Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Jogo dos Tronos - Felinight

    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12538
    Reputação : 123
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Sandinus Dom 16 Jan 2022 - 14:20

    As palavras de Beron clareiam ainda mais suas intenções e de fato seria bastante eficiente e antes mesmo que a jovem respondesse Asdulfro incentivou-a a aceitar:

    -A generosidade dos Fenlinight com aqueles que se provam aliados é conhecida em todo Westeros, além disso uma proposta como essa me soa irrecusável, sei que aceitará e aproveitando a oportunidade creio que todos tem interesse em saber o que as ruas praguejam contra nós, quem sabe a senhorita fornece alguma informação que não saibamos.

    O velho sorri levemente com um ar presunçoso.

    -Em nossa conversa eu falei que passávamos por problemas, isso foi proposital, para que despertasse sua curiosidade e com isso, encoraja-la a buscar sobre esses problemas. Bem, parece que funcionou... Posteriormente faria com que Esdres que tem admiração por sua pessoa, obtivesse essas informações com você, mas pelo que vejo não precisou de toda essa burocracia... Se não for pedir de mais, além do que Beron lhe propôs a senhorita poderia continuar essa sua investigação para nos auxiliar e o que ouvir falar sobre nós poderia nos reportar.

    Asdulfor não confiava ainda na moça, mas se poderia usa-la como ferramenta de informações ele faria. Mas seria bastante cauteloso com o que ela informasse.
    Pikapool
    Antediluviano
    Pikapool
    Antediluviano

    Mensagens : 3113
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh31.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Pikapool Dom 16 Jan 2022 - 23:49


       
           
           
       

               

               
    Informações

    • Mote: Sou a última da minha casa, e cabe a mim garantir que seus nomes se tornem lendas!

    • Itens Carregados: Adaga (oculta em meio as roupas), Traje de Nobre e Perfume.

    • Vestimentas: Vestido longo de veludo preto com bordados refinados nas mangas, colar com um pingente de dragão com as asas abertas, pulseiras de prata, botas de couro preto ornamentadas com arabescos prateados.


           

               

                   

    Estava pronta para responder quando Asdulfor interviu.



    Ouvi atentamente as palavras do velho meistre e assenti com a cabeça. Em algum momento até pensei em responder-lhe. Mas, eu estava na cova dos leões e isso não seria algo muito saudável de se fazer.



    - Muito perspicaz de vossa parte, meistre Asdulfor. - Sorrio gentilmente. - Contudo, não é aconselhável dizer para alguém que estás a manipulá-lo. Isso pode comprometer seus planos. - Dou uma piscadela para o meistre. - Mas como receberei por isso, não precisarás se preocupar com minha lealdade.



    Volto-me para Beron.



    - Como disse anteriormente, milorde. Eu aceito. Só questionei os gasto, pois creio que podíamos trazer-lhes para o nosso lado do mesmo jeito. - Abro um largo sorriso. - Mas, compreendi vossa estratégia. Farei o meu melhor. E ao fim espero que todos estejam cantando em louvor a casa Felinight. - Pego a taça e a levanto e logo em seguida tomo um gole. - E para cumprir minha parte do contrato desde já. - Assumo um semblante mais serio. - Não sei exatamente se a inocência Felinight foi provada. Soube que o lorde Adham Dannett possui como prova um escudo com o brasão da casa Felinight. E esse escudo vem até com um acessório, a mão do bandido que o empunhava. Essa informação também é o motivo da hostilidade do povo para com vocês.



    Antes de qualquer pronúncia do Lorde Felinight, volto-me toda sorridente para Lady Maria pousando minha mão sobre a dela.



    - Lady Maria, ouvi rumores que a rainha pode estar a espera de um novo herdeiro. - Concluo demonstrando estar levemente bêbada.


               

           
    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5374
    Reputação : 423
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Alexyus Seg 17 Jan 2022 - 9:15

    Após declarar o aceite, Maehra tornou-se mais expansiva e falante:

    - Não sei exatamente se a inocência Felinight foi provada. Soube que o lorde Adham Dannett possui como prova um escudo com o brasão da casa Felinight. E esse escudo vem até com um acessório, a mão do bandido que o empunhava. Essa informação também é o motivo da hostilidade do povo para com vocês.

    Antes de qualquer pronúncia do Lorde Felinight, volto-me toda sorridente para Lady Maria pousando minha mão sobre a dela.

    - Lady Maria, ouvi rumores que a rainha pode estar a espera de um novo herdeiro.

    Lady Maria respondeu serenamente:

    - Certos assuntos são melhor tratados depois de seu desfecho. Até lá, manteremos isso dentro de nosso círculo. Quanto às fofocas sobre o tal escudo, isso é uma pista falsa, que de qualquer modo já foi superada pela vitória no desafio do julgamento por combate.

    Nesse momento, Esdres se levantou para propor um brinde:

    - Sei que ja tivemos brindes demais, mas gostaria de fazer mais um. Um brinde ao senhor meu pai! Que sempre pensa no melhor para a família, e com inteligência e perspicácia vem gerindo nossa familia com maestria! Quero brindar também ao acordo promissor de nossa família com Maehra, estou ansioso para ver isso em prática!

    Beron não protestou, apenas sorrindo discretamente, mas Lady Maria mostrou grande alegria com as palavras do filho.

    A sobremesa já se encerrara e as últimas taças de vinho tinham sido servidas.

    Lorde Beron então disse:

    - Temos assuntos de família a tratar agora, senhorita Maehra, mas espero que aceite jantar conosco amanhã novamente. Aubrey e Krotalus prepararam uma carruagem para levá-la de volta à cidade. Já está escuro e não se deve cavalgar depois de beber e comer como fizemos.

    Com essa deixa, Beron esperou que Maehra se retirasse, deixando apenas os membros da casa e seus protegidos Gaspar e Lu Mei. No limite do acampamento, os dois soldados dos Felinight estavam com os cavalos a postos e a porta da carruagem aberta para levá-la.

    Após a saída da violinista, Beron tornou-se mais sério do que antes.

    - Vocês queriam discutir algumas coisas.

    Os olhos do Lorde Felinight miraram cada um dos sentados à mesa.


    - Falem. 
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5981
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Claude Speedy Seg 17 Jan 2022 - 10:51

    A falta de entusiasmo de Asdulfor sobre a chegada dele e de Lu Mei também doia bastante, mas em essência algo que já esperava, quando ele citou superficialmente sobre eles...

    Gyllen escreveu:"Como eu posso ajudar? Posso gritar por guardas e receitar vinho... Também sei usar uma espada, nada que os campeões da casa não possam fazer."

    Na visão de Gaspar o jovem Gylen era o melhor de todos os guerreiros da família, a razão do rapaz não estar naquele torneio... era a mesma pela qual a Muralha foi construída... a de manter fora dos interesses. Na mente do selvagem apenas pensava que já passou do tempo de você enfrentar realmente os desafios que estão se levantando sobre nós...

    Especialmente porque o tempo é curto, o tal "Cavaleiro da Raposa" foi direcionado como uma tormenta sobre eles...

    Faltava agora saber a razão.

    Aguardou a musicista ir embora enquanto preparava o que iria dizer.

    Infelizmente havia algumas que o próprio Melchior tinha em mente como sendo mais sinistras do que seu primo Beron poderia suportar... Então era melhor começar em partes, deixando primeiramente o Meistre e a filha do Lorde falarem.

    Tudo que passava na mente do ladino era que precisava ganhar mais do que algumas moedas com a captura do Raposa, precisava realmente saber como o maldito foi usado... E sua mente o leva para a maldita primeira taverna em que pararam naquela noite chuvosa e como um sujeito doente perto da fogueira conseguiu enganar Lu Mei, os guardas da casa e os animais que faziam ronda ao redor.

    Enquanto cortava a comida pensava que não havia razões pelas quais aquele sujeito tenha conseguido fugir ser ajuda externa. O rancor da garota Lícia diante dessa nova protegida do Lorde o fazia lembrar que recebeu um bilhete dela pouco antes de partir.

    Nesse meio tempo só respondia aos sussurros do outro desprezado pela família, Gyllen.

    "—Eu creio que quando descobrirmos quem ganha com a guerra entre Beron e os Dannet... Eu não penso que a resposta esteja na Raposa e sim em Corvin. Até agora não sei quem o ajudou a escapar, mas suspeito quem o queira em nossos calcanhares."

    Ainda vendo o absurdo de estar ali e imaginando que apenas algum dos irmãos de Beron poderia querer a morte de todos ali...

    Mas tudo era complicado de se provar.

    Tudo que ele poderia fazer era esperar pacientemente os mais próximos do outro lado da mesa falar, para depois Lu mei pensar em respostas eficientes para os problemas. Mas Gaspar ainda não se esquecia de que foi quando ele pediu para ela cuidar de Corvin que o sujeito fugiu...

    Mas também foi ela quem pensou em como conseguir chegar ao Raposa...

    Há muito tempo a luxúria do selvagem se constrastava com a compania contraditória da castidade da jovem.

    Talvez...

    ...preciso apenas esperar novamente...

    ...assim como ele mesmo esperou ter algo com a casta Lu Mei por culpa do Rei-Imperador Amarelo e não pode...

    ...agora ele precisaria da ajuda de Gyllen para eliminar os servos do Deus único.
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12538
    Reputação : 123
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Sandinus Seg 17 Jan 2022 - 11:12

    - Vocês queriam discutir algumas coisas.

    Os olhos do Lorde Felinight miraram cada um dos sentados à mesa.


    - Falem.

    O velho levanta-se:

    -Lícia e Arthur conversaram comigo com a intenção de juntarmos todas as informações que conseguirmos para acharmos conexões e relações e assim facilitar a nossa estratégia de ação contra nossos opositores. E agora que Gaspar e Lu Mei heroicamente trouxeram o raposa as coisas podem ser facilitadas, amanhã pretendo participar do interrogatório e levarei nossas duas testemunhas para fazer confrontamentos. Queria pedir que Arthur e Lícia explanem suas ideias para todos. Em seguida Gaspar e Lu Mei podem nos falar o que descobriram com o raposa, daí poderemos seguir trazendo a mesa as informações que cada um conseguiu e tentar achar um elo em comum, ou se aproximar disso. É necessário que lembrem de tudo, desde que saímos do Castelo dos Sussurros até hoje.

    Encerrava Asdulfor apontando com sua mão para Arthur começar.
    Pikapool
    Antediluviano
    Pikapool
    Antediluviano

    Mensagens : 3113
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh31.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Pikapool Seg 17 Jan 2022 - 18:31


       
           
           
       

               

               
    Informações

    • Mote: Sou a última da minha casa, e cabe a mim garantir que seus nomes se tornem lendas!

    • Itens Carregados: Adaga (oculta em meio as roupas), Traje de Nobre e Perfume.

    • Vestimentas: Vestido longo de veludo preto com bordados refinados nas mangas, colar com um pingente de dragão com as asas abertas, pulseiras de prata, botas de couro preto ornamentadas com arabescos prateados.


           

               

                   

    Você vencer uma justa não era sinal que estaria livre de retaliação ou que uma nova investida usando o nome Felinight não seria executado. No entanto, novamente apenas sorri e assenti.



    Uma vez mais, levantei minha taça a um novo brinde. Esdres era um doce e todos ali pareciam mais receptivos a minha pessoa. Bem, quase todos...



    - Será uma honra estar mais uma vez a companhia da casa Felinight, milorde. Obrigada. - Voltei-me para Lady Maria. - Fico ansiosa por saber que poderei desfrutar de vossa companhia mais uma vez, milady. - Faço uma mesura. Minha vontade era despedir-me adequadamente de todos, mas para não me prolongar, apenas reverenciei a todos. - Tenham um boa noite, família Felinight. - E por fim deixei o recinto.



    Tinha um longo caminho durante a volta ao alcoice de Chataya para pensar em como usaria aqueles recursos da melhor forma possível. O dia seguinte seria extenuante.


               

           
    Wordspinner
    Antediluviano
    Wordspinner
    Antediluviano

    Mensagens : 3088
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh33.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh22.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh28.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Wordspinner Seg 17 Jan 2022 - 21:09

    "Gaspar, suas palavras estão pesadas hoje. Mas Acho que vamos ter um momento para dizer isso para todos ouvirem. Corvus o esquisitão da taverna na estrada? Suspeito, mas já estava fora da Minha mente. Sabe, cheguei a pensar em duelar com os inimigos que meus irmãos vão enfrentar na justa. Nada perigoso, só para saborear a coisa. Quem sabe amolecer um ou outro?" Não dizia aquilo por achar que os irmãos precisariam de ajuda. Mas seus reais inimigos possivelmente estariam na justa de uma forma ou outra.

    "Isso pode ajudar? Cutucar eles e ver a reação. Ver quem assiste e o que dizem. Isso ajudaria? Pelo menos seria uma boa desculpa para conversar com os outros envolvidos, ir até seus pavilhões sem convite." Sem ser suspeito estar por ali. Sem ser suspeito perder um pouco de tempo observando e quem sabe conversando com os servos.

    Maehra se levanta e ela tem a forma e a altura certa. Gylen olha Esdres por um longo instante considerando o que via. Ele era bom em medir passos, pernas e braços com os olhos. Certamente ela encaixaria perfeitamente na sua lembrança.

    Claro, não Seria a única mulher na cidade que teria as medidas certas. As curvas certas. A voz... Era... Se pudesse ouvir ela gritar.

    O bastardo sussurra para Gaspar. "Será consegue fazer ela gritar onde eu possa ouvir?" Não era sério. Só um desejos daqueles sem esperança.

    Ela era uma aliada agora. Ele teria tempo de investigar. Tempo de ouvir ela cantar e gritar na torcida. Seria um enorme desperdicio de beleza, talento e competencia se ela fosse um inimigo.

    Então era hora de expor o que tinham vivido até ali.

    "Acho melhor eu começar já que estou menos alcoolizado que a maioria." O que era mentira. "Eu posso dizer com certeza que fomos vigiados desde nossa saida das terras Felinight. Os bandidos e ataques. Não era tudo coincidência. Não contra nossos números e armamentos. Não. Essa vigilia pode ter sido feita de longe, porém. Ou de perto. De um lugar de confiança e afeto talvez." Ele pensava nos soldados e servos e companheiros. Mas não tinha um suspeito. Alguém teria.

    "Sncontramos gente estranha no caminho e temos até Horace conosco. Não creio que o velho seja um espião, mas isso só faria ele ser um espião muito bom." Ele dá de ombros. "Na noite em que o conhecemos porém, Corvin escapou e na manhã seguinte fomos atacados. Coincidência?" Ele toma um longo gole. Gaspar saberia falar melhor sobre isso.

    "Além disso Maehra tem a altura e a forma e se move como a mulher que estava nos espiando com os Danets." Ele olha o irmão como se pedisse desculpas. "Conheci alguns nobres que foram muito gentis, temo que possam ter segunda intenções, porém não acho que sejam o inimigo. Acredito que querem o que nós queremos. Força segurança e prosperidade." Ele tinha mais o que falar? Não sabia. Não lembrava.
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Dycleal Seg 17 Jan 2022 - 22:11

    Arthur pensa sobre a sua ideia, e pretende resumir, pois deseja mais ouvir do que falar e começa: - Bem, todos aqui, tiveram passeios e trajetos diversos e tenho certeza, que, se somos alvo, nossos inimigos nos abordaram de forma a parecer uma abordagem "inocente" e temos a filha do ferreiro, que foi abordada e ameaçada pelo nosso real inimigo e então se pudessemos descrever todos que tivemos contato, desde prostitutas até nobres que tentaram ser simpáticos a nós passando por comerciantes e prestadores de serviço essa descrição acareada com a descrição do nobre que tentou manchar minha honra e que a garota filha do ferreiro viu pessoalmente, saberiamos então de fato quem é que está por trás de toda esta trama vil.
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1543
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh24.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por DariusNovadek Seg 17 Jan 2022 - 23:50

    - Se você for derrubado do cavalo e tiver que lutar a pé, esqueça a espada, use seu machado.

    - Isso sempre! Você mais do que eu sabe que devemos estar sempre "amolados e prontos" não é?

    Faz uma clara menção sobre o lema da casa dele.

    ...

    - Eu temo que você se machuque, Esdres...

    Esdres tenta acalmar sua aia.. Mas não tinha muito o que falar, Esdres não achava que corria risco de vida nas justas, mas sabia que tinha um risco de isso acontecer.. E de se machucar então.. o risco era enorme.

    - Prometo que não vou fazer nada estúpido, e outra, parece que não confia na minha habilidade Daria, não acha que sou bom no que faço?

    ...

    Na reunião, Esdres da um "Tchau" para maehra com a mão, ja que não dava pra levantar..

    Além disso Maehra tem a altura e a forma e se move como a mulher que estava nos espiando com os Danets.

    Esdres se surpreende com a sugestão, primeiro por nem imaginar que Mahera poderia estar no meio de tudo isso, nem imaginava e nem queria que estivesse também. Segundo por cobrar a si mesmo, por não colocar isso como possibilidade. Esdres toma um longo gole de vinho.

    - É.. Agora que você fala... Mas.. Eu também vi essa moça, logo depois de sair da comemoração da minha vitória.. A moça de preto se movia como se fosse um fantasma, e soube muito bem fugir de mim, não consegui alcança-la.. Mas o que talvez impeça, ou pelo menos dificulte ser a Mahera, foi que vi a mulher logo depois que sai da comemoração, e eu sai antes dela.. Então, não teria tanto tempo e nem muito porque de ela sair, trocar de roupa e ficar vigiando o local que ela acabou de sair..

    Ja que Esdres ja começara a falar, decidiu começar a falar:

    - Bom, pensando em nosso caminho até aqui, não consigo pensar em muita coisa, na primeira estalagem que ficamos, só conversei com Brenna, a garçonete.. E na segunda.. encontramos o herdeiro dos Talhart, que não tratou eu e o Arthur tão bem.. Mas pode ser que estava só desconfiado dos boatos que rolavam na época.. Mas uma coisa é óbvia mesmo.. Estão nos espionando desde quando saímos, tudo foi planejado..

    Esdres se arruma na cadeira.

    - Ah, uma coisa que eu iria falar pro meu pai, mas acho que cabe muito bem aqui.. Hoje, depois da luta de Arthur, fiquei assistindo outras disputas.. E vocês não acreditam quem está participando do torneio, inclusive ganhou a disputa. O nosso Tio Cornel! E pelo jeito, ele é senhor de um castelo la pelas bandas de Dorne! Não sei se o senhor meu pai sabia disso. Mas achei muito estranho ele estar aqui sem nem nos avisar.

    Depois que Arthur fala sobre falarmos sobre todos a quem encontramos por aqui, Esdres engole seco. Ele falou prostitutas, na frente da mãe. "Prostitutas, sério Arthur??quem vão pensar que encontrou uma prostituta aqui? Provavelmente o filho mais novo e devasso deles"

    - Bom, por aqui em porto real tem.. Os capas douradas, principalmente o Hallad, tem a Linda, uma.. amiga que fiz aqui.. Mas ambos não falei nada sobre nossa situação, nada mesmo.. Tem o mercador que vem conversando com Lícia, oferecendo aquela bebida nova.. E os Lugus, amigos do Gylen.. Hoje no torneio um deles matou o adversário com um golpe que me pareceu não muito bem intencionado.. Sei la..
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5981
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Claude Speedy Ter 18 Jan 2022 - 8:29


    Gyllen escreveu:"Gaspar, suas palavras estão pesadas hoje. Mas Acho que vamos ter um momento para dizer isso para todos ouvirem. Corvus o esquisitão da taverna na estrada? Suspeito, mas já estava fora da Minha mente. Sabe, cheguei a pensar em duelar com os inimigos que meus irmãos vão enfrentar na justa. Nada perigoso, só para saborear a coisa. Quem sabe amolecer um ou outro?"


    —Eu até entendo a importância em lutar em uma Arena em Meereen, mas não faço ideia sobre o que um dos ajoelhadores ganham com essas batalhas, rapaz...se puder explicar-me o que se ganha, eu juro que podemos treinar dando umas surras nesses empolados cavaleiros de forma bem pensada...

    Ao ouvir os cochichos sobre a passagem da bela Maehra sobre faze-la gemer, Gaspar apenas respondeu de boca cheia de carne desfiada, agora de porco, que só o faria se ela pedisse... Mas ficou ruborizado ao notar que Lu Mei talvez os tivesse escutado e não queria embaraça-la devido sua castidade devota às regras da corte Amarela.

    A vergonha em ferir a sensível sexualidade da jovem que o selvagem não consegue ocultar piora ao ouvir que a convidada era suspeita de estar espionando a casa , fazendo-o quase morder a língua enquanto mastigava quando o jovem Esdres reagiu com revolta. Ele se recorda que a coordenação de subterfúgio com os demais da casa não é o forte do garoto.

    Porém antes que sua mente possa constatar ou responder sobre isso, ele quase engasga ao ouvir que seu outro primo Cornel esta aqui. Assim como o fato de pessoas estarem morrendo na arena de mentira dos ajoelhadores.

    Cornel já era um dos principais suspeitos na mente de Gaspar sobre toda essa conspiração porque poderia vencer à distância com a morte de todos ali, mas ele aparecer pessoalmente vestindo as cores de outra casa fazia tudo ser ainda pior.

    O pouco que o selvagem ouviu sobre Dornê é que eles realmente são ambiciosos o bastante para tomarem todo o reino de Westeros. A surpresa do rapaz confirma as suspeitas que já tinha, mas é algo que ele não divide com ninguém...mas que talvez falaria para Lu Mei, Gyllen e Asdulfor privadamente.

    Especialmente ainda naquela noite, porque é possível que o interrogatório de seu pai não levaria a nada, já que ele mesmo também tentou.
    Seria preciso ser mais inteligente do que Cornel, além disso... Dornê fica bem perto de Meerenn e de seus sacerdotes de R´hllor...

    A presença de Cornel nessa conspiração amarraria todas as pontas... Corvin conseguiu escapar dos dois guardas e de Lu Mei, além de enganar as feras que o Meistre deixou vigiando a estalagem, para isso precisaria de ajuda de dentro da comitiva, o único que realmente tem interesse na comitiva e teria como informar a presença de Gaspar tão prontamente aos clérigos do Deus Vermelho seria alguém que conhecesse o passado "criminoso" dele desafiando a imposição como escravo. E trazer para cá esses sacerdotes seria o último ponto da retaliação, ninguém sairia vivo... Nem os herdeiros na luta de justa, nem o Meistre e ainda a casa Dannet faria com que o rei esmagasse os Gatos da Sombra como pulgas sob o golpe de uma clava.

    De forma tão sutil que apenas o herdeiro morando em Dorne herdaria todas as terras que lhe foram negadas por serem pródigos.
    Realmente é um plano simples e genial.

    Tão genial que falar dele abertamente diante de todos que já não o ouviram antes poderia botar tudo a perder.

    Ele teria novamente de confiar em Lu Mei para agirem nas sombras...

    E com isso cortava mais um pedaço do pernil que veio posterior ao frango e meramente apreciou aquele sabor para não saltar sobre a garganta de Esdres e o sufocar por não ter deixado tudo de lado e ir ter interrogado Cornel.

    As vezes era difícil compreender como a sabedoria e fúria se mesclavam na mente perspicaz e belicosa de suas recordações traumáticas de violência... mas ficava já certo que um certo senhor de um castelo em Dorne seria o primeiro a apanhar de Gyllen e ele.

    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8168
    Reputação : 123
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Saphira Odin Ter 18 Jan 2022 - 9:50

        Permanecia sem falar apenas escutava as conversas e trocas de elogios entre a violinista no qual nem se deu ao trabalho de lembrar seu nome, seria "a violinista " e apenas isso. Quando Esdres mencionou seu Tio Cornel, ela deixou escapar um sorriso, não acreditava que ele estava participando do torneio e qual o motivo de não ter se apresentado ao seu pai. Sempre teve uma admiração por seu tio, ele parecia aqueles cavaleiros tirados dos contos de algum livro, ele tinha uma aura diferente que conseguia prender sua atenção.
       Mas voltava sua atenção a conversa novamente apenas escutava o que cada parente além de convidados de confianças tinham para contar, no final ela tomou a palavra com calma, sem rodeios tratava tudo aquilo com seriedade como se estivesse lendo um contrato muito importante, quem a conhecia sabia que teria que aturar muita conversa, pois escuta-la explicando algo era o mesmo que ler um livro de contabilidade nos mínimos detalhes e foi assim que ela conduziu a sua conversa, detalhou cada detalhe que presenciou e lhe foi contado, desde a sua chegada aquele lugar, detalhava as pessoas, seu nome e casa se ele tivesse servindo a alguma, as famílias que viu as bandeiras associava cada casa em seu território e que faziam divisa ou não com a sua, não esqueceu de ninguém até mesmo das mulheres da vida, contou todos os detalhes em ordem cronológica que vivenciou, mesclava com as partes que escutou dos demais a mesa, associou o mercador ao veneno explicou sobre sua raridade e provavelmente ele venho junto a alguma caravana distante.
       Sempre falava passando a ponta do dedo a mesa como se tivesse escrevendo ou por vezes desenhando estava acostumada a fazer anotações e pesquisar em mapas, mas não teve tempo de sentar e trabalhar com mais calma neste assunto. Voltava a tomar seu raciocínio nem encarava os demais estava focada demais explicando, novamente alguém estava tentando arruinar a imagem da casa, poderiam ser seus vizinhos a procura de expandir seu território, ou alguma desavença passada, confessou que preferia a ultima alternativa uma desavença apenas, mas haviam muitas pessoas suspeitas, explicou que não conseguiu arrancar nenhuma informação do Ferris, não conseguiu conversar com Linda, entre tantas outras pessoas que parecia estarem a evitando. Falou sobre as pessoas do torneio, o foco até o momento era os vizinhos, mas não descartava a possibilidade de um estranho fora de seu território vizinho tentando enfraquece-los para um ataque futuro. Explicou que muito provavelmente seu tio-avó seria acusado por ter conhecimento do veneno, lembrou que os Dannets estão realmente iludidos que eles são os causadores de toda a desgraça que caiu sobre eles.
      Ficou preocupada em saber que uma pessoa chamada Corvin que desapareceu do nada, provavelmente alguém foi subornado para ajuda-lo, mas como ele conseguiu despistar o faro das criaturas de seu tio?
      -Vamos fazer um retrato de procurado para o tal Corven, se alguém se lembra das feições deste homem pode ir aos guardas desta cidade fazer a acusação e sugerir uma recompensa por sua captura, sei que isso vai faze o Corven sair da cidade, mas se não podemos pega-lo pelo menos podemos tornar a vida dele de um fugitivo um inferno, outros vão caça-lo pela recompensa... Quanto ao Raposa ele é uma peça muito importante me admiro não ter deixado alguns de nossos guardas o cuidando, temo que a pessoa que esta nos prejudicando seja um nobre bem influente entre os guardas devido aos contratos e pagamentos feito a plebeus para nos prejudicar...Não ficaria surpresa se amanhã vocês o encontrem enforcado como queima de arquivo, eu ataria as pontas soltas, como já tenho alguns guardas no meu bolso não seria nada difícil forjar um acidente contra o Raposa...Claro ele pode ser mais uma peça deste quebra cabeça que estamos tentando montar importante ou não vai depender das informações que ele vai dar no interrogatório...

    Continuou a falar de forma calma e fria como novamente estivesse tratando de um contrato de venda ou compra era bem estranho de ver ela falando assim, mas era assim que agia e pensava sobre as coisas, gostava de colocar tudo em ordem era uma pessoa bem , por fim pediu para mais tarde ver se poderia visitar seu Tio Cornel, queria vê-lo, esperou para ver se tinha mais alguma teoria ou informação para dar fim a seu ponto de vista baseada nas informações que tem seria apenas uma especulação, mas já seria um ponto para seguir, não deixou de incluir o seu Tio e sua casa nas explicações por mais que aquilo cortava seu coração em desconfiar dele.



    OFF:
    1. Contar tudo que presenciei e me contaram, mas a parte de cada um tentando sempre encontrar alguma ligação entre cada situação, cada pessoa, nobre, plebeu, casa, localidades, situações tudo, o veneno de onde veio, quem eram as casas e pessoas com quem teve contado que vinha de lugares distantes ou próximos a origem (fabricado) do veneno, ninguém está livre nem mesmo os amigos de ada um ali na mesa. É um resumo entediante que ela vai falar e explicar pelo ponto de vista dela ao sugerir algumas teorias, mas a parte de cada pessoa e casa é detalhe preciso  vizinhos, inimigos, motivos, pessoas e famílias) Tudo. até a estalajadeira.

    2. Visitar o Tio né, ele é muito fodão tenho que lá ver ele .
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12538
    Reputação : 123
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Sandinus Qua 19 Jan 2022 - 14:12

    Acho melhor eu começar já que estou menos alcoolizado que a maioria." O que era mentira. "Eu posso dizer com certeza que fomos vigiados desde nossa saida das terras Felinight. Os bandidos e ataques. Não era tudo coincidência. Não contra nossos números e armamentos. Não. Essa vigilia pode ter sido feita de longe, porém. Ou de perto. De um lugar de confiança e afeto talvez." Ele pensava nos soldados e servos e companheiros. Mas não tinha um suspeito. Alguém teria.

    "Sncontramos gente estranha no caminho e temos até Horace conosco. Não creio que o velho seja um espião, mas isso só faria ele ser um espião muito bom." Ele dá de ombros. "Na noite em que o conhecemos porém, Corvin escapou e na manhã seguinte fomos atacados. Coincidência?" Ele toma um longo gole. Gaspar saberia falar melhor sobre isso.


    Asdulfor ia ouvindo cada um e enquanto tentava montar o quebra cabeças em sua ente ia traçando seus comentários.

    -Não tenho dúvidas que estamos sendo vigiados desde de que saímos de casa, pior, sabiam inclusive nossos números  para usarem mercenários e nos testar. O suspeito provavelmente está debaixo de nosso teto e quem sabe com a liberdade de fazer o que quiser sem os membros da casa no castelo. Quando chegarmos devemos revirar aquele castelo de ponta cabeça! -Lançava um olhar para Beron e continuou, dessa vez olhando para Gyllen- Você deve lembrar que o repreendi por trazer o Horace conosco, até hoje ainda não confio nele. O interroguei e ele falou exatamente tudo que ocorreu naquela espelunca, com detalhes que eu já não lembrava, como se fosse uma história decorada magistralmente para manter a confiança, ou um plano elaborado para não falhar.  

    -São quase cinquenta dias...nem todos lembrariam de mínimos detalhes.
    -O Velho volta-se para a mesa- Os primeiros corpos que encontramos,...lembro que alguns ainda encontraram um deles vivos, e foi comentado que eles foram mortos por quatro homens bem preparados e vejam, só, quando chegamos na espelunca tinham pelo menos três homens bastante suspeitos e eu não gostei logo de cara do Horace e do Corvin, pareciam muito mal encarados e suspeitos. Alguém lembra se alguns dos nossos viu o Corvin sair? Infelizmente o Rakashar e o Balerion não eram treinados para evitar que alguém saísse, mas que estranhos entrassem, eles farejaram todos que estavam na espelunca e não perceberam alguém de fora, por este motivo ele saiu sem ser interpelado por eles. Aguardava a resposta dos demais quanto a sabe se alguém viu o Corvin sair.

    "Além disso Maehra tem a altura e a forma e se move como a mulher que estava nos espiando com os Danets." Ele olha o irmão como se pedisse desculpas. "Conheci alguns nobres que foram muito gentis, temo que possam ter segunda intenções, porém não acho que sejam o inimigo. Acredito que querem o que nós queremos. Força segurança e prosperidade." Ele tinha mais o que falar? Não sabia. Não lembrava.

    O velho cerra os olhos encarando Gyllen quase que sem surpresa e abre um sorriso pretensioso:

    -Também não confio nela, ainda mais alguém que esconde sua família a qualquer custo e que veio de Essos... Curiosamente Lys, a cidade de onde veio o veneno que usaram para tentar matar Adhan Dannet é uma cidade de Essos... E vejam só, alguém muito semelhante a ela vigiava o pavilhão Dannet. Encerrava encarando Esdres e Beron.

    - É.. Agora que você fala... Mas.. Eu também vi essa moça, logo depois de sair da comemoração da minha vitória.. A moça de preto se movia como se fosse um fantasma, e soube muito bem fugir de mim, não consegui alcança-la.. Mas o que talvez impeça, ou pelo menos dificulte ser a Mahera, foi que vi a mulher logo depois que sai da comemoração, e eu sai antes dela.. Então, não teria tanto tempo e nem muito porque de ela sair, trocar de roupa e ficar vigiando o local que ela acabou de sair..

    Asdulfor Pondera:

    -Talvez não, mas se a mulher de preto é habilidosa e ágil como você e Gyllen descreveram, esse álibi não teria tanta força...

    - Ah, uma coisa que eu iria falar pro meu pai, mas acho que cabe muito bem aqui.. Hoje, depois da luta de Arthur, fiquei assistindo outras disputas.. E vocês não acreditam quem está participando do torneio, inclusive ganhou a disputa. O nosso Tio Cornel! E pelo jeito, ele é senhor de um castelo la pelas bandas de Dorne! Não sei se o senhor meu pai sabia disso. Mas achei muito estranho ele estar aqui sem nem nos avisar.

    O velho meister quase empalidece, ele baixa a cabeça como se estivesse raciocinando algo e sua expressão era de preocupação. Encara Beron, mas logo se recompõe:

    -Então meu sobrinho está presente defendendo as cores de Dorne... Vocês sabem que ele foi expulso de nossa casa pois praticou reiteradamente atos detestáveis e sua saída não foi nada amigável, se Beron quiser pode esclarecer para lembrar a todos eu agradeceria...

    - Bom, por aqui em porto real tem.. Os capas douradas, principalmente o Hallad, tem a Linda, uma.. amiga que fiz aqui.. Mas ambos não falei nada sobre nossa situação, nada mesmo.. Tem o mercador que vem conversando com Lícia, oferecendo aquela bebida nova.. E os Lugus, amigos do Gylen.. Hoje no torneio um deles matou o adversário com um golpe que me pareceu não muito bem intencionado.. Sei la..

    Asdulfor encara Esdres com firmeza:

    -Pois todos são suspeitos! Devemos ficar de olho em cada um deles! Quero informações de onde comumente todas essas pessoas são vistas a maioria das vezes...

    -Vamos fazer um retrato de procurado para o tal Corven, se alguém se lembra das feições deste homem pode ir aos guardas desta cidade fazer a acusação e sugerir uma recompensa por sua captura, sei que isso vai faze o Corven sair da cidade, mas se não podemos pega-lo pelo menos podemos tornar a vida dele de um fugitivo um inferno, outros vão caça-lo pela recompensa...

    Asdulfor acena concordando com Lícia:

    -É possível, cuidarei disso acerca do Corvin. Farei seu desenho e denunciarei aos capa douradas.

    ...Quanto ao Raposa ele é uma peça muito importante me admiro não ter deixado alguns de nossos guardas o cuidando, temo que a pessoa que esta nos prejudicando seja um nobre bem influente entre os guardas devido aos contratos e pagamentos feito a plebeus para nos prejudicar...Não ficaria surpresa se amanhã vocês o encontrem enforcado como queima de arquivo, eu ataria as pontas soltas, como já tenho alguns guardas no meu bolso não seria nada difícil forjar um acidente contra o Raposa...Claro ele pode ser mais uma peça deste quebra cabeça que estamos tentando montar importante ou não vai depender das informações que ele vai dar no interrogatório...

    A sugestão dada por Lícia de fato era preocupante, se conseguiram tudo isso, facilmente poderiam exterminar o raposa e impedir que descobríssemos mais. Asdulfor suspira

    -Isso será um problema caso ocorra e realmente não descarto essa possibilidade, mas infelizmente não podemos fazer nada quanto a isso. -O velho lança um olhar para Gaspar- Aliás...Como você está fisicamente Gaspar? Conseguiria vigiar a guarnição que levou o raposa durante essa noite?

    Após a resposta de Gaspar Asdulfro Suspira e por fim expõe seu pensamento, mas sem tirar o olho de Lícia, ele sabia de sua proximidade com Cornell, mas não achava que ela poderia ser a traidora, porém, ela deveria abrir seu olho para essa admiração equivocada.

    -Bom, minha principal suspeita recai sobre Cornell, nosso escudo encontrado no ataque aos camponeses dos Dannets pode ter sido o escudo dele ou um escudo que conseguiu antes de ir embora e esperou a melhor oportunidade para agir, o torneio do Rei. Estando em Dorne e representando uma casa ou um castelo como Esdres descreveu, ele conseguiria com facilidade pagar mercenários para nos atacar e testar nossas forças, tentar destruir nossa reputação e nos isolar no norte. Com essas ações é um primeiro passo para nos destruir, ele pretende minar nossa casa e nos enfraquecer, pode inclusive estar de coluio com os Boltons... Além disso, o garoto o Neil Rivers que as vezes vem aqui acha que sou seu pai devido a uma carta falsa que alguém o entregou, escrita a pelo menos dois dias antes de chegarmos aqui, ou seja, o plano com nossa presença aqui já estava preparado, desde o início.

    Eu analisei a letra desta carta junto com a carta do ataque mercenário assinada supostamente pelos Dannets e tem uma grane possibilidade da mesma pessoa ter feito ambas as cartas que pelo modo que foram feitas seria ridículo pensar que um Meister como eu não descobriria a falsificação, esta carta pode apenas ser uma distração para dificultar nossos planos defensivos. Devemos nos aprofundar com as informações que temos.


    O velho volta sua atenção para Arthur:

    -Encontre a filha do ferreiro, acho que ela pode ir para o interrogatória para reconhecer o raposa, inclusive tentarei encontrar o garoto para ver se ele também reconhece... Assim  se acontecer como imaginamos, vamos estreitar e saber que talvez o raposa seja a ponta da lança inicial, uma marionete para risco e sacrifício.

    Asdulfor suspira cansado, depois de muito falar e senta-se.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5981
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Claude Speedy Qua 19 Jan 2022 - 16:28

    As estratégias eram desiguais, um fosso de rancor se ampliava no estômago de Gaspar quando ouvia Asdulfor repreender sobre a presença de Horace ser uma das possíveis razões da fuga de Corvin da vigilância aquela noite.

    Mas certamente a maior probabilidade estava naqueles dois guardas que Lu Mei me disse que pediram para vigiar no lugar dela.

    Afinal o selvagem havia ficado de olho até fraquejar de sono antes de passar o posto e as feras do Warg estavam ali com seus faros e visões noturnas... Só aqueles dois guardas poderiam ter sido os responsáveis, mas ninguém lhe deu ouvido na época e o deixou se queimar sozinho com os empregados ao não apoiar quando foi expondo suas suspeitas.

    Agora quando Lidia mostra que esta ouvindo os cochichos no canto na mesa entre os desaprovados da casa, aí Asdulfor passa a ver a gravidade da situação e apoiar as ordens da garota... Enquanto tanto o Warg quanto a filha do Lorde centralizam a oratória tudo que o único homem livre dos Fellinight faz é terminar sua refeição e em seguida  caminhava pelo cômodo enquanto sorvia o vinho de seu copo uma última vez, se dando por satisfeito e observando se não havia mais nenhum empregado ou empregada servindo mesas ou vindo recolher pratos.
    .

    Escutar que as coisas não terminaram bem entre Beron e Cornell é ainda pior do que ele havia aprendido, o próprio Meistre chega a essa conclusão e isso tira das costas do ladino o fardo de dizer algo que ele guardava em mente há muito tempo em voz alta.

    O Meistre alegava que o Rakashar e o Balerion não eram treinados para evitar que alguém saísse, mas isso lhe soava de fato algo absurdo, já que os animais alertariam qualquer mudança e não apenas para entradas. E mesmo que não tivessem treinados, haviam quatro pessoas vigiando apenas Corvin...E em duas delas Gaspar confiava sua vida. Sendo uma Lu Mei e outra, ele mesmo... Era fácil ter pego os dois naquela hora se qualquer um dos ajoelhadores de sua família tivesse agido quando ele disse, mas agora depois de uma fofoca casual com Gyllen a suspeita que seria útil há quase dois meses atrás esta sendo levada em conta totalmente fora de época.

    Depois de dizer tudo que já lhe era óbvio em sua conclusão e quase se entediar em ver que não acrescentou nenhuma informação com o tal envenenamento que um dos Danetts sofreu, Gaspar ouve o velho pai em um tom tão preocupado com a saúde do filho que quase o ofendeu e respondeu meio ríspido.

    —Claro que posso vigiar o homem que ajudamos a capturar... Mas penso que precisamos tratar isso com certo cuidado. Não há prova alguma contra Cornell ainda, tudo soa muito conveniente. E o veneno da cidade de Essos é fácil de se comprar por aí... Minha memória não me traí é usada com uma vulgar certa frequência em mortais intrigas por aqui. Assim como Cornell se beneficiaria da morte do irmão e de todos aqui, também um conflito diretamente com ele pode nos enfraquecer ainda mais. O que penso é que precisamos discutir melhor sobre o Raposa, ao meu ver é nele e não no "Corvin" esse corvo já voou pra longe... Podem até por esses cartazes, mas acho que já não teremos ajuda. Penso que temos nos voltar de novo para o Cavaleiro que pegamos agora, é nele que temos de mirar nossas forças... E o que eu tenho em mente não podemos ter nenhum ouvido escutando.

    Observou atentamente tudo ao redor enquanto terminava de caminhar, e garantiu-se de que ninguém viria tirar a mesa daquele jantar ainda e só quando o exausto pai se sentou e quando teve certeza que apenas eles estavam na sala se voltou para Lídia e respondeu seus questionamentos sobre o Raposa.

    —Há uma razão pela qual Lu Mei não chamou mais soldados ou eu não a ter aconselhado sobre isso... É porque eu creio que a melhor coisa que nos possa acontecer é que o Raposa escape...

    Falou em uma tom sagaz de sua velha saberia ladina e fez uma intencional pausa dramática ao dizer isso, dando um falso gole na já vazia taça de bebida para conter o riso de sentir que quebrava o tédio ao parecer que estava competindo com seu pai e a sobrinha para ver quem mais fazia frases de efeito naquele lugar. Aquela afetação toda lhe soava como um jogo do qual ele sentia ser algum tipo de brincadeira antes de ir direto ao assunto.

    E ao ocultar essa vontade de sorrir, após ver as reações dos demais concluiu.

    —Interroga-lo é inútil, Asdulfor. É algo que eu já fiz... Ele pensa estar em uma missão sagrada para o Rei Louco já morto e vai acabar como seu monarca antes de dar qualquer informação... Então eu irei sim até vigiar o prisioneiro, mas só farei isso sem ser visto e apenas para conseguir junto de Gyllen solta-lo e assim certamente como uma presa assustada ele fugirá para algum lugar conhecido, certamente a partir daí eu vou segui-lo furtiva até diretamente o seu mandante... Se conseguirmos isso, creio que resolvemos de uma vez quem é que realmente esta nos atormentando e aos Danett. Que acham? Podem me ajudar nesse plano?

    E colocava a taça de vinha vazia sobre a mesa, olhando para Lu Mei, Lídia, Esdres jogando no ar, aguardou a prontidão especialmente do Lorde.

    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5374
    Reputação : 423
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Alexyus Qui 20 Jan 2022 - 16:33

    MAEHRA

    Quando Maehra saiu da grande tenda de jantar dos Felinight, dois soldados deles esperavam ao lado de uma carruagem  com dois cavalos, segurando a porta aberta.

    Um deles, Aubrey Abyss, era um homem com cabelos e barbas brancas, mas portava-se como um cavalheiro, e parecia corresponder a todas as histórias românticas sobre cavaleiros galantes.
    Spoiler:
    O outro, Krotalus Khant, era um dos maiores homens que a violinista já vira, barbudo, barrigudo e muito forte. Aparentemente, ele já tinha bebido bastante também naquela noite.
    Spoiler:
    Aubrey indagou:

    - Para onde devemos levá-la, senhorita Maehra?

    Depois de receber as instruções de destino, Abyss sentou-se na cocheira ao lado de Krotalus e a carruagem pôs-se em movimento suave, apesar das ondulações abruptas do terreno.

    Foram quase três horas de viagem até que os dois soldados deixassem Maehra no local que ela apontara.

    Ao entrar novamente na casa de diversões adultas de Chataya, Maehra encontrou um ambiente lotado e barulhento. Como Alayaya previra, os nobres que lutaram no torneio naquele diaa tinham afluído ao bordel em enorme quantidade. Alguns, mais expansivos, comemoravam suas primeiras vitórias no evento. Outros, em menor número, buscavam afogar as mágoas de suas derrotas precoces em copos de bebidas e bocetas de putas.

    Havia alguns artistas ali, tocando e dançando para entreter o público, mas menestréis eram atrações para tavernas menos tumultuosas e mais familiares.



    ASDULFOR, ARTHUR, ESDRES, LÍCIA, GYLEN & GASPAR

    Lorde Beron Felinight ouviu tudo o que cada um dizia com uma mão pensativa sobre o queixo e de braços cruzados. Na maior parte do tempo impassível, ele apenas pareceu demonstrar surpresa quando Cornell foi mencionado. Ainda assim, ele aguardou até que a troca de ideias se concluísse.

    Falando lentamente, Beron começou a se pronunciar:

    - Pelo que vocês dizem, haveria uma conspiração que ultrapassou as fronteiras dos nossos vizinhos e está agindo dentro de nossas terras no Norte, e que nos seguiu até aqui na capital. Estão certos em se preocupar com isso, mas eu creio que melhor do que descobrir o que está havendo é se preparar para enfrentar o que virá. Eu estive fazendo meus próprios preparativos e parece que despercebi os movimentos de cada um de vocês, mas tomei ciência de algumas coisas que estiveram fazendo...

    O olhar do Lorde Felinight era penetrante e parecia perfurar a alma de cada um que ele encarava com uma expressão séria e perscrutadora.

    - Cada um de vocês esteve agindo por conta própria, mas para o bem dessa casa, vocês terão tarefas e missões específicas, tanto aqui na capital quanto no Norte quando voltarmos, para as quais eu espero obediência absoluta. Para enfrentar essa conspiração, devemos estar mais unidos do que nunca, entenderam?

    Falando agora de modo oficial, Lorde Beron começou a distribuir ordens:

    - Ninguém mais dessa casa deve ter qualquer contato com Adham Dannett. A casa Dannett é apenas um peão nessa trama, mas ainda podem ser usados para nos atingir, e não devemos lhes dar essa oportunidade. Ninguém deve tentar ajudá-lo a se curar, nem tentar interrogá-lo, e muito menos pedir sua ajuda, o que seria inútil de qualquer forma. Da mesma forma, não quero ouvir palavras sobre vingança ou morte contra eles, pois essas declarações podem ser ouvidas e usadas contra nós.

    Asdulfor e Lícia eram os alvos principais dessas palavras. Beron prosseguiu:

    - Meistre Asdulfor, quando for amanhã ao interrogatório do Cavaleiro Raposa, aproveite sua viagem para fazer mais duas coisas: vá ao conclave do Meistre Pycelle e pegue qualquer correspondência trazida por corvos de nosso castelo no Norte; e pesquise nos livros de genealogia qualquer menção à uma menina nascida entre 15 e 20 anos atrás que seja do sangue antigo de Valíria. Eu estou usando os serviços de Maehra, mas não confio nela, e precisamos descobrir tudo que for possível sobre sua verdadeira natureza. Ela não é de Lys, fala perfeitamente o westerosi e tem sangue valiriano; essa combinação não é casual.

    Beron virou-se para seu primogênito:

    - Arthur, amanhã seu escudeiro preguiçoso vai anunciar sua retirada do torneio para se recuperar. Você ficará em repouso até se restabelecer. Henry Allafante e a filha Inês estão vindo para se hospedar conosco no acampamento, e ela fez questão de ficar cuidando de você. Os dois têm ideias interessantes sobre como desenvolver nossas terras, então você poderá se ocupar estudando esses planos até poder voltar a andar.

    O próximo alvo do Lorde Felinight foi Esdres:

    - Esdres, você continuará no torneio, mas redobre sua atenção. Pode haver outros cavaleiros assassinos que queiram se voltar contra você depois da retirada de Arthur. Se vencer, comemore junto aos nobres e populares, colabore com a torcida de Maehra, se ela cumprir o combinado. Mas se você for desmontado, reconheça sua derrota e retire-se honradamente; nem pense em travar combate em solo, porque além de se machucar feio como Arthur, pode ser que você não tenha a sorte de vencer...

    Ainda mais lentamente, Beron virou-se para Lícia:

    - Você, Lícia, tem causado grandes turbulências durante nossa estadia aqui, comportamento muito diferente do que eu esperava de você. Você se portou como uma criança mimada neste jantar e se envergonhou perante alguém inferior, perante seus iguais e perante seus superiores, sua mãe e eu. Mas devido à sua iniciativa altruísta dessa tarde, que pode ter salvado a vida de Arthur, não vou confiná-la no acampamento e lhe darei mais uma chance de provar seu valor. Você acompanhará sua mãe e vai se esforçar ao máximo para aprender a se portar bem em ocasiões sociais, vai obedecer Maria em tudo e estará sempre ao lado dela. Você será a dama-de-companhia principal de sua mãe, e será responsável pela segurança e conforto dela. Se tiver sucesso nisso, eu permitirei que revise os planos que Arthur aprovar e terei um papel especial para você nos negócios de nossa casa. Mas não me decepcione ou vai se arrepender amargamente pelo resto dos seus dias!

    Contendo sua fria fúria, Beron moveu seu olhar para a outra cabeceira da mesa, sobre Gylen:

    - Gylen, o comando dos soldados e dos servos do acampamento é seu. Garanta a segurança de todos e procure pistas sobre essa conspiração se puder, mas o principal é manter Arthur e Maria longe de qualquer perigo. Lu Mei será  seu braço direito nisso, e Gaspar será sua espada. Você tem autoridade para fazer cumprir as minhas ordens do modo que achar melhor.

    Por último, Beron dirigiu-se a Gaspar:

    - Gaspar, eu preferiria deixá-lo descansar depois dessa longa viagem na Mata do Rei, mas como está disposto a ir ver o Cavaleiro Raposa ainda essa noite, vá. Porém, eu creio que quem quer que tenha sido o mandante dele, esse personagem sombrio virá a ele para tentar silenciá-lo antes do interrogatório. Se os soldados do rei Robert não forem suficientes para impedir isso, então será melhor que você o vigie durante a noite até a chegada de Asdulfor. Se após o interrogatório dele não houver nenhum dado novo, então falarei com o Lorde Mão e pedirei para que seu plano de permiti-lo fugir seja permitido e facilitado.

    Beron levantou-se:

    - É só, por enquanto! Vão e façam o que eu mandei!

    Com isso, Beron pegou a mão de Maria e saiu.
    Claude Speedy
    Semi-Deus
    Claude Speedy
    Semi-Deus

    Mensagens : 5981
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh30.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh21.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh17.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh38.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh36.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Claude Speedy Qui 20 Jan 2022 - 18:47

    Uma ajuda por parte da coroa seria o ideial para essa ação e Gaspar se alegrava ao ver que seria capaz de seguir com o plano,
    Mas certamente a maior probabilidade estava naqueles dois guardas que Lu Mei me disse que pediram para vigiar no lugar dela.

    Krotalos que seria o mais útil para garantir a vigilância naquela, parecia cada vez mais distante, já que a tal mulher de preto Mahera tinha de ser vigiada de perto...

    Não entendia porque os ajoelhadores gostavam tanto de descançar, apesar de que na época de Gladiador ele teve um pouco mais de luxo, esse luxo era em uma cela.
    Na visão dele já tinha dormido duas noites em pedras e à luz das estrelas.

    Sinalizou em positivo para Gyllen e deu uns tapas em suas costas, para depois aproximar-se do Meistre e conforme estavam se dispersando em particular voltava-se para Asdulfor de forma mais gentil do que na presença dos demais.

    —Agradeço sua preocupação, pai. Mas creio que precisarei também de sua mente controlando Raskashar... Sei que já fez muito, mas essa noite se estiver na pele comigo, creio que poderemos mudar isso rastreando ao redor do Raposa. Deixemos Lu Mei cuidando de Lídia hoje... nessa noite eu penso que será uma mudança definitiva para nós.

    Gaspar notou que a questão do cartaz foi descartada por Beron, mais do que isso Lídia de certo modo foi contída de seus ímpetos.


    —Tenho certeza que o interrogatório não dará em nada, vista a pele de Raskashar e vigie comigo essa noite. Pela manhã penso que o que descobrirmos de Mahera trará mais vantagens do que podemos pensar... Ao amanhecer irei ajudar em sua pesquisa e repousarei em minha tenda conforme Gyllen ter de coordenar nossas forças.

    Comentava com o velho Warg e caminhava para fora ao lado dele.

    —Durma enquanto estiver na pele de seu Gato da Noite... Ah! eu vou precisar de um manto com o símbolo da casa Felinight ... Para também esconder e expor quando for conveniente.

    Gaspar iria também usar uma máscara de panos enrolados sobre sua face.
    Se concordassem, para o selvagem naquela noite iriam caçar da forma como um pai selvagem realmente deveriam desde o começo da infência de seu filho.
    Saphira Odin
    Wyrm
    Saphira Odin
    Wyrm

    Mensagens : 8168
    Reputação : 123
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze10.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Saphira Odin Qui 20 Jan 2022 - 19:54

        Não havia chegado a conclusão nenhuma com aquela reunião. realmente estava cansada com tudo aquilo a ponto de não usar de sua lógica básica para achar alguma ligação entre todos os fatos e acontecimento, mas tanto faz isso não importava mais.
        Encarou com um pouco de medo seu pai, já pensava em ter que terminar o torneio presa no acampamento e quem a conhece sabe que ela não gosta de ficar presa sem a liberdade de andar por onde achar que deveria andar para conhecer aquele lugar e suas mercadorias exóticas que não se pode encontrar no Norte.
       Depois que seu pai terminou e deixou a todos para ir descansar, Lícia até pensou em sair para ver seu tio, mas não queria arriscar, pelo visto estava no limite da paciência do seu pai, e não queria irrita-lo isso a prejudicaria, no momento bastava só fazer as vontades dele.
    Por fim levantou-se de forma geral fazia reverência aos presentes.
    -Peço desculpa a todos pela fata de cortesia, espero não tê-los envergonhado frente a nossa visita... Se me permite deixa-los a mesa, preciso ver se a Senhora minha mãe não precisa de meus cuidados...
    E assim ela partia para seu quarto sozinha já que Alice e Isabella provavelmente estariam a esperar por sua mãe que ela só deu uma rápida passada pelo quarto e fugiu dos prováveis sermões, estava sendo atacada por todos os lados e isso estava começando a deixa-la um pouco chateada, sem contar que sua liberdade estava em risco.

    OFF:
    Ver se tem algo que minha mãe precise se não vou retornar para meu quarto, tenho que andar pianinho se não to ferrada, vou ver se a tarde não consigo fugir Razz
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade
    DariusNovadek
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1543
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh24.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh15.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por DariusNovadek Qui 20 Jan 2022 - 22:50

    olhando para Lu Mei, Lídia, Esdres jogando no ar

    Esdres faz um movimento com a cabeça, logo logo seria a vez do senhor seu pai falar, então nada disse. Mas Esdres gostou de gaspar o ter tentado colocar em seus planos. Normalmente sempre se esqueciam do filho mais novo.

    ...

    - Esdres, você continuará no torneio, mas redobre sua atenção. Pode haver outros cavaleiros assassinos que queiram se voltar contra você depois da retirada de Arthur. Se vencer, comemore junto aos nobres e populares, colabore com a torcida de Maehra, se ela cumprir o combinado. Mas se você for desmontado, reconheça sua derrota e retire-se honradamente; nem pense em travar combate em solo, porque além de se machucar feio como Arthur, pode ser que você não tenha a sorte de vencer...

    Esdres levantou a taça em sinal de concordância, nada disse, por que seu pai ainda iria falar. O peso do torneio voltava a suas costas com a saída do irmão. E ao mesmo tempo, o torneio que era a principal causa que tinham ido para Porto real, parecia que era a coisa menos importante que estava rolando por ali. O que desanimava um pouco Esdres, ele queria coisas grandiosas pra ele realizar. E de repente não parecia que estar no torneio seria tão grandioso. A mente de Esdres tentava combater esse pensamento negativo.

    Após o término do jantar, Esdres viu Lícia sair logo. Sentiu pena de sua irmã por um momento, ela não estava acostumada a reprimendas como Esdres estava. Esdres levantou-se logo em seguida, mas foi encontrar seu pai antes que ele entrasse nos seus aposentos, e pediu para ter uma breve conversa.

    - Senhor meu pai, desculpa encher o senhor com mais conversa depois do jantar.. Mas.. Queria fazer uma pergunta.. Eu sei que minha missão principal aqui em Porto Real é me manter no torneio o máximo possível. E farei isso com muita dedicação, e orgulho de representar nossa casa. Mas o que eu queria saber é.. Quais os planos que o senhor tem pra mim, pro futuro? Queria ajudar nossa família, além de um torneio eu digo.
    Pikapool
    Antediluviano
    Pikapool
    Antediluviano

    Mensagens : 3113
    Reputação : 97
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh31.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Pikapool Qui 20 Jan 2022 - 23:28


       
           
           
       

               

               
    Informações

    • Mote: Sou a última da minha casa, e cabe a mim garantir que seus nomes se tornem lendas!

    • Itens Carregados: Violino, Adaga (oculta em meio as roupas), Traje de Nobre e Perfume.

    • Vestimentas: Vestido longo de veludo preto com bordados refinados nas mangas, colar com um pingente de dragão com as asas abertas, pulseiras de prata, botas de couro preto ornamentadas com arabescos prateados.


           

               

                   

    - Boa noite, senhores! - Disse ao avistar aqueles dois homens distintos ao lado da carruagem. - Para o estabelecimento da madame Chataya. - Respondi.



    Aproveitei a longa viagem para tagarelar e jogar conversa fora com meus guias. Apesar de toda elegância de Aubrey, o que me deixava abismada era Krotalus. Não recordava-me de já ter visto um gigante antes. Aonde diabos os Felinights haviam encontrado um gigante?!



    Ao descer da carruagem, não pude deixar de fazer-lhes um convite.



    - Gostariam de entrar para descansar antes de retornar? - Sorri gentilmente. - As meninas de Chataya saberão muito bem como fazer-lhes relaxar. - Meu sorriso gentil tomou um tom argucioso. - E devido a todas as pessoas nas ruas e a distancia, creio que ninguém irá questionar uma hora a mais. - Inclino-me em direção a eles e sussurro em tom audível para ambos. - Ouvi dizer que a musica aqui é muito boa. - Completo com uma piscadela.



    Ao meu ver, o grandalhão seria mais suscetível a aceitar meu convite. Já não podia afirmar o mesmo de Aubrey. Caso recusem o convite, apenas me despedirei sem insistir.



    O salão estava lotado. Lotado com nobres, homens e bêbados. Sem delongas, fui até meus aposentos pegar meu violino e então retornei. Com um pouco de sorte, aquela seria uma noite promissora.



    Mesclei minha apresentação entre canto e violino. E em minhas pausas procurei interagir com a plateia. Esperava que o álcool deixasse frouxa a língua daqueles homens. Certamente isso facilitaria e muito a minha vida. Caso Aubrey e Krotalus tenham aceitado o convite, também irei interagir com eles para ver se descubro algo interessante.


               

           
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Dycleal
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 10510
    Reputação : 224
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Dycleal Qui 20 Jan 2022 - 23:41

    Arthur sabia que a decisão do seu pai era a mais acertada, e que era inevitável, pois continuar no torneio, era apenas um sonho, fruto da sua determinação juvenil, mas seu lado adulto e treinado para liderar, já sabia que era o melhor. Fez sinal para Esdres e Gyllen para se aproximarem e diz para Esdres: - Irmão, minha honra agora está em suas mãos, me represente e represente a família da melhor forma, você está preparado para esta tarefa e acredito que para muitas outras também.

    Olha para Gyllen, coloca a mão no seu ombro e fala: - Quase sinto feliz por ter me machucado. E sorri, por alguns segundos e continua: - Você está preparado para a missão que o nosso pai te deu, compartilho todos os planos contigo e na maior parte do tempo ele é fruto de nossas conversas e consenso. Não tem como errar, brilhe e conquiste seu espaço, os deuses antigos querem que seja assim, me orgulhe.

    E após uma breve pausa, diz para ambos: - Me ajudem com o meu escudeiro, passe as ordens do nosso pai para ele e providenciem que a filha do ferreiro vá ao interrogatório com o tio. E Gyllem, mostre de longe, os seus amigos nobres e assassinos de adversários justa para a pobre garota, tenho certeza que ela vai identificar um deles como o contratante que a impeliu a agir para mim complicar, mas não deixa eles verem ela, está bem? Agora preciso descansar para voltar logo a ativa. E ajeita os travesseiros no assento para se recostar.
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo
    Sandinus
    Mefistófeles, Lorde do Oitavo

    Mensagens : 12538
    Reputação : 123
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/111.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh42.png

    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Sandinus Sex 21 Jan 2022 - 13:11

    Mesmo com seu raciocínio lógico de meister, Asdulfro não conseguiu fazer uma conexão em todos os acontecimentos, o que o deixou bastante frustrado, eram muitas informações, ao mesmo tempo e provavelmente algumas não tinha relação com a situação, o que confundia a mente de todos. Porém, para alívio e orgulho do Meister, Beron mais uma vez, com sua calma e precisão decidiu assumir o controle da investigação, distribuindo ordens e missões.

    Uma característica de liderança advinda de seu irmão e Pai de Beron, Jasper Fenlinight e apesar dos defeitos dele liderança era uma de suas qualidades. as logo abaixou a cabeça quando foi repreendido por ter ajudado os Dannets. Era algo que ele planejava para tentar aliviar a inimizade, mas não se pode ter certeza se funcionária, ele ouve as orientações dadas por Beron para todos e já as guardava para ajuda-lo a cobrar sobre cada uma dessas ações.

    O velho ouve sobre o que deveria ser feito amanhã e apenas acena positivamente concordando com tudo, ele faria exatamente como lhe foi ordenado.

    Assim que Beron encerrou e antes que todos se dispersassem ele tomou a palavra:

    -Bem, preciso que me informem onde podemos encontrar cada uma dessas pessoas citadas e que vocês tiveram contato e conversa, bem como suas características físicas com o máximo de detalhe, darei um jeito de espiona-los.

    Posteriormente, enquanto a reunião se dispersava e Asdulfor se dirigia até sua carruagem, quando Gaspar o aborda.

    —Agradeço sua preocupação, pai. Mas creio que precisarei também de sua mente controlando Raskashar... Sei que já fez muito, mas essa noite se estiver na pele comigo, creio que poderemos mudar isso rastreando ao redor do Raposa. Deixemos Lu Mei cuidando de Lídia hoje... nessa noite eu penso que será uma mudança definitiva para nós.

    Asdulfro concorda com a cabeça, espera qualquer um se afastar e leva Gaspar para próximo de sua carruagem:

    -É uma ótima ideia, mas enviar o Rakashar está fora de cogitação. Os Gatos das Sombras são famosos por sua letalidade, inclusive soldados treinados podem sucumbir a eles, é uma criatura ameaçadora e perigosa, um símbolo de poder! Por isso foi escolhido para a bandeira de nossa casa. Qualquer um que vê-lo sozinho vai querer mata-lo, comuns, guardas enfim... Não seria muito discreto, porém, o Balerion é um cão comum, pelo menos na aparência, na realidade ele é superior aos cães comuns pois é treinado.

    Eu não teria dificuldades em dominar a mente dele e no caminho dominar mais alguns cães ou gatos para montar um perímetro de vigilância de forma discreta.
    -o velho para um pouco pensativo- Diga-me meu filho, a estrutura que forma o local onde você e Lu Mei Levaram o raposa é solta, isolada ou coligada com outros imóveis?

    Indagava Asdulfor já pensando na estratégia de vigilância que montaria.

    -Quantos menos lados ela tiver melhor para vigia-la. Aguardava a resposta.

    Quanto ao interrogatório o meister abre um leve sorriso, enquanto se dirigia a seus instrumentos que utilizava para fazer tratamentos, suturas e outras coisas.

    -Não será um interrogatório comum, ele será torturado pelos capas douradas, mas levarei meus instrumentos para auxilia-los caso seja necessário...-Continuava enquanto separava e guardava seus instrumentos para leva-los a sala de tortura.- Não acho que vigiar a Mahera agora seria útil, mas como foi dito vigiaremos a prisão você e eu através do Balerion e outros cães ou gatos que eu visualizar no caminho, deixamos a Mahera para depois.

    -Quanto a capa eu tenho uma... -o velho abria uma espécie de gaveta embaixo do assento/cama da carruagem e pegava a capa entregando a Gaspar.- Agora vamos, temos trabalho a fazer esta noite!

    Com isso Asdulfor se tranca em sua carruagem, Domina Rakashar para fazer a vigilância e Balerion para seguir o Gaspar, não antes de retirar sua coleira de identificação.
    Conteúdo patrocinado


    O Jogo dos Tronos - Felinight - Página 24 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Felinight

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 20 Jun 2024 - 12:37