Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Ter Maio 21, 2019 4:49 pm

    A grande maioria das pessoas que passava por aquele processo único - ao menos a parte que continuava capaz de narrar o evento - o descrevia, inusitadamente, como prazeroso.
    Não apenas. Para muitas, era a coisa mais prazerosa pela qual já passaram.
    Morrer era tão doce que empalidecia a lembrança de qualquer outra sensação da vida.

    Tal constatação ignorava o grupo que, ao contrário, sofria tanto naquela passagem que o resultado era a deformação da mente ou do corpo, quando não dos dois: as criaturas que não terminavam insanas ou monstruosas, tendiam a virar uma forma de anjo demoníaco, a fera sob a face da flor, o misto de beleza e perigo que, sob uma máscara de racionalidade, apenas buscava uma ou outra maneira de não sucumbir ao animal interior.

    Letícia já poderia ser considerada um cadáver quando a consciência atingiu-a como um chute no rosto, obrigando-a a acordar com o pulso de Radiance sob a boca dela, deixando para trás apenas um forte gosto que ela, instintivamente, sabia ser o de sangue.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Sex Maio 24, 2019 1:49 pm




    Jamais poderia descrever o que era aquela mistura de emoções e sensações diferentes...
    Sentiu-se esvair para lugar nenhum, muito próximo a uma inércia de espaço e pensamentos... apenas partia...
    Mas tal qual uma tela em preto e branco ia sendo colorida, sua existência foi ganhando nova cor.
    O estranho sabor em sua boca, que era ao mesmo tempo familiar, e surpreendentemente saboroso, retornou a luz aos seus pensamentos.

    Como um bebê, alimentava-se instintivamente.

    Conseguiu abrir seus olhos novamente, olhando para Radiance.
    Contudo, sentiu um pavor crescer-lhe assim que constatou o que estava fazendo.

    Afastou-se, com olhos ainda cheios de medo, e sem qualquer pista do que tinha acontecido naquele lugar.

    "- O que..." - Não conseguiu nem mesmo completar sua sentença, confusa.

    Procurou a ferida aberta, e que lhe causava tanta dor.






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Ter Jun 11, 2019 11:24 am

    Dentre as estranhas – ou mesmo insanas – passagens daquela noite, aquela figurava certamente no rol das mais memoráveis e confusas: o ferimento que fazia pouco ameaçava a vida de Letícia agora era não mais que uma mancha suja de sangue coagulado e um rasgão nas roupas que ela havia escolhido especialmente para o que quase – ou efetivamente – transformara-se no próprio velório.

    Menos grave, mas ainda assim notável, era que o mesmo ocorria nos lugares em que aquelas bocas haviam tocado-lhe a pele para... era difícil precisar o que haviam feito a ela. O que importava é que estava “regenerada”.

    Ou quase, à medida que estava morta.

    Mal tivera, porém, o tempo de processar e entender o que acontecia. A próxima coisa que cruzara-lhe o olhar ao despertar foi a face feroz de Jezabel fechando o punho sobre uma espécie de ampola, fazendo vazar um espesso vinho que escorria-lhe por entre os dedos até o braço. Com aquele gesto, pronunciou uma palavra que atingira a cantora como uma bigorna, sacudindo-lhe a consciência, precipitando-a para um abismo.

    Inicialmente poderia ter reconhecido aquela sonoridade como algo próximo a “esqueça”, mas essa certeza parecia estranhamente tentar fugir-lhe a mente, levando consigo a maior parte dos acontecimentos daquela noite – eram ondas que, indo e voltando, tentavam varrer o castelo do que quer que tivesse ocorrido ali, apesar das irreparáveis marcas no corpo e psique de Letícia.
    - Esses Tremere nem clã são, mas ao menos servem pra alguma coisa... .

    Alguns instantes depois, tudo parecia diferente, novo, renovado. Um computador reiniciado, porém ainda lento enquanto os programas são carregados.
    - Está tudo bem? – Interviu Radiance consternada. Nada ali denunciava o ataque prévio.
    - Querida, você passou mal durante a encenação – acrescentou Jezabel, agora num rosto delicado e atencioso, máscara disfarçando uma sínica mentira – Foi quando o sangue falso espirrou na sua roupa. Você lembra? – era óbvio que não, mas não deixaria trair-se por uma atuação fraca – Será que você não está grávida?

    Seria impossível à moça sentir a própria respiração ou o coração, peça aparentemente inútil dentro da caixa do peito, mas “respiro? Meu coração bate?” não são questões que as pessoas comumente fazem ou se atentam – ao menos não enquanto estivessem confusas e preocupadas o suficiente.
    - Temos que arranjar roupas limpas pra você, um motorista pra te deixar em casa e... ah, acho que seu celular não sobreviveu à queda – A carrasca era agora um doce, afável como uma freira.

    Da apresentação às chicotadas, do tiro ao ataque, tudo deveria parecer nebuloso ou mesmo não existir na mente daquela vítima. Principalmente, era improvável que guardasse a sugestão de que deveriam transformá-la, manda-la para casa e assassiná-la no dia seguinte.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Ter Jun 11, 2019 4:20 pm




    Abriu seus olhos, com estranheza em todos os seus sentidos... pouco sabia como se sentia...
    Colocou as mãos no rosto e o esfregou... olhou ao redor, muito confusa... parecia alheia às duas figuras, mas logo se deu conta de Radiance e Jezabel.
    Apenas olhou por algum tempo, como se estivesse tentando ligar os fatos que a tinham levado até ali... Olhou Jezabel, tentando criar conexões, mas falhava em raciocinar coerentemente.

    "- Estou bem... eu acho..." - Respondeu sem certeza, levantando-se, perdida.
    "- Desculpem-me... Eu..." - Não sabia o que dizer, nem sobre o que exatamente se desculpava.

    Sentia alguma angústia, mas não sabia de onde vinha esse sentimento ruim... Olhou para Jezabel quando perguntou se ela se lembrava, e logo depois cogitou se estaria grávida...
    Letícia sentiu raiva daquela figura naquele momento... seu olhar ficou fixo por um instante, como se tivesse pensamentos sombrios, mas logo tentou restituir o controle.
    Não gostava daquela mulher, mesmo que não tivesse motivos para a antipatia, ou assim acreditasse.

    "- Não me lembro do que aconteceu... sinto muito por interromper a apresentação..." - Tentou suspirar, como um hábito, mas não se deu conta de que não o tinha feito.
    "- Eu preciso ir embora..." - Procurou sua bolsa e seu celular quebrado.






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Qui Jun 13, 2019 12:23 pm

    “Sua apresentação foi estonteante”, respondeu Jezabel com uma gentileza que não demonstrava sombra de ter notado animosidade alguma no ar. “Só artistas de verdade conseguem se sair tão bem numa improvisação assim”.

    A convincente singeleza dela contrastava com o estado do ambiente, chique, porém arrasado: a quantidade de “tinta” pelo chão, pelo colchão e sobre as roupas de Letícia era enorme. Pegadas vermelhas também espalhavam-se por todos os lados, numa pintura que, apesar de abstrata, expressava terror.
    – Você não parece em condições de andar por aí só – pontuou Radiance com preocupação –. Vou pedir à produção que consiga alguém para te deixar em casa. E antes que você diga “não precisa”, insisto que não será incômodo algum, querida.

    Os fios de confusão nos quais a cantora estava embolada eram difíceis de desembaraçar naquele momento, mas, vistos de certa distância, pareciam costurar uma tapeçaria de terríveis padrões: a aversão que sentia contra Jezabel era quase um instinto selvagem, mas um impulso que não era mera defesa. Como eletricidade estática, parecia correr por todos os pelos dela, um animal interno.

    E ele tinha vontade de atacar.

    E ele tinha fome.

    Não uma fome comum, centrada no estômago, mas uma sensação nova e incômoda que tomava todo o corpo, como se as próprias veias e artérias dela estivessem famintas.

    Se algo viesse a nascer depois daquela noite, seria um lado obscuro, como o de um predador, algo que Letícia não conhecia de si.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Qui Jun 13, 2019 3:54 pm




    Letícia se levantou, olhando ao redor, e visualizando toda a sujeira... Podia até mesmo sentir o cheiro de ferro no lugar...
    As poças... o caos... parecia uma cena de horror. O rastro vermelho que ia até onde tinha acordado... como se tivesse sido arrastada...
    Nada daquilo que via condizia com a gentileza que Jezabel insistentemente demonstrava agora.
    Que sensação ruim que sentia. Colocou as mãos no rosto e deixou as lágrimas cairem.
    Quando Radiance ofereceu-lhe uma condução para deixá-la em casa, apenas concordou, sentindo-se fora de suas faculdades normais.

    Sentia uma necessidade que lhe parecia fome, mas não era clara, apenas uma ânsia... mas que tomava parte dos seus sentidos
    Olhou para as duas mulheres... Tentava entender a aversão e a agressividade que sentia.

    Levantou-se com impaciência, procurando a bolsa e o celular quebrado, tentando não pisar no sangue "falso" pelo chão.
    Analisou as próprias roupas, embebidas com o líquido viscoso. Passou o dedo pelo buraco da blusa, sem se lembrar o resultado daquilo, e levantou o tecido para olhar a barriga.
    Ajeitou o cabelo por trás da orelha. Era como se tivesse acordado na vida de outra pessoa naquele momento, sentindo-se tão estranha e fora daquela realidade.

    Voltou a observar Jezabel.






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Seg Jun 17, 2019 11:38 pm

    “Venha, venha. Eu te ajudo”. Oferecendo o braço, Radiance tentou conduzi-la para fora daquele cenário incriminador enquanto Jezabel mantinha-se a observar a movimentação sob aquela nova máscara, uma que provavelmente não duraria muito, sendo descartada tão logo virassem as costas.

    Aguardando na área contígua e dispersando o desespero ao optar por uma postura de mais frieza profissional – além de estar usando vestes bem mais práticas, apesar de ainda um tanto disfuncionais –, Camille logo se adiantaria dizendo que o carro já estava pronto e que ela pessoalmente conduziria a moça para casa. "Seu pagamento será feito o mais breve possível", complementou a produtora, não que aquilo fosse preocupação para o momento.


    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 09-gar10


    O caminho de saída seria o mesmo que o de entrada, uma jornada de retorno para fora do inferno em que a colocaram. Felizmente, para o plano que se desenrolava, a visão do piano no jardim ou da casa agora vazia não deveriam ser suficientes para despertar nenhuma lembrança para além do incômodo de que algo estava mortalmente errado na própria forma como o corpo de Letícia percebia o mundo ao redor, como se sob o estímulo de alguma droga bagunçando-lhe os sentidos: o escuro da noite tornando-se mais penetrável, ao que o vento perdera a noção de temperatura, não sendo nem frio nem quente; os ruídos eram dalguma forma mais discerníveis e, afora a confusão, mover-se era uma tarefa menos pesada.

    E aquele ansiar que a acompanhava, como se não o estômago, mas as veias pedissem por algo que as preenchesse.

    Na garagem da casa, cuja porta já se encontraria aberta, um carro de luxo as aguardava, a barca para fora daquele rio que roubara-lhe as memórias e a vida.


    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 37b83610
    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 B8120e10


    Spoiler:
    P.S.: não tá rolando colocar imagens. Amanhã edito.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Ter Jun 18, 2019 9:26 am




    OFF:
    Sem problemas! Deus pra visualizar bem a cena Wink

    Levantou-se e segurou o braço de Radiance como ajuda para se apoiar.
    Instintivamente, Letícia começou a andar insegura sobre sua capacidade... mas logo percebeu que não havia o incômodo esperado pelo seu corpo.
    Olhou para Jezabel mais uma vez, com alívio de sair de sua presença e seguiu com Radiance, até encontrarem Camille, de quem ela pouco se lembrava.

    "- Não estou me sentindo bem... Acho que preciso comer alguma coisa..." - Disse com um pouco de receio de ser indelicada, e sem entender direito sua necessidade.
    "- O motorista pode fazer uma parada em algum lugar?" - Olhou ao redor, incomodada com sua situação.

    Ao menos o frio não estava intenso como quando chegara... Soltou o braço de Radiance, entrando no carro.
    "- Obrigada." - Disse em despedida, embora tivesse dito apenas por educação... Não sentia como se tivesse realmente o que agradecer.

    Disse o endereço de sua casa para o motorista, e encostou-se no banco, fechando os olhos e pensando em sua noite.
    Estava muito incomodada com a falta de lembranças e o sentimento ruim que sentia... Isso sem pensar na fome que crescia dentro de si.

    Começou a refazer seus passos até aquele momento...
    Estava se aprontando... pegou o taxi... Porque Marcela não estava lá?
    Trânsito... Não conseguiu chegar à tempo.
    Decidiu apresentar-se mesmo assim... sozinha... mas como foi?
    Não se lembrava...
    Começou a cantar baixinho a música que se apresentou...

    "- As soon as I'm left alone
    The devil wanders into my soul

    And I pretend to myself
    And I pretend to myself

    I go out
    To the old milestone
    Insanely expecting
    You to come there
    Knowing that I wait for you there
    That I wait for you there

    Come!
    Come!
    Come here at once
    Come!
    Come
    On a night with no moon

    Because all of my being is now in pining
    All of my being is now in pining

    What formerly had cheered me
    Now seems
    Insignificant
    Insignificant."


    Novamente, por hábito, simulou um suspiro, mas não havia ar...
    Abriu seus olhos, respirando fundo, mas novamente sem qualquer diferença... Seus pulmões não se enchiam.
    Não estava respirando? - Pensou de forma absurda e desconexa da realidade que conhecia.

    "- Meu Deus!" - Ficou tentando respirar, assustada.
    "- Meu Deus! Meu Deus!" - Agitou-se dentro do carro, abrindo o vidro para sentir o vento, ou para tentar respirar novamente, embora não estivesse sufocando.






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Sex Jun 21, 2019 11:11 pm

    No momento derradeiro em que deixaria aquele cenário amaldiçoado, quem entrara para conduzir o caríssimo veículo fora a elegante Camille, talvez para não deixar que algum subalterno “menor” tivesse o privilégio de conduzir aquela carruagem milionária.

    Sentando-se de forma bastante rígida, nada relaxada, logo colocaria o carro em movimento. Mas não sem que Radiance desse a liberação final.
    - É claro que pode parar para comer, querida. Mas, nessas horas, não é bom forçar. Cuidado, ou pode acabar vomitando.

    Aquela estrela, apesar de viver num céu muito distante dos meros mortais que alimentavam a engrenagem daquela cidade, era uma pessoa dócil. Preocupada com as pessoas, não demorou a embarcar num discurso que poderia ter perfeitamente vindo de uma avozinha qualquer: “isso deve ser estresse, estafa. Muita pressão, né? Ah, e tudo por conta da minha apresentaçãozinha... . Tire o dia amanhã como folga. Deixe o quarto bem confortável, feche as janelas pra ficar bem escurinho e diga para ninguém te acordar. Durma, durma até estar completamente recuperada. Espero poder ver você nova”.

    E com aquele conselho, despediu-se, logo desaparecendo de volta à construção enquanto aquelas duas desciam as ladeiras para fora da área de vegetação e em direção ao ferver da cidade – mesmo que fosse tarde, Santa Dômina não era o tipo de fera que dormia, um vulcão sempre em erupção.

    Conforme o trajeto ia sendo vencido, a motorista começou a perceber a crescente agitação da passageira.
    - Você está bem? – perguntou quando estava claro só poderia receber um "não" como resposta.

    “Letícia”, disse ela algo formalmente, “Você está apenas tendo um ataque de síndrome do pânico”. Se treinada ou não para situações como aquela, talvez esse fosse o real motivo de não ter sido uma pessoa qualquer a acompanhar a moça até em casa. “É claro que você está respirando. Eu posso ver daqui. Você está apenas tendo uma crise dissociativa: seu cérebro diz uma coisa, mas o seu corpo outra. Se você não estivesse respirando, você estaria morta. Confie em mim e mande seus pulmões se encherem. Isso vai ajudar sua cabeça a voltar ao lugar”.

    Não deixava de ser curioso e amargamente irônico que estivesse usando aquele tipo de estratégia. Era comum dizer que uma mulher estava "louca", "histérica" e similares, fazendo-a duvidar da própria sanidade... .
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Sab Jun 22, 2019 12:55 am




    Radiance tinha sido gentil desde quando se conheceram, mas o meio em que convivia era muito estranho para Letícia... pensava que se voltasse a receber um convite como aquele, recusaria.

    Era muito absurdo compreender o que estava realmente acontecendo, e por mais que houvessem muitos sinais da verdade, Letícia não conseguia se desvencilhar da realidade como a conhecia...

    Camille fazia todo sentido... só podia estar fora de si.
    Era uma noite ruim. Muito ruim.
    Era como se estivesse com dificuldade em compreender seu próprio corpo.
    Acalmou-se com os argumentos de Camille, mas não deixava o mau estar de lado...

    “- Continuo não me sentindo bem... nem consigo pensar direito...”

    Ficou olhando pela janela durante o resto do caminho. Não pararia em lugar nenhum, comeria em casa.
    Estava ansiosa para ver Ricardo... quem sabe as coisas voltariam a parecer normais, e poderia se esquecer da sensação que sentia agora.






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Seg Jun 24, 2019 12:48 pm

    Algumas curvas aqui, outros sinais de trânsito ali e, não muito depois, aquele carro incomum – provavelmente um modelo exclusivo ou protótipo raro no mercado – estava parando em frente ao destino final, evocando olhares curiosos de quem observou a chegada de Letícia.
    - É melhor se fizer como Radiance disse: se feche em algum lugar sem barulho e sem luz e deixe-se dormir o tempo necessário.

    Camille observou o estado da moça e do lugar com certa criticidade. A cantora era uma figura muito bonita e aquele lugar, qualquer lugar próximo à beira-mar, mesmo que fosse minúsculo, custaria um valor considerável. Mas, mesmo assim, ambos pareciam abaixo do que aquela “secretária de luxo” estaria acostumada. “Se tiver qualquer problema, não se acanhe em ligar. Não importa a hora” – falou ela entregando um cartão, lembrando que o celular dela havia “quebrado” nalgum momento daquela confusão.

    Aquela parte da noite aproximava-se, ao menos aparentemente, de um fim. O problema em si poderia, entretanto, estar a várias e várias vidas de um trágico “não-final”. “Até mais”, disse a exótica figura de roupas curiosas que a jovem cantora talvez preferisse não ter jamais conhecido.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Ter Jun 25, 2019 1:44 pm




    Letícia estava com a cabeça encostada no vidro da janela olhando a praia, quando reconheceu a vizinhança e o carro parou.
    Ela pegou a bolsa e concordou com a cabeça quando Camille relembrou a recomendação de Radiance.

    "- Tudo bem... Estou precisando." - Forçou um sorriso, aceitando o seu cartão logo em seguida.
    "- Obrigada, Camille. Boa noite." - Disse em despedida.

    Saiu do carro e fechou a porta, acenando.

    Procurou suas chaves na bolsa e abriu o portão. Entrou em casa com algum alívio...
    Era quase como se aquela noite tivesse ficado para trás, mas a sensação de fome não passava.
    Foi para a cozinha e lavou suas mãos, olhando para o relógio de parede que Ricardo tinha fixado recentemente.
    Logo olharia se ele ainda estava acordado.

    Abriu a geladeira e pegou um copo de suco de laranja e fez um sanduíche leve...
    Por mais que aquilo não lhe despertasse qualquer apetite, sentia que precisava se alimentar.
    Comeu sem qualquer prazer, apenas pela necessidade que acreditava ter, mas não pareceu fazer qualquer diferença no seu mal estar.

    Tirou os sapatos e encaminhou-se para o banheiro.
    Despiu-se e passou algum tempo olhando seu rosto em frente ao espelho, como se estivesse procurando o que havia de errado...
    Entrou no box e tomou um banho bastante demorado... Se sentia ainda bastante abalada, mas não encontrava motivos para se sentir assim.
    Se sentou e deixou a agua cair em seu pescoço. Abraçou os joelhos e ficou relembrando os acontecimentos da noite, novamente tentando ligar seus lapsos de memória.
    Tinha mais sensações do que recordações... De pavor e de prazer... Teria sido drogada?

    Não sabia o que tinha acontecido... Nem sabia o que diria para Ricardo...






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Qui Jun 27, 2019 5:50 pm

    Não foram mais que uns instantes.
    A comida mal havia assentado no estômago de Letícia quando o corpo dela começou a tentar expelir aquela coisa violentamente, fazendo-a vomitar como poucas vezes antes ela o fizera.

    Mal sabia, como poderia, que ela própria era regurgitada do mundo dos seres viventes e apenas uma coisa, uma única coisa, poderia nutri-la.

    Conselhos sobre não forçar a alimentação, suposições sobre a gravidez da moça ou ainda sobre o estado mental dela não abrandavam aquela sensação incômoda e persistente de que precisava ingerir algo que não sabia bem do que se tratava.

    No quarto do casal, Ricardo já dormia, não tendo percebido a chegada dela. Certa vez confessara, numa conversa bastante sincera ainda no início do relacionamento, que às vezes sentia-se inseguro quando ela saia à noite e ele não a podia acompanhar. Algo que definitivamente não seria raro para uma cantora. Entretanto, concordando que aquele tipo de sentimento só prejudicaria a carreira dela e a convivência do casal, aprendera que precisava confiar nela e nas decisões dela – mesmo quando elas não o incluíssem.

    Apesar de tudo o que havia acontecido naquela noite, ainda faltavam longas horas para o amanhecer.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Qui Jun 27, 2019 6:48 pm




    Sentia-se mal, e sem pistas do que poderia ser... Ajoelhou-se em frente ao vaso e vomitou apressadamente, como se o lanche leve que fizera fosse agora incompatível com ela.
    Lavou o rosto e a boca... Vestiu uma camisola leve e caminhou para o quarto...
    Quem sabe seu problema fosse a falta de descanso... Muito embora não sentisse cansaço, mas uma vontade, uma fome que lhe era desconhecida.
    Entrou no cômodo onde Ricardo dormia tranquilo... e era contrastante com o seu estado de espírito atual...

    Deitou-se ao lado dele e tentou acordá-lo com um beijo.
    Ele era seu porto seguro... Tão importante para ela... Fazia-lhe tão bem...
    Quase não deixou-o acordar, entre beijos insistentes.
    Ela o amava, e o desejava... precisava da segurança que ele lhe passava.

    Envolveu Ricardo em seus carinhos e entrelaçou-o em seu desejo... Muito embora não soubesse que desejo era esse.
    Sentia seu corpo como nunca antes... o calor... o coração acelerado... o sangue em suas veias...

    Sem conseguir resistir, deu uma pequena mordida em seu ombro, levada pelo momento...







    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Dom Jun 30, 2019 11:32 am

    Uma sombra inesperada pareceu mover-se por baixo da pele de Letícia, como um tigre enjaulado rondando uma criança desavisada que escorregou para dentro do fosso dele. Uma necessidade de violência, de sangue esgueirando-se, pronta para cravar as garras na vontade dela: o exato momento em que se equilibra entre o refrear e o perder da cabeça – a agressão subindo pela garganta, a facada a ponto de ser desferida, o dedo tentando subjugar a resistência do gatilho. Um refluxo amargo fervendo pelo gargalo, ameaçando vazar bile corrosiva sobre um ambiente de puro pacifismo.

    “Humm!”, resmunga Ricardo tentando, descoordenadamente, afastar a mordida. Não estava verdadeiramente acordado, mas naquele estado de quase consciência em que se está sendo sugado de volta ao sono, um micro-acordar que a memória raramente grava.

    O impulso, a loucura dentro daquela recém-transformada cresce como um véu embaçando o raciocínio, um mantra reverberando nos ouvidos dela a palavra "sangue".
    Um desejo apenas animal, apenas bestial... .


    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Seg Jul 01, 2019 8:45 am




    Letícia se sentia poderosa como um predador que apanhou a presa...
    Envolveu-se pela pela doçura de seus sentimentos, e pelos instintos sombrios que pareciam querer dominar.
    Sugou o sangue, quase inconsciente do que estava fazendo.
    Abriu seus olhos com o discreto resmungo de Ricardo, o que a despertou brevemente de volta para a razão.
    Arregalou os olhos com a constatação do crime que cometia, e que a fome que sentia era a do seu sangue.

    Se seu coração ainda batesse, agora ele estaria frenético.

    Afastou-se em um pulo, caindo da cama, vendo a ferida que causara.
    Correu do quarto e desceu as escadas, assustada, como se pudesse fugir do que sentia.
    Não sabia o que fazer... Não sabia para quem pedir ajuda... Lembrou-se do cartão de Camille.
    Pegou sua bolsa apressadamente, e ligou para o número no cartão.

    "Qualquer coisa... qualquer hora" - Ela disse...

    Pegou o telefone fixo e ligou... Estava tremendo enquanto esperava ela atender.
    Não sabia se devia se as coisas se conectavam com a noite estranha que tinha vivido...
    Assim que alguém atende, Letícia já fala nervosa.

    "- Camille... tem alguma coisa muito errada comigo..."
    "- Realmente muito errada..."
     






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Qua Jul 03, 2019 9:31 pm

    Impossível dizer se fora apenas uma impressão momentânea - devia ser difícil para alguém manter as faculdades de julgamento quando se estava claramente numa situação fora da "zona de conforto" -, mas, naquele limiar entre os dois lados da consciência, Ricardo parecera entregar ao momento, apesar da reação inicial: talvez mesmo um gemido de prazer tivesse escapado dele, um sonho bom demais para permitir que ele abrisse os olhos para encarar a terrível realidade... .

    - O que aconteceu, minha querida Letícia? - Foi a resposta que tivera ao ligar para o número do cartão. Não só as palavras, apesar de curtas, parecia expressar um carinho diferente do tom profissional frio de Camille, mas a própria voz na linha fugia ao esperado. Quem atendera fora Radiance. Parecia tentar passar calma e não demonstrava nenhum espanto por aquele contato repentino.

    Exatamente ao mesmo tempo, entretanto, um algo ainda mais inesperado ocorrera - à janela, alguém batia no vidro, pedindo para entrar.

    Se algo fugia totalmente à expectativa daquele momento já estranho era a presença de Elijah-Iisa naquela posição.

    - Alô? Ainda está aí? - Voltara a perguntar a pessoa do outro lado.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Qui Jul 04, 2019 10:02 am




    Estava bastante abalada, e se surpreendeu ao ouvir a voz de Radiance... Não soube o que dizer ao telefone...
    Sobressaltou-se ao ouvir o vidro e quase instintivamente desligou o telefone, como se estivesse fazendo algo errado.
    Olhou Iisa com surpresa por ela estar ali, e com um pouco de receio abriu a janela.

    "- Iisa... O-o que faz aqui?" - Gaguejou um pouco ao perguntar, insegura.
    "- Não é bom estar por perto..." - Disse olhando para a porta do quarto, relembrando o que estava fazendo. 

    Afastou-se logo em seguida, sem saber como se comportar.

    "- As coisas... eu..." - Não sabia nem como contar o que tinha acontecido.
    "- E-eu não estou bem... Tem alguma coisa de errado comigo." - Reencontrou suas palavras após uma breve pausa.
    "- É melhor ir embora..." - Encolheu-se na parede, escondendo o rosto.






    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 477
    Reputação : 23

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Lnrd em Dom Jul 07, 2019 11:23 pm


    "O que acont..." . Numa hora como aquela, o melhor era tentar entender o que, desde o começo, havia acontecido. Por que não retornara os alertas enviados por ela? Havia acontecido algo naquele covil que, sabia ela, abrigava lobos sob peles de cordeiros?

    Uma explicação. As coisas costumavam se ajustar melhor ao que as pessoas tentavam colocar para fora, em palavras, o que lhes afligia. A pergunta, porém, fora interrompida ao meio quando aquela convidada fora de hora decidira agir de forma extremamente simples.

    Estendendo a mão na direção de Letícia, tocou-a no grande espaço acima dos seios e abaixo do pescoço.

    Nada.

    Não havia nem sinal de respiração ou de batimentos cardíacos.

    "Não pode ser..." completou, atônita. "Você está morta".

    Aquela informação transitava entre o absurdo apontado por Camille – era óbvio que ela não estava morta – e a sensação que a moça sentia – o ar que não mais corria-lhe pelos pulmões.

    Como se não houvesse mais o que fazer, a mulher simplesmente tentou levar a mão de Letícia a ela própria, tentando mostrar que, de igual forma, não havia mais “vida” correndo por aquele corpo.

    Não havia como ser sutil numa situação assim.
    nahna
    Tecnocrata
    nahna
    Tecnocrata

    Mensagens : 471
    Reputação : 16

    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por nahna em Seg Jul 08, 2019 1:41 am




    Letícia deixou que Iisa se aproximasse e a tocasse, com receio, observando o que faria...
    Ao verbalizar sua simples constatação de morte, arregalou os olhos, transitando entre o absurdo, e a constatação do problema...
    Tocou o peito de Iisa e também não sentiu batimento algum... nem alteração de volume no seu tórax que insinuasse respiração.

    "- Morta...? Como...? Não..." - Estava incrédula.
    "- Eu sinto as coisas... Eu... me sinto viva..." - Tentou sentir seu próprio coração, em vão.

    "- O que fizeram comigo?" - Olhou para Iisa, apreensiva.
    Lembrou-se de todo o ambiente em que acordara e o caos em que estava a sala.

    "- Meu Deus... Eu estou morta." - Falou baixo, quase para si mesma.
    "- Eu... Eu estava fazendo algo... " - Apontou para o quarto.
    "- Estava mordendo Ricardo..." - Fechou os olhos.
    "- Eu bebi seu sangue... E anseio pelo sabor... Não pode ser!" - Disse para Iisa, esperando que ela também dissesse que estava louca, e que era um absurdo.
    "- Preciso sair daqui. Não posso voltar lá..." - Desencostou-se da parede e caminhou para o closet. Lá se trocou rapidamente, vestindo uma calça jeans e uma camisa regata.

    "- Vamos dar uma volta?" - Perguntou para Iisa.






    Conteúdo patrocinado


    Uma Antessala Vermelha - Letícia - Página 4 Empty Re: Uma Antessala Vermelha - Letícia

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 12, 2019 6:21 am