Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3156
    Reputação : 141
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por thendara_selune Qui Set 28, 2023 10:57 pm






    18:00-8 dia.
    Ameno.
    Porto Real.







    "O Sol Brilha em Dorne, e Nós Brilhamos com Ele"
    Lady Yessenya Dayne




    Falas
    Pensamentos ou Falas NPCS/PJs

    ⚜⚜⚜⚜⚜⚜

    9º DIA

    Sorrindo, agradeci ao Meistre por ter pontuado sobre a ausência de Edric. "De qualquer forma, vou dar um jeito de ir a Tombastela. Que bom que concorda com minha ideia." Levantei-me e fui até a janela, observando o vaivém das pessoas na cidade. "O senhor está certo. Devemos entrar em contato com as casas que possam ser de nosso interesse comercial." Escutei Torrentine falar e me virei para ele. "Sor Eyvon", disse, "creio que o senhor pode conseguir. Nós confiamos em suas habilidades, e, de fato, homens se entendem melhor entre si. Não há razão para eu me intrometer. Confio na decisão que tomem."





    Imagens das damas :

    Visual das cabritas:

    Yesse na vidaaa é igual a musiquinha HAHA







    emme
    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade
    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1717
    Reputação : 142
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Xafic Zahi Sex Set 29, 2023 10:47 am

    Meistre Querellon


    Ao perceber que a reunião estava encerrada, Querellon se preparou para sair do quarto.

    - Com vossa licença, milady - Fez uma breve reverência, seguida de um aceno para Sor Eyvon.

    Uma vez do lado de fora, procurou pela proprietária da estalagem e, ao encontrá-la, solicitou por mais um quarto.

    - No andar superior, de preferência de difícil acesso, senhora Nymeros - Querellon pretendia tornar o cômodo em um pequeno salão para reuniões. Considerava que os pequenos encontros realizados no quarto de Lady Y poderia ser mal visto pelos demais frequentadores da estalagem, além de oferecer risco desnecessário a todos eles - Se possível, sem camas, mas com cadeiras e uma mesa.

    Quando se visse sozinho com Tayla, sugeriria à ela:

    - Erock e Mortin se encontram um um casabre na Baixada das Pulgas. Nele, há uma senhora que recebeu mantimentos em nosso nome. Acredito que ela possa fazer parte da rede que estamos construindo. Gostaria de ir até ela e avaliar?

    Querellon acompanharia Tayla parcialmente pelo caminho, pois tinha a intenção de se dirigir até a Fortaleza Vermelha, em busca de Meistre Somar.

    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5271
    Reputação : 396
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Alexyus Seg Out 02, 2023 2:53 pm

    9° DIA


    ARN com Ordo Mendel

    -Senhor Ordo eu paguei a todos adiantado o mês, você sabe que não há a necessidade e que me devem. Então Com a ajuda da Senhorita Violet eu ordeno que volte encontre todos meus pertences e fale com todos novamente que estou aqui e quero que cumpram com o acordo, afinal tenho todos os contratos comigo. E os pertences eu pagarei por cada peça novamente sem problemas e quero que faça isso o mais rápido possível se você não aceitar não me deixará outra escolha a não ser dispensa-lo e eu falar para todos e para seu patrão sua falta de lealdade inclusive cobrando novamente o valor dado a você em dobro pelo prejuízo que me causou e ainda por cima arcando com todas as consequências desses valores. No final se conseguir tudo de volta eu lhe dispenso e ainda te pago cinco veados de prata e nunca mais quero vê-lo novamente o resto da comitiva eu gostaria de saber quem realmente está comigo, você está senhor Ordel?

    Ordo Mendel limpou a garganta de maneira ostensiva antes de começar a falar:

    - Senhor Solares, o que me pede é de todo impossível! Sua empregadora, a casa Dayne, na figura de Lady Yessenya e de seu meistre Querellon, encerrou todos os contratos feitos pelo senhor. Mesmo que eu pudesse encontrar todos os seus ex-funcionários, coisa que não está ao meu alcance, alguns deles já estão empregados enquanto outros já deixaram Porto Real. Portanto, não pode me dispensar pois já estou despedido de seus serviços e empregado com um novo patrão. Suas ameaças de difamar o meu nome são vazias, sor, e não pagarei pelo que seus empregadores me forçaram a fazer, algumas tarefas que até mesmo fugiam das minhas obrigações. Desejo-lhe sorte no futuro, Sor Arn Solares, mas tenho a mesma esperança de não tornar a vê-lo.

    E assim, Ordo Mendel deu as costas a Arn e desapareceu na noite escura.

    -Violet ache todos da comitiva e diga onde estou e que se eles quiserem reaver os contratos com minha pessoa estarei aqui disposto a aceita-los quem não quiser deve pagar o que me deve. Afinal eu paguei por trinta dias e tive 6 dias dos serviços de cada inclusive pagando bem além do que se espera e tratando todos bem.

    Violet esperou que Ordo se afastasse para responder:

    - Mendel está certo, Sor Arn, será muito difícil encontrar todos agora, e muitos já estarão empregados. O custo de cobrar cada um deles pode ser muitas vezes maior do que o pagamento que o senhor já fez. Tem certeza de que quer empenhar tanto esforço nisso?


    ARN com Callahan

    -Que tipo de cavaleiro eu seria tirando o principal protetor de Lady Yessenia? Eu estou afastado exatamente para a proteção de todos e você deve continuar com essa missão - faz uma pausa avaliando a situação toda e prosseguia com a mesma frieza logica que Cahalan conhecia a muito tempo - Proteja ela com todo seu empenho, como disse para Sor. Eyvon eu não voltarei de mãos abanando para Alto Ermitério. Se não tivessem trapaceado nas justas eu estaria entre os finalistas e agora entendo que tudo isso foi um plano orquestrado. Aqui é um lugar seguro para a Lady se encontrar com minha pessoa, se assim ela o quiser. Vocês podem deixar recados aqui e conseguirei responde-los. E se precisar de minha pessoa e for algo urgente venham até o Septo que todos os dias ao amanhecer estarei aqui.

    Então pega no ombro do rapaz

    -Obrigado Cahalan. E se cuida.

    Callahan assentiu para Arn, determinado. O cavaleiro conhecia o escudeiro o bastante para entender as emoções dele.

    - Falarei com Yessenia sobre isso, sor. E não tema, eu a protegerei com a minha vida.


    QUERELLON na Estalagem Lança de Pedra

    - Com vossa licença, milady - Fez uma breve reverência, seguida de um aceno para Sor Eyvon.

    Uma vez do lado de fora, procurou pela proprietária da estalagem e, ao encontrá-la, solicitou por mais um quarto.

    - No andar superior, de preferência de difícil acesso, senhora Nymeros - Querellon pretendia tornar o cômodo em um pequeno salão para reuniões. Considerava que os pequenos encontros realizados no quarto de Lady Y poderia ser mal visto pelos demais frequentadores da estalagem, além de oferecer risco desnecessário a todos eles - Se possível, sem camas, mas com cadeiras e uma mesa.

    Anamara Nymeros respondeu ao meistre:

    - Há uma sala de reuniões nos fundos, meistre, bastante discreta. Mas se realmente quiser algo no segundo andar, há um quarto disponível, no qual que poderia colocar algumas cadeiras. Há uma mesa pequena, mas não poderia colocar uma maior, e nem posso remover a cama de lá. O que prefere, meistre Querellon?

    Quando se visse sozinho com Tayla, sugeriria à ela:

    - Erock e Mortin se encontram um um casabre na Baixada das Pulgas. Nele, há uma senhora que recebeu mantimentos em nosso nome. Acredito que ela possa fazer parte da rede que estamos construindo. Gostaria de ir até ela e avaliar?

    Querellon acompanharia Tayla parcialmente pelo caminho, pois tinha a intenção de se dirigir até a Fortaleza Vermelha, em busca de Meistre Somar.

    Tayla pensou e respondeu:

    - Alguém que reside em Porto Real é tão bom quanto qualquer outro, mas ela precisaria ter acesso e contatos em lugares importantes, como o porto, por exemplo. Tem certeza de que essa mulher é esperta o suficiente para isso?

    Após um momento de silêncio, Tayla acrescentou:

    - E agora está muito tarde para ir à Baixada das Pulgas, capitão. Não acho que seja boa ideia entrar lá no meio da noite.



    DÉCIMO DIA


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Main-q10

    "Você não consegue escolher como você vai morrer ou quando. Você consegue apenas decidir como você vai viver. Agora."
    Joan Baez

    ARN com o Alto Septão

    Arn viu o Alto Septão na primeira das sete orações do dia, logo pelo amanhecer. O sacerdote superior da Fé dos Sete presidiu a cerimônia com a solenidade costumeira perante toda a assembleia dos clérigos reunidos e visitantes.

    Ao fim da missa, Arn foi conduzido às câmaras do refeitório, onde o Alto Septão tomava o desjejum numa longa mesa com sacerdotes. Solares recebeu um assento ao lado do Alto Septão.

    - Então, Sor Arn Solares, como está passando? Que os Sete que são um só o abeçoem!


    YESSENYA, QUERELLON, EYVON & ARN

    O último dia do torneio seria movimentado, e começou ensolarado e barulhento.

    As arquibancadas de nobres não estavam tão lotadas desde o primeiro dia, e os populares eram ainda mais numerosos do que em qualquer outro dia. Mesmo o espaço reservado aos dorneses estava bem cheio.

    As competições de arquearia começaram logo cedo, e logo após o meio-dia estavam encerradas.

    A liça do corpo-a-corpo começaria logo depois, com oito exércitos se enfrentando. Cada exército representaria um dos Sete Reinos, sendo o oitavo de cavaleiros das Terras da Coroa; os cavaleiros de Dorne estavam misturados com cavaleiros andantes e mercenários.

    Callahan estava logo atrás de Yessenia e das damas de companhia dela, preparado para ir aonde ela fosse.

    Querellon sabia que aquele seria o dia para carregar o Sabre da Sapiência.

    Eyvon tinha seus próprios interesses em Porto Real dentro ou fora do torneio, mas Arn disputaria o corpo-a-corpo ao lado dos nortenhos.
    El Cabron
    Mutante
    El Cabron
    Mutante

    Mensagens : 599
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por El Cabron Seg Out 02, 2023 6:49 pm

    ~ Eyvon acordara um pouco mais tarde do que o de costume naquele que, teoricamente, seria o último dia da Casa Dayne em Porto Real. Havia se deitado tarde na noite anterior e, por conta do dia ligeiramente agitado, sentiu um pouco de dores nas costas, ainda flageladas. No entanto, assim que acordou, tratou de lavar-se e descer para o desjejum. Não tinha fome, mas não deixaria de sair sem comer. Sabia que o cronograma colocaria Lady Yessenya, suas damas e Callahan, envolvidos no último dia de torneio, enquanto Querellon teria seus afazeres relacionados ao Sabre da Sapiência e sua incursão marítima que aconteceria em breve. Com suas vestes simples, prendeu a bainha de sua espada na cintura e saiu da estalagem, rumando para a zona dos acampamentos. ~

    ***

    ~ O Cavaleiro sabia que àquela altura o acampamento provavelmente estaria muito mais vazio do que o normal. Não só por se tratar do último dia do Torneio mas também por que as Casas ali presentes estariam nas arquibancadas ou participando das últimas “provas”, o que deixariam o Cavaleiro ter uma visão muito mais aberta e tranquila do acampamento. Além disso, certamente serviçais das Casas que ainda estavam em Porto Real certamente ficariam para seus afazeres diários no acampamento. Assim sendo, Eyvon não fez cerimônia ao perguntar aos serviçais das tendas que ali estivessem sobre o dito “Cavaleiro das Conchas”, Sor Raynold Westerling. ~
    Van Bash
    Mutante
    Van Bash
    Mutante

    Mensagens : 713
    Reputação : 15

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Van Bash Ter Out 03, 2023 10:07 am

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Arn_ic14


    O cavaleiro apenas percebe que as suas palavras haviam incomodado o senhor Ordo, mas ele não deu o braço a torcer.  



    -Admiro o senhor pela sua coragem, mas os contratos todos estão comigo e te digo que não foram quitados eu tenho essas provas. E lembre-se que eu sirvo ao Lorde Edmund e quando chegar e se chegar a hora de Lady Yassenia assumir Alto Ermitério eu terei a oportunidade de jurar minha espada a ela. Mas espero que seu irmão assuma e tenha uma vida prospera e longa, assim como Lorde Edmund, até lá sei que a lady irá aprender e se tornar uma grande mulher e líder. E eu farei tudo que estiver ao meu alcance para que isso se torne realidade. Eu não vou discutir com o senhor, mas quero os meus pertences de volta estava trabalhando em um investimento e gostaria de recuperá-lo e o senhor que se desfez deles. Ache-os que o pagarei por esse serviço e prometo que nunca mais verei o senhor. Enquanto os outros pode deixar que eu mesmo falo com eles. Acredito que nem todos estejam empregados. Até pelo motivo que o dinheiro que paguei os manteriam por meses sem trabalho, e alguns estão gastando. Somente quando ficarem perto de ficar sem dinheiro que eles procuraram novos empregos. Pense no que te disse Ordo e você sabe que pago bem. - diz ainda com um tom afiado mas não ofensivo.  

    Quando Ordo sai

    -Não senhora, não pretendo cobrar dinheiro nenhum dos outros homens. Apenas quis revelar sobre a injustiça que Ordo cometeu com minha pessoa. Tenho certeza de que ele gostou do que aconteceu e se aproveitou de minha fragilidade. Homens assim quero longe. Mas o sor. Valio Sand, Remo, Sor Woody Waxley acho que ficariam satisfeitos em honrar a sua palavra comigo, além de os serviçais pois a família deles estão em Alto Hermitério e quase ninguém paga e os tratam como trato eles. Os guardas e homens de armas que abandonam seu comandante sem ao menos ouvi-lo ou vê-lo não entendem o serviço que tens. E desses quero longe realmente. Poderia ir atrás deles e deixe-os bem a vontade para escolher o que querem fazer. - diz explicando sua real intenção  



    =======================================================================

    Manhã do Decimo dia



    O cavaleiro pio estava cumprindo com suas obrigações divinas. E orava com todo fervor de sua alma.  
    “Amor sétuplo que Reina sobre todos sete reinos, preencha plenamente meu coração e meu corpo, a fim de que eu possa cumprir com todas minhas forças ao DIVINO SENHOR DA CRIAÇÃO, unido na figura do Sete, aos meus próximos e a todos os seres viventes.

    Divino Mestre o Sete, dou-Te Graça por tudo quanto fizestes por mim. Deposito em Ti toda minha confiança e todas as minhas esperanças, tenho absoluta Fé em Teu saber infinito, em Tua Onipotência Divina e em Teu imenso amor para com todas as criaturas.

    Sabedoria sétuplo  Divina refrigera continuamente em meu espírito. Se Tu a Minha Luz, meu amparo e meu guia, e assim marcharei firmemente no caminho da justiça e da verdade. Pai Acima, julgue essa pessoa justamente". Fé que há um Deus que tem Sete faces ou aspectos. Representa a Justiça divina, e julga as almas dos mortos. Representa misericórdia, a paz, fertilidade e o nascimento.

    Amém  

    Então Arn é convidado a sentar e fazer o desjejum com seu amigo o Alto Septão, o Gordo.

    -E nós recebemos suas bênçãos e pagamos com a servidão ao sete - responde a benção.



    Arn faz o desjejum junto com seu amigo e primeiro conversam sobre como Arn está.  



    -Vossa Santidade eu estou exatamente como o Sete quer, e hoje me sinto especialmente diferente renascido. Hoje vejo que eu apesar de minha idade, agia como um adolescente e graças a um embate com a filha de lorde Edmund percebi que sou muito parecido com ela, eu a admiro e sei que ela vai longe. Mas esse é um dos motivos que estou aqui também, mas gostaria de continuar essa conversa em um lugar onde apenas eu, vossa santidade e o sete possam nos escutar. Tenho confissões a fazer para me sentir livre de culpas e julgamentos divinos.

    Então ao irem a um lugar mais reservado.  

    -Vossa santidade eu tive uma visão e tenho uma missão em Alto Hermitério e que pra isso se realize eu preciso da sua ajuda.  E uma dessas missões é justamente fazer o segundo maior templo do sete em Dorne, em Alto Hermitério onde possamos juntos levar a palavra do sete para o deserto e para pessoas que se desviaram do caminho. Eu prometo que esse empreendimento divino será a sua altura vossa santidade e que possamos nos apoiar como dois pilares, apenas com pernas fortes chegamos longe. Você sabe de minha habilidade como construtor e farei uma construção bela digna do ferreiro. Esse seria um investimento que traria um retorno para nossa fé. E ajudaria em toda nossa causa. Poderia ser um grande centro e um apoio ao senhor em todas as questões. E em forma de agradecimento assim gostaria além de pedir as condições para que eu construa esse sonho e missão divina em homenagem ao sete e ao grande alto septão se vossa santidade cedesse dois Septões para a casa Dayne de Alto Hermitério. Sei que estou pedindo algo grande, mas isso é apenas algo que representa a estirpe de sua grandeza, eu não o decepcionarei. - Sua confissão vem adocicado por suas palavras sonhadoras e de como isso teria um grande impacto para toda região. Era nítida a empolgação de Arn e seu tom sonhador alimentava uma aura divina



    ================================================================================

    Van Bash escreveu:
    NOITE DO 9 DIA DE TORNEIO


     

     

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Narnia10


     

     

    Sor. Arn estava pensativo olhando para as brasas da fogueira. Ele pensa na luz, e como ela é inerente ao fogo que ilumina as trevas independente do que faça. Ele tem o poder de cozinhar e prover calor em dias frios, mas também pode ferir e destruir. E a vida era isso, tudo não passava de escolhas que fazemos. E hoje ele decidiu que não é o seu papel reestruturar o que estava destruído, o seu nome de nascença já não valia mais nada estava tão morto quanto todos seus entes queridos.  



    "Obrigado tudo acontece como deve ser. Agora só cabe a mim escolher o que fazer com o tempo que tenho aqui"


     

    O cavaleiro estava trabalhando em seu escudo colocando um novo brasão, o acordo de Sor. Beron era inestimável e caia como uma luva uma chance nova de mostrar o poderio da casa Dayne de A.H., os soberanos no renascimento. Apesar de não ter homens para lutar se ele se destacasse como o cabeça que trouxe a vitória sob o estandarte da casa militar a quem fez seu juramento ele passaria a mensagem a todos do poder da casa militar. Mas ele não poderia vacilar, sabia que Lady Yassenia não aprovaria mesmo que isso trouxesse benefícios para a casa dela. Os nobres mais astutos sabem que um bom general vale mais que os exércitos que se dispõe e homens podem ser forjados mas líderes é mais difícil de se encontrar. Mais uma vez era grato com os Felinight. Agora deveria retribuir toda a gratidão as duas casas e se tudo desse certo ele traria a gloria pra ambas as casas. Sor Arn soltou os cabelos e fez a barba, representando que estva renascido, sua nova aparencia jovial dava-lhe um frescor novo, mas representava muito do que estava sentindo. Ele renasceria ali naquele momento.  

     

    O cavaleiro estava esculpindo o sol e a espada representando a casa dos Daynes de A.H, assim pra todos ficariam claro por quem ele estaria lutando e se aliando. Areia e Neve, a dualidade que ele achara a resposta ao observar o fogo.  

     

    "Beron permitiu unir as casas e dependendo dos resultados podemos fazer uma aliança com uma grande casa, que sete conceda a vitória amanhã e que a gloria recaia para as duas casas"



    ==================================================================================================================================================================

    DÉCIMO DIA DO TORNEIO


     

     

    Sor Arn está preparado para o combate se reúne antes com Gylen.  

     

    -Capitão Gylen, se me conceder a honra de liderar seus homens em campo de batalha trarei a tão esperada vitória. Alguns deles já seguiram meus comandos e já lutei lado a lado com alguns. Ficarei honrado - faz o pedido com todo o respeito e decoro ao Bastardo de Beron  

     

    Vai até Aubrey Abyss e Krotalus Khant e comenta para os dois

     

    -A quanto tempo não fazemos isso hein? Ficou tanto tempo fornicando que seus cabelos perderam a cor senhor Aubrey, mas espero que sua lança continue rija como sempre - brinca com seus antigos camaradas, mas ainda assim mostrando respeito

     

    Então se posiciona na frente dos homens minutos antes do primeiro choque das paredes de escudos. Antes de motiva-los ergue seu escudo com o brasão revelando a todos de quem servia, deixando todos julgarem quem era aquele cavaleiro, sua estrategia daria certo se realmente impressionasse a todos e era isso que estava disposto a fazer. Agora deveria principalmente orgulhar Lady Yassenia revelando que estirpe de homem Sor. Arn era. Então vai a frente dos homens e os motiva, Sor Arn não era um general de dar apenas ordens e sim que servia como exemplo e um excelente lutador, talvez um dos melhores dos sete reinos.  

     

    -Agora é a hora da Espada! Escudos serão partidos! - grita motivando os homens - Areia e Neve!!!! Areia e Neve!!!! É a hora da tempestade para nossos inimigos!!! Preparem-se!! Vamos pegar a vitória, ela é nossa! Parede de escudos!!! -termina esperando todos os homens formarem a parede de escudos e jogarem as armas nos seus inimigos como planejaram, mas os que lutassem com escudo formariam uma parede para dar o suporte para a primeira carga enfurecida dos nortenhos. A falange seguia com ele como um apoio tentando se movimentar para a retaguarda dos homens do rio a fim de aproveitar a distração da carga.

     



    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3156
    Reputação : 141
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por thendara_selune Qua Out 04, 2023 3:28 pm






    18:00-8 dia.
    Ameno.
    Porto Real.







    "O Sol Brilha em Dorne, e Nós Brilhamos com Ele"
    Lady Yessenya Dayne




    Falas
    Pensamentos ou Falas NPCS/PJs

    ⚜⚜⚜⚜⚜⚜

    DÉCIMO DIA

    O último dia do torneio se apresentava como uma tarefa tediosa, entretanto, desta vez, minha determinação era inabalável. Qualquer coisa seria melhor do que permanecer confinada na estalagem. Os primeiros raios de sol acariciaram meu rosto, fazendo-me lembrar da minha casa em Dorne. Uma saudade avassaladora me envolveu. Desde nossa chegada a Porto Real, a cidade me parecia sufocante, e eu ansiava por partir o mais rápido possível. No entanto, o baile ainda estava por vir. Um suspiro de frustração escapou dos meus lábios enquanto eu apertava os lençóis, aliviada por ninguém testemunhar minha reação.

    "Maldito lugar..." murmurei, mordendo meu lábio com força. Ao me levantar, pedi que preparassem um banho e comuniquei às minhas companheiras que iríamos ao torneio. Permiti que escolhessem alguns dos meus vestidos, comentando com um leve sorriso: "Talvez tragam mais sorte para vocês do que trouxeram para mim." Eram peças que eu já havia usado em Jardins de Água , mas ainda estavam em ótimo estado.

    Callahan já estava de pé quando desci para o café da manhã. Comi pouco, apesar do cansaço, mas fiz questão de não demonstrar fraqueza. "Bom dia, Callahan. Estamos indo ao torneio, presumo que nos acompanhará", disse, ciente de que ele viria, mesmo que eu não o tivesse convidado.

    Nas arquibancadas, entrei com minha comitiva, ostentando meu sinete, embora não esperasse muito respeito. Sabia que eles estavam apenas cumprindo ordens, e passamos sem incidentes. Optei por ficar longe de olhares curiosos ou julgadores quando encontramos nosso lugar nos acomodamos.
    "Bem, meninas, o dia será longo. Com sorte, eles decidem logo quem ganhou o jogo de 'quem tem a lança maior'", brinquei com um sussurro sarcástico. Estava tentando me manter controlada, mas então me virei para Callahan. "Como foi a sua conversa com Solares?" Não perdia tempo com rodeios quando se tratava dele, e isso era algo que eu valorizava. "Imagino que ele tenha dispensado seus serviços como escudeiro, mas, se não o fez, serei eu a fazê-lo. Você não voltará a ser escudeiro dele. Tenho outros planos para você, e, na sua idade, está na hora de começar a cuidar de si mesmo." Minha mão tocou levemente seu joelho, e eu apertei com firmeza para que ele sentisse as unhas arranhando o tecido. Callahan pertencia mais a mim do que a Solares. Era a única certeza inquebrável em minha vida.

    Enquanto a competição de arquearia se desenrolava, devo admitir que observei com atenção. Eu gostaria de participar mais ativamente, mas era melhor evitar. Alguns momentos depois, assistimos à competição de luta corpo a corpo, e meus olhos lilases se fixaram com grande interesse em Arn lutando ao lado dos nortenhos. "Veja só onde nosso moralista acabou", murmurei enquanto juntava as mãos no colo. "Parece que as palavras do Meistre estão se tornando realidade diante de nossos olhos, e, nesse caso, acredito que nosso vínculo com Solares tenha realmente chegado ao fim de uma vez por todas."Minha voz estava cheia de desdém, tão evidente que poderia ser coletado com um balde."Olhem como ele brada", disse com um sorriso cheio de irritação. "Espero que isso não esteja relacionado à nossa casa. Que ele se junte aos nortenhos, se quiser."Eu ia continuar, mas o bom senso me impediu de gritar tudo o que gostaria. Se estivéssemos em Alto Ermitério, com certeza teria incitado Gerold fazer o que faz de melhor: ser violento e explosivo quando se trata de qualquer coisa que envolva os amigos ou simpatizantes do usurpador bêbado que se acha rei."Areia e neve? Pelos Sete...", exclamei, levando os dedos à testa. "Se eu pudesse esmigalhar Arn, faria. Mas isso é problema do meu pai. Desde que fomos colocados nessa comitiva, era evidente que não iríamos nos dar bem." Soltei um suspiro de frustração seguido por um silêncio profundo.






    Visual das cabritas:

    Yesse na vidaaa é igual a musiquinha HAHA







    emme
    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade
    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1717
    Reputação : 142
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Xafic Zahi Sex Out 06, 2023 9:45 am

    Meistre Querellon


    Com Anamara

    - O segundo andar me parece mais adequado, senhora Nymeros - O meistre julgava dessa forma, pois presumia que menos pessoas veriam a movimentação do pequeno conselho - Compreendo a impossibilidade de remover a cama, e não há problema quanto a isso.

    Com Tayla

    - Deduzo que não. Não acredito que ela tenha alguma sagacidade acima do comum. Mas isso pode ser um diferencial. As pessoas consideradas irrelevantes para a sociedade costumam adquirir, ainda que invuluntariamente, um manto de invisibilidade. Isso faz com que diversas confidencias sejam feitas na sua presença.

    - Em todo caso, não considere isso uma ordem. Faça uma visita a ela e fique à vontade para decidir conforme seu tino.


    Décimo Dia

    Acordar antes do amanhecer estava se tornando um hábito para Querellon. Sob a luz de uma vela, ele escreveu uma carta para Meistre Somar.

    Spoiler:

    Nos primeiros minutos depois do nascer do sol, foi até o quarto de Tayla.

    - Agradeço se puder fazer-me esse favor. Tenho receio de confiar ela a um garoto de recados, a mensagem ser interceptada e algum impostor se apresentar em nome do Meistre Somar.

    Especialmente naquele dia, Querellon teve que dispensar apetitoso café da manhã da estalagem, pois havia decidido fazer o desejum em algum estabelecimento que encontrasse no porto. Uma vez no local, ele caminhou calmamente, buscando reconhecer as bandeiras hasteadas nos navios e analisando o movimento dos trabalhadores que ali se encontravam, enquanto aguardava o Sabre da Sapiência.

    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5271
    Reputação : 396
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Alexyus Ter Out 24, 2023 6:14 pm

    EYVON

    O cavaleiro do Torrentine acordou cedo e tomou o desjejum, sob o olhar vigilante das empregadas da estalajadeira Anamara Nymeros.

    Ao sair pela cidade, encontrou-a movimentada, até mesmo alvoroçada, com a perspectiva da efemméride do último dia do torneio em honra do décimo segundo dia do nome do Príncipe Joffrey, o herdeiro dos Sete Reinos. Lojistas e mercadores ambulantes ocupavam-se em levar o máximo de provisões à feira próxima da arena da competição, onde os nobres e populares certamente circulariam durante os intervalos do evento, provavelmente gastando um bom dinheiro.

    Por outro lado, os acampamentos estavam patricamente desertos, com poucas tendas ainda de pé em qualquer lugar. A maioria dos nobres e cavaleiros já tinha trocado as espartanas instalações dos acampamentos por confortáveis acomodações em estalagens. Apenas as maiores comitivas ainda mantinham-se aquarteladas em barracas, como Sor Cornell de Alcanceleste e a Casa Felinight a quem Sor Arn se aliara.

    Ao indagar por ali aos poucos servos que tinham ficado para trás a respeito do Cavaleiro das Conchas, ficou sabendo que ele se mudara para um quarto alugado na cidade, e que deveria estar naquele momento reunido com Lorde Edmund Tuly para competir no corpo-a-corpo no time dos homens dos rios.


    ARN com o Alto Septão

    O clérigo supremo dos Sete tinha diversas tarefas para tratar naquele dia, mas concedeu alguns minutos em particular para sor Arn.

    -Vossa santidade eu tive uma visão e tenho uma missão em Alto Hermitério e que pra isso se realize eu preciso da sua ajuda.  E uma dessas missões é justamente fazer o segundo maior templo do sete em Dorne, em Alto Hermitério onde possamos juntos levar a palavra do sete para o deserto e para pessoas que se desviaram do caminho. Eu prometo que esse empreendimento divino será a sua altura vossa santidade e que possamos nos apoiar como dois pilares, apenas com pernas fortes chegamos longe. Você sabe de minha habilidade como construtor e farei uma construção bela digna do ferreiro. Esse seria um investimento que traria um retorno para nossa fé. E ajudaria em toda nossa causa. Poderia ser um grande centro e um apoio ao senhor em todas as questões. E em forma de agradecimento assim gostaria além de pedir as condições para que eu construa esse sonho e missão divina em homenagem ao sete e ao grande alto septão se vossa santidade cedesse dois Septões para a casa Dayne de Alto Hermitério. Sei que estou pedindo algo grande, mas isso é apenas algo que representa a estirpe de sua grandeza, eu não o decepcionarei. - Sua confissão vem adocicado por suas palavras sonhadoras e de como isso teria um grande impacto para toda região. Era nítida a empolgação de Arn e seu tom sonhador alimentava uma aura divina

    O Alto Septão abanou a cabeça lentamente:

    - Caro Sor Arn, se soubesse quantos vêm a mim com pedidos semelhantes! Grandes senhores, lordes, septões, cavaleiros, muitos têm esse desejo de erigir grandes septos nos lugares em que vivem, mas esperam que o Grande Septo de Baelor financie essas construções. Sabe o que eu lhes respondo? Se uma comunidade não tem os recursos nem os braços para construir por si próprios um septo para seu próprio uso, então ela não está pronta para receber os benefícios de se aliar ao Grande Septo. Seria mais útil enviar septães para lá para espalhar a palavra dos Sete. 

    O clérigo se levantou:

    - Não pense que posso lhe privilegiar nessa questão, meu caro paladino. Há muitas cidades mais populosas que Alto Ermitério a quem também tive de negar esses pedidos. Os recursos de nossa ordem são finitos, e temos de usá-los com sabedoria. Agora, se me der licença, há assuntos que exigem minha atenção.

    Com isso, o Alto Septão deixou a presença de Arn.


    YESSENYA na estalagem

    Ao acordar, Yessenya solicitou um banho às suas aias, um pedido extravagante para os padrões de Westeros, onde banhos eram eventos infrequentes. Mesmo assim, elas providenciaram junto à estalajadeira Anamara Nymeros uma tina com água para Yessenya banhar-se. A água era fria em comparação com as de Dorne, mas ainda agradável.

    "Maldito lugar..." murmurei, mordendo meu lábio com força. Ao me levantar, pedi que preparassem um banho e comuniquei às minhas companheiras que iríamos ao torneio. Permiti que escolhessem alguns dos meus vestidos, comentando com um leve sorriso: "Talvez tragam mais sorte para vocês do que trouxeram para mim." Eram peças que eu já havia usado em Jardins de Água , mas ainda estavam em ótimo estado.

    Isso fez a alegria das quatro aias, que se deliciaram em escolher os vestidos de sua preferência.

    Ao descer para o desjejum, Yessenya encontrou callaham já a postos.

    "Bom dia, Callahan. Estamos indo ao torneio, presumo que nos acompanhará", disse, ciente de que ele viria, mesmo que eu não o tivesse convidado.

    - Certamente, Yessenya! Estarei logo atrás de você.

    Ele a escoltou ao andar pelas ruas da capital entre um trânsito de pessoas e carroças assustador, mas no devido tempo conseguiram alcançar a arena onde as competições do torneio ocorreriam.

    Ela foi admitida nas arquibancadas com seus acompanhantes, notando o quanto os assentos estavam mais lotados do que nos dias anteriores. 

    Mesmo assim ela teve oportunidade de conversar com Callahan.

    "Como foi a sua conversa com Solares?" Não perdia tempo com rodeios quando se tratava dele, e isso era algo que eu valorizava. "Imagino que ele tenha dispensado seus serviços como escudeiro, mas, se não o fez, serei eu a fazê-lo. Você não voltará a ser escudeiro dele. Tenho outros planos para você, e, na sua idade, está na hora de começar a cuidar de si mesmo."

    Callahan não se constrangeu muito, mas respondeu lentamente:

    - Sor Arn está agindo como faz pensando em ajudar a casa Dannett. E você, Yessenya, bem sabe que o único jeito de eu deixar de ser escudeiro é ser nomeado cavaleiro, seja por um cavaleiro ou por um lorde.

    Ao lado dele, Yessenya pôde assistir a competição de liças. Foi quando viu Arn comandando o batalhão nortenho contra os homens dos rios.


    ARN no torneio

    Gylen, o estrategista bastardo de Lorde Beron Felinight, concedeu a sor Arn o comando do batalhão nortenho para a disputa do corpo-a-corpo na liça.

    Logo, Solares avistou alguns de seu antigos companheiros de batalha.

    -A quanto tempo não fazemos isso hein? Ficou tanto tempo fornicando que seus cabelos perderam a cor senhor Aubrey, mas espero que sua lança continue rija como sempre - brinca com seus antigos camaradas, mas ainda assim mostrando respeito

    Krotalus riu alto daquela observação, aparentando já estar levemente embriagado. Aubrey Abyss, por outro lado, mostrou-se ligeiramente ofendido. Arn se lembrava da seriedade dele em todas as coisas, e pareceu que o tempo não mudara isso.

    - Então é você que irá nos liderar, Sor Arn? Espero que esteja à altura do trabalho.

    Krotalus acertou um tapão no ombro de Arn, dizendo ruidosamente:

    - Espero que ainda se lembre como os nortenhos lutam depois de tanto tempo andando com os dorneses!

    Arn então se dirigiu a todos os guerreiros:

    -Agora é a hora da Espada! Escudos serão partidos! - grita motivando os homens - Areia e Neve!!!! Areia e Neve!!!! É a hora da tempestade para nossos inimigos!!! Preparem-se!! Vamos pegar a vitória, ela é nossa! Parede de escudos!!!

    O brado de Arn não surtiu o efeito desejado. 

    Os soldados dos Felinight obedeceram ao comando dele e empunharam seus escudos ordenadamente, mas os demais guerreiros do Norte não se entusiasmaram em segui-lo. Os Glover, Cerwyn, Hornwood e outros nortenhos quebraram a formação, investindo furiosamente contra os homens dos rios.

    A defesa dos servos dos Tully era débil na melhor das hipóteses, e quebrou-se diante da carga pesada dos nortenhos. Diante daquele quadro, até mesmo os soldados Felinight aproveitaram a brecha para sair da formação e investir com força.

    A garra dos nortenhos acabou por sobrepujar os homens dos rios com pouccas baixas, conquistando o direito de prosseguir na liça.


    QUERELLON

    Tayla partiu antes do amanhecer com a mensagem de Querellon ao meistre Somar.

    Logo em seguida, Querellon teve que sair apressadamente para o porto para supervisionar o carregamento do Sabre da Sapiência.

    A habilidosa tripulação já tinha ancorado no cais designado, e os empregados da senhora Evelyne Vaas já tinham separado as mercadorias a ser carregadas.

    Se a carga fosse menos frágil, seria possível usar guindastes de tração humana ou animal para agilizar o carregamento. Mas devido a natureza delicada dos bens que o Sabre da Sapiência carregaria, o processo de subir a carga a bordo e acondicioná-la devidamente teria que ser feito manualmente.

    Um capataz da senhora Evelyne supervisionava a operação com autoridade e expertise, dando ordens e broncas sempre que achava necessário.

    Durante toda a manhã e parte da tarde as rampas de acesso ao navio ficaram sempre movimentadas pelo ir e vir dos carregadores, entre os quais os próprios tripulantes do Sabre da sapiência também tinham sido empregados.
    El Cabron
    Mutante
    El Cabron
    Mutante

    Mensagens : 599
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por El Cabron Sex Out 27, 2023 6:52 pm



    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Whatsa11

    ~ A ida à região dos acampamentos, à primeira vista, lhe parecia uma boa ideia, uma vez que sabia o quão cheio os arredores da área do torneio ficariam. E Eyvon constatou isso tão logo se dirigiu em busca do Cavaleiro das Conchas, ao passar por mercadores e transeuntes que circulavam pela cidade, fazendo inclusive com que o cavaleiro ficasse atento aos seus pertences. No entanto, seu deslocamento até os acampamentos também era uma oportunidade de refletir sobre os caminhos que a Casa Dayne estava tomando até ali.
    Em sua perspectiva, o insucesso em contatar o pequeno Edric poderia estar vinculado também ao insucesso que a Casa teve no torneio, uma vez que Sor Arn havia sido preso durante a competição e que Eyvon, seguindo o conselho do Cavaleiro Solares, participaria apenas das liças, mas também fora preso e estava incapacitado para tal. A estratégia mal pensada havia cobrado seu preço, além do fato de Lady Yessenya não ter sido bem quista entre os Lordes de outras Casas. ~


    ***

    ~ À medida que pensava naquilo, Eyvon sentia-se ligeiramente estressado, pois sabia que Lorde Edmund questionaria a todos sobre os resultados obtidos pela Casa, tanto no torneio quanto nos bastidores. Ainda assim, ao menos poderiam mostrar que foram úteis ao conseguir um bom empréstimo junto ao Banco de Ferro, e talvez Sor Cornell fosse útil como um aliado no futuro. De toda forma, assim que chegou ao quase vazio acampamento, o cavaleiro limpou sua mente e tratou de questionar os que ali estavam sobre o paradeiro do Cavaleiro das Conchas. ~

    ***

    ~ Informado sobre a localização de Sor Raynold, Eyvon não demorou-se em seguir para onde as liças estavam acontecendo. Atento para que não fosse roubado, seguiu por entre a multidão, deslocando-se o mais rápido possível para o local das competições. Chegando lá, questionou sobre quem estaria lutando nas liças naquele momento e, ao ser informado que os Cavaleiros do Norte enfrentariam os Homens do Rios, Eyvon buscou um lugar onde pudesse olhar a liça e, para sua surpresa, notou Sor Arn liderando as tropas nortenhas. ~

    - O que…? - Falou em voz baixa o cavaleiro.

    ~ Observou Solares dar ordem e ser obedecido por apenas uma pequena parte de seu “exército” enquanto a outra parte lançou-se para derrubar os Homens dos Rios. Eyvon fechou o semblante, em uma avaliação negativa em relação a tudo aquilo e, assim que o combate se encerrou, tratou de se dirigir para os postos de preparo às liças, onde os cavaleiros derrotados provavelmente se encontrariam. ~

    - Procuro por Sor Raynold Westerling, o Cavaleiro das Conchas.

    ~ Eyvon se apresentaria e, caso não houvesse empecilhos, tomaria a palavra com o derrotado Cavaleiro das Conchas. ~

    - Lamento a derrota nas liças, Sor. Meu nome é Eyvon, Cavaleiro da Casa Dayne de Alto Ermitério. - Eyvon fez uma pausa. Sua voz era séria enquanto encarava Raynold. - Estamos em uma comitiva, representando Lorde Edmund Dayne, na estalagem Lança Brilhante. Lady Yessenya, filha de nosso Lorde, gostaria de tratar com milorde assuntos que possam ser de interesse à ambas as Casas…


    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade
    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1717
    Reputação : 142
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Xafic Zahi Sex Nov 03, 2023 10:31 am

    Meistre Querellon


    Querellon ficou satisfeito ao ver que a tripulação já estava trabalhando. Tinha compartilhado anteriormente com os membros do Sabre da Sapiência a importância do serviço, e ele ficou orgulhoso por eles terem entendido a responsabilidade. Por isso, fez questão de expressar seu contentamento, elogiando-os publicamente e dizendo os nomes daqueles que via trabalhando.

    Depois de se apresentar ao homem que estava sob o comando de Lady Evelyne, ele próprio decidiu ajudar no carregamento, dentro de suas limitações. Não era um homem com um físico invejável, mas se colocava em movimento sempre que possível. Enquanto ajudava, conversava com os membros da tripulação, informalmente, demonstrando interesse por suas vidas e preocupações. Do mesmo modo, compartilhava suas experiências, contando os eventos menos confidenciais ocorridos desde que chegaram a Porto Real.

    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5271
    Reputação : 396
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Alexyus Qui Nov 16, 2023 8:39 pm

    EYVON

    Eventualmente, Eyvon conseguiu chegar a Raynald Westerling.

    - Lamento a derrota nas liças, Sor. Meu nome é Eyvon, Cavaleiro da Casa Dayne de Alto Ermitério. - Eyvon fez uma pausa. Sua voz era séria enquanto encarava Raynold. - Estamos em uma comitiva, representando Lorde Edmund Dayne, na estalagem Lança Brilhante. Lady Yessenya, filha de nosso Lorde, gostaria de tratar com milorde assuntos que possam ser de interesse à ambas as Casas…

    O homem do oeste estava bem irritado com a derrota do seu batalhão, e virou-se para Eyvon com impaciência.

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Gawen_westerling

    - A filha de um lorde dornês quer falar comigo? Isso parece suspeito! Diga a ela para escolher a hora e o lugar então, sor. Não pode me adiantar o assunto?
    El Cabron
    Mutante
    El Cabron
    Mutante

    Mensagens : 599
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por El Cabron Sex Nov 17, 2023 1:29 pm



    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Whatsa11

    ~ Eyvon permaneceu em silêncio enquanto o Cavaleiro das Conchas falava. Não deixaria que sua impaciência de alguma forma o intimidasse, tanto que não tardou em responder assim que o homem o questionou. ~

    - Não saberia precisar, milorde, mas creio que sejam assuntos que envolvam possibilidades de negócios ou alguma oportunidade que mereça sua atenção… - Eyvon sabia o propósito da reunião mas achou por bem que Lady Yessenya ou Meistre Querellon discutissem da melhor forma possível com Raynald as ideias que tinham em mente. - Peço que encontre Lady Yessenya, se possível ainda hoje, na Estalagem Lança Brilhante. Se for agora pela manhã ou à tarde, melhor.

    ~ Seu tom de voz era firme, assim como sua postura. Fez uma leve reverência e saiu dali. A movimentação por ali seguia intensa, já que as liças seguiriam por toda aquela manhã, embora não soubesse até quando aquilo tudo duraria. O Cavaleiro do Torentine, por fim, procuraria por Lady Yessenya nas arquibancadas e, a encontrando, sentaria ao seu lado, informando que havia encontrando Sor Raynald e organizado um encontro com o mesmo, na estalagem de Anamara. ~

    - Milady, conversei com Sor Raynald. Obviamente ele estava irritado mas concordou em encontrar com a senhorita, agora pela manhã ou à tarde. Devemos estar prontos para recebê-lo. - Fez uma pausa, voltando sua atenção às liças seguintes que se organizavam. - Sor Arn…então ele juntou-se de fato aos nortenhos. - A voz de Eyvon era um tom acima do normal, já que o barulho da arquibancada poderia abafar sua voz. - Após todos esses anos nunca me interessei pelo passado de Sor Arn mas qual a relação dele com essa Casa? Ele tem alguma dívida de vida com eles?  

    ~ Para Eyvon era inconcebível que um dornês estivesse sob o teto de qualquer Casa que participou, mesmo indiretamente, da morte de Elia Martell e seus filhos, a menos que houvesse uma justificativa muito forte para tal. Relembrou a conversa com Arn, no dia anterior, e havia interpretado que o mesmo havia apenas buscado refúgio entre nortenhos, nada além disso. Ter visto Arn comandando, com insucesso, tropas nortenhas, havia não só deixado-o com asco do velho amigo, mas também com raiva do mesmo, pois sentira-se enganado. ~

    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3156
    Reputação : 141
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por thendara_selune Dom Nov 26, 2023 11:20 pm






    18:00-8 dia.
    Ameno.
    Porto Real.







    "O Sol Brilha em Dorne, e Nós Brilhamos com Ele"
    Lady Yessenya Dayne




    Falas
    Pensamentos ou Falas NPCS/PJs

    ⚜⚜⚜⚜⚜⚜

    DÉCIMO DIA

    Nas arquibancadas, a luz solar resplandecia sobre a arena, refletindo nos aços das espadas e lanças dos combatentes. O ambiente estava impregnado com o odor de suor, sangue e terra, enquanto a multidão rugia em excitação, torcendo fervorosamente por seus guerreiros favoritos.

    Enquanto observava o evento, sentada nas arquibancadas, experimentava uma mistura de tédio e irritação. O brado de Arn não surtiu o efeito desejado, mas a vitória dos soldados dos Felinight ecoava.

    "Bem, os gatos chechelentos do Norte prosseguem no evento...", murmurei. "Seu tutor parece estar muito bem..." Havia uma ironia ácida em minha voz; meus olhos se fixam nos de Callahan por um momento e depois surge um sorriso provocador. "Como você conseguia lidar com ele?" Meus olhos se estreitam, e as linhas de expressão demonstram meu desprezo crescente por Solares. "Não o quero mais como seu mestre. Quando voltarmos, você se tornará cavaleiro. É mais justo e correto também." Minha mão pousa por cima da dele de maneira protetiva; o inimigo que Arn pudesse ter poderia acabar arrastando meu Callahan junto. Não permitiria isso jamais.

    De repente, um ruído atrás de mim chamou minha atenção. Era Eyvon, cujas cicatrizes conferiam uma aparência intimidadora. "Ora, Sor", disse eu, sorrindo levemente. "Agradeço desde já pelo seu empenho." Respondi após ouvir as palavras dele. "Vou receber Sor Raynald na estalagem; creio que seja o local mais propício", continuei. "Devemos informar ao Meistre sobre isso também; quero que ele esteja presente nessa reunião."

    Em seguida, retomei minha atenção para a arena e depois falei. "Sor Arn é um homem cujo passado transborda de maneira a envolver todos ao seu redor", suspirei, demonstrando cansaço. "Ele possui uma ligação com esses gatos do Norte, confiando neles a ponto de lutar pelos Felinight. Confesso que não compreendo por que ele agiria assim com meu pai. Posso admitir levemente que errei ao ordenar a venda de seus pertences, mas naquele momento, a urgência era conseguir recursos..."

    Não havia arrependimento claro em meu rosto; era mais como se reconhecer aquilo fosse também uma maneira de reafirmar que Arn era o tipo de problema que não queria mais lidar.

    "Estou cansada de Solares", continuei sem emoção na voz. "Assuntos relacionados a ele devem ser tratados por meu pai. Se Arn optou por seguir os nortenhos, que seja feliz com eles. Ao retornar, relatarei claramente o ocorrido. Aceitarei a reprimenda que meu pai julgar necessária, mas tenho plena consciência de que não atentei contra sua honra desse tolo presunçoso." Queria cuspir no chão, mas bons modos que tinha me faziam manter um semblante inalterado, embora minha voz pudesse denunciar meu incômodo sobre o assunto.

    “Melhor irmos, esse evento já me foi suficiente. Quero que procure o Meistre, Sor Eyvon. Ele está no Sabre, pelo que lembro, organizando as coisas. Peça a ele que nos encontre após isso, e por favor, mande um mensageiro para avisar a Sor Raynald que o aguardamos no fim da tarde na estalagem.”

    Levantei-me e dirigi-me à saída das arquibancadas. O evento me exaurira, talvez porque a própria Porto Real me desagradasse. Enquanto caminhávamos, a multidão se dispersava. O sol ainda brilhava intensamente, mas o ar estava mais fresco, e eu podia sentir a brisa acariciar meu cabelo branco como seda.


    OFF: Desculpem a demora  Embarassed Ainda não terminou meu semestre, mas hoje consegui responder e se esqueci algo me avisem  Cool cheers Adorei as novas imagens dos personagens; deram aquele toque pessoal a eles e ficaram bacanas  @El Cabron e  @Xafic Zahi



    Visual das cabritas:

    Yesse na vidaaa é igual a musiquinha HAHA







    emme
    El Cabron
    Mutante
    El Cabron
    Mutante

    Mensagens : 599
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por El Cabron Seg Nov 27, 2023 4:46 pm



    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Whatsa11

    ~ Talvez em outro momento as liças fossem um interessante entretenimento para o cavaleiro mas hoje não despertavam qualquer tipo de curiosidade no dornês. O público estava agitado, tornando aquela arena o ambiente perfeito para os embates que seguiram ali. Eyvon escutou com atenção todas as colocações de Yessenya, assentindo positivamente a cada uma delas. Sentiu também o desgosto e indiferença da jovem ao falar sobre Arn, afinal, era um assunto já resolvido para ela. Para Eyvon, no entanto, era um pouco mais complexo do que parecia, no entanto, quaisquer questões em aberto seriam resolvidas pela competência de Lorde Edmund, de forma que não tocaria mais naquele assunto até que fosse necessário. Por fim, atenderia ao pedido dela, e deslocaria-se até o Porto, em busca de Querellon. ~

    - Sim, milady. - limitou-se a responder o cavaleiro.

    ***

    ~ A primeira parada de Eyvon seria de volta à Estalagem de Anamara. Ao procurar pela jovem dona, seria cordial como de costume com a mesma, afinal, desde que chegaram ali, ela sempre procurou tratá-los da melhor forma possível, fato este que Eyvon não esqueceria tão cedo, nem mesmo quando retornasse à Alto Ermitério. ~

    - Senhorita Anamara, gostaria de fazer dois pedidos, pelos quais obviamente será recompensada. O primeiro é que envie um garoto de recados até à zona das liças que estão acontecendo agora. Lá, ele deve procurar por Raynold Westerling, da Casa Westerling, dizendo que Lady Yessenya Dayne o aguarda aqui na Estalagem Lança Brilhante ao final da tarde, indicando a ele a localização correta para chegar aqui.

    - Eyvon fez uma pausa e prosseguiu -

    O que me leva ao segundo pedido…gostaria que a Senhorita providencie um local para que recebêssemos este nosso convidado, onde ele possa se sentir confortável e, claro, com suas iguarias à disposição. Creio que Lady Yessenya e Meistre Querellon não tomarão mais que uma ou duas horas nessa pequena reunião.

    ~ Ainda que os pedidos fossem “simples”, Eyvon sabia das ocupações que Anamara tinha, de forma que não tomaria tempo da mesma para negociar valores ou ajustar preços, assim, tirou 25 Gamos de Prata de uma bolsa que trazia consigo, valor que julgou ser suficiente para seus pedidos, baseado em preços que anteriormente a própria dona já havia comentado com o cavaleiro em outra oportunidade. Se estivesse tudo de acordo, faria uma pequena reverência e sairia dali, agora deslocando-se para a região do porto. ~

    ***

    ~ O porto era uma região muito mais movimentada que as outras que já tivera passado em Porto Real, o que fazia com que Eyvon estivesse atento à toda e qualquer movimentação à sua volta, já que havia sido roubado uma vez. Embora não soubesse exatamente onde procurar, sabia o que procurava ali. O Sabre da Sapiência, mesmo que não fosse o maior dos barcos, tinha sua própria imponência e o fato de ter viajado no mesmo durante bons dias faziam Eyvon ter uma boa noção de suas principais características e de como encontrá-lo. ~

    ***

    ~ Ao encontrar o Sabre da Sapiência, Eyvon buscaria por Meistre Querellon, e ao encontrá-lo cumprimentaria o homem antes de trazer-lhe as notícias relacionadas à missão que Lady Yesseny havia lhe designado. ~

    - É bom vê-lo, Querellon. - disse calmamente o cavaleiro - Encontrei Raynold Westerling. Ele concordou em ouvir a proposta da Casa Dayne e Lady Yessenya o aguarda no final da tarde. Ela solicita sua presença para a reunião.

    ~ Eyvon observou a movimentação intensa no navio enquanto falava e não podia deixar de notar o quanto todos ali pareciam extremamente ocupados. Não tomaria tempo de Querellon além do necessário e, à menos que o homem tivesse alguma dúvida ou questão para com Eyvon, o cavaleiro iria se despedir e retornar para a Estalagem. ~

    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5271
    Reputação : 396
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Alexyus Qua Dez 06, 2023 10:55 am

    Ao cair da noite, Yessenya, Querellon e Eyvon estavam reunidos na Estalagem Lança Brilhante, sentados ao redor de uma mesa amplamente sortida com várias iguarias típicas de Dorne, numa sala separada providenciada por Anamara Nymeros.

    Yessenya entediara-se rapidamente com os festejos do torneio do Rei Robert e passara o restante da tarde na companhia das moças que ela mentalmente chamava de cabritinhas, não sem boas razões. Elas eram tão estridentes e faladeiras quanto cabritas desmamadas, mas serviam para entreter a atenção dela. Felizmente, elas não estavam ali agora, pois Yessenya as mandara jantar em seus quartos.

    Eyvon teria gostado de acompanhar o desfecho do torneio, mas sua missão principal era atender os desejos de Lady Yessenya Dayne. As ordens dela o fizeram mover-se do campo do torneio para a estalagem e depois para o porto, sempre cuidando dos preparativos para conversar com Sor Raynald Westerling.

    Meistre Querellon passara o dia supervisionando o carregamento do Sabre da Sapiência, até mesmo participando em embarcar as delicadas e valiosas mercadorias que Lady Evelyne levaria a Essos. O meistre já não era tão jovem, e estava positivamente cansado depois de um dia de trabalho braçal árduo. Mas Lady Yessenya desejava sua presença e lá estava ele, aguardando a chegada do cavaleiro do Ocidente.

    Cerca de duas horas após o pôr-do sol, Sor Raynald Westerling chegou, acompanhado de um cavalariço e um escudeiro.

    Anamara Nymeros o conduziu até a sala onde o cortejo de Yessenya o aguardava, e ele entrou cautelosamente. Ele reagiu impressionado com a beleza de Yessenya, notando Eyvon a quem já vira e lançando um olhar desconfiado para o meistre Querellon. Quando sentou-se à mesa, fez uma expressão de desagrado para a comida dornesa.

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Gawen_10
    - Então você é Lady Yessenia Dayne? O que deseja falar comigo?
    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3156
    Reputação : 141
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por thendara_selune Qua Dez 13, 2023 3:36 pm

    01
    YESSENYA DAYNE

    Hora:Entardecer
    Día:10
    Clima:Ameno
    Lugar:Porto Real


    ⚜⚜⚜⚜⚜⚜

    DÉCIMO DIA


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 17804411

    Ao cair da noite, aguardei ao lado de Sor  Eyvon, com o Meistre Querellon e Callahan sentados ao redor de uma mesa abundantemente abastecida com iguarias típicas de Dorne, em uma sala separada providenciada por Anamara. Certamente, era aquele lugar que tornava tolerável minha estadia em Porto Real. Consultei os dois sobre o que deveríamos dizer, desejando revisar várias vezes para transmitir segurança na proposta que apresentaríamos.

    Escutei atentamente e alinhei as ideias deles às minhas palavras. Quando Sor Raynald Westerling chegou, acompanhado por um cavalariço e um escudeiro, vesti meu melhor sorriso. Lá estava eu, enfrentando uma negociação pela primeira vez.

    "Bem-vindo e agradeço imensamente por ter se deslocado até aqui, Sor Raynald Westerling." Meu sorriso transformou-se em uma linha delicada, e olhei para Anamara, agradecendo-lhe. "Muito obrigada, Lady Nymeros." Não era tola; o homem ali ficou impressionado com minha aparência, o que me agradou e ofereceu uma leve brecha para quebrar o gelo.


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 227ea68c2e1aab802e89c4a5eddacb23


    Vi seu olhar de desagrado para a comida, mas não me deixei abalar. Pelo contrário, servi-lhe vinho e, em seguida, coloquei a taça diante dele com um gesto calculado, querendo que minha pele ficasse à mostra enquanto o servia. Tinha solicitado que colocassem incenso de limão; o aroma cítrico combinava bem com o anoitecer.

    "Sor, primeiramente, devemos saborear algo. Não se fazem negócios de estômago vazio ou com o paladar amargo." Minha voz era suave, com uma falsa retidão enquanto servia os homens ali. A mesa era um deleite para meus olhos, mas para os três visitantes, poderia ser menos atraente. Após servi-los com vinho, perguntei: "Nunca experimentaram a culinária de Dorne, suponho?"

    A variedade incluía chás, hommus tahine, coalhada seca, tabule, arroz com lentilhas e cebola frita, espetos de kafta decorados com especiarias, e tinto de Dorne para beber. As sobremesas iam desde laranjas sanguíneas até baklava, uma tortinha de massa folhada com nozes, mel e canela. Também havia frutas secas, amêndoas, nozes, tâmaras e mel, além de aromatizantes como especiarias, essências de laranja e flores, proporcionando algo instigante.



    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Images40


    "Deixe-me ajudá-lo a escolher o que arriscar, Milorde." Como uma felina ronronando meiguices ao dono, mostrei com um sorriso aos três. "Essa é uma salada de fattoush, seu colorido é proposital, mas é mais do que isso." Revelando como se fosse um segredo, continuei descrevendo os ingredientes e saboreando delicadamente uma pequena porção como incentivo. "O uso do pão na salada vem do respeito que o povo de Dorne tem por esse ingrediente; nós não jogávamos fora nenhum pedaço, e isso virou uma tradição."


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 20210410


    Apontando para outro prato cheio de pita, continuei: "Essa é uma massa homogênea com formato de panqueca, muito saborosa, que pode ser usada como acompanhamento de pratos e saladas. Chamamos de pita." Com um sorriso meigo, destaquei os falafels, bolinhos de grão de bico fritos, e as folhas de uva recheadas, entre outras iguarias. Em seguida, abordei as sobremesas, destacando a Maamoul e Luqaimat, compartilhando suas histórias e sabores.


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Dubais10


    "Os Maamoul, elaborados com farinha, tâmaras, especiarias e mel, representam ingredientes essenciais na maioria dos doces dorneses e, sem dúvida, são os meus favoritos. Em cada região, essas delícias podem variar desde uma massa seca, não excessivamente doce, até criações como estas que estou saboreando." Mordisquei um deles, umedecendo os lábios ao reconhecer o sabor marcante. "Este, em particular, é confeccionado com água de flor de laranjeira, e o recheio é composto por nozes e amêndoas, proporcionando uma textura amanteigada por fora." Meu sorriso adocicado se intensificou, e fechei os olhos, pois para mim, comer não era apenas uma experiência íntima para o paladar, mas também uma jornada para a alma.


    "Esses bolinhos aqui são o Luqaimat, ou Lokma, outro  doce típico de Dorne. Trata-se de um bolinho frito, delicadamente macio e fofo por dentro, enquanto exibe uma textura crocante por fora. A versatilidade deste deleite permite que seja recheado com nozes, creme de tâmara e castanhas, proporcionando uma explosão de sabores. Agora, convido todos vocês a embarcarem em uma experiência única. Estou na expectativa de que se permitam esse saboroso desafio."



    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 69411310



    Aguardei que os homens ali se servissem, torcendo para que meu método de quebrar barreiras desse certo. Foi uma socialização simples e refinada que permeou minhas palavras, com sorrisos nos olhos e meus lábios tão deliciosos quanto tudo que havia na mesa.. "Não se sintam pressionados; a mesa diante de vocês é uma aventura a ser explorada." Com bom humor, após me servir com mais vinho, disse: "Bem, Sor, agora podemos conversar." Bebi um pequeno gole, circulando a borda da taça com meu dedo. "Suas minas estão atualmente em um período de escassez, mas é inegável a habilidade dos Westerling em administrá-las, assim como de seus trabalhadores em desbravá-las." Bebi mais um gole e prossegui. "O interesse de minha casa é a possível contratação da mão de obra ociosa em suas terras e a experiência deles no ramo de joalheria e ourivesaria." Pausei, deixando-o absorver minhas palavras. "Nossas terras precisam de bons trabalhadores, assim como buscamos aliados corretos, que honrem contratos de serviço e sejam justos em seu preço." Meu tom era cheio de segurança, mas minha voz ainda é doce. "Sor, em minha percepção, você parece ser um homem habilidoso em equilibrar negociações, evitando abusos, mas claro, essa é apenas minha modesta interpretação, Cavaleiro das Conchas." Acentuei a importância do título dele, ajustando meu tom para que soasse suficientemente respeitoso e até mesmo admirativo. "De onde venho, conta-se que a concha é um elemento marítimo que representa a fecundidade, o prazer, a prosperidade e a sorte. Simboliza a conexão com o divino, sendo um elo com a água, mutável e impossível de ser contida devido à sua força, capaz de perfurar até mesmo rochas."Apoiei meu queixo em minhas mãos, mantendo o olhar fixo nele. "Diga-me, Sor, o seu título tem alguma relação com o que acabei de mencionar?" Meus olhos lilases o fitaram. "Seria esta a representação das conchas de seu título? Sor se vê como uma força da natureza capaz de fluir em busca de oportunidades e prosperidade?"




    OFF: @Xafic Zahi e  @El Cabron  Enfeitei tanto meu post que esqueci de deixar aberto para os PJs de vocês entrarem na conversa. Essa pausa que a Yesse dá é a chance dos dois acrescentarem suas falas e darem peso à negociação.

    Deixei o cavaleiro das Conhas imerso em minhas palavras, proporcionando espaço para que tanto o Meistre Querellon quanto Eyvon pudessem complementar à sua maneira tudo o que foi dito. Callahan me conhecia muito bem, assim como eu sabia que ele não acrescentaria nada; era de sua personalidade ser um observador silencioso de tudo. No entanto, a aparência dele compensava demais qualquer falha de sociabilidade que ele pudesse ter. Mentalmente, isso me fez dar uma risadinha travessa. Não era tão ruim estar em Porto Real, olhando pelo lado livre da situação que vivia agora. Eu estava ali sentada em uma mesa rodeada de homens, sem me preocupar com os floreios que envolvem a pureza feminina. Aquilo atiçava minha vontade de ser, aos olhos de meu pai, uma herdeira muito melhor que meu meio-irmão.

    Ao voltar para casa, eu teria minhas cartas na manga. Se não podia vencer no terreno da violência, tinha que tentar ganhar espaços diplomáticos e aliados em benefício da casa. Para minha sorte, tanto o Meistre quanto Eyvon estavam ao meu lado, e torcia para que assim permanecessem.
    De Callahan, eu tinha total certeza de sua lealdade e de seus desejos secretos, pois eles se emaranhavam aos meus. Mas, por agora, tudo que eu queria era que Alto Ermitério ressurgisse forte, imponente e orgulhosa novamente.



    Visual pro encontro:


    Visual das cabritas:

    Yesse na vidaaa é igual a musiquinha HAHA


    Emme


    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade
    Xafic Zahi
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1717
    Reputação : 142
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad15.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Xafic Zahi Dom Dez 17, 2023 7:45 pm

    Querellon

    Status:Meistre
    Sede:Dorne
    Lealdade:Alto Ermitério e Cidadela


    - Isso não me surpreende - Comentou quando soube sobre episódio de Arn no torneio, enquanto aguardavam a chegada de Sor Raynald.

    A fofoca havia restabelecido o bom humor do meistre, que, embora cansado, agora parecia mais animado por ter participado da reunião.

    Sua boca havia aguado com as comidas disponíveis, chegando, inclusive, a cogitar dar uma beliscada aqui e outra ali, já que todos tinham ciência do seu gosto pela culinária dornesa. Contudo, manteve a compostura que sua posição exigia.

    Quando o Cavaleiro das Conchas chegou, não pôde deixar de notar a olhadela que ele deu a Yessenya e considerou que aquilo poderia ser benéfico para as negociações. Ao ser olhado, encarou o homem até que ele desviasse os olhos.

    Aquela era a primeira vez que estavam concentrados em um evento formal, e quaisquer dúvidas que o meistre pudesse ter sobre os modos de Lady Dayne, foram deixadas para trás. A filha de Lorde Edmund se comportara com perfeição.

    Comeu em silêncio, ora maneando a cabeça em concordância com as falas de Yessenya que se referiam às maravilhas da culinária dornesa e à expertise da Westerling, ora escolhendo ignorar sutilmente as insinuações mais provocantes que eram lançadas a Raynald.

    Emme


    El Cabron
    Mutante
    El Cabron
    Mutante

    Mensagens : 599
    Reputação : 96
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por El Cabron Ter Dez 19, 2023 11:08 am



    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Whatsa11

    ~ Quando entrou na sala que serviria de reunião para os Dayne com Sor Raynald, esboçou um sorriso com o canto de sua boca, trazendo um pequeno incômodo ainda pelos dentes de prata colocados recentemente, surpreendido pelo empenho e zelo que Anamara fez em organizar o local e atender seu pedido ao dispor das mais belas e deliciosas iguarias dornesas. A visão da mesa, o cheiro da comida e dos incensos e, certamente, o gosto daquela refeição, deixavam Eyvon extasiado antes mesmo de sentar-se à mesa. ~

    - …

    ~ Quando Sor Raynald chegou, todos colocaram-se de pé. Eyvon, que já encontrara o cavaleiro anteriormente, fez questão de apresentar todos ali. ~

    - Sor Reynald, é um prazer revê-lo - disse com a voz baixa, assentindo com a cabeça ao cumprimentá-lo - Quero apresentá-lo aos outros membros da comitiva Dayne de Alto Ermitério. - virou o rosto em direção a Querellon - Este é o Meistre da Casa Dayne de Alto Ermitério, Querellon. Um estudioso com as correntes da Cidadela, como pode ver, dono dos mais vastos conhecimentos, além de hábil Mestre dos Mares e dono do Sabre da Sapiência, o navio que nos trouxe para cá. - em seguida, Eyvon virou o rosto agora para Yessenya e com a palma da mão virada, como se indicasse a importância maior ao apresentá-la - E esta é Lady Yessenya Dayne, filha de Lorde Edmund Dayne, Senhor de Alto Ermitério em Dorne e irmã de Gerold Dayne, o Estrela Negra. Passou os últimos anos em Jardins de Água, sob os olhares da grande Casa Martell, governante de Dorne, onde tornou-se hábil nas artes diplomáticas. Ela está liderando a nossa comitiva e costurando nossas principais alianças políticas e econômicas com sucesso aqui.

    ~ Feitas as apresentações, Yessenya tomou a palavra e todos sentaram-se em seguida. Eyvon ficou orgulhoso das palavras que direcionou ao Meistre e a Lady, mas não deixou de notar que Sor Raynald parecia inseguro e arredio no momento. No entanto, Lady Yessenya, hábil em suas palavras, tratou de amenizar e fazer com que o Cavaleiro se sentisse mais à vontade. Serviu o vinho dornês, bem como detalhou cada uma das deliciosas iguarias ali apresentadas. Posto dessa forma, também foi direta quando o assunto foi de fato para o motivo da reunião ali marcada. Eyvon, como sempre fez, ficou atento aos detalhes e expressões que o Cavaleiro das Conchas deixasse escapar, ao mesmo tempo em que também servia-se da comida magistralmente preparada por Anamara. ~

    - …

    ~ Quando a jovem Yessenya, por fim, encerrou sua fala, colocando sua proposta para o cavaleiro, Eyvon tamborilou os dedos na mesa e colocou-se à falar. ~

    - Seus homens seriam fortemente protegidos pelos nossos soldados, Sor. Dou minha palavra que, sob meu comando, não haverá qualquer preocupação com saques ou assassinatos. Militarmente falando, posso garantir que os filhos das Terras Ocidentais serão bem-vindos às minas de Alto Ermitério.

    ~ Sua fala era firme e concisa. Colocava não apenas sua palavra mas também sua honra em xeque. Eram os tipos de palavras que apenas um Cavaleiro falando à outro saberia o real peso de cada uma delas. Não desviou o olhar de Reynald, procurando garantir a veracidade de sua fala.


    Alexyus
    Semi-Deus
    Alexyus
    Semi-Deus

    Mensagens : 5271
    Reputação : 396
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    1º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/dourad10.png
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/bronze13.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh20.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh18.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh39.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh45.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Alexyus Ter Jan 02, 2024 3:53 pm

    Enquanto Sor Raynald Westerling e seus acompanhantes se acomodavam, com olhares desconfiados para todos os presentes, Yessenya, Eyvon, Querellon e Callahan observaram enquanto Anamara Nymeros servia a refeição e se retirava. A ceia noturna era um verdadeiro banquete, à moda dornesa, incluindo garrafões do tinto de Dorne.

    Apesar da introdução cortês que Yessenia fez a Sor Raynald sobre a culinária dornesa, ele se mantinha hesitante, e só se arriscou a comer algo depois de algum dos dorneses provar o mesmo.

    "Bem, Sor, agora podemos conversar." Bebi um pequeno gole, circulando a borda da taça com meu dedo. "Suas minas estão atualmente em um período de escassez, mas é inegável a habilidade dos Westerling em administrá-las, assim como de seus trabalhadores em desbravá-las." Bebi mais um gole e prossegui. "O interesse de minha casa é a possível contratação da mão de obra ociosa em suas terras e a experiência deles no ramo de joalheria e ourivesaria." Pausei, deixando-o absorver minhas palavras. "Nossas terras precisam de bons trabalhadores, assim como buscamos aliados corretos, que honrem contratos de serviço e sejam justos em seu preço." Meu tom era cheio de segurança, mas minha voz ainda é doce. "Sor, em minha percepção, você parece ser um homem habilidoso em equilibrar negociações, evitando abusos, mas claro, essa é apenas minha modesta interpretação, Cavaleiro das Conchas." Acentuei a importância do título dele, ajustando meu tom para que soasse suficientemente respeitoso e até mesmo admirativo. "De onde venho, conta-se que a concha é um elemento marítimo que representa a fecundidade, o prazer, a prosperidade e a sorte. Simboliza a conexão com o divino, sendo um elo com a água, mutável e impossível de ser contida devido à sua força, capaz de perfurar até mesmo rochas."Apoiei meu queixo em minhas mãos, mantendo o olhar fixo nele. "Diga-me, Sor, o seu título tem alguma relação com o que acabei de mencionar?" Meus olhos lilases o fitaram. "Seria esta a representação das conchas de seu título? Sor se vê como uma força da natureza capaz de fluir em busca de oportunidades e prosperidade?"

    Sor Raynald ouviu tudo com uma expressão analítica, cofiando seu cavanhaque pensativamente. Ele levantou os olhos da taça, seu olhar profundo e ponderado encontrando os olhos lilases de Yessenya e esboçou um sorriso discreto antes de responder, mostrando um interesse genuíno nas palavras dela.
    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Gawen_10
    - Lady Yessenya, sua perspicácia é notável, e sua interpretação não está longe da verdade. O título de Cavaleiro das Conchas é uma homenagem à nossa casa e às terras que governamos. As conchas, como você mencionou, são símbolos poderosos da natureza em constante transformação, assim como as minas que administramos. Elas representam não apenas a riqueza que extraímos do solo, mas também a habilidade de adaptar-se às circunstâncias em constante mudança.

    Sor Raynald fez uma pausa, dando um gole no tinto de Dorne antes de continuar.
    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Gawen_10
    - Em nossa casa, acreditamos na prosperidade que pode ser encontrada na diversidade de talentos. Assim como a concha é moldada pelo mar, nós, como Cavaleiros das Conchas, buscamos moldar nosso destino, explorando oportunidades e buscando prosperidade para nossa casa e aliados. Portanto, Lady Yessenya, sua proposta de parceria é recebida com apreço. A mão de obra ociosa em nossas terras e a experiência em joalheria e ourivesaria podem ser recursos valiosos para ambas as nossas casas. Digamos, dividindo os lucros eem metade para cada um.

    Ele ergueu a taça em um gesto de brinde.
    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Gawen_10
    - À prosperidade, à diversidade e à parceria entre nossas casas. Que nossos esforços combinados sejam tão duradouros e fortes quanto as conchas que adornam nossas terras.

    Os olhos de Sor Raynald refletiam não apenas a astúcia, mas também uma sinceridade que ressoava com as palavras de Yessenya. Callahan estava impassível ao lado dela, observando tudo com olhos severos. A conversa havia começado, e as negociações entre as casas prometiam ser tão fascinantes quanto o banquete à moda dornesa diante deles.
    thendara_selune
    Antediluviano
    thendara_selune
    Antediluviano

    Mensagens : 3156
    Reputação : 141
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    2º Concurso :
    • https://i.servimg.com/u/f51/19/64/68/80/prata_10.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por thendara_selune Sex Jan 05, 2024 8:19 am

    01
    YESSENYA DAYNE

    Hora:Entardecer
    Día:10
    Clima:Ameno
    Lugar:Porto Real


    ⚜⚜⚜⚜⚜⚜

    DÉCIMO DIA



    Com um sorriso cativante, observei o cavaleiro das conchas hesitar, mas no fim arriscar-se a provar a iguaria que lhe havia oferecido. Suas palavras em resposta às minhas me agradaram, e eu me inclinei para frente, mostrando um interesse genuíno em suas palavras.

    "Eu também acredito que a capacidade de adaptação é uma das qualidades mais importantes em um líder", disse cheia de certeza. "A vida é cheia de surpresas, e é preciso estar pronto para enfrentá-las."

    Eyvon, que nos havia apresentado com tanta maestria que mal podia esperar para agradecê-lo assim que o jantar acabasse. Sorte a minha, e admito que me senti um pouco constrangida quando esqueci de fazê-lo. Por sorte, Westerling não pareceu notar.

    O Meistre, que observava tudo com um ar impassível, devia estar pensando em como seria feito o acordo legal entre nossas casas. Enquanto Callahan, que sempre conseguia ler as entrelinhas, me diria algo quando estivéssemos a sós. Tive a impressão de que ele havia notado algo que eu não havia.
    Assenti com as palavras de Raynald, meus olhos lilases expressando uma alegria contida, mas honesta. Quando ele ergueu a taça, fiz o mesmo e acrescentei:

    "A habilidade de adaptar-se às circunstâncias em constante mudança, senhores."

    Estava imensamente feliz. Meu meio-irmão teria que dar o braço a torcer, meu pai teria que fazer o mesmo. Enquanto as damas pomposas e frágeis naquela arquibancada me olhavam com desdém, lá estava eu fazendo negócios, tendo minha liberdade para agir, para ter voz e vez sem depender de um homem para isso. Claro que devia muito dos últimos acertos em Porto Real ao Meistre, Eyvon e a Callahan.

    Visual pro encontro:


    Visual das cabritas:

    Falas
    Pensamentos ou Falas NPCS/PJs


    Yesse na vidaaa é igual a musiquinha HAHA


    Emme


    Conteúdo patrocinado


    O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne - Página 14 Empty Re: O Jogo dos Tronos - Yessenya Dayne

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter maio 28, 2024 3:45 am