Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).

Links úteis Anúncios Redes Sociais
31/03 - Novo quadro de anúncios.
31/03 - Mesas com mais de 2 meses SEM postagens serão automaticamente arquivadas.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE MAIO
Mesas que forem abertas para serem jogadas em outras plataformas
serão excluídas do fórum.

ATUALIZAÇÃO DO MÊS DE JUNHO
A partir de agora somente mestres com mesas ativas no fórum terão o nick laranja
para ficar mais fácil a distinção. Fiquem atentos que em breve teremos
um novo modelo de pedido de mesa!




 

    Axel Brown

    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Qui Jan 13, 2022 8:20 pm

    Off: O "sacerdote" é Medroso e Inquisitivo. Vicio e virtude, nessa ordem. Ele estava abalado com a presença do elodoth até queimar o papel dele, ficando mais tranquilo depois. Não possuir nenhum dano, é miope e tem algumas lesões mal resolvidas nos antebraços e calcanhares. Ele também se sente plenamente satisfeito, como se esperaria de um crente verdadeiro executando sua vocação na fé.


    On:

    Quando o papel com o nome do pai queima Axel sente vividamente seus medos e anseios. Ele se sentiu exposto por um instante, quase como se os tivesse revelando em voz alta. Como se os tivesse gritado ali entre estranhos. Nu. Porém a sensação seguinte foi de libertação e tranquilidade. Cumplicidade e conforto. Como se realmente tivesse se aberto e sido recebido por completo sem exigências. Só por um instante, ele entendia. Talvez só uma ilusão, um truque de indução coletiva ou hipnose. Talvez até fortalecido pelo significado dos símbolos e do ritual. Talvez só o inevitável resultado de assumir para si mesmo que o sentia.

    "Você é novo e parece tão preocupado. Tão sobrecarregado." Ela se colocou no caminho dele, não totalmente, só o suficiente para ser rude ignorá-la. Como se tivesse certeza que a etiqueta e educação de Axel o impediriam por ela. Isso ou ela só não queria impedir ele. "Tenho certeza que a gente pode ajudar, que a congreção pode ajudar." A menina da porta com o mesmo jeito gentil, só que agora preocupado. Como se ele fosse quebrar, como se ele fosse que partir se ela fosse muito direta. Ela sorri de novo e dá um passo atrás. "Volta depois."

    O elodoth esperava não ver mais o sacerdote. Mas lá estava ele segurando uma mão enquanto falava sobre um cachorro perdido. "Não tenha medo." Ele dizia. "Vamos encontrá-lo ou trazer-lhe paz. Aceitar o que não podemos mudar ou controlar é difícil e uma batalha sem fim, mas onde cada pequena vítoria é crucial." O elodoth se aproxima. Mas as pessoas no caminho não o deixam passar direto.

    Ele avança com alguma dificuldade, mas o homem não parece prestes a fugir. "Desapareceu, o traficante. Nunca mais o vi..." "Eu consegui falar com ele, não deu certo, mas eu estou livre..." "O divorcio vai sair. Ela desistiu de lutar." "O barulho parou, acho que era coisa da minha cabeça, mas parou..." As pessoas falavam umas com as outras. As vezes até com ele.

    "Olá. Meu nome é Erik e acho que você deve ser o Axel." Ele diz sem rodeios assim que o eledoth chega perto o bastante. Uma mão estendida em cumprimento e um sorriso hesitante no rosto, uma tentativa de ser suave e charmoso.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Dom Jan 23, 2022 11:11 pm




    Axel Brown

    Aqueles ritos de fato traziam uma espécie de alívio. Era como os ritos que eles faziam sob a lua? Ou era efeitos psicológicos de um grupo reunido? Não tinha certeza. A garota da porta voltou. — Eu... Nós todos tempos responsabilidades, né? - Ele responde com um sorriso amarelado. Ela fala sobre como a congregação pode ajudar e ele apenas acena positivamente com a cabeça. — Pode deixar. - Voltaria? Dependeria da conversa com o líder da congregação.

    Chegar nele é difícil. Ele está rodeado de pessoas que lhe contam como suas vidas tem andado e como seus problemas se resolveram ou não, mas que estão todas mais satisfeitas do que antes. — Olá, Erik. - Ele aperta a mão do líder. E fala, com uma leveza um pouco forçada: — Não me lembro de ter me apresentado... - Ele saberá se ele mentir. Ele sempre sabia. Mas ele não iria deixar Erik acuado com aquela pergunta, logo que ele respondesse, puxaria outro assunto: — Tem pessoas bem diferentes aqui, isto é, bem diferentes entre si. Isso parece bom. - Seus olhos cúmplices incentivava ao sacerdote a falar. Quando a fala fosse morrendo: — O que significam? Eu vi que estavam no panfleto também. - Em algum momento da explicação ele jogaria uma outra pergunta: — Onde você os viu pela primeira vez? Sinto que você é do tipo que quando descobre algo, busca saber até o fim.

    Axel conversava como se não tivesse pressa de fazer mais nada aquele dia.

    Scent Beneath the Surface nele pra ver se ele mente em qualquer momento. Vou usando o Striking Look e aproveitando o +3 do prey on weakness puxando a virtude dele na conversa.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sex Jan 28, 2022 8:59 pm

    "Não hoje." Medo. "Eu sou amigo do Judas, lembro de você de um show no estaleiro velho." Verdade " Tudo bem não lembrar. Tinha muito Gin de graça." Ele tenta rir, mas sai algo meio engasgado.

    Ele olha a congreção e parece perceber pela primeira vez o quão heterogeneos eles são. "Acolhemos todos aqui." Uma obvia mentira. Mas os mais próximoa concordam com a cabeça. "Ajudamos todos aqui." Era impossível, mas era verdade. Pelo menos para ele. "Até você." E um homem mais velho e magro como a morte aperta o ombro de Axel com camaradagem. "Não tenha medo. Coragem e fé são a mesma coisa aqui." A voz estalava como galhos secos e fracos. O homem se despede do sacerdote atrapalhando a conversa, mas Erik não usa a chance para fugir.

    "Esse..." Ele aponta na parede o símbolo na primeira língua. "É se tornar aqui é o outro." Axel poderia dizer aquilo com um único som. Uma única palavra que dizia exatamente aquilo.

    Ele move o dedo para o do lado. "É sobre receber a dor do outro e assim fazé-la deixar de existir. É uma forta de compaixão, de empatia." Esse ele tinha visto na casa do ricaço. Era algum tipo de distorção, ou omissão.

    Então ele aponta para o ultimo "É sobre iluminação. Despertar para o que realmente há a nossa volta. Ver os segredos que nos cercam e nós libertar dos nossos." Era verdade. Mas também parecia uma alfinetada.

    "Eu os vi todos separados na minha vida, mas quem enlaçou todos eles nisso que vê aqui. Em nos. Foi nossa matriarca..." Ele ri com o uso da palavra. "Mary, ela vem todas as sextas." E levanta as Duas mãos aos céus.



    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Qua Fev 23, 2022 9:20 pm




    Axel Brown

    — Ah... Claro. - Ele sorri de forma encorajadora quando Erik conta que o conheceu num show de Judas. — Eu sempre me admiro como aquele desgraçado toca bem. - Deixa a piada dele pairar mais um pouco. Os comentários ao redor eram incômodos. Aquelas pessoas ficavam sempre ali como papagaios de pirata? Axel, contudo, apenas acenava positivamente, entendendo que algumas coisas eles criam ser real.

    Quando Erik descreve com perfeição o símbolo na primeira língua, seus olhos escorrem do símbolo para o sacerdote. Ele continua explicando os símbolos e o elodoth vai anotando mentalmente. Parecia que só o na primeira língua ele tinha certeza do que significava. Ou talvez considerasse que era simples o bastante para descrever por completo. — Separados? E quais foram essas ocasiões? - Fazia a pergunta parecer casual, mas queria muito escutar o que ele tinha a dizer. — Ah... Achei que você fosse o responsável aqui. Ela então é a "cabeça"? - Fez o gesto com os dedos que indicava aspas.

    Talvez ele tivesse que voltar outro dia.

    Em que parte da casa do ricaço Axel viu o símbolo?






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Seg Mar 14, 2022 2:31 am

    Axel: E quais foram essas ocasiões?

    "Muito curioso você, se estiver fazendo uma biografia minha?" Cheio de humor e calor. Mas nenhuma resposta.

    Axel: Ah... Achei que você fosse o responsável aqui. Ela então é a "cabeça"?

    "Ela é a cola. Nossa união. A pessoa que percebeu a ligação e entendeu como tudo podia funcionar. Como tudo devia funcionar." Ele fala como se tivesse acabado de perceber isso. "Ela vem Nas sextas, mas hoje está na recepção. " Ele aponta para a moça da entrada.

    Ela está abraçando uma mulher que imediatamente começa a chorar emocionada.
    --

    Off: O símbolo estava no mausoleum e na bibliotheca. Não era o brasão.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sab Mar 26, 2022 10:48 am




    Axel Brown

    Axel sorri com a resposta de Erik. — Não, é só que esses símbolos sempre parecem aparecer num momento chave... - Ele sugere e puxa o panfleto que o havia trazido ali. — Talvez se eu tivesse pegue esse panfleto num outro dia, em qualquer outro dia, eu não tivesse resolvido vir. - Esperava que "compartilhando" aquilo, o incentivasse a fazer o mesmo.

    — Oh... Então vou dar a sorte de conhecê-la hoje? - Ele tenta parecer animado com a possibilidade. Axel aproveita para observá-la bem enquanto acolhe a mulher chorosa. — Este é um lugar de muitas emoções, não é? - E lugares de muitas emoções costumavam ser lugares que viravam cantinas de espíritos. O elodoth aproveita para espreitar o outro lado do Dromo e talvez entender melhor o que se passa ali através dos espíritos e do cenário que existia na Sombra.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Seg Mar 28, 2022 8:11 pm

    Axel: Talvez se eu tivesse pegue esse panfleto num outro dia, em qualquer outro dia, eu não tivesse resolvido vir.

    Ele parece interessado, mas não exatamente surpreso. "Não é a primeira vez que eu ouvi isso. Mas pode ter certeza que não é mágica. Acho que é sorte nossa." Uma verdade, mas uma verdade tocada pela dúvida. Ele lassa e desenlassa os dedos sem perceber.

    ”Realmente somos abençoados." Ele diz com o frescor de uma conclusão recente. O humor ainda não tinha acabado nele. Era paciênte.

    Axel: Oh... Então vou dar a sorte de conhecê-la hoje?

    Ele olha para ela e depois para Axel. "Acredito que já se conheceram, mas pode falar com ela quando estiver de saida.a não ser que queira ficar e ajudar a limpar tudo." Ele diz dando um tapinha amigável no ombro do uratha.

    Axel: Este é um lugar de muitas emoções, não é?

    "Sempre é, por isso é tão importante. O mundo cinza e frio lá fora não tem espaço para isso. Aqui as pessoas podem olhar seus medos e até compartilhá-los. Mas mais importante, confrontá-los num ambiente seguro e se ver livre deles." Verdade. Verdade cheia de convicção, de pura de devoção. Porém também omissão.

    "Espero que me de licença Axel, tenho outras conversas e suas dúvidas podem ser acomodadas nos próximos encontros. " Ele sorri radiants e se afasta com alívio. Imediatamente outra pessoa começa a fazer perguntas e mais um começa a agradecer que sua filha não tinha mais terrores noturnos.


    Ver o outro lado séria fácil. Porém sem um jeito de disfarçar séria quebrar o juramento. Axel precisava dar um jeito nisso.

    A mocinha da entrada abraçar com afeto a mulher. Os dedos bem fechados as suas costas. A mulher mais velha que ela afunda seu rosto no ombro ombro da mulher menor. "Tá tudo bem. Eu sei. Tá tudo bem." Ela fala baixinho. Bem baixinho.



    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Ter Abr 12, 2022 4:03 pm




    Axel Brown

    — Por isso que é tão significativo... - Ele diz, sabendo que Erik não iria mais falar. Ele estava escorregando como um peixe. — Vou passar a ajuda na limpeza, já limpei muita obra por hoje. - Diz com certo humor. Erik parecia alguém realmente crente. E como toda pessoa que é realmente crente, algumas coisas não são ditas de primeira. Quando ele pede licença, Axel a dá acenando com a cabeça e indicando o caminho livre à frente.

    Ele espera Mary soltar o abraço com a mulher para então se introduzir. — Mary? Eu me chamo Axel. É a primeira vez que venho aqui. - Ele estende a mão para se apresentar. — Erik estava me dizendo que você que reuniu os símbolos. - Ele então aponta para eles. — Eles me parecem muito significativos... Vim por tê-los visto no panfleto, para falar a verdade. Ele tentou me explicar, mas não sei se entendi bem. - Axel sorri. — Como eles se comunicam?

    Se quiser abrir outra linha de jogo para vermos as questões da rede de apoio pra caçada e dar um pause por aqui, por mim, beleza.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sab Abr 16, 2022 8:09 pm

    Axel: primeira vez que venho aqui.

    Ela sorri, assim como sorriu quando ele entrou. "Espero que tenha sido uma ótima primeira vez." A voz era animada, tentando esconder a emoção que ainda carregava do encontro anterior. A alegria só metade real.

    Axel: Erik estava me dizendo que você que reuniu os símbolos.

    "Ele é muito modesto." Ela diz balançando a mão como se pudesse espantar a atenção de Axel.

    Axel: Como eles se comunicam?

    "Você é inquisitivo e insistente." Ela diz com uma calma resignada. "Vem comigo então." A animação ainda presente. Ainda só meio verdadeira.

    Ela não espera Axel, mas não corre. Anda com proposito definido e sem enrolação. Em silêncio. Ela não revela nada. Não do nada.

    O dois saem da loja e vão para a porta ao lado. Cinza e sem graça. "Não tem volta." Era um aviso e como todo aviso uma ameaça. "Dentro dessa porta vai estar tão exposto quanto nos quer fazer." Sem esperar ela entra e a porta vai se fechando lentamente trás dela.

    A visão do urtha era melhor que a de um humano comum, mas não muito. Não naquela forma. Dentro, ele via a marca forte que a luz do corredor fazia no chão. Os contornos de uma mesa colada a parede. As pernas de Mary se afundando na escuridão sem hesitar.

    A porta cinza e sem graça devorando mais e mais do que ele podia ver. Do que ele tinha conquistado. Um contator injusto que dizia "se arrisque ou já perdeu."
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Ter Abr 19, 2022 11:41 pm




    Axel Brown

    Axel apenas sorri, quando ela diz que espera que tenha sido uma ótima primeira vez. Quando Mary diz que ele é inquisitivo e insistente, ele torna a falar, tentando deixar as coisas mais amenas: — Eu prefiro dizer interessado. - Reforçou o sorriso e o olhar cúmplice. A mulher começa a andar. Eles saem e então o "aviso". Axel escuta na cabeça seus próprios pensamentos dizerem "ela está tentando me botar medo ou o que?". Hesitação. Ele conhecia o medo. Já havia até o ameaçado certa vez. O medo corria com ele nas caçadas.

    Não retroceder. A mão segurou a porta que ia fechando. Os primeiros degraus devagar, mas então a velocidade aumentando, sem nunca chegar numa corrida. Encostou os dedos na parede enquanto fazia queimar dentro de si a essência que o permitiria conhecer cada porta, cada janela e cada entrada daquele edifício que estava entrando. Certas coisas não precisam ser vistas para serem conhecidas.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Seg Abr 25, 2022 7:55 pm

    Era mais uma loja do prédio comercial. As portas no lugar certo. Um espelho do que ele tinha visto no culto. As luzes se acenderam sem nenhum barulho. Um abajur na mesa. As paredes e o teto eram negros. Não. Eram alguma cor que devorava a luz como olhar em um buraco negro. Mary se senta atrás da mesa e tem uma cadeira na frente igual a que ela usa. "Me pergunto como receberia alguém tão interessado quanto o senhor."

    As mãos dela fazem barulho em uma gaveta. Axel sabia que tinha uma porta atrás dela, invisível. Ela coloca uma corrente na mesa. Um cordão grosso de prata. Ele sabia que era prata. Ele sentia. Ouvia o próprio coração alto no silêncio do lugar. As paredes também atrapalhavam o som.

    "Nós queremos ajudar." Ela não está tão calma quanto antes. "Não queremos causar mal algum, mas não somos indefesos e sabemos quem são." Ela falava com uma calma forçada. Ela também tinha medo dele.

    O som de galhos secos estalando era um velho companheiro. A escuridão cheia de formas logo onde ele não podia ver era quase um alívio. O Caminhante Noturno não diz nada, ele observa o alfa dos Algozes do outro lado. Ele era um calafrio de medo, uma dúvida reconfortante.

    "Me diga senhor Axel, o que você é?" Ela deixa a pergunta pairar por um segundo. "Quer ser um de nós? Curar as pessoas? Ou seu interesse é aquele do caçador?" As palavras ditas cheia de expectativa. Ela mantinha toda a atenção nele e essa era pesada como uma manta de chumbo. Como estar pelado no auditorio do colégio com um mar de pessoas assistindo, esperando.

    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Qua Abr 27, 2022 10:50 pm




    Axel Brown

    O local era estranho. Tinha portas invisíveis. Ela fala em voz alta algo que era claramente um pensamento. Uma corrente de prata. Uma sensação ruim correndo a espinha. Ela dava um aviso. E como todo bom aviso, era também uma ameaça.

    A presença do Caminhante foi um agradável conforto. Era o que acontecia quando dois predadores se cruzavam? Uma medição de forças? Axel aspira o ar confirmando que aquela mulher é mais do que aparenta ser. É. Mas o que? — Se sabe quem sou, sabe que se eu estivesse caçando, as coisas não teriam corrido assim. - Todo bom aviso é também uma ameaça. Axel sorri um sorriso amarelo. Todos os olhos nele. Judas adorava essa sensação. Ele não tinha certeza do que ele achava. Sem pressa ele põe a mão no bolso, tira o panfleto e aponta para os símbolos. — Eu vim por causa disso. Era só uma suspeita, mas agora está claro que vocês também não são o que parecem. - Não vamos ficar contando mentiras.

    — Vocês definitivamente não são um problema, então podemos largar as facas da mão. - Ele põe o papel em cima da mesa e mostra as mãos vazias. Era verdade que aquelas mãos poderiam ser mais mortíferas que qualquer arma? Sim. Mas não vem ao caso. — Vocês ajudam pessoas... Que pessoas? Como ajudam? - Ele sustenta o olhar. — Talvez eu conheça alguém que precisa de ajuda.

    Meti um Scent the Unnatural nela, rolei 2 sucessos, acho que deu bom notar que ela é um bicho trevoso.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sab Abr 30, 2022 9:38 pm

    Axel: se eu estivesse caçando, as coisas não teriam corrido assim.

    Ela tenta esconder. Tenta ficar imóvel. Respirar devagar. "Ela tem medo" é a voz do caminhante. "Ela odeia medo." Ele não parece feliz. Ela parece tensa. Não diz nada. Não parece ouvir o Caminhante.

    Axel: agora está claro que vocês também não são o que parecem.

    Para isso ela tinha uma resposta rápida. "Ninguém é tão pequeno para ser compreendido por como se é visto." Ela quase muda a postura. Quase. Ela se lembra de ter medo, ou então realmente ouve o que disse.

    Ele mostra as mãos e ela age como se mostrasse facas. Um click suave vem de debaixo da mesa e ela se sobressalta.

    "Nós ajudamos todos que podemos." Ela não tira os olhos dele. "As pessoas normais tem problemas o bastante." O Caminhante não gosta de ouvir ela falar. "Tem ficado pior. Bem pior. Eu ajudo nossos vizinhos. Nossa cidade." Os olhos atentos em cada movimento do uratha.

    "Ela é o inimigo." Diz o Caminhante pingando rancor.

    "As pessoas tem medo. Elas choram no banho. Se escondem sozinhas. Não dormem. Alguém precisa ajudar. Precisa quebrar essas correntes." Ela fala com raiva, com medo também. O elodoth ouve o Caminhante arranhando o dromo com raiva.

    "Não vou negar ajuda a ninguém por ser você a pedir." Ela suspira. "Não vou negar ajuda nem a você. Não é o que fazemos aqui. Só não quero que matem ninguém." Ela fala mais devagar e o Caminhante fica mais revoltado. Mais irritado.


    Off: Ela não cheira a parente. Não é um sobrenatural que ele consiga reconhecer. O Dom o faz ficar alerta. Algo não é normal ali. (Provavelmente ela? Sim sim sim.)
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sab Maio 21, 2022 11:27 am




    Axel Brown

    "Ela odeia medo" - Na mente de Axel passa que todos odeiam medo. Alguns aprendem a lidar e conviver com ele. A frase de impacto de Mary parece ser uma faca de dois gumes. O clique debaixo da mesa faz Axel ficar atento. Ele conhecia muitos mecanismos de trava e destrava, já tinha lidado com vários dele durante as construções. Ele tenta lembrar pelo som qual era aquele tipo de clique e que coisa ele poderia estar destrancando. Armas? Parecia improvável, mas não impossível.

    Enquanto ela diz que as coisas tem piorado, Axel vai se dando conta do que é o verdadeiro motivo daquela piora. Ele sabia, sabia bem. Ele escuta o Caminhante dizer que ela é o inimigo. Ele pode ouvir suas garras arranhando o Dromo. Ele era capaz de rasgá-lo ali? Provavelmente. Ele tinha que fazer algo. Na verdade, ele tinha que falar algo. — Nós não somos inimigos, Mary. - Axel diz, mais para o Caminhante que para ela. — Eu bem sei que as pessoas tem estado com medo. Dá para ver no rosto delas. Seu trabalho aqui é importante para mim e para os meus. - A última frase era novamente para o Caminhante. Para convencê-lo a estancar seu rancor e fúria.

    — A pessoa que eu não consigo ajudar... - Ele hesita. Suspira. — ... Ela já morreu.

    Tentar fazer uma persuasão velada no meio da outra conversa Rolling Eyes rolo o quê?






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sex Jun 03, 2022 8:23 pm

    Axel: Nós não somos inimigos, Mary.

    Mary mal parece ter ouvido. A atenção fixa nele. A tensão palpável. Do outro lado o Caminhante se agita irritado. "Está te engando. Ela está te engando!" Dava para sentir a presença dele, escura e cheia de sombras sem forma.

    Axel: Seu trabalho aqui é importante para mim e para os meus.

    Ela relaxa um pouco ao ouvir isso. Uma onda visível de segurança. "Eu sabia que não era impossível." Ela quase sorri. Quase.

    Já o Caminhante Noturno grita para o Alfa dos Algozes. "Precisa de ajuda lobo. Fuja! Ela vai torcer sua mente como palha para fazer uma cadeira. Você é livre, entende o medo. É o medo. É a morte. É o fim da caçada." A voz dele alta como galhos partindo no vento uivante. "Eu posso com ela por você!"

    Axel: A pessoa que eu não consigo ajudar...

    Ela ri, depois de um longo e constrangedor momento de silêncio ela ri alto e isso enfurece ainda mais o Caminhante. "Puta merda." Ela diz quando percebe a seriedade do elodoth. "É... Já machucou alguém?" Ela se ajeita na cadeira. O Caminhante faz passos pesados soarem do outro lado. "Se não machucou vai ser mais fácil. A gente pode investigar." Ela já está pensando no que fazer. Axel consegue ver ela planejando.

    Axel consegue escutar o Caminhante também. "Ela está dentro da sua cabeça! Me ouça! Me ouça!" Ele está genuinamente furioso.

    "Você colocou ele no fogo hoje!" Ela fala espantada, a cadeira arranha o chão quando ela levanta. Do outro lado o Caminhante começa a forçar o dromo com mãos feitas de garras de pedra e madeira e horror.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Qua Jun 22, 2022 9:04 pm




    Axel Brown

    — Se eu machuquei? - Era uma pergunta retórica. — Se eu o machuquei? - Era a pergunta que ele nunca queria ter de responder. — Até pouco eu achava que nunca saberia. - Esperança de encontrar outra resposta? Mary diz que ele havia colocado o nome do seu pai no fogo hoje. — É um palpite, uma conclusão ou uma certeza? - Ele rebateu, querendo saber de fato se ela falava aquilo porque sabia ou porque deduzia.

    Ele ouvia os gritos do Caminhante. Não tinha certeza de como proceder. Baixou os olhos, ficou em silêncio. Então ele falou baixo, baixo como pessoas não costumavam escutar, mas espíritos não sofriam com isso, e o disse em primeira língua, quase como se fosse uma prece: Eu sei o que faço. Peço ajuda se precisar. Eu sei que você está aqui. - Falava para o Caminhante. Sabia que seria estranho para Mary. Mas ela também era estranha. Ele suspira e ergue novamente os olhos, como se tivesse voltado para si. — E há uma pessoa que ainda fala com ela. - Seus olhos correm de um lado para o outro. — Talvez seja por isso que precisa de ajuda, não sei.

    Axel vai tentar fazer a fala pro Caminhante parecer uma prece feita meio do nada, seje o que Deus quiser. Ele tenta convencer de novo o Caminhante na boa, na persuasão.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Ter Jun 28, 2022 1:42 pm

    Axel: É um palpite, uma conclusão ou uma certeza?

    "É como eu sei." Sem pressa. Sem jogos.

    Axel: Eu sei o que faço. Peço ajuda se precisar. Eu sei que você está aqui

    Ela não parece entender, mas sim respeitar qualquer momento de introspecção sem qualquer interrupcão. Os olhos ainda nervosos demais para parar de olhá-lo.

    O Caminhante? Ele rosna, uiva e se debate. Mas se afasta em uma tempestade raivosa de medo.

    Axel: E há uma pessoa que ainda fala com ela.

    Ela faz uma careta de dor imediatamente. "Ele possuiu alguém? É ruim. Vai ser mais difícil assim, Axel. Eles se agarram as âncoras e as vezes é preciso destruir um ou o outro." Ela suspira. "Vamos tentar que tiver ao nosso alcance antes."


    --

    "Hey!" A voz de Mary, não é uma surpresa, Axel já tinha sentido eles ali. Elas, três delas. Mary, vestida do mesmo jeito despretensioso em tons claros. A única diferença era uma pulseira pesada com pingentes em forma de símbolos religiosos diversos. Prata.

    As outras duas com ela eram bem diferentes. Uma era magra e alta vestida com equipamento de segurança para corridas de moto. Capacete e tudo. Ela cheirava a perfume e a perfume também com doses inebriantes de outros perfumes. O visor escuro do capacete vigiava Axel atentamente, ou pelo menos parecia.

    A terceira e ultima delas chamava atenção de outra forma. Era baixa e gordinha de um jeito cômico. Braços curtos com dedos gordinhos e um sorriso aberto e franco. Essa cheirava a morte. Não podridão, não ossos ou carne morta. Cheirava a morte a ideia, o conceito a realidade. Ela vestia um vestido florido e cachecol feito a mão de um amarelo gritante.

    Mary acena. A mulher baixinha também. A outra não se move. Elas esperam Axel se aproximar da mesinha que ocupavam na praça pública. Algumas horas os idosos começariam a chegar para jogar cartas e conversar, mas por enquanto era noite. Faltavam quatro horas para a alvorada.

    "Temos boas e más noticias." Diz Mary ansiosa.

    "Primeiras coisas primeiro. Eu sou Janet e essa é..." A mulher baixinha diz oferecendo a mão com genuina afeição, já a alta só faz que não com a cabeça. Sem som algum além do leve rangido da roupa.

    "Fizemos contato com ele." Prossegue Janet. "O homem não consegue seguir o seu caminho. Porém suas maiores preocupações são você e sua mãe. A distância que cresceu entre vocês e a solidão que ela afoga com a presença dele. Na maior parte do tempo ele não sabe o que aconteceu com ele." Ela pausa esperando as palavras terem seu efeito. Esperando Axel digerí-las no seu tempo.

    Mary fica olhando para ele aprensiva e esperançosa ao mesmo tempo.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sab Ago 13, 2022 11:47 am




    Axel Brown

    Axel sorri quando ela diz que é como ela sabe... Um chute então? Provável que sim. — Possuir? Não... Acredito que ela fale mesmo. Como eu estou falando agora com você. - Quando ela fala de destruir um ou outro, um arrepio lhe corre a espinha e dentro dele morre um grito que diz: 'não'.

    * * *

    Os olhos correm para a prata imediatamente. Não sabia se ela fazia aquilo por despeite ou se realmente era um símbolo religioso autêntico. Metais sempre foram imbuídos de significações. Mas por que aquele metal para tratar com ele? Não iria tomar como uma ameaça. Mas tudo isso lhe passou pela mente. Mary diz que tem boas e más notícias. Então Janet se apresenta, Axel sorri e estende a mão: — Axel. - A mulher com capacete se recusa a se apresentar. Um sorriso de canto e a mesma mão estendida ainda assim, por algum tempo, só o bastante para evidenciar a falta de educação dela. Janet continua. Axel escuta em silêncio.

    — Acho que a vida dele foi só uma grande preocupação com isso. Só fui ser um bom filho depois que ele morreu. Tem certas coisas que a gente não percebe quando é jovem demais. - Ele diz num tom de suspiro. — Mas Dona Liana está bem cuidada, na medida do possível. Anda bebendo escondida, mas acho que é impossível parar com isso antes que ele siga adiante. É tipo cigarro e cerveja. Um pede o outro. - Quantas vezes ele tinha feito aquela combinação? Não saberia nem contar.

    — Mas o que precisa ser feito para ele "seguir seu caminho"? - Ele diz, fazendo um gesto com as mãos de aspas. — Seguir o caminho é algo literal ou um eufemismo para algo que é melhor nem ser dito? - Aquela possibilidade cobriu sua voz como uma sombra.






    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu
    Wordspinner
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2781
    Reputação : 141

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Qui Ago 18, 2022 8:03 pm

    Axel: Possuir? Não... Acredito que ela fale mesmo. Como eu estou falando agora com você.

    "Interessantes." O modo como ela diz. Interessada. De verdade. Intrigada. Perturbador. "Isso diz algo sobre ela e não ele." Pensativa. As ingrenagens girando, trabalhando. "Ok. Certo, temos muito o que fazer."

    --

    A mulher do capacete só olha em volta. Depois de novo e de novo. Mary ouve com atenção e Janet também. "Sua mãe parece segura. Te dizer isso é a primeira coisa que precisa ser feita. Ele não quer machucar ela, mas acabar fazendo sem saber." A voz de Mary tinha uma mistura de seriedade e compaixão.

    "Já o seu pai?" Janet balança a cabeça em negativa . "Ele precisa seguir. Não é um eufemismo. Para nos a morte é uma Aventura a parte bem maior que a vida. Não é o mesmo pra vocês, eu sei." Janet fala com muita certeza. Não fé. Conhecimento.

    "Ele precisa saber Axel. Saber que você mudou. Que ela está bem." Mary diz quase uma suplica. Ela se importa e acha que ele pode ajudar.

    "Axel, menino. Posso levar seu pai onde quiser. Mas você precisa mostrar a ele. Dizer. Provar. Deixar testemunhar. Matar o medo nele. É medo o que o prende aqui. Seja a luz acesa no corredor. Mostre que está no comando e faca isso sem arrependimento sabendo que é o fim. Sabendo que nunca mais vai ver ou ouvir ou sentir ele." Não tinha a fragilidade de Mary. Tinha uma cobrança. Era um aviso também.

    De alguma forma, em alguma medida Axel corria contra o tempo. Contra o tempo que seguia a lógica dos mortos seja ela qual for.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5450
    Reputação : 402
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sex Ago 19, 2022 8:11 pm




    Axel Brown

    Fazia mal sem querer? Axel parecia saber exatamente como era aquilo. Mary diz então como ele precisava fazê-lo saber que ele havia mudado. — Como eu faria isso? - Ela prossegue. Ela diz palavras que certamente botariam o Caminhante Noturno em plena fúria. — Matar o medo? - Ele sabia fazer aquilo? Ele respirava o medo. Ele causava medo. Ele era uma máquina de matar. Como máquinas de matar matam o medo? Elas geram medo. — Eu... Estou disposto a tudo isso. Eu só não sei como fazê-lo. - Se ela olhasse os olhos ligeiramente marejados dele saberia que dizia a verdade.

    — Me mostrem como. - Ele diz com decisão. — Para que ele siga seu rumo, antes que vire um problema. Antes que a forma de levá-lo para lá seja com violência e dor.






    Conteúdo patrocinado


    Axel Brown - Página 9 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Out 01, 2022 8:20 am