Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Axel Brown

    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sex Set 04, 2020 5:47 pm

    A tia parece grata com a reação e logo é distraída pela mãe que sem saber exatamente o que aflige Axel, tem notado a diferença das ultimas semanas. Provavelmente ela pensa que é um estagio do luto. Quando chamado Judas dá um beijo estalado na mãe e repete o processo na tia. Chegando poucos passos atrás de Axel na cozinha.

    Quando Axel chama o primo para ir ao parque ele responde rápido que sim com a cabeça e olha o céu claro. "Bora lá" Ele tira um isqueiro velho do bolso que Axel já conhecia a muito tempo. Ele fica brincando com ele quando está nervoso ou pensativo. Ou até quando tentando criar. "Bom ver vocês de boas. Bem. E aí, vai sair da cidade?" Era um sonho muito comum entre os jovens. Sair de Dover.

    Os dois vão andando até o parque mais próximo. O mesmo parque de sempre. Com as pistas de Skate. O meio do dia deveria ser menos movimentado, mas o frio do inverno ainda não tinha acabado e esse era o horário mais quente. Algumas crianças brincando na areia. A pista vazia. Alguns adolescentes correndo de bicicleta. Judas cumprimenta um casal fantasiado de grunge. Eles se abraçam e você até reconhece os dois. Mas logo continuam andando.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Seg Set 07, 2020 9:37 pm




    Axel Brown

    - De boas é uma expressão forte. Está todo mundo segurando as pontas. - Disse olhando para o vazio. Eles caminhavam para o parque e já da entrada dava para ver que não estava vazio como Axel imaginava. - Sair de Dover? Cara... Eu finquei os pés em Dover para nunca mais sair. - Deu uma risada. Era incrível como alguns sonhos adolescentes ficavam para trás.

    - Eu vou tocar a construtora. Tentar fazer a coisa mais profissional. - Passou a mão nos cabelos. O casal grunge se aproximou e cumprimentou Judas. Axel já os havia visto. Acenou sorridente. Seguiu caminhando no parque. Queria chegar na área mais vazia. Ia levando Judas sem que ele sequer percebesse. - Quem eram mesmo? Sinto que os conhecia... - Maquinava como explicar aquilo. Amy o havia trago para aquele mundo, mas a situação era diferente. Ele era um uratha. Judas não.

    - Ei... - Casual... - ... tem algo que você acha que é capaz e mais ninguém tem essa capacidade? - Uma pergunta meio infantil? Olhou para ele de canto de olho, com um sorriso atravessado. - Não tô falando de música. - Virou o rosto para encará-lo. Queria ver o que ia passar na mente dele e que talvez ele tentasse calar.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Qui Set 10, 2020 5:57 pm

    Axel escreveu: Sair de Dover? Cara... Eu finquei os pés em Dover para nunca mais sair.

    "Ha." É mais uma palavra que uma risada. "Nunca diga nunca, vou explodir com a minha banda e te contratar como separador de groupies." ele acerta Axel de leve com o cotovelo e gargalha logo depois. Quando Axel fala da construtora ele olha pro horizonte, os dedos longos se entrelaçam nervosos. "Cê tava muito chapado quando conheceu eles. Axel doidão adorou os caras, depois você sumiu e deve ter ido transar com eles. Ou dormiu em algum sofá." Ele ri alto da reação do primo.

    Levar Judas para a parte mais vazia era fácil. Ele pode nem ter percebido, mas não ligaria mesmo assim. É bom ter privacidade para fumar. Além de que ele atrai olhares desconfiados com o visual anos 90 e não se incomoda de ficar fora das vistas.

    Ele pensa intensamente na pergunta do primo. Uma mão no rosto e o olhar intenso procurando a própria alma no concreto cinza a sua volta. Alguns segundos depois um sorriso grande e satisfeito rasga o rosto dele. "Eu enrolo o melhor de todos." Ele tira do bolso da calça bois baseados e gira os dois entre os dedos ao mesmo tempo. Com a outra mão ele acende um fósforo na palma e no mesmo movimento acende os dois. Judas peteleca o fósforo pra longe e literalmente joga um dos baseados para a boca e oferece o outro pro primo.

    Os movimentos fluidos de um ritual bem praticado. Ele sorri orgulhoso como se fosse um ilusionista no fim do show.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Seg Set 14, 2020 1:32 pm




    Axel Brown

    Quando Judas disse que ele saiu com os dois, Axel arregalou os olhos de surpresa e gargalhou junto com o primo. - Espero então que eu não tenha dormido no sofá... Acho que fica melhor eu pensando que não. - Chegaram até uma parte mais vazia do parque. Judas pensava no que Axel havia perguntado. Quando a resposta veio, invariavelmente ele sorriu. Isso que dá perguntar coisas para maconheiros.

    Judas acende um fósforo e então o joga para longe. - Ei! - Axel persegue o palito com os olhos e seu rosto está franzido, como se segurasse uma certa raiva. Sem falar nada ele vai até o local onde ele caiu e procura-o para catá-lo. Ele mete o palito no bolso e quando volta, fala num tom sério: - Não faça isso de novo. - Suspira fundo e tenta diluir aquela reação. Ele pega o cigarro que o primo segurava com braço estendido. Ele traga. Era bastante diferente.

    - Não estou falando disso. Falo de algo além. Algo que pessoas comuns não fazem. Judas, você já achou que não era uma pessoa comum? - A fumaça saiu pelas narinas. - Como se houvesse um outro mundo... Sei lá, espiritual... Logo ali? - Apontou com o cigarro entre o indicador e o médio para dentro do parque, onde eventualmente ele iria se conectar com a reserva.

    Esperaria a resposta dele. Esperaria também o cigarro ser fumado por mais tempo. - Quero te mostrar uma coisa.

    O parque chega na reserva? tem como adentrar nele até chegar em área de mata mais fechada?






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Qua Set 16, 2020 12:21 pm

    Ele balança as mãos ao lado da cabeça quando é repreendido pelo palito de fósforo. Ele claramente ficou abalado, mas tenta esconder com humor. Dá para sentir o cheiro do medo por baixo da fumaça.

    "Eu não sou comum. Eu sou do caralho cara! Um dia o mundo vai ver também. Eu sei que essa cidade é pequena demais pra mim. Eu sei que é." Ele dá uma tragada e olha pro horizonte.

    Axel escreveu:houvesse um outro mundo... Sei lá, espiritual... Logo ali?


    Ele bufa fumaça e ri e tosse ao mesmo tempo quando ouve a pergunta. "Tá de zueira. Virou pentecostal agora? Mano, eu sei. Doí pra cacete e o vazio não passa. Mas esses putos só querem o seu dinheiro. É sempre assim. Eles só querem o seu dinheiro." Dessa vez ele tem empatia nos olhos e em cada movimento. judas tem certeza que entende a sua dor e quer desesperadamente resolver o problema, mas sente que não tem as ferramentas para isso. As mãos agitadas e ao mesmo tempo quase imóveis ao lado do corpo dizem isso. Gritam com seus pequenos movimentos incessantes e erráticos. "Me diz que sei lá... são Wicas pelo menos?" Ele tenta uma piada, e não dá certo. Talvez antes da mudança fosse boa o bastante para colar com Axel. Ele era mais afiado agora.

    Ele não se recusa a ir andando para a reserva. Parece literalmente aliviado de poder se mover em silêncio de novo. Em alguns minutos o concreto some debaixo dos pés e trilhas de pedra começa. Elas são velhas, mas bem cuidadas. Ilhas em um mar de grama. Judas não consegue evitar de ir pisando de uma em uma evitando a grama. No fim um espaço com árvores retorcidas que foram importadas, uma estatua velha e verde de uma mulher altiva empunhando uma espada quebrada, suas roupas e feições gastas com o tempo.

    Os pássaros cortam o ar entre as árvores. A sombra em que andam fica mais forte. Mais completa. Mais opressora. Somente podem ver pontos luz que passam entre as folhas e refletem na grama verde deixando tudo esverdeado. O primeiro sinal do fim do inverno. A frente, depois do fim da trilha de pedras a cerca alta de metal encimada por uma coroa de aço afiado. Os cheiros da reserva chegam a Axel com familiaridade. Quando os dois estão bem perto Judas se joga na grade de costas para se apoiar. Um sorriso debochado no rosto de quem sabe algo que o resto do mundo não sabe. É assim que ele fica quando encontra algo bom. Nesse momento ele olha para o caminho de onde vieram e com um dedo no ouvido tenta te mostrar que já não ouve a cidade.

    Axel sabe o que precisa fazer para chegar do outro lado.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sab Set 19, 2020 10:12 am




    Axel Brown

    A auto-estima de Judas era bastante saudável. - Com certeza... - Disse sorrindo. Pensava se fazê-lo entrar na alcatéia ia atrapalhar os planos do primo. Seus sonhos. Mas era melhor tê-lo ciente e por perto. Sendo um parente ele teria mais liberdade de ir e vir que Axel. Nem teria a necessidade de defender um território.

    Quando ele pergunta se virou evangélico, Axel ri junto, olhando para baixo. Era verdade que doía, era verdade que às vezes parecia que ia torcer o resto de juízo que tinha. Mas agora o elodoth estava instalado na realidade. Uma realidade que ele sequer imaginava existir. E ainda assim era mais real que o mundo no qual vivia antes. - Ninguém tá me cobrando dízimo e já vi coisas que fariam as salamandras de fogo das wiccas chorarem. - Respondeu maroto, com um olhar afiado de ironia para o primo.

    Eles chegavam no limite do parque. Judas também conhecia aquele segredinho. Coisas de moleques. Axel andou um pouco mais para a direita até passar três balizas da grade. Meneou com a cabeça para que Judas viesse. Empurrou no canto e ali havia uma parte da grade que estava serrada. Um corte de noventa graus, que ao ser empurrada para trás, abria-se pra dentro da reserva como uma espécie de aba.

    Axel passou primeiro. O cheiro do lugar lhe era familiar e seguro. Esperou Judas passar para por no lugar a grade. Eles andaram mais algum tempo. Não muito, sequer precisava. Até que Axel, que agora ia na frente, parou numa pequena clareira, virou-se para Judas e abriu os braços: - Olha, se você fosse um cara comum, ver isso te faria ter uma espécie de insanidade temporária. Mas você não é um cara comum. - Fechou os braços. Axel sorria, como se aquilo tudo fosse uma brincadeira. - Não saia correndo, ainda que não pareça, serei eu.

    Diante de Judas, ele tomou a forma Urhan.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sab Set 19, 2020 12:18 pm

    Axel escreveu: Ninguém tá me cobrando dízimo e já vi coisas que fariam as salamandras de fogo das wiccas chorarem.

    Primeiro ele suspira aliviado. Como se tivesse tirado uma sexta de tijolos das costas. Mas depois ri animado. "Isso aí! Eles nem imaginam..." Judas sempre teve um pouco de medo e fascínio pelas áreas selvagens. Desde que a reserva foi decretada elas ficaram ainda mais perigosas e ainda mais atraentes para ele. O caminho todo deixa o rapaz energizado e alerta.

    Axel escreveu:...Mas você não é um cara comum

    Ele estava com as duas mãos nos bolsos. O cabelo jogado de qualquer jeito balançando na brisa. O rosto lutando para esconder a graça.

    Axel escreveu: Não saia correndo, ainda que não pareça, serei eu.

    Ele ri algo meio engasgado "Até parece... AHHHHHH PORRA!!!"

    Ele corre em disparada levantando folhas e torrões de terra com as botas. Ele cai já nos primeiros passos tentando tirar as mãos dos bolsos. Ele rola e se levanta e continua correndo. Movido apenas pelo desespero.

    Suas pernas estão correndo antes mesmo de perceber. O instinto as moveu. O lobo sabia o que Axel queria. Em poucos segundos ele estava perto. Mais um ou dois e já tinha ultrapassado o primo que ainda olhava pra trás procurando ele.

    Judas estava suando. O cheiro dele no ar era feito de medo. Confusão. Urgência. Os olhos arregalados fitavam o vazio atrás dele. O cabelo colava no rosto. A respiração explodia para fora do peito pela boca. As mãos balançavam na frente do corpo tentando fazer ele correr mais rápido tentando desesperadamente pegar alguma coisa. Se puxar para frente. Agarrar a segurança.

    Juntar os pedaços do mundo que acabou de partir?
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Dom Set 20, 2020 12:48 pm




    Axel Brown

    Axel saltaria por entre as árvores, empurrando Judas com suas patas dianteiras, caindo sobre ele. Então, com o primo sob seu corpo, tornaria à forma humana. - Ei... ei... Calma. Respira, respira. - Tentava ser empático. Para Amy mostrar-lhe o que ele era foi relativamente fácil, mas porque tudo havia mudado ao redor dele. Para mostrar a Judas que ele sempre foi algo que não sabia com certeza foi mais difícil.

    Quando a respiração do primo normalizasse, Axel se levantaria e faria sinais com a mão para que ele permanecesse tranquilo. - ... É disso que eu estou falando. - Balançou a cabeça em negativo e riu. Era mesmo algo difícil de acreditar. - Olha, você está com medo, mas está comigo. Você está seguro, está tudo bem. - Mas ele sabia que não era bem verdade. - Pergunte o que tiver que perguntar, eu vou responder o que eu souber. De antemão, você não é o único com sangue lupino, nem mesmo na família.

    Interpelou-o pelo olhar. - Mas é o primeiro com quem eu falo.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Qua Set 23, 2020 6:17 pm

    "Puta que pariu! Porra! Sai! Sai! Caralho! Sai!" Ele empurra e tenta desesperadamente se arrastar debaixo do primo. Suor no rosto dele cheio de terra e umas folhas no cabelo. Os gritos dessa vez não foram tão altos. Mas só por falta de folego. As pernas se debatem como se ainda estivesse correndo. A respiração em bufadas sem nenhuma coordenação e com desespero de sobra.

    Axel escreveu: É disso que eu estou falando.


    "Que falando? Porra! Que falando? Sai diabo eu tenho gosto ruim! Muita... maconha..." As ultimas palavras são ditas com menos convicção enquanto ele tenta se aproveitar da aparente clama do predador para escapar de forma súbita. Ele tenta correr de novo, mas cai e se segura em uma árvore.

    Axel escreveu:...Você está seguro, está tudo bem.

    "Seguro? Com você eu não to é seguro de jeito nenhum. Que isso que se ta falando? É pacto com demônio isso? Porra porra porra..." a voz dele ficava mais baixa e ele olhava de um lado para o outro. Mas já tinha desistido de fugir. Ou fingia isso muito bem. "Eu o que? Tem mais gente feito você na família? Cacete, se pode entrar em igreja? Porra porra porra..." Ele faz que não com a cabeça de novo e de novo. "Você come gente?" Ele não consegue evitar o medo que vaza para as palavras. "Vai me matar? Diz pra minha mãe que ela é tudo. Não mata ela por favor." As lágrimas começam devagar, mas logo formam rios na sujeira do rosto dele. O sangue debaixo da pele deixa o rosto dele vermelho sob a sujeira. As pernas fracas logo deixam ele na mão e Judas meio se senta, meio se ajoelha. "Só não faz nada com ela. Eu faço o que você quiser." Esse medo claramente não era a vontade do elodoth. Alguma coisa tinha dado muito errado no plano dele ou dentro da cabeça do primo.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Qua Set 23, 2020 10:00 pm




    Axel Brown

    As coisas saíram do controle. Axel mexeu em algo dentro de Judas que estava fragilizado. Ainda não sabia o que. A única coisa que o consolava era que ele não tinha falado primeiro com a mãe. - Ei, calma... - Sinalizou com as mãos abertas, balançando-as de leve. - Eu vou sentar aqui e nós vamos conversar, certo? - Apontou para onde ia sentar.

    Sem movimentos bruscos ele se sentou numa pedra. Passou a mão no cabelo jogando-o para trás. - Olha, eu sei, é louco. Eu descobri isso tem pouco tempo e eu já pirei, que nem você. Porém a coisa é diferente entre mim e ti. Você tem o sangue do lobo, mas não é um. E eu estou te contando isso para poder te proteger melhor. - Disse olhando para Judas, não sabia se ele ia manter o olhar, mas Axel permaneceria olhando.

    - Eu ainda sou o Axel que pegava aba no músico mais talentoso do rolé para entrar em festinhas privê. - Sorriu atravessado. - Lembra da vez 'cê foi tocar numa festa de aniversário e eu já fui pra lá meio alto? E quando 'cê me encontrou eu estava no quarto da aniversariante com uma amiga dela? - Riu-se sozinho com a história enquanto esperava que aquelas lembranças trouxessem um pouco de estabilidade para o primo. - A tia tá completamente segura, assim como você. - Tentou ser terno.

    Se visse que Judas estava menos apavorado, avisaria que ia se levantar e ajudá-lo a ficar de pé. Faria tudo isso com calma. Tudo que ele queria agora era que Judas estivesse tranquilo.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sab Set 26, 2020 9:16 am

    Axel escreveu:Eu vou sentar aqui e nós vamos conversar, certo?

    Ele para de implorar pela vida ainda com o nariz escorrendo. "Cê não vai... me matar? Jantar? Nada assim?" a voz dele tinha aquela incerteza de alguém que encontra algo bom demais para ser verdade. Ele olha para Axel como se nunca o tivesse visto antes. Como se cada palavra pudesse ser uma armadilha. Mas o tom calmo do elodoth logo arrasta ele para longe do precipício de desespero.

    Axel escreveu:E quando 'cê me encontrou eu estava no quarto da aniversariante com uma amiga dela?

    Ele sorri sem se dar conta. Os dentes abrindo um espeço na carapaça de medo. "Taba alguma coisa né. Ela era linda. Tem dois bebes agora, tá imensa."

    Axel escreveu:A tia tá completamente segura, assim como você.


    Ele se deixa levantar depois disso. Mas ainda existe hesitação. Uma barreira que não estava lá antes, feita de medo. " Então... que tipo de pessoa você... cê sabe... lancha?" Ele coça o rosto tentando limpar as lagrimas e o ranho sem dar pinta. "Você é tipo um mutante, é isso? Tipo X-wolf? Gene W? Essa porra passa, cê vai tipo infectar todo mundo?" Ele tentava humor, mas o medo ainda estava lá. Medo e a ignorância. Ele sabia que não sabia nada e não queria parecer ainda mais ridículo.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sab Set 26, 2020 11:14 am




    Axel Brown

    - Eu como a mesma coisa que você... Só não curto mais fast food, 'saporra não alimenta de verdade. - Sorriu com a informação-piada que soltou. Axel tentava dar passos lentos. A corrida havia sido demais para Judas. Imagine o que seria para a mãe dele... - Tábata? Porra, eu nem me lembro... Isso de transar locasso só é legal na hora, dá nem pra relembrar depois. - Deixou para lá o comentário sobre os dois bebês e o corpo dela agora. Era parte da natureza.

    - Acho que é algo como um gene mesmo... Por isso tem mais chance das pessoas da família terem pelo menos o sangue lupino, como o seu caso. - Coçou o queixo. - Mas não funciona como a gente aprendeu na escola, não é garantido. Dá para saber pelo cheiro. - Esperou a reação dele. Não tinha certeza como ele reagiria a isso. - Todo parente, isto é, alguém com sangue lupino, tem também uma capacidade especial. Foi por isso que te perguntei sobre isso no começo... Talvez você ainda não tenha notado qual é a sua, mas seguramente você tem.

    Axel permaneceu sentado mesmo quando ele levantou. Queria deixá-lo à vontade, um passo à frente. Ao menos na sensação, pois certamente ele se sentia também desamparado. - Eu errei com a forma que mostrei isso para você. Me desculpe. Achei que fosse ser menos traumático. - Baixou os olhos um momento.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sab Set 26, 2020 11:30 am

    Axel escreveu: Eu como a mesma coisa que você... Só não curto mais fast food, 'saporra não alimenta de verdade.

    "Pronto. Virou nutricionista agora." Ele resmunga realmente para si mesmo e concorda sem perceber sobre a parte de transar doidão. Ele começa a tirar a poeira e a terra e as folhas da roupa e do cabelo.

    Axel escreveu:Dá para saber pelo cheiro.

    Judas se cheira disfarçadamente, faz uma carreta e depois tenta de novo levantando o braço. "Eu tenho cheiro de zoologico?" A pergunta claramente demanda uma resposta pela cara que ele fez. As sobrancelhas franzidas e os olhos cheios de dúvida.

    Axel escreveu:...Talvez você ainda não tenha notado qual é a sua, mas seguramente você tem.

    Ele ajeita o cabelo e depois prende em um rabo de cavalo considerando com cuidado. "Tipo voar? Mexer as coisas com a mente? Virar um rinoceronte do mal?" dá para ver as engrenagens da mente dele girando e alguma parte tentando se convencer de que tudo foi um truque.

    Axel escreveu:...Achei que fosse ser menos traumático.

    "Se tu tivesse virado um gatinho e não a porra de um lobo mau do caralho assassino cheio de baba e rosnado." Ele suspira, cospe uma pedrinha e olha de novo pro primo. "Cê pode virar um tipo um hamster? Como é essa porra? Pode ser tipo um dalmata? Pode ser um pássaro? Eu posso virar um peixe? E se eu puder, eu morro afogado? Que porra bizarra cara. Acho que to passando mal." Ele encosta uma mão na árvore. Mas deve ser brincadeira. Provavelmente tentando te distrair do fato que ele não entende o que está acontecendo.

    A grade por entraram está a vista de novo. Ele só deu alguns passos, mas lá está ela. Do jeito que deixaram. Como se fosse ficar assim para sempre. Esquecida pelo mundo. Imutável.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Seg Set 28, 2020 11:11 am




    Axel Brown

    - 'Cê sabe, tem gente que cheira bem, e eu nem tô falando de perfume... O odor vem junto com o suor e dá para notar. Isso não quer dizer que você cheira bem. - Terminou de forma ligeiramente engraçada. - Não, são coisas bem menos super-heróis... Alguns conseguem se comunicar com espíritos, outros são mais resistentes à cortes e machucados, outros ainda podem rogar uma praga e fazer as pessoa amaldiçoada falhar nos seus intentos... É difícil dizer com certeza. - Axel não era o mais versado naquilo, mas iria aprender. Para não cometer o mesmo erro de novo.

    - Só posso virar lobo, mas há transformações parciais entre a forma humana e a forma lupina. Acredite, se tivesse visto as outras você iria estar todo cagado. - Ergueu as sobrancelhas como que fazendo uma cara de 'o que eu posso fazer?'. - Eu vou levantar, ok? Eu quero te apresentar a uma pessoa. A garota que eu tô saindo agora. Ela é como você. E provavelmente ela vai me esculhambar por ter te assustado tanto.

    Apontou para a a grade por onde entraram. Como que avisando-o que iam sair. Quando estivessem de volta no parque, ia mandar uma mensagem para Olena. Avisaria que estava levando um primo.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Seg Set 28, 2020 1:46 pm

    Axel escreveu:...É difícil dizer com certeza.

    Ele começa a pensar olhando para o passado. Provavelmente repassando cada memória da sua vida. Ele solta o cabelo. Ajeita de novo e prende outra vez. "Qual a chance de você estar errado e ter me dado um ataque do coração atoa?" Ele fala sério, mas tem uma nota de esperança na voz. "Porque eu não faço nada assim. A não ser que ser o mestre das cordas e das melodias e a melhor foda de Dover seja um super poder desses aí." Ele consegue fazer parecer sério até o ultimo segundo.

    Axel escreveu:...iria estar todo cagado.

    Ele ri bem alto com o corpo todo se movendo no sabor da risada. "Onde cê tá? Eu to todo cagado. Que vergonha." Era mentira, mas ele estava cheio de terra de o terror que ele passou era muito real. Tão real que você sentiu vibrar em conjunto com a ligação do Caminhante Noturno. Judas assiste o primo levantando e não consegue esconder um pouco de apreensão, mas não se move. "Melhor que esculhambe mesmo. Que porra cruel. Pegou super pesado. Puta que pariu! Com todo respeito, claro. Mas dona Liana devia te dar uma surra depois dessa. Te ajoelhar no milho, sei lá." Ele ri ainda um pouco sem graça e magoado.

    "Quer ir onde? Seu primo gosta de teatro? Quer fazer um picnic? Tem uma vista linda de um dos penhascos, as pedras são tão brancas e as fotos ficam ótimas e se a gente ficar o por do sol é maravilhoso nessa epoca do ano." Ela manda carinhas de sorriso, de pensando, comida e um coração.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Seg Set 28, 2020 10:09 pm




    Axel Brown

    - De eu estar errado? Eu nunca estou errado. - Sorriu maroto. Quantas vezes ele havia dito aquilo e se metido em enrascadas? - Mas não, não estou enganado. - Judas levantou a questão sobre sua habilidades com música. - Cara... Talvez sim... - Coçou o queixo. Sentiu o olhar do Caminhante sobre os dois. Talvez as coisas não tivesse saído como o planejado, mas de alguma forma, deu certo.

    Pensou e dar um tapinha nas costas de Judas, mas preferiu não. Era capaz dele morrer. Digitou para Olena: "Ele é músico, se você tiver um violão, traz! Gostei da idéia do piquenique e dos penhascos. Ele se chama Judas, é um parente. Acabei de contar isso a ele. Ele tá assustado, vamos tentar fazê-lo ficar à vontade. Depois você briga comigo Wink". - Metia o celular no bolso. - Que tal aplaudir o sol no penhasco? Olena já sugeriu um piquenique, 'cê deve tá com fome.

    Ia pedir um carro por aplicativo dali mesmo. Não queria passar em casa, dar a chance de Judas ver a família e falar alguma besteira. Quanto menos etapas melhor.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Qua Set 30, 2020 10:01 pm

    O lugar não é o que você esperaria. Talvez parte de alcatraz, talvez até outro lugar. Uma estrada solitária leva os dois pela frente da prisão e passando direto pelo manicômio. O bairro todo tinha uma energia ruim. Encharcado em sofrimento. O motorista acha estranho quando as ultimas construções ficam para trás. Ele olha os dois pelo retrovisor e pergunta se tem certeza. Tem? Não há muitas árvores nos cantos da estrada e nem postes de iluminação. Em poucos minutos o único sinal de civilização é uma distante torre de celular. Provavelmente é uma torre de celular, o que mais séria?

    Então a moto dela aparece. Uma mancha preta invadindo o verde da grama. A coisa é grande demais para ela. Alta demais também. Mas nesse momento é perfeita. Ela está deitada na moto fora do acostamento. Um livro na mão e uma mochila gorda jogada no chão do lado dela. O ubber para bem em frente nesse angulo ela fica na frente de uma grande pedra quase branca e bem devorada pelo vento salgado. Ela sorri sem tirar os fones de ouvido. Uma perna balançando ao lado do corpo. O cabelo preso para não atrapalhar a leitura.

    "Não acredito." "Nem eu" resmunga o motorista quando a porta se fecha. Judas está impressionado e incrédulo. Ela tira o fone e guarda com o livro em uma das bandoleiras da moto. "Ela é linda cara. wow..." Olena se ajeita e acelera com a moto dando a volta na pedra. Um segundo depois ela aparece, só a cabeça com o cabelo bagunçado pelo vento. "Vem gente, não posso deixar a moto a vista. Se roubarem isso aí a Laura me mata." Ela sorri algo travesso e animado. Uma das mãos mostra uma garrafa escura de cerveja sem rótulo.

    Os dois seguem. Judas fica atento ao primo. Como se esperando instruções. Quando os dois dão a volta na pedra só podem ver a moto. Um assobio e ilusão fica clara. Uma escada estreita cavada na pedra do penhasco, a grama alta dos dois lados a deixa praticamente invisível dali. Poucos degraus levam uma pequena extensão de pedra quase branca. Algumas alcovas cavadas na pedra servem de banco. Dali só podem ver o mar e pedras onde as ondas arrebentam. Espuma branca formando estranho labirintos lá embaixo. Ela deixa a mochila sentada em uma das pedras. "Então, tão de boas?" Ela está claramente envergonhada. Talvez consiga sentir alguma da tensão entre Axel e Judas. mesmo assim ela sorri de novo e mostra as garrafas.

    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sex Out 02, 2020 12:09 pm




    Axel Brown

    - Vou deixar uma gorjeta por ter nos trago até aqui. - Disse Axel com bom humor para o motorista, embora detrás do seu olho algo incomodava pela ressonância que aquele lugar tinha, provavelmente por conta da prisão. Quando saíram do carro, ver Olena numa moto incrível era uma vista melhor do que o pôr-do-sol que ela havia prometido. - É, aí eu ganhei na sena.

    Eles se aproximaram e ela comentou sobre como precisava esconder a moto. Axel apenas riu e balançou a cabeça negativamente, quase como um pai que reprova uma brincadeira obviamente engraçada demais para levar a sério. - Judas, essa é Olena. Ela é dona do bar que fica próximo à praia, aquele que já pegou fogo umas vezes. Na mão dela a coisa foi pra frente. - Seguramente Judas conhecia o bar. Seguiu Olena escada abaixo e chegaram naquela cova cavada na pedra. A vista era realmente de tirar o fôlego. Axel fitou um pouco o oceano no seu vai-e-vem infinito.

    A fala de Olena o trouxe de volta. Era incrível como aquela certa falta de jeito misturada com bom humor a fazia ficar bonita. Axel sorriu, olhou para o primo. Era evidente que ele ainda tinha receios. - Acho que ainda não, mas vai ficar. - Piscou para ele. - Ainda mais se essa cerveja for a que eu estou pensando. - Virou novamente pra ele com um olhar cúmplice. - Depois de beber isso aqui, 'cê vai ficar triste com o mijo enlatado que vendem nos mercados. - Estendeu a mão para pegar uma garrafa e então abri-la na pedra. Ofereceu primeiro para Judas. Depois pegou uma para si enquanto se sentava no banco e sentia o vento correr no rosto.

    - Como foi o dia? - Falava com Olena. De um lado para saber o que aconteceu, de fato. Doutro para que Judas visse que a vida dela era... normal. - Hoje tivemos um almoço em família. Tudo igual, como sempre. - Disse aquilo e então se deu conta que na verdade não. Olhou o mar outra vez. Deu o primeiro gole da cerveja. O teor do álcool o fez voltar a si. - Judas toca numa banda. A verdade é que ela é pequena demais pra esse monstro da guitarra.






    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco
    Wordspinner
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2045
    Reputação : 125

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Wordspinner Sab Out 03, 2020 9:55 am

    Axel escreveu:É, aí eu ganhei na sena.

    "Pera, a moto é sua?" Ele arregala os olhos e depois ri alto da reação do primo.

    Quando Axel apresenta os dois Judas sorri meio sem jeito. Ele estava o tempo todo meio sem jeito ali. Talvez esperando ela virar um lobo também ou soltar raios pelos olhos. "Eu não esperava uma moça tão pequena e com cara inocente cuidando de um bar. Essa é a real. Parabéns dona." A sinceridade é clara nas palavras de Judas. Olena fica vermelha no mesmo instante. Sem nem tentar rebater a percepção de Judas com um toque de machismo. Judas não demora com a cerveja. Ele pega e bebe avidamente. Como se tivesse acabado de sair do deserto. Olena observa atentamente. Prestando muita atenção em cada detalhe. Como se tivesse tentando medir o que ele achou. "Eita. Diferente isso. Muito gosto. É cerveja mesmo? Onde vende isso aí?" A apreciação de Judas vai aumentando conforme ele vai falando. Como se não tivesse sido capaz de registrar o sabor até parar de beber. Olena parece um pouco desconfiada. "Isso quer dizer que você gostou? Eu to testando. Não tem nome ainda. Mas já vende no meu bar. Só lá." E ela sorri com uma arrogância que faz ela parecer um personagem de anime bem pequeno e fofo que acabou de ver seu plano maligno bem sucedido.

    Como foi o dia. Dá para ver ela rodando a pergunta na cabeça dela. "Eles brigaram. Foi assustador. Por uns dez segundos eu achei que ia todo mundo morrer. Eles nunca brigam. Sim, eles brigam sim. Mas sempre gritando e se provocando. Dessa vez o sebs jogou a Amy do segundo andar. Aí ela tacou uma pá nele. Daquelas pequenas e afiadas. A coisa cravou na barriga dele e ele tacou de volta. Corri pra chamar a Asia, mas ela já tava vindo e quando a gente voltou os dois tavam lavando um ao outro com a mangueira do jardim. Rindo feito duas crianças enquanto falavam de como eu sai correndo desengonçada." Ela faz uma cara emburrada. O medo foi real, mas já estava no passado. Judas claramente acha que ele está mentindo. Toma um gole da cerveja e sua expressão muda. Ele acreditou.

    Quando Axel fala sobre o almoço de família ela escorre a mão suave sobre a sua. Os dedos se infiltrando entre os dele. Ela aperta com carinho.um gesto pequeno e sem palavras.

    Axel escreveu: Judas toca numa banda. A verdade é que ela é pequena demais pra esse monstro da guitarra.

    "Mando mais ainda no baixo que é bem melhor. Uma coisa linda de cordas. Mas vocês não tão prontos para essa conversa."Ele dá um sorriso torto. Sem muita convicção. "Minha mãe odeia músicos. Eu gosto. Quer tocar lá no bar, cês tiram folk?" Judas olha para ela com a cara feliz dele. Uma cara que ele usa para receber elogios. "Segundo andar. Pá na barriga. Eu não toco nada perto de gente assim. Desculpa." A cara feliz se quebra em mil pedaços deixando algo assustado aparecer. Ela gargalha. Alto. Estranho. No meio do riso ela faz um barulho como um o ronco de um porco e para com olhos bem abertos. Uma mão vai direto a boca. Vergonha. Ela ri outra vez. Vermelha. Bebe profundamente para se esconder. "Eles são perigosos, mas cê pode tocar quando eles tiverem ocupados. Minha irmã vem mês que vem. Ela adora músicos também. Só não sei porque ela vem. Ela tava morando no México e tava super feliz." Ela dá outro gole. Olha para Judas e ri outra vez. Ele ri com ela, com menos convicção, mas parece de verdade.
    Bravos
    Semi-Deus
    Bravos
    Semi-Deus

    Mensagens : 5088
    Reputação : 390
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Bravos Sab Out 03, 2020 1:29 pm




    Axel Brown

    Riu baixo com o comentário da moto. - Eu teria que ter ganhado mesmo porque a construtora ainda não tira dinheiro pra isso. - Quando Judas fala sobre o tamanho e a cara de Olena, Axel franze o cenho, erguendo uma das sobrancelhas. - 'Cê sabe que isso não tem nada a ver né? - Deu um soquinho no ombro de Judas. Mas um soquinho tão frouxo e tão lento que não seria capaz de assustar nem uma criança.

    Quando Judas toma a cerveja, Axel se diverte observando Olena observá-lo. Ele já tinha visto aquela cara. - Exclusividade é uma propaganda forte... - Comentou levianamente. Ao relato da briga de Amy e Sebastian, Axel arregalou os olhos e os fixou em Olena. A idéia era deixar Judas à vontade, não fazê-lo ter medo na beira do precipício. Mas ok... Talvez um tratamento de exposição fosse importante. Seguiu a conversa comentando como se fosse uma coisa 'comum'. Mas não era: - Putz... Espero que não tenham quebrado nada. Eu posso ajudar a consertar se algo precisar de reparo. - O que tinha feito os Uivadores 'perderem' a linha que os conectava tão fortemente?

    Sentiu os dedos de Olena entrelaçando-se aos seus e suspirou, virando para ela e dando uma piscadela cúmplice. Ela chama Judas para tocar ali. O comentário receoso recebido com os risos foram de certa forma surpreendentes. Quando ela faz um barulho rindo e põe a mão na boca, envergonhada, Axel faz cócegas. MAs apenas durante um instante. Olena se recompõe e fala sobre sua irmã. - Ela vem do México? Uau... Isso é do outro lado do mundo. Ela... - Deixou no ar e perguntou com os olhos. Ela sabia o que ele estava perguntando. - Hum... - Considerou e voltou-se para Judas: - Com o tempo isso vai ser mais tranquilo, mas nem se preocupe, Amy e Sebastian não fizeram mau nenhum um ao outro. E com certeza eles não estão todo dia no bar. - A vida de Uratha não permitia aquilo.

    - Eu tenho que te pedir uma coisa, também. - Ainda falava com Judas. - Talvez seja óbvia, mas é melhor estar dito do que não dito. - Olhou nos olhos do primo. - Você não pode contar nada disso a ninguém. A ninguém que não seja como você ou Olena... Ou eu. - Deixou um tempo para ele digerir aquilo. - Primeiro porque não iam acreditar. Segundo porque isso ia causar problemas terríveis.






    Conteúdo patrocinado


    Axel Brown - Página 4 Empty Re: Axel Brown

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Jul 27, 2021 1:44 am