodos e ataduras. 
     
    Eduardo, obedecendo seu parceiro, examina os cilindros em sua mão por algum tempo, então os leva para uma espécie de microscópio que ele tinha instalado em uma mesa nos fundos. Passado algum tempo, ele retorna e fala algumas coisas no ouvido de Zargon em voz baixa. 
     
    O mecânico parece um pouco preocupado, caminha até uma janela próxima a porta e observa a rua silenciosa. 
     
    [...] 

    F.King 

    Sharkhead ouve as palavras de King e sorri com seus dentes pontiagudos, era estranho, mesmo sorrindo ele não parecia um humano feliz, parecia algo como um tubarão sentindo muita dor. Mas pior mesmo era ouvi-lo falar, por causa da modificação em suas bochechas ele tinha dificuldade em segurar a saliva, então tinha que interromper suas frases com um irritante barulho de sucção. 
     
    -Minha moral nunca esteve tão alta, docinho. -Chup- Acabei de vencer um dos nômades mais fortes da região em seu próprio jogo, quem liga –Chup- para o dinheiro? É tudo sobre a impressão que você passa e o respeito –Chup- que consegue. Quão errado eu estou? Enfim, chega de enrolação, você veio aqui buscar –Chup- o –Chup- contato daquele Solo durão, não é mesmo? Aqui está. 
     
    Então ele tira um pedaço de papel e uma caneta do bolso, escreve alguma coisa e entrega para a atravessadora, a caligrafia é horrível, mas é possível ler: 
     
    Conteúdo patrocinado


    Re: O Preço

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 6:26 pm