Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Krull - Keller

    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2612
    Reputação : 159
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Krull - Keller Empty Krull - Keller

    Mensagem por Hellkite em Sex Nov 08, 2019 10:44 pm

    KARDUNIA, CIDADE DOS VAMPIROS

    Localizada a leste de Porto Negro, em meio aos terrenos pantanosos de Shumah Gorath, a cidade dos vampiros fica sob uma nevoa perpetua. Esta nevoa, alimentada pelas emanações necromânticas do lago em que Kardunia foi construída, protege os vampiros que ali residem, permitindo que saiam ate durante o dia.

    Isto fez com que os vampiros prosperassem, e se especializassem. São cinco as principais famílias vampíricas de Kardunia: os Veintral são os que possuem mais posses, os Trimer negociam magias, Toriale lidam com artes, Nosfer vendem informações e os Barujah, armas.

    Todas obedecem a governadora Lilia Kardum.

    E todas querem o poder.

    ***

    Krull estava com pressa, pois estava atrasado para a reunião com seus superiores. Corria o mais rápido que possível, esbarrando e empurrando as pessoas que atrapalhavam seu caminho. Passou rápido pela guarita, e podia jurar que os guardas riam. Não tinha tempo a perder, ou teria esmagado as caras deles contra os balcões.

    Chegou. Os olhares dos nobres eram intimidadores. Sentiu-se com medo, estariam usando seus dons contra ele? O mais forte acua o mais fraco, sempre foi assim, sempre será.

    “Krull... Sua falta de compromisso é marcante... Estamos decepcionados”, dizem em uníssono. “Seus serviços estão dispensados.”

    Um dos servos abre a janela. O sol!

    Temor incontrolável! Fumaça sai de sua pele!

    Seria esta sua segunda morte?

    **

    Krull acorda atônito. Um pesadelo!

    Ele olha ao redor, estava em seu quarto. Já havia chegado a noite em Kardunia. Suas mãos estavam em formato de garra, e ele tinha destroçado o lençol e o travesseiro.

    A porta de seu quarto se abre, e ele ve a sua empregada, Judith. A sempre solicita Judith.

    Krull - Keller Maid10

    Ela olha para seu mestre e franze o sobrecenho, “pesadelos novamente, senhor Redwyne? Não se preocupe, vou providenciar novo lençol e travesseiro.”
    Judith retira a cortina e abre a janela. Os sentidos aguçados de Krull sentem o cheiro perfumado das flores noturnas. E também o cheiro do perfume de Judith. Gostava de sândalo.

    “Um dos rapazes de Belinda disse que ela queria encontrar com o senhor. E deixou uma caixa...”

    E dentro da caixa tinha uma rosa branca.
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1913
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Krull - Keller Empty Re: Krull - Keller

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Nov 11, 2019 1:05 am

    Krull Redwyne,

           A imagem de Judith adentrar o quarto é em parte reconfortante. A vida é cruel, ainda mais quando você tem superiores que se alimentam do sangue de criaturas vivas. O pesadelo ainda na mente de Krull é terrível, falhas por parte de algumas destas famílias não são bem vistas, porém algumas delas tem seus próprios desafios.

          Assim como as famílias apenas pensam em como consolidar seu poder, Krull também precisa fazer seu plano para além de sobreviver, consolidar sua imortalidade. O desejo de tornar-se imortal aconteceu, agora é necessário continuar assim. Novas descobertas, experiências e tudo o mais aconteceria no seu devido tempo. Habituado a uma vida da nobreza, Krull não tinha uma profissão, sua função era algo muito mais na diplomacia e conversa do que execução propriamente dita.

          Krull então olha para Judith e diz:
          - Sim, pesadelos. Obrigado por arrumar essa bagunça. Sinto o cheiro de um perfume gostoso, é você Judith? Qual seria a reação dela com essa pergunta? Será que havia algo mais nas intenções de Judith do que meramente servir?

           Após o comentário de Judith, no momento apropriado Krull pergunta:
          - Belinda? Quem era ela mesmo? O que significa uma rosa branca? Krull pensava se era Belinda Toriale, uma ruiva um tanto excêntrica que gostava de arte. Em seus encontros ela gostava de dançar enquanto conversa. Suas roupas em couro refletem o quanto gosta de usar as mãos para suas tarefas já que não carrega armas, mas pode usar magias. Mas poderia ser Belinda Veintral, uma loira de cabelos não tão claros que gosta de usar peles de suas presas, as vezes um tanto frescas. Gostava de conversar de forma direta e reta, poderia até ser considerada dura e sem coração, porém sabe ser amorosa. Sempre carrega espadas, as quais gosta de usar. Suas posses permitem que tenha uma boa vida e sua sede por poder fazem que use suas posses de forma adequada para ter mais, mais e mais.

          - Toda vez que acordo demoro para me dar conta do que está acontecendo Judith. Krull achava que isso era um efeito da transformação, o horário do dia trocado pela noite. Mesmo com a névoa, acordar para Krull era demorado. Precisava fazer algumas coisas para estar pronto, como uma brasa que acende a fogueira.

    Imagens ilustrativas:

    Toriale
    Krull - Keller Vampires_BloodRayne_Redhead_girl_Glance_Fan_ART_522345_1600x1200

    Veintral
    Krull - Keller 350?cb=20120728052530
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2612
    Reputação : 159
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Krull - Keller Empty Re: Krull - Keller

    Mensagem por Hellkite em Ter Nov 12, 2019 12:38 am

    - Sim, pesadelos. Obrigado por arrumar essa bagunça. Sinto o cheiro de um perfume gostoso, é você Judith? Qual seria a reação dela com essa pergunta? Será que havia algo mais nas intenções de Judith do que meramente servir?

    Judith ruboriza, parando por um instante seus afazeres. “O senhor gostou? Comprei de uma herbalista, ela disse que existe uma erva nos pântanos que combinada com sândalo produz um perfume sutil...”

    - Belinda? Quem era ela mesmo? O que significa uma rosa branca?

    A serva vai para o lado de Krull e pede licença para pegar a rosa branca, que era perfeita. “Belinda Whiterose Toriale. O senhor dançou com ela no baile de homenagem ao chefe da guarda... Deve ter gostado do senhor...”, diz. Teria ela algum ciúme naquele tom de voz?

    Ao segurar no caule, ela espeta o dedo em um dos espinhos. Os olhos atentos do vampiro fixam-se na gota de sangue, que é absorvida pela rosa, aos poucos tornando-se vermelha. Não fora surpresa para Judith. “Whiterose... bonita simbologia”

    O cheiro de sangue desperta o apetite de Krull, já fazia um tempo que não se alimentava. A serva logo nota sua fome, e se deita na cama, oferecendo seu pulso para o mestre. “Hoje estou bem, senhor Krull... Pode se servir...”

    - Toda vez que acordo demoro para me dar conta do que está acontecendo Judith.

    “Não se preocupe, senhor... Estarei sempre aqui para servi-lo...”, diz languidamente.
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1913
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Krull - Keller Empty Re: Krull - Keller

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Nov 12, 2019 10:11 am

    Krull Redwyne,

           O tom de ciumes na voz de Judith pode fazer parte de um sentimento maior, Krull precisava satisfazer mais de um sentimento naquele momento, a fome e o desejo. O perfume de sândalo era interessante. A mão esticada oferecendo o pulso era apenas uma desculpa, pois Judith sabia como Krull gostava de se alimentar.

           Krull segura o pulso com o dedo machucado pela rosa e lambe o ferimento. Os lábios de Krull beijam a mão de Judith e seguem o caminho para o corpo. Sobre o corpo de Judith, Krull começa a apalpar e beijar até chegar na perna. Krull levanta a saia de Judith que estava a espera daquele momento, após algumas lambidas com êxtase a mordida para sugar o sangue acontece. O sangue flui de forma quente e revigorante enquanto Judith fica em transe. Era importante Kurll se controlar para não se alimentar mais do que o necessário. Judith funciona como um depósito para emergência, então não poderia ficar debilitada. Ao terminar Krull lambe o local para fazer a ferida desaparecer com maior facilidade.

           O corpo de Judith fica sobre a cama para que se recupere. Krull se limpa com cuidado para não levar o perfume de sândalo em seu corpo. Uma vez preparado e arrumado com roupas chiques agora era a vez de encontrar com Belinda Whiterose Toriale.

           - Até logo Judith, foi muito bom como sempre. Volto logo, espero eu. Krull olha com malicia para Judith, mas segue em busca de poder.
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu
    Hellkite
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2612
    Reputação : 159
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Krull - Keller Empty Re: Krull - Keller

    Mensagem por Hellkite em Sex Nov 15, 2019 10:46 pm

    Krull sabia como que Judith gostava de ser sugada, e o faz conforme esperado. A serva geme e suspira como se estivesse em uma comunhão carnal, sendo ao final tão cansativo e prazeiroso quanto. Quando o Veintral se despede, ela lança um beijo no ar, e dorme na cama de seu mestre.

    Ao sair de sua casa, Krull percebe que as nevoas daquela noite haviam se dissipado totalmente, permitindo uma bela visão da lua. Estava uma ótima noite para um passeio, a ver pela quantidade de casais e grupinhos caminhando pelas ruas.

    A mansão de Belinda Whiterose ficava próxima dali, e mesmo de longe era possível sentir o perfume das rosas. Ao chegar na propriedade e depois de ter seu acesso permitido, o vampiro caminhou por uma trilha que passava pelos seus belos jardins, cujas únicas flores eram as rosas brancas, ate a grande residência da Toriale.

    É ela mesma quem recebe Krull no hall de entrada.

    Krull - Keller Whiter10

    Ela beija uma face, depois outra do Veintral. Vestia uma roupa sensual de couro negro com detalhes em vermelho.

    “Que bom ver voce, Krull... Depois de termos sido apresentados no Baile em homenagem ao chefe da guarda, estava querendo conhece-lo melhor... Que bom que aceitou meu convite, gostou da rosa que lhe enviei? Espero que tenha gostado, eu escolhi uma especialmente para você!”, diz, seus olhos passeando rapidamente pelo corpo de seu convidado.
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade
    Christiano Keller
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1913
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Krull - Keller Empty Re: Krull - Keller

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Nov 16, 2019 1:35 am

    Krull Redwyne,

           Krull até havia se esquecido de como era viver normalmente, a vida comum. As pessoas pelas ruas passam uma mensagem de que a vida continua, memos em sua condição. Isso era sinal de que Krull precisa aprender a lidar com a imortalidade, como fará as coisas em cem ou duzentos anos? Qual será sua renda neste período? Os planos de curto e longo prazo parece que mudaram de horizontes.

           Com estes planos em mente que Krull chega até a casa de Belinda Whiterose. Quais seriam os planos desta Toriale para com Krull, um Veintral recentemente transformado? A casa passa um ar de quem gosta de arte e planejamento. Tem um grande quintal cercado de lindas flores, logo alguém passou tempo pensando naquilo também. O estudo da posição, como resistirão ao clima de pouca iluminação e tudo mais.
           - Vejo que tem muito bom gosto Belinda Whiterose, tanto pela flor que ficou vermelha com uma gota de sangue de minha criada, assim como as roupas do baile e de agora. "Be" parece muito informal e Srta. Whiterose muito formal, como posso chamá-la? Krull esperava quebrar o gelo e entender o tom da conversa com Belinda.
    Conteúdo patrocinado


    Krull - Keller Empty Re: Krull - Keller

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Nov 18, 2019 9:58 pm